Naruto RPG
Akatsuki
Shaka retornou. O inimigo número um da humanidade num passado apagado da existência retornou ainda mais poderoso. Os fantasmas dos heróis que o aprisionaram no passado solicitaram a ajuda de guerreiros poderosos que estivessem dispostos a selá-lo na cadeia do tempo, porém, algo de errado ocorreu. Shaka não só conseguiu escapar dos inimigos como ainda corrompeu os fantasmas e roubou uma das três marcas sagradas do tempo. Enquanto isso, as vilas sofreram ataques massivos de seguidores da religião de Jashin, todos acreditando que Shaka é o verdadeiro deus da morte. Templos foram encontrados nos arredores de cada vilarejo e aos poucos foram derrubados. Mas o inimigo da humanidade não tinha apenas uma carta na manga; Kinarra, um demônio antigo, voltou do além buscando a destruição do mundo, entretanto, ao enfrentar os novos heróis da humanidade, acabou se aliando aos humanos até que Shaka reapareceu e a selou novamente mostrando todo o seu poder. O mundo se encaminha para uma era sombria ou de paz? Só o tempo dirá.
Ano: 66DG
15/03/19 - 05/04/19
06/04/19 - 27/04/19
28/04/19 - 19/05/19
20/05/19 - 11/06/19
01 / 04 Olá, é sua primeira vez aqui? Caso a resposta seja sim desejo-lhe boas-vindas. Sugiro que antes de iniciar sua jogatina confira nossas regras & tutoriais e quando se sentir pronto lance sua ficha em inscrições. Nesse mês estamos com uma promoção exclusiva para novos jogadores, um pequeno pacote que concedem algumas vantagens no inicio de sua jornada dentro do RPG, confira clicando aqui.

04 / 04 Estamos com uma promoção de AG nesse mês que tem como objetivo arrecadar doações suficientes para a renovação do domínio e pacote premium da forumeiro, pedimos, se possível, sua colaboração. Confira a promoção clicando aqui.

11 / 04 Tem alguma dúvida pequena que deseja retirar rapidamente? Utilize nosso tópico de dúvidas rápidas clicando aqui.
.
.
.
.


[RP] Não julgue um livro pela capa

[RP] Não julgue um livro pela capa em 23/2/2019, 16:52



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Já havia retornado para a vila a alguns dias  e estava realizando uma pequena caminhada pelas ruas: pretendia ir conhecer o novo recém-inaugurado parque central, todos diziam que era um lugar lindo e pacífico, e eu tinha que conferir com meus próprios olhos. Meus passos para lá foram interrompidos quando presenciei uma espécie de tumulto vindo de um restaurante em minha frente: uma figura, aparentemente um garoto, corria para fora do estabelecimento carregando consigo uma saco aparentemente roubado enquanto os funcionários exclamavam palavras feias para ele. O ladrão correu para um beco e eu decidi segui-lo para recuperar os itens possivelmente furtados.

A velocidade da criança não era nada elevada, eu conseguia acompanha-la facilmente sem derramar uma gota de suor, porém a segui por cima dos telhados de Konoha e esperei que ela chegasse em algum lugar mais isolado. O esperado aconteceu e ela correu para dentro de um beco, onde aproveitei para descer na frente de seu caminho, impedindo sua corrida. — Garoto, você pagou por essas coisas? — Ele devia possuir uns sete anos de idade e estava assustado com a minha presença repentina, por mais que essa não fosse esta minha intenção.

Ele, no entanto, não respondeu minha pergunta. Seus olhos azulados me encararam com temor e suas pernas fizeram o movimento de disparo numa tentativa de passar por mim e continuar sua fuga, porém, eu tratei de simplesmente segura-lo pelo colarinho da camisa no momento que ele cruzou pelo meu lado direito. Ele tentou lutar contra, mas não tardou muito até que lágrimas tomassem conta de seu rosto, desesperado com a situação. — Ei, calma. Eu não sou malvado. — Soltei-o e deixei ele voltar-se para mim.

Senhor, eu não paguei por essas coisas. Minha irmã está com muita fome e ela precisava muito de comida! — As lágrimas que escorriam pelas suas bochechas não podiam ser mais sinceras, porém decidi acompanha-lo até sua casa para averiguar a situação e até mesmo oferecer serviço médico, caso fosse preciso. — Qual seu nome, guri? — "Bell", ele me respondeu. A residência dele era de fato precária, a madeira era velha e parcialmente carcomida pelas traças: eu afirmaria dizer que talvez sequer fosse um lugar seguro para se viver, mas era o que eles possuíam.

De fato existia uma irmã e ela realmente estava debilitada, provavelmente abaixo do peso. Resumidamente, Yuki, a irmã, não conseguia adquirir alimento suficiente com o dinheiro que ganhava em seu trabalho como feirante artesanal e priorizava a saúde do irmão menor, dessa forma, o último pedaço de pão era sempre de Bell. E eles normalmente só tinham um pedaço de pão. Eu passei um bom tempo sentado com eles trocando conversas. Também aproveitei para conferir o que tinha sido roubado e estipular um preço: eu me voluntariaria à pagar pelo prejuízo assim que saísse dali.

E assim o fiz, retornei para a loja e entreguei aos donos uma quantia de cem moedas, alegando que infelizmente havia perdido o 'ladrão' de vista, mas que estava disposto a compensar pela minha falha. Foi naquele dia que eu aprendi que ninguém deve ser julgado. Todas as ações, mesmo que maléficas, possuem um propósito justo para a pessoa por trás. Cabe a todos nós tentar ao máximo entender os motivos de cada um, pois afinal de contas, todo vilão é um herói em sua perspectiva própria. A partir dali, todas as semanas eu fazia questão de deixar um saco de moedas anonimamente na porta da casa dos dois irmãos: não pretendia receber nenhum recompensa por aquilo além de minha satisfação pessoal. Boas ações são sempre boas ações, independente de serem reconhecidas ou não.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Pequena cena para mudar o arquétipo do meu personagem para Herói. Trata-se de uma sequência de eventos que vem acontecendo desde o CS de Konoha, onde ele quase matou um dos participantes e se sente culpado por isso. Durante o evento de Kinarra, também viu seus aliados morrerem em sua frente sem poder ajudar e recentemente ele descobriu que seu desaparecido pai está vivo peregrinando pelo mundo, tentando trazer paz para aldeias pequenas e afins, fato que lhe serve de inspiração.
@DelRey
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[RP] Não julgue um livro pela capa CPNRSWQ
O que é que você tá olhando?

Fama : 26
Kai
Tokubetsu Jonin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t62506-f-hatake-kai https://www.narutorpgakatsuki.net/t62493-compra-de-tecnicas-hatake-kai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Não julgue um livro pela capa em 28/3/2019, 01:47

@Mudança aprovada

_______________________



1 Dias!

[RP] Não julgue um livro pela capa 3cbd36313012f3b2cd45817653ad9b50

                It seems to me that a queen who trusts no one is as foolish as a queen who trusts everyone

[RP] Não julgue um livro pela capa Tumblr_mdhfo7XF7m1r00543o7_r2_250

Fama : 100
DelRey
Heroína || ANBU
https://www.narutorpgakatsuki.net/t63930-f-in-a-land-of-gods-and-monsters https://www.narutorpgakatsuki.net/t56041-compras-yoruichi#368577

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Você não pode responder aos tópicos neste fórum