Sobreviventes
Shaka retornou. O inimigo número um da humanidade num passado apagado da existência retornou ainda mais poderoso. Os fantasmas dos heróis que o aprisionaram no passado solicitaram a ajuda de guerreiros poderosos que estivessem dispostos a selá-lo na cadeia do tempo, porém, algo de errado ocorreu. Shaka não só conseguiu escapar dos inimigos como ainda corrompeu os fantasmas e roubou uma das três marcas sagradas do tempo. Enquanto isso, as vilas sofreram ataques massivos de seguidores da religião de Jashin, todos acreditando que Shaka é o verdadeiro deus da morte. Templos foram encontrados nos arredores de cada vilarejo e aos poucos foram derrubados. Mas o inimigo da humanidade não tinha apenas uma carta na manga; Kinarra, um demônio antigo, voltou do além buscando a destruição do mundo, entretanto, ao enfrentar os novos heróis da humanidade, acabou se aliando aos humanos até que Shaka reapareceu e a selou novamente mostrando todo o seu poder. O mundo se encaminha para uma era sombria ou de paz? Só o tempo dirá.
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» 3) Solicitações de Avaliação
Hoje à(s) 21:29 por Kamisama

» 2) Modificações de Ranks
Hoje à(s) 21:27 por DelRey

» [ Rank C ] Concurso de Ninjutsu
Hoje à(s) 21:27 por nujabes.

» FP; Priya Hansen.
Hoje à(s) 21:26 por DelRey

» [C.J.] Carl Johnson
Hoje à(s) 21:24 por Mordred

» [C.J] Note
Hoje à(s) 21:20 por DelRey

» [Solo] A velocidade da areia
Hoje à(s) 21:20 por Kamisama

» [QUIMICOS] Ilumi Zoldyck
Hoje à(s) 21:19 por DelRey

» [Ato] Ao Dispor da Vila
Hoje à(s) 21:18 por Selina

» [C.J] Amon
Hoje à(s) 21:16 por Yamānu


[Ato] Yoshiru e sua caminhada Shinobi como membro de Konoha

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo



Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

O sol estava prestes a se por. Entre as montanhas, uma fina camada de bruma se formava como o tecido ao vento de uma noiva dançando, leve como uma pena. Aquele era o panorama de Konohagakure no Sato, em seu interior, um vasto aramado de montanhas de planícies, cortado por infinitas estradas e povoado por centenas de vilas. O vilarejo já estava bastante calmo há essa hora, a maior parte de trabalhadores que encerravam seus turnos e retornavam para casas, repousando em suas camas depois de um jantar em família.

Uma família muito tradicional no vilarejo estava prestes a se servir com o jantar, um cão pequeno que qualquer um não daria a mínima, latia bravamente voltado para a porta da residência dos Miller, fazendo com que interrompessem o jantar para sanar aquela necessidade de calar o cachorro. – Ei, fique quieta, Umi, esse não é horário de sair. Mais tarde passeamos. – A família, composta por um pai, uma mãe e duas filhas jovens, uma com dezesseis anos e outra com dez, viu a mais velha tomando a iniciativa de ver o que era. – Ei, Sarah, não saia assim. – A garota teve a genial ideia de abrir a porta enquanto o cachorro aproveitando de tal brecha saia escandalosamente.

Uma vaga luminância em meio à escuridão das árvores da floresta chamou a atenção da garota. Poderia ser um animal selvagem, ou até mesmo algum mal informado fantasiado de papai noel? Sabe quando você assiste em filmes de terror o protagonista inocente acordando no meio da noite para investigar aquelas passadas suspeitas em sua coragem? Fora confirmada através da garota, que preenchida por uma curiosidade que não poderia ser superada, foi até atrás da cadela e o brilho que lhe chamara a atenção, aproximando-se da floresta. Quanto mais se aproximava, mais certa estava que aquilo tudo não passava de um mal entendido, pois na escuridão da noite, nada se sobressaia perante a copa das árvores. Deu de ombros, deu-se como enganada e se virou para voltar para dentro da residência, mas a cadela ainda permanecia latindo... Então sons rápidos podem ser ouvidos e a fez olhar sobre o ombro. Os olhos arregalaram, o corpo gelou, a nuca arrepiou prontamente, desta vez violentamente. Um grito agudo cortou a tranquilidade na noite de Konohagakure no Sato.

***

A noite caia e a casa dos Miller estava envolta de policiais do vilarejo. O pai era o único a tratar com as autoridades locais, pois a mãe estava em estado de choque e ainda deveria dar suporte para a mais nova. Para olhar para dentro de toda aquela escuridão, só mesmo um membro do clã Hyuga com uma mescla Inuzuka, o jovem Yoshiru. – Pode ir, é sua deixa. – Comunicava o responsável de dentro do gabinete, indicando um pergaminho que continha todas as informações pertinentes para o inicio da missão.

Spoiler:
20:15. Post autoexplicativo. Você tem carta branca quanto a ações que vão te ajudar em uma investigação, como narrar as estratégias que você utilizaria, como interrogar os pais por exemplo, procurar por testemunhas essas coisas, quanto mais criativo você for, melhor, mas não em relação ao cenário.

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 1/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 1/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






As qualidades oculares do byakugan, somadas as habilidades de rastreio do clã Inuzuka, me tornavam um investigador nato. Aparentemente a vila sabia disso e não estava perdendo oportunidades de testar minhas habilidades, era a quinta vez que me chamavam para resolver algum mistério e já estava pegando gosto pela tarefa. Desta vez, o chamado era numa casa de família, as autoridades locais estavam muito preocupadas, havia ocorrido um assassinato aparentemente inexplicável que possivelmente envolvia shinobis.

Chego junto de Kaiba na cena do crime e cumprimento o responsável pelas investigações até agora: - Olá, sou Yoshiru e este é Kaiba. A kage nos mandou para dar uma averiguada. Mostro o pergaminho da missão, enquanto Kaiba se separa de mim e inicia seu trabalho.

O cão circularia todo o perímetro da casa. Ele farejaria todos os shinobis, policiais, membros da família, o corpo e, principalmente, os arredores, em busca de traços de odores que pudessem ligar a possíveis caminhos na floresta.

Ativo o byakugan e minha visão se expande, me torno um telescópio absoluto e começo a visualmente escanear o ambiente, qualquer coisa fora do lugar na floresta, na casa ou entre todos os presentes na cena do crime, passariam pelos meus olhos. Analiso o corpo da menina morta, obsevo como havia morrido e quais conclusões poderia tirar a partir de seus ferimentos. O corpo, por agora, era minha principal ponte de conexão com o assassino, os ferimentos me informariam um pouquinho de como meu inimigo agia.

Depois da análise do cadáver, vou até o pai. - Sinto muito por sua perda. Quem fez isso com sua filha irá pagar, eu garanto. Tento passar alguma confiança para o pobre homem. - Agora preciso fazer algumas perguntas… A família agora, talvez fossem os únicos que poderiam esclarecer um pouco a incógnita do motivo: porque alguém mataria uma menina inocente? Levo o pai para um ambiente fechado para ficarmos a sós, enquanto escaneio visualmente a casa atrás de informações (raio-x byakugan). Procuro principalmente por armas e dinheiro. - Não se preocupe, toda informação que vc me der será classificada e utilizada somente para a investigação de quem matou sua filha, mas preciso que você me responda tudo isso de forma sincera. Preciso saber se vc tem inimigos? Está envolvido em algum tipo de atividade de risco? Percebeu algo estranho nos arredores ultimamente? Algum animal morto de forma suspeita na floresta? Rastro de acampamentos nos arredores? Sua filha estava agindo de forma estranha? Caso encontrasse armas ou dinheiro escondido na casa com o byakugan, adicionaria: - Porque você tem armas na casa, teme pela segurança de sua família? Alguma ameaça? E - Como conseguiu aquele dinheiro, é lícito?








Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 1 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1400 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:
Byakugan

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:
Geralmente visto uma regata branca porém, as vezes estou sem ela. Por cima um kimono velho aberto preto do clã Hyuuga com uma badge preta costurada escondendo o símbolo do clã. Visto uma calça preta com a bainha rasgada e ando sempre descalço.

Kaiba é um cão grande, inteiramente branco e razoavelmente velho, possui algumas cicatrizes no rosto.


Bom, sobre o post, são 4 frentes de investigação, o farejar do cão, o escaneamento ocular, as perguntas para o pai e a análise do corpo.



@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

O mestiço, confiante em suas habilidades no campo da investigação, muito devido à credibilidade conquistada com o auxilio de poderes fantásticos como o Byakugan, chegava à cena do crime e já ocupava seu espaço. – Bem vindo, Yoshiru, espero que acrescente nas buscas. – Disse o responsável até então. – Penso que você seja o mais graduado entre nós, por favor, fique a vontade para tomar a frente. – Concluiu.

Olhando para dentro da escuridão de toda aquela floresta, privilegiado pela rica visão que o Byakugan proporcionava, nada de natureza hostil era encontrado, estava tudo limpo, com apenas alguns animais que tinham aquela área como sua moradia e faziam suas caças rotineiras para sobrevivência, aparentemente nada demais. Todavia, sua ação seguinte não fora tão inteligente como sua primeira abordagem, causando um pequeno tumulto entre os presentes. – Perda? – Repetia a palavra mencionada por Yoshiru. – É isso que vocês estão cogitando? Que ela esta morta? Recuso-me a acreditar nessa possibilidade, por favor, tome cuidado com as suas palavras garoto. – Rebatia o homem, mostrando uma presença assustadora capaz de fazer com que os policiais dessem um passo para trás, claramente irritado com a possibilidade levantada pelo mestiço. – Não é isso, pode ficar tranquilo, iremos trazer sua filha com vida, ele foi infeliz em seu comentário. – Foi interpelado por um dos policiais, determinante para acalmar os ânimos.

Em outra abordagem acertada por parte do chunin, fez com que o homem repassasse um filme em sua cabeça e talvez chegasse a um comentário que pudesse ajudá-lo em sua busca. – Minha filha sempre se comportou muito bem, inclusive ontem mesmo estava tendo festa de fogueira aqui, com a presença de toda a vizinhança, as crianças estavam circulando livremente, brincando entre elas, e não tivemos nenhuma problema, tudo indicava que não. Agora, se eu tenho inimigos? Bem, eu sou o dono de uma empresa de publicidade e propaganda aqui em Konoha, temos um alcance significativo por toda a região e dependendo do tipo de noticia que minha empresa circula pode trazer lucros para certo negócio, ou... prejuízo. Agora que você parou para raciocinar, pode ser que alguém esteja fazendo algum tipo de retaliação.


Olhando para dentro da residência dos Millers, Yoshiru podia notar a irmã mais nova já repousando em seu quarto no andar de cima. A mãe, no entanto, estava muito acelerada no quarto do casal, podendo ver através de seu Byakugan uma mesa voando pra lá, um abajur voando pra cá, até que ela se sentou ao pé da cama e ali se afogou em um mar de lágrimas, gestos esses justificados pelo recém sequestro de sua filha. No subsolo da residência, uma academia de boxe poderia ser notada, sendo um par de luvas, principal ferramenta utilizada no esporte, a arma mais nociva que poderia ter a tradicional família em sua residência, próximo das crianças.

Spoiler:
20:15. Post autoexplicativo. Cara, gostei do seu estilo de narração, só assim, eu pedi para que não narrasse nada referente ao cenário, e isso incluía os NPCs, a garota não está morta, eu não indiquei isso em meu post então qualquer menção relacionado a corpo encontrado eu não levei em considerações. Do mais, destaquei nos posts suas decisões acertadas que você teve, gostei mesmo das estratégias adotadas, só manter o nível. 

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 2/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 1/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário







Enquanto o pai de família responde, sirvo um suco de laranja para ele. Desativo o byakugan, para não me cansar desnecessariamente e retiro da minha bolsa ninja um item pouco usado pelos shinobis, a caderneta. Apoio o caderno na mesa, de forma que o homem não visse o que estava escrevendo. Enquanto ele falava, escrevia algumas palavras chave: fogueira, vizinhança, publicidade, lucros ou prejuízos. Enlaço as últimas palavras, meu primeiro palpite seriam os negócios. - Preciso saber para quem você tem trabalhado e qual o atual desempenho das empresas que você cuida. “Konoha é uma balança, quando alguém sobe outro desce…” penso. Deveria analisar quem eram seus concorrentes comerciais e se havia o envolvimento de alguma organização criminosa. A inteligência da vila guarda todo tipo de registro, se pudesse confirmar que uma empresa rival possui um passado atrelado a métodos suspeitos, teria uma pista quente.

Kaiba pula na masçaneta pelo lado de fora, abre a porta e entra no ambiente, alerto o homem antes que se alarmasse: - Este é meu companheiro animal, Kaiba. Rasgo uma folha do caderno e prendo na coleira do cão. Faço um carinho em sua cabeça e falo para ele: - É para o policial chefe, retorne com uma resposta, rápido. O cão sai da sala e corre para entregar o bilhete.

Enquanto o Nikken não retornava, dou continuidade a conversa: - Sobre sua filha, conte-me mais, por acaso ela se aproximou de alguém novo nessas últimas semanas?

A mensagem que Kaiba levava até o policial chefe era:

IMEDIATAMENTE, averiguar precedentes e fichas de inimigos econômicos das empresas x, y e z*.







Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 0 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1400 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:
Perdão, fiz aquela interpretação precipitada sem ler atentamente.
Sobre o post, é bem autoexplicativo, fico no aguardo da resposta da inteligência sobre os possíveis inimigos economicos do pai. Se for preciso, para agilizar o deslocamento, Kaiba vai utilizar velocidade 5 para pegar o relatório etc.


*x, y e z são as empresas em referencia a resposta dada pelo sujeito



@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Atencioso durante toda sua abordagem, Yoshiru prestava atenção até aos mínimos detalhes. Através de sua franca observação, um bilhete, muito bem formulado por parte do mestiço, fora mandado através de Kaiba para os policiais ao lado de fora da residência que receberam a mensagem. Quando o cão retornasse, Yoshiru deveria entender o sucesso em seu movimento. – Eu trabalho para todo o vilarejo, desde um recém-inaugurado mercado que queira atrair clientes até para implantar informações fal... Quero dizer, que ajudem a movimentar o comércio no vilarejo.  

Como alguém que teve próximo de fazer um comentário infeliz, o homem desconversou. – Minha filha é uma pessoa muito reservada. Ela não é muito sociável com as pessoas. – A dupla foi interrompida pelo toque do telefone. Nesse instante a matriarca da família desceu as pressas e atendeu prontamente o telefone, fazendo máximo silêncio enquanto escutava o assunto da ligação. O telefone escorregou de sua mão, ainda podia-se ouvir vozes ao fundo, e a mesma caiu desmaiada no chão. – Com licença, garoto, acho melhor você continuar sua investigação em outro lugar, queremos privacidade nesse momento. – O homem indicava a porta de saída para o chunin.

Spoiler:
20:50. Post autoexplicativo, manda ver. 

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 3/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 3/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






Escuto atentamente a fala do homem, presto atenção em sua linha de raciocínio e percebo sua voz hesitar ao citar sua atividade profissional e sua tentativa de me desconversar. O passo seguinte do homem é tentar conseguir um pouco de privacidade para o telefonema. Entendia suas razões mas não permitiria, um telefonema agora poderia ser o próprio sequestrador. - acho melhor você continuar sua investigação em outro lugar.
- Sinto muito, mas preciso me certificar de uma coisa. Passo a sua frente e pego o telefone antes que ele atendesse.
- Alô? Falo imitando sua voz. Faço um sinal de silêncio para o homem e escuto atentamente a ligação. Caso fosse alguma tentativa de comunicação dos sequestradores, falaria que estava sozinho e pediria uma garantia de que a menina estivesse viva. Concordaria com quaisquer termos negociados e tentaria marcar um local de encontro, se houvesse a oportunidade, ofereceria dinheiro e tentaria marcar um local para deixá-lo. Caso o telefonema fosse não relacionado ao crime, passaria para o pai de família e aconselharia que qualquer contato com os criminosos deveria ser notificado.


Após ambas possibilidades, saio da casa e vou falar com o policial chefe. - Precisamos providenciar uma pequena equipe para guardar a casa. Temo especialmente pela menina mais nova. Se não houver ninja qualificado para escoltá-la, acredito que Kaiba poderá fazer. Cito meu companheiro e já tento farejá-lo, precisava receber um relatório resposta para dar continuidade a hipótese da concorrência comercial.







Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 0 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1450 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:



@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Foi você quem nos procurou e quis mergulhar de cabeça nos negócios, e então saiu quando quis e da maneira que quis nos trazendo enorme prejuízo. Para o seu bem, acredite que sua filha está morta e viva para proteger as outras duas, pois ainda não acabamos. – Dizia o conteúdo da ligação, desligando em seguida. 

Ao sair para fora da residência, um relatório seria entregue por um dos policiais. – Aqui está o que foi pedido, realmente, encontramos algo de alguns anos atrás. – O relatório apontava que nos últimos quinze anos o homem plantava em sua empresa informações falsas e de cunho danoso à imagem do vilarejo, interferindo significativamente no comercio de Konoha. Era destacado o caso de um carregamento de armamentos básicos como kunais, shurikens e correlatos, que fora vendido para fora por uma margem de preço muito menor do que realmente valia, muito pelas informações duvidosas que o homem manipulava em sua empresa de mídia. – Então, Yoshiru, o que vai querer fazer? – Perguntava o policial. – Parabenize seu cão por mim, fez um grande trabalho. – Complementava.

Spoiler:
20:50. Post autoexplicativo, manda ver. 

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 4/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 3/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário







“Ainda não acabamos…” A ligação confirmava meu temor à vida da mãe e da outra filha. “Preciso de alguém de confiança na casa…” penso. Na rua, leio o relatório. As informações confirmavam uma índole suspeita do próprio pai, porém, não cabia a mim julgá-lo nesse momento, minha missão era capturar os criminosos que atacaram a menina. Ao ser questionado dos próximos passos, respondo: - Dividiremos a missão em duas frentes… A casa ainda é alvo dos bandidos, por enquanto não há ninguém no perímetro, mas tenho certeza que quando nos retirarmos a família estará em risco. Kaiba liderará esta frente, confiem nele, acredito que outros 2 soldados escondidos na casa sejam suficientes por esta noite. Faço um carinho na cabeça do nikken. - Enquanto isso, eu irei atrás de informações do paradeiro da filha. Eu e Kaiba nos afastamos dos policiais para conversarmos rapidamente antes de nos separarmos. - Você tem certeza disso? O cão rosna baixo para mim, de forma que ninguém pudesse ouví-lo. - Separados somos mais fracos… - Vou tentar manter a discrição e, por enquanto, evitar confrontos. Não confio totalmente na capacidade deles cuidarem da casa, seu faro é essencial para a segurança. Além disso, quero que você monitore a atividade do pai. Eles ainda não sabem que você fala e compreende humanos, pode conseguir informações essenciais estando por perto. Acredito que ele vá entrar em contato com os sequestradores. O cão concorda com a cabeça, havia entendido tudo. - Se estiver em apuros, uive o mais alto que conseguir para a lua. Farei o mesmo caso consiga algo ou fareje um ataque....


Retornamos para a casa, informo o patriarca que o cão ficaria de escolta e talvez alguns outros shinobis escondidos. Antes de sair, peço uma peça de roupa da garota desaparecida. - Sou um rastreador olfativo. Informo para justificar o estranho pedido. Com algum item da menina em mãos, sinto seu cheiro e decoro suas características pessoais. Seu aroma facilitaria a procura pois seria capaz de perceber um rastro nos locais onde ela passou em um raio de mais ou menos 5 quadras de distância, o suficiente para realizar uma busca muito objetiva.


Saio da casa e me separo de Kaiba. O cão fica. Circula pelos corredores da casa, atento a qualquer cheiro inimigo mas também atento às conversas alheias. Sabiamente, busca a confiança da menina da casa. Se aproxima de forma dócil, abana o rabo e se mostra brincalhão, uma atitude que, para quem conhecesse o cão velho, saberia que era apenas uma estratégia.


Enquanto isso, sozinho, me desloco apressado até uma região industrial de konoha. Seguindo a pista da corrupção na venda de kunais, procuro a empresa que havia saído perdendo no negócio, quem produzia e fornecia as armas. Ao chegar perto da empresa, início uma investigação olfativa, para ver se conseguia sentir um rastro do cheiro da garota.









Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 0 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1400 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:
olfato inuzuka (shinobi e nikken) = 600m



@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

O comércio estava fechado. As ruas quietas. Yoshiru se aproximou das instalações desertas da loja que tinha como nome "Aço, Metal & Folhas, Armas de". Pelo horário a produção do segundo turno já havia se encerrado e a do terceiro turno estava prestes a começar. Sua estratégia havia sido correta e bem executada. O cheiro presente na peça de roupa que havia tomado poderia ser sentido muito fracamente no ultimo andar do prédio de quatro andares.

Spoiler:
20:50. Post autoexplicativo. Cara, desculpa o post fraco só estou escrevendo pra você ter algo com que trabalhar mesmo, meus familiares ainda estão em casa até quarta-feira e estou com uma ressaca fodida que ta me dando dor de cabeça só de olhar pra essa tela. Mando MP com mais detalhes.  

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 5/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 5/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário







O suave cheiro da garota vindo de um prédio industrial me desperta. Até então não havia tido uma confirmação tão palpável de que estivesse no rastro correto e sentir seu cheiro em um ambiente tão improvável era uma injeção de adrenalina em meu cérebro. Inseguranças e incertezas a despeito de ter me separado de Kaiba e optado por ir atrás da menina ficavam para trás. “Preciso saber o que ocorre aqui…”
Oculto pelas sombras da noite, pulo em direção a uma parede como apoio para meu pé e me lanço para cima. Em um movimento rápido e natural, escalo o prédio vizinho e pouso silenciosamente em cima do telhado. Furtivamente, me escondo atrás de um grande exaustor, comum em prédios industriais. Fora da rua e do olhar de qualquer passante, ativo o byakugan. Um véu se retira do meu rosto e passo a enxergar o mundo como, na minha concepção, de fato ele é. Respiro aliviado de poder finalmente enxergar “de verdade”. Qualquer pessoa que experimentasse a ampliação visual proporcionada pelo byakugan, sentiria-se cega ao retornar aos olhos mundanos. Ativá-lo era um extase, regiões adormecidas de meu cérebro se ativavam de forma repentina, para assimilar uma quantidade inimaginável de informação visual para qualquer outra pessoa e, mesmo qualquer outro doujutsu.
Satisfeito, com um sorriso pós-orgasmático em meu rosto, saco meu bloco e minha caneta, era hora de trabalhar. Transpondo qualquer barreira visual, analiso o prédio a frente por inteiro. Podia identificar todos os chakras presentes, como se moviam, qual eram seus tamanhos. Começo a anotar a posição de todos no prédio, principalmente do último andar. Busco, principalmente, um chakra específico: o da menina.







Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 1 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1400 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:
Kaiba está vigiando a casa.
Post autoexplicativo, quero as informações de todos presentes no prédio e tal, pra traçar uma estratégia de assalto.


quanto ao seu post: de boas mesmo, sem pressa, essa época é difícil mesmo. Já aviso que hj vou viajar para ver uns parentes e volto lá pelo dia 26/27! Boas festas pra ti!! ^^



@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário

O mestiço se precaviu para fazer uma abordagem mais segura e com a maior eficácia possível. O que o jovem podia visualizar com a rica visão que sua kekkei genkai proporcionava era um edifício pequeno que tinha como fundação executiva de blocos. A linha de produção começava já no primeiro andar com 24 funcionários treinados, responsáveis por separarem os materiais que seriam utilizados para o emprego da construção das armas básicas. O segundo andar, era a linha de construção, com 16 funcionários e 4 ferreiros entre eles, que cuidavam dos formatos, durabilidade e afins. O terceiro andar era onde ocorria toda a logística, com apenas 8 conferentes, era onde se dirigia o  carregamento e direcionamento para os compradores e exportadores. O quarto e último andar era o executivo, com 4 cabeças. O alvo de Yoshiru era uma espécie   de CEO, e os outros três eram chefes dos respectivos setores. O homem em questão tinha em sua mesa uma peça da roupa da garota, uma jaqueta, em sua mesa e parecia chorar copiosamente.


CONSIDERAÇÕES: Desculpe por fazer esperar e a falta de formação no post, meu notebook está no técnico e devo receber ele até amanhã(sexta-feira), estou fazendo do celular mesmo por hora. Muito bom seu personagem afinal, parabéns. @Yoshiru

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário







Os resultados da análise do prédio me permitiam 2 conclusões: a entrada óbvia, mais segura, era pelo telhado, pois assim evitaria diversos andares de operários e, a menina não estava lá, mas seu rastro ainda estava “fresco”. Desativo o doujutsu para não me cansar precocemente, todo meu poder visual se esvai e parte de meu cérebro adormece. Porém, a data fundamental, fornecida pelos meus olhos, agora estava registrada no caderno.
Com uma mistura técnica de deslocamento única, me movo de forma quasi-quadrúpede, semelhante a um animal que corre silenciosamente pelos obstáculos de uma floresta. Era a síntese dos dois clãs, a incrível leveza de passos e toques que havia treinado uma vida inteira dentro dos templos do clã Hyuuga, transcrevia na suavidade com que realiza um parkour animal, típica movimentação Inuzuka. Meus pés e mãos mal alcançavam o chão e já me lançavam à frente.


Chego ao topo do prédio pego meu caderno e olho algumas anotações sobre possíveis entradas, havia desenhado um curto esquema de exaustores e ventilação do prédio. Me esgueiro para dentro do duto de ventilação e deslizo até ficar na altura do andar da administração. Era extremamente claustrofóbico ficar ali dentro e com certa dificuldade, me arrasto até me aproximar da boca de exaustão que ligava a sala da administração. Por hora, meu plano era escutar a conversa.


Caso o duto fosse estreito demais para meu corpo passar (ainda sou criança!) me esgueiraria pela parte externa do prédio e tentaria escutar a conversa, oculto no parapeito da janela.
  





Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 )  CH ( 1000 | 1000 ) ST ( 0 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) CH ( 1400 | 1450 ) ST ( 0 | 7 )


Jutsus Usados:

Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)

Considerações:
Vou viajar hoje a noitinha para uma festa de ano novo, retorno dia 2 ou 3



@Nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Yoshiru se desdobrava ao máximo e era beneficiado pela agilidade que os membros do clã Inuzuka possuíam. O jovem chegava com sucesso até o limite do escritório do CEO da empresa. Para sua surpresa, a porta se abrira com a sua chegada, a peça da garota podia ser notada em suas mãos. – Quem é você? É alguma espécie de mensageiro deles? Eu não aceitarei fazer parte disso e essa é a minha resposta final. – Yoshiru podia sentir a voz embargada do homem, e, com a peça da garota em mãos, ele parecia desaprovar qualquer ato cometido contra a família, principalmente contra a garota. – Eu juro que se vocês a machucarem, eu usarei toda a minha influência para acabar com vocês. – Ele complementava. Restava agora aguardar e ver como nosso protagonista prosseguiria com a investigação.

Spoiler:
21:30. Post autoexplicativo. Cara, desculpa o post fraco só estou escrevendo pra você ter algo com que trabalhar mesmo, meus familiares ainda estão em casa até quarta-feira e estou com uma ressaca fodida que ta me dando dor de cabeça só de olhar pra essa tela. Mando MP com mais detalhes.  

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 7/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 7/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário





Os homens da sala estavam aparentemente divididos entre o fato da garota ter sido capturada. O aparente CEO não estava de acordo com os rumos que aquela situação havia tomado. – Eu juro que se vocês a machucarem, eu usarei toda a minha influência para acabar com vocês.
Aguardo até o homem ficar sozinho na sala. Ativo o byakugan para realizar o assalto com maior “segurança”. Observo os outros conferentes saírem da sala e, quando julgo estarem a uma distância segura, chuto a grade do exaustor da sala e pulo para dentro do gabinete rapidamente. Com velocidade máxima (vel 8), avanço contra o CEO como o vulto de um animal selvagem, tentando derrubá-lo de costas no chão, imobilizá-lo com os joelhos em seus braços e amordaçá-lo com minha mão em sua boca. Tento realizar o assalto de forma tão rápida que não desse tempo para o homem gritar ou ter qualquer reação de espanto. Com o byakugan, observo a movimentação do resto do prédio, não permitiria que tivéssemos companhia.
Com minha mão livre, faço sinal de silêncio para o homem - shhh…. Estou aqui para ajudar. Retiro a mão que estava tapando sua boca. Por mais contraditória que fosse minha fala em relação a minha invasão, não poderia entrar no gabinete pelos dutos de forma pacífica sem levantar absoluto alarde e suspeita. Ainda imobilizando o homem, começo a questioná-lo: - preciso que me fale tudo que sabe sobre a garota. Sem poder confiar totalmente no ceo, saio de cima de seu corpo e o levo para a cadeira, aonde o amarro firme com alguns metros de fios. Caso resistisse, não exitaria em utilizar minha força e proficiência em taijutsu máximas (3 e 4) para contê-lo. - Por enquanto terei de amarrá-lo pois não sei se é confiável. Preciso saber quem levou ela e para onde. Falo enquanto recolho o casaco da mesa. Era mais um item para reforçar meu faro.




Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) • CH ( 980 | 1000 ) • ST ( 1 | 5 )

Kaiba:
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan
Shikyaku no Jutsu
Rank: D
Descrição: Esta técnica concede instinto de luta acelerado e reflexos como animal para o usuário. Por envolver todo o seu corpo em chakra e mover-se de quatro, eles podem obter movimento de alta velocidade e reflexos como o de um animal selvagem. Ensinada apenas para os membros do Clã Inuzuka, essa técnica constitui a base do estilo de luta Taijutsu de um membro da Clã Inuzuka, e acrescenta ainda mais a sua aparência feroz, como, seus dentes caninos, seus dedos e unhas crescem ao comprimento de garras, seus olhos também se tornam mais selvagens com suas pupilas tornando-se fendas.

Quando sob os efeitos desta técnica, um Inuzuka mostra grandes feitos de força física, velocidade, agilidade e resistência. A forma é mais adequada para o uso e apoiar as ferozes táticas "bater-e-esquivar" que o clã é bem conhecido, deixando o inimigo quase nenhum tempo para lançar um contra-ataque. Este estilo de luta é chamado de Jūjin Taijutsu (獣人体術, Taijutsu do Homem Besta; Literalmente significa "Técnica do corpo da Besta Humana") por Kiba e contém muitos ataques, tais como técnicas secretas.
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 5/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan 2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
Fiquei um pouco confuso com quem era quem dentro do gabinete, então fiz um post mais focado no ceo.
Kaiba ainda está fazendo a guarda da casa.
Desculpa o atraso, acabei demorando um pouco mais para voltar da praia (ano novo), mas agora já estou normalizado.

@Nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

– Tudo bem, irei te contar tudo o que sei, desde o inicio. – O CEO se levantava e pegava uma xícara de chá, como forma de se acalmar. – A garota não é o ponto principal aqui, e sim seu pai, Jeremiah Milles, ela apenas foi uma ferramenta utilizada para compensar um erro obscuro no passado da sua família. Jeremiah lidera uma empresa de publicidade e propaganda muito bem sucedida em Konohagakure no Sato, porém nos bastidores o grande empresário é conhecido como Hurricane (O Furacão) devido às suas grandes capacidades atléticas que renderam inúmeros títulos no mundo da luta e ter sido conhecido por derrubar seus adversários logo nos primeiros assaltos. – Ele fazia uma pausa, aproveitando para tomar um gole entre uma fala e outra. – Em seus tempos dourados ele sempre viajou pelo mundo a fora representando o vilarejo no mundo do boxe. No lugar de um cinturão ele carregava uma forma de bandana, orgulhoso de seu vilarejo e consequentemente trazia recursos consigo após retornar de viagens, sendo responsável por fazer ligação direta com Konoha e os outros países. Porém, nos últimos quinze anos se sentindo pouco valorizado e jogado para escanteio, ele começou a trabalhar para organizações clandestinas vindas de fora do País do Fogo, sendo responsável por plantar informações falsas e de cunho danoso à imagem do vilarejo em sua empresa, interferindo significativamente no comercio de Konoha. No entanto, devido a uma doença que acometeu sua esposa e o tratamento bem sucedido dentro do vilarejo, tendo sido muito bem tratados pelos médicos e instalações que frequentaram durante esse período difícil, o empresário repensou seus conceitos e começou a se redimir, fazendo grandes doações para instituições necessitadas e encerrar quaisquer atividades em sua empresa de cunhos duvidosos. – Como um shinobi capacitado que era, Yoshiru podia ver a aflição que tomava conta do CEO. – Houve um tempo que ele acreditava poder seguir adiante, mas um vilarejo que era beneficiado pelas falsas informações plantadas por Jeremiah não gostou do recuo do empresário e implantaram ninjas dentro da vila para matá-lo e iniciar uma investida contra Konoha, começando com uma retaliação contra o empresário em seu núcleo. Essa peça de roupa que eu carrego comigo também é uma forma de dizer que eu devo continuar vendendo armas a preços baixos, como era feito no passado com as ações do empresário. – O homem tinha sua voz embargada e lagrimas escorriam de seus olhos. – Por favor, trabalhe para trazer ela de volta. – Fazia um último pedido. 

Spoiler:
Inseri o plot, agora é com você, mete bronca.   

NPC - Patricarca

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 8/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 8/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário





Antes de deixar o homem terminar sua frase final, percebo que a maior pista havia saído do gabinete a pouco tempo, o “mensageiro” e agora, estava perdendo seu rastro. Saio da sala as pressas. Utilizando o byakugan e meu faro, tento escanear o caminho que o sujeito misterioso havia partido. Corro pelos corredores da empresa em busca do homem, e até mesmo saio pela janela mais próxima se ele já tivesse saído do prédio. No momento em que achasse seu traço, seja olfativo ou visual, perseguiria-o agilmente pelas sombras, mantendo uma distância segura, para ver aonde me levaria.

O CEO confirmava pistas que já estava seguindo e me fazia perceber que o patriarca não havia sido completamente sincero a respeito dos acontecimentos, mas não me auxiliava de forma prática no resgate da garota. A resposta final do quebra-cabeças poderia estar aonde esse homem me levaria.




Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) • CH ( 1000 | 1000 ) • ST ( 0 | 5 )

Kaiba:
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan 2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
estou perseguindo o sujeito que havia conversado com o ceo antes de mim.

@nabucodono

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Yoshiru seguia uma lista de prioridades moral e mesmo diante de todo o cenário apresentado manteve-se firme e forte. O CEO se espantou ao ver o mestiço sair de seu escritório antes mesmo de terminar a sua explanação, mas respeitava e conseguia entender o seu movimento. Em mais uma atitude acertada por parte de Yoshiru ele foi feliz em detectar o cheiro daquele que estava junto ao CEO antes de sua chegada, devido o cheiro proveniente da roupa da garota que ainda estava encalacrado em suas mãos. 

Tratava-se de um jovem de apenas 15 anos, estava cerca de 15 metros fora dos limites da empresa. Yoshiru poderia perceber um buque de flores destacáveis em sua posse. – Olá, você gostaria de comprar uma flor? Por 10 Ryous e ta na mão, a conquista é certeira. – O cheiro da roupa da garota poderia ser confirmado com uma simples abordagem. Quais seriam os próximos passos do nosso protagonista?

Spoiler:
   

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 9/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 8/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






O garoto que havia perseguido me oferecia um bouquet de flores era, além de uma situação surreal, uma oportunidade única para interrogar o sujeito. - Eu quero. Falo para o garoto. Coloco a mão em minha bolsa ninja e tiro 10 ryous do bolso. Estico o braço em direção ao garoto. Quando ele fosse pegar o dinheiro, soltaria as moedas e agarraria seu pulso. Naquele instante utilizaria o máximo de força e agilidade para puxar o rapaz em minha direção e agarrá-lo firme com uma kunai em seu pescoço (que havia pego discretamente com a outra mão).

Caso o rapaz revidasse, esquivaria de seus golpes em com minha agilidade máxima e com o byakugan ativo para ver seus movimentos em totalidade. Golpearia sua barriga com um poderoso juken para enfraquecê-lo e tentaria imobilizá-lo na sequência.

Meu objetivo era discretamente arrastá-lo para um beco escuro aonde pudesse interrogá-lo. Iria direto ao ponto, perguntando aonde a garota estava e o que ele sabia de seu paradeiro. Se não me respondesse de forma satisfatória imediatamente, seria obrigado a apelar para métodos menos ortodoxos. Com toda minha força, tentaria quebrar um de seus braços para que ele me falasse a situação real.
 



Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 1000 | 1000 ) • ST ( 1 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan
Shikakyu no jutsu
Juuken
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
vel utilizada na tentativa de imobilizá-lo: 8 (com o shikakyu no jutsu [+2] + juuken [+1 movimento de braços]

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

O garoto não estava mentindo, de fato, ele era um vendedor que ganhava a vida vendendo flores, doces e outros itens que poderiam ajudar em sua renda. Ante o movimento do mestiço, ficou surpreso e sem reação, chegando até mesmo a se contundir. – Isso dói. – Gritava pela dor. – Eu não sei que garota é essa que você fala, um sujeito me abordou e me deu a peça de roupa e o endereço que eu deveria entregar. Ele me ofereceu muito dinheiro, o dia de trabalho não foi bom e eu iria retornar para casa de mãos vazias, aceitei o trabalho com esse cenário contra em mente. Eu juro, é a mais pura verdade. Por favor, isso está machucando. – Diria para Yoshiru. – Esse sujeito me abordou ainda no centro do vilarejo, em uma taverna chamada Gato Preto, não tem erro de encontrar, ela tem um painel redondo com um gato preto e os olhos verde destacados. Uma característica marcante que eu pude notar no homem, pois já estava escuro, é a de que ele usava um roupão verde e uma espada na vertical nas costas. Isso é tudo que eu tenho, eu juro. – Concluía.

Spoiler:
Mete bronca aí, BIRRRRRL!   

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 10/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 10/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






Solto o menino, tiro 5.000 ryous do bolso e largo em sua mão. - Mais alguma coisa sobre esse casaco? Interrogo caso ele tenha deixado algo escapar. - Aonde fica esse bar? Pergunto. Após ser direcionado, falo baixo: - Você nunca me viu…

Saio correndo para a direção indicada. Confio que o gordo subordo seria suficiente para o garoto não informar ninguém sobre minha movimentação. Já não era a primeira vez que precisava subornar alguém em missão e havia aprendido que não se deve poupar quando se trata de sigilo. Ao chegar no centro da vila, avisto os bares, era como um dejavu. Em minha última missão, havia me metido em brigas de bar e subornado diversas prostitutas atrás de informação. A experiência, mesmo muito jovem, me permitia agir com certa naturalidade e frieza. Entro na taverna do gato negro, sento perto do balcão e peço uma bebida. Agindo naturalmente, observo o vai e vem de pessoas e procuro o homem de roupão verde.
 



Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 1000 | 1000 ) • ST ( 0 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
na hr de descontar a missão eu retiro 5.000 ;P


@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Entrando na taverna Yoshiru podia notar um ambiente longe dos ideais para a sua idade. A área do bar tinha uma parede com vários vinhos e cervejas, bem como um banco de servir e alguns bancos comumente dispostos nesse tipo de ambiente. Muitos outros utensílios de cozinha, incluindo fornos, grelhadores, microondas, máquinas de lavar louça e outros artigos de cutelaria e cozinha armazenados. O publico alvo presente eram garotas de programas, bêbados, policiais corruptos e estelionatários, gente da pior espécie dentro do vilarejo se encontravam em um único local junto de seus iguais.

Uma movimentação suspeita podia ser vista em uma mesa ao fundo, onde havia uma garota com as características do alvo de Yoshiru e um homem alto vestido com um manto com touca que cobria o seu rosto. Ele parecia intimidar três homens que coagiam a garota. – Eu vou levá-la embora agora mesmo, de volta para casa e não há nada que vocês possam fazer. – Balbuciava o homem. – Não, não vai, teremos a nossa vingança. – Rebatia o outro.

Spoiler:
Hora da ação.  

+116.jpg]Cenário - BAR
NPC - Garota

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 11/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 11/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






Á distância, fico observando o grupo debater sobre a garota. Visto o capuz de meu kimono, de forma que meu rosto fosse parcialmente oculto pela sombra. Com o leve disfarce, ativo o byakugan. A espacialidade do bar se revela para meus olhos, minha visão se amplifica de tal forma que sou capaz de enxergar a totalidade do ambiente como em uma maquete. Visualizo as portas dos fundos e dos banheiros, mentalmente desenho a rota de fuga mais provável que o grupo usaria caso houvesse qualquer tipo de confusão no bar. Já que estavam nos fundos, era a porta dos fundos. Calculo meticulosamente meu assalto. O ambiente era razoavelmente pequeno, 4 bombas de fumaça seriam suficientes para acabar com a visão de todos os presentes. Atento para um grupinho de, aparentemente, mercenários bêbados e falo baixo: - 3.000 ryous para cada e iniciem uma grande confusão… Mostro o dinheiro baixo, sem criar alarde. Faço a oferta imaginando que seria uma proposta generosa, pois era provável que se metessem em brigas por muito menos.

Caso aceitassem, entrego a grana e, discretamente, saio de perto, me sentando em uma mesa muito próxima a dos homens que discutiam o destino da garota. Espero a confusão iniciar e, quando a briga se tornasse generalizada, deixaria cair perto de mim as 4 bombas de fumaça, cobrindo o ambiente por inteiro. Era provável que a briga alarmasse o grupo com a garota, as explosões de fumaça, porém, deixariam o grupo inseguro do ambiente e provavelmente buscariam a porta mais próxima. Quando se levantassem para sair, eu agiria. Me beneficiando do fato de poder enxergar perfeitamente em meio a fumaça e a confusão, me aproximo do homem que ficasse mais para trás e golpearia a parte de trás de sua cabeça com um tapa silencioso. O toque leve era medido para causar o maior dano interno que minha força permitia, além de interromper passagens de chakra fundamentais para o funcionamento nervoso do corpo. Um juuken bem calculado na nuca de um oponente desavisado era suficiente para desmaiá-lo. Sem perder um segundo, daria um passo à frente (passando por cima do homem caído) enquanto lhe furtava a aparência com um henge.

Sigo o grupo, deixando o homem apagado para trás, para outro ambiente. Agora entre meus inimigos, poderia traçar uma estratégia de combate e resgate com muita proximidade.




Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 950 | 1000 ) • ST ( 1 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan

Jūken
Descrição: O Punho Suave (柔拳, Jūken) ou Arte do Punho Suave (柔拳法, Jūkenpō) é uma forma de combate à palma da mão usado por membros do Clã Hyūga. Ele provoca danos internos através do ataque ao Sistema de Circulação de Chakra do corpo, posteriormente, ferindo os órgãos que estão intimamente ligados com a área da rede que tenha sido atingido. Para fazer isso, o usuário cirurgicamente injeta uma certa quantidade de seu próprio chakra no oponente via sistema de chakra, causando danos aos órgãos adjacentes, devido à sua proximidade com o sistema circulatório de chakra. Mesmo o menor toque pode causar danos internos graves, daí o nome do punho "suave". Fechando o tenketsu, o usuário do punho suave pode controlar o fluxo de chakra, criando uma confusão na rede de chakra do adversário. Esses pontos especiais, 361 no total, são interceptações na rede circulatória do chakra, assim, pode-se, à força, abri-los ou fechá-los da maneira que o usuário do Punho Suave quiser, assim, é uma poderosa opção tática para ter. O usuário pode aumentar o fluxo de chakra no corpo do oponente, ou interrompê-lo por completo, impedindo-os de usar técnicas, como visto na luta de Neji com Hinata durante os Exames Chūnin, e durante seu combate com Kidōmaru.

Neji Hyūga observou que qualquer substância feita de chakra pode ser destruída por esta técnica. Como visto em sua luta com Kidōmaru, é feito por vazamento de chakra a partir das aberturas de chakra nas mãos e moldando-o em uma forma de agulha para cortar através do chakra. No entanto não se sabe se esta técnica pode ser feito por qualquer usuário Punho Suave ou apenas aqueles que podem ver o tenketsu.

Como o sistema de circulação do chakra é invisível a olho nu, o Byakugan é necessário para este estilo ser utilizado de forma eficaz. Desde que o Byakugan é exclusivo para o Clã Hyūga, ele se tornou o seu estilo de assinatura de combate. A capacidade de infligir traumas internos é grave, com força externa mínima, combinada com a manipulação da rede de chakra, faz com que o Punho Suave seja o estilo de Taijutsu mais respeitável ​​e temível conhecido em Konohagakure. Em contraste com isto, a técnica também pode ser usada para fins complementares, tais como ajudar companheiros no campo de batalha. Isso foi exibido por Hinata durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi, quando ela usou a técnica para corrigir a articulação do ombro deslocado de Naruto.

Shikyaku no Jutsu
Rank: D
Descrição: Esta técnica concede instinto de luta acelerado e reflexos como animal para o usuário. Por envolver todo o seu corpo em chakra e mover-se de quatro, eles podem obter movimento de alta velocidade e reflexos como o de um animal selvagem. Ensinada apenas para os membros do Clã Inuzuka, essa técnica constitui a base do estilo de luta Taijutsu de um membro da Clã Inuzuka, e acrescenta ainda mais a sua aparência feroz, como, seus dentes caninos, seus dedos e unhas crescem ao comprimento de garras, seus olhos também se tornam mais selvagens com suas pupilas tornando-se fendas.

Quando sob os efeitos desta técnica, um Inuzuka mostra grandes feitos de força física, velocidade, agilidade e resistência. A forma é mais adequada para o uso e apoiar as ferozes táticas "bater-e-esquivar" que o clã é bem conhecido, deixando o inimigo quase nenhum tempo para lançar um contra-ataque. Este estilo de luta é chamado de Jūjin Taijutsu (獣人体術, Taijutsu do Homem Besta; Literalmente significa "Técnica do corpo da Besta Humana") por Kiba e contém muitos ataques, tais como técnicas secretas.
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
Ok. O que fiz foi primeiramente causar uma confusão dentro do bar. Pagando alguns homens para isso. Em sequência jogo 4 bombas de fumaça para aumentar a confusão total e ganhar vantagem visual sobre todos presentes. Meu plano é que a confusão + a bomba, obriguem os sujeitos (que não querem que a garota acabe morta por causa de uma besteira de bar) saiam para um ambiente mais recluso (supus que havia uma porta dos fundos, por ser uma coisa muito comum a bares. Porém não especifiquei para onde ela levava por não caber a mim). Já que eles estavam nos fundos (como seu post especifica) é lógico pensar que iriam passar a “reunião” para a porta dos fundos. Quando se levantassem e se retirassem, o homem que ficasse mais para trás seria meu alvo. Oculto pela fumaça, golpearia sua nuca com um juuken e, num movimento digno de um ninja, assumiria seu lugar.


Variável (1): caso os bebados recusem o dinheiro e não queiram fazer tal tarefa, tentaria outro grupo. Se ninguém quisesse, pularia direto para a etapa das bombas de fumaça e golpearia alguém pelas costas e me esconderia, fingindo ser outra pessoa, para forçar o início de uma briga.

Variável (2): caso os homens que estavam com a garota não quisessem se retirar mesmo após as explosões e brigas, eu aguardaria para ver suas reações e alterar a estratégia. Utilizaria sempre meu benefício visual para me manter fora da briga.

Variável (3): caso meu juken não funcionasse, golpearia 2 vezes. XD

Variável (4): caso me vissem tentando golpear o sujeito! Fingiria ser um bêbado distribuindo golpes, parte da confusão generalizada do bar e, logo após a tentativa do golpe, me enfiaria no meio da confusão para me ocultar novamente.

Se algo ficar confuso PM! Força máxima e velocidade máxima com o shikyaku no jutsu (7)
esse post já pode contar para a especialidade?

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

A oferta de Yoshiru e o cheiro imaginário do dinheiro encheram os olhos daqueles que faziam de tudo para ganhar dinheiro fácil. – Vamos, trabalhem suas vadias. – Balbuciava um dos clientes, em sinal de aceitação a oferta. – Toma aqui o trabalho. – Dizia o outro, batendo-lhe com uma garrafa na cabeça, fazendo com que o homem caísse e a confusão se iniciasse.

O segundo movimento de Yoshiru serviu para alertar o trio que fazia a garota de refém, um dos dois guarda-costas que estava próximo ao homem de capuz investiu contra ele visando tirá-lo da jogada, afinal de contas, nosso protagonista não era o maior interessado e nem seria o único que usaria de tal brecha. Com a sua visão privilegiada, poderia notar que o engraçadinho que ousou investir contra o homem foi facilmente derrotado com um estilo proveniente do boxe, seu movimento, no entanto, fez com que o capuz caísse do rosto do boxeador, indicando a identidade de Hurricane, o pai da garota.

A dupla que sobrara com a jovem refém formou uma barricada, utilizando dos próprios clientes para atrasar a abordagem de Yoshiru, tomando a saída de incêndio para o acesso a rua. Quando alcançasse o trio do lado de fora do estabelecimento, veria um dos sequestradores mantendo a refém com uma kunai em sua garganta, ele fazia uma parede de um estabelecimento vizinho como apoio, em uma distância de 8 metros, o outro, esboçaria uma investida. Um salto seria realizado com origem de baixo para cima, um chute destro vindo de cima para baixo vinha na direção da cabeça de Yoshiru visando acertá-lo com um chute.

Spoiler:
Hora da ação.  

+116.jpg]Cenário - BAR
NPC - Garota

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 12/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 12/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






Pela primeira vez naquela missão, a situação realmente sai fora de meu controle. Me vejo, lado a lado com o boxeador, em uma situação desfavorável, a menina era refém. O flerte com o perigo dispara adrenalina em meu cérebro como uma droga. Os pelos de meu corpo se eriçam e dou um passo para o lado em velocidade máxima (8) enquanto realizo um selo. No rastro de meu movimento, se desgruda do meu corpo um clone de terra (Bunshin Torappu) assumindo a posição em que eu estava. O atacante, dificilmente conseguiria desviar a rota de seu chute uma vez que já estava no ar e mirando minha cabeça. O resultado seria acertar a cabeça do clone que se destruiria como lama e se reconstituiria, prendendo o pé do atacante. O segundo seguinte, em que o atacante teria que destruir o clone de terra que prendia seu pé, seria decisivo para sua vida. Em questão de milésimos, eu assumiria uma posição chave do Hakke Sanjūni Shō e um grande yin yang verde apareceria acompanhando minha máxima concentração. Uma rajada de 32 golpes desligaria os principais tenketsus de meu oponente e o deixaria completamente lesionado. Com o inimigo praticamente impossibilitado de se defender com chakra, finalizaria-o rapidamente com um poderoso soco de palma aberta em seu peito, o jogando para longe (Hakke Hasangeki).

Após finalizar o primeiro oponente, dou um altíssimo uivo para o céu, projetando minha voz em potência máxima, que poderia ser interpretado pelos presentes como um grito de vitória. Todos os cães do bairro automaticamente começam a latir incessantemente, como um efeito propagatório.

Passado os primeiros instantes de ação, mostro as mãos para o homem que mantinha a garota refém e falo: - Não vamos atacar, queremos apenas negociar. Peço calma. Quais são suas exigências para soltar a garota?
A alguns kilometros dali, Kaiba ouve de longe um uivo e a propagação de latidos vindas do centro da cidade. Não haviam dúvidas, era o sinal combinado. O cão imediatamente pula do sofá na casa em que estava deitado e dispara em velocidade máxima, alucinado (vel 7 com hijutsu). O plano agora era tentar pacificar o momento, pela segurança da garota e tentar ganhar o máximo de tempo possível, de forma que Kaiba tivesse tempo de chegar. O cão sentiria o cheiro meu, da garota, do pai e de outro shinobi estranho, além de um forte olfato relativo ao medo, a adrenalina e o sangue. Desta forma saberia que sua chegada seria um poderoso elemento surpresa que não poderia ser desperdiçado.






Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 836 | 1000 ) • ST ( 2 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1325 | 1400 ) • ST ( 1 | 7 )

Jutsus Usados:

Bunshin Torappu
Rank: B
Descrição: O Clone falso é uma técnica que usa um clone de terra para restringir os movimentos de um oponente. Quando um oponente está preparado para pousar um golpe físico, o uez suário cria rapidamente um clone de terra para pegar o ataque em vez disso. O clone da terra voltará para a lama, o que dificilmente restringiria o membro do oponente enquanto o resto do corpo se espalhava com selos amaldiçoados. No entanto, pode ser superado com suficiente força de vontade.

Byakugan

Hakke Sanjūni Shō
Rank: B
Descrição: O Oito Trigramas Trinta e Duas Palmas é uma técnica do estilo de luta do Punho Gentil. É essencialmente uma versão inferior do Oito Trigramas Sessenta e Quatro Palmas, assim ela se torna menos eficaz. Esta técnica é feita com o intuito de violar o fluxo de Chakra ao acertar uma meta de trinta e dois Pontos de Chakra do Sistema de Circulação de Chakra do seu inimigo. Isso elimina as chances do alvo em usar ou controlar seu Chakra em algum tempo e faz o inimigo ficar com muita falta de movimentação.

Hakke Hasangeki
Rank: B
Descrição: Uma variação mais eficaz do Oito Trigramas Palma de Vácuo. O usuário acerta o alvo e cria uma forte oscilação de chakra, assim ele lança-o a uma incrível extensão e coloca o inimigo com sérios ferimentos. Sempre que esta técnica é utilizada, o alvo é geralmente enviado a colidir em algum tipo de formação rochosa, o que se pode ser uma alusão ao nome da técnica.

Shikyaku no Jutsu
Rank: D
Descrição: Esta técnica concede instinto de luta acelerado e reflexos como animal para o usuário. Por envolver todo o seu corpo em chakra e mover-se de quatro, eles podem obter movimento de alta velocidade e reflexos como o de um animal selvagem. Ensinada apenas para os membros do Clã Inuzuka, essa técnica constitui a base do estilo de luta Taijutsu de um membro da Clã Inuzuka, e acrescenta ainda mais a sua aparência feroz, como, seus dentes caninos, seus dedos e unhas crescem ao comprimento de garras, seus olhos também se tornam mais selvagens com suas pupilas tornando-se fendas.

Quando sob os efeitos desta técnica, um Inuzuka mostra grandes feitos de força física, velocidade, agilidade e resistência. A forma é mais adequada para o uso e apoiar as ferozes táticas "bater-e-esquivar" que o clã é bem conhecido, deixando o inimigo quase nenhum tempo para lançar um contra-ataque. Este estilo de luta é chamado de Jūjin Taijutsu (獣人体術, Taijutsu do Homem Besta; Literalmente significa "Técnica do corpo da Besta Humana") por Kiba e contém muitos ataques, tais como técnicas secretas.
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
Caso o homem não seja nocauteado com os golpes, vou esquivar de qualquer contra ataque em velocidade máxima, uivar da mesma forma e tentar dialogar igualmente. O uivo foi combinado com o cão no post em que nos separamos.

Me movimento em velocidade máxima 5 + 2 do Shikyaku inuzuka e + 1 em shunshin, totalizando velocidade 8.
O cão se movimento em velocidade máxima de 5 e +2 do Shikyaku no Jutsu (hijutsus inuzukas também podem ser utilizados pelos cães).

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

– Se você quer um serviço bem feito, faça você mesmo. – Balbuciava o homem com a refém. – Sempre soube que você era um fraco. – Falava ao ver o seu colega ser facilmente derrotado por Yoshiru. – O que eu quero? Eu quero um mundo onde todas as coisas sejam compartilhadas de igual para igual, que não exista a miséria, que todos tenhamos as mesmas condições para trabalhar e crescer. – Fez uma pausa. – Por um tempo, aquele homem realizou um trabalho onde os preços de exportação eram reduzidos significativamente e nós dos vilarejos de menor expressão tínhamos a sensação de estar nas mesmas condições, até que ele recuou e a inflação dos preços foi lá em cima e a dificuldade aumentou cada dia mais. – Ante sua fala, ele cerrava os punhos de raiva, colocando mais força em sua kunai sem se dar conta no pescoço da garota, machucando fracamente e tirando sangue da refém até que se deu conta e parou. Nesse instante, a garota foi envolta por areia em formato de cúpula. – Agora você terá toda a minha atenção, garoto. – Falou voltado para nosso protagonista.

Ele então tecia os selos de mãos manuais e criava dois braços gigantes tendo origem de seu ombro, os braços possuíam 4 metros de comprimento e ele os usava para lançar ataques na vertical, diagonal, horizontal, em todas as direções contra o nosso protagonista. 

Spoiler:
Jiton: Suna. Jutsu Rank-S; Força: 5, Velocidade: 4 e Ninjutsu: 6.  

NPC - Garota

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 13/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 13/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






– Agora você terá toda a minha atenção, garoto. –
Agora a porra ficaria séria. Troco um breve olhar com o patriarca (um olhar de comunicação, já que com o byakugan não precisaria virar meu rosto para vê-lo). Enquanto o inimigo realiza seus selos, faço alguns breves selos e, simultaneamente ao surgimento dos braços de areia, o chão embaixo de meu inimigo vira uma lama escorregadia. Meu jutsu não tinha como objetivo bater de frente com o poderoso jutsu de areia porém, como se tratavam de braços (uma técnica que exige coordenação e controle) a poça deslizante de lama prejudicaria seu equilíbrio, descoordenando a precisão total de seus ataques e facilitando minha esquiva.

Quando os braços avançam contra mim, utilizo de minha velocidade animal máxima, somado ao shunshin e com a precisão do timing visual perfeito de meu doujutsu para recuar 10 metros em meio a acrobacias e piruetas que visam esquivar habilmente dos punhos de areia. Solto de minha bolsa todas as bombas de fumaça que restavam de uma vez, criando uma parede de fumaça que encobertaria meus próximos movimentos. Ainda não havendo destruído os punhos de areia, continuo esquivando mesmo dentro da fumaça e ao me abaixar de um violento golpe de uma das mãos, realizo alguns selos e crio dois clones iguais a mim.

Os clones, continuariam a movimentação acrobática para evitar os golpe de areia, e se afastariam cada um para um lado 5 metros, encobertos pela fumaça. Enquanto isso, esquivo novamente de um golpe da areia saltando e, utilizando um “antebraço” de areia como apoio, me lanço para o alto, me projetando para fora da fumaça. Em um movimento de braço lanço 4 kunais e, no seguinte, mais 4. Sem realizar quaisquer selos as 8 kunais são acompanhadas por uma rajada de 40 armas falsas. Todas mirando diretamente o inimigo. Prevendo que ele usaria os braços para se defender da chuva de armas vindas de cima, o original e o clone avançam correndo de forma quadrúpede (mais estabilidade ao chegarem na parte com lama) em velocidade máxima, pelos flancos do inimigo e combam, simultaneamente, uma rajada de 32 golpes juken de cada lado. Uma tentativa de fechar 64 tenketsus no corpo do inimigo e debilitá-lo gravemente.

Pouso do pulo dentro da fumaça a mais ou menos 15 metros do inimigo. Os clones, após o combo, se desfariam. Kaiba continuaria correndo em nossa direçao, agora já estava muito mais perto.





Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 616 | 1000 ) • ST ( 2 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan (ATIVO)
Shikyaku no Jutsu (ATIVO/estilo de luta)
Shunshin (PASSIVO)

Hakke Sanjūni Shō (OFENSIVO x2)
Rank: B
Descrição: O Oito Trigramas Trinta e Duas Palmas é uma técnica do estilo de luta do Punho Gentil. É essencialmente uma versão inferior do Oito Trigramas Sessenta e Quatro Palmas, assim ela se torna menos eficaz. Esta técnica é feita com o intuito de violar o fluxo de Chakra ao acertar uma meta de trinta e dois Pontos de Chakra do Sistema de Circulação de Chakra do seu inimigo. Isso elimina as chances do alvo em usar ou controlar seu Chakra em algum tempo e faz o inimigo ficar com muita falta de movimentação.

Doton: Doryū Taiga (DEFENSIVO/SUPORTE)
Rank: C
Descrição: Depois de formar o selo de mão necessários, o usuário transforma o chão debaixo de seu oponente em um rio de lama que os lances fora de equilíbrio e longe do usuário. A lama criado por esta técnica também pode ser utilizada como um meio para o Doton: Doryūdan.

Kage Bunshin no Jutsu (SUPORTE/ATIVA x2)
Rank: B
Descrição: Semelhante à técnica de base Clone, esta técnica cria cópias do utilizador. No entanto, esses clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é distribuído igualmente entre todos os clones, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas normalmente irá dispersar depois de atingido por uma força forte o suficiente. Os clones também podem dispersar por conta própria ou ser dissipadas pelo usuário da técnica. Clones de sombra não podem ser diferenciado do original com Sharingan, Byakugan, Rinnegan ou Rinne Sharingan. Clones de sombra também parecem ser capazes de pensar por si mesmos e sentir a dor do original em alguma medida, como evidenciado por clones de Naruto sentindo dor quando manto da Nove Caudas despertou enquanto ele e Kakashi estavam lutando Deidara.

Kunai Bunshin no Jutsu (SUPORTE/BÁSICA x2)
Rank: E
Alcance: 10m (15m BCC, 20m GCC)
Selos: Cobra e Tigre.
Duração: efeito instantâneo. (1 turno)
Descrição: Técnica básica derivada do Bunshin no Jutsu. Consiste no mesmo processo de criação de um bunshin mas, ao invés de ser um clone seu, é de uma kunai ou, alternativamente, uma shuriken, que é disparada em direção a um alvo. Tais armas não possuem dano e são desmascaradas facilmente por doujutsus que enxerguem manipulações de chakra. Podem ser invocadas em até 10 metros (15m BCC, 20 metros com GCC) do usuário e viajaram em linha reta (disparo) dentro deste raio. Como os clones, ao entrarem em contato com alguma barreira ou alvo, cada kunai se dissipa em uma pequena quantidade de fumaça efêmera que, se utilizada em grandes quantidades, pode ser uma vantagem à favor do usuário. A primeira vista a técnica é simples mas seu uso efetivo é auxiliar em armadilhas e distrações que podem torna-la complexa.

Nota: O máximo de imagens criadas é 20 por jutsu, sendo que esta quantidade se equivale a uma bomba de fumaça quando entra em choque com alguma superfície.

GASTO DE CHAKRA NO TURNO: 220

Bolsa de Armas (40):

Kunais 0/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 0/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
em linhas gerais o que fiz foi recuar esquivando a 34m/s (técnicas rank S com 6 pontos alcançam em torno de 28m/s) além de tentar debilitar seu movimento com o jutsu de lama (apenas causar desequilíbrio, não é um ataque).

Após isso cobri meu movimentos com bombas de fumaça e fiz 2 clones. O original saltou para fora da fumaça para chamar a atenção do inimigo e lançou armas e kunais falsas (jutsu autoral). Quando os braços fossem defender a chuva de armas, os clones avançariam em velocidade máxima (35m/s velocidade praticamente invisível) e tentariam combar o inimigo, acabando com a sua circulação de chakra (o que soltaria a menina e desfaria os braços…)  

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

As ações de Yoshiru eram bem sucedidas contra o adversário que apesar de ter aquele jutsu de grandes proporções ao seu alcance, o seu uso em si era lento. Os braços se reconstruíam sempre que eram visados e partículas de areia eram inseridas em suas vestes e tecidos carnosos sem que fosse possível a percepção do nosso protagonista, com isso, sua velocidade fora reduzida. Na contramão, a utilização dos clones veio a se mostrar uma decisão acertada e acrescentou em muito para o sucesso de sua ação final. O homem tinha os tanketsus do seu corpo fechados e com isso ficava totalmente a mercê.

Hurricane, o lendário boxeador e pai da garota, finalmente conseguia sair de dentro da taverna de onde sua saída tinha se mostrado difícil pela briga motivada por Yoshiru minutos atrás. Era ele quem dava o golpe de misericórdia com um potente cruzado na altura do rosto do sequestrador. A força imposta foi tanta que foi capaz de afundar o rosto do mesmo. – Os sonhos das pessoas não tem fim, meu jovem. – Indagava o boxeador, indo de encontro à cúpula de areia. – Mais deles nascerão com a mesma mentalidade e procurando alcançar o mesmo objetivo, o melhor cenário para nós é acabarmos com o mal pela raiz. – De frente com a cúpula de areia, o homem hesitava para colocar toda aquela parede de terra abaixo mesmo que conseguisse escutar o choro de sua filha.

Spoiler:
 

NPC - Garota

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 14/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 14/??

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário






Fico a distância, vendo o homem lentamente abrir a cúpula de areia. Não era um momento oportuno para interromper, para a menina, seu salvador seria seu pai. Dou de ombros com a frase dita pelo patriarca, a moralidade ou não daquela situação inteira era debatível. A única pessoa inocente na história era a menina, que acabou pagando pelos erros do pai e do sistema. - Depois dessa, meu conselho é tirar alguns meses de férias… Deixe a poeira baixar. Falo vendo que a garota surgia por trás da cúpula. O pai e a filha se abraçavam e choravam. Sinto um cheiro familiar, olho para cima e vejo, em cima do telhado do bar, Kaiba me observando. Pulo para cima do telhado e fico lado a lado com o cão. - Pelo jeito cheguei atrasado… O cachorro rosna. - Já não temos mais o que fazer aqui, vamos avisar o gabinete para recolherem os presos. Concluo.

Esperamos alguns minutos em cima do telhado, observando a cena. Caso o patriarca e a criança não falassem nada, partiria dali junto de Kaiba.




Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) •  CH ( 616 | 1000 ) • ST ( 2 | 5 )

Kaiba:                      
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan (ATIVO)
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan  2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:
ótima narração! Valeu por tudo!

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário


Narrador: nabucodono

Ato

@Yoshiru

Nosso protagonista parecia não ter as intenções de denunciar o lendário boxeador e empresário influente. – Férias, em? – Parecia levantar em questão a sugestão do mestiço, fitando a imensidão do céu escuro. Ele então retirava sua menina da cúpula de areia e um forte abraço entre pai e filha reconfortava a situação alarmante enfrentada pela família. De uma forma ou de outra, ele pagaria pelos crimes cometidos no passado.

*** 

Na manhã seguinte uma cerimônia fora montada para a confirmação da graduação de Yoshiru e seu Cãolega. O espaço separado era uma sala de aula pequena na academia do vilarejo, com algumas carteiras preenchidas com salgados e refrigerantes e ração para o cachorro. Algumas poucas pessoas de tier jounin confirmavam presença para servirem como testemunhas.

Spoiler:
Finaliza ai da maneira que achar melhor. Espero que tenha se divertido também e desculpa os desencontros de horários, nosso santo não bateu nesse quesito kkk. 

NPC - Garota

Objetivos:
1) Quest: A missão especial - 15/15
Capturar um ninja inimigo: Existem suspeitas de que um ninja de uma das vilas inimigas está ao redor da vila preparado para um ataque surpresa, você deve impedir esse ataque, e capturar esses ninjas para podermos obter informações deles. Yoshiru deve ser cauteloso com o prosseguimento da missão, investigar a situação e impedir totalmente que o atacante continue a trabalhar. O local indicado é logo na entrada dos arredores, em uma residência branca.

2) Desenvolver qualidade Habilidade em Taijutsu - 0/10
3) Portões - 0/6
Post 15/15

_______________________


Porque esse é meu jeito ninja de não ser
oito
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário





Um funcionário público idoso, mestre de cerimônias de konoha, lê um juramento. Repito suas palavras. Tudo tinha um estéril tom formal. Haviam poucos presentes. Apenas Hyuuga Misui e um Inuzuka desconhecido compareceram, ambos testemunhas do processo. O ancião finaliza o discurso me parabenizando pelas conquistas. Misui ri saudoso, se lembrando do dia em que conversamos no telhado, antes de me tornar gennin.

Saíndo da academia, o misterioso Inuzuka que observava o rito me chama. - Vamos… vou te levar para o canil. Inuzukas que se graduam Tokujo já estão aptos para conhecerem um novo parceiro. Kaiba ri de canto, ele conhecia bem todos os cães do canil e sabia muito bem quem me apresentar. Me despeço de Misui e me deixo guiar até o canil.




Yoshiru:
HP ( 1000 | 1000 ) • CH ( 1000 | 1000 ) • ST ( 0 | 5 )

Kaiba:
HP ( 1450 | 1450 ) • CH ( 1400 | 1450 ) • ST ( 0 | 7 )

Jutsus Usados:
Byakugan (ATIVO)
Bolsa de Armas (40):

Kunais 8/8
Makibishis 10/10
Fios 10/10 m
Kemuridamas 6/6 (bomba de fumaça)
Kibaku Fuuda 8/8 (selo explosivo)
Makimono (P) 6/6 (pergaminhos)
Zōketsugan 2/2 (pílula)
Hyōrōgan 2/2 (pílula)
Hikaridama 4/4 (bomba de luz)
Considerações:

@oito

_______________________

Yoshiru
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto RPG Akatsuki (c) 2010 — 2019
Layout por Dorian Havilliard e Akeido.