:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] A Saga de um Guerreiro Part. 4 - Publicado 1/5/2019, 18:14


Após jogar minha bag ao chão avistava a loira apenas guardar sua espada se mantendo com as mesmas. Nesse instante um dos ninjas da folha me jogava a bolsa de armas novamente, deixando claro sua intenção. A segurei firme prendendo-a novamente em minha cintura e agradecendo o jovem com um aceno de cabeça. Ignorara as palavras de um dos kohonenses, que procurava dar ordens a todos. Com tudo já não havia mais nada a fazer ali. Agora sim podíamos continuar, caminhando por entre as ruas daquela vila. Mordred tomava a dianteira, o que seria o melhor por se tratar da mais forte entre todos ali ao meu ver. "Vamos lá." Respirei profundamente me acalmando perante aquela situação.

Mantinha uma distância de dois metros da garota de cabelos dourados, procurando a minha volta algo que pudesse me informar o que de fato estava ocorrendo por ali, porém nada me ajudara. Chegávamos a um certo ponto do vilarejo, aonde três ruas se encontravam naquele ponto. Podia ver guardas com algum tipo de armamento em suas mãos, não sabendo ao certo se de fato se tratava de uma arma. Paramos, e assim a voz novamente voltava a soar. Se encontrava um pouco mais debilitada do que da ultima vez, apesar dela dizer que estava tudo bem.

Atentei-me em suas palavras, e ao fim percebi que deveria escolher um daqueles caminhos. Respirei profundamente mais uma vez, pensando bem em qual deveria tomar. "Acho que será aquele mesmo." Olhei confiante em minha escolha para a rua central e aos poucos avancei, sem olhar para trás. Apenas deixei claro aos demais a minha escolha. — Irei pela do meio pessoal, boa sorte a todos. Me aproximava do guarda, seguindo se ele abrisse passagem ou ficando ali caso não pudesse passar ainda.

Meu corpo se moveu quase que involuntariamente, sendo levado apenas pela minha força de vontade de seguir até o fim daquele percurso, que parecia ser um pouco longo, além de desconhecido. Voltei meus olhos para trás, buscando ver se alguém tinha escolhido o mesmo caminho, fora quando observei uma menina aparentemente da mesma idade que eu. Resolvi então diminuir meus passos, ficando ao lado esquerdo  da moça a uma distância de um meto. Apresentei-me educadamente, buscando manter uma interação entre nós. — Bem não me apresentei, sou Kaminari Kuroku, mas pode me chamar apenas de Kuro. Dava um pequeno sorriso simpático, aguardando pela resposta da menina.

Uma suave melodia invadia meus ouvidos, me tirando do meu eu. Sentia-me leve, relaxado e? Não sabia mais, eu estava fazendo o que por ali? Mergulhara em uma escuridão repentina, o que me deixou desconfortável e procurando entender o que estava acontecendo comigo. "O que é isso? Aonde estou?" Embora estivesse em plena escuridão aquela sensação de estarem me observando me incomodava cada vez mais, porém não senti como se tivesse algo a fazer. Tudo o que pude pensar fora se de fato estava em um tipo de técnica provinda daquele som ou se enfim meu corpo falhara em seu funcionamento.

Segundos após tais efeitos nebulosos tomarem meu corpo, uma luz aparecera ao longe. Fraca, desaparecendo pouco a pouco. "Droga, isso está piorando." Se não fosse o bastante agora nada mais escutara. Tentava pedir ajuda, porém minha voz falhava, não conseguindo sair. Meus sentidos aos poucos estava me deixando, o que naquele instante me deixara extremamente com medo do que ocorria. A luz fraca a frente era tudo o que me era tangível, pelo menos era o que eu pensava. Procurei seguir em sua direção, e até consegui dar alguns passos, porém algo ainda pior ocorreu.

Senti como se mãos tocassem meu corpo, frias e cadavéricas me dando um frio na espinha. Suspirei profundamente, deixando o ar escapar pela boca involuntariamente. Seria aquele meu fim? A morte me convidava para partir e me juntar a minha mãe? Não, não era bem isso, aquela luz era outra coisa, só poderia ser. Minha respiração se tornara difícil, até quase que impossível, uma mão gélida segurava minha garganta me impedindo de respirar,  queria minha morte? Não sabia, mas era o que estava parecendo.  

Minhas forças sessavam, e logo fui ao chão, ainda sem conseguir respirar. Tentava puxar o ar, mas nada adentrava em meus pulmões. O sufocamento estava tirando minha consciência aos poucos, como se alguém estivesse fazendo isso afim de se deliciar com meu sofrimento. Estaria prestes a encontrar enfim minha mãe? Tentador de fato. A imagem dela em seus últimos dias, sem ninguém para cura-la. Esse foi o motivo pelo qual me tornara um ninja médico, além de ter me tornado um ninja. Protege-la, sustenta-la, o que mais me impulsionou a virar um shinobi. Sim, isso foi minha motivação inicial, pelo menos até sua morte.

Os dias após a partida dela foram difíceis, porém ela não queria me ver cabisbaixo, então procurei um novo objetivo. Me tornei médico na intenção de curar as pessoas, e me tornar alguém que pudesse ajudar, pensando na falta que fizera um iryonin para a minha mãe. Me tornara um chunin, após chamar a atenção dos demais da vila, logo depois um tokujo e por fim? Morrer aqui? Aonde estava mesmo? Não lembrara. Uma voz encheu minha mente, doce e cálida como a de um anjo. Não sabia de onde vinha, nem se era real ou algo da minha própria mente, mas me tentara com sua oferta. "A morte? Irei me encontrar com minha mãe? Tentador." Por alguns milésimos de segundo pensei em aceitar, pensei em largar tudo e enfim deixar este mundo, mas as lembranças de tudo o que havia feito até então me enxeram de vida. Não poderia me deixar por vencido, eu não aceitava a derrota, e aquilo não seria a primeira vez.

A vontade do fogo corria em minhas veias, herdada de minha mãe que me estimulou a seguir em frente sempre, e a proteger os mais fracos e os que amava, sim essa era a minha motivação. O ar podia me faltar, meus sentidos podiam me deixar, porém minha força de vontade nunca me abandonaria. Reabri meus olhos, mesmo só enxergando a pequena luz fraca a minha frente. Tomara minha decisão, e embora convidativa tinha mais o que fazer. Mesmo sem minha voz exclamei, respondendo a voz em minha mente mesmo sabendo que podia ser uma mera ilusão criada pelo meu cérebro. "Não será hoje que morrerei. Não cheguei até aqui, atoa, me tornei um ninja médico, avancei até me tornar um tokujo, e agora me tornar Anbu para proteger a minha vila é a prioridade. Não aceitarei sua oferta embora tentadora, mas minha mãe não aceitaria isso de bom grado, ela não se orgulharia de um filho que abandona seus ideias e deixa sua pátria para trás. Não sou covarde, e fugir desse mundo não irei fazer. Esse é meu caminho, essa é minha escolha." Não tinha mais nada a fazer a não ser esperar para ver o que ocorreria.

HP: 1425/1425 CH: 2075/2075 ST: 0/8


Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] A Saga de um Guerreiro Part. 4 - Publicado 2/5/2019, 21:38

@