>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Odin.
Genin
Odin.
Vilarejo Atual
Ícone : 狼

https://www.narutorpgakatsuki.net/t66372-f-kurama-sekiro

[Fillers] Kao Nashi - Seg 1 Abr - 3:54

'Kao
The Faceless
Sweet Mother, Sweet Mother, send your child unto me, for the sins of the unworthy must be baptized in blood and fear.

Lembro-me da época enquanto criança: uma época cheia de brincadeiras e, principalmente, quando aprendi a arte da enganação. Por ser apenas um pequeno garoto, os adultos não se importavam de meus truques e enganações, além das mentiras. Entretanto, em alguns dados momentos os mesmos se irritavam com isso, pondo-me de castigo para repensar minha situação. Apesar disso, nunca deixei de gostar de truques, pois sempre ganhava com isso. Certo dia, lembro-me de sair à rua com outras crianças: sempre gostávamos muito de passear pelas ruas e pelas lojas, enganando vendedores e às vezes até roubando algumas coisas, geralmente alimentos. Como nossos pais nunca foram muito avantajados em dinheiro, nossos lanches eram muitas vezes alimentos roubados. Decidimos passar esse dia por um distrito que nunca andávamos: este era o distrito do quartel general. Dúvidas surgiram em nossas pequenas cabeças infantis se poderíamos enganar os guardas da vila da Nuvem e escapar com algum aparato militar. Rimos bastante da ideia e decidimos segui-la, porém chegando mais próximo do próprio quartel nós estávamos tremendos de medo, principalmente de alguns de nossos pais acabarem sendo presos. Todos, menos eu mesmo. Este dado momento foi onde iniciou minha timidez e minha conduta de nunca desistir e de recusar a derrota. Todos a tremerem as bases quando chegamos próximo foi justamente contra o que eu pensava: aquilo não estava sendo uma vitória para com nossa ideia, muito pelo contrário, aquilo era uma derrota. Olhei bem para os olhos de cada um e falei que se quisessem sair de lá e voltar para casa ou voltar a roubar na feira tudo bem: porém eu iria lutar até o final. Isso acabou por despertar força de vontade em alguns dos outros que estavam lá, mas ainda assim todos deram as costas, me desejando boa sorte. A partir daí eu decidi que para mim trabalhar sozinho sempre seria melhor, pois se dependesse de outros sempre, muito provavelmente o mesmo iria acontecer. Senti-me triste sabendo que meus colegas, meus amigos, estavam dando as costas para mim e para nossa rotina diária e que nem ao menos confiaram em mim no último segundo. Todavia, percebi quem ainda confiava em mim: eu mesmo. Cerrei os punhos e aproximei-me ainda mais do quartel: estava um tanto quanto silencioso. Perguntei-me se o motivo disto seria uma troca de guarda, ou se estariam todos dormindo ou farreando, já que na grande parte das vezes a vila é pacífica em seu interior. Por cerca de uma hora fiquei a observar: com o passar dos anos roubando lanches percebi que visão e audição é tudo, pois só se chega ao conhecimento com ambos. Tendo conhecimento, é impossível que não vá conseguir realizar o que quer. Após essa boa análise da localização do quartel e das entradas e saídas, percebi também alguns sons do interior: apenas ouvia duas pessoas a conversar, mais ninguém. Após essas exatas uma hora ouvindo sons e analisando o local, um dos guardas saiu e foi em outra direção: não parecia que voltaria tão cedo. Analisei minuciosamente todos os detalhes do guarda em segundos: era praticamente especialidade do meu clã a transformação perfeita e, já com uma idade nova e conceitos de enganação, eu já era capaz de transformar-me quase que perfeitamente em qualquer um. E assim aproveitei a chance para adentrar no campo do inimigo. Único fato de desvantagem, e este o qual eu já conhecia, era o desconhecimento de nome, idade, ou qualquer outra coisa que auxiliasse na enganação para com o outro guarda. Ainda assim, senti-me confiante de meu domínio psicológico para com as outras pessoas e adentrei o quartel, já transformado. Para minha sorte, incrivelmente muita sorte, o guarda já estava cochilando na cadeira assim que entrei. Assim, pude novamente estudar a anatomia do local em sua integridade, mas dessa vez por dentro do mesmo. Era uma rua de grande extensão que dava abertura para algumas cabanas. O guarda saiu da cabana primária, onde provavelmente é feita um tipo de guarda, e foi na direção das demais ao longe, onde mal dá para se ver alguma coisa da entrada do distrito. Já estava dentro, observando o outro guarda cochilando à barraca e decidi avançar para a próxima. Adentrando nela, estava um ferreiro a trabalhar em suas armas. Aparentemente, o mesmo não me conhecia, ou melhor, não conhecia o ninja que me transformei, pois apenas deu bom dia. Olhei as armas que ele fabricava, sendo estas principalmente tokens e kunais, especialidades do País da Nuvem provavelmente. O ferreiro apenas olhava para mim com um sorriso e, às vezes, comentava sobre uma das armas e a dificuldade do temperamento da mesma. Após olhar muito o estoque do mesmo, o momento que eu esperava apareceu: ele perguntou-me se eu queria levar, e deixaria por conta do “estado”. Não entendi ao certo o que o mesmo disse, porém aceitei e apertei sua mão. Sem demora, peguei a kunai que era mais leve para meu corpo e fui em direção ao distrito residencial, onde mostraria as kunais para os garotos do bairro. Não demorou muito até eu chegar lá, ainda disfarçado e livre de qualquer suspeita. Aproximando-me de minha casa, acabei por ser abordado por três ninjas. Imaginei primeiramente que seria apenas uma conversa normal entre shinobis, porém os mesmos ordenaram que eu desfizesse a invocação, pois teriam recebido denúncias anônimas que alguém teria entrado no quartel general. Suspirei e desfiz a transformação, entregando a kunai de volta aos ninjas. Eles sorriram, pois fui honesto dessa vez, e entregaram a kunai de volta. - Não faça isso de novo, pode ser perigoso para você. Pode parecer divertido, mas não é o momento certo. Você chegará lá no quartel um dia! – falou um dos ninjas que veio me abordar. Imaginei que teriam sido as outras crianças do bairro que me denunciaram, e desisti de mostrar a kunai para as mesmas. Nesse exato momento, eu teria repensado minhas amizades e desistido delas. Neste exato momento, eu me tornava um ser tímido e introvertido, que buscava apenas o individual meu e de meu clã, minha família.



Considerações:
-Aparência (Jaqen H’ghar); Bandana de Kumo usada no braço esquerdo; Bolsa de Armas acoplada à cintura, atrás no lado direito.

-Vel usada: 0, For usada: 0.
-Gasto de Chakra reduzido por Grande Controle de Chakra (25%).
-Tudo que falei aqui no post representa tentativas.

Gastos/Curas:
-

Jutsus & Equipamentos:

(40) Bolsa de Armas:
♦️ [04] Kunais [4]
♦️ [04] Shurikens [4]
♦️ [02] Kibaku Fuuda [8]
♦️ [02] Kemuridama [2]
♦️ [02] Hikaridama [2]
♦️ [04] Fios [20m]
♦️ [18] TOTAL
Status:

'Kao Nashi:
[Fillers] Kao Nashi Hp10HP: 225/225
[Fillers] Kao Nashi Chackr10CH: 250/250
[Fillers] Kao Nashi Stamin10ST: 00/03



_______________________

-
Xiao Dre
Genin
Xiao Dre
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Kao Nashi Tumblr_oz8lqs1Vyo1vj9g38o6_250

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70286-the-puppet-master-khan https://www.narutorpgakatsuki.net/t70287-gf-dre

Re: [Fillers] Kao Nashi - Seg 1 Abr - 4:18

Aprovo
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.