:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Treino] Ninjutsu e Selos - Publicado Seg 4 Fev - 22:25


Aproveitava o ritmo de treinamento para me fortalecer cada vez mais, e me preparar para o que viria pela frente. Caminhava pelo centro da vila me aproximando a passos lentos do meu campo de treinamento. O percurso durou alguns minutos, quando cheguei fui direto para o centro do local me posicionando de frente para uma grande árvore. Meus olhos se fecharam, comecei então a me concentrar mantendo a minha respiração vagarosa para me concentrar.

Meus olhos estavam fechados, meu corpo totalmente relaxado, tanto o meu fluxo sanguíneo quanto o de chakra estavam plenamente serenos, e minha mente estava focada. Minhas plantas dos pés recebiam uma certa quantidade de chakra, controlado pela minha vontade certamente, pois estava me preparando para uma das demais tentativas de subir a árvore que encontrava-se a minha frente sem o uso das mãos. A kunai já estava em minha mão direita, e o chakra em meus pés. Foi naquele momento então que avancei contra aquele tronco, correndo para subir em um único embalo. Havia ciência de que não tinha muita habilidade em controlar todo o meu chakra, mas o que eu possuía já me auxiliava bastante.

Sim, consegui subir parte da árvore, mas não muito é claro. Cheguei apenas até a metade, quando me faltou chakra e não consegui mais me manter preso, causando a minha queda imediata rumo ao chão. Caí de pé é claro, com o mortal que dei para me posicionar melhor para cair seria esse o resultado, mas antes disso consegui marcar até onde fui com aquele único impulso. Observei por alguns segundos o que tinha acontecido, e percebi que faltou um pouco mais de chakra para me manter preso. Logo, voltei a canalizar chakra em meus pés, para tentar mais uma vez. Respirei profundamente antes de me impulsionar novamente, estava bastante concentrado e isso estava me ajudando, também estava sendo ajudado pela paz que reinava no local. E assim foi, a nova tentativa de subir aquela árvore.

Me impulsionei novamente, com a mesma força que anteriormente, força aquele que me levou a subir e a subir cada vez mais, e mais e mais, até enfim passar da marca que tinha feito anteriormente. Mas ainda sim não foi o bastante, consegui somente dar dois passos a mais do que antes até cair mais uma vez. Antes disso consegui marcar no tronco, até onde consegui chegar. E lá estava eu, novamente de pé encarando a árvore que não consegui subir por completo.

Avistava as marcas no tronco da árvore, mostravam até aonde eu cheguei, mas não me senti desanimado. De maneira alguma eu pararia por ali. Mesmo que ainda faltasse bastante eu continuaria subindo e subindo. E assim fiz. Respirei profundamente, canalizei uma quantidade de chakra maior do que na ultima vez, e assim me impulsionei rumo ao tronco da árvore, com a kunai preparada em minha mão. E assim fui subindo. No entanto, não consegui subir muito mais do que já havia subido na primeira vez, pois a quantidade de chakra foi maior do que o necessário e fui repelido para trás, deixando uma marca no tronco da árvore, um pequeno buraco que se formou devido a intensidade do chakra. Cai de pé novamente sem marcar até onde fui, já que não passei de onde já tinha ido.

Percebi que também não podia usar muito chakra, para não ser arremessado do tronco da árvore até o chão. Tudo se tratava de concentração e um bom controle sobre o chakra, além da quantidade exata para deixar os meus pés presos ao tronco. Sendo assim, fechei meus olhos mais uma vez, respirei profundamente deixando o ar tomar todo o interior dos meus pulmões, e assim canalizei uma pequena quantidade de chakra nas plantas dos meus pés, sendo que o chakra estava um pouco mais intenso do que o normal. Minha intenção era manter o chakra intenso, porém em uma quantidade pequena, o que seria o suficiente para me manter preso.

Impulsionei-me mais uma vez contra a árvore e assim fui. Subi, subi e subi cada vez mais, correndo com todo o meu folego. Naquele momento percebi que estava fazendo o correto. Consegui passar da primeira marca, segundos depois passei da segunda, e não parei de subir. Consegui passar da metade do tronco, e ainda sim continuei. No entanto chegou um momento que acabei perdendo o equilíbrio, isso me fez perder a concentração e cair mais uma vez do tronco, sem antes marcar até onde eu fui. Cai de pé mais uma vez, mas ainda sim já tinha subido uma boa parte da árvore.

Me sentia insatisfeito ainda com o meu resultado, minha meta era a de chegar até o topo daquela árvore. Estava bem perto de conseguir isso, tendo em vista que chegara a um ponto bem alto, acima do meio dela. Fechei os meus olhos novamente, respirei profundamente e foquei no meu fluxo de chakra mais uma vez. Este estava tranquilo, percorrendo todo o meu corpo como um pequeno riacho sereno. Naquele ponto direcionei o fluxo até as plantas dos pés, criando assim uma pequena pressão sobre eles. Minha concentração estava muito grande, o silencio do local me ajudava, até porque tinha me afastado de todos os que estavam dentro do campo de treinamento. Abri os meus olhos ao me sentir confiante o bastante para seguir em frente. Impulsionei-me contra o solo iniciando uma corrida até os pés da árvore. Saltei até o tronco assim que me aproximei voltando a subir pelo tronco.

Corri bastante conseguindo subir cada vez mais ao longo de todo o tronco, bastante marcado devido as diversas tentativas feitas até aquele momento. Cheguei no meio do tronco em pouquíssimo tempo, em meio a corrida dinâmica e sem cair até então. O meu fluxo de chakra estava constante, até aquele momento estava tudo andando bem, eu consegui subir mais e mais sem cair. Passei do meio do tronco daquela enorme árvore avistando a frente a parte mais alta da mesma, desejando estar ali. Isso me animou e me fez correr ainda mais, me aproximando cada vez mais do meu objetivo, o topo. Até o momento minha concentração era excepcional, o meu fluxo de chakra foi o bastante para me manter preso a árvore por bastante tempo, enquanto o meu corpo relaxado enquanto corria velozmente me ajudara na concentração. Consegui chegar praticamente a mais de 3/4 de altura daquela árvore, pensei até mesmo que chegaria ao topo em alguns segundos, mas não foi o que ocorreu, pois por algum motivo acabei perdendo a minha concentração voltando a cair no chão depois de ter marcado o ponto aonde cheguei. Cai de pé sobre o gramado esverdeado olhando para cima, vendo até onde tinha chegado.

Respirei fundo, pois faltava muito pouco e eu já tinha me adaptado bem a quantidade de chakra que estava gastando. Tanto que era imperceptível o seu uso, e até mesmo o seu desgaste. Diferente de antes, quando estava na academia, quando qualquer técnica me cansava. Bem, faltava pouco mesmo, foi então que voltei a me concentrar e a respirar fundo. Tendo o controle sobre o meu fluxo de chakra o manipulei de forma a fluir até a sola dos meus pés mais uma vez. Antes de mais nada fiz alguns pequenos ajustes finos, não queria cair novamente. Feito isso saltei contra o tronco da árvore, seguindo em frente ao subi-la correndo com toda a vontade. Daquela vez tudo estava indo conforme o planejado, nada me faria cair e o topo chegaria em questão de segundos, assim esperava. Bem, tinha se passado um minuto mas só tinha passado da metade do tronco, o que eu já tinha feito nas outras vezes. Aumentei a minha velocidade correndo e correndo, subindo mais e mais. Cheguei aos 3/4 de altura da árvore novamente tendo a visão da última marca feita pela minha kunai. Prossegui então já sabendo que agora, com toda a certeza eu conseguiria chegar até o fim. Quase um minuto depois lá estava eu, sobre a copa da árvore avistando a linda visão privilegiada do sol no horizonte. Enfim, foi perfeito. Ao final, desci da árvore e me dirigi até a saída.

HP: 200/200 CH: 400/400 ST: 0/2


Considerações:
Palavras: 1358
Objetivo: + 1 Ninjutsu e Selo
Ações:
Jutsus Usados:
Armas Usadas:
Armas Especiais:
Raijin no Ken - Presa na Cintura
Armas Levadas:
Kunais - 5
Shurikens - 5
Kibaku Fuuda - 20 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
[Treino] Ninjutsu e Selos OxxAo3l

Database
Chūnin
Database
Vilarejo Atual
[Treino] Ninjutsu e Selos OxxAo3l

Re: [Treino] Ninjutsu e Selos - Publicado Ter 5 Fev - 11:59

@ +1 NIN & +1 SEL.

Resposta Rápida

Área para respostas curtas