:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sab 24 Nov 2018 - 14:49

Relembrando a primeira mensagem :


—— NARRADOR

Desconfianças pairavam em Kumo. A convocatória veio por meio de uma carta que foi entregue em suas caixas de correio. No quartel general se discutiam planos para lidar com um problema latente, esse seria explicado quando os convocados aparecessem.

Considerações: --

Spoiler:

01/40
@Reika e @Radagast

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Kaido
Raikage
Kaido
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sex 28 Dez 2018 - 17:15

Quando Radagast alcançou sua colega, ela já havia iniciado um embate com os samurais e se encontrava entre ele e os inimigos. O local já estava tomado por seus insetos, uma vez que eles detinham mais velocidade que seu mestre e estavam sempre adiantados por ordem de seu mestre. As pequenas criaturas haviam como sempre, tomado o local de forma discreta.

Com os insetos localizados em um raio de cinquenta metros ao redor do campo de batalha, a situação, para Radagast, já estava controlada, mas apesar disso, ele não abaixava sua guarda por um minuto sequer.

Radagast adotou o silencio de seus adversários, se limitando a mastigar a erva que trazia em sua boca. Diversos insetos, de duas espécies diferentes, saíram aos montes por todas as pequenas aberturas e dobras de sua roupa, corpo e cabelo. A visão era incrível e assustadora. Aqueles insetos, que ocultavam quase que por completo seu mestre naquele momento, nada mais eram do que uma distração para os diversos que já haviam se posicionado as costas dos samurais antes mesmo da chegada do jovem.

As vespas negras ganharam uma aura negra de pura energia e então avançaram contra os inimigos, por todos os lados, sem que esses, provavelmente, tivessem consciência. As vespas iriam encontrar qualquer abertura na armadura e fincar seus ferroes contra os inimigos, perfurando sua carne, causando intensos danos internos e ainda desferindo uma eletricidade que afetaria seu sistema nervoso periférico.

Radagast faria o possível para não matar seus inimigos, mas ele sabia que não haviam garantias quando o assunto eram os poderosos ataques de suas vespas.
Junto as vespas, haviam também um inseto diferente, que iria procurar se aproximar dos inimigos e furtar seu chakra.

Caso o primeiro ataque falhasse e Radagast achasse oportuno, ele faria uso de um segundo... Uma poderosa explosão de pura energia que se daria num raio de cinquenta metros, visando atingir apenas os inimigos de Radagast, contornando qualquer estrutura importante ou outras pessoas na região.




HP: ❲ 1.250 • 1.250 ❳ CH: ❲ 1.210 • 1.425 ❳ ST: ❲ 02 • 07 ❳ V: ❲ 00 • 03 ❳

Considerações”:
Equipamentos”:
Jutsus Utilizados”:


Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sab 29 Dez 2018 - 13:56


[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1a4f9223da829a772b5ae12d6f775396-700
—— NARRADOR
OS três ninjas faziam sua investida contra a moça que desviava com maestria graças a sua velocidade e seu conhecimento corporal, seu ataque, a kunai se chocava com a armadura do samurai que recuava voltando a posição.

A menina paralisada aparentava continuar assim, mas os insetos do velho vinham a fazer seu trabalho causando grandes quantidades de dano, mas enquanto os ataques de raio almejavam os inimigos. Um grande campo de chakra protegia os ninjas, o estranho era que nenhum deles usava selos ou algo do tipo, o campo de chakra apenas aparecia, mas ao final depois de se defender do ataque de raio dos insetos uma das bandeiras nas costas do samurais aparentava sumir.

A ruiva que se aproximava dizia para seus até então aliados -essa tecnologia… alguem de Sapporo deve estar trabalhando para eles- a moça com raiva partia para cima com seu bastão, ela seguraria um dos samurais (o que usa duas espadas), sobraria então para o velho três samurais, os que portavam as correntes balançavam elas criando ventos com suas próprias forças que empurravam os insetos para longe os fazendo se dispersar e perdendo sua força.

O último e que aparentava ser o lider deles partia para cima em grande velocidade, superava facilmente a velocidade do velho, seguiria com contes em seu torso seguido de um de chakra na direção da sua garganta.






Considerações: Todos samurais usam do Iado, logo selos dentro de 30 metros se tornam inuteis. Do grupo apenas um sofreu da técnica de Reika (tirem suas conclusões sobre isso). Iremos seguir um sistema onde não darei direto o databook dos samurais, vocês precisaram descobrir ao poucos com as informações dadas na narração e deduções feitas por vocês, agora nas considerações coloquem uma parte especificas para suas deduções, poderam ser feitas até duas por turno da luta.

Consideração nova: Usei de um GM agora, mas vou explicar como isso funciona no próximo post, falando sobre a defesa feita. A ruiva liada de vocês esta lidando com um dos samurais, sobrando sobrando três contra o Radagast. O corte de chakra é rank B proveniente do Samurai sabre techique (h.u de samurai).


Reika: Continua paralisada.

Chamem discord qualquer coisa.

Samurais
Aquele que usa apenas uma espada:
FOR: ??   VEL:6  NIN: ?? TAI:??

Aquele que usa duas espadas:
FOR: ??   VEL:??  NIN: ?? TAI:??

Aqueles que portam correntes:
FOR: ??   VEL:6  NIN: ?? TAI:??


TECNICA DOS SAMURAIS
Chain Vortex
Rank B
Descrição: ao movimentar suas correntes de forma circular eles criam ventos que afastavam todas coisas.
Nota: 3 de força ou mais não é afetado pela técnica.



Aviso:--

A ordem é: Narrador > Reika > Radagast
MASCARA

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 Latest?cb=20170503012433
???
Spoiler:

27/40
@Reika @Radagast

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sab 29 Dez 2018 - 16:04


F#ck Paralyse! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

A garota com síndrome de governanta estremecia de raiva. Sentia-se inferior, por não ter forças para lidar com o selo amaldiçoado que queimava em seu ombro, e não conseguia sequer tirar a mão de cima dele. Com dificuldade, levantava o queixo aumentando o ângulo de sua visão para fitar a luta, torcendo para que seu aliado tivesse a capacidade física para acabar com seus inimigos por ela. Sua motivação estava sendo concebida a Radagast. Era ela quem deveria destruir os inimigos, mas incapacitada como estava, era impossível. Dizia a si: —— Reika, sua desgraçada. Você derrotou centenas de samurais como estes. Por que não se levanta logo? —— Ao passo que, sua pele já estava vermelha de tanta dor que sentia da queimação. Seus olhos azuis, por sua vez, não se desviavam dos inimigos. Eram enormes e azulados, com sua franja loira em centímetros acima. Analisava o quão forte seus inimigos deveriam ser, por estarem sendo capazes de defender cada ataque, e por sua kunai sequer ter manifestado algum dano em seu alvo.

725/725 hp; 890/1050 ch; 1/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Kaido
Raikage
Kaido
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Ter 1 Jan 2019 - 19:14

Os insetos, envoltos em aura negra, falharam em seu ataque. Uma espécie de barreira de chakra impediu o avanço dos mesmos. A alida do grupo e guardiã da cidade logo informou que aquela seria algum tipo de tecnologia, o que deixou o jovem intrigado.
Enquanto a poderosa barreira impedia as vespas de avançar, Radagast, que até então pensava em finalizar com os samurais com um de seus mais poderosos golpes, decidiu esperar “Ainda não é a hora”.
Quando a barreira sumiu, a guardiã foi ao encontro de um dos samurais, ao mesmo momento que alguma das vespas eram afastadas pelo poder das correntes dos samurais “Agora”. O sumiço da barreira era o sinal que o garoto aguardava para seu ataque em área.
A rede de insetos ao redor de Radagast, que em um raio de cinquenta metros ao seu redor, deu inicio ao uma explosão de energia negra, que iria poupar todas as estruturas e aliados do jovem, mas não os samurais, que iriam ser vitimas de poderosas explosões de raio por todos os lados.
Radagast, temendo uma defesa por parte de seus inimigos, optou por fazer um segundo uso de suas vespas, que realizariam mais duas poderosas manipulações de seus raios negros, visando atingir todos os seus inimigos em um raio de 30 metros.




HP: ❲ 1.250 • 1.250 ❳ CH: ❲ 1.185 • 1.425 ❳ ST: ❲ 03 • 07 ❳ V: ❲ 01 • 03 ❳

Considerações”:
Equipamentos”:
Jutsus Utilizados”:


Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 2 Jan 2019 - 16:04


[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1a4f9223da829a772b5ae12d6f775396-700
—— NARRADOR
O homem partia em direção ao velho que desferiu descargas elétricas uma atrás da outra, os samurais tentaram afastar os insetos mas a sua quantidade era muito gigantesca, sua tecnologia colocada na armadura dava algum tipo de problema ao ativar  barreira de chakra, pela falta de conhecimento deles mesmo que usavam algo que não conheciam ele acabavam tomando grandes danos.

As explosões foram devidamente controladas pelo velho, as armaduras dos três samurais estavam todas danificadas de tal forma que saiam faíscas das suas rachaduras, eles tremiam de dor e pelo peso da armadura, os três caiam.

A ruiva ainda mostrava certa dificuldade em lidar com o homem, ela apenas se defendia enquanto buscava alguma abertura, sua luta continuava distante de velho, ambos ficavam fora do alcance dos ataques do velho dos insetos. O samurai terminaria dando um chute no bastão da moça e fazendo recuar, o mesmo via seus aliados caídos e logo corria tentando fugir do local.

A ruiva diria -ele é muito rápido, eu não consigo alcançá-lo- começaria a fazer uma série de selos e a canalizar seu chakra no seu bastão.

A loira paralisada agora começaria a ficar com sua pele toda negra, seu segundo nivel da maldição era despertado, era possível para os sensitivos ver que ali continha um pouco do chakra de Yashua ainda, o chakra se esvai assim que o segundo nivel era ativado de forma força, bastava a jovem saber se controlar ou acabar atacando aliados.

No mesmo momento que a jovem ficava com a pele mais escura, os três samurais caídos agora explodiam da mesma forma que Reika havia presenciado no passado, a explosão engolia tudo num raio de 50 metros, principalmente a base do arco que era engolida o fazendo entrar em colapso, a caixa negra caia a pouco mais de 100 metros do local onde todos estavam em direção ao centro da cidade.



Radagast: sucesso nos ataques, os três que você estavam lidando cairam, ativou a maldição deles que é uma tecnica suicida que destroi tudo numa area de 60 metros (juntando as três tecnicas). O jutsu usado é aquele do danzou, a descrição esta nos posts anteriores, se quiserem eu coloco a descrição. Está livre para tomar as ações desejadas

Reika: autoexplicativo, está livre para tomar as ações desejadas

Chamem discord qualquer coisa.

Samurais
Aquele que usa apenas uma espada:
FOR: ??   VEL:6  NIN: ?? TAI:??

Aquele que usa duas espadas:
FOR: ??   VEL:??  NIN: ?? TAI:??

Aqueles que portam correntes:
FOR: ??   VEL:6  NIN: ?? TAI:??






Aviso:--

A ordem é: Narrador > Reika > Radagast
MASCARA

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 Latest?cb=20170503012433
???
Spoiler:

28/40
@Reika @Radagast

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 2 Jan 2019 - 22:20


Pinote [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Enfim, sentia-se vencendo a marca da maldição. Podia agora mover-se livremente, mas sentia um ódio queimar em seu âmago. Seu aliado proferia um jutsu tão poderoso que destruía os três samurais de uma só vez, fazendo com que em Reika surgisse um respeito ao homem. Todavia, sequer teve muito tempo para ponderar: um acúmulo de energia acontecia nos corpos caídos no chão. Chakra este que já outrora presenciou, e sabia que o tempo de reação era extremamente curto. Num relance, só pôde correr em sua máxima velocidade, atentando-se a uma caixa caindo do precipício. Havia também de salvar Radagast. Correu em sua direção e colocaria seu braço direito entre o tronco do velhinho, puxando-o consigo em seu rápido reflexo de esquiva para longe do raio de explosão. A loira mirava na caixa preta, deslocando-se pensando em atingir a sua posição final e recuperá-la da tribo dos samurais. Atribuía-se uma vitória. Saltaria por cada rocha que visse útil, manifestando o chakra nos pés para que pudesse andar nas paredes e descer do planalto na direção da cidade. Fora do alcance da explosão, tomaria o caminho mais curto para que pudesse chegar até a caixa e pegá-la, incluindo esta no seu braço esquerdo.

725/725 hp; 890/1050 ch; 1/5 st 235/400 ch juin
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Kaido
Raikage
Kaido
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sex 4 Jan 2019 - 15:03

Radagast viu seus inimigos caindo perante as explosões de energia que lhe atingiam – Contemplem, o poder da natureza, poder que nenhuma tecnologia um dia será capaz de igualar -. O comentário do jovem foi dito em voz baixa, foi quase um mantra pessoal, uma prece a seus próprios deuses.
Quando a explosão se dissipou, um jutsu diferente de tudo que Radagast já havia visto se deu inicio. A colega de Radagast o apanhou, ela parecia mais consciente da situação e seu perigo do que ele. Sem discutir, Radagast simplesmente ordenou que seus insetos, soltos no ambiente, se dissipassem – Salvem-se -. Algumas vespas e demias espécies, pertos de Radagast no momento de seu sequestro, recuaram, procurando seu mestre. Radagast, sem ter o que fazer, deu inicio a uma reprodução acelerada de seus colegas.




HP: ❲ 1.250 • 1.250 ❳ CH: ❲ 1.160 • 1.425 ❳ ST: ❲ 02 • 07 ❳ V: ❲ 02 • 03 ❳

Considerações”:
Equipamentos”:
Jutsus Utilizados”:



_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qui 10 Jan 2019 - 21:51


Narrador: oito

Crônica

@Reika @Radagast

O mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos. Essa frase de Oliver W. Holmes não poderia ser melhor aplicada se não no cenário apresentado para a dupla de Kumonins. Ambos logravam êxito na fuga e conseguiam alcançar a tão visada caixa preta. Ao analisarem o objeto veriam o nome Project em destaque. No entanto, o conteúdo da caixa estava guardado a sete chaves e nem mesmo Radagast provido de todo o seu conhecimento no campo cientifico teria como desencadear aquela caixa. Enrolado em uma fita vermelha no vértice superior esquerdo da caixa um papel desgastado possuía uma charada que deveria ser resolvida para o acesso ao conteúdo da caixa.

Mensagem:

Spoiler:
Post 27/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sex 11 Jan 2019 - 10:15


Thinking [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Relaxava os músculos recolhendo as escrituras que haviam se espalhado por toda a sua pele clara. Elas pareciam deslizar por cada centímetro, sendo direcionadas unicamente às três virgulas demarcadas em seu ombro. Segurava em uma das mãos, Radagast, e na outra, a caixa preta. Com o desatar da marca da maldição, sua força diminuiu, e o relaxamento proveniente de seus músculos levou à loira para que soltasse seu aliado, sem nenhuma delicadeza. A caixa, no entanto, permanecia em seus braços. Encarava-a sem desviar os olhos, e então verificou a existência do enigma. Passado alguns segundos, virou seu rosto ao homem dos insetos e remeteu a pergunta —— Você conseguiria dizer alguma afirmação? Quero dizer... algo que pudéssemos comprovar através de nossas palavras. —— Ponderava, enquanto mostrou à ele a charada. Sua pergunta não condizia nada com a situação a qual eles se encontravam, mas ele deveria entendê-la ao ler o que estava escrito na caixa. Para a bruta, que deixava fluir seus sentimentos e angústias pondo-os pra fora sempre que desejasse, as situações sociais pouco importavam - mesmo se significasse ter sobrevivido a uma explosão segundos atrás.  

725/725 hp; 890/1050 ch; 0/5 st 235/400 ch juin
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Kaido
Raikage
Kaido
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Seg 14 Jan 2019 - 23:28

Radagast acabara por mudar um pouco de seus conceitos a respeito de sua colega, apesar de ainda deter algumas duvidas a seu respeito. Ainda sendo segurado pela garota, Radagast podia sentir que seus insetos haviam finalmente passado pelo processo de maturação, o que lhe conferia novamente uma reserva de insetos para situações futuras.
A caixa preta também foi apanhada por Reika, que fez menção ao enigma, necessário para se abrir o objeto. Radagast não apreciava enigmas, eram de certo, curiosos e divertidos, porem, desnecessários em sua opinião.
Foi necessário algum tempo pensando antes de uma resposta sair de sua boca - Conte uma mentira... Fale que vai morrer com uma facada. Posso estar errado, mas acredito que a resposta irá provocar um colapso nas alternativas -. O garoto esperaria sua colega usar as informações para responder o enigma. No fundo, Radagast não via a real necessidade de abrir o objeto, uma vez que seu objetivo ali era simplesmente a caça, por isso, esperava, não muito feliz, a resolução do enigma. A espera no entanto não foi um tempo disperdiçado. Radagast novamente apanhou uma porças das ervas que se encontravam em seu bolso e as levou a boca.



HP: ❲ 1.250 • 1.250 ❳ CH: ❲ 1.160 • 1.425 ❳ ST: ❲ 00 • 07 ❳ V: ❲ 00 • 03 ❳

Considerações”:
Equipamentos”:
Jutsus Utilizados”:

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Ter 15 Jan 2019 - 13:24


Narrador: oito

Crônica

@Reika @Radagast

A dupla teve tempo suficiente para se reunir e pensar em uma resposta, no entanto, a conclusão que eles chegaram não foi satisfatória. Ante a resposta dada, nenhum movimento indicando a abertura da caixa foi mostrado, pelo contrário, a caixa tomava uma cor amarela. Como em um semáforo, aquela cor representava a atenção. A próxima resposta deveria trazer uma conclusão assertiva ou eles não gostariam de ver a próxima cor que desencadearia.

***

No outro meridiano do vilarejo, o grupo de samurais planejava reaver a caixa. Em sua maioria eles se armavam com katanas, kusarigamas, kusaris, bastões, correntes e outros itens correlatos. O grupo em uma linha sistemática vestia todos os sapatos, ternos e óculos, pretos. Era melhor que chegassem a um consenso para a resolução da charada ou entrariam em uma fria ainda maior.

Mensagem:

Spoiler:
Post 29/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Ter 15 Jan 2019 - 15:01


So... [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Depois de um certo tempo pensando, a garota dos olhos azuis cansou-se, e deu a si a incumbência de rastrear possíveis outros inimigos que poderiam vir atrás da caixa. Com ela em mãos, poderia então prosseguir sua estratégia inicial: a de iscá-los. Ergueu a destra com o dedo indicador e médio eretos, e de um segundo ao outro seus olhos dariam lugar a um vislumbre que expandiu-se por enormes áreas. Podia agora ver claramente todos que se aproximavam. —— Radagast, agradeço pela sua ajuda até aqui, mas deixe comigo daqui em diante. Vou derrotar os bandidos e dar um fim na missão. Sinto que deve notificar a garota que estava conosco até agora de que recuperamos a caixa... se ela ainda estiver viva —— Explicou, tomando pra si o palco de todas as atenções, assim como era de seu feitio. Fora isso, manteve-se em alerta para quando seus inimigos finalmente aparecessem, pois havia de destruí-los para que nunca mais ousassem enfrentar o seu temível poder Yamanaka.

725/725 hp; 890/1050 ch; 1/5 st 235/400 ch juin
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Kaido
Raikage
Kaido
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 To2whn10

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qui 17 Jan 2019 - 22:08

O jovem, já de pés no chão, deu de ombros - Bom, nesse caso, boa sorte. Voltarei para Konoha e me encarregarei de entregar o relatório da missão para o quartel. Obrigado -. O jovem se curvou alguns centímetros em direção a garota como forma de agradecimento pela mesma ter salvo sua vida.
Sem mais delongas, Radagast rumou para fora da vila, recolhendo no caminho todas as suas vespas que haviam sido dispersas para coletar informações. Quase que completamente coberto por suas criaturas, que haviam se reproduzido de forma muito acelerada na ultima hora, Radagast tomou o caminho de casa.

Dentro das dependencias de Kumogakure, o jovem iria ao quartel, onde trataria de escrever e entregar um relatório detalhado a respeito da missão para seus superiores. Quando tudo tivesse acabado, o próximo destino do garoto seria sua casa, onde poderia finalmente encontrar um pouco de paz e descanso "Bom, essa missão não foi tão ruim quanto eu imaginava. Aquela garota tem de fato alguns problemas que devem ser superados, ela ainda é muito ligada a coisas sem sentido e impostas pela sociedade, mas acredito que há no fundo algo que a torna boa, menos parecida com aqueles de sua espécie que eu tanto abomino. Bom, veremos o que o tempo nos reserva".



HP: ❲ 1.250 • 1.250 ❳ CH: ❲ 1.160 • 1.425 ❳ ST: ❲ 00 • 07 ❳ V: ❲ 01 • 03 ❳

Considerações”:
Equipamentos”:
Jutsus Utilizados”:


_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sex 18 Jan 2019 - 15:18


Narrador: oito

Crônica

@Reika @Radagast

Apesar de serem considerados shinobis altamente inteligentes dentro do curso do universo shinobi a dupla não conseguiu enxergar uma resposta viável para a resolução do enigma. A questão era simples, o general dizia ao preso para entregar-lhe seus punhais. Os cenários apresentados em seguida todos apresentavam um único desfecho possível, sua morte. O que Alexander deveria dizer? Tome os meus punhais. 

A caixa preta continha um projeto de uma arma potencialmente perigosa e uma conquista e um poderio inimaginável para aquele que o adquirisse. Com a conseqüência de uma resposta errada por parte da dupla a caixa se auto-explodiu, perdendo aquele projeto para sempre. Junto a explosão, continha resquícios de cacos de vidros e pedregulhos, objetos afiados para punir uma tentativa fracassada de alcançar o conteúdo da caixa. Os resquícios atingiram a dupla, até a altura do antebraço e barriga causando pequenas lacerações que poderiam ser cuidados com primeiros socorros básicos.

No entanto, aquele não era o único problema para Reika que agora ficava sozinha. Ela poderia confirmar o surgimento de feixes de energia em um raio de 1 km à frente tendo origem de nuvens cinzentas que podiam ser vistas e ouvidas caindo do céu nas quatro direções possíveis oeste, norte, leste e sul. Um grupo com cinco samurais, tendo em seu núcleo de destaque Hinomaru, moviam-se convictos até o objetivo de recuperar a caixa preta, que mal sabiam estar destruída.

Spoiler:
Post 30/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Sab 19 Jan 2019 - 14:58


Hurt! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

A caixa parecia-lhe corresponder mal, viajando seus cacos pelo braço e antebraço da loura, que gritou em um tom agudo o suficiente para espantar os pássaros de cima do telhado das casas adjacentes. Olhou para baixo e viu que também haviam na sua barriga. —— Caralh# —— Estava agora enfurecida, e trouxe novamente as retinas agora para o chão, por alguns segundos, retomando o fôlego. Num relance, ouviu o estrondo promovido pelo raio que descia dos céus como um gavião. Seu rosto estava manchado de sangue, e sequer sabia se era do próprio corpo ou de seus oponentes, o que podia confirmar através de seu Kanchi era as manifestações de chakra vindo de todas as direções. Afoita, seguiu para o norte, mentalizando a posição dos samurais e desfazendo a sua técnica de sensoriamento; em sua mão, segurava uma kunai, e corria em pose aerodinâmica, deixando que a brisa atmosférica balançasse seus cabelos amarelados que cintilavam com o chicotear dos raios ultravioletas. A garota faria um contorno nos samurais, atacando-os pelo lado, se assim fosse possível. Ela pretendia ativar novamente o seu sensoriamento após faltar cem metros de aproximação, utilizando então do tempo de corrida para retomar as energias nos músculos.  

695/725 hp; 890/1050 ch; 0/5 st 235/400 ch juin
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Seg 21 Jan 2019 - 13:07


Narrador: oito

Crônica

@Reika @Radagast

Tomando o norte como sua direção, Reika chegaria ao alcance de uma praça. Ali, palco de vários estabelecimentos comuns como conveniências, mercados, padarias e bares tinham seus comerciantes fortemente intimidados pelos samurais que se mobilizavam em grupos de até cinco. Os transeuntes que passavam naquele instante a maioria corriam de medo ou procuravam abrigo nas vizinhanças. – Ei, onde está a caixa preta seus imbecis? – Dizia um dos samurais figurantes. – E ainda se diz dono de bar? Não consegue nem prestar atenção nas conversas dos beudos que frequentam o seu estabelecimento?! Estúpido! – Outro fazia uma abordagem mais calorosa. Enfim, o cenário apresentado era um ambiente hostil e de muita intimidação.

Por fim, Reika poderia observar que um mini centro de operações funcionava ali no centro daquela praça. Um grupo de cinco samurais, lideres de seus respectivos batalhões, detinham sobre uma mesa um enorme mapa cartográfico do vilarejo. Ali, eles corroboravam a respeito das regiões que ainda restavam serem investigadas a fundo. Após a conversa, os peixes graúdos se voltaram aos seus respectivos grupos. Destacava-se entre eles espadachim com kanjis em amarelos destacado em sua blusa como Chefe Hinomaru e com uma katana disposta na diagonal em sua cintura. Poderia confirmar também que era dele a origem dos relâmpagos presenciados minutos antes.

Spoiler:
Post 31/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Seg 21 Jan 2019 - 14:00


Speed! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

A kunoichi da roupa vermelha e de cabelos dourados estava manchada com o sangue de seus inimigos, e procurava por mais. Com fúria no olhar, andava na direção das oscilações de chakra outrora sentidas, e agora adentrava num terreno que fazia-lhe pensar em como poderia utiliza-lo para derrotar aqueles que buscavam por algo que achavam que ela detinha. Levantando a destra, observou mentalmente a posição dos sujeitos, que jaziam de modo agrupado numa pequena construção no exato centro daquela redoma que era a praça em que estavam. Perfeito. Pensou, ela pretendia atacar com todo o seu poderio enquanto eles estavam reunidos, assim talvez os seus jutsus poderiam ser úteis para afetar todos os samurais de uma só vez. Ela compreendia que suas capacidades não permitiam que ela tivesse um combate por muito tempo, por isso para lutar contra cinco inimigos ao mesmo tempo, deveria fazer algo massivo que derrotasse pelo menos dois deles, o que já ajudaria bastante. Conjurando os selos, ergueu quatro pilares de pedras em torno da casa e emitiu, de imediato, correntes elétricas que transitavam entre os pilares de modo que fizesse-a percorrer por cada centímetro de onde eles estavam, visando eletrocutá-los e causar o máximo de dano o possível, inclusive paralisando-os para torná-los vulneráveis para a próxima das ofensivas que a loira preparava. Ela estava pronta; ela destruiria cada um de seus inimigos assim que os visse, utilizando de todo seu poderio que era expurgado na forma de fúria. Era, naquele momento, um monstro na forma de mocinha bonita.

695/725 hp; 790/1050 ch; 1/5 st 235/400 ch juin
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Seg 21 Jan 2019 - 20:58


Narrador: oito

Crônica

@Reika @Radagast

A Yamanaka mobilizava quatro pilares de pedra gigantescos que tinham uma incrível capacidade de armazenar e disparar raios de luz pelo campo. Envolvidos pelo campo de Reika, o quinteto logo ficou em alerta máxima. Não existia absolutamente ninguém dentro daquele vilarejo corajoso o suficiente para contestar os samurais, e Reika desde muito cedo naquele lugar, antes auxiliada por Radagast e agora sozinha, batia de frente com o grupo com tamanha serenidade. Como conseqüência, dois membros do quinteto, aqueles de espíritos mais fracos - o de camiseta laranja e azul - foram facilmente subjugados pelo jutsu da Kumonin.

Hinomaru, o espadachim no centro de destaque daquele grupo esboçava um sorriso no rosto, ele por si só teria a capacidade de aliviar a situação para o seu lado e de seus companheiros, no entanto, em uma completa sinergia com seu aliado, transmitiu um sinal baixo com a cabeça que foi prontamente interceptado pelo grandalhão de camisa roxa, que tinha como sua característica mais marcante um corte embaixo da orelha direita. O brutamontes tomava a frente dentro daquela gaiola de raios que estavam inseridos, provido de toda uma força titânica ele andava com poucas dificuldades entre as rochas levantadas, tomava aquela no vértice inferior esquerdo e com o seu machado o destruía desarmando aquele poderoso jutsu. Em resposta ao movimento do seu aliado, o ninja de camiseta branca sumiu da vista em um piscar de olhos. Talvez tivesse uma carta nas mãos ou talvez tenha ficado com tanto medo que não queria ficar para ver as outras habilidades de Ninja Sensora.


– Mas que droga... Quem atreve um ato suicida como esse? – Dizia o brutamonte. – Idiotas... – Dizia Hinomaru diante dos dois corpos sem vida. – Você é forte, garota. Farei a seguinte proposta a você, me traga uma caixa preta perdida nesse vilarejo e eu irei te dar uma vaga junto a nós. – Nesse instante, o brutamontes tomava a frente. – Eu posso cuidar dela sozinho, Hinomaru-sama. – Apesar de possuir uma força titânica, ele quase não possuía stamina e era extremamente lento devido o seu tamanho. Indicativos dessas características podiam ser tomados ao ver que com o esforço feito em seu movimento anterior ele já estava suando e bastante ofegante. 

Spoiler:
Post 32/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Ter 22 Jan 2019 - 14:25


Delete Yourself! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Ela sabia que não podia falar sobre a caixa preta, pois ela estaria destruída, e agora finalmente tinha os bandidos a sua frente para que pudesse derrotá-los e completar a sua missão. Não havia mais o que ser feito; havia de lutar. Chamaram seu ato de suicida, claramente uma tentativa de lhe intimidar, mas mal sabiam que eram eles quem seriam intimidados. Reika não era a ninja mais hábil do mundo em convencer os outros, mas resolveu fingir que lhes entregaria a caixa preta. Olhou o brutamonte com seus olhos azulados como o céu diurno em um dia de verão, dizendo —— Certo... o que vocês querem é a caixa? Preste bem atenção no que direi.  A caixa está... —— Lentamente proclamava, emitindo seu chakra continuamente e lançando diversos círculos multicoloridos a partir dos olhos. O azul deu lugar ao vermelho, como se uma possessão estivesse ocorrendo em seu corpo; mas era o contrario. Ela quem os possuiria. Emitiria em suas mentes sons ensurdecedores que fariam o papel de conturbá-los para que atacasse com tudo. Seu egocentrismo era tanto, que resolveu aproveitar daquele momento para gritar —— Eu vou destruir todos vocês! Como ousam achar que podem me enfrentar? HaHaHa já derrotei mais de mil como vocês —— Disse, liberando uma descarga elétrica poderosa na direção dos mais próximos a ela, visando paralisa-los e eletrocutá-los, aproveitando ainda da abertura que o  jutsu Yamanaka utilizado poderia lhe fornecer.

695/725 hp; 690/1050 ch; 2/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Ter 22 Jan 2019 - 18:12


Narrador: oito

Crônica

@Reika

Os raios provindos do Raigeki atingiram em cheio o brutamonte e o usuário de Ranton fazendo com que ambos se agachassem com o ataque recebido. As testemunhas no local esboçaram nesse instante um sorriso, tomando como um sinal de fraqueza por parte da dupla. – Ela conseguiu? – Pensamentos como esse invadiam o pensamento dos moradores daquele vilarejo reforçando o arquétipo da jovem, que poderia caber como uma grande governante.

– HAHAHAHAHAHA. – Na contramão, os pensamentos positivos dos moradores foram desarmados. Os ataques até surgiram efeito, mas a dupla se recompôs rapidamente. O brutamontes inclusive fez questão de mostrar o resultado em seu peito - um buraco com cerca de 2 cm de espessura - em um sinal de engrandecimento. Hinomaru por sua vez combatia fogo contra fogo, ou melhor, raio contra raio e os feixes da forma avançada do Ranton detinham maior vantagem sobre o elemento em questão. – Irei tomar isso como um não para o seu desprazer, garota. – Respondeu em seguida.

Em resposta ao ataque da jovem. O ninja de camiseta branca surgiu em suas costas a 18m/s e em uma distância de quatro metros da jovem direcionava um chute com sua canela direita, visando acertar a nuca de nossa protagonista enquanto um chicote em formato de Ranton em um ranqueamento B fora voltado com origem da mão destra de Hinomaru, a seis metros de distância na altura da cintura da jovem. O brutamontes que antes se engrandecia ficou exausto e tirava o seu corpo da jogada, voltando a procurar a caixa preta entre os estabelecimentos da região.

Spoiler:
Post 33/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 13:02


Get Jinxed! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Notando que o Alakazan utilizado não surgiu efeito nos homens, preparava um jutsu psíquico ainda mais poderoso; ela deveria ser rápida, pois não aguentaria lutar por mais muito tempo. Erguendo ambas as mãos de modo rápido o suficiente para que utilizasse-o antes de ser atingida pela ofensiva de seus oponentes, ela visava o contra-ataque para conturbar seus sistemas nervosos e causar a eles uma paralisia forçada mas não cancelando suas técnicas e sim redirecionando-as um contra o outro. Se o seu jutsu fosse efetivo, o chute com a canela avançaria contornando Reika e indo na direção do chicote de Ranton, que agora enrolaria-se como uma cobra sobre o próprio pescoço. Caso percebesse que o homem não iria desviar, a Kunoichi faria um salto mortal que lhe permitiria atingir dois metros de altura na direção diagonal dado o referencial de seu oponente, deslocando-se para um local isento de malevolências.

695/725 hp; 590/1050 ch; 3/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 13:36


Narrador: oito

Crônica

@Reika

Respaldada pelo Shinran Enbu, técnica referência e uma grande herança dentro do eficiente clã Yamanaka, a Kumonin fazia exatamente como o planejado. O chute vindo em sua direção parava rente a sua nuca, fazendo com que um vento fraco fosse sentido. Em seguida, passou por cima da cabeça da garota avançando contra o chicote Ranton que vinha em sua cintura, mudando cirurgicamente o curso do ataque, fazendo que com uma espécie de cobra em formato de raio o enrolasse.

Como samurais eles seguiam uma regra de conduta à risca. Um código muito respeitado entre eles é o fato de que são sempre leais àqueles que estão sob seus cuidados e, por quem eles são responsáveis, eles permanecem fiel. O movimento tomado por Reika, fazendo com que eles se voltassem contra si próprios significava uma grande afronta para aquele código de honra seguido respeitosamente pelos samurais. A cobra asfixiou o homem de camiseta branca o desacordando. Ao recobrar a consciência, Hinomaru pôde ver seu companheiro caído a sua frente e mesmo que não lembrasse com exatidão o ocorrido, poderia sentir o peso que carregava. – O que eu fiz? – Indagava-se.

Spoiler:
Post 34/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 13:47


Digital Daggers! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Reika ao ver que suas ofensivas obtiveram sucesso, avançaria contra seus corpos caídos no chão e executaria-os utilizando de uma kunai, efetuando um corte limpo em suas gargantas que trariam o significado da sua missão; ela estava quase completa. Mas ainda faltava o grandalhão que fugiu. Ela pretendia, ao término, recolher um dos corpos para usar como comprovação que conseguiu completar, mas agora, havia de terminar com a gangue assim como foi incumbida de fazer. Começou a correr na direção em que o bandido optou para ir procurar pela caixa preta, escolhendo a alternativa de não usar de seu Kanchi naquele momento, para economizar energias. Como haviam se passado pouco tempo desde que deixou o local, ela sabia que também não seria de suma importância; poderia encontrá-lo com os próprios olhos.

695/725 hp; 590/1050 ch; 2/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 14:14


Narrador: oito

Crônica

@Reika

Reika fitava Hinomaru em um momento muito vulnerável, de fato, aquele era o seu momento e ela não pensou duas vezes ao investir contra o seu carrasco, acertadamente. Na contramão, em uma resposta automática, muito em conta da herança genética do samurai, seus olhos ficaram em uma tonalidade azul clara e feixes de luz surgiam em uma espécie de barreira contra seus corpos com resistência nível B, freando a investida da Kumonin. Hinomaru, de joelhos, tomava o corpo do seu colega em seus braços e iniciava procedimentos de primeiros socorros tentando desesperadoramente reanimar o seu companheiro.

Nesse instante, o brutamonte voltava, presenciando a encurralada em que estavam seus aliados. – Ei, chefe, nós temos informações a respeito da localização da caixa, em breve ela estará chegando a nós. – Utilizando de sua força colossal, o samurai de camiseta roxa lançava o seu martelo, a distância de 20 metros em que se encontrava da jovem, com propriedade. O martelo seguia um trajeto em círculos a 22m & 20m/s, pegando força a cada metro vencido e ia na altura do peito da jovem.

Spoiler:
Post 35/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 14:29


Bad Intentions! [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Num reflexo imediato, a garota do traje vermelho passou a correr em um movimento circular para sair - e muito - da rota de colisão daquele martelo, esperando que o objeto poderoso seguisse em movimento retilíneo e colidisse com a barreira de Ranton feita por seus aliados, talvez destruindo-a. Enquanto a garota corria, enunciava palavras que visavam desestabilizar o grande e poderoso samurai —— Só eu sei onde está a caixa preta! Inclusive eu quem a fabriquei, e sei todos os seus segredos! —— Ao passo que se aproximava, com uma kunai empunhada em sua destra e manifestando todo o seu chakra raiton numa lâmina extremamente poderosa. Ela sabia que não deveria pegar leve com ele. Da última vez que se desconcentrou, foi debochada, e não poderia aceitar aquela situação novamente. Aos poucos era tomada pela fúria e se aproximava cada vez mais do homem, ao término de sua trajetória circular —— Chidori! —— Proclamou, ao chegar perto do inimigo e desferir contra seu peito a lâmina de Raiton.

695/725 hp; 490/1050 ch; 3/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 15:14


Narrador: oito

Crônica

@Reika

O que o usuário de machado tinha em músculos e força ele não tinha em inteligência. As palavras de Reika no ato de sua esquiva serviram para embaralhar a cabeça do brutamonte. – O quê?! Não pode ser. – Sussurrava em voz alta. Com a investida da jovem, ele colocou toda a sua força em seus membros inferiores, pois não teria como acompanhar o ritmo de alguém menor e mais veloz do que ele. – Pode vir! – Balbuciou em um som audível e com um sorriso no rosto, antes de confirmar as marcas do selo amaldiçoado tomando conta do corpo da garota.
 
A velocidade se sobressaiu diante da força e como resultado teve o peito rasgado com o jutsu Raiton, ainda que esboçasse aproveitar daquele momento para agarrá-la pelas costas e espremê-la. Em vão, não conseguiu se manter. Para alguém próximo de Hinomaru e maior testemunha da força do estilo Ranton ele havia subestimado a jovem erroneamente. Todavia, com toda sua força, teve sua vida arrancada mas se mantendo em pé e com os olhos abertos até o final.


Quando visasse a dupla na gaiola de Ranton, Reika confirmaria o seu desaparecimento. Hinomaru estava agora cerca de oito metros da garota. – Muito bem, garota, você conseguiu chamar minha atenção. Se você for mesmo quem diz que é, irei arrancar as informações a respeito da caixa preta a força. – Em uma velocidade rasante de 18m/s investiu contra a Kumonin, ao atingir uma distância suficiente de dois metros, desembainharia sua katana com destreza e um ataque na vertical, de baixo para cima, seria voltado contra a garota tendo sua cintura como ponto de referência.

Spoiler:
Post 35/40
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Reika
Nukenin B
Reika
Vilarejo Atual
[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 100x100

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 15:47


Close Your Eyes [Crônica] Reika & Radagast - Página 3 P0uLTeW

Polidamente deu dois passos velozes para a direita, visando sair da trajetória de corte que a espada teria, e num relance, virou a sua destra na face do samurai com a intenção de destroçá-la com a poderosa energia elétrica que segurava na mão dominante. Acertando ou não, Reika sentia os primeiros sinais de cansaço manifestados pelo seu suor e por seus músculos já passarem para um estado de necessidade de descanso. Imediatamente, saltou para trás diversas vezes para obter um distanciamento do seu oponente, pairando no teto do casebre onde outrora estiveram conversando sobre seus planos. Ofegante, dizia a si mesma —— Você não pode desistir agora, Reika. Vamos... —— Solicitando para que seu corpo aguentasse um pouco mais, escolhendo uma das pedras do local como substituição para defender-se de possíveis ataques.

695/725 hp; 490/1050 ch; 4/5 st
Cons.:

_______________________

[Crônica] Reika & Radagast - Página 3 1lmkNHv

"a humanidade não precisa de mais uma revolução;
o certo seria dizer que ela necessita reevoluir."

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado Qua 23 Jan 2019 - 22:14


Narrador: oito

Crônica

@Reika

Aquele era um embate de extremos opostos, Hinomaru estava em êxtase pela morte de seus aliados e Reika, por sua vez, estava bastante desgastado o que de certo modo colocava mais adrenalina em todos os movimentos realizados por ela. A esquiva para o lado oposto da lâmina foi pontual, apenas pegando de raspão. Vendo a guarda de seu oponente baixa, voltou contra ele um Chidori, que pela parte de Hinomaru colocou o filo de sua lâmina no alcance do ataque da jovem. Um barulho alto pôde ser ouvido, uma fumaça leve surgia que logo após ser dissipada mostrou o efeito surtido. No rosto de seu adversário ele tinha agora destroços de sua lâmina inseridos em seu rosto e olho esquerdo, que o deixara cego.

Após sua investida a jovem recuou em um descanso necessário, o que foi adotado também por Hinomaru. Aos poucos, ele tirava as partes quebradas da katana de seu rosto. – Você é forte, garota, devo admitir isso... Sim, você ganhou o meu respeito. – Em sua última ação, Hinomaru criou cerca de oito feixes de luzes, sendo dois para a direita, dois para a esquerda, e quatro ao centro e os atirou contra Reika. Aquele deveria ser o golpe que traria sua vitória ou sua morte?

Spoiler:
Post 37/40
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Crônica] Reika & Radagast - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte