:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 14:10


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

Paralelo aos exames chunins acontecendo na Vila Oculta da Nuvem, uma conferência no campo da tecnologia estava prestes a ser iniciada in-loco. Cinco dos tecnólogos mais brilhantes do mundo shinobi, sendo um representante de cada um dos três principais vilarejos e estados bem-sucedidos aqueles que mais se destacavam, e os outros dois de vilarejos de menores expressões, encontrariam-se em Kumogakure no Sato para debater e discutirem sobre o assunto e mostrarem suas ultimas invenções.

Cada tecnólogo trouxe consigo a companhia de dois guardas-costas e um consultor, que também entendia do assunto a ser tratado e poderia acrescentar em uma discussão. A missão, no entanto, era de alta peculiaridade devido a cinco das maiores mentes do mundo shinobi estarem reunidas em um único local. Os boatos que sucederam a reunião indicavam que um grupo de corporações que trabalhava para suprimir invenções modernas que poderiam minar seus negócios seriam os maiores interessados.

Arthuria Pendragon, a jōnin que possuía uma vontade forte e traços de coragem inabaláveis fora escolhida a dedo pelos pais de Alana, a jovem e maior cérebro dentro do vilarejo, indicada para a tarefa. Deveria a nossa protagonista, dirigir-se ao endereço na rua G, Bom de se morar, número oito, para buscá-la e levá-la ao centro da reunião.

Spoiler:
Post 1/??
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 15:07

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  OhhRAa6
Em passos firmes, a Princesa de fios dourados galgava pelas alamedas de Kumogakure, tomando seu curso como uma transeunte quaisquer, despretensiosa com a vida e com os seres amontoados em derredor. Os frágeis olhos esmeralda exalavam a delicadeza e o frescor imaturo reunidos na kunoichi, concomitante a que o irregular metal argênteo atado à bandana da ninja recaía sobre o psicológico da moça, manifestando de forma íntegra o dever de uma jōnin para com o povo da Aldeia da Nuvem. Ademais, como assistente da Hachidaime, os encargos de preservação dos civis eram ainda mais volumoso; se tornando apta a se responsabilizar por inúmeras missões do Seiki Butai, as Forças Regulares. De súbito, tais responsabilidades avassalaram sua mente, lembrando a ninja de sua nova empreitada e deixando-a apreensiva. Após um giro no corpo, a ninja mudou seu trajeto, rumando em direção à morada de sua protegida.

Ao chegar na casa, deu três toques na portinhola e esperou que abrisse, com medo de surpreender a contratante com a demora. — Arthuria Pendragon, aos seus serviços. — disse, assim que a porta foi destrancada e casa se tornou acessível para a kunoichi. Então, aceitando o convite de entrada, dirigiu-se para dentro da morada e iniciou o diálogo, olhando fixamente para a moça que haveria de acolher. — Alana-sama, poderia me informar mais detalhes sobre a conferência? — balbuciou, com certo tom de dúvida. Esperou que ela explicasse, afinal, o pergaminho da missão não abordava o assunto da conferência, quiçá os pormenores da mesma.

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 16:10


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

Arthuria teve o consentimento da família para adentrar na residência, sendo muito bem recebida em seguida. – Olá, seja bem-vinda! Estamos confiantes que você faça um bom trabalho aqui, por favor, dê o seu melhor e assegure a integridade da nossa filha. – Dizia o patriarca da família, bastante animado com a honra recebida por sua garota. Nesse instante, a empregada doméstica da residência chegava afoita aonde estavam reunido o trio, no saguão da entrada, ela colocava as mãos no joelho procurando recuperar o fôlego de alguém que tinha descido as escadas às pressas. – Temos um problema... – Sequer precisava concluir sua fala, os pais entendiam prontamente o que se passavam e iam até o encontro da garota no andar de cima.

O quadro de missões de Arhuria Pendragon era invejável, e todas as suas qualidades apenas confirmavam a sua propriedade para tratar daquela missão. Com toda a sua experiência e visão, ela fazia uma primeira abordagem direta e sistemática contra a criança, mas se observasse com outros olhos, chegaria a conclusão de que aquele ainda não era o ponto. 

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  Pisti-magi-the-labyrinth-of-magic-7.1

Com o intelecto avançado e o gênio forte, Alana era uma criança bastante introvertida e sequer tinha amigos. Para a conferência ela sabia o que deveria fazer e como aplicar o seu conhecimento, mas toda a importância que era dado para aquele evento, sabendo que teria a companhia de intelectos próximos ao dela, um pânico a consumia, ela travava. Não saberia como fazer. – Como ela é linda. – Sussurrava, vendo pela primeira vez a jovem de cabelos dourados e pele suave. – Desculpe-me fazer você perder o seu tempo, eu não tenho forças para seguir com isso, acho melhor não comparecer. – A garota movia os dedos indicadores em círculos, um sob o outro, em um claro sinal de ansiedade. – Eu sou mesmo um ser humano mal resolvido, malsucedido. 

Spoiler:
Post 2/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 16:34

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  OhhRAa6
— Problema? — perguntou a Pendragon, sendo conduzida pelos seus anfitriões ao longo da casa. Vislumbrada, a kunoichi se deparava com a imensidão da morada da contratante, tendo seus olhos estupefatos por todo o derredor da residência. Ainda assim, Arthuria preocupava-se com Alana, que segundo a secretária da família, encontrava-se indisposta para a conferência. Com o ímpeto de uma protetora, a loira pediu licença e subiu a longa escadaria, que daria acesso ao segundo andar e, posteriormente, ao quarto de Alana.

— Alana-sama. — falou, deixando que o vocativo pairasse no ar. Nesse instante, a garota virou sua cabeça, aceitando a presença de Arthuria e deixando que seu psicológico cedesse. Como uma paladina da justiça, a loira de olhos verdes se agachou perante a contratante, com a vista fixada no semblante juvenil de Alana. — Isso é mentira. Você não é mal sucedida. — disse, com uma entonação decidida, inabalável. — Se isso fosse verdade, a senhorita não seria convidada para a conferência em questão. Nem mesmo eu estaria aqui, aos seus pés. — continuou, manifestando sua coragem e transmitindo-a para a jovem. — Alana-sama, seu trabalho é incrível. Tenha bravura, reúna forças. — pediu, fechando os olhos e pegando nas pequenas mãos de Alana. Com esse sinal, Arthuria Pendragon parecia uma exímia cavaleira.

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 17:57


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

A missão nem tinha iniciado direito e Arthuria já desempenhava o seu papel de um modo acertado. As palavras da kunoichi eram tudo o que Alana queria e precisava ouvir, elas eram muito bem recebidas por parte da garota, que enxugava suas lagrimas que escorriam ante as palavras de sabedoria de Arthuria e esboçava um sorriso ao final. – Muito obrigada, a senhorita é muito gentil. – Respondia. – Respondendo a sua pergunta anterior. Serei eu e outros quatro tecnólogos, dois eu sei que são de Konoha e Iwa, dois dos três maiores vilarejos atualmente e até já ouvi falar deles, são muito bons, os outros dois são de vilarejos de menor expressão e nem lembro o nome pra falar a verdade. – Ela indicava uma maleta cinza que carregava sua invenção, a que sobre caia maior expectativa. – Meu projeto ainda está em fase de execução mas funcionaria como um item acessível no bolso dos shinobis em campo e quando utilizado ela daria forma a uma maca revestida de metal leve e com todas as preocupações necessárias como manto térmico para ajudar quando necessário movimentar alguém, a maca iria receber o peso daquele que estivesse sobre ela e então fazer uma distribuição uniforme para que o peso seja o menor possível para aqueles responsáveis pelo transporte. O que você acha, Arthuria-sama? – A kunoichi poderia observar que Alana fitava ela diretamente nos olhos e com um brilho no olhar. – É muito importante saber o que você pensa a respeito, se você tiver algo que eu possa fazer para atender as suas necessidades, qualquer sugestão, será bem-vinda. – Complementou. Agora, bem resolvida, poderiam sair com destino ao prédio indicado no convite.

***

O local que aguardava Alana era em um prédio de quatro andares localizado no centro do vilarejo. Aquele prédio de cor branca tinha como destaque o letreiro que indicava "Casa das Convenções", cujo tinha sido disponibilizado o último andar para a conferência. Logo no saguão de entrada a dupla poderia confirmar a presença dos outros tecnólogos e seus guardas-costas. Todos, diferente da garota, possuíam uma pose extravagante e em um gesto nada humilde recusavam manter contato visual. – Ei você, garotinha... Não devia estar pulando amarelinha com uma corda de cipó? – Desdenhava um dos tecnólogos presente. Visivelmente constrangida, Alana procurou afagado atrás de Arthuria. 

– Então senhorita, pode me contar um pouco sobre você? Quais são os seus objetivos? Gostos? Você entende de tecnologia? – Perguntava Alana buscando conhecer melhor nossa protagonista, enquanto a sala estava sendo preparada para a reunião pelos empregados capacitados do prédio.

***

O tempo parecia correr devagar ou ter cessado qualquer corrida, até que o recepcionista indicou que a sala estaria pronta para receber os interessados. Com o inicio da reunião o quinteto de tecnólogos se reunia em uma mesa circular com um espaço vazio ao centro, com seus consultores sentando aos seus lados cada um. O consultor de Alana era um professor reconhecido dentro do vilarejo que apesar de ser pelo menos trinta anos mais velho e experiente, ainda não tinha adquirido toda a vocação da garota. Todavia, não tinha qualquer ressentimento guardado por ter sido preterido pela garota prodígio. Os guarda-costas se posicionavam atrás dos seus clientes. O assunto podia não ser do campo de interesse de Arthuria, ali eles conversariam exclusivamente sobre tecnologias, quantia de verbas, aplicações, e assuntos correlatos da área, restaria esperar para ver como a kunoichi reagiria e desempenharia a sua missão. 

***

– Tenho que dizer que isso foi cansativo... Quero agora encontrar o conforto da minha cama.  Falava Alana, após o término da convenção. Apesar do cansaço, havia sido produtivo e graças as palavras de antes da Pendragon ela tinha sido feliz em seus discursos. – Muito obrigado pelas palavras, a senhorita pode não saber, mas me ajudou em muito.  Despediria-se. 

Spoiler:
Post 2/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 18:41

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  OhhRAa6
Com um sorriso, Arthuria recebeu os elogios de Alana, sentindo que a melancolia se esvaísse do corpo da jovem. Quando criança, a Pendragon passara por momentos difíceis, desde que soube que sua mãe havia sido morta pela vontade de seu pai. Um dia, a loira rompeu a barreira da tristeza e afastou-se de sua família adotiva, adentrando nas Forças Regulares de Kumogakure como uma estudante e logo depois obtendo seu merecido cargo de Genin. Desse dia em diante, a kunoichi só voaria mais alto, como uma autêntica andorinha. — Tenho certeza que seu projeto será bem recebido na convenção. Agora que estou a par de tudo, é melhor nos preparamos. — disse, depois de rememorar os eventos que teve na infância. — Vamos. — falou, por fim, continuando a segurar nas delicadas mãos de Alana e conduzindo-a pelas escadaria de sua morada. Pouco tempo depois, ela e Arthuria saíram da casa, indo em direção ao dito local da reunião de tecnólogos.

Após alguns minutos de caminhada, as duas loiras se depararam com um grande edifício. Pelas contas de Arthuria, o prédio portava quatro andares, com as paredes tingidas integralmente de branco, apresentando uma epígrafe no centro, pouco antes do primeiro andar. — Casa das Convenções. Acho que chegamos. — leu em voz alta, caminhando em direção à abertura do edifício. Feito isso, a dupla se defrontou-se com a efígie de outros tecnólogos, cada um resguardado por seu segurança particular. Não se importou com nenhum; para Arthuria, todos não passavam de influentes na área, e por isso, não era seu dever se envolver com nenhum deles. Todavia, um deles se virou para Alana, proferindo discórdia em atenção à sua pouca idade. Sábia, Arthuria virou-se para a sua contratante e disse, séria, fitando no fundo de seus olhos. — O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. Apenas dê o seu melhor, sei que você será capaz de sobrepujar qualquer um desses magnatas. — continuaram então a caminhar, indo em direção ao último andar do prédio.

Nas proximidades da sala de convenções, Alana virou-se para Arthuria e fez alguns questionamentos. Gentil, a Pendragon respondeu, mantendo uma atmosfera amigável com a mesma. — Sou Arthuria Pendragon, assistente da Hachidaime Raikage e jōnin de Kumogakure. Fui criada no vilarejo, apesar de ter sido abandonada por meu pai, treinei para me tornar uma grande kunoichi. Graças aos meus esforços, consegui ingressar nas fileiras das hostes da Nuvem, e com esforço, ascendi nos cargos e ultrapassei barreiras. — fez uma pausa, vendo se a sala da convenção já estava arrumada. — Objetivos? Bem, eu só espero poder deter um inimigo poderoso e trazer paz à esta terra. Esta é minha vontade, e é com ela que eu consigo ir em frente. — fechou os olhos e abriu um sorriso. — Tecnologia? Me considero arcaica nesse assunto, mas acho que posso aprender algo hoje na reunião. — pouco tempo depois, a sala foi finalmente disponibilizada, e ambas as loiras dirigiram-se para tal.

Sentada numa mesa circular, Alana e os tecnólogos, cada um com seu respectivo consultor, engendravam a reunião. No canto de sala junto com outros guardas, Arthuria prestava atenção na conversa, que ia desde aparatos tecnológicos, preços e materiais até ações no mercado especulativo. Tentava aprender um pouco com isso, mantendo a atenção na garota protegida. Passaram-se algumas horas e houve, enfim, a conclusão da conferência. Alana saiu da cadeira e se postou ao lado da Pendragon, e ambas saíram do prédio, em passos lentos. — Fiquei com pena de seu esforço, mas acho que teve seu grau de importância. Se saiu muito bem, Alana-sama. — assim, chegaram até a morada da jovem tecnóloga, e Arthuria despediu-se, sentindo o sucesso da missão e a tranquilidade de ter ocorrido tudo bem. — Até mais Alana-sama, e tenha uma boa noite. — assim, a porta da casa se fechou e Arthuria começou a andar em direção à sua, pronta para engalfinhar-se no leito tranquilo e acolchoado.

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 22:21


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

Na manhã seguinte Alana acordou confiante. As palavras da Pendragon e a maneira nobre como foi tratada pela kunoichi serviu muito bem para a estima da garotinha que tinha agora a kunoichi como sua forte inspiração. "Ela usou o 'sama' como tratamento, mesmo estando mil anos luz à minha frente" Pensava enquanto descia para a cozinha de sua casa. O que ela viu nas cenas que sucederam foi seus pais sentados na mesa virados de costas para a escada que dava acesso a cozinha e que ela tinha pego para acessar o primeiro pavimento e um desconhecido sentado de frente com eles. – Papai? Mamãe? Temos visita? – Perguntava a jovem tecnólogo. – Ora, se não é a nossa mente brilhante. Esse pijama não combina em nada com a postura que você deveria manter... – Quando Alana se aproximou da mesa e alcançou os rostos de seus pais, ela teve a confirmação de que eles já estavam sem vida, fitando o desconhecido e iniciando uma tentativa de fuga até a porta, onde queria alcançar a rua e alertar a vizinhança. 

Em vão, tal movimento foi facilmente desarmado pelo desconhecido que a colocou forçadamente contra a mesa, com uma folha e uma caneta dourada. – Escute bem, essa sua invenção pode mudar o mundo, esse papel é um documento que você estará passando a sua patente para a nossa propriedade. – Alana seguiu o que foi dito pelo homem e assinou o papel, confiante de que teria sua liberdade em seguida. A mesma caneta que assinou o papel foi a arma usada para tirar a sua vida. 

***

Arthuria Pendragon, a kunoichi responsável pela segurança da integridade da garota e o professor no dia anterior foi a primeira opção do vilarejo para a resolução do crime. Uma carta fora enviada a sua residência logo pela manhã, por volta das 08:00 horas, requisitando a sua presença o mais urgente possível.

Carta:

***

Quando chegasse aos limites da casa, a nossa protagonista seria confrontada pelo chefe da policia do vilarejo. – Olá! O caso que temos são três mortos, o pai, a mãe e a filha, e uma maleta de propriedade não somente da família, mas do vilarejo, que seria utilizado em prol de nossas forças. – Deixava a heroína ciente dos acontecimentos. – Você notou algo de errado durante a missão? Alguma postura duvidosa? Um comentário infeliz? – Perguntava o oficial. – Acha que pode nos ajudar a recuperar a nossa propriedade? Não podemos deixar que aquela invenção caia nas mãos inimigas. – Concluía.


Spoiler:
Post 2/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Seg 7 Jan 2019 - 22:54

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  OhhRAa6
Arthuria teve uma ótima noite de sono, envolta nos braços do próprio Morfeu. Serena, a kunoichi agradecia aos ídolos por ter sido capaz de efetivar uma boa escolta – a qual não teve nenhum tormento. Sentindo-se venturosa, ergueu-se da cama, trajou-se com suas vestes de costume e viajou até a cozinha, pronta para nutrir-se com seu cereal matutino. Antes disso, a campainha tocou, e com o copo de leita em mãos, foi até o limiar que separava a porta da residência do exterior. Uma carta encontrava-se aos seus pés, e um shinobi corria para longe, provavelmente indo realizar mais uma entrega. Voltou para dentro da morada, deixou a taça de vidro na mesa e tratou de ler a correspondência, arqueando as sobrancelhas com indício de aflição. —— Assassinato? Roubo? — indagou em solilóquio, juntando as peças para entender o dilema. Sem tomar o seu leite, a kunoichi sacou suas espadas gêmeas e rumou para além dos limites de sua casa, indo em direção ao endereço requerido.

Chegou no local por volta das oito e meia da manhã. Moderadamente fadigada, Arthuria se deparava com um grupo de membros do Kumo Keimu Butai, a Força Policial da Nuvem, os quais se amontoavam ao redor e no interior da casa de Alana para averiguar o caso com os apetrechos e instruções da equipe forense. Alguns integrantes da Keimu Butai tentaram parar a jōnin, mas a mesma continuou a seguir rumando o interior do domicílio. Perto de lacrimejar, a Pendragon pediu licença para todos e se infiltrou na morada da contratante, vendo os três ditos corpos. Antes de conter o choro com o máximo de seu vigor, deixou que cinco lágrimas fossem de encontro ao carpete da casa, regando-o com a própria essência da Pendragon. —— Va fail. — disse, invocando o dialeto antigo de Camm, transmitido através das mensagens de sua falecida mãe, Igraine. Para Arthuria, a morte de um kumonense, mesmo não tendo um vínculo de proximidade, era como um soco no estômago. Assim foi com Kojirō; assim foi com Raito; o mesmo com Opus. Com as costas da mão, enxugou o pranto compadecido, convencida que não poderia ter feito nada para salvá-la.

—— Irei responder todas as perguntas. — afirmou, com a voz ainda arranhada pelo choro. Esperava poder ser capaz de recuperar o projeto de Alana e, assim, poder fazer jus ao seu legado. —— Sim, um dos tecnólogos da convenção enunciou um comentário desgostoso para Alana. Contudo, acho que esse comentário manifestava o ponto de vista de todos os tecnólogos, sem exceção. — pausou, tentando se lembrar da frase. —— Ele parecia consternado com a pouca idade da minha contratante. É tudo o que sei. — terminou, ainda fitando o corpos cobertos por uma capa azulada.

—— Tem algo que eu possa fazer para ajudar? — indagou, soando quase como um pedido.

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Ter 8 Jan 2019 - 12:49


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

Ante a fala e toda a solicitude da Pendragon, o policial suspendeu por um breve momento a quantidade enorme de informações despejadas contra a heroína em um curto espaço de tempo. – Desculpe... Ontem você estava junto a eles e hoje o cenário apresentado é uma lástima. Sentimos muito. – Respondeu, em sinal de respeito. – Bem, agradecemos as informações, também sabemos que você é a mais capacitada e maior graduada entre nós, a liderança é sua. – Indicou. 

Tropeçando em seus próprios pés, um segundo policial chegou ao local onde a dupla estava, bastante ofegante. – Temos uma pista quente... O tecnólogo de Iwa também foi atacado há pouco tempo em uma circunstância muito parecida, um desconhecido reclamando uma transferência de comando de uma patente. Parece que houve resistência e ele conseguiu dispersar o suspeito. Ele se encontra em um hotel no centro chamado "Basilik Fang". Esta de saída, precisam se apressar.

Quando alcançasse o hotel, logo na recepção o cenário apresentado era de atenção redobrada. Os próprios seguranças do hotel se aglomeravam em rodas de discussão para debater o recente acontecido. O tecnólogo atacado, indignado, estava próximo de voltar ao seu vilarejo de origem ali mesmo no saguão principal, acessível a qualquer abordagem. Seria fácil reconhecer o alvo, uma vez que se tratava do mesmo que antes havia menosprezado a garota. Estava apenas esperando o acerto do hotel e o veiculo que iria levá-lo de volta. 

Spoiler:
Post 5/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Ter 8 Jan 2019 - 13:36

[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  OhhRAa6
—— Outro tecnólogo foi atacado?
—— Isso não é bom.

E de fato, não era. Tal acontecimento atestava que não fora um ataque direcionado exclusivamente à Alana, mas também é outros profissionais da área, os quais possuem engenhosos apetrechos científicos. Bem como o projeto da falecida contratante de Arthuria, os outros equipamentos representam um grande poder para as nações shinobi; e caso caiam em mãos erradas, podem mudar o curso bélico de todo o mundo. Com esse pensamento martelando sua mente, a Pendragon olhou para a equipe do Keimu Butai, notando a desorientação dos mesmos. Como assistente de Chara, Arthuria deveria inteirar a Raikage do despreparo das Forças Policiais, mas no momento apenas se certificaria de conduzir o rumo da investigação. Não obstante, a kunoichi chamou alguns membros da polícia e pediu que a guiassem até o hotel citado anteriormente.

Nas proximidades, Arthuria Pendragon percebera que o local portava uma atmosfera perturbada. Seguranças, shinobis, policiais; todos reunidos com o intuito de alcançar o veredito da investigação, esforçando-se ao máximo para alcançar o culpado do vil latrocínio. No meio de tantos adultos, a Pendragon mais parecia uma criança – mesmo com seus dezesseis invernos, utilizava do reconhecido cargo de auxiliar da Sombra do Relâmpago para que pudesse penetrar nas barreiras impostas aos civis – que insistiam em se acomodar em derredor. Os astuciosos olhos verdes procuravam no perímetro o tecnólogo atacado, já ciente que este teve a sorte de resistir à ofensiva inimiga. Prontamente, deparou-se com o mesmo profissional que debochou de Alana; ele também foi atacado, reduzindo as suspeitas que a Pendragon tinha com o mesmo. Chegou próximo, ignorando os seguranças, e começou o discurso.

—— Arthuria Pendragon, jōnin de Kumogakure.
—— Sinto muito pelo ocorrido, mas precisamos de sua ajuda para pegar o transgressor.
—— Sabe de algo que possa ajudar em nossa investigação, senhor?

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Ter 8 Jan 2019 - 23:27


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

– Eu o reconheci, o atacante. Ele estava conosco na reunião, seu nome é Hans Benata. – Atendia a solicitação de nossa protagonista. – O curioso é que a convenção era exclusivamente voltada para os três maiores vilarejos, então surgiu esse cidadão, em um pedido formal, que teve os seus antecedentes confirmados, solicitando uma vaga, o que foi aceito após todos os envolvidos chegarem a um consenso. Ele era o que chamamos de tampa buraco, nós daríamos a ele a oportunidade de representar o seu vilarejo e no dia seguinte sairíamos na manchete como nobres pessoas que davam espaços aos menos afortunados, se é que me entende... Apesar de que aquela garota irritante que pregava de boa samaritana ter ido contra tratá-lo dessa maneira, e veja que ironia, foi o seu carrasco no fim das contas. – Ele então indicava um formulário para Arthuria. – Essa foi a carta enviada pelo mesmo no ato de sua inscrição, é o máximo que posso fazer por você. – O homem seguia em direção ao seu veiculo, com destino ao seu vilarejo de origem.


***

Ainda cedo, aos 18 anos, Hans Benata vendeu uma invenção que ele havia criado para uma empresa e foi informado de que a usariam para mudar o mundo shinobi. Em vez disso, eles usaram sua propriedade para retê-lo de todos. Querendo estar perto de outras invenções inovadoras e protegê-las dos interesses corporativos, ele conseguiu um emprego em um Escritório de Patentes, onde estaria sempre um passo a frente.

Mais tarde, Hans começou a trabalhar como assassino para um grupo de corporações. Quando eles não conseguiam obter o controle de uma invenção, ele matavam seu inventor para mantê-lo do mundo. Entre as vítimas estavam Alana, que estava trabalhando em prol de Kumogakure no Sato.

***

Uma explosão pôde ser ouvida cerca de trinta metros de distância dos limites do hotel em que estavam instalados os tecnólogos. Se tomasse o interesse em averiguar a situação, a Pendragon confirmaria um carro capotado e em chamas. Um homem que parecia ter metade do seu corpo, da cintura para baixo e braço esquerdo robotizados e óculos e fiações vermelhas pelo seu corpo, com uma espada na mão direita era visto poucos metros de distância do veiculo. Com o seu braço de automail, ele queimava os transeuntes em seu alcance como se não significassem nada. Os policiais que esboçavam uma reação eram cortados como se fossem muito menos. Ele alcançava o corpo do tecnólogo fora do carro e com um ar de superioridade como alguém que tinha concluído seu serviço com exito, indicava. – Meu trabalho aqui está feito.

Spoiler:
Post 5/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Qua 9 Jan 2019 - 13:19


[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  10YfkBH

—— Hans Benata.
—— Agradeço pelas informações, passar bem.

Arthuria não se importou com a rispidez do homem, apenas devolveu um olhar desalmado, côngruo com a insensividade que o tecnólogo demonstrou em sua fala. Concomitante a isto, esperou que ele entrasse no luxuoso automóvel para que pudesse abrir a carta e lê-la com atenção. Rapidamente, examinou as linhas expressas na cédula, tentando entender o real motivo dos roubos e das mortes. Provavelmente, Hans Benata detinha uma certa parcela de inveja dos maiores vilarejos, e somado com um espírito de ganância e sordidez, o mesmo faria de tudo para poder se igualar com seus competidores. Ou talvez ele só fosse um louco. A Pendragon suspeitava das duas hipóteses. Por fim, fitou o tecnólogo descansar no assento traseiro do veículo, aos poucos fugindo de seu campo de visão. Sem qualquer desejo de vingança, a loira esperava que o homem pudesse voltar até Iwagakure em paz.

De súbito, um estrondo runfou pelos ares, envolvendo o centro de Kumogakure em uma circunstância caótica. A Portadora da Marca de Ouroboros rapidamente se atentou no epicentro da explosão, virando a cabeça para se deparar com uma cortina de fumaça e chamas, a qual cobria o perímetro poucos metros à sua frente. Estrategicamente, realizou um selo único, deixando que um véu de bruma esbranquiçada se postasse ao seu lado – e dele brotaria uma réplica sua; um clone perfeito. Já com a tática implantada na mente, o clone sentou-se no chão do hotel, cruzando as pernas em posição de lótus e fechando os olhos. As mãos do sósia se entrelaçaram, ao passo que a energia natural do lugar era captada por todos os flancos, se adjuntando no âmago do bunshin. Após isso, Arthuria correria até o núcleo do cataclismo, deixando o clone reunindo o chakra do senjutsu.

A anarquia já havia se instaurado no local. Atentou-se apenas aos civis desprotegidos, correndo em direções desordenadas – fugindo do fogo – e gritando lamúrias aos policiais que circundavam o perímetro. Nesse instante, o carro do tecnólogo de Iwa se encontrava capotado, ao mesmo tempo que um maníaco com apetrechos tecnológicos segurava o corpo do engenheiro da Pedra. Então, a Pendragon estacionou os passos a dez metros do agressor e tentou buscar nele uma fraqueza; mas nada encontrou. Apenas um homem notadamente parecido com Hans Benata, portando tais instrumentos científicos, que certamente catalisavam sua força e, quiçá, sua inteligência.

—— Ei, você!
—— Pare agora e se renda!

Arthuria, 800/800; 700/1475; 00/400; 01/08.
Bunshin, 000/000; 700/700; 50/400.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Qua 9 Jan 2019 - 14:49


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

– Me render? Eu já me rendi há muito tempo, rendi-me à escuridão para criar o mundo dos sonhos. Onde todas as invenções e suas patentes tenham um lugar certo no cursor do mundo shinobi. – Hans em um ato bastante vaidoso e extravagante de sua parte esbanjava o seu corpo todo modificado. Era a sua maior conquista. – Veja... Esse meu automail. – Ele indicava o seu braço esquerdo. – Lembro como se fosse ontem, foi a primeira patente que eu reclamei e o primeiro assassinato que eu cometi. – Apesar das palavras que podiam soar fortes aos ouvidos da heroína, ela veria que ele transmitia tranquilidade em suas palavras. – A parte da cintura para baixo, em seu esboço original foi criado para atender a necessidade de um cavalo paraplégico, um cavalo... Você sabe o quanto comporta o peso de um cavalo? A força que esse equipamento não implica? – Passava para sua próxima modificação. – O óculos? É interligado aos fios e sensível ao toque e controlam diferentes filtros de visão. – Concluía. – Todas essas invenções com imensa capacidade de dar resultados, mas pensadas por mentes fracas e incapazes de enxergar um futuro com elas. No fim das contas eu fiz um grande favor a essas pessoas.


As próteses das pernas eram feitas de ligação de carbonato de alta densidade com tecnologia de amortecimento de energia integrada para regular sua velocidade. Hans investia com uma incrível velocidade de 30m/s contra o seu acusador e realizava um ataque com a lâmina de sua espada, com um brilho único alaranjado e e um nível A, na vertical, de baixo para cima, tendo a cintura de Arthuria como alvo. Restava agora ver como reagiria nossa protagonista com todas as informações adquiridas e resposta diante do ataque inimigo.

Spoiler:
Post 7/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Qui 10 Jan 2019 - 11:38


[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  10YfkBH

A Princesa de Camm bufou, deixando que a tranquilidade continuasse a circundar seu corpo e sua alma. Enquanto o inimigo falava, a kunoichi sacava as duas Presas posicionadas na região dorsal, usando de um serene puxão para que se efetivasse tal ato. Ainda assim, os olhos cor de esmeralda prosseguiam na missão de avaliar o careca, notando que o mesmo já havia instalado o apetrecho de Alana, o chamado automail; porventura, Benata introduziu outras equipagens no corpo, tais como um óculos para diferentes campos de visão e uma manta de aço para as pernas, o que certamente garantia mais força em suas pernas, e portanto, maior velocidade. A Pendragon atentava-se a todos os detalhes, com as mãos apertando os cabos de ambas as espadas lendárias. As Presas pareciam pedir sangue.

Repentinamente, Hans se transformou em um borrão. Arregalando os olhos, a kunoichi juntou as mãos em um selo único, manifestando sua kekkei genkai para que sua celeridade sofresse drásticos reforços, e depois desatou-as. Graças à energia da linhagem sanguínea, Arthuria Pendragon ficou a par da situação; uma ofensiva vigorosa, que provinha do solo e ascendia em rasante, na tentativa de cortar a moça de baixo para cima. Rapidamente, a loira executou um salto para trás, percorrendo dois metros e cinquenta centímetros de distância, com intenção de desviar do infeliz e brutal golpe de seu adversário. A visão da Princesa, côngrua ao momento impetuoso, buscava no demi-robô alguma área de revide e, quando encontrou, a mesma teve que aproveitar a oportunidade. Apertou ainda mais o cabo da Kiba posicionada na mão direita e transferiu parte de seu chakra para ela. Cerrando os dentes e usufruindo do máximo de seu controle energético, Arthuria conjecturou uma aura azulada ao redor da lâmina, que velozmente cresceu e atingiu maiores proporções, o suficiente para alcançar o corpo de Hans, mesmo daquela distância.

Em um corte rápido, a Pendragon tentou usar de um golpe inteligente e cirúrgico, concebendo um talhe na altura do antebraço do adversário, forte o suficiente para decepar a carne e os ossos. Ainda assim, milimetricamente calculado, o golpe intentava cortar a parte humana de Benata, tirando-lhe então a prótese feita por Alana e atingindo também a saída de um dos fios vermelhos que percorriam seu corpo robótico.

—— Nada disso é seu!
—— Devolva tudo, ou sofrerá ainda mais.

Enquanto isso, no hotel, o clone de Arthuria continuava a reunir energia natural, concentrado no ambiente em derredor, de olhos e fechados e aproveitando a brisa fresca que cobria Kumogakure no Sato naquela manhã.

Arthuria, 800/800; 600/1475; 00/400; 02/08.
Bunshin, 000/000; 700/700; 100/400.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Qui 10 Jan 2019 - 15:40


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

A Pendragon lograva êxito em sua evasiva. Na contramão, procurando uma região acessível que pudesse usar para contra-atacar, pôde perceber que o homem tinha a espada rente ao seu corpo, mantendo os pés afastados mesmo em movimento e segurando o pomo de forma prática. Ele tinha sua postura ereta, com o peito e o tronco projetados para frente durante a investida, o que não permitia brechas por parte de Arthuria. Como uma perita na arte do Kenjutsu ela não teria dificuldades em chegar a esse consenso.

Hans enxergava em sua perspectiva a espada inimiga crescendo bem à sua frente. Sem ter como desarmar a ação da heroína o seu corpo modificado o ajudou com o restante, tendo a parte da cintura para baixo robóticas utilizou de uma descarga elétrica com origem do seu automail na região das pernas. Recebendo uma bonificação em velocidade e força, o homem realizou uma investida a 34m/s, tendo a lâmina de sua espada mantida rente ao seu corpo, apontando para o seu próprio pé esquerdo, o seu ombro direito fora utilizado para acertar em cheio a região do peito com força colossal para cima de Arthuria e em complemento a sua ação ele realizou um movimento com a espada como havia feito anteriormente, de baixo para cima, fazendo um corte médio que teve inicio do abdômen pela região esquerda até o ombro direito de Arthuria que foi arremessada três metros de distância.

Spoiler:
Post 8/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Qui 10 Jan 2019 - 18:17


[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  Ni82wCm

—— Argh. Isso doeu.
—— Mas vai precisar fazer mais do que isso para conseguir a vitória.

A paladina da justiça havia caído, mas seu orgulho não havia sido atingido. Com os olhos vibrantes, levantou-se do concreto quente, embebido até então pelas ondas fulgentes astro solar, ao passo que pressionava sua mão no corte que outrora havia atingido o abdome. Controlando a respiração de maneira dogmática, a kunoichi fitava remansada o adversário, que insistia em posar-se como um déspota, poucos metros à sua frente. Na consciência, a Pendragon buscava respostas para as fatalidades, idealizando o futuro do embate contra o assassino de Alana. Seria esse seu fim? Seria este o destino da filha de Igraine, a herdeira legítima do trono de Camm? Seria este o desfecho da protagonista de Hikari Opus, o protetor de Kumogakure e Herói do Tempo? Seria esta a sina da assistente da Raikage, que lutou contra as forças de Shaka e intoxicou-se com a vitória? Um categórico não reiterava na mente da moça de fios dourados, que respondia com um sorriso genuíno no canto da boca. Usufruindo de um estranho ângulo ocular, visualizou o decote da blusa negra, observando o dragão do inúmero posicionado alguns centímetros acima dos pequenos seios. Estava na hora.

Com o ímpeto de uma verdadeira heroína, Arthuria liberou seu poder, deixando que a força transpusesse a carne. Inopinadamente, as íris oculares mudaram, aderindo uma coloração parcialmente esbranquiçada, semelhante à própria luz. Os cabelos ficaram ainda mais saturados por dourado, deixando-o em uma tonalidade mais vívida, fulgurante. A musculatura da moça se dilatou, abraçando o acréscimo de força e velocidade que a kunoichi ganhava com tal metamorfose. Se não fosse o bastante, uma torrente imaculada de chakra cobriu seu corpo, manifestando o autêntico Nirvana na terra. Este era o Oroborosu Mōdō, a transformação especial que a Marca de Ouroboros garantia à Arthuria. Se não fosse a confiança de Opus, a pequena jōnin não seria capaz de conservar tamanho poder. Cerrou os punhos, aguardando.

Enquanto Arthuria efetivava sua mudança abrupta de chakra, seu bunshin abria os olhos. Com seu trabalho finalizado, a réplica se desfez após um repentino estrondo de fumaça, deixando que a energia voltasse apressadamente ao corpo da verdadeira Arthuria. No ardor do momento, a Pendragon pensou em testar ainda mais a sua força. Controlando a energia natural agora abstraída no corpo, a ninja elevou seus níveis de chakra ao extremo, intentando efetivar mais uma de suas transformações. De olhos fechados e com os pensamentos remansados, lembrava-se dos momentos que passara na Montanha da Tranquilidade, junto com Raijin e sua corte; onde aprendera a dominar os mistérios do Senjutsu.

—— Modo Sábio.

Disse repentinamente, ao mesmo tempo em que riscos negros começavam a cobrir toda a pele, semelhante à pelagem dos tigres. Quando abriu os olhos novamente, as íris que antes estavam brancas passaram a ficar mais luminosas, tendendo ao amarelo ou dourado, ao passo que uma pigmentação totalmente negra cobria o contorno dos olhos. Nesse ínterim, Arthuria sentiu-se mais assídua para com o ambiente que a cercava, sendo possível sentir o transitar dos animais, o sibilar dos ventos e até mesmo perceber o galgar das nuvens na trilha celeste. Ainda assim, em uma extensão pequena, os ouvidos da Pendragon aumentavam ainda mais sua competência, permitindo escutar os mais tácitos movimentos. Por sua vez, a musculatura das pernas pareciam ganhar um acréscimo em sua força, tal como os tigres que detinha um contrato de sangue. Posterior à conclusão das transfigurações, a Sennin aproveitou para recolher mais chakra da natureza, deixando que seu corpo e sua mente fizessem tal ofício.

—— Aincrad.

Enunciou, após segurar firme o cabo da Kiba localizada na mão destra. Transferindo parcelas de chakra para a lâmina lendária – ora normal, ora natural – Arthuria embebeu a espada com uma aura crócea, garantindo um aspecto sagrado para o objeto. Não obstante, após uma fração de segundos, o chakra que envolvia a Presa dissipou-se na atmosfera, formando uma dezena de pequenas fagulhas luminosas, que circundavam o ambiente em uma dança descontrolada. Após o piscar da moça de olhos esmeralda, as centelhas obedeceram suas ordens e se acoplaram acima de Hans, formando uma digna auréola, com as pontas apontadas para o corpo do vilão.

—— Dispersar!

Exclamou, vendo as chispas elétricas irem de encontro ao homem, com a intenção de acertar o pescoço do mesmo. Após os infinitos acréscimos em seu poder, a Pendragon tinha total confiança em seu ataque. Esperava que a tecnologia não fosse o bastante para suportar o poder de um ninjutsu destrutivo.

Arthuria, 765/800; 1200/1475; 100/400; 02/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 1:04


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

O sucesso do ataque da nossa protagonista levantava uma fumaça cinza proveniente da descarga elétrica. O cenário inicial apresentava Hans Benatta imóvel, com o corpo em pé, era como se o sistema responsável pelo seu funcionamento tivesse tomado um curto circuito, no entanto, a fumaça em seu rosto ainda era um elemento surpresa para a nossa protagonista.

Quando a fumaça se dissipasse por completo, Arthuria poderia confirmar que do pescoço, região visada, até o topo da cabeça inimiga, tinha a sua metade completamente destruída. Também poderia confirmar que a mesma circulação antes exposta no exterior do corpo do atacante tinha sua origem desde o interior do corpo e os óculos anteriormente vangloriados estavam escuros, em um claro sinal de que havia perdido todas as suas funções. A verdade é que o nosso antagonista havia deixado de ser um humano fazia muito tempo e se entregado completamente as modificações corporais que o transformavam em uma arma potencialmente perigosa ao mundo shinobi.

Cegado e atordoado pela eletricidade, Hans fez sua última cartada. Suas ligaduras vermelhas rodeavam o campo a sua volta em uma extensão de dez metros, estando Arthuria no epicentro, criando várias pequenas explosões em resposta. No meio da explosão, uma grande nuvem de fumaça obrigaria Arthuria a criar uma estratégia. Se mantivesse sua postura calma inabalável como presenciamos anteriormente, a jovem de cabelos dourados poderia assumir certa aleatoriedade nos movimentos do seu adversário, como se fosse uma resposta automática e impensada. 

Spoiler:
Post 9/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 15:06


[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  ZhQtNsu

—— Parece que acabou.

Disse, quando o embalo energético rebimbou pelos ares, criando no campo de batalha uma densa cortina de fumaça. Não se importou com a mesma, apenas fechou os olhos e aproveitou o momento, deixando que a fuligem cinzenta fosse de encontro ao corpo, mas sendo rapidamente desviada pela aura luminosa que acobertava a Pendragon. Gozando de sua sincronia com a natureza circundante, Arthuria relaxou os músculos e permitiu que a energia natural adentrasse ainda mais no seu organismo, encharcando a alma com os benefícios do Senjutsu. Não obstante, continuava a segurar firme as Kibas, as quais estavam até então ávidas para cortar o adversário naquele combate. Após abrir abruptamente os olhos, a kunoichi mais uma vez transferiu seu chakra para a arma da mão direita, ao passo que um impacto na atmosfera tentava dissipar a fumaça reunida no cenário do duelo.

—— O que diabos é isso?

Retrucou subitamente, vendo a efígie de Hans aparecer no meio da bruma acinzentada. Atingida pela ofensiva de Arthuria, parte da cabeça do homem foi desintegrada pelas fagulhas elétricas do Aincrad, divulgando que os fios rubros que brotavam para fora do seu corpo partiam de dentro do organismo, onde provavelmente havia sido introduzido seguindo parâmetros científicos e tecnológicos. Além do mais, os óculos que antes permitiam a visualização de diferentes focos luminosos agora se mostravam totalmente pretos, alvejados pela eletricidade pujante da heroína de cabelos dourados. Sem o benefício da visão, audição e quiçá outros sentidos, Benata propagava suas ligaduras avermelhadas pelo cenário, deixando que pequenas explosões incidissem na atmosfera.

De maneira repentina, Arthuria guardou suas armas no coldre, fazendo um simples movimento de mãos para alocá-las nas costas. Não precisaria delas, não mais. Sem tirar os olhos do careca e notando certa aleatoriedade nos flagelos das faixas carmesins, a kunoichi avançou. Flexionando a perna e usando o máximo do impulso muscular, executou um exímio salto, usufruindo do execpcional estilo de luta dos Hoshizora no Tora, os Tigres do Céu Estrelado. O pulo exalava todo o espírito de um felino contido na Princesa de Camm, indo em direção ao adversário de maneira retilínea e uniforme. Conquanto, caso alguma das arrebentações viessem de encontro com o corpo da kunoichi, a Sennin utilizaria de movimentos simples, abusando da velocidade para tentar emitir cambalhotas graciosas no ar, fugindo para a direita ou para a esquerda.

Quando se postasse à um metro do robô, Arthuria viria em queda, estacionando aos pés do homem com as duas mãos no chão – uma posição quadrúpede, como um felino. Em um bote rápido e utilizando do máximo de sua força, a kunoichi colocaria a mão no centro do peito do vilão, onde um grande xis se mostrava aparente. Assim, já tendo notado que ali tinha alguma fonte de poder, tentou puxar o objeto para fora do corpo do adversário, de forma que o equipamento se desvencilhasse de Hans.

Arthuria, 765/800; 1100/1475; 200/400; 01/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 16:02


Narrador: nabucodono

Missão: S

@Ablon.

Os transeuntes que haviam parados para observar o combate no centro do vilarejo e os próprios membros da força policial de Kumogakure no Sato tinham seus olhos arregalados e estavam boquiabertos. Aquela que era dona de inúmeras conquistas, que ocupava o cargo de tantas responsabilidades dentro do vilarejo, como assistente da kage e tinha dentro do seu vilarejo um incrível reconhecimento ao ponto de que seus cabelos dourados bastassem dançar com o vento para ser lembrada, estava no centro de destaque daquela batalha. – Que talento. – Falava um curioso. – Incrível, eu que não quero arrumar problemas com ela. – Dizia o outro. – Eu estudei com ela, nos tempos de academia ela sempre esteve em segundo plano, atrás de mim claro. – Gabava-se um mais emocionado, sendo respondido com risos por aqueles que o escutavam. Era uma mentira descabida e ele não fazia questão de disfarçar.

Com uma eximia destreza e tranquilidade ela removeu o dispositivo acoplado no centro do peito do atacante. O homem modificado, esgotado, desligava-se como uma verdadeira máquina, caindo aos pés da heroína. Uma quantia de centenas de aplausos das testemunhas da gloriosa batalha travada pela Pendragon era iniciada. Se resolvesse abrir a caixa quadrática que cabia na palma de sua mão, veria o mesmo item mostrado por Alana ainda lá atrás, em seu quarto. A missão havia chegado ao seu término, restaria vermos os últimos cuidados que seriam tomados pela nossa protagonista, que era a autoridade em comando.

***

Na manhã seguinte. No cemitério de Kumogakure no Sato em um terreno de propriedade da família, três caixões eram colocados sobre sete palmos de terra. A chuva disfarçava as lágrimas daqueles que se consideravam os mais fortes, pilares da família. O silêncio era predominante sobre o velório, talvez não houvesse palavras suficientes a serem ditas ou quem sabe a dor de todos ali era tão grande que nenhuma palavra seria forte o bastante pra expressar o sentimento de conforto. Avôs e avós, tios e tias, amigos e amigas, era uma concentração de pessoas com tal dor que tornava quase insuportável ficar ali. 

Spoiler:
Post 10/10
fire blacksmith

Zireael
Chūnin
Zireael
Vilarejo Atual
fire blacksmith

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 20:49


[S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas.  Vl4mU5w

Finalmente havia terminado o embate. A mão da Princesa de fios dourados penetrou no corpo do homem e puxou o objeto acoplado ao seu esqueleto, tomando o dispositivo e derrotando o oponente. Nesse ínterim, as transformações especiais que velavam o corpo da kunoichi se dissipavam na atmosfera, adjuntando com a energia cósmica na abóbada celeste. Os olhos voltaram à sua coloração padrão; o mesmo ocorreu para os cabelos e para os músculos. As listras negras sumiram abruptamente, e Arthuria deixou que o chakra natural se desvencilhasse do espírito. De corpo e alma, a Pendragon agradecia ao demiurgo por ter sido capaz de fazer justiça. Pensou em Alana, ao mesmo tempo em que via os pedestres alocarem-se em derredor, surpresos com os feitos da loira. Mas estava feito, a heroína vencera. Subitamente, lágrimas começaram a brotar de seus olhos, manifestando a crença que a jovem tecnóloga se encontrava em um lugar melhor, em um universo que transcende a própria matéria. E, para nossa protagonista, não há no mundo pensamentos tão convincentes como as lágrimas. Deixou que as forças policiais tomassem as providências finais, sumindo do local em um piscar de olhos.

...

Uma grande cerimônia acontecia no extremo sul de Kumogakure. Um amontoado de pessoas se alocavam nos entornos do terreno, o qual outrora pertencera à família da falecida tecnóloga Alana, sendo noticiada nos jornais como vítima de um atentado extremista. O mesmo para seus familiares – sua mãe e seu pai – que também foram alvos do plano maligno de Hans Benata. No calor escaldante de Kumogakure, todos os presentes vestiam-se de preto, transparecendo os reais sentimentos que pairavam no ar – desalento, tristeza e sofrimento. Uma leve chuva de verão bombeava o campo, forçando as donzelas se protegeram com seus guarda-chuvas e sombreiros – também tingidos simbolicamente de preto. Doze homens fortes se distribuíam para carregar os três caixões de carvalho, que após a cerimônia de finados, seriam alocados à sete palmos da terra. No fundo do cenário, uma moça de fios dourados como o sol, olhos verdes como peças de esmeraldas e pele clara com a neve assistia o evento, deixando-se ser refrescada pela chuva. O terno negro e os cabelos loiros bagunçavam-se em meio ao aguaceiro, concomitante a que gotas se acumulavam pelo rosto, principalmente ao redor dos olhos. Mesmo que não estivesse chorando, qualquer um que a visse diria o contrário. Triste, a moça esperou que o evento terminasse, lembrando-se de uma antiga profecia do reino de Camm e recitando-a em voz alta.

—— Em verdade vos digo, que se aproxima o Tempo da Espada e do Machado, a Época da Selvageria Lupina. Acerca-se o Tempo do Frio Branco e da Luz Branca, o Tempo da Loucura e do Desprezo, Teidd Deireádh. O Tempo do Fim. O mundo morrerá congelado e renascerá com o novo sol. Ele renascerá do Sangue Antigo, de Hen Ichaer, da semente plantada. Da semente que não apenas brotará, mas explodirá em chamas.

Arthuria, 800/800; 1475/1475; 00/400; 00/08.

Considerações:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 20:53

@.Concluído, máxima recompensa. (UP)
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [S] Grandes mentes discutem idéias, mentes medianas discutem eventos, mentes pequenas discutem pessoas. - Publicado