Sobreviventes
Shaka retornou. O inimigo número um da humanidade num passado apagado da existência retornou ainda mais poderoso. Os fantasmas dos heróis que o aprisionaram no passado solicitaram a ajuda de guerreiros poderosos que estivessem dispostos a selá-lo na cadeia do tempo, porém, algo de errado ocorreu. Shaka não só conseguiu escapar dos inimigos como ainda corrompeu os fantasmas e roubou uma das três marcas sagradas do tempo. Enquanto isso, as vilas sofreram ataques massivos de seguidores da religião de Jashin, todos acreditando que Shaka é o verdadeiro deus da morte. Templos foram encontrados nos arredores de cada vilarejo e aos poucos foram derrubados. Mas o inimigo da humanidade não tinha apenas uma carta na manga; Kinarra, um demônio antigo, voltou do além buscando a destruição do mundo, entretanto, ao enfrentar os novos heróis da humanidade, acabou se aliando aos humanos até que Shaka reapareceu e a selou novamente mostrando todo o seu poder. O mundo se encaminha para uma era sombria ou de paz? Só o tempo dirá.
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [M.S] Hatake Kai
Hoje à(s) 03:00 por Amakusa

» [ STATUS ] Kyou Kai
Hoje à(s) 02:44 por Amakusa

» [Mudança de Status] Shiro
Hoje à(s) 02:40 por Amakusa

» [STATUS] Kamisama
Hoje à(s) 02:38 por Amakusa

» [Iwa] Gabinete Hachidaime Tsuchikage.
Hoje à(s) 02:20 por Kaya

» [Formação de time] 666
Hoje à(s) 02:18 por Coca

» [ SOLO ] Labaredas que flamejam no ar
Hoje à(s) 02:01 por nujabes.

» ci. summer
Hoje à(s) 01:55 por Summer

» [ MF ] Kyou Kai
Hoje à(s) 01:35 por nujabes.

» [ banco ] nujabes
Hoje à(s) 01:33 por nujabes.


[ Ato ] O resgate do shinobi Ryan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[ Ato ] O resgate do shinobi Ryan - em 7/2/2019, 14:13


Narrador: Kai

O resgate do shinobi Ryan | しのびの救助

Gwen | Ato

Sachio, o jovem dos chifres de plástico e cabelos avermelhados teria começado seu dia como qualquer um outro, se não fosse pelo fato da recepção de um envelope oficial pela parte da manhã. A carta requisitava a presença do recém formado Chunnin ao Quartel General da Vila para lidar com uma missão de alta importância. Chegando lá, ele deveria entrar em contato com o Jounnin responsável, Hyuuga Takai.

Spoiler:
• 3 Missões Rank B: 01/15 (Mesclarei todas)
• Mestre Elemental Shakuton: 01/10
• Sinta-se livre para narrar sua ida ao Quartel-General e também descrever como bem entender o local e a aparência de Hyuuga Takai. Seguiremos com a missão a partir daí.
@Gwen.
Kai
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


O caminho seguirá! Um novo chūnin na área!

Era um chūnin, mas não sabia como reagir a isso, uma sensação estranha vinha a mim, algo gratificante, parecia que tinha evoluído tanto fisicamente quanto mentalmente, e isso tudo proporcionado por um cargo novo! Feliz estava, obviamente, mas podia-se dizer que estava em êxtase e animação no teto para falar para as pessoas que a partir daquele momento não era somente um genin, um ninja de classe baixa, era mais do que isso, eu era um chūnin!

Havia poucos dias que tinha sido promovido, o ambiente de casa estava muito bom, minha mãe orgulhosa, meu pai contente, consegui atingir as expectativas deles, e isso me deixava aliviado por ver um sorriso nos rostos deles. Todos entusiasmado pelo que viria pela frente. — O que você acha que fará daqui pra frente, Sachio? – perguntou minha mãe enquanto preparava a janta. Fiquei um pouco confuso, era uma pergunta que me pegou desprevenido, não tinha me planejado para depois do Exame Chūnin, tinha me inscrito tão em cima da hora, tinha pouco tempo como genin. — Fazer missões, treinar… Sei lá. – realmente não sabia responder. — Você precisa ter um objetivo em mente, não tem nada que lhe faça pensar todos os dias? – indagou. Novamente era uma pergunta difícil. Claro que tinha um objetivo em mente: ajudar a todos, mas era tão abstrato e geral que não podia ser um objetivo de fato. — Durante o teste, a Hokage disse que um dia posso me tornar o líder da vila! – lembrei das falas da chefe da vila. — Será que pode contar como desejo para você? – brinquei. Ela deu uma risada. — Claro que conta, agora vá comer. – ordenou. — Amanhã talvez eu peça sua ajuda em alguma coisa do centro da vila. – revelou. Bem… essa ajuda não veio no dia seguinte, por que na manhã posterior chegou algo em casa.

Um bilhete oficial de Konoha? – perguntei para meu pai, que havia pego antes de sair para trabalhar. — Sim, uma missão. – revelou. — Pediram para ir até o quartel-general e se encontrar com Hyūga Takai, se arrume logo e vá. – finalizou. Seguindo o que meu pai disse, logo sai de casa e ia para onde era o quartel-general da vila.

O prédio era bem intuitivo, o símbolo de Konoha dizia muito em sua entrada. Na recepção, perguntei pelo jōnin do clã Hyūga. Não demorou muito para ele aparecer ao meu lado. Seus longos cabelos azul-escuro e seu rosto branco, além dos olhos albinos faziam dele a pessoa que procurava. — Você é cego? – perguntei curioso com um tom cômico, mal sabia do que se tratava os olhos dele, realmente parecia uma pessoa sem visão, mas o jeito que se comportava me deixava em dúvida quanto se era realmente uma cegueira ou ele conseguiu ser adaptar tão bem a falta de visão que era capaz de andar como uma pessoa normal.

HP: ❲725 • 725❳ | CH: ❲725 • 725❳ | ST: ❲00 • 06❳

Considerações:
Roupas: aqui.
— 468 palavras (sem a frase inicial em itálico).
— Me baseei nessa imagem para descrever o ninja: aqui.

Gasto: --.

Vício: 01/03 — .

Jutsus usados:
--.
Bolsa de Armas:
10 Kunais;
4 Shuriken;
20 metros de fio &
2 Hikaridama.
Gwen.
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


Narrador: Kai

O resgate do shinobi Ryan | しのびの救助

Gwen | Ato

Prendendo seus longos cabelos azuis em um rabo de cavalo, Takai aproximou-se de Sachio e ouviu o jovem atentamente. — Pelo contrário, jovem. — Sua voz era rouca como a de um idoso, mesmo que não aparentasse ter uma idade elevada. — Eu sou capaz de enxergar até as veias de seu corpo. — O Hyuuga  apossou-se de um pequeno sorriso simpático e deu sinal para que o jovem Chunnin o acompanha-se corredor adentro. — Parabéns pelo seu desempenho nos Exames.


A sala era de coloração pastel e possuía algumas estantes, uma mesa de trabalho e duas cadeiras: era basicamente o escritório do Hyuuga. — Sachio, o setor de inteligência da Folha está sempre de olhos abertos para tudo e todos, você deve imaginar. — Dizia ele com sua voz que quase se assemelhava à um leão tentando dialogar. — Seu desempenho nos Exames Chunnin foram excelentes, e por conta disso, decidimos solicitar sua presença para uma missão. — Terminando de mexer em gavetas e diversos papéis, conseguiu por fim por sob a mesa um envelope com um enorme "B+" estampado em carimbo vermelho.

Um Chunnin de nossa vila desapareceu durante sua missão, seu nome é Shinra Ryan. — Ele abriu o envelope, apontando o dedo indicador para uma foto do ninja em questão. — Não sabemos o que aconteceu, mas ele possui habilidades diferenciadas, e se ele por acaso cair em mãos de algum inimigo, teremos sérios problemas. — Seu tom era sério e seus olhos albinos encaravam Sachio na alma.

Takai aguardaria uma resposta, e caso ela fosse positiva, prosseguiria com o briefing. — Nós lhe enviaremos em conjunto com uma ninja, Uzumaki Hinara. Ela foi promovida a Jounnin Especial à pouco tempo, então essa será a primeira missão em que ela irá ser a "superior" de alguém. Ela é atenciosa, então não se sinta com medo de questionar alguma coisa ou outra: foquem em trabalhar em equipe. — O Hyuuga entregaria para o garoto dos chifres a foto de Ryan e um mapa indicando o último local em que seu alvo de resgate havia sido visto. — Hinara estará te esperando nos portões.

Spoiler:
• 1 Missão Rank B: 02/05
• Mestre Elemental Shakuton: 02/10
• Habilidade Secundária 'Shinra Bansho Doka no Jutsu': 00/10
Solicitação de mudança de objetivos
• Aparência de Shinra Ryan
• Aparência de Uzumaki Hinara
@Gwen.
Kai
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


O caminho seguirá! Um novo chūnin na área!

Eita, o jōnin não era cego! Quando ele disse que era justamente o contrário, o meu rosto corou de vergonha. — Err… desculpa por te chamar de cego. – sua voz era rouca, parecia ser um velho, apesar da aparência jovem. O clima ficou estranho quando disse que podia enxergar até as veias do meu corpo, desconfiei na mesma hora, coloquei meus braços em cima das minhas partes íntimas numa tentativa falha de não fazer ele ver o que eu tinha. O elogio sobre meu desempenho no Exame Chūnin quebrou a sensação esquisita que se atribuiu ali, fazendo eu abrir um sorriso em agradecimento. — Você viu como eu derrotei a Hokage? Era um clone, mas era a Hokage ainda! – falei, me vangloriando um pouco enquanto o seguia pelos corredores do quartel-general.

Chegamos em uma sala de coloração diferenciada, algo bem pessoal, parecia ser o escritório de Takai. Começara a falar da inteligência da vila, sobre ver tudo e todos, sim, já tinha ouvido falar que este setor da aldeia era muito bom. Um envelope com enorme “B+” em vermelho me chamou a atenção. — Tá aí o motivo de me chamarem. – conclui mentalmente, a missão que me atribuíram para mim estava ali. Depois de me elogiar de novo por causa do Chūnin Shiken, começava a explicar do que se tratava a tarefa B+.

Shinra Ryan, um chūnin desaparecido. Via sua foto ali e memorizava seu rosto. Meio emo, olhos verdes e roupas simples. Ele tinha habilidades especiais, lembrando um pouco o meu Shakuton, mas podia ser algo totalmente diferente, e claro, os inimigos não podiam capturar o garoto. — Entendi. – falava enquanto me encarava. Aquele cara era estranho… — Vou trazê-lo de volta. – proferi a ele, com convicção.

A surpresa do momento era que a missão não era somente eu, havia mais alguém. — Uzumaki Hinara? – curioso falei, nome estranho. A garota lideraria pela primeira vez uma missão, tínhamos muitas “primeiras vezes” num mesmo trabalho, a minha primeira rank-B, a primeira missão sendo líder. Tudo aquilo viraria uma bagunça, com certeza, mas tinha que cumprir o que fora atribuído. A foto do menino e um mapa foram as coisas que Hyuga Takai me entregou, era o suficiente. — Estou indo. O garoto voltará mais seguro que antes. – dei minha palavra para ele. Retirei-me da sala calmamente, apesar de a missão requirir urgência. Saí do quartel-general praticamente um novo ninja, um novo momento para mim se iniciava. Pulei pelos prédios da vila em direção ao portão onde Hinara estaria, pensando nas mais diversas possibilidades de ações e reações que poderiam ocorrer, tinha que estar preparado para tudo.

Aproximei do portão olhando para os lados, procurando a tokujō que me acompanharia. — Nossa… que linda. – falei sem querer ao olhar uma bonita kunoichi de cabelos laranja e um rosto muito bem desenhado. Admirei-a por alguns segundos até que… — Calma aí, será que ela é a Hinara? – pensei um pouco desconfortável por ficar olhando que nem um idiota para ela. Dei alguns passos em direção a ela, sem qualquer forma de timidez. — Oiii! Você que é Uzumaki Hinara? Sou Sachio, prazer! – apresentar-me-ia para ela com um sorriso no rosto. Se a resposta fosse positiva, ficaria um pouco mais sério. — Ryan precisa de nossa ajuda, temos que ir! – diria para ela, para começarmos a ir atrás dele logo. A seguiria para onde ela fosse.

725 725 0/6

Considerações:
Roupas: aqui.
— 552 palavras (sem a frase inicial em itálico).

Gasto: --.

Vício: 02/03 — .

Jutsus usados:
--.
Bolsa de Armas:
10 Kunais;
4 Shuriken;
20 metros de fio &
2 Hikaridama.
Gwen.
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


Narrador: Kai

O resgate do shinobi Ryan | しのびの救助

Gwen | Ato

Sachio-san! Sim, sou a Hinara, muito prazer. — Disse a moça ruiva com um tom de voz doce e um enorme sorriso estampado no rosto. Ela ergueu a mão destra ao ar em forma de aceno e logo após pôs ambas as mãos na região da cintura, analisando o garoto por alguns segundos. — Somos praticamente parceiros de melanina, né? — E deixou uma pequena risada escapar com sua própria 'piadeta', referindo-se a cor do cabelo semelhante de ambos. — Vamos seguir viagem, discutiremos o plano no caminho, moço. — Ela sorriu de canto de lábio e pôs sua mochila nas costas, passando a guiar o garoto mata adentro.

Já alguns minutos de passos calmos floresta adentro, Hinara parou e retirou de dentro de sua mochila um mapa semelhante ao que havia sido entregue à Sachio e colocou-o sob a grama, fazendo sinal com o dedo indicador para que o garoto se aproximasse. — O último lugar que o Ryan foi visto foi próximo da fronteira com o País da Cachoeira. Minha ideia é investigar esse local, e caso não encontremos ele por lá, seguirmos viagem até Takigakure no Sato e procurar por pistas lá. Eu tenho habilidades sensitivas, então se houver algum sinal do Ryan por lá, nós vamos saber. — Seu tom de voz havia se tornando mais sério, ainda que sua voz fosse um pouco mais aguda que o normal. — O que você acha?

Em caso positivo, seguiriam viagem até a fronteira com o País da Cachoeira, conversando entre si durante o caminho ou não. Chegando ao local indicado no mapa, era claramente visível resquícios de uma batalha: buracos em árvores e no solo, grama e folhas queimadas e armamentos fincados por todo lugar, no entanto, nenhum sinal de Ryan ou alguma outra pessoa. Hinara realizaria o selo do tigre com uma das mãos e fecharia os olhos, buscando por assinaturas de chakra na região. Enquanto isso, se Sachio realizasse uma investigação, iria encontrar uma bandana de Takigakure entre alguns arbustos, comprovando a teoria da Uzumaki.

Caso o achado fosse informado à superior, Hinara realizaria, em comemoração, um 'toca aqui' com Sachio. — Excelente, moço. — Com um pequeno sorriso entre os lábios, ela andaria alguns passos à frente, ficando de costas para o garoto. — Nós vamos ter que nos infiltrar em Takigakure. Podemos ir lá como membros de Konoha ou tentar entrar disfarçados como andarilhos ou algo parecido. Você tem alguma sugestão? — Ela voltaria-se novamente para o menino, encarando-o nos olhos, na espera de uma resposta. Sachio era um ninja e devia ser tratado como um profissional, independente de sua idade.  

Spoiler:
• 1 Missão Rank B: 03/05
• Mestre Elemental Shakuton: 03/10
• Habilidade Secundária 'Shinra Bansho Doka no Jutsu': 00/10
• Aparência de Shinra Ryan
• Aparência de Uzumaki Hinara
• Sinta-se livre para interagir com a NPC durante o 'time-skip' da viagem. Quanto ao resto, você é quem escolherá a abordagem utilizada para entrar em Takigakure no Sato, assumindo os riscos do que pode vir a acontecer (Hinara irá seguir sua sugestão). Interrompa sua narração ao chegar próximo da vila.
@Gwen.
Kai
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


O caminho seguirá! Um novo chūnin na área!

Acho que estou apaixonado… Ahhh, tão linda. Sua risada quando fez a brincadeira com a cor de nosso cabelo me deixou tão cativado que nem tinha entendido direito do que se tratava.
Sim… — falei um pouco encantado, meio lerdo admirando sua beleza.
Com um sorriso de canto, que me fizera ainda mais preso nela, disse que íamos discutir o plano no caminho. Claro, tinha uma missão a fazer, resgatar um menino lá… como era o nome dele? Ah! Shinra Ryan. Depois desse aviso eu meio que despertei do feitiço dela chamado “ser linda demais”.
Tá bom! — e assim a segui pelo caminho.
Estávamos indo lado a lado pela estrada e pela floresta, que não demorava muito para entrarmos. Minha cabeça estava confusa, minha barriga estava doendo, me apertando, naquela hora não sabia o que era, meu desejo era ficar somente olhando para ela, isso era ser apaixonado? Naquele momento não sabia, pensava que estava passando mal, mas me fazia de forte para continuar seguindo em frente.
Preciso me concentrar, preciso me concentrar, preciso me concentrar… — minha mente era bombardeada por essas frases, não era porque a Hinara era linda e maravilhosa que eu tinha que ficar o tempo todo olhando para ela, né?
Ela pedia uma pausa e logo parou, obedeci de imediato. Retirava um mapa semelhante ao que recebi de Takai no quartel-general, por isso nem me dei o trabalho de retirar o meu.
Explicara tudo que sabia sobre o ninja desaparecido, fronteira de Takigakure era sua última localização, um bom começo de busca seria por lá mesmo.
Habilidades sensitivas? Que… diferente. — esta foi minha reação quanto a informação da habilidade dela.
Pensei em algumas coisas sobre como poderíamos achar o Ryan, mas não tinha muita coisa a fazer se não ir lá mesmo.
Pode ser isso mesmo. — respondia positivamente para ela.

Comendo um chocolate durante o caminho, olhava para todos os cantos durante a locomoção para encontrar algum resquício do garoto, mas somente quando chegamos no ponto marcado que vimos que tinha realmente acontecido.
Teve uma festa aqui pelo visto. — comentei brincando, maaas não foi algo tão legal de falar, escapou sem querer.
Hinara então ficava parada, provavelmente usando de sua habilidade de sentir, enquanto ela tentava achar o garoto, comecei a procurar por algo que me fizesse ter alguma ideia do que de fato aconteceu.
Procurando por cima das árvores, pedras, na água, e finalmente num arbusto, encontrei uma bandana de uma vila que não conhecia.
Achei isto aqui, Hinara-chan! Parece que temos uma vila contra Konoha. — comentei para ela. — Isso aqui é de Takigakure? — tentei chutar do que se tratava a bandana.
De fato era de Takigakure, depois de um high five com a menina mais linda de Konoha e um elogio vindo dela, fiquei corado, um pouco nervoso. Ela dava ideias de como entrar em Takigakure, já que havíamos chegado a conclusão que Ryan foi pego por eles.
Entrar como ninjas normais de Konoha não vai ser muito legal já que o nosso chunin pode ter lutado contra eles. — comecei a falar. — Podemos entrar disfarçados mesmo, ou chamar a atenção deles para um ponto cego para interrogá-los. — dava meus pontos.
O que Hinara achasse melhor seria seguido por mim.

725 725 0/6

Considerações:
Roupas: aqui.
— 534 palavras (sem a frase inicial em itálico).

@Kai

Gasto: --.

Vício: 03/03 — Saciado neste post.

Jutsus usados:
--.
Bolsa de Armas:
10 Kunais;
4 Shuriken;
20 metros de fio &
2 Hikaridama.
Gwen.
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário


Narrador: Kai

O resgate do shinobi Ryan | しのびの救助

Gwen | Ato

A dupla seguiu então seu caminho até o País da Cachoeira. — Eu li rapidamente sua ficha, mas se eu não me engano, você possui o dom de controlar um elemento diferenciado, não é? Calor, se não estou enganada. — Indagou Hinara casualmente enquanto andava mata adentro em direção ao seu objetivo. Ela se limitaria a pensar em uma boa estratégia durante a viagem e explicaria tudo quando estivessem perto.

Hinara parou após algumas horas de viagem com uma feição de surpresa. — Estou sentindo o chakra dele, estamos chegando perto. — Seguindo o caminho, ambos se deparariam com uma pequena vila ao horizonte. Não se tratava de Takigakure em si, mas sim de uma espécie de posto avançado composto por alguns poucos ninjas e fazendeiros, comerciantes e afins. — Ele está naquela área. — Disse a ruiva, apontando o dedo indicador para a mini-aldeia. — Eu acho melhor nós mantermos as coisas na surdina por enquanto, evitar fazer barulho. Vamos esconder todas as nossas identificações de Konoha e entrarmos, não deve ser muito complicado. — A região não oferecia muito perigo: não existiam muros ou algo do tipo, era como se fossem diversas casas de madeira espalhadas pelo campo com algumas ramificações de estrada, além de nenhum guarda estar às vistas: talvez por sua baixa quantidade, talvez por um período de almoço ou algo do tipo.

Hinara retirou de sua mochila dois sobretudos negros e entregou um para Sachio para logo depois cavar um pequeno buraco para esconder quaisquer identificações da Aldeia da Folha. Assim que ambos estivessem prontos a caminhada em direção a pequena aldeia se daria por iniciada. — Vamos nos manter afastados um do outro para não levantar suspeitas, mas não devemos sumir do campo de visão um de outro, tá bem? — Sussurrou a ninja enquanto caminhava. — Só vamos fazer barulho se for necessário. Boa sorte.

Demorou alguns minutos para que se aproximassem do local. Hinara continuou seguindo a estrada à frente, caminhando em direção a um enorme galpão na região norte do recinto. No entanto, Sachio não teria a mesma sorte: um guarda portando uma bandana de Takigakure e um tapa olho se aproximaria do mesmo calmamente e interromperia sua "caminhada casual". — Garoto, o que faz por aqui? É um Gennin de Takigakure? — O guarda não demonstrava nenhuma hostilidade, mas isso poderia mudar em um piscar de olhos.

Spoiler:
• 1 Missão Rank B: 04/05
• Mestre Elemental Shakuton: 04/10
• Habilidade Secundária 'Shinra Bansho Doka no Jutsu': 00/10
• Aparência de Shinra Ryan
• Aparência de Uzumaki Hinara
• Vamos lá, suas escolhas moldam o desenrolar da história.
@Gwen.
Kai
Chūnin
Chūnin
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto RPG Akatsuki (c) 2010 — 2019
Layout por Dorian Havilliard e Akeido.