>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

[Solo] O peregrino dobrador de terra - em 21/2/2019, 19:44



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Resumindo minhas últimas semanas, eu havia me auto-invocado à Floresta do Osso Úmido não intencionalmente e conhecido por lá uma simpática lesma gigante conhecida como Katsuyu. Tecemos os nossos primeiros fios de amizade e a mesma me propôs a realizar um pacto de sangue com a mesma para que eu pudesse a invocar em momentos de necessidade, fosse em batalha ou não. Além disso, acabei por descobrir que meu pai, Himuro, também possuía tal pacto sanguíneo com a rainha da Floresta Shukkotsu e que ele estava, na verdade, vivo, porém não retornara para casa por estar em uma espécie de missão pessoal, tentando a todo custo trazer a paz para o mundo através de ajuda voluntária a vilarejos ou caça a organizações bandidas.

Decidi honrar meu pai e fazer o mesmo, porém, sem me afastar da aldeia na qual cresci. Eu já havia empacotado todas as minhas coisas em minha mochila e até mesmo guardado algumas larvas assadas para comer durante a viagem — que não seria curta — de volta para Konohagakure no Sato. Despedi-me de Katsuyu alegremente, pois sentia que a veria novamente muito em breve, e abri o mapa em minhas mãos, pronto para seguir os caminhos indicados naquele pedaço já envelhecido de papel.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 01/10
• 207 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 21/2/2019, 21:45



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
O caminho, a primeira vista, seria relativamente tranquilo de ser percorrido. Passaria por algumas pequenas aldeias durante a viagem e até mesmo algumas fontes termais, tudo parecia ser perfeito: poderia relaxar nas águas quentes e conhecer novas pessoas (ou quem sabe até ajuda-las, se necessário) de diferentes (ou não) culturas. Meus passos eram livres porém firmes. A Floresta do Osso Úmido era maior do que eu imaginava: levei algumas boas horas até conseguir finalmente sair de sua área. Eu ia sentir saudade de Katsuyu-sama por um tempinho, mas tinha certeza que nos veríamos em breve. A paciência é e sempre foi uma virtude, não?

A primeira noite foi a que eu dormi debaixo de uma gigantesca árvore localizada no cume de uma pequena elevação: a vista era lindíssima mesmo a noite, além da brisa maravilhosa que transitava pelo lugar. Nunca pensei que iria dizer isso em algum momento de minha pequena vida, mas dormir sob a relva e a luz do luar naquele dia foi extremamente confortável e aconchegante. Levantei-me com as energias completas repostas no dia seguinte, pronto para seguir meu caminho em direção a próxima parada: uma pequena aldeia localizada ao norte da Vila da Folha.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 02/10
• 201 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 21/2/2019, 23:45



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
A tal aldeia era pequena, mas como toda pequena localização, era aconchegante e receptiva. Todos os moradores pareciam se conhecer a muito tempo e agiam de bom grado entre si, todos sempre com um enorme sorriso no rosto. Apesar do bom clima oferecido, eu não fazia ideia do nome daquele lugar, portanto, dirigi-me até uma senhora que carregava uma cesta de frutas. — Com licença, senhora. Poderia me informar onde eu estou? — Perguntei a ela de forma relativamente acanhada. — Ah, essa é a vila de Ugashimo, meu querido. — Me respondeu ela alegremente enquanto mordia uma das maçãs que estavam antes dentro do cesto.

— Você é um ninja de Konohagakure? — Ela me perguntou, modificando seu tom para algo próximo de preocupado. — Você está aqui por alguma razão diplomática ou militar? — Ela parecia nervosa. Talvez por se tratarem de uma pequena vila, o medo da principal Aldeia do país poderia se alastrar facilmente, fosse por paranoias ou por más experiências passadas. — Não senhora, estou apenas de passagem, não se preocupe. Meu nome é Kai, muito prazer. — Respondi-a com o tom mais tranquilo e amigável que podia enquanto estendia minha mão destra em sua direção com o intuito de cumprimentar aquela mulher já de idade, com alguns fios brancos entre a imensidão negra de seus cabelos.

Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 03/10
• 214 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 02:16



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Ah, tudo bem então! Meu nome é Yuno, prazer. — Ela claramente demonstrava uma expressão de alívio enquanto me cumprimentava com a esquerda. — Você saberia me dizer onde eu posso passar a noite? Já está ficando tarde e eu não tô muito afim de dormir na floresta ou na rua. — Coloquei uma das mãos atrás da cabeça e baguncei meus cabelos, um sinal típico de alguém que se encontrava confuso ou simplesmente envergonhado com algo. No meu caso, se tratava de uma mistura dos dois. — É seu dia de sorte, garoto. Eu sou dona de uma taverna local, posso te alugar um quarto se desejares. — Ela sorriu com a coincidência da situação, e após eu aceitar o convite, guiou o caminho até o tal lugar em que eu poderia dormir com dignidade.

O lugar era melhor do que eu esperava: interior confeccionado com madeira, uma aconchegante lareira no primeiro andar e até mesmo uma área para jantar. Segui Yuno até o balcão onde paguei algumas moedas por uma noite de estadia por lá e após forrar o estômago com os diversos tipos de ramen que serviam por lá, decidi subir para o segundo andar e adentrar meu quarto. A cama era macia como uma nuvem e até onde me lembro, me fez cair no sono em alguns minutos (ou talvez eu só estivesse muito cansado mesmo). 
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 04/10
• 225 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 13:26



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
A noite de sono acabou sendo a melhor que eu havia tido em algumas semanas, afinal de contas, nos últimos tempos eu estive dormindo embaixo de árvores, em terrenos úmidos ou na grama: algo não muito agradável de se fazer com uma alta frequência. Acordei-me com todas as energias repostas e pronto para seguir viagem em direção a Aldeia da Folha, que seria a próximo e última parada. Desci as escadas para tomar o café da manhã e me despedi de Yuno, agradecendo a estadia e a simpatia local. — Até mais ver, Yuno-san! — Acenei para ela e me retirei do estabelecimento.

O caminho de volta para a vila havia sido tranquilo até então, porém, no meio dele, enquanto assoviava calmamente para ter algo com o que me distrair durante uma jornada relativamente tediosa, ouvi pedidos de socorro vindos de dentro da floresta. Konoha estava extremamente próxima, talvez mais um minuto de caminhada fosse o suficiente para chegar até lá, porém os pedidos de ajuda não eram exclamados altos o suficiente, tornando eu o único que estava ciente da situação. Não pensei duas vezes antes de correr na direção dos sons. Estava pronto para auxiliar quem quer que fosse o necessitado.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 05/10
• 202 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 15:26



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Corri por entre as folhas das árvores na maior velocidade que conseguia alcançar, sempre tentando reconhecer de onde vinham os pedidos de ajuda. Alguns metros adentro da floresta eu fui capaz de perceber uma espécie de entrada para uma caverna, mas esta estava bloqueada por diversas rochas de tamanhos consideráveis: impossíveis de alguém move-las com as mãos. Me aproximando do local, notei que a voz que pedia por ajuda era jovem e masculina, provavelmente uma criança. — Ei, tá tudo bem? O que aconteceu? — Perguntei na esperança de me ouvirem do outro lado enquanto largava minha mochila no chão, livrando-me de seu peso.

Socorro! As pedras desabaram enquanto eu estava saindo, minha perna dói! — Se tratava realmente de uma criança, e de bônus, ela estava aparentemente com um ferimento. Afastei-me um pouco e observei a situação, o peso daquelas rochas era muito e seria impossível para alguém com um porte físico do meu tentar move-las fisicamente com as mãos, além de também demorar bastante tempo, caso conseguisse. — Vai ficar tudo bem, vou tirar você daí em um instantinho! — Tentei acalmar o jovem. Só existia uma alternativa para mim e eu utilizaria dela para salvar aquele menino: manipular meu chakra elemental.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Estarei usando os dois redutores provindos dessa quest que eu narrei, deixando a RP com 8 posts ao invés de 10.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 06/08
• 203 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 17:35



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Estendi minha mão para frente e tentei de todas as formas mover ao menos um centímetro daquelas pedras gigantes, mas nada acontecia. Não era um jutsu que eu realizava selos para executar, era literalmente controlar as coisas provindas da terra, uma manipulação: muito parecido com aquele desenho que eu assistia quando era menor, mas que não me recordava o nome. Mas eu não podia desistir ali, aquele menininho necessitava de minha ajuda e isso já era inspiração mais do que suficiente pra mim. Fechei os olhos e tentei imaginar o local em minha frente como se fosse composto por diversas "veias" de chakra.

Tentei, imaginando dessa forma, transferir um pouco de meu chakra pra cada uma das veias através do solo, indo em direção às rochas com o propósito de move-las lentamente e abrir passagem para o garoto. Os primeiros segundos foram de puro e completo nada, mas com o tempo eu consegui de alguma forma forçar cada vez mais energia e sentir as vibrações do solo, tal como o que eu era capaz de mover. Foi assim que eu consegui mover uma das rochas lentamente e tira-la do caminho, eu só precisava executar o mesmo processo com as outras: o que provavelmente demoraria um certo tempo, mas era igualmente um progresso.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Estarei usando os dois redutores provindos dessa quest que eu narrei, deixando a RP com 8 posts ao invés de 10.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 07/08
• 214 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Ichigo
Genin
Ichigo
Vilarejo Atual
Ícone : O que é que você tá olhando?

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73348-aizawa-ichigo https://www.narutorpgakatsuki.net/t73350-gf-aizawa-ichigo

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 20:20



Senju 'Hatake' Kai (ライフコブラ)
Demorei alguns minutos para conseguir mover todas as pedras e conseguir liberar uma passagem devidamente segura, mas ao menos eu consegui salvar a vida daquele garotinho. Ele tinha cabelo em formato de cogulemo de cor castanha, olhos azuis sobrepostos por óculos finos e redondos e possuía uma rosto mais redondo do que o comum. Ele estava bastante assustado, principalmente devido ao ferimento em sua perna. Tomei um tempo para analisar e cheguei na conclusão de que não era algo realmente muito grave, poderia dar conta de ajudá-lo ali mesmo. Pus ambas as mãos sob o machucado e transferi um pouco de chakra, acelerando a cicatrização dos tecidos internos e externos, deixando o menino novo em folha. — Seus pais estão na Aldeia da Folha? — Perguntei a ele e fui respondido com um simples aceno de cabeça positivo: ele ainda estava meio espantado com a situação.

Acompanhei ele de volta à vila e o deixei em sua casa. A família do garoto me agradeceu pelos tratamentos médicos e por tê-lo salvado do desmoronamento que havia acontecido. Não esperava e nem queria algo em troca, portanto apenas me retirei com um sorriso no rosto e me dirigi até a minha residência, pronto para comer uma boa refeição e contar as novidades para a mamãe: que eram muitas.
Considerações:
• Aparência, com bandana pendurada na cintura.
• Estarei usando os dois redutores provindos dessa quest que eu narrei, deixando a RP com 8 posts ao invés de 10.
• Qualidade 'Mestre Elemental Doton': 08/08
• 216 palavras
HP: 1700 1700 CH: 2150 2150 ST: 00 07

_______________________

[Solo] O peregrino dobrador de terra Nbf0RTh

"Eles são capazes de trapacear, roubar, bater na esposa, deixar morrer de fome a velha vovozinha ou matar a machadadas uma raposa pega numa armadilha. Por isso aos homens agrada inventar monstros e monstruosidades: sentem-se menos monstruosos.”
-
Shiro
Tokubetsu Jonin
Shiro
Vilarejo Atual
Ícone : [Solo] O peregrino dobrador de terra 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra - em 22/2/2019, 21:35

Esse é o bom escoteiro que eu conheço Kakashi2

[Solo] O peregrino dobrador de terra Jbc8Apt

_______________________

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Solo] O peregrino dobrador de terra -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.