>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Nicotavo
Chūnin
Nicotavo
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] - O Motivo do Ódio é revelado 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64340-ficha-kaguya-emachi

[Filler] - O Motivo do Ódio é revelado - 3/3/2019, 19:10

OFF: Objetivo +100 pts




O motivo do ódio é revelado


OFF: Objetivo, +100 pts de status
 
*A neve já caía em maior peso sobre Kumogakure, e todos se agasalhavam da melhor forma que pudiam, com casacos, cachecóis, meias, etc. Na humilde residência de alguns dos membros do clã Kaguya, Emachi se preparava para mais um dia de treinos; aqueles estavam sendo tempos de missões sucessivas, com a vila demandando bastante do seu tempo, e, sendo assim, começava a ganhar alguma reputação com seus superiores. Sabia que sua graduação estava próxima, logo logo seria chamado para um exame Chunnin. Por conta disso, aqueles dias frios tornavam-se ainda mais angustiantes, com o jovem perdendo algumas horas de sono com ansiedade pelo o que viria. Porém, não só Emachi percebia a proximidade de sua graduação, mas como também seu pai. Inari era Jonnin formado, mas há muitos anos havia se aposentado, ainda na época da guerra, devido a um ferimento grave na sua perna direita, que o havia deixado aleijado; por conta disso, havia sofrido muito, criado ressentimento contra a vila; para o auxiliar a andar, pegou um dos fêmures de seus antepassados guardado como tesouro da família e transformou-o em uma bengala, que agora era símbolo exposto do quanto o clã significava para ele*
*Inari acreditava que Emachi, apesar de habilidoso, não estava preparado para seguir adiante com seus planos para o clã; a ingenuidade, compaixão, e gentileza do jovem contrastavam com o rancor forte do pai, que via tudo nisso fraqueza e futilidade. Ao mesmo tempo que queria que Emachi fosse reconhecido pelos seus méritos, não gostaria que o mesmo se tornasse um peão do governo, como ele foi, e acabasse se desapontando com a vida da forma como ele fez*
*De longe, sentado em uma cadeira à frente do balcão, Inari observava seu filho a arrumar-se e sair no frio pronto para treinar. Foi quando, com um suspiro, refletiu sobre seu legado como pai, e, com uma voz suave, pouco usual a si, chamou o jovem*
- Emachi....
*O jovem, ainda amarrando seus cadarços parou o que fazia, movimentou levemente sua cabeça, e, com bastante curiosidade, mas estranheza pelo tom de voz do pai, responde:*
- S-sim...?
- Estou ciente do que te inquieta ultimamente – Diz Inari, com uma pequena pausa – Não sou bobo e até eu consigo reconhecer o que vem feito ultimamente
- Na verda-d..... – O jovem é interrompido subitamente
- Deixe de ser bobo, odeio essa sua humildade forçada – O pai afirma com um tom ríspido que deixa o jovem paralisado  - Os velhotes do alto gabinete logo te darão uma chance para se graduar, isso é claro......... E, aconselho fortemente você aceitar essa oportunidade e se fortalecer o quanto antes.
- Inclusive, há outros jovens Kaguyas por aí mais jovens que você e já tendo méritos ainda maiores... uma tal de Irís se não me engano é um exemplo disso (@Hyouhaku), lembre-se, é você quem restaurará a honra do nosso clã
- De toda forma – *Levanta-se Inari, seguido igualmente pelo filho, ainda com os laços desamarrados*- sinta-se grato, vou te dar um presente, pelo menos uma vez na vida - *Inari avança realizando alguns selos, o que espanta Emachi que dá dois passos para trás, porém, antes que pudesse fazer alguma coisa, encontrava-se paralisado, com os olhos fixados no horizonte e sem falar nada, era claro, estava em um genjutsu, e, imediatamente sua mente era transportada a outro espaço*
*Com a perna aleijada, Inari perdeu muito de seu taijutsu, mas para compensar, havia treinado intensamente o Genjutsu, tornando-se um mestre na arte, algo que poucos sabiam. O pai havia transportado a mente do jovem décadas para atrás, durante a quinta grande guerra ninja enquanto havia servido como capitão Jonin de um esquadrão de ninjas. Emachi foi preso ao e corpo de um dos ninjas alí presentes, porém retendo sua consciência, e, ainda muito confuso com a mudança de realidade, esfregava os olhos tentando entender o que ocorro. Olhava seus braços e mãos, e percebia que vestia um uniforme de forças especiais, bem como os outros ninjas ao seu redor. Contudo, claramente conseguia identificar uma pessoa: o líder do grupo, seu pai, visivelmente muito mais jovem, mas ainda bastante reconhecível.  Inari, naquele momento, resumia ao seu esquadrão a missão que se sucederia: uma infiltração em uma fortaleza inimiga e destruição do armazenamento de armas que seriam utilizados contra Kumogakure. Emachi, no corpo do ninja notavelmente mais novo e menos experiente no esquadrão, teria papel mais tímido na missão, atuando apenas como suporte, sem tomar a frente de combate e mantendo-se na retaguarda caso isto ocorre-se. Tal ordem era claramente uma tentativa de proteção do jovem ninja, que, aos olhos de Emachi, parecia ter o apreço e carinho maior de Inari, algo que Emachi estranhava*
*Os ninjas utilizaram os esgotos da fortaleza para se infiltrarem, e, ao tomar a posição de retaguarda, o jovem percebia que todos possuíam o símbolo do clã Kaguya em suas costas. Tudo parecia correr muito bem, contudo, logo os problemas foram aparecendo; uma explosão nos canais de esgoto acabou atingindo o ninja logo atrás de Inari, que acabou ferindo-o mortalmente, e, logo surgiram outros ninjas inimigos em uma clara emboscada ao grupo Kaguya. A batalha era muito dura, e Emachi acompanhava os golpes, jutsus, e inclusive dor e cansaço do ninja o qual havia incorporado naquele genjutsu. Apesar da vitória, os kaguyas haviam perdido mais um ninja na luta, e assim, de seis guerreiros originalmente, dois já haviam perdido suas vidas*
*Já descobertos, não havia mais necessidade para furtividade e o esquadrão engajou-se em combate durante todo o seu percurso por múltiplos andares até chegarem a um grande salão onde estariam armazenados os supostos armamentos. No caminho, mais dois ninjas haviam sido mortos, cada um de uma forma mais brutal que o outro, e, com o esquadrão praticamente dizimado, tanto o jovem ninja como o experiente Inari sentiam-se exaustos e com níveis de estresse altíssimos. Contudo, ao olharem melhor para a sala marcada no mapa, não encontraram absolutamente nenhum sinal de qualquer armazém de armas, e, enquanto distraídos, um ninja inimigo ferido no chão aproveitou-se para perfurar a barriga do jovem ninja com uma espada, rasgando todo o intestino do ninja, que cuspindo sangue foi ao chão. Emachi conseguia sentir toda a dor do jovem, e gritava de dor silenciosamente*
*Inari, imediatamente mata o ninja inimigo com uma bala de osso perfurando o crânio deste, e sai correndo em direção ao jovem ninja Kaguya para segurá-lo em seus braços. Com as mãos cheias do sangue, o jovem segura as bochechas de seu superior, agradece a Inari por tudo que havia feito por ele e pelo clã, e dá seu o seu último suspiro. Emachi conseguia ver o choro e desespero de seu pai enquanto os olhos do jovem se fechavam, e alí eram revelados facetas do caráter de Inari as quais nunca havia visto antes. Com a morte do Kaguya, a consciência de Emachi agora era passada para o próprio pai, que foge de maneira apressada da fortaleza. Durante a fuga, é acertado por uma explosão de um selo explosivo preparado como uma armadilha, marcando definitivamente o evento o qual aleijaria-se*
*Como em um filme, Emachi, nos olhos do pai, agora é transportado ao momento em que Inari reportaria o resultado de sua missão aos seus superiores. Ainda muito ferido, o Jounnin muito contrariado afirma*
- Senhor, não havia qualquer indício de armas sendo armazenadas naquela fortaleza, nossa inteligência falhou ou fomos traídos!
*O próprio Kage estava na sala, mas foi um assecla seu que, com um suspiro, respondeu:*
- Inari.... Lamentamos muito o que se sucedeu com seus companheiros e com você, mas graças ao trabalho de vocês conseguimos distrair as atenções das forças especiais inimigas, e infiltramos uma poderosa força ninja pelos flancos que está causando grande dano ao inimigo agora
*Inari não acreditava, e, sabia que qualquer coisa que dissesse ou fizesse não teria efeito algum. Com uma lágrima escorrendo pelo olho, simplesmente levantou-se, e, mancando, dirigiu-se ao hospital militar do campo. Neste exato momento, Emachi é solto do genjutsu, e, com um grito de espanto, cai sobre joelhos, e alí no chão, tremia com os efeitos psicológicos e físicos do jutsu*
*Inari, também cansado pelo efeito prolongado do jutsu, afirma:*
-Emachi, esperei muito tempo para te mostrar isso. Mas agora você entende, você compreende a minha dor e a dor do nosso clã. O quanto fomos usados e chutados pelos políticos e poderosos de nossas vilas. Eu confio em você, sei que fará a coisa certa e que vingará nosso credo
*O Jovem estava mentalmente abalado, e sentia que havia visto um capítulo negro da história que não deveria ter acessado. Contudo, toda aquela situação serviu não só para demonstrar a origem da raiva de seu pai, mas como passar experiência de combate real para o jovem; mesmo que em um genjutsu, observou do ponto de vista de um ninja experiente, como que se luta até a morte, e os riscos associados a isto*
*Terminado o período de choque, sem dizer uma palavra ao pai, Emachi levanta-se cambaleante em direção a qualquer lugar onde conseguisse paz de espírito, pois o treino..... já havia sido feito, e de uma maneira muito mais intensa do que havia planejado para o dia*

☉ HP: (425/425)  ☉ CH: (450/450) ☉ ST: (00/03) ☉

Template feito por @MilkWho


Considerações:
- Palavras: +1500

_______________________

M.F M.S Banco Ficha
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] - O Motivo do Ódio é revelado - 3/3/2019, 23:37

@

Uma dica, não narre com os '' * '', a ausência deles ajuda na beleza e organização textual. Abraços!
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.