>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Ange
Administradora
Ange
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Um Treinamento Passado HKIv36V

[Filler] Um Treinamento Passado - 16/3/2019, 23:44


Angell Hyuuga

[ HP: 525/525 | CH: 545/550 | ST: 00/05 ]


Angell encarou suas mãos, com as palmas voltadas para cima, e teve vontade de chorar. Não só pela dor que os hematomas, arranhões e pequenos cortes lhe faziam sentir, mas também de frustração. Nunca ela tinha visto qualquer membro do seu clã com ferimentos tão feios nas mãos, mas todos eles, até os mais novos que ela mesma, causavam grandes estragos nas árvores que usavam para treinar – estragos que ela não chegou nem perto de conseguir fazer. Onde estava errando? Tinha passado o dia todo imitando os movimentos que seus primos faziam nos treinos, mas não obteve resultados nem um pouco parecidos. Não fazia sentido!

A azulada voltou para casa pouco depois de ver o sol se esconder no horizonte. Porém, ainda antes de tomar um bom banho, ativou o seu Byakugan e vasculhou rapidamente as casas que a visão privilegiada do doujutsu lhe permitia enxergar. E, em uma casa a exatos 30 metros a noroeste da sua, encontrou duas crianças se enfrentando pura e simplesmente ao estilo tradicional de luta dos Hyuuga, e ainda sendo supervisionadas com rigor por um adulto – aparentemente, pai delas. Aproveitou que já não havia mais quase ninguém fora das casas do bairro e correu até aquela específica, parando só quando já conseguia ouvir as vozes vindas de lá de dentro, e se escorou na parede. A todo o momento, tomava o cuidado de ser discreta; não sabia o que pensariam se lhe pegassem “espionando” o treinamento alheio.

– Meus olhos já estão ardendo. – comentou uma das crianças, o menino.

– Aguente, filho. – retrucou o adulto. – Não se pode utilizar o Juuken sem o apoio do Byakugan. Como você vai saber onde jogar seus golpes?

– Mas eu já não sei onde jogar...

– Não seja bobo, nii. – a outra criança, a menina, interveio. – Você pode me golpear em qualquer lugar, desde que olhe o que está fazendo. Precisa desestabilizar o meu fluxo de chakra para me vencer!

– Não ensine besteiras ao seu irmão, Hana. – tornou o pai. – Não se pode golpear “em qualquer lugar” e esperar obter sucesso na investida.

– ...não? Funcionou muito bem comigo até agora.

A menina abriu um sorriso convencido, enquanto o pai suspirou, impaciente. Quanto ao irmão, apenas alternava olhares entre ambos, parecendo não saber mais quais instruções deveria seguir.

– Bem, cuidaremos disto mais tarde então. – o pai ainda falava com Hana. Então, voltou-se para o outro filho: – Akio, concentre-se em enviar o seu chakra para dentro do corpo de sua irmã, focando o sistema de circulação de chakra dela. Só assim você conseguirá desestabilizar o fluxo. Não se esqueça de que é nisso que consiste o nosso Juuken.

Do lado de fora da casa, Angell soltou um pequeno suspiro surpreso. Seus olhos perolados, além de se arregalarem, também brilharam. Então o estilo tradicional de luta do seu clã não tem a ver com força; tem a ver com jeito, jeito com que se utiliza o próprio chakra para atrapalhar a utilização de chakra do oponente. Por isso a maneira tão estranha com que os golpes devem ser desferidos! Por isso todos se “estapeiam” tanto e nunca ferem a si próprios! Por isso ela esteve errando tanto durante todo o dia! Mas também... que inocência dela sequer desconfiar do nome do estilo: Punho Gentil.

– Vamos mais uma vez. – anunciou o pai.

As duas crianças ativaram o Byakugan e partiram novamente uma para cima da outra. Angell estreitou os olhos e se atentou não só aos movimentos das mãos delas, mas também – e sobretudo – às descargas de chakra que uma dava na outra a cada golpe que conseguiam acertar.

[...]

Logo que o dia seguinte amanheceu, Angell retornou à floresta que circunda a Folha. Suas mãos continuavam horríveis e até pareciam doer mais agora que no dia anterior, mas, se ela treinasse o Juuken Ryuu corretamente, não deveria ter complicações quanto aos seus ferimentos.

Sem se lembrar da árvore que tinha utilizado para fracassar treinar antes, escolheu uma outra qualquer, mas de tronco tão grosso e resistente quanto. Em frente à dita árvore, assumiu a posição tradicional de luta dos Hyuuga – que também já tinha memorizado bem de tanto observar os seus primos –, com os seus braços ligeiramente erguidos, o esquerdo estendido para frente e o direito retraído, mas ambos com as palmas das mãos voltadas para frente, e com as pernas separadas, a esquerda apoiada à frente e a esquerda para trás, sustentando muito bem o corpo dela.

A azulada ativou o Byakugan e finalmente espalmou a mão direita na direção da árvore. Porém, concentrou o seu chakra na palma da dita mão durante o percurso e, antes de chegar a sentir a textura da madeira em sua pele, freou o avanço da mão e projetou contra a árvore apenas o chakra que tinha acabado de concentrar na palma. Por causa do Byakugan ativado, Angell conseguiu ver a rajada de chakra que expeliu batendo na madeira, no ponto exato que sua mão golpearia, até como se fosse algum tipo de extensão da mesma, antes de se dissipar no ar. Se a árvore na verdade fosse um corpo humano... a rajada entraria pelos seus poros e chegaria até o seu sistema de chakra?

“...mais uma vez!” – a azulada mentalizou, e tão logo tornou a golpear o tronco da árvore com chakra, ao invés da palma da própria mão, mas aumentando bem a quantidade concentrada. ...e, sem perceber, aumentando também a velocidade com que projetou a mão contra a madeira, acabando por bater na mesma junto da rajada de chakra que lançara e ganhar mais um pequeno corte como os do dia anterior. E que ardência maldita aquilo lhe causou! Porém, nem mesmo essa ardência e a possibilidade – que ela tinha acabado de descobrir que não era tão remota quanto ela imaginara quando saiu de casa naquele dia – de continuar se ferindo foram capazes de fazê-la pausar o seu treinamento. Angell precisava (e rápido) dominar o Juuken Ryuu, já que também é membro do clã Hyuuga, por menos que seja enxergada dentro dele.

Ela avançou de novo contra o tronco da árvore, mas, agora, com a mão esquerda. O procedimento, porém, foi o mesmo; ela concentrou chakra na palma da mão durante o percurso e, no último instante, freou o seu avanço para golpear a árvore apenas com o chakra que tinha acabado de concentrar. E já emendou essa investida com mais uma da sua mão direita, depois com mais outra da esquerda, e da direita, e da esquerda, e assim sucessivamente. A velocidade dos golpes da azulada ia aumentando mais e mais a cada instante, mas, agora, ela tomava um cuidado extra para não deixar suas mãos baterem de novo na árvore; além de não ser necessário para o Juuken, ela só se feriria mais e voltaria a sentir dor.

No final do dia, exausta cansada, ela voltou para casa e simplesmente se deixou relaxar com um bom banho e uma longa dormida. Poderia – e realmente iria – treinar mais nos próximos dias, até poder dizer que aperfeiçoou o estilo tradicional de luta do seu clã.


“But it’s the only thing that I have.”



Informações:
Considerações:
Tentei construir um filler que expandisse um fragmento da história da personagem (na ficha), no caso, como ela aprendeu por conta própria o Juuken Ryuu.
Bolsa (20 espaços):
Kunai: 10 (10 espaços)
Kemuridama: 5 (5 espaços)
Hikaridama: 2 (2 espaços)
Kibaku fuuda: 12 (3 espaços)
Habilidades usadas:

Byakugan
Descrição:
O Byakugan (白眼; literalmente significa "Olho Branco") é o doujutsu kekkei genkai do clã Hyuuga. É um dos Três Grandes Doujutsus (大三 瞳 术, Daisan Doujutsu), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Aqueles que herdam o sangue deste clã quase inexpressivo têm olhos brancos. Quando o Byakugan é ativado, as pupilas do usuário se tornam mais distintas, e as veias se elevam perto dos olhos. Parece também que, ao contrário dos outros dois grandes doujutsus, todos os membros do clã possuem e podem usar a kekkei genkai desde o nascimento, em oposição à necessidade de despertar ou mais, não herdá-la em tudo.
As Habilidades do Byakugan deixam-no muito cobiçado por outras aldeias, como evidenciado por Kumogakure, que tentou roubá-lo – evento que levou até o que é conhecido como a "Questão dos Hyuuga". Ao de Kirigakure foi capaz de obter um único Byakugan de um Hyuuga que ele derrotou, e utiliza grandes forças para protegê-lo. Ao mesmo tempo, Danzou Shimura tentou igualmente recuperar ou destruí-lo. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.
Juuken Ryuu
Descrição:
O Punho Suave (柔拳, Juuken) ou Arte do Punho Suave (柔拳法, Juukenpou) é uma forma de combate à palma da mão usado por membros do clã Hyuuga. Ele provoca danos internos através do ataque ao sistema de circulação de chakra do corpo, posteriormente, ferindo os órgãos que estão intimamente ligados com a área da rede que tenha sido atingida. Para fazer isso, o usuário cirurgicamente injeta uma certa quantidade de seu próprio chakra no oponente via sistema de chakra, causando danos aos órgãos adjacentes, devido à sua proximidade com o sistema circulatório de chakra. Mesmo o menor toque pode causar danos internos graves, daí o nome do punho "suave". Fechando os tenketsus, o usuário do punho suave pode controlar o fluxo de chakra, criando uma confusão na rede de chakra do adversário. Esses pontos especiais, 361 no total, são interceptações na rede circulatória do chakra, assim, pode-se, à força, abri-los ou fechá-los da maneira que o usuário do Punho Suave quiser, o que o torna uma poderosa opção tática para se ter. O usuário pode aumentar o fluxo de chakra no corpo do oponente ou interrompê-lo por completo, impedindo-o de usar técnicas, como visto na luta de Neji com Hinata durante o Exame Chuunin, e durante seu combate com Kidoumaru.
Neji Hyuuga observou que qualquer substância feita de chakra pode ser destruída por esta técnica. Como visto em sua luta com Kidoumaru, é feito por vazamento de chakra a partir das aberturas de chakra nas mãos e moldando-o em uma forma de agulha para cortar através do chakra. No entanto não se sabe se esta técnica pode ser feito por qualquer usuário Punho Suave ou apenas aqueles que podem ver os tenketsus.
Como o sistema de circulação do chakra é invisível a olho nu, o Byakugan é necessário para este estilo ser utilizado de forma eficaz. Desde que o Byakugan é exclusivo para o clã Hyuuga, ele se tornou o seu estilo de assinatura de combate. A capacidade de infligir traumas internos é grave e, com sua força externa mínima, combinada à manipulação da rede de chakra, faz com que o Punho Suave seja o estilo de taijutsu mais respeitável e temível conhecido em Konohagakure. Em contraste com isto, a técnica também pode ser usada para fins complementares, tais como ajudar companheiros no campo de batalha. Isso foi exibido por Hinata durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi, quando ela usou a técnica para corrigir a articulação do ombro deslocado de Naruto.

_______________________

[Filler] Um Treinamento Passado Scre1755
[Filler] Um Treinamento Passado D5NZRF4Olá, eu sou a Angell.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] Um Treinamento Passado - 17/3/2019, 08:32

@ posr lindo q nem a dona
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.