>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera
Últimos assuntos

Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

[SOLO] O Sensitivo - em 21/2/2019, 19:37


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 700/700
ST: 01/04

Enquanto corria em velocidade mediana Ban chegava nos campos de treinamento de Iwagakure. O local era perfeito para Ban iniciar um treino que estava precisando a um bom tempo, que era treinar sua habilidade de localizar inimigos. O jovem Gennin já dominava o básico da arte de rastreamento, e acreditava que poderia usar deste conhecimento, junto do seu domínio com Ninjutsu para localizar inimigos. Fora que Ban já sentia ter algo nele que o fazia ser especial, um sensitivo, só precisar treinar essa habilidade inata. Pois bem, após decidido o que fazer, bastava saber como. Pensou por alguns segundos, até que chegou numa conclusão rápida: - Certo, vamos começar por sentir coisas simples e perto de mim! Animais está perfeito! Disse enquanto olhava para os lados procurando por um animal, isso porque animais também possuem Chakra. Por mais que apenas animais ninjas possam controlar seu Chakra, todos os animais, assim como todo humano possui Chakra.

Ban ao olhar para o lado direito, nada, lado esquerdo, nada, olhou para frente e cerrou os olhos, até que pôde encontrar um animal, era uma cobra que estava a praticamente dez metros de distância dele, e parecia estar parada. Dormindo? Talvez. Ou talvez descansando após uma bela refeição. Enfim, pelo fato daquele animais estar ali parado, e ser pequeno, além de estar bem próximo do garoto, ele sentia ser o objeto perfeito para ser usado como ajuda no seu treinamento. - Aí vamos nós! Pensou, fechando seus olhos logo em seguida, e então realizando o sinal de mão Tigre, não para usar Jutsu, mas pensava ele que este sinal poderia ajuda-lo a se concentrar e focar seu Chakra. De fato, este era um dos meios de focar o Chakra. Ban já com o sinal de mão feito e com seus olhos já fechados, respirou profundamente pelo nariz, e em seguida liberou este ar, ainda pelo nariz. Fez este processo três vezes.

Quando terminou, Ban liberou seu Chakra ao redor do seu corpo. Sabia que a habilidade de sensor não é uma habilidade que usa Chakra, sendo considerada como uma habilidade passiva, no entanto, pelo fato de estar apenas aprendendo, sentia que este era o método mais fácil e eficaz, pelo menos no momento. Após liberar seu Chakra ao redor de seu corpo, Ban o expandiu de tal modo que seu Chakra ficasse espalhado ao redor do seu corpo, no ambiente, num raio de três metros dele. Devido ao fato do garoto ser bem hábil em Ninjutsu, realizar este feito era um tanto quanto fácil. Não tão fácil como um ninja com bom ou grande controle de Chakra, mas sabia que o que ele conseguia fazer já era o suficiente para tal treino. Após ter liberto seu Chakra ao redor do seu corpo, Ban demorou ainda, cerca de dois minutos para fazer seu Chakra ficar no ar até três metros de distância dele de forma concentrada e manipulável.

Quando se sentiu seguro no controle do seu Chakra localizado no exterior de seu corpo, era hora de expandir ainda mais. Com isso Ban voltou a liberar Chakra ao redor do seu corpo, de tal modo que o Chakra se expandisse agora num raio de cinco metros ao redor dele. E novamente ele manteve este controle até se sentir confortável e seguro em relação ao controle deste Chakra no exterior do seu corpo. Quando isso aconteceu, o que demorou cerca de três minutos, Ban voltou a expandir, liberando novamente Chakra ao redor do seu corpo, fazendo com que o alcance subisse para um raio de sete metros ao redor do seu corpo, e novamente, como fez das outras vezes, manteve o Chakra ali naquele alcance e se concentrou de tal modo que conseguisse controlar perfeitamente o Chakra ali espalhado ao redor do seu corpo. E após isso ele fez seu Chakra ali sendo usado voltar para seu corpo, ficando, em seguida, respirando e liberando o ar de modo profundo, para se manter tranquilo o suficiente para voltar a expandir seu Chakra e habilidade de sentir as coisas ao redor do seu corpo.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 01/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 21/2/2019, 21:41


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 700/700
ST: 01/04

Depois de alguns poucos segundos se concentrando, Ban voltou a liberar seu Chakra ao redor do seu corpo e em seguida expandi-lo para fora, até chegar no alcance máximo possível naquele instante. Este alcance foi de dez metros, e com este alcance o garoto podia fazer seu Chakra chegar até a cobra que estava ali no local. Ao que seu Chakra chegou ali no animal, Ban, que estava com todo o controle possível do seu Chakra, sentiu ele instável na região onde a cobra estava localizada. Era como se fosse uma pequena interferência, como se seu Chakra não conseguisse chegar ali na cobra. Ban pensou que isso aconteceu pois o Chakra da cobra estava interferindo de seu Chakra chegar até ela. Seja lá qual for a verdadeira explicação, Ban ainda com seus olhos fechados, e concentrado naquela região, pode saber qual o formato da cobra, tal como seu tamanho e espessura. Tudo isso porque o Chakra da cobra não deixava o Chakra dentro da área a qual Ban estava sentindo chegasse, criando então um tipo de, como já dito, interferência, interferência esta no formato da cobra, já que era todo seu corpo que estava com seu Chakra.

- Interessante! Pensou Ban, enquanto analisava aquela interferência que estava sentindo. - O que será que acontece se eu concentrar o Chakra na região onde eu sentir a interferência? Pensou novamente, e com isso Ban fez com seu seu Chakra na região se direcionasse para a cobra. Feito isso o jovem Gennin notou que o resultado era o mesmo, ou seja, seu Chakra não conseguia tocar o corpo da cobra, até que... o loiro depois de alguns instantes movendo seu Chakra até a cobra, percebeu que enfim seu Chakra a tocou, e notou também que isso aconteceu após uma certa quantidade de seu Chakra ser recusado, fazendo-o pensar: - Será que a quantidade de Chakra que voltou é referente à quantidade de Chakra que a cobra tem, e por isso, essa quantidade era o máximo que o corpo da cobra podia rebater? E após esse valor ser ultrapassado, o Chakra conseguiu tocar o corpo da cobra? Ban não sabia, mas sabia que precisaria tentar esta experiência com outro animal. Um maior talvez?

Através deste pensamento Ban ainda ali onde estava fez com que o Chakra liberado no ambiente voltasse para si. Com isso ele voltou a olhar ao arredor na intenção de procurar outros tipos de animais, exceto cobras. A busca demorou, isso porque num local seco é raro encontrar algum animal, mas a demora levou a perfeição. Ban achou um animal desta vez consideravelmente grande, pelo menos era maior que a cobra a qual ele estava usando para treino outrora. O animal desta vez era parecido com um cachorro. Ban não sabia se era um cachorro ou não, isso não importava. Seria este o animal que ele iria usar para continuar seu treinamento. Com isso, Ban voltou a fechar seus olhos e com o sinal de mão tigre ainda feito, novamente liberou seu Chakra ao redor do seu corpo, e em seguida o expandiu para o ambiente ao redor dele, desta vez tentando levar seu Chakra num raio maior do que o normal, pelo menos para chegar até onde aquele animal estava, que era cerca de vinte metros de distância dele.

Ban foi liberando Chakra e aumentando a densidade de sua concentração, até sentir a interferência daquele animal. Isso demorou por volta de três minutos, mas enfim ele conseguiu fazer seu Chakra chegar até aquele animal que parecia um cachorro. Ao que o Chakra chegou ali Ban notou duas coisas, primeiro que seu Chakra ainda estava tendo a interferência da cobra que estava a dez metros dele, e segundo que a interferência feita pelo cachorro era maior que o da cobra. Ban podia até mesmo sentir quanto de seu Chakra estava tendo interferência. - Interessante! Pensou, enquanto analisava a situação. Após isso o jovem fez com que seu Chakra voltasse para ele, e com isso o jovem se sentou ali no chão e começou a pensar em toda a análise que tinha feito até aquele momento, para assim saber como dar continuidade no seu treinamento, que aliás, estava tendo um bom andamento.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 02/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 00:59


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 700/700
ST: 01/04

Depois de pensar e pensar Ban notou que conseguiu sentir a localização e o Chakra dos dois animais, isso porque eles estavam na área de alcance, e Ban sabia da presença dos animais ali, mas o que aconteceria se Ban não soubesse da presença, será que mesmo assim ele sentiria uma interferência, mesmo sem saber da presença de algum outro tipo de animal? Ban resolveu testar, e para isso precisou estender ainda mais seu alcance para com sua concentração. Novamente ele fechou seus olhos, e com o sinal de mão Tigre já feito e ele já em pé, liberou seu Chakra ao redor do seu corpo, e em seguida estendeu o controle do seu Chakra para o exterior do corpo, indo para o ambiente, e com isso o garoto foi estendendo e estendendo, até chegar num alcance considerável, e que permita a ele localizar alguma interferência, que ao acontecer isso significa que algo que possua Chakra está a onde está ocorrendo a interferência. Isso ocorreu.

Após seu controle e concentração se estenderem a quase cem metros, o que já era algo muito mais do que marcante para o garoto, Ban conseguiu sentir uma interferência no seu Chakra em que estava usando. E a interferência fazia com que uma quantidade considerável de seu Chakra se afastasse dali, significando que o Chakra daquilo que causou a interferência é também um Chakra com quantias consideráveis. Será que é um ninja? Bom, Ban já sabendo de onde aquela interferência vinha, e sabendo da quantidade, correu imediatamente, e em velocidade máxima até té o local, durando aproximadamente três segundos. Quando chegou, ficando a dez metros de distância, notou que o que estava causando uma interferência se tratava de um animal ninja. Era uma cobra ninja que estava ali no local, e que logo em seguida seu invocador surgiu, era um ninja de Iwa. - Ei! O que acontece se eu usar desta habilidade em ninjas?

Após ter pensado nisso Ban voltou a fechar seus olhos e então com seu sinal de mão tigre acionado, voltou a se concentrar, liberando Chakra ao redor do seu corpo, que logo em seguida se expandia para o ambiente, até chegar no ninja. Ao chegar Ban sentiu a interferência, mostrando então que o o ninja tinha exatos quatrocentos de Chakra. E viu também algo curioso. Ban sentiu que o Chakra que estava repelindo o seu possuía algo diferente. Algo que ele tinha no dele também. Algo que ele só nota quando usa Jutsus do Estilo terra. - Uma transformação da natureza do estilo terra? Voltou a pensar, após analisar de forma rápida o motivo por estar sentindo aquele Chakra Doton vindo do ninja. - Com licença senhor. Você possui o elemento Doton? Sou um ninja sensor e notei isso vindo de você! Perguntou Ban. - Sim, porque quer saber, se já tinha descoberto? Respondeu o ninja para Ban, este último que logo em seguida tornou a responder o ninja: - Eu ainda estou treinando minhas habilidades de sensor, então quando notei, precisava confirmar. Após ouvir isso o homem falou: - Você possui o Kage Bunshin? Se tiver, pode realizar um clone e fazer o teste com você mesmo, vendo se consegue sentir seus estilos ninja no seu clone, e depois que aprender, tentar nos outros.

Ao ouvir aquilo Ban não entendeu se o que foi falado saiu do homem como se fosse raiva pelo garoto estar fazendo aquilo, ou como conselho. Apenas agradeceu, e logo em seguida o homem desapareceu junto de sua invocação. Depois disso Ban começou a pensar no que o homem falou. Realmente, nunca tinha pensado nisso, mesmo tendo este Jutsu do Kage Bunshin. E sim, agora os planos de Ban era de usar o clone para confirmar suas suspeitas, e depois tentar outro cobaia.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 03/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 03:00


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

Com sua nova meta devidamente traçada, Ban realizou o sinal de mão característico do Jutsu Kage Bunshin, e então criou um clone dele que se posicionou já surgindo a três metros à frente de Ban original. Clone este surgindo estando com seu corpo virado de frente par Ban. Este último que o encarou, e após isso tornou a fechar seus olhos e em seguida realizar o sinal de mão tigre, fazendo com que seu Chakra novamente fosse liberto ao redor do seu corpo, e em seguida liberado ao ar, que ao chegar no seu clone, sofreria uma interferência, informando devido à interferência sobre a quantidade de Chakra que o clone tem, já que a quantidade de Chakra que o clone tem é a mesma quantidade de Chakra que sofrerá interferência, acreditava Ban. Esta primeira suspeita foi confirmada pois Ban notou que seu clone estava com a metade do seu Chakra, e isso era de se esperar. Com isso sua primeira teoria foi confirmada, de que Ban já estava conseguindo localizar Chakras e suas quantidades.

A segunda suspeita também foi sanada, que era sobre confirmar se é possível descobrir os elementos que o ninja domina. Ban notou no Chakra do clone que ele possuía Doton, Katon, Fuuton e um outro Chakra que parecia a junção dos três, que ele sabia que se tratava do Jinton, o Estilo da Poeira. E feliz com o resultado, Ban desfez seu clone, fazendo com que o Chakra não usado que estava em seu clone voltasse para ele. E já tudo normal como era, o garoto Gennin resolveu que era a hora de tentar sentir Chakra que esteja a uma distância muito maior. Ou seja, Ban queria agora saber qual a distância que seu sensoriamento chega. Para isso o jovem novamente criou um clone, e fez com que a cada um minuto o clone se afastasse dez metros dele. Assim, ele sempre saberia onde o Clone estava, e quando ele não soubesse mais, era porque já tinha chegado no limite do seu Jutsu. A estratégia era boa, e foi feita de acordo com os planos de Ban. O clone se afastou e ele voltou a realizar o sinal de mão Tigre para se concentrar e manter o controle, além de estar com os olhos fechados para manter uma total concentração.

Ban depois de um tempo, percebeu que se Jutsu alcançou a detecção do seu clone até quatrocentos e vinte e cinco metros de distância dele (425 metros), levando cerca de quarenta e três minutos. Ou seja, esta era a distância máxima que sua habilidade de sentir as coisas chegava, no entanto, pensou Ban que este não era de fato o limite da técnica. Isso porque, conforme ele vai melhorando se controle sobre seu Ninjutsu, ou sua capacidade de inteligência aumenta, o alcance deveria aumentar também. - Certo, já fiz muito. Agora estou cansado... Trágico! Disse Ban. - Ei, será que consigo localizar as pessoas enquanto eu estou em movimento? Quando eles estão em movimento eu ainda assim consigo achar eles, mas e quando sou eu? Será que consigo? Pensou, e aliás, era uma lógica boa, mas sua resposta era óbvia. Enfim, o garoto começou a correr em sua velocidade máxima, e estendeu a dimensão do seu sensoriamento ao limite, ou seja, num raio de até quatrocentos e vinte e cinco metros dele. E esta distância foi realizada com perfeição, permitindo até que Ban conseguisse sentir as coisas que possuem Chakra. E isso, mesmo andando na sua velocidade máxima!

O tempo de corrida durou pouco menos de vinte minutos, o suficiente para Ban treinar, além da localização de Chakra e seus limites, também para descobrir quais os elementos naturais eram dominados pela pessoa a qual ele estava sensoreando. Ban após isso, sentiu seu corpo cansado, e de fato ele estava, portanto, achou necessário descansar, ficando sem poder agir naquele momento. O jovem ali onde estava se deitou, e deitado, dormiu por alguns instantes, suficientes para recuperar a energia perdida.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 04/10.


Jutsus usados:

Kage Bunshin no Jutsu
Rank: B
Descrição: Semelhante à técnica de base Clone, esta técnica cria cópias do utilizador. No entanto, esses clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é distribuído igualmente entre todos os clones, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas normalmente irá dispersar depois de atingido por uma força forte o suficiente. Os clones também podem dispersar por conta própria ou ser dissipadas pelo usuário da técnica. Clones de sombra não podem ser diferenciado do original com Sharingan, Byakugan, Rinnegan ou Rinne Sharingan. Clones de sombra também parecem ser capazes de pensar por si mesmos e sentir a dor do original em alguma medida, como evidenciado por clones de Naruto sentindo dor quando manto da Nove Caudas despertou enquanto ele e Kakashi estavam lutando Deidara.

Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 10:39


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

- Yare yare! Acho bom eu treinar na prática agora! Disse Ban logo após acordar e pensar sobre o que fazer. E já decidido, seguiu até o quadro de missões da vila. Isso que, para chegar até o local Ban correu na sua velocidade máxima. Quando chegou ali o jovem Gennin pediu por uma missão Rank D. A missão que foi entregue não era algo tão bom: Encontrar o animal perdido da Senhora Feudal de Iwa. Ban antes de iniciar a missão, perguntou qual e como era o animal, além de pedir o último local que o animal foi visto. Típicas perguntas para iniciar um rastreamento, mas que no caso de agora, iria ajudar Ban a saber qual o tipo de animal sua habilidade de sensoriamento deveria focar. A moça então mostrou a foto do animal, o que ajudou e muito o andamento da missão. Já sabendo que tipo de animal que era, ou seja, um gato, e como ele era: um animal de cor preta com um laço azul na orelha direita, e com tamanho de filhote.

A moça também falou que o último lugar que o gato foi visto ele estava sobre o telhado da loja de Dango de Iwa. - Ok. Trarei seu animal! Disse Ban à moça, ativando sua habilidade de sensoriamento logo em seguida, e com isso já afirmando logo de início que o animal não estava ali na região de quatrocentos metros de raio do loiro. Pois bem, com nada do animal encontrado naquela região, Ban começou a correr por toda a vila portando de sua velocidade máxima, além do sua habilidade de sentir a localização de tudo que tenha ao redor de si. Ficou rondando a vila por cerca de uma hora, e nisso ele pôde sentir o Chakra de muita gente que estava por ali, eram tantas pessoas e animais que o seu campo de sensoriamento parecia um mapa de riscos quando todo o local se encontra em risco, ou seja, uma loucura de informação, de tal modo que Ban teve que se concentrar apenas em quem estava procurando, ignorando o restante, mas infelizmente nada foi encontrado. Fazendo o garoto voltar para o quadro de missões e pensar novamente sobre onde o animal poderia estar.

E ali no quadro de missões, ainda com sua habilidade ativa Ban pôde sentir uma interferência no seu Chakra, uma interferência cujo animal ou pessoa ele não estava vendo. Era como se estivesse escondido. - Ei, espera ai! Pensou, correndo logo em seguida e na sua velocidade máxima até o local pelo qual sentiu o Chakra de algo. Ao chegar no local, que era o telhado do edifício onde o quadro de missões fica, ou seja, o posto de missões, Ban conseguiu encontrar o animal perdido. Ele confirmou tanto o tipo de animal, que era gato, quanto pela cor dele preta e o lenço azul na sua orelha. - Gato encontrado! Pensou, comemorando por dentro dele, sobre ter encontrado o gato, mas sabia que agora precisava capturar o gato, no entanto, notou algo que o chamou a atenção... o gato possuía Chakra para ser um animal ninja. - Ei! Será que este é um animal ninja? Voltou a pensar, sabendo agora que habilidades comuns de captura não iria funcionar com aquele gato. Ban teve que pensar rápido, até que chegou num consenso, resolvendo capturar o gato por meio da sua velocidade máxima, visto que, pelo tamanho, o gato não deveria ser maior do que ele. Mas Ban poderia estar enganado, até porque...

O gato era um gato ninja, era bem provável que ele iria saber fugir do seu predador. Até porque, se um gato já tem por instinto a habilidade de fuga, principalmente quando sob ameaça de seu predador, agora como animal ninja, as chances desta habilidade ter sido aprimorada era deveras grande. - Droga! O que eu faço agora para capturar? Que seja, vou apenas correr e tentar pegar. Ele não vai conseguir fugir de mim agora, que já até registrei sua assinatura de Chakra! Você está fardado a ser capturado por mim, gato irritante! Pensou Ban, estando agora pronto para dar o "pulo do gato".




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 05/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 13:29


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

Poucos segundos após encontrar e analisar a posição do animal, Ban correu em sua velocidade máxima até ele, chegando no gato em menos de um segundo, e ainda em sua velocidade máxima, o Gennin pegou o gato com as duas mãos, a mão direita o segurando pelo pescoço para ele não tentar morder Ban, e sua mão esquerda abraçando ele, para que o animal não consiga arranhar. Com isso a imobilização do animal estava concluída. Assim, Ban seguiu até a dona do animal e o entregou a ela, e logo em seguida se retirou do local, enquanto pensava que ali era obra do diabo, com certeza. Um animal daquele sendo ninja, e ainda doméstico da Senhora Feudal, só pode.

Ban correu em sua velocidade máxima daquele local onde estava, que era perto do quadro de missão, até os campos de treinamento de Iwa. A corrida em velocidade máxima durou menos de cinco minutos, e quando Ban chegou no seu destino, ele continuou correndo pelo local à procura de algum ninja ou animal para usar para continuar seu treinamento. Nada foi encontrado, até que, poucos minutos depois ele sentiu um Chakra se aproximar em velocidade máxima seguindo em sua direção. Ban só teve tempo de virar seu corpo para ficar de frente com o que estava se aproximando, e assim conseguir visualizar quem ali estava naquela velocidade tao rápida. - Essa velocidade, é um ninja, com certeza! Pensou, e logo em seguida uma leve fumaça surgia a cinco metros à sua frente, era uma fumaça característica de quando alguém chega em velocidade máxima, e então com seu pouso, esta fumaça surge rapidamente, sumindo na mesma velocidade.

- Ban, preciso de você para realizar uma missão Rank C! Dizia o homem logo após surgir à frente de Ban. Este era um ninja da vila, na verdade, era o responsável pelo quadro de missões, sendo ele quem atualiza e entrega as missões e recompensas. - Certo, preciso dos detalhes da missão. Diria Ban, e em seguida o homem se aproximava do Gennin e entregava o pergaminho da missão. - Esta missão é parecida com a que você fez para o Tsuchikage. Quando o homem disse isso, Ban olhou estupefato para ele, pois era uma missão secreta, como ele sabia? - Sim sim eu sei, sou o responsável por missões, aliás. Enfim, leia a descrição e já inicie ela de imediato! E como a missão feita para o Tsuchikage, esta não ficará na sua ficha, isso porque esta será uma missão secreta feita diretamente por mim, não tendo vínculos com a Vila. Agora vá, sua saída já está liberada! Dito isso o homem sumiu, se retirando do local na mesma velocidade que surgiu.

Ao abrir o pergaminho Ban iniciou a leitura dos detalhes da missão. Era algo estranho. - Porque isso está sendo considerado como uma missão secreta? Ei... será que sempre que algum Gennin faz esse tipo de missão, tem sempre algum outro ninja por trás, zelando pela sua proteção? Pensou Ban após concluir a leitura da descrição da missão. Segundo a descrição da missão, um Gennin da vila deve levar uma encomenda de uma vila aliada saindo da nossa vila, no entanto, ele precisa ter cuidado, pois muitos ninjas querem o conteúdo da entrega, tendo ele de garantir que ela chegue a salvo e sem nenhum dano até a outra vila. Esta é a missão do Gennin, mas a missão de Ban é a de garantir que o outro Gennin, ainda inexperiente, saia desta missão vivo. Para isso Ban precisa seguir o garoto pelas sombras, obviamente, não podendo ser descoberto, exceto caso note que o garoto Gennin esteja sofrendo ameaça de vida.

- Então, naquela vez que eu fiz esta missão... sera que tinha alguém me vigiando, e me guardando? E se a resposta for sim... então ele viu como lutei e o que fiz? Neste momento Ban ficou preocupado, isso porque, o garoto não queria que ninguém visse seu jeito de agir ou mesmo não queria que ninguém visse suas habilidades ninjas. - Que seja! Pensou, enquanto voltou a correr em sua velocidade máxima, seguindo até o portão da vila. Demorando apenas três minutos até chegar ali, Ban se manteve do lado de fora do portão, se apoiando próxima a uma rocha de porte médio a grande que tinha ali no local, conseguindo assim, vigiar o local, e ainda se manter oculto. Ficou ali esperando até que o Gennin passasse para realizar sua missão, e enquanto isso Ban continuava a pensar: - E porque eles deram esta missão para mim? Será que eles sabem que eu tenho facilidade em sentir as coisas? Ou será que eles sabem que tenho experiência em rastreamento? Bem... se bem que pensando aqui... fiz várias missões já na vila. Se todas foram vigiadas por alguém, então eles sabem bem das minhas habilidades. Que seja!




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 06/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 15:29


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

O tempo passou levianamente, e ao passar-se dez minutos desde a chegada de Ban naquele local, o Gennin a qual ele foi destinado a seguir naquela missão chegou no portão, vindo de dentro da vila. Ban notou a presença do garoto pois, enquanto ali parado o loiro voltou a realizar o sinal de mão tigre para manter sua concentração, e então usou da sua habilidade para sentir a presença de qualquer um próximo do portão, tanto dentro da vila quanto fora. Ban desde quando iniciou seu treino, já notou que tinha aprendido muito sobre como sentir Chakras e, portanto, estava cada vez mais confiante desta sua habilidade, assim como melhorava a cada instante. Pois bem, após sentir um Chakra se aproximando do portão, vindo do lado de dentro da vila, e Ban olhar discretamente e confirmar que é o garoto da missão, já que o garoto estava portando uma caixa de madeira que era a entrega que ele deveria fazer, Ban continuou ali oculto, agora apenas sentindo o movimento do garoto devido à assinatura do Chakra daquele, que Ban já tinha guardado em sua mente.

Quando o garoto se retirou da Vila, Ban esperou o garoto ficar a quatrocentos metros de distância dele para assim poder começar a segui-lo, e sempre seguindo ele neste alcance, para garantir total segurança de que o garoto não iria notar sua presença. Assim sendo, Ban ficou usando esta lógica por aproximadamente uma hora, no entanto, depois deste período Ban notou que isso que estava fazendo era falho. Falho porque, deixando o garoto no limite da sua técnica, Ban não iria conseguir detectar se alguém chegasse de frente ao garoto, já que se alguém chegar ele não irá saber. Notando isso Ban voltou a correr em sua velocidade máxima, de tal modo que ele conseguisse ficar agora a apenas duzentos metros do garoto. Nesta distância Ban ficaria distante o suficiente do garoto, para garantir não ser descoberto pelo garoto, além de estar numa distância boa para sentir qualquer um que se aproxime do garoto em até duzentos metros dele.

Ban seguiu esta lógica por um bom tempo, na verdade, seguiu esta lógica até anoitecer, e quando aconteceu o garoto parou. Ban não sabia ao certo o porque parou, mas a julgar pelo fato de estar de noite, e a julgar pelo fato de seu Chakra não estar em oscilação, significando que ele não foi pego num Genjutsu e também não estava a usar seu Chakra, significava então que o pequeno resolver descansar. Fazia sentido. A noite é perigosa, então o melhor a fazer é esperar amanhecer para dar continuidade à missão. Com isso Ban também ficou ali parado, ainda mantendo a distância de duzentos metros do garoto, então se sentou no solo na posição da flor de lótus, e ali se manteve, descansando sentado, mas sem dormir, de tal modo que seu controle e concentração para sentir presenças de Chakra no local não seja desfeito.

Passaram-se algumas horas desde então, e quando era por volta das três horas da madrugada, Ban sentiu uma aproximação de Chakra. Era uma quantidade baixa, apenas duzentos de Chakra. No entanto, esta quantidade pode ser um clone de alguém, ou algo do tipo. Assim, para garantir a segurança do garoto Ban resolveu ir até o local onde aquele Chakra se movia, que não iria ir de encontro com o garoto, mas iria passar perto, e nesse passar perto, mudar a rota para um inimigo é algo mais fácil e normal do que respirar. Enfim, Ban correu em sua velocidade máxima até o local onde aquele Chakra estava, de tal modo que conseguisse ficar ainda, a cento e cinquenta metros de distância do garoto da missão. Ao chegar na localização do Chakra suspeito Ban se manteve oculto a quinze metros do elemento, e então antes de olhar para o elemento, analisou o Chakra dele.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 07/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 17:52


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

Através da analise do Chakra Ban pôde notar que aquele suspeito não tinha afinidade elemental, e também que não estava sob efeito de um Genjutsu já que seu Chakra estava normalizado e, também, não estava com algum Jutsu ativo, pelo mesmo motivo de não estar tendo oscilação do Chakra do suspeito. Até então tudo parecia bem, então Ban voltou seu olhar para o suspeito, ainda sem que ele o notasse. Até porque Ban estava agora atrás do suspeito. Quinze metros de distância, mas quinze metros atrás dele. Vendo por detrás parecia também tudo muito certo. O suspeito estava usando vestes de civil, além de possuir cabelos brancos, significando talvez que aquele era um senhor de idade. Ele não tinha nenhuma BAG, ou seja, uma mochila de ferramentas ninjas, portanto, a suspeita de que aquele era apenas um civil aumentou ainda mais.

Mas o que aquele senhor estava fazendo andando nestas horas por ali? Tudo bem que o local possui poucas árvores, já que se trata de Iwa, mas as que tem são suficientes para se ocultar e tentar algum tipo de ataque, principalmente contra mercadorias, e de noite as chances disso ocorrer eram maiores. Ou seja, ainda que aquele senhor não fosse inimigo, estar ali naquela hora era muito perigoso e suspeito. Ban então se moveu ainda na sua velocidade máxima, mas sem fazer barulho, dando a volta no local para conseguir ficar agora a quinze metros na frente do senhor, e ainda oculto, tentar visualizar seu rosto. Talvez ele seja um sonambulo, porque não? Ao ficar na posição desejada Ban notou que o senhor parecia estar em sã consciência. Com isso o garoto resolveu apenas não fazer nada, deixar o velho seguir sua rota, mas estando bem atento a ele.

O velho senhor passou saindo do seu campo de sensoriamento, e então Ban considerando que aquele velho não era uma ameaça, o ignorou e voltou se sentar após se mover e parar num local oculto do garoto, a cento e cinquenta metros dele, e ficando na posição da flor de lótus, descansando e se preparando para daqui um tempo continuar sua missão. Quando amanheceu Ban sentiu o Chakra do garoto se mover. Significava que ele tinha acordado e agora estava se arrumando para se retirar. Assim sendo, Ban se levantou e esperou ele se mover para segui-lo, caminhando lentamente. - O que é isso? Pensou, após sentir dois Chakras com quantidade maior que duzentos seguir em direção ao garoto. O primeiro tinha trezentos de Chakra e o segundo tinha quatrocentos de Chakra. - Não vou conseguir chegar a tempo... vou ter que me aproximar apenas para ver eles lutando e aí me envolver se for necessário! Pensou enquanto corria em sua velocidade máxima em direção aos dois.

Quando Ban se aproximou, como esperado os dois suspeitos conseguiram alcançar o garoto, isso porque, quando Ban chegou os dois já estavam conversando com o garoto. Ban se manteve escondido a dez metros à direita do garoto, ficando olhando escondido, assim como ouvia tudo o que falavam. Aqueles dois eram mesmo ladrões de mercadorias, e estavam em busca do que o garoto tinha. Pelo o que Ban conseguia ouvir, aqueles dois já estavam observando o garoto a muito tempo, mas Ban não sentiu seus Chakras antes pois a equipe estava a uma distância maior que quinhentos metros deles, e estavam usando lunetas para enxergar de longe. Os dois pediram para o garoto entregar a mercadoria, ou ele iria morrer na mão dos dois. E o garoto como já esperado de um ninha de Iwa, que fará de tudo para cumprir sua missão com sucesso, negou.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 08/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 20:18


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

Devido ao garoto ter negado entregar a encomenda aos ladrões, estes dois após darem risada da situação, lançaram uma sequência de Kunais em direção do garoto. Ban ao ver aquilo pensou que o garoto não iria conseguir fugir daquela saraivada de Kunais, e então resolveu agir, no entanto, antes mesmo de sair do local o jovem visualizou uma parede de terra ser formada a três metros na frente do garoto de Iwa, chegando a uma altura de dez metros, cinco metros de comprimento e dois metros de largura, protegendo aquele das saraivadas que estavam seguindo em sua direção. - Boa garoto! Pensou, enquanto se sentiu aliviado em não precisar intervir naquele ocorrido. Logo após ter criado a defesa de terra o garoto subiu a parede, ficando no topo dele, e de lá de cima o garoto realizou alguns sinais de mão, lançando pela parede que tinha formado, árias bolas de terra com trinta centímetros de diâmetro, em direção do dois. - O jogo virou não é mesmo? Saraivada de terra... interessante. Pensou Ban enquanto ficava olhando tudo o que ocorria.

Dos dois homens, para se defender um deles gerou eletricidade em sua mão direita e em seguida correu em direção das bolas de terra, destruindo todas uma por uma. - Estes ninjas são experientes, sabem usar Jutsus elementais, e sabem que o Raiton possui vantagem contra Doton. Ou será que usou este Jutsu por só ter Raiton? Pensou Ban, se mantendo ali analisando a situação. E após destruir todos os Jutsus ofensivos Doton, o ninja do Raiton se aproximou da parede e a destruiu, fazendo o garoto de Iwa ter que pular dali para se defender. E enquanto o garoto ainda estava no ar, o outro ninja ladrão realizou um Jutsu Fuuton, lançando uma bola gigante de vento em direção do garoto. Este último que, ao notar o Fuuton seguindo em sua direção, realizou alguns sinais de mão que Ban conhecia bem, e em seguida lançou uma bola de fogo gigante em direção aquele ninja do Fuuton, conseguindo rebater o Fuuton e ainda atacar o inimigo. - Esperto! Pensou Ban.

- Ora que garoto irritante! Disse o inimigo do Raiton. Este que enquanto deixava seu amigo se defender do que estava indo contra ele, correu em direção a onde ele sabia que o garoto iria cair, e ali quando chegou, e ainda com o Raiton em mãos, esperou o garoto para tentar acertar-lhe o golpe e assim finalizar a luta. Seu amigo, o usuário de Fuuton, para se defender do Katon apenas correu, conseguindo se esquivar sem gastar Chakra, e ficando próximo de seu parceiro de roubo. Quando o garoto estava a dois metros de distância do usuário de Raiton, e este último moveu sua mão para matar o ninja de Iwa, este garoto realizou algumas acrobacias em pleno ar, se defendendo do golpe e ainda conseguindo segurar o punho de Raiton do inimigo, imobilizando aquela mão, e atacando por meio de uma Kunai o coração daquele ninja, no entanto... antes da Kunai tocar no corpo do inimigo de Raiton, este liberou seu Raiton ao redor do seu corpo como se fosse um escudo, um escudo que além de rebater a técnica, conseguiu lançar o garoto para longe, cerca de quinze metros para trás.

Em seguida os dois inimigos em conjunto realizaram sinais de mão, cada um realizando sinais de mão característicos dos elementos a qual eles controlar. Ban no momento que viu o primeiro sinal de mão feito por cada um, entendeu no mesmo instante o que estava por vir. - Um ataque elemental em conjunto! O garoto não vai conseguir se livrar disto! Voltou Ban a pensar, enquanto flexionava suas pernas na intenção de, no momento certo, correr na sua velocidade máxima para rebater o ataque. Ao olhar para o garoto Ban notou que ele também tinha sacado o que estava por vir, por mais que o garoto não tivesse mais Chakra suficiente para dar continuidade na luta. Ele teria de usar algum Jutsu para se defender, e em seguida não conseguiria mais usar o Chakra. Aquele garoto, então, para se defender do que estava por vir, antes mesmo do Jutsu inimigo ser formado, voltou a realizar a parede de terra à sua frente, igual a anterior, para tentar rebater a ofensiva.

- Não, isso não vai ser o suficiente, estou sentindo a força deste Jutsu Doton, e não será páreo contra o que está por vir! Após pensar isso e ainda com sua perna flexionada, Ban correu na sua velocidade máxima em direção dos dois inimigos. Sua intenção era a de chegar por trás e desequilibrar eles para conseguir impedir o golpe de ser feito, ou pelo menos impedir que o combo seja formado, deixando apenas um deles seguir. - Merda! O que é isso? Mais um? Pensou Ban, que sentiu a presença de mais um Chakra se aproximando numa velocidade extremamente rápida, vindo da mesma direção que aquela equipe de ladrões vieram outra, e ainda faltava cinco metros para alcançar os dois inimigos. Os dois inimigos que já tinham terminados os sinais de mão, e tinham agora ativado seus Jutsus.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 09/10.


Template do Kaay
-
Ban
Jonin | ANBU
Ban
Vilarejo Atual
Ícone : [SOLO] O Sensitivo 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t64566-ficha-ban#465913 https://www.narutorpgakatsuki.net/t64614p150-mod-ficha-ban

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 22/2/2019, 23:33


Em busca do conhecimento
Planejando o futuro




HP: 425/425
CH: 600/700
ST: 01/04

Os dois inimigos após enxerem os pulmões, no momento em que liberaram toda a energia natural referente ao elemento deles, Ban desferiu um chute na perna direita do usuário do Raiton, fazendo com que seu ataque fosse lançado para o ar, e após isso Ban sacou uma Kunai e cortou a cabeça daquele usuário de Raiton. Após isso ser feito o inimigo de Fuuton, que tinha conseguido lançar seu ataque com perfeição, mas não tinha conseguido destruir a parede de terra feita pelo garoto de Iwa, ao que este ninja Fuuton notou a presença de Ban, pulou para trás para se esquivar, mas seu pulo foi em vão. - Não vai fugir! Disse Ban enquanto segurava o punho da mão esquerda daquele ninja, impedindo dele fugir, e segurando também a mão direita do inimigo já morto. Feito isso Ban usou de seu Jutsu Doton para entrar dentro do solo e levar os dois com ele, e com isso o local ficou limpo, como se os dois tivessem lançado o ataque e ido embora logo em seguida.

Ban se moveu pelo solo na intenção de se afastar dali, e ainda no solo, a seis metros abaixo do solo e a vinte metros de distância do garoto de Iwa, ele soltou os dois que estava segurando e continuou se movendo pelo solo, saindo logo em seguida e fazendo com que a terra por onde passou voltasse ao seu estado natural. Fazendo isso Ban acabava por eliminar os dois ninjas que estavam lutando contra o garoto, assim como também enterrando de vez seus corpos para não deixar rastros de que Ban se envolveu na missão do garoto de Iwa. - Certo, e agora esse Chakra que está se aproximando tão rápido? Pensou Ban, e logo em seguida se moveu em sua velocidade máxima na direção deste outro suspeito, isso tudo enquanto analisava o Chakra do ninja. - A quantidade de Chakra que esse ai tem é menor que a minha reserva de Chakra, mas é maior que a daquele outros dois... deve ser perigoso. Líder deles? Ou será que apenas amigo de equipe? Continuou pensando enquanto se movia.

Bem longe do garoto de Iwa, o local era um campo com algumas rochas e poucas árvores. Era bem seco, mas nada que um ninja de Iwa não pudesse aguentar. Estava vazio. Não tinha ninguém, até que uma fumaça baixa surgiu a dois metros a direita de uma das rochas do local, uma fumaça acompanhada de um vulto que logo em seguida teve forma, era Ban, que tinha chego naquele local em sua velocidade máxima, e quando parou, sua velocidade e impacto geraram aquelas poucas fumaças de poeira, que sumiram logo em seguida. No mesmo instante e de mesmo modo uma poeira baixa também surgiu a vinte metros na frente de Ban, uma poeira sobre uma outra rocha do local, e outro vulto surgiu dela, que logo em seguida tomou forma, era o suspeito que estava se movendo em grande velocidade outrora, e agora parou devido a presença de Ban entre seu caminho. A quantidade de Chakra que ele tinha já demonstrava que ele um ninja, e Ban também sentiu o elemento Katon no homem. Um ninja, com certeza.

Os dois se encararam. Ban sabia que aquele ninja não era de Iwa, isso porque suas vestes não eram típicas de Iwa, e fora que o Gennin nunca viu aquele homem na vila. O silêncio então reinou no local por aproximadamente cinco segundos, até que Ban tomou a iniciativa. - Quem é você, e o que está fazendo aqui? O homem que ainda encarava Ban o respondeu, de forma direita e autoritária: - Você não é o ninja que estou procurando. Porque está aqui? Aquela conversa estava na cara que não daria resultados. Ban não estava cedendo informações e nem mesmo aquele homem. E aquele homem ainda tinha a vantagem de saber que Ban era de Iwa devido à Bandana que Ban estava usando. - Preciso guardar isso. Ninguém precisa saber que sou de Iwa. Isso faz com que muitas informações sejam tomadas sobre mim, sem nem mesmo ter lutado. Pensou Ban enquanto encarava o ninja, já sabendo que ele descobriu sobre sua naturalidade. - Estou em missão, na verdade, minha missão já está finalizada. Estou agora indo embora. Senti um Chakra se aproximando em grande velocidade e precisei confirmar. Minha segurança em primeiro lugar. Mas então, porque tanta pressa?

Ban mentiu sobre o que estava fazendo no local, até porque ninguém podia saber que ele estava ali para guardar pelo garoto de Iwa, e o homem pareceu acreditar. - Vim escoltar um garoto da sua vila que está indo para a minha vila. Ele demorou para chegar e fui chamado para confirmar sua segurança. Disse o homem. - Sim, senti outro Chakra aqui perto, deve ser o ninja de Iwa que você está procurando. Enfim, que seja. Com licença. Sem mostrar interesse pelo garoto Ban se retirou, deixando o homem livre para ir até o garoto de Iwa. No entanto, na verdade Ban estava era escondido observando pelo sensoriamento do Chakra, o que o homem estava fazendo, isso porque, qualquer oscilação significava luta, e aí ele teria de intervir, já que aquele homem parecia ser bem forte para o garoto de Iwa. Mas por sorte o que ele falou era verdade. Depois de alguns segundos parados, os dois, o garoto e o homem se retiraram juntos, seguindo em direção da vila a qual era o destino da missão.

Ban seguiu eles estando a duzentos metros atrás, sempre atento a qualquer coisa, e quando os dois entraram na vila Ban esperou que o Gennin saísse. Quando ocorreu Ban voltou a seguir ele até Iwagakure. E desta vez o caminho de volta foi mais tranquilo, permitindo que o garoto e Ban chegassem sem ter que lutar com ninguém. Faz até sentido, aliás, no seu caminho de volta o garoto não tinha nada mais de valor. Enfim, ao chegar em Iwagakure o garoto foi receber sua recompensa, enquanto Ban foi até o responsável pela sua missão, entregando o relatório da missão ao mesmo, enquanto fazia perguntas, tal como, o porque ele chamou um Gennin para proteger outro Gennin numa missão de Rank baixo? O homem respondeu que estavam com suspeitas de que a missão poderia ir para Rank C ou mesmo B, mas que a vila não tinha ninjas de alto escalão disponíveis para fazer uma missão de Rank baixo tendo apenas suspeitas de que poderia subir para nível difícil, portanto, Ban foi fundamental. E sobre o porque ir escondido? Pois assim garantia a segurança do garoto e da encomenda com ataques surpresas.

Ban perguntou se todas as missões Rank D ou C tem ninjas vigiando quem os faz, e o homem respondeu que as vezes sim, as vezes não. Mas não esclareceu qual a regra para ter ou não, sumindo logo em seguida. - Claro que ele não vai falar. Isso normalmente é segredo de vilas. Baka! Pensando nisso Ban se retirou, seguindo até alguma rocha perto para que pudesse se deitar e descansar, dormir para recuperar toda sua energia e poder fazer algo útil para ele e para a vila. Isso porque, treinar sua velocidade ele já fez a todo o momento, principalmente nesta última missão, que estava a todo momento forçando-o a controlar sua velocidade e impulso, e sua habilidade de sensoriamento... bem, ele além de ter progresso no aprendizado, ainda conseguiu praticar perfeitamente durante suas missões, a última, principalmente.




OBSERVAÇÕES
- Quest "Sensitivo" + Desenvolvimento de atributo (+2 em Velocidade);
- Palavras mínimas por Post: 200 (Quest) + 200 (1 Velocidade) + 200 (1 Velocidade) = 600 palavras;
- Posts mínimos: 10;
- Posts já feitos: 10/10.


Template do Kaay
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [SOLO] O Sensitivo - em 23/2/2019, 09:18

Desenvolvimento de Atributo: Negado.
Quest: Ok

Desenvolvimento de atributo só pode ser feito com um narrador, em meio a uma rp narrada, e nunca em solos. Segue parte da regra abaixo.

Após a realização do desenvolvimento deverá pedir aprovação do narrador responsável pelo plotting, que julgará aprovado ou reprovado. Haverá, porém, um limite de dois treinamentos de atributo por semana e um limite de cinco (05) pontos máximos adquiridos deste modo. Só poderá utilizar-se dessa forma de obtenção de databook em plottings ou missões com mestres.

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [SOLO] O Sensitivo -

-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.