:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] Sem Medos - Publicado 6/1/2019, 00:18


Caminhando pelo centro da vila observava os moradores andando de um lado para o outro, movimento normal naquela hora do dia. Olhava de um lado para o outro a procura de algo fora do normal, assim como fizera na noite anterior aonde percorrera toda a vila fazendo sua ronda após ter uma insonia. O sol iluminava os céus sem nuvem alguma atrapalhando, era assim quase todos os dias. Seus olhos focavam-se no alto, quando avistou um pássaro vindo diretamente em sua direção. "O que será?" Se perguntou curioso.

O animal pousava em seu ombro de forma delicada, evitando de machucar o jovem de cabelos alvos que estava em seu melhor estado atualmente. Em sua pata tinha um pequeno pergaminho preso, sinal de uma nova missão a fazer. Pegou com a destra, deixando a ave seguir seu rumo para entregar mais mensagens pelo vilarejo. Enfim, abriu o documento tendo a leitura disponibilizada por alguns minutos, o bastante para entender o que devia fazer em seu novo serviço. "Humm, fazer segurança do filho do senhor feudal? Isso vai ser interessante." De fato seria, então não podia negar.

O pequeno pergaminho foi colocado no interior de sua bag, presa na parte de trás de sua cintura por cima de seu kimono preto, sob o sobretudo branco que rotineiramente usava em seus dias normais. Era sim um estilo um pouco mais antigo, mas de toda forma confortável. "Vamos rápido então." Deu um passo a sua esquerda se colocando de frente a parede de uma casa próxima, impulsionando-se contra o solo alcançando o telhado da construção. Tocou seus pés de forma suave, não queria quebrar nada, caso ocorresse seria obrigado a pagar.

Disparou diante das circunstancia diretamente até o ponto de encontro aonde estaria seu contratante. Não chegaria a sua velocidade máxima, pois não podia se cansar antes mesmo de iniciar sua missão. Pulava de casa em casa, percorrendo um longo caminho até enfim ter a visão do ponto de encontro. Pausou seus passos sobre o terraço de uma casa próxima, podia vê-los bem de onde estava devido a altura do local. Ele não estava só, haviam mais cinco homens ao seu redor, o que lhe fez se perguntar o porque de precisar de um simples gennin para sua proteção.

Enfim, não era hora. Deixou seu corpo despencar de cima da casa, tocando os pés sobre o solo de forma suave evitando de se machucar na queda. Caminhou calmamente até o homem, pausando seus passos ao alcançar uma distância de um metro de todos ali. -Yamanaka Kira se apresentando senhor, fui convocado para ser eu guarda costas durante sua estadia. O reverenciava educadamente, esperando por sua resposta.

Se colocou ereto após sua reverencia, olhando diretamente para o homem no centro do circulo humano. Suas palavras eram normais, nem arrogantes nem mesmo hostis, apenas normais. Questionava o garoto sobre os gennins serem o futuro, mas o que ele de fato gostaria. O jovem de cabelos alvos parou um pouco para pensar, tinha que dar uma boa resposta para não agir de forma grosseira perante ao filho do senhor feudal. -Sim, eu acho que os gennins são uma parte fundamental da vila, até porque eles serão os novos Chunnins, Tokujos e jonnins um dia, precisamos aprender desde cedo o caminho que levará nossa vila ao seu melhor. Pausou suas palavras, começou a se perguntar se ele estava mencionando os gennins da vila ou a própria vila em si, mas procurou não falar nada até ter certeza.

Enfim, o interesse pelo resto do vilarejo rapidamente foi posta a mostra. "Entendi, só preciso mostra a vila a ele." -Claro, mostrarei tudo ao senhor. Podemos ir então? O garoto abriu passagem, uma pequena demonstração de educação para com o homem rodeado de guardas. -Como estamos no centro da vila, podemos começar pela loja de comida, eles fazem uma refeição deliciosa de fato. O garoto então iniciou sua caminhada ao lado da roda de mal encarados, mantendo uma certa distância do seu contratante, o bastante para que o mesmo pudesse escuta-lo.

O cheiro de comida pairava no ar, pausaram os passos a frente do restaurante um pouco movimentado. -Está sentindo o cheiro? A comida daqui é muito boa. Sorriu para o senhor, ao terminar de falar. Não sabia se ele gostaria de parar ali para comer algo, então perguntou. -Gostaria de comer um pouco ou prefere seguir adiante? Permaneceu calado, apenas esperando pela resposta.

Pelo olhar do homem ao sentir o maravilhoso cheiro da comida ele gostara do local. No entanto para ele não era hora de comer ainda, porém passaria por ali uma outra hora. -Tudo bem então. O garoto voltou a seguir seu caminho junto de seu protegido, observando atentamente ao seu redor enquanto o escutava falar. Suspirou, trazendo uma grande quantidade de ar para seus pulmões enquanto caminhava.

Em meio ao caminho o homem começou falar o que realmente lhe interessava ver. De fato, a visão de cima das montanhas era deveras esplendida, e isso o interessava também. -Tudo bem, o levarei até lá. Caminhando o contratante fez uma nova pergunta, agora sobre sua kage. A menina que outrora havia ajudado a vila ao derrotar uma invasora que havia matado o hokage anterior. -Então, nossa kage apesar de ser jovem também é bem poderosa. Ela ajudou a salvar nossa vila de uma mulher que nos invadiu tomando o poder, foi uma luta e tanto, e depois de derrota-la ela foi nomeada a nossa nova Hokage. Havia uma certa expressão de orgulho dos feitos de sua superior, uma enorme admiração, mas voltava a si mesmo enquanto caminhava.

Seus passos o levaram até o alto da montanha, tendo uma bela vista da vila por cima. O vento tocava seu rosto, seus olhos miravam o horizonte enquanto os homens se colocavam posicionados ao redor de seu contratante, mas quem se atreveria a ataca-lo naquele local? Enfim. Voltou seus olhos para o homem no momento em que ele o fez uma pergunta um tanto quanto delicada ao seu ver. Levou sua destra mais uma vez até o queixo pensativo, preparando uma resposta enquanto procurava do fundo de sua mente as palavras certas.

Seus pensamentos foram além do esperado, lhe traziam a resposta que nem mesmo havia pensado durante seus dias na vila. Qual era sua vontade para o futuro? Ele respondeu sem muita demora. -Desejo me tornar um Anbu. Um dos melhores no que faço, que de a minha vila tudo o que ela necessita. Devo muito a eles, e por isso quero compensar com meus serviços. Talvez sua resposta não fosse levada muito a sério, alias quem levaria um gennin a sério não é mesmo? Não se importava, era seu sonho para o futuro. Voltou seus olhos para o horizonte, sentindo o vento tocar em seu rosto.

O garoto mantinha seus olhos vidrados no horizonte, apenas desfrutando da bela paisagem que se encontrava naquele instante. Logo foi interrompido pela voz do homem que protegia, o tirando de seu estado viajante em que se encontrava. Voltou sua atenção para aquele homem e o escutou atentamente suas palavras. Não entendeu muito bem sua primeira frase, mas sua sugestão foi bem recebida. -Pode deixar que farei isso senhor. Espero vê-lo mais um dia. O sorriu para o filho do senhor feudal, o reverenciando em forma de despedida para assim partir daquele local.

Já era noite, e ainda sim não sentia nenhum pingo de sono. Perguntava-se mentalmente sobre o que fazer, até que uma ideia lhe veio em mente. Vasculhar a vila seria de grande utilidade, e se por ventura algo de diferente ocorresse se beneficiaria com isso. Logo avançou sobre as diversas casas que haviam ao longo do vilarejo, indo de um ponto ao outro observando a movimentação. Como já estava anoitecendo o movimento de pessoas era bem fraco. Não encontrava nada demais em algumas partes, em outras pequenas conversas entre bêbados, mas nada que o obrigasse a se aproximar.

Resolveu então dar seu último movimento. Se colocou no alto da torre mais alta da vila afim de vasculhar mais amplamente todo o território. Nada, era o que ele podia perceber ao observar a vastidão daquele lugar. Sem mais o que fazer despencou de cima da construção, indo de encontro ao chão suavemente. Seus pés tocavam o solo de forma a não gerar som algum, nem mesmo sofria um impacto tão grande assim. Sem muito o que fazer decidiu então partir para sua residencia, para descansar e tentar dormir.


HP: 325/325 CH: 375/375 ST: 0/3

Considerações:
Jutsus Usados:
Armas Levadas:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] Sem Medos - Publicado 6/1/2019, 01:01

@