:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

filler: UM NOVO LAR, por INDRA. Tumblr10

Kaden
Jōnin
Kaden
Vilarejo Atual
filler: UM NOVO LAR, por INDRA. Tumblr10

filler: UM NOVO LAR, por INDRA. - Publicado 25/5/2019, 23:42



KOBAYASHI INDRA, the misundestood.

Chakra: (800/800)HP: (800/800)VEL: (00/04)ST: (00/05)
Parte Única ▵ Estilo de Plotting: Filler ▵ Local: Konoha


A mudança para uma nova casa era uma coisa necessária para Indra. Ele e a mãe precisavam de um lugar maior para viverem, já que o lugar em que viviam estava pequeno demais para os projetos do rapaz. Felizmente, a vida estava melhorando para ambos: Indra agora era um Tokubetsu Jounin que estava realizando missões mais lucrativas, além do aumento de salário que recebeu, enquanto a mãe tinha sido promovida, depois de dez anos na mesma função, para a chefia da sua equipe, assumindo grandes responsabilidades, mas também ganhando grandes benefícios e maior tempo livre. Mas mereciam viver em uma casa nova, um lugar que fosse aconchegante para os dois, em um bairro de classe média de Konoha. A nova morada dos Kobayashi ainda teria dois andares, mas seria mais espaçosa e o quarto de Indra seria bem maior do que o anterior, e ainda teria uma cama de casal para dormir.


filler: UM NOVO LAR, por INDRA. Thumb-10


A casa era cercada por um grande muro de dois metros, que Indra trataria de colocar cacos de vidro em cima, além de armadilhas tecnológicas que seriam acionadas quando algum invasor passasse pelos seus portões em horário não permitido. Um portão de grades pretas ficava bem no cenro, abrindo o espaço para que os visitantes passassem. Havia mais duas portas de entrada para a casa além da porta da frente: a dos fundos, que dava para dentro da cozinha da casa, e a da oeste, que dava na sala de estar. Tinha três quartos, sala e cozinha com o dobro do tamanho da antiga casa. O quarto de Haru teria uma lareira, para que a mesma pudesse se aquecer nos dias frios. Quanto a Indra, ele inventaria algo que pudesse dar conta do clima no inverno.

- Esse lugar é perfeito, filho… Finalmente poderei ter um cantinho para poder meditar uma cozinha grande para poder fazer novas receitas. – dizia a mãe ao lado do filho, enquanto uma equipe de ajudantes ia carregando as caixas para dentro da nova casa dos Kobayshi. - Isso vai ser bom. Eu já estava começando a ficar enjoado das coisas que você andava fazendo. Só coisa repetida... – ele respondeu, andando na frente e caminhando para o segundo andar, subindo as escadas. Os ajudantes ficaram olhando meio estranho para o garoto, mas a mãe justificou o seu comportamento, mesmo que não devesse. - Ele é assim mesmo, rapazes… Parece que não muda. – levou as próprias malas para o seu quarto, onde a maioria das caixas de seu antigo cômodo estavam. Quando todos foram embora, Indra assumiu a função de arrumar as coisas.

- Kage Bunshin no Jutsu! – nove clones de sombras foram criados, todos usando sua agilidade ninja para desempacotar todas as coisas e arrumar tudo o que tivesse que ser arrumado, com as instruções bem claras de Haru. - Coloque o vaso na posição correta, filho. Ei, você, ajeite a posição desse quadro… Meninos! O sofá é mais para a esquerda. Aí vai ficar muito perto da janela. Esses garotos vão acabar me matando... – Tentava instruir a todos, mas acaba ficando mais exausta do que o próprio filho. Só no final da tarde que todas as coisas foram colocadas no lugar, e Indra finalmente poderia descansar. Quando os clones se desfizeram, ele estava esgotado fisicamente, tendo forças somente para comer a janta da mãe e ir para a sua cama dormir.

No dia seguinte, enquanto Haru ia conversar com os seus novos vizinhos, Indra acordou para terminar de arrumar o que faltava: a sua nova oficina. Ele teria dois cômodos para trabalhar: faria os cálculos e pesquisas em seu quarto, assim que a sua remessa de computadores e equipamentos tecnológicos chegassem de Soragakure no Sato. E ainda teria um cômodo no primeiro andar que faria as suas invenções. Teria que fazer alguns ajustes, para torná-lo a prova de incêndio, mas no geral, poderia criar grandes coisas ali. Até mesmo poderia usar o lado de fora para isso. - Esse lugar é bom demais, preciso admitir. Finalmente compramos alguma coisa que vai ser útil no futuro. Quer dizer, minha mãe comprou a maior parte. Não sabia que aquela casa valia tanto... – levantou uma mesa, falando sozinho.

Teria todo o tempo do mundo para arrumar o resto da casa, por isso decidiu dar um passeio pelo bairro, para conhecer melhor os ambientes que passaria a frequentar. Havia umas lojas e restaurantes bem mais interessantes por ali do que no lugar onde ele viveu a maior parte da vida. As garotas pareciam ser muito mais bonitas do que as que conhecia, mas era óbvio que, na sua cabeça, era porque elas tinham mais dinheiro para se maquiar e esconder a feiura delas.

A noite, Indra foi para a praça, percebendo que havia muitos jovens de classe média ali, a maioria moradores do bairro, curtindo as lojinhas que existiam ao redor. Nenhum deles parecia ser um shinobi: todos eram filhos de empresários, políticos, até de shinobis aposentados, gente que nunca encostado a mão em uma kunai. Parecia que não se destacaria no meio da multidão, mas quando descobriam que ele era um Tokubetsu Jounin e que tinha sido um dos ninjas a salvar Konoha dos invasores, alguns vinham lhe cumprimentar e puxar assunto.

- Eu não fui o único que salvei a vila naquele dia, mas obrigado. – ele respondeu, pois não sabia se os outros que tinham se envolvido naquela batalha tinham tanto glamour quanto ele. Não que fosse extremamente famoso, mas as pessoas ouviam falar mais o seu nome. - Na verdade eu ainda estou começando na minha carreira como intentor, e só consegui criar uma coisa, um reator que vai gerar energia para as minhas máquinas. – Comentou sobre o Reator ARC, mas não deu muitos detalhes de como fez o projeto. Era algo que manteria em segredo por toda a sua vida, por saber o potencial destrutivo que ela tinha. Mesmo que fosse extremamente antisocial, Indra conseguiu conversar com os jovens ali e conhecer alguns deles. Sabia que conviver entre eles não seria fácil, pois o seu jeito costumava espantar a maioria das pessoas, e sabia que não demoraria muito para que começasse a chamar a atenção deles, mas de forma negativa, mesmo que ele não conseguisse entender que era a sua língua que o condenava, não necessariamente a sua personalidade.




Informações:

_______________________

filler: UM NOVO LAR, por INDRA. Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: filler: UM NOVO LAR, por INDRA. - Publicado 26/5/2019, 00:01

@