Naruto RPG
Akatsuki
Shaka retornou. O inimigo número um da humanidade num passado apagado da existência retornou ainda mais poderoso. Os fantasmas dos heróis que o aprisionaram no passado solicitaram a ajuda de guerreiros poderosos que estivessem dispostos a selá-lo na cadeia do tempo, porém, algo de errado ocorreu. Shaka não só conseguiu escapar dos inimigos como ainda corrompeu os fantasmas e roubou uma das três marcas sagradas do tempo. Enquanto isso, as vilas sofreram ataques massivos de seguidores da religião de Jashin, todos acreditando que Shaka é o verdadeiro deus da morte. Templos foram encontrados nos arredores de cada vilarejo e aos poucos foram derrubados. Mas o inimigo da humanidade não tinha apenas uma carta na manga; Kinarra, um demônio antigo, voltou do além buscando a destruição do mundo, entretanto, ao enfrentar os novos heróis da humanidade, acabou se aliando aos humanos até que Shaka reapareceu e a selou novamente mostrando todo o seu poder. O mundo se encaminha para uma era sombria ou de paz? Só o tempo dirá.
Ano: 66DG
15/03/19 - 05/04/19
06/04/19 - 27/04/19
28/04/19 - 19/05/19
20/05/19 - 11/06/19
01 / 04 Olá, é sua primeira vez aqui? Caso a resposta seja sim desejo-lhe boas-vindas. Sugiro que antes de iniciar sua jogatina confira nossas regras & tutoriais e quando se sentir pronto lance sua ficha em inscrições. Nesse mês estamos com uma promoção exclusiva para novos jogadores, um pequeno pacote que concedem algumas vantagens no inicio de sua jornada dentro do RPG, confira clicando aqui.

04 / 04 Estamos com uma promoção de AG nesse mês que tem como objetivo arrecadar doações suficientes para a renovação do domínio e pacote premium da forumeiro, pedimos, se possível, sua colaboração. Confira a promoção clicando aqui.

11 / 04 Tem alguma dúvida pequena que deseja retirar rapidamente? Utilize nosso tópico de dúvidas rápidas clicando aqui.
.
.
.
.


[Capítulo] Festival de Verão

[Capítulo] Festival de Verão em Sex 12 Abr - 13:49


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

Com um fim da primavera e a chegada do verão, a vila da folha daria um pequeno festival em comemoração a passagem de estações. Aconteceria uma semana após o fim da primavera e o inicio do verão, tendo como tema a chegada do verão e as características que marcavam aquela época do ano. Muitos comerciantes se beneficiavam com aquele festival pois lhe era dada a oportunidade de montar barracas na avenida onde acontecia o festival, assim seus produtos podiam ser vendidos mais facilmente; além de uma grande quantidade de visitantes que chegavam ao vilarejo. Naquele ano uma cantora famosa seria atração principal do festival e ela havia requerido as devidas proteções para que nada lhe ocorresse. O governo de Konoha, preocupado com o pedido, requisitou a presença do ninja mais capacitado possível para a situação. O nome da cantora era Unohara Munoshi.

Uma carta fora enviada para o ninja em questão requisitando sua presença na residência de sua protegida. O festival duraria 7 dias e a cantora se apresentaria no sexto dia de festival, um dos dias mais lotados e justamente em um horário de pico. Talvez reflexo de sua popularidade por todo o mundo. O objetivo do nosso protagonista era manter a segurança da cantora durante todo o festival, que duraria cerca de duas horas. A personalidade da cantora era um pouco quanto difícil de lidar, mas isso era um assunto que o ninja iria descobrir com o passar do tempo.

considerações:
E ae Luq, beleza? Então, serei seu narrador nessa breve jornada no RPG e espero que se divirta, assim como eu. Criei essa pequena trama sobre o festival para justificar a missão. Considere que seu personagem saiba do festival, pois é um acontecimento nacionalmente grande. A cantora falada é extremamente conhecida, então deixarei que escolha conhece-la ou não, fica a seu critério, se quiser pode até narrar ser fã dela ou não. O gênero de musica que ela canta é irrelevante, então pode considerar também para efeitos de narração, se achar necessário. Gostaria de aproveitar o máximo possível esses dez posts, então serei bem direto na narração e buscarei dar o máximo de informações necessárias para o melhor desenrolar do RP. No caso de alguma duvida, fique a vontade em me mandar Mp e deixarei meu discord ao fim das considerações para o caso de você achar melhor. Se possível, peço que me marque nos seus posts para que eu seja notificado sobre seus posts, assim poderei postar o mais rápido possível. Creio que seja isso as considerações principais. Ah, de inicio você deve postar indo até a residência da cantora e tal, abaixo deixarei a carta que lhe foi enviada:

"Bom dia.
Como sabe, essa semana está acontecendo o Festival de Verão da Vila da Folha, onde recebemos diversos artistas e comerciantes para uma grande fraternização para a chegada do Verão. Esse ano, temos uma a presença especial da cantora Unohara Munoshi, conhecida mundialmente por seu trabalho. Devido seu reconhecimento mundial, ela requisitou proteção privilegiada para o evento e fora requisitada sua presença para tal. Ela se apresentará no evento às nove horas da noite, então sua presença na casa dela é indispensável, devendo chegar antes das oito e meia. Hoje será um dia de grande movimentação, se não o de maior, logo tome cuidado com qualquer movimento estranho, afinal uma artista do seu calibre possui muitos inimigos e até mesmo pessoas interessadas em sua fortuna e fama.

Atenciosamente."

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 1/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 12 Abr - 14:24

A cena do corpo imóvel sob a captura dos tentáculos enrolados no tronco teimava em se repetir. O mais estranho é que aquilo não o incomodava, era apenas a memória mais viva e recente que tinha, portanto tendia a ser rebobinada intermitentemente. Ao dar uma mordida na maçã que tinha em mãos a lembrança se tornou vaga, ocupando sua mente agora a sabor doce e a sensação do sumo que escorria em seu queixo. Limpou com o dorso da mão e de um salto impulsionou-se para além do peitoril onde antes repousava, aterrissando no chão de terra batida com ambos os pés, a postura quase intocada, o equilíbrio sem falhas. Os cabelos, acompanhando o movimento da queda, se lançaram para baixo e para frente, conforme a cabeça se retraía levemente para trás. Afastou os fios que tampavam parcialmente a visão, jogando seus densos cachos negros para as costas. Volveu o olhar ao alto, onde estava antes sentado, e constatou o quão maltratada aquela casa estava. Sua fachada estava pichada, com madeira podre, sem porte e de janelas quebradas, com estilhaços do vidro caídos na direção da rua. Por sorte não era sua casa. Morava do outro lado da rua, exatamente em frente ao imóvel em ruínas. Seu lar era impecável neste sentido, pequeno, mas ainda assim impecável. Limpo e sempre bem arrumado, o pequeno quadrado de cômodo único conservava sua graça. Uma cama se espremia ao lado de uma pequena cômoda, fazendo frente à pia do que deveria ser a cozinha. Por fim, uma geladeira que parecia ter sido enquadrada ali, não tão distante da porta. O banheiro ocupava os fundos, numa espécie de extensão da casa. Era o que seu salário como ninja podia arcar.

Ao chegar diante da porta, viu que o retângulo branco construído por dobraduras e seu cérebro levou um átimo para processar o que era: uma carta. Olhou ao redor antes de se agachar e pegar, por nem motivo em particular, apenas o fez. Pegou o envelope e entrou, fechando a porta atrás de si. Deu alguns passos e sentou-se na cama. Abriu e leu o bilhete. Em seguida, dobrou-o a mesma maneira que veio e colocou de volta no envelope, largando-o em cima da cama. Soltou a cabeça para trás, apoiando-se nos braços esticados sobre colchão. Sentiu um formigamento no peito ao pensar na tarefa que lhe fora designada. Respirou fundo. O formigamento desaparecera. Alcançou a bainha da espada pendurada num suporte à parede, amarrando em torno da cintura. Vislumbrara mais cedo toda uma algazarra ao redor de barracas que eram transportadas e montadas nas vias mais ao centro da vila, só não se importou em descobrir de que se tratava, pois até então aquilo não representava mudança alguma em sua vida pacata. Até então. Procurou em sua memória por algum registro acerca da cantora, perguntando-se se o nome lhe era familiar. Por fim, tendo esmiuçado suas gavetas, nada encontrou. Não fosse uma espadachim, ou professora que tivesse dado-lhe aula durante a academia, não conheceria. Sua vida era as espadas, a Kurosawa mais precisamente. Sem pressa, traçou o caminho que o levaria até a residência indicada.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 0/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 12 Abr - 14:50


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

O trajeto de nosso espadachim até a devida casa da cantora seria tranquilo e pacato. O caminho era tangencial ao de onde se encontrava as ruas do festival, por isso fora possível evitar a grande quantidade de pessoas nas ruas do vilarejo. Já era noite e o céu apresentava poucas nuvens cobrindo suas estrelas, mas o espachim estava devidamente adiantado para sua tarefa.

Ao chegar a casa designada e chamar pelo proprietário seria atendido pela assessora da cantora que apresentava um semblante um tanto quanto enfurecido e até mesmo preocupado. "Você deve ser o ninja designado para proteger Unohara, certo? Venha, preciso de sua ajuda." Disse ela sem quaisquer formalidade, puxando o jovem para dentro do recinto, continuando a falar. "Unohara é um tanto quanto difícil de lidar e já fazem duas horas que ela saiu para fazer compras. Não sei se ela está em perigo ou se é simplesmente uma de suas ações egocêntricas. Preciso muito encontra-la, por favor. O show começa em meia hora e ela ainda precisa se arrumar e encontrar a banda e..." A assessora estava realmente nervosa e ao parar de falar colocou suas mãos sobre o rosto respirando fundo. Trabalhava com Unohara a anos e ainda não havia se acostumado com o jeito de estrela de sua chefe.

considerações:
Creio eu que esteja tudo especificado no post. Faça oque achar mais conveniente, a procure, espere, trace um plano, uma estratégia, sla. Lembre-se que não a conhece então daria a dica de pedir uma foto ou uma descrição detalhada para o caso de ir procura-la.

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 2/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 12 Abr - 16:37

Debaixo de um fraco sol de verão caminhou tranquilamente, tendo bem delineado o caminho que deveria percorrer até a casa de Unohara. Sua sombra performava uma movimento circular em torno da base de seu corpo conforme avançada, o luar fulgurava exatamente acima de Shizuke, como uma sentinela atenta. Por um bom tempo seguiu observando a dança da sombra, até que se encontrou diante do endereço mencionado. A luxuosa casa em nada se assemelhava com o cubículo onde morava o inapto espadachim, mas o único pensamento que o acometeu foi: que faria com tanto espaço uma vez que morava só? Não daria uso algum aos cômodos extras, servissem para o que fosse. Momentos depois um rosto veio à tona, marcado por um misto de preocupação e irritação, surgido assim que Shizuke deu as caras na estrada. No visual simplório de roupas sociais — não era assim que imaginava uma celebridade — a mulher se aproximou, surpreendendo a princípio. Mas assim que se pôs a falar foi fácil de notar que era mera assessora e sua inquietação tinha motivo claro: Unohara saíra e ainda não voltara. Levando a mão à testa, afastando os cabelos, o genin suspirou. Nada lhe parecia simples após os acontecidos de anteriormente. Perguntou sobre características físicas da cantora e se a mulher sabia aonde exatamente ela tinha ido às compras. Pediria também por uma equipe se possível, algum número de pessoas que pudesse ir noutras direções para auxiliar na busca. Sentia que tinha jeito para a coisa e logo logo poderia até mesmo sair da inércia e almejar outra patente.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 1/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 12 Abr - 18:42


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

O espadachim perguntava sobre as características físicas da cantora, oque surpreendeu a assessora, dada a fama de sua chefe. Ela pegou uma foto de Unohara que se encontrava em uma cômoda daquela sala onde estavam e lhe entregou, suspirando fundo. Entretanto, inesperadamente no momento que a conversa se desenrolava, alguém entrou pela porta da casa. Portando diversas sacolas e com um sorriso no rosto, Unohara finalmente chegava em casa. "Unohara! Você está louca? Faltam apenas trinta minutos para a apresentação, aonde estava? Fiquei preocupada que algo tivesse acontecido, você nunca pensa em ninguém além de si mesmo, nunca... Disse a Assessora. Unohara colocou as sacolas no chão se espreguiçando sem qualquer preocupação. Yare, yare, Saori-chan. Estava fazendo compras, pare de ser neurótica. Vou tomar um b-" Suas palavras e passos foram interrompidos ao ver o espadachim na sala de sua casa. "Quem é esse?" Disse Unohara, apontando para o mesmo enquanto olhava para sua assessora com um olhar de desgosto.
"Esse é o shinobi que irá lhe acompanhar durante o festival. A propósito, nem perguntei seu nome, me desculpe, estava tão preocupada." Disse a assessora se desculpando com o espadachim. Unohara deu de costas indo em direção ao banheiro enquanto múrmuros eram possíveis de se ouvir. "Segurança. Tsc. Como se eu precisasse de um. Sabe muito bem que já fui uma espadachim antes dessa vida medíocre, um shinobi só vai me atrapalhar, oque me enviaram? Um maldito genin? Não dariam nem o trabalho de me enviar um serviçal descente. Malditos governantes... Suas palavras só se cessaram quando finalmente adentrou ao banheiro. A assessora demonstrava-se envergonhada pela situação e tentava remediar oque ocorria. "Desculpe pelas palavras tão rudes, ela não perdeu a personalidade que tinha durante a guerra."

Após dez minutos de banho Unohara saia do banheiro já arrumada para o festival. Vestindo um kimono branco e roupas negras por baixo do mesmo, ela usava seus cabelos negros soltos e um olhar neutro sobre o rosto. "Vamos logo acabar com isso." Disse Unohara enquanto saia pela porta da frente da casa. Iria rumo ao festival para que pudesse fazer sua apresentação. O numero de pessoas nas ruas era grande e o melhor seria evitar o caminho comum até o palco, para que a multidão não atrapalhasse o trajeto, essa foi a indagação que Unohara fez para o espachim, logo quando saíram da casa. "Você! Conhece algum caminho até o ponto norte da avenida sem passar pela multidão? Sirva pelo menos para isso." Disse ela apontando para o mesmo.

considerações:
Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 2/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 13 Abr - 13:59

Enquanto a brisa noturna tornava o tecido de suas vestes a chicotear suas costas, Shizuke pensava nas possibilidades do sumiço da cantora. A noite caía com rapidez, parecendo transpor a barreira da normalidade temporal, correndo num ritmo à parte. Podia bem ter sido sequestrada, afinal, era este também um dos males da fama: a vulnerabilidade e exposição a que as celebridades eram submetidas, fosse qual fosse a razão da fama. Pegou a foto entregue pela assistente nas mãos, analisando atentamente as feições impressas naquela imagem. Sufocou um riso. A mulher até que se parecia com ele, o rosto impassível, a pele alva como neve, os cabelos negros descendo em cascata sobre os ombros. Prestes a perguntar novamente pelas outras medidas que requerera, como uma equipe que procuraria pela desaparecida em conjunto com ele, Unohara apareceu. O semblante apresentava nada além de um sorriso, bem delineado de canto a canto da boca, sem uma ruga sequer surgindo abaixo ou acima dos lábios finos. A assessora, naturalmente, despejou de uma única vez a tensão acumulada desde o sumiço. Unohara manteve-se como antes, tranquila, sem a irrequietação da assistente. Largou as compras no chão e pôs-se a subir na direção de um banho quente. Reteve-se. O olhar dela pousou no espadachim, sem esconder a repulsa. A intervenção de sua funcionária foi imediata após a fala, se pondo a desculpas ligeiras e perguntando o nome do genin. Inabalado pelos olhares e comentários de Unohara, apresentou-se. Shizuke Yoshimura, disse. E curvou levemente a cabeça num aceno, recebido pelas costas da cantora, que seguia seu rumo em direção ao banheiro. Até que entendia as queixas, ele próprio se questionava acerca do evento: por que tão imberbe genin indicado para uma tarefa que necessitaria talvez de um Jounin experiente, já sofrido de tantos ardis, alguém cujo raciocínio estivesse atento e pronto para ameças como a que espreitavam o festival — não via motivo para a missão caso não houvesse uma mínima suspeita. Não obstante, ficou surpreso com a fala da assistente, mencionando o fato de que a mulher desdenhosa outrora fora espadachim e participara de uma guerra. Shizuke não conseguia se enxergar assim, num campo de batalha rodeado por corpos, a espada ensanguentada, o corpo dolorido e pesado beirando a fadiga. Por um segundo, foi como se pudesse experienciar sem ter vivido tal situação, foi como estar nalgum lugar distante, uma planície empapada de sangue, o solo escorregadio. A sensação que aquilo despertava nele era misteriosa: sabia dos perigos, não se deixava levar pela romantização do samurai e, ainda assim, pela primeira vez sentiu o desejo.
Sacudiu a cabeça como que para limpar os devaneios da memória, virando-se para a assistente. Ela foi a guerra?, perguntou, mas o que saiu foi apenas o movimento dos lábios e então optou por calar-se. Ficou aguardando de pé por uns bons minutos, algo além de dez, até que a cantora voltou.
Nem mesmo o banho acalmou a fera; seu comportamento desdenhoso era o mesmo. Mas Shizuke não se abalou com isso, como não o fizera anteriormente. Conhecia um caminho por ruas estreitas e paralelas à profusão de transeuntes que se amontoavam nas vias principais em direção ao festival. Siga-me, disse, após balançar a cabeça em tom afirmativo. Sem mais delongas, liderou a caminhada.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 2/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 13 Abr - 16:17


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

Unohara suspirava ao ouvir a resposta do espadachim, de certo modo ela sentia-se aliviada com aquilo. Seguiram então pelo caminho liderado por Shizuke até o palco do festival. Já havia passado das nove horas e o publico estava ansioso para a apresentação da cantora. Ela subiu até os bastidores, pedindo para ambos que a acompanhava ficassem ali. "Eu me cuido daqui" O espadachim deveria se posicionar estrategicamente para evitar qualquer tipo de imprevisto, ou apenas curtir o show que viria a seguir.

Passaram-se cerca de vinte minutos até finalmente o palco escurecer e as luzes revelarem a presença de Unohara no palco. O publico vinha a loucura. Ela começava a cantar com uma voz doce e suave, realmente agradável para os ouvidos. A letra de suas musicas eram nitidamente sobre sua vida como guerreira, falando sobre as tragédias que havia passado de maneira subliminar. Com atenção, era possível desvendar a melancolia da guerra presente em seus poemas. A primeira musica em si falava da dor de perder alguém e em algum momentos ela cantava ter perdido tantas pessoas que havia se tornado fria quanto a isso. Na plateia era possível ver até mesmo ninjas de elite encantados com a apresentação. Shizuke não sabia mas Unohara era uma cantora conhecida pelos seus feitos como guerreira e também por sua musica voltada a sua história, que tocava até mesmo guerreiros de corações de pedra. A maior parte do seu publico, por incrível que parecia, era de shinobis de elite que se sentiam representados pela forma que ela retratava a vida e a morte. Além de uma voz suave e ao mesmo tempo poderosa, Unohara tinha o dom de expressar a dor de seus sentimentos através da música e isso era nítido em suas letras.

considerações:
Narre sua posição e você assistindo o show e tal.

Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 4/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 13 Abr - 20:14

A caminhada fora tranquila, como de esperado: as ruas paralelas se encontravam estranhamente vazias, mais até do que o previsto. Aquela realidade se materializava a parte, no interior de uma crisálida invisível. O luar seguia fulgurando onde era possível, formando sombras esticadas por sobre a rua, um registro fantasmagórico de pequenas casas que se agigantavam contra a dupla. O silencio, entretanto, não acompanhava o aspecto etéreo daquele ambiente. Era possível escutar a estapafúrdia algazarra, mesmo à distância. O festival encontrava seu ritmo mesmo antes da apresentação de Unohara; mas aqui, cabe nota, Shizuke não sabia ao certo o que conjecturar, uma vez que desconhecia por completo qualquer mínimo detalhe acerca da fama da mulher. Agora, seu único interesse era saber o quão boa era com a espada. Mas a missão, naturalmente, se interpunha entre sua curiosidade. Percorreram mudos, a passos sutilmente rápidos, o atalho sugerido pelo genin. Intensificou-se o som antes distante e então, haviam chegado. Ela dispensou ao espadachim e seguiu só para a apresentação; ausente qualquer debate, Shizuke apenas moveu-se até a multidão que aguardava o início do show, seria o melhor ponto de observação, supôs. A plateia se compunha de uma maioria esmagadora de ninjas já experientes e aquilo o provocou uma crise de riso. Por sorte nenhum perigo surgiu naquele momento de divertimento e distração. Pouco depois estava recomposto, ainda que a atenção tivesse em grande parte desviado à apresentação.
A voz angelical recitava letras que pareciam ser próprias, originais até mesmo no sofrimento que delatavam. Foi como ter um vislumbre do coração de Unohara, vivenciando as mesmas angustias e júbilos que ela. Enquanto aproveitava — achou poder fazer isto, uma vez que seria curto o entretenimento — tragou a fumaça de um cigarro para seus pulmões. Sucessivas vezes o fez.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 3/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 13 Abr - 21:10


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

O show durou cerca de uma hora e meia até que finalmente chegou seu fim. Unohara agradeceu a presença de todos e deixou o palco com muitos aplausos e gritos de felicidade. Ao descer as escadas ela foi direto a uma tenda de bebidas onde começou a beber saquê sem se preocupar com as pessoas que a chamavam ao seu redor. Um homem se aproximou dela e desavisado sobre sua personalidade não apresentou quaisquer sutileza em seu tratamento, tirando-a do sério rapidamente. Ela de maneira ameaçadora avisou o mesmo para se afastar mas o homem estava extremamente irritado com a maneira que havia sido tratado. Parecia ser um homem de grande cargo no vilarejo, até mesmo um ninja de elite. Quando suas mãos foram tocar o ombro de Unohara um movimento rápido e quase imperceptível aos olhos alheios foram executados, onde suas mãos afastaram o braço do homem e em um milissegundo tocaram um nervo de seu pescoço, fazendo-o desmaiar rapidamente. Amigos do shinobi rapidamente se aproximaram, cercando Unohara. Um sorriso irônico apareceu no rosto de Unohara que não demonstrava medo algum frente aqueles quatro ninjas de elite. Saori ao ver a confusão logo correu em direção a Unohara, gritando para que parasse. "Você sabe que seu corpo não aguenta mais lutar, Unohara... por favor, vamos embora. Disse ela para Unohara, tentando esconder das pessoas ao redor, mas as palavras foram escutadas por todos ali. Os ninjas riram da situação. "Então você não é tão forte quanto dizem, Unohara. É melhor ouvir sua amiga." Disse um deles com um sorriso irônico em seu rosto. O semblante da cantora se modificou rapidamente e um ar pesado tomou conta do local. A intenção de matar da cantora era algo sinistro, até mesmo para aqueles ninjas experientes. Seus corpos começaram a tremer e até mesmo as pessoas ao redor sentiram a força de sua intenção; era algo extremamente superior à qualquer ninja comum. Unohara então deu passos lentos entre os homens que agora estavam paralisados e com um olhar assustado para com a mulher. Sua intenção transpassava um ar de sangue e guerras tão pesada quanto sua presença. "Saori, vamos..." Disse ela interrompendo a energia assombrosa que a pouco rondava o local. Com suas palavras, Saori fora capaz de se mover novamente, mesmo respirando afobada pelo sentimento que a pouco sentia. Saori foi até Unohara que voltou a caminhar em direção a sua casa. A assessora olhou para os lados a procura do espadachim e quando o visse o chamaria para acompanha-las até a casa, para marcar o término da primeira etapa de sua tarefa. Sim, primeira etapa. O espadachim ainda não havia sido avisado mas ele seria requisitado para acompanhar Unohara por uma parte da viagem de volta para seu País natal e sua tarefa seria leva-la até as fronteiras do País do Fogo onde ela seria recebida por outros ninjas que a iriam proteger. Mas isso ele saberia em breve. Unohara seguiu devagar pelas ruas em direção a sua casa.

considerações:
Irei emendar sua próxima missão a essa, facilitando a criação da trama.
Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 5/10
[/quote]

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Dom 14 Abr - 11:02

Sob o entretenimento da voz melancólica de Unohara  o tempo correra diferentemente do usual naquela plateia; a maioria, senão todos, se encontrava extasiada, quase um coro hipnótico de olhares mortiços, mas que não deixavam de se encontrar naquelas letras cheias de infortúnio. Cabelos ao vento, Shizuke tentava compreender a mulher que existia detrás de versos tristes; tentava compreender — e aqui, supunha, tinha algum sucesso — a razão de tão abrupta troca de carreiras, pois para ele mesmo a vida de um shinobi pacato como ele era preferível à sina de cantar por aí em festivais, sussurrando com tom tranquilizante suas tragédias. Enquanto pensava acerca disto o show se findou e a atmosfera urbana e inquieta de Konohagakure pareceu voltar como um tsunami, inescapável; até mesmo uma confusão, protagonizada pela própria Unohara, se instaurou. O que o genin teve conhecimento foi apenas o burburinho de vozes crescendo exponencialmente em volume, até se tornar ensurdecedor à curta distância dos locutores. A multidão o impedia de se aproximar na direção para qual todos se encaminhavam, cercando o ocorrido. Cochichos e risinhos atravessavam ombro por ombro, alcançando os mais variados ouvintes, ainda que fossem tão ininteligíveis como o eram. Dado momento, a protuberância de pessoas que formava uma ponta de lança em direção da área de interesse, se dissipou. O grupo se desfez, abrindo verticalmente, deixando uma grande fenda na fileira agora ocupada unicamente por Shizuke, que ainda precisava encontrar a cantora e sua assistente. Caminhou na busca por elas tendo calafrios percorrendo todo o corpo, não os sentira antes, mas agora, conforme inconscientemente apercebia-se aproximar da cantora, a sensação era esmagadora, subjugava-o. Como uma pedra sobre as costas, lembraria posteriormente. Parecia ser um estranho resquício que se mantivera no dito perímetro, como se o ar estivesse carregado de mais e emitisse emoções negativas demais para qualquer homem ou mulher suportar. Galgou à muito esforço, pois sentia-se como nadando contra a correnteza, e por fim encontrou ambas. Uma aura parecia envolver o par e tal fato o espadachim achou um alívio, sem se perguntar porque ou o quê. A opressão se fora no momento em que teve fim sua busca e ele se juntou com elas. Já caminhavam rumando numa direção bem definida, pois os passos eram duros, rígidos, carregados com aquele mesmo resquício, apercebeu-se.
A assistente, ao vê-lo, chamou com as mãos em torno da boca, o que fez seu grito estridente reverberar pela rua agora vazia. O ritmo na caminhada de Shizuke se manteve o mesmo, conforme dava passos seguindo nos calcanhares da dupla. A concordância muda dele perpetuou o silêncio, pois assim o foi até que chegassem novamente na casa de Unohara.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 0/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Seg 15 Abr - 21:13


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

Os três seguiram caminho de volta a casa com tranquilidade, sem problemas nenhum. No final, a missão havia sido tranquila, entretanto, ainda não havia terminado. Saori daria as informações ao espadachim. "Amanhã voltaremos para nosso país pela manhã, logo quando o sol nascer, disseram que irá nos acompanhar até a fronteira. Estaremos lhe esperando. Muito obrigada pela ajuda." Disse a jovem adentrando a casa. Unohara já havia adentrado sem muita cerimonia e já se encontrava deitada em sua cama. Na manhã seguinte, partiram cedo para uma viagem.

considerações:
Perdão pela demora, semana de prova é foda.

Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 6/10
[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Ter 16 Abr - 11:31

Conforme avançavam, a noite avançava com eles; o astro lunar e as infinitas estrelas pontilhavam a abóbada celeste com luz, fulgurando a vagarosa caminhada do trio em direção à mansão de Unohara. O silêncio voltara à imperar agora que o festival se dava por findado naquela noite, todos os que antes acompanhavam hipnotizados a apresentação da cantora haviam se dirigido para os estabelecimentos noturnos ou simples para casa. Sentia-se aliviado pela calmaria que fora o show de Unohara, sem qualquer complicação que o retivesse noite adentro naquele lugar lotado de pessoas. Não obstante, algo o atraía na enigmática mulher. Talvez fosse essa máscara de desdém que usava para se afastar ou a escolha estranha que fizera ao trocar os embates por apresentações. Enquanto imaginava, chegaram. Supôs ele que seria apenas uma despedido e poderia então voltar para sua pequena casa, descansar e levantar para outro dia; bem, não estava de todo errado, mas no dia seguinte, soube, teria de acompanhar novamente ambas as mulheres noutra empreitada. Não obstante, era uma chateação ainda que não tenha deixado transparecer. Apenas se despediu brevemente, com um meneio de cabeço, avisando que as veria no dia seguinte. E assim voltou para casa.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 1/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Qua 17 Abr - 13:13


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

O dia seguinte começaria cedo, logo quando o sol emitisse seu primeiro raio sobre as sombras das folhas de Konoha. Unohara e Saori se aprontavam pra partir e estariam prontas assim que o sol nascesse por inteiro. Unohara não parecia nada animada com a viagem, enquanto Saori era exatamente o oposto. "Vamos Unohara, está na hora." Disse a jovem animada com a caminhada. Estariam do lado de fora a espera do espadachim. Sairiam logo quando ele chegasse. Durante o caminho, uma pergunta nada esperada foi feita por Unohara ao espadachim. "Me diga garoto, por que se tornara shinobi?" De alguma forma ela parecia estar interessada nas determinações de Shizuke, algo incomum para a antiga guerreira. Entretanto, ela tinha suas intenções para tal feito.

considerações:
Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 7/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Qua 17 Abr - 15:00

Assim que fechou a porta atrás de si sentiu como se pudesse respirar de novo, como se a atmosfera no interior de sua casa fosse menos hostil que os demais ambientes. Acendeu uma vela e preparou um café, sentando-se no chão com as costas rente a parede fria enquanto esperava a água ser filtrada por pequenos furos no papel. Um som tênue, quase inaudível, acompanhava o escorrer do líquido. Quando cessou, soube que era momento de se levantar e encher uma xícara. Não tinha sono algum, tampouco desejava dormir; o café o ajudou com isto. Mantinha ainda as mesmas vestes da tarefa que executara algumas horas atrás, a espada ainda repousava na cintura e a coxa ainda abrigava uma pequena bolsa amarrada ao seu redor. Encaminhou-se até a calçada e sentou, lançando a cabeça para trás, além dos ombros, observando as estrelas e expulsando memórias que não desejava atrair para si. A luz lunar fulgurava como fogo, ainda que fosse prateada; seus raios  esbranquiçavam a superfície dos telhados e aqueles feixes pareciam se alastrar como chama viva. Ardiam como uma certa casa ardeu tempos atrás.

[...]

Quando a manhã veio, encontrou-se tendo dormido na calçada. Estava estirado com o corpo parcialmente na calçada; da cintura para baixo encontrava-se na rua. Nenhum pertence fora roubado — o senso de comunidade entre os mais pobres era um elo difícil de ser quebrado, não havia ponto em roubar de quem era igualmente necessitado. Ainda assim lançou ansiosamente as mãos na procura de sua espada, sabendo que chamava atenção o quadrado verde que separava a lâmina do punho enfaixado. Mas estava lá, intocada pelas mãos hábeis e sorrateiras que esgueiram pela noite. Ergueu-se de salto. Veio à memória o combinado do dia anterior: havia outra missão a ser desempenhada. Sem demorar-se, rumou pelas ruas ainda sonolentas e alcançou a casa de Unohara. Logo que dobrou a esquina viu ambas do lado de fora, já à espera dele. Apressou o passo na direção destas e deu um breve sorriso, curvando a cabeça. Ao passo que, sem qualquer som ou voz para emitir ordem, todos iniciaram os passos. Cruzaram o arco do grande portão, a sombra opressiva da construção de dimensões titânicas se agigantando sobre o trio, e então pode-se dizer que o trajeto fora iniciado. Pouco tempos depois, para surpresa de Shizuke, Unohara voluntariou-se a quebrar o silêncio. Proferiu uma pergunta concisa, sem rodeios. O espadachim pensou um instante acerca do assunto, retendo-se em silêncio até ter estruturado toda a resposta.

— Não podia seguir o caminho da espada enquanto civil e, além do mais, não me restou nada.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 2/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Qua 17 Abr - 18:39


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

A resposta de Shizuke fez Unohara dar um leve sorriso no rosto, mas nada muito expressivo. Ela havia se recordado um pouco de seu passado, antes de se tornar uma guerreira. "Isso me faz lembrar o meu passado..." Unohara era uma mulher diferente da maioria, mais forte e decidida que muitos homens ditos machões, mas a sua vida de sofrimento havia a tornado rude. Entretanto, conhece-la melhor demonstrava que sua rigidez era fruto de um diamante bruto e de um brilho diferente da maioria das pessoas. "Shizuke pode parecer estranho, mas você me fez lembrar de um tempo em que não me recordava a anos. Depois de tanto tempo, é difícil de lembrar, mas ainda me lembro vagamente dos motivos que me fizeram seguir pelo mesmo caminho. " Alguns instantes de silencio se seguiram depois das palavras da antiga guerreira. Seus olhos fitavam o caminho de maneira vazia, como se visualizasse o passado. "O destino e a falta de escolha me levaram ao campo de batalha; e os mesmos me trouxeram até a carreira que tenho hoje. A perda, o sofrimento e a dor, no fim, foram apenas detalhes de uma paisagem; assim como a glória da vitória. Doce ilusão. Ela sorriu mais uma vez, dessa vez um toque de ironia era perceptível em sua breve gargalhada. "Na verdade, todos desejamos uma vida pacata, seja regada as nossas ilusões físicas ou espirituais. Oque acha?" No fundo Unohara sabia que grande parte da sua vida havia sido tomada pela falta de fé na humanidade e pra ela tudo não passava de uma doce ilusão. A doença que havia afetado seu corpo havia lhe tirado sua glória como guerreira, mas lhe dado a oportunidade de se tornar uma cantora de sucesso. Ela mesma não sabia se aquilo era bom ou ruim. De alguma maneira, ela havia se simpatizado com o jovem espadachim, mas do seu modo peculiar de ser.

considerações:
Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 8/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Qui 18 Abr - 13:51

A memória daquele episódio voltou a assombra-lo ante a resposta dada, ainda que não fosse tão reveladora quanto podia ser. Desde a pergunta o rosto de Unohara conservava uma feição diferente do anterior e constante, desdém. Era como se houvesse algo em Shizuke agindo como a gravidade e esta, naturalmente, a atraía para ele. O vórtex invisível traçado pelo caminho da espada. De certo modo vislumbrava um futuro não tão distante toda vez que o assunto vinha à tona: um espadachim está fadado a morrer de espada na mão e qualquer coisa diferente disto deve ser recusada com veemência. Não se trata do orgulho o seja lá o que mais for. É um compromisso, feito e reforçado a cada vez que mãos ansiosas envolvem o cabo enfaixado de uma espada, a cada vez que essas mesmas mãos, auxiliadas por um conjunto inteiro de músculos, volvem golpes contra o vento e a carne. Shizuke sempre soube em seu íntimo que a vida pacata era impossível, que seu retângulo minúsculo ao qual chamava de casa em breve se tornaria uma prisão para sua liberdade, que sua rotina de dormir e acordar logo seria despedaçada pelas guerras por vir. Abatido, acendeu um cigarro à boca. Inalou a fumaça, tragando a pequena nuvem tóxica e fumegante pulmões adentro. A cabeça pareceu ficar oca, como se o cérebro dentro do caixa craniana se abstivesse por alguns instantes. Absorto das perguntas feitas, Shizuke falou como num monólogo:

— No fim nada importa. Motivações, desejos, o que seja. Quando se toma o caminho da espada sua sina já está assinada. É impossível abster-se do caos, Unohara-san. Um dia você vai ter um impulso incontrolável, essa vontade esmagadora de morrer com a espada na mão e é isso que vai acontecer, rompendo a calmaria de sua vida de celebridade. Talvez você tenha se resignado do caminho, mas ele ainda habita-a. Acredito eu, que habite em cada ser, mesmo aqueles que nunca sequer viram uma espada. É uma força da natureza, um cataclismo quando necessário. Eu sou tolo por pensar que posso levar a vida como a levo agora, mas acho que a ilusão me conforta enquanto não tenho mais nada. — Finalmente olhando diretamente à ela, o espadachim dirigiu um último bom olhar, carregado de expressões escondidas sob a pele. — Não renegue o caminho. Não espere que ele a toma contra vontade. Eu, pois, farei o mesmo.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 3/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 19 Abr - 13:16


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

Unohara havia se tornado uma pessoa fria, mas sabia reconhecer as pessoas de maneira instintivas. As palavras de Shizuke soaram como soneto para os ouvidos de Unohara, que sorriu ao fim de maneira sincera, tão sincera que a muito tempo não havia sorrido. Ela desde o inicio estava certa sobre as semelhanças que rondavam ambos, semelhanças essas que não precisavam ser totalmente experimentais porém ideológicas. Shizuke se mostrava ciente do seu futuro e do caminho que havia escolhido e imesmo que inexperiente se mostrava inteligente a cerca do mundo que o cercava. Unohara podia entender isso perfeitamente. De certo modo, o ninja não podia entender parte da sua vida, mas algo lhe levou a falar oque falaria a seguir.  "ICertamente... Ela gargalhava enquanto falava, porém parava de súbito.  "Mas lhe digo Shizuke, o caminho da espada, tem muitas faces... O tempo me ensinou que quem dita as regras não sou eu..." De séria ela gargalhou de maneira irônica e rápida, mas continuou a falar. Não esperava se abrir tanto afinal, porém se sentia bem conversando com aquele jovem. Talvez pelo tempo que havia levado para finalmente se encontrar com alguém que entendia suas ideias; uma obra do destino. "Digo, pois... por obra do destino, uma doença tomou meu corpo e ele já não responde como antigamente. Tudo que conquistei pouco a pouco fora se dissipando e sumindo com o tempo. E foi quando aprendi oque é a verdadeira guerra." Sua feição era séria. Ela se calou por alguns instantes até que voltou afalar. "A guerra se resume a concepção que nós temos sobre o mundo e entender que vivermos guerreando, mesmo sem a espada, é a única maneira de vence-la. A coragem está além da espada, Shizuke... Uma pequena pausa foi feita. "O próprio caminho da espada está além das laminas..." Ela respirou fundo mais uma vez. " Lembre-se disso...e honre-se disso..

considerações:
Essa é Unohara: https://i.ytimg.com/vi/CydhvxHWuN4/maxresdefault.jpg
Essa é a Assessora: https://s.aficionados.com.br/imagens/atena3-0.jpg

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 9/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sex 19 Abr - 15:56

Um aglomerado de nuvens inertes constituíam o único obstáculo que a luz encontrava antes de atingir o solo; criava-se então uma sombra fantasmagórica acima da comitiva, quase os mergulhando numa completa escuridão em conjunto com as copas das árvores que seguiam em companhia da extensão da estrada. Olhos fechados, caminhando por puro instinto e completamente alheio — outra vez — do que se dava em seu derredor, Shizuke meditava nas palavras que ele próprio proferira e nas respostas de Unohara. Vez ou outra interrompia o fluxo de sua respiração para inalar longamente uma lufada de fumaça do cigarro, devolvendo-a ao ar livre quase no mesmo instante em que se pusera a tragar. Cada peça se encaixava com sua respectiva parte e assim se formava uma grande e completa imagem do futuro à espreita; não obstante, não podia deixar de manifestar seu temor acerca da inevitabilidade dos fatos que preencheriam o vazio dentre o início e o fim. Mais do que tudo, isso o assustava.
O caminho além das lâminas, sim.
Que figura mais importante que aquele que porta a ceifa com suas mãos e desempenha o papel de ceifador? Não é sobre a espada que o caminho se refere, mas sobre que a maneja. Sobre quem ter de levar o peso sobre os ombros, peso acumulado por tanto tempo e que não tarda a consumir o homem.
O caminho era transcorrido de maneira silenciosa, como se as palavras pairassem numa dimensão à parte do trajeto, como se constituíssem uma necessidade não incumbida à caminhada.
Uma pergunta, por fim, permanecia em sua mente: que devo fazer para preencher o vazio que existe entre o começo e o inevitável fim?

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 0/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 20 Abr - 17:09


Narrador: @Samael"

Festival de Verão

@Nada

O silencio a partir dali pairou sobre o trio até o fim do caminho. Provavelmente seus pensamentos flutuassem sobre suas cabeças naquele momento. De longe, já era possível visualizar a mudança abrupta da vegetação. Aquele era o fim da viagem. Uma caravana esperava Unohara e Saori bem a frente e seguiriam com elas o resto do caminho."Obrigado pelos seus serviços, Shizuke-kun." Disse Saori se curvando levemente em sinal de referencia. Unohara não disse mais nenhuma palavra; ela já havia se expressado bastante para um só dia. Pelo menos era oque pensava. Bastava para Shizuke voltar para o vilarejo e entregar o relatório das missões ao quartel general. Dali ele poderia finalmente ir para casa continuar sua vida.

considerações:
Fim da missão. Sei que foram missões bem simples, mas por ser rank C não quis complicar muito as coisas por serem apenas cinco tópicos. Finalize o RP voltando para vila, indo até o quartel, fazendo o relatório e indo para o local de sua escolha.

-- Meu discord: Zeitgeist#1611
Não fiquem com vergonha de mandar mensagem caso haja qualquer duvida que seja.
Post 10/10

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 20 Abr - 17:40

No fim, tudo se resumiu as viagens feitas de um lado ao outro: pelas ruas barulhentas do festival até o exterior da Vila da Folha, mergulhando nas pacificas estradas do País do Fogo. Nenhuma confusão, nenhuma ameaça real ao bem-estar de Unohara, ou de Shizuke ou de Saori. Se pensasse bem a respeito daqueles acontecimentos talvez chegasse à conclusão de que estivera fadado a conhecer a ex-espadachim, de que seus caminhos um momento haviam de se cruzar, como a chuva há de cair e o sol de se erguer. Nem mais nem menos; o inevitável.
Prosseguiu então para se despedir da dupla e pensou até que aquela com quem conversara enquanto caminhavam fosse produto de sua mente ou uma aparição, coisa do tipo, pois agora Unohara retornara ao seu estado habitual. Aquilo também parecia inevitável. Seria pedir demais que ela estivesse em eterna melancolia de dias passados.
Galgou o caminho de volta em sua solidão, refazendo os mesmos passos do início da manhã mas agora no sentido oposto. Chegando na vila, entregou seu relatório curto sobre a tarefa: nenhum acontecimento digno de nota fosse na apresentação ou no acompanhamento de ambas até o destino. Ao menos por ora, poderia voltar a calmaria habitual que caracterizava seus dias.

Hp: 325; Ck: 375.

Spoiler:
Aparência: Sasaki Kojiro, Vagabond.
Contadores: Vício - 1/3.
Cansaço: Estamina - 0/5.
Atributos físicos utilizados: -.
Técnicas: -.
Bônus: -.

Considerações: -.

Spoiler:
Bolsa cheia.

Kurosawa
Rank: S
Descrição: Kurosawa (? ?, literalmente significando: Black Swamp) é o nome da espada de Mifune. A espada é bastante longa e fina, e tem um protetor de mão retangular e um punho longo embrulhado em ataduras. Mifune mostrou grande habilidade e destreza em empunhar a espada, executando Iaido com a lâmina. Ele também usou para cortar a cabeça aberta do Ibuse quando a salamandra o engoliu.
@Samael'

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão TC8F3xA
I saw in this reaper the image of the death.
But in this death nothing is sad.
It takes place in broad daylight with the sun that floods everything with a light of fine gold.
[Capítulo] Festival de Verão TPDjW24

Fama : 0
Nada
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65939-xi https://www.narutorpgakatsuki.net/t59185p30-ct

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão em Sab 20 Abr - 19:29

Aprovado! Recompensa máxima para ambas missões.

_______________________

[Capítulo] Festival de Verão B8bc6c855ff4192ec4f63c055aa67800

Fama : 0
Samael'
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65936-atualizacao-fp-samael-l-zeitgeist https://www.narutorpgakatsuki.net/t65057-compra-de-tecnicas-samael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Capítulo] Festival de Verão

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Você não pode responder aos tópicos neste fórum