>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Xiao Dre
Genin
Xiao Dre
Vilarejo Atual
Ícone : [Solo] Um treino de taijutsu junto com uma narração pra ganhar 3 livros Tumblr_oz8lqs1Vyo1vj9g38o6_250

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70286-the-puppet-master-khan https://www.narutorpgakatsuki.net/t70287-gf-dre

[Solo] Um treino de taijutsu junto com uma narração pra ganhar 3 livros - em Qua 13 Fev 2019 - 6:57



Quem não controla os peões é um deles. O ruído se alastrava por toda a floresta que circundava o esconderijo da Ordem. Zed, o líder dos assassinos ostentava com seus movimentos, quase como uma dança, perante a turba de seguidores que havia conseguido durante seus anos como cabeça. Mesmo do centro do vilarejo se fazia possível ver a claridade das muitas fogueiras no coração da mata, tal como o som quase inaudível de tambores berrando: Um velho ritual da Ordem. Todos os anos num, dia especifico, era comemorado pelos assassinos o aniversário de fundação da Liga das Sombras e mesmo os shinobi a serviço da folha não se indignavam o suficiente para se arriscar dentro da mata em busca daqueles que haviam feito dela o seu lar.

De supetão o som se esvaiu e todos ficaram em silêncio: Era chegada a hora do discurso do líder. Zed galgou lentamente mais à diante no palanque improvisado que fizeram diante da sede da organização, abriu os braços e indagou em alto e bom som —— O equilíbrio é a maestria dos tolos! —— A curta frase surtia um efeito imediato nas Sombras, como eram conhecidos os “filhos” da Ordem. Todos uivaram diante do discurso do homem e começaram a festejar, como se aquela fosse uma permissão para abandonarem os seus postos a fim de celebrar.

Entretanto, havia uma pessoa no interior da base. Zhao não via motivos para comemorar, mesmo que tivesse se tornado um ninja de ranque superior. Rolando de um lado para o outro em seu colchão, buscando de todas as formas um meio de fazer com que os sons dos gritos de guerra e batuques de tambor não o atrapalhassem ao ponto de perder o sono, o Aprendiz de Assassino falhava. Sem conseguir se concentrar nem mesmo em seus próprios pensamentos, o agora Chunin tratou de fazer algo que lhe parecesse mais útil que saltitar em meio à assassinos fora de si.

O garoto arrastou de forma brusca a porta de seus aposentos, retirou-se dali e caminhou com passos firmes até o grande dojo disposto nos fundos da sede. Olhou para a grande prateleira de fundo, a qual continha pergaminhos com ensinamentos e instruções sobre como melhorar cada uma das artes ninja. Estava decido a passar a noite inteira em treinamento, mesmo que com suas vestes de dormir. Recolheu da estante as escrituras que tratavam da arte do taijutsu, e durante mais de quarenta e cinco minutos se dispôs a ler com devida atenção cada um dos kanji ali escritos.

No momento em que terminou sua leitura e se levantou do tatame onde se sentava, sentiu a presença de alguém no lugar. Estava de fato sendo observado. Ao virar-se, Zhao deparou-se coma figura mascarada de seu mentor —— Por que não se une a nós? —— Questionou o sujeito enquanto se aproximava do garoto —— Não tenho interesse em perder meu tempo com seus costumes. Prefiro otimizar o meu tempo gastando-o com meus treinamentos —— Respondeu desbocado à questão levantada por Zed, que demonstrou-se insatisfeito ao passo que com sua destra bofeteou o pergaminho na mão do Chunin – Você não respeita a nossa cultura! Você rejeita a educação que lhe demos! Você quer treinar? Então que seja!

Em um salto o homem se afastou do garoto, que já se encontrava temeroso, mas não recuou. Ambos posicionados de forma ofensiva se preparando para o combate que se seguiria —— Eu não vou ter piedade, insolente! —— Indagou Zed, deixando transparecer a sua fúria. Zhao se manteve em silêncio, comprometido com o combate. A investida partiu do próprio garoto, avançando na direção de seu mentor com ambos os braços para trás. O movimento em zig-zag da corrida parecia ter o intuito de confundir o líder da Liga das Sombras, que se manteve estático à espera de seu oponente.

Ao que se aproximou de Zed, cerca de apenas um metro, Zhao subiu nos ares com o joelho direito flexionado, o qual iria de encontro com a face do mascarado. Zed, por sua vez, era um assassino adulto, consideravelmente experiente que não se deixaria atingir tão facilmente e por quanto se defendeu, segurando com sua mão esquerda a investida do oponente. Entretanto, antes mesmo que pudesse contra-atacar, o líder da Ordem contemplou a perna esquerda de seu oponente indo de encontro com a sua face, desta vez, o movimento era inesperado e o acertava em cheio.

A pequena estratégia do Chunin era efetiva, havia conseguido distrair o seu oponente sem muitas dificuldades, visto que Zed ainda o subestimava. O homem fora lançado pelos ares, voltando ao solo vergonhosos cinco metros de distância da sua posição anterior —— Você se acha um grande ninja? —— Berrou o Assassino —— Tudo o que você sabe foi eu quem te ensinou! Todo conhecimento que você tem foi eu quem apresentou! Você é só um vislumbre do que eu me tornei! —— Ao fim de sua frase, Zed avançou. Os movimentos deste eram superiores de todas as formas, quase que imperceptíveis ao garoto que sem que se desse conta já estava com as costas no solo. O líder da organização havia lhe aplicado uma série de socos na cabeça, seguidos por um chute circular na altura do abdômen.

No chão, Zhao rolava com falta de ar, praguejando contra seu mestre entre o pouco oxigênio que entrava e saia. O homem pareceu tornar à realidade, dando-se conta de que talvez não fosse aquela a forma correta de agir para com seu aprendiz. Zed caminhou lentamente até o garoto, estendendo sua destra para ajudar o mesmo a se levantar. Zhao bofeteou a mão do homem, recusando a sua ajuda —— Me deixe em paz, está bem? —— Disse enquanto se levantava por conta, levando as mãos ao estomago, deixando o dojo logo na sequência. Aquele não era o primeiro confronto dos dois, mas de longe seria o que mais impactaria na história de ambos.

Considerações:
Aparência: Aparência de Kyū Zhao. Vestimenta.

Objetivos: Conseguir 2 Pontos em Taijutsu e quiçá 3 Livros do Professor Pedro lá do meu curso.
Bolsa de Armas:

Shurikens: 05 (05)
Kunais: 05 (05)
Hikaridamas: 05 (05)
Kemuridamas: 05 (05)

Total: 20/20.
Item: Quantidade (Espaços).
Usados:
-

Kyū Zhao ; HP: 275/275 CK: 275/275 ST: 0/5
Vício: 0/3 EPT: 0/3
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Solo] Um treino de taijutsu junto com uma narração pra ganhar 3 livros - em Qua 13 Fev 2019 - 12:40

@Summer App + 2 Taijutsu.
-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.