Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
AkkeyJogador de RPGs narrativos desde 2012, Akkey (mais conhecido entre os players como Akihito) conheceu o Akatsuki em maio de 2020, encantando-se, acima de tudo, pela comunidade afetuosa e acolhedora formada pelos jogadores do fórum. Atualmente, é responsável por auxiliar no desenvolvimento e adequação das regras e sistemas do RPG, manutenção do tema e design do fórum e gestão da área de avaliação de criações. Fora do universo do Akatsuki, Akihito é graduando em Engenharia da Computação e atua profissionalmente como Desenvolvedor de Software.
wyalves#7702

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

BURNING HEART

TREINAMENTO 1: VELOCIDADE

Não muito distante da casa da família Long Qua havia um bosque à beira de um pequeno lago, fora neste local onde o garoto havia iniciado seus treinamentos com seu pai. Perdera a conta de quantas vezes isto aconteceu, porém agora faria tudo com mais independência. Isto não significa, é claro, que os ensinamentos do seu pai foram colocados para trás. Muito pelo contrário, Chi Long Qua valorizava a filosofia de seu pai de sempre treinar o básico. O garoto caminhava naquele fim de tarde para o antigo bosque, local que era tão comum para ele que já não se perdia mais.

Já sabendo o que tinha que fazer, começa a alongar-se quando chega no local. - "Nunca esqueça o alongamento... já diria o meu pai" - pensou. O treino seria dividido em três etapas, sendo a primeira uma pequena caminhada para aquecimento. Finalizando o alongamento, começou sua caminhada normalmente. Com passadas curtas, o jovem tinha a intenção de dar duas voltas completas ao redor do pequeno lago. Isto com certeza não o deixaria cansado e seria aquecimento suficiente para prosseguir com o treinamento. Após a primeira volta, Chi Long Qua acelerou um pouco seus passos mas continuou fazendo uma caminhada intercalada.

Ao fim da segunda volta, dá-se início a segunda parte do treinamento. - "Troca de ritmo" - pensou. A ideia era continuar dando voltas ao redor do lago, entretanto, o treino seria alternado. Variando de fácil para médio e difícil. A cada momento ele mudava o ritmo, contando o tempo necessário para intercalar a mudança mentalmente. O primeiro minuto consistiu em caminhada intercalada com corrida de baixa velocidade e sustentava o ritmo para que pudesse iniciar o ciclo. Após dois minutos caminhando em baixa velocidade, trocou o ritmo para uma caminhada em velocidade duas vezes maior que a anterior. Apesar de ser uma velocidade mais alta, mas não era como se estivesse em alta velocidade e como o garoto já havia se aquecido antes, ainda não sentia dificuldades no treino. E em três minutos neste segundo ritmo, o garoto já se via preparado para iniciar o terceiro ciclo.

O terceiro ciclo do treinamento tratava-se de uma corrida muito mais intensa que as anteriores. O jovem começava a correr mais rápido que pudesse, colocando seus braços para trás e arqueando seu corpo para frente. Aqui o jovem entrava em estado de velocidade máxima, buscava ir até o seu limite e voltava para o primeiro ciclo do treinamento, apenas caminhando em velocidade baixa. Como era um corredor experiente, ao contrário dos novatos, o garoto não corria à velocidade máxima até parar e cansar. Junto ao seu pai, aprendeu a iniciar o seu primeiro ciclo mais lento e entrar em um ritmo que possa manter para os três ciclos.

Prosseguiu com o treinamento por cerca de uma hora completa, sempre fazia o esforço máximo para manter os três ciclos. Encharcado com o seu suor, parou momentaneamente e ajoelhou-se para beber um pouco da água do lago. Como executando o treinamento ao redor deste, já sabia que se apenas curvasse seu corpo ficaria com a água ao seu alcance. Juntando suas duas mãos abertas, colocou-as dentro do lago e trouxe o máximo que pode de água para a sua boca. Saciando momentaneamente a sua sede, pois não podia beber água em grandes quantidades naquele momento. Afinal, faltara mais uma hora de treinamento e não podia estar "pesado". E assim se sucedeu o treinamento, dando início ao ciclo novamente até que ficasse cansado o suficiente para finalizar o treino.



ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@Aprovado; mas lembre-se que isso é um post em ON e por isso necessita de status, na próxima vez, se esquecer novamente, negarei.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

EUREKA!

Treinamento de Inteligência

O treinamento anterior havia deixado o garoto exausto. Suas pernas tremiam quando chegara em casa, estava tão cansado que nem ao menos comeu ou tomou banho. Imundo, tombou sob a sua cama deixando seu querido chapéu de palha cair no chão de seu quarto. A janela de seu quarto sempre era preenchida de luz pela manhã, iluminando seu quarto completamente. Isto não o afetava, pois é desprovido de visão. O que lhe afetava era o calor em seu quarto, que a medida que as horas passavam ficava cada vez mais abafado. Naquele momento sua cama pareciam mais um ensopado de tanto suor que era expelido pelo seu corpo, parecia até que havia urinado em sua cama. Evidentemente, o garoto não ia suportar aquela situação por muito tempo. Despertou-se sentindo-se muito incomodado com a sua sujeira, pelo calor e seu suor dirigindo-se imediatamente para o banho. Infelizmente, acabou pisando em cima do seu papel de palha acidentalmente mas para sua sorte ele era leve demais para causar grandes danos ao chapéu - "DROGA!" - exclamou enquanto agachava-se para pegar o seu chapéu. Partindo então para seu indispensável banho.

- "Meu pai teve que ler os dois pergaminhos sobre as missões para mim. Eu sou muito dependente neste sentido... mas o que eu posso fazer? Eu sou cego..." - refletia durante seu banho. Aquele pensamento ia continuar em sua mente dali em diante, até o seu café da manhã. Seus pais já não se encontravam em casa, porém sua mãe já havia deixado tudo pronto para o garoto. - "Eu preciso aprender a ler, de alguma forma. É, é isso que eu preciso fazer. Mas como? Quando eu toco em pergaminhos eu não consigo enxergar o que tem ali. É muito diferente do rosto das pessoas..." - pensou enquanto mastigava seu ovo frito. Chi Long Qua se sentia para trás em vários sentidos e ele sabia que aprender a ler seria um passo crucial para o seu avanço como ninja. Já não haviam mais ovos em seu prato, satisfeito, segurou firmemente no mesmo para colocá-lo sob a pia. Ao segurar o prato, notou que havia um pequeno relevo em sua borda. O símbolo era familiar, parecia-se muito com a folha que adotaram na bandana de Konoha. Neste momento, o garoto solta o prato de sua mão deixando-o cair no chão e quebrando-o. Aquilo não fora intencional, o garoto acabara de ter uma iluminação.

- "É ISSO!" - exclamou. Partindo rapidamente para a biblioteca da vila e ignorando a bagunça que fez em casa, mal sabia ele que terá problemas por ter quebrado aquele prato. Chegando na biblioteca, o jovem concentrava a sua audição na entrada da mesma para que pudesse identificar se havia algum atendente na portaria. - "Posso ajudar, garoto?" - perguntou o atendente. - "Pode! Por favor, me leve até à alguma sala. Você poderia me arrumar alguns papéis? E uma agulha, algo fino como uma agulha." - perguntou Chi Long Qua. - "Uma agulha...? É cada maluquice hoje em dia... mas ok. Só faça silencio."- afirmou o atendente. Na sala particular de estudos e de porte dos materiais que solicitou, o garoto começou a fazer os testes no primeiro papel. Sua ideia parecia simples, mas a execução era muito difícil. A ideia consistia em criar um sistema de escrita em pontos de relevo, para que através do toque sob o papel deficientes visuais consigam ler o que está escrito através do tato e era para isto que lhe servia o objeto fino que solicitou ao atendente.

O primeiro passo do processo de criação seria criar um padrão para a representação de letras, algarismos e sinais de pontuação. - "Primeiro eu preciso elaborar um sistema para as letras." - falou consigo mesmo naquela solitária e silenciosa. A lógica por trás do padrão elaborado pelo garoto seria simples. Os pontos feitos no papel via agulha daria uma textura de alto-relevo ao papel, sendo assim ele só precisava decidir a posição de cada buraco e quantos seriam. À priori iniciou com seis, sendo este o limite de posições de furos. Saber onde ficavam os pontos de acordo suas posições era o que daria ao cego à oportunidade de efetuar a leitura do material que quisesse.

Como era humanamente impossível para aquele jovem elaborar todo um alfabeto naquele mesmo dia, e já estava horas a fio trabalhando no seu projeto sem ao menos parar para comer ele estava exausto. Sua mente havia trabalhado o dia inteiro, mas ao menos conseguiu elaborar as dez primeiras letras do alfabeto. Sendo estas as letras A,B,C,D,E,F,G,H,I,J. Estava tão esgotando que nem ao menos conseguia formar palavras no momento, seu cérebro não aguentava mais trabalhar. Passara horas checando se estava conseguindo enxergar as letras em alto-relevo e conseguiu. O sistema era novo e provavelmente demoraria muito tempo para ser criado, entretanto, acendeu-se a chama da esperança para o garoto que queria aprender a ler. Munido com todos os papéis que havia trabalhado, mal podia esperar para chegar em casa e mostrar a sua família tudo o que começou a fazer.





 




250 HP
250 CH
ST: 00/02

Considerações:

- Considerei que não existe braile no Universo Naruto.
- Chi Long Qua não sabe ler, portanto necessitou criar uma linguagem para que pudesse ler e prosseguir com os estudos.
- Os pontos em branco nas letras não devem ser considerados, considere apenas os pontos em negrito e suas posições.
- Coloquei referências através de links na parte final do texto para entenderem o padrão das letras.
- Treinamento visando +1 em inteligência + mês do up. Foram 847 palavras no total.
- Edit: Ajeitar a quantidade de Chakra e HP, estavam errados.

Bolsa de armas:

Kunai: 5/5
Shuriken: 10/10
Kibaku Funda: 5/5


Última edição por ChiLongQua em 4/11/2018, 23:36, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Ajeitar a quantidade de Chakra e HP)
ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@Aprovado; legal o plot.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

Henge!

Treinamento de Ninjutsu

Não demorou muito até que o jovem garoto limpasse toda a sua bagunça deixada para trás. No final da tarde já estava tudo bem organizado, o sol já ia se pondo e percebera que acabou perdendo muito tempo durante o dia. Foram horas sem treinar naquele dia e isto não podia passar pela sua cabeça agora que era um oficialmente um ninja. Desta vez não ia preocupar-se em pegar seu antigo chapéu de palha, apenas comeu uma fruta leve e avisou a seus pais que ia sair para treinar. - "O que treinará desta vez, filho?" - perguntou o pai. - "Hmmm.. estava pensando em Ninjutsu, pai. Estava querendo me transformar em alguns objetos e torná-los o mais realista possível. O que o senhor acha?" - perguntou Chi Long Qua. - "Me parece interessante. Mas como você vai ver se o objeto é realista?" - lembrou. - "Eu irei com você." - respondeu a si mesmo antes que pudesse desanimar o jovem garoto. - "Um treino em conjunto?! Sensacional! Como nos velhos tempos, né?!" - falava empolgado. - "Exatamente!" - respondeu fazendo cafuné na cabeça do filho.

Partiram então até o centro da vila para que pudessem arranjar alguns objetos interessantes para o treino. - "Você lembra no que se baseia o Henge, filho?" - indagou o pai durante a viagem. - "Hmm.. bom, é uma técnica que nos permite transformar em pessoas, animais, objetos... ela requer emissão constante de chakra para que possa ser realizada com sucesso." - respondeu mostrando entender um pouco do que estava falando. - "Você esqueceu de algo muito importante. É preciso também estar muito concentrado para manter-se transformado e isto é o que me preocupa, por você ser um ninja muito inexperiente. Mas tenho certeza que irá conseguir fazer grande uso desta técnica." - aconselhou. - "É verdade, pai. Por isso que decidi treiná-la hoje!" - exclamou.

Chegando no centro da vila, o pai avista algumas pedras e barris que poderiam ser bastante úteis para o treinamento. - "Vamos lá, use seu tato para visualizar estes objetos e transforme-se, eu vou avaliar se está realista ou não." - afirmou o pai. Alguns moradores achavam bastante estranho aquele comportamento, outros ignoravam completamente. Chi Long Qua posiciona-se próximo aos dois objetos e começa a apalpá-los para que possa enxergá-los através da sua imaginação e tato. E não demorou para que executasse os três selos necessários para a realização da técnica Henge no Jutsu, transformando-se em uma pedra ao lado daquela que havia tocado. O pai começou a analisar e fazer comparações entre os dois. - "A sua textura não está tão 'viva' como a da pedra e isto pode lhe trazer problemas. Você não está concentrado? Está se atrapalhando comigo perto? Vamos lá, você pode fazer melhor do que isso. Lembre de nossos treinamentos no antigo lago." - disse o pai do garoto incentivando-o.

Assim que ouviu o encorajamento do seu pai, desfez a transformação e voltou a apalpar a pedra. Não demorou muito até que realizasse os mesmos selos e técnica, transformando-se em pedra novamente. E desta vez estava primoroso, o pai começou a aplaudir a execução da técnica feita pelo seu filho. - "Muito bem, era isso que eu queria ver. Sua textura está impecável, está morto como uma pedra hahahahah" - gargalhou. - "É a vez do barril, vamos lá. Concentre-se!" - incentivou novamente. Chi Long Qua começou a apalpar o barril novamente sem dizer uma palavra, parecia muito imerso ao treinamento. Tocou de cima a baixo para que não perdesse um só detalhe. Após finalizar a sua análise, transformou-se imediatamente em barril e parecia ter evoluído bastante. O barril beirava a perfeição, parecia que havia acertado em cheio. - "Muito bem!" - disse o pai, elogiando o garoto. - "Agora a fase final, transforme-se em mim. Toque o meu rosto." - ordenou o pai.

Sentindo-se desafiado, o garoto tocou com as duas mãos o rosto do pai. Apesar daquele rosto ser bastante conhecido por ele, não diminuiria a dificuldade de transformar-se em uma pessoa. Aquilo, com certeza, era a tarefa mais difícil para o jovem que  nunca havia enxergado nem o próprio rosto. Soltando o rosto do seu pai, começa a relaxar a sua mente e tentava não pensar em nada além do formato do rosto de seu pai. Tentava tirar a pressão do ambiente ao seu redor e ia relaxando seus músculos. Até que no ápice do seu relaxamento, executa novamente os mesmos selos anteriores e transforma-se em seu querido pai. Tentava manter a emissão de chakra constantemente enquanto estava na forma do seu pai. "Hm.. nada mal.. mas você pode melhorar. Meu corpo não é exatamente assim.. tente mais algumas vezes" - ordenou o pai. Chi Long Qua seguiu tentando várias vezes, chegara a ser muito cansativo pois acertar exatamente a forma de outra pessoa era extremamente difícil para um cego. Passaram-se horas até que o garoto finalmente pudesse transformar-se no seu pai por completo. - "Vamos, você se esforçou muito hoje. Você merece um Ramen pelo treino de hoje!" - o pai gratificara o seu filho e seguiram juntos até a banca de ramen mais próxima.

 




250 HP
250 CH
ST: 00/02

Considerações:

- O primeiro parágrafo refere-se ao seguinte filler.
- Treinamento de Ninjutsu, 841 palavras. Visando +2 em Nin, através do mês do UP!

Bolsa de armas:

Kunais: 10/10
Shuriken: 10/10
Kibaku Fuda: 5/5
Hikaridama: 10/10

Jutsus Utilizados:

Henge no Jutsu
Rank: E
Selos: Cachorro, Javali e Carneiro.
Descrição: Tendo em conta tudo o ninja missões são atribuídos a - coleta de inteligência, batalha, diversões - este é um ninjutsu de valor inestimável. Ele é geralmente usado para se transformar em outras pessoas do que a si mesmo, mas um também tem a capacidade de se transformar em animais, plantas e objetos inanimados, como até mesmo armas. Isto dá esta técnica uma grande quantidade de usos. A transformação de um shinobi habilidoso será exatamente como o artigo genuíno, por isso vai ser impossível dizer os dois separados. Por outro lado, a transformação realizada por uma pessoa inexperiente terá discrepâncias óbvias. A técnica de transformação é considerada entre as mais difíceis de rank E, uma vez que requer emissão constante de chakra enquanto mentalmente manutenção da forma. Em cima disso, o usuário seria, muito provavelmente, interagindo com o ambiente. Isso coloca pressão mental sobre um ninja inexperientes.
ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Tama
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67003-f-yuki-shiroi#493173
@
Tama
Tama
Administrador
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA Vh077Ys

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

Cuidado! Escalando penhasco!

Treinamento de Stamina

Próximo ao antigo lago onde costumara treinar, havia por trás da pequena floresta duas montanhas. A montanha por trás da maior entre elas era muito mais íngreme e perfeita para escaladas mais desafiadoras. E era para lá que Chi Long Qua iria naquela noite, desta vez para realizar um treino de resistência. Ele sabia que um ninja de alto nível deve treinar a sua resistência para que não sucumba em batalha facilmente. As vezes um shinobi passa dias fora para realizar uma missão e isto demanda alto nível de resistência e disciplina. Despediu-se de seus pais dizendo que iria para o antigo lago, para que não se preocupasse e pariu rumo as montanhas.
 
A caminhada fora longa, a noite estava um pouco fria e aquilo poderia prejudicá-lo na escalada se não fizesse um pequeno aquecimento e alongamento antes de subir. É claro que a caminhada até lá o aqueceria um pouco, mas não seria o suficiente. Da última vez que não fez preparativos para escalar esta mesma montanha, acabou se machucando um pouco e não queria repetir a façanha. Chegando lá, o jovem manteve-se próximo ao pé da montanha mais íngreme e começou a alongar-se. Estava seus braços para cima, alongava seus dedos, girava os punhos, fazia uma sequência de pé de chinelos, abriu escala e fez todos os tipos de alongamentos possíveis para se sentir preparado. Diferente da sensação térmica anterior, agora se sentia mais quente e preparado para enfrentar aquela montanha novamente. - "Vamos lá!" - pensou.

Chegando mais perto e apalpando o pé da montanha, foi identificando algumas rochas pontiagudas que poderiam servir no início da escalada. Agarrou-as com as duas mãos firmemente, investigando e forçando-as para baixo com certa força para que se certificar que não iria cair. Sentindo-se seguro, iniciou a escalada através destas rochas que apalpou. Sua mão direita ficara encarregada de apalpar o que via por cima para identificar se poderia subir por aquele caminho ou não, sua mão esquerda era mais dominante e possuía mais força para se manter firme durante a escalada e evitar maiores problemas. Sentia dificuldade, pois o seu peso e a gravidade lhe puxava constantemente para o chão. Tendo que usar mais força do que o normal e o auxilio do Gake Nobori no Gyō. Agora que era um ninja formado, podia usar esta técnica que estava no seu repertório antes quando havia tentado escalar pela primeira vez.

À medida que ia pegando o jeito da escalada, soltava à sua mão direita da montanha e a posicionava em suas costas para gerar mais adrenalina à escalada. Sentia-se seguro por confiar na força de sua mão esquerda. Haviam mais alguns metros a sua frente, forçando-o a voltar à usar a outra mão novamente para que pudesse sentir se estava chegando perto do topo ou não, e estava. Chegando no topo, sentou-se momentaneamente para descansar pois estava um tanto quanto ofegante. Não imaginara que a montanha podia ser tão alta. - "Nunca imaginei ela assim, tão alta... pelo menos eu pude enxergar um pouco de como ela é" - referindo-se ao seu método de enxergar as coisas através do tato. O vento era mais forte no pico da montanha, balançava suas roupas e se estivesse com seu chapéu de palha ele facilmente voaria de sua cabeça. - "Ainda bem que não estou com o meu chapéu... eu com certeza perderia ele. Graças as reclamações do meu pai, que disse que não fazia sentido usar chapéu de noite. Por que teria que ter sentido?... bom... pelo menos de alguma coisa serviu todas essas broncas" - refletiu no íntimo de sua mente. Sem deixar que seu corpo esfriasse, o garoto decidiu descer da mesma forma que subiu. Usando desta vez o dobro de sua força e cuidado para que não se machucasse. Este treino de resistência havia lhe deixado exausto quando chegara no pé da montanha, o que concluiria o seu treinamento de resistência daquela noite. Ofegante, apenas tratou de voltar para sua residência o mais rápido possível pois não via a hora de jantar.
 




300 HP
350 CH
ST: 00/02

Considerações:

- Treinamento de Stamina visando +2 pontos, considerando o mês do UP.

Bolsa de armas:

Kunais: 9/10
Shuriken: 10/10
Kibaku Fuda: 5/5
Hikaridama: 9/10

Jutsus Utilizados:

Gake Nobori no Gyō
Rank: E
Descrição: Este é um método de treinamento que envolve escalar um penhasco íngreme alta ou usando apenas um braço. Ele se destina a melhorar a sua força e disciplina.
ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Rocky
https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928
Aprovado, +2 estamina.

_______________________

[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA Original
Rocky
Rocky
Shugonin Jūnishi
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

Treinamento de Força e Taijutsu.

Hearts on Fire

Chi Long Qua chegara do centro médico de Konoha no fim da manhã, sua família estava demasiadamente preocupada. Afinal de contas, saíra em missão e demorou muito tempo para voltar. Chegaram a pensar até que havia sido morto em batalha. Tomado por um abraço de sua mãe e pelo alívio de seu pai, o garoto relatou tudo o que aconteceu durante a sua ausência. Tratava-se de uma missão importante e aquela missão garantiu-lhe o título de Chunnin. - "Estou orgulhoso de você, meu filho." - disse o pai. - "Mas você precisa treinar mais duro agora, não pode mais correr riscos como correu nesta missão!" - alertou. Com um de seus braços imobilizados, devido a fratura que sofrera, sabia que poderia treinar mesmo assim. Afinal, ainda tinha duas boas pernas e seu outro braço estava intacto. - "É por isto que treinarei hoje mesmo, pai. No antigo lago!" -

Na verdade, o treino não seria ao redor do lago como fora o seu treinamento de velocidade. Desta vez, o garoto pararia bem antes do lago e elaboraria seu treino na floresta que ficara no caminho para seu local de treino favorito. Durante sua caminhada até lá, havia determinado que treinaria sua força em algum tronco de árvore capaz de sustentar socos e chutes. Com sua mão livre, investigaria a largura dos troncos através de seu tato e não demorou para encontrar a sua parceira de treino daquele dia. Tomou a distância de trinta centímetros do tronco e desferiu jabs sucessivos no tronco com força controlada e à baixa velocidade. Sua intenção era apenas a força do golpe junto à sua precisão e não sua velocidade. Seus movimentos eram bem limitados, afinal seu outro braço estava enfaixado. Mas mesmo assim, continuou socando o tronco agora dando ganchos com sua mão. O movimento da mão era de baixo para cima, causando grande impacto no tronco da árvore.

A cada soco que executava, parava alguns segundos para ajustar sua postura de luta. Flexionava levemente seus joelhos, mantinha seus pés alinhados com seus ombros e relaxava sua mão, tronco e torso. Respirava fundo antes de socar o tronco da árvore, pois isto lhe auxiliaria para focar a mente na sua parceira de treino. Sempre inspirava o ar ao socar o tronco daquela árvore, pois julgava que a respiração era parte fundamental da execução de tais movimentos. Após cerca de quinze ganchos, decidira mudar o estilo de golpe e daria sucessivos cruzados. Tratavam-se de socos laterais que certamente acertariam o ouvido ou a lateral do crânio de um ser humano. Quando dava um soco cruzado, girava seus quadris na direção da árvore para impulsionar o impacto. O movimento era minucioso, pois era feito à medida que o seu braço se aproximava da árvore. Entendia-se que o soco vinha de seu ombro e não de seu braço, por isso o motivo de mantê-lo sempre relaxado. Seu punho mantinha-se fechado sempre, para que sua mão tivesse o mesmo impacto do que uma pedra teria.

Ao executar quinze cruzados, começou a elaborar sequências de socos. Daria um jab, seguido de um cruzado e finalizaria com um forte gancho. À medida que seu braço avançava, seu corpo dançaria com seu braço e também avançaria para trazer perfeição ao movimento. Executaria tal movimento até sentir-se satisfeito e familiarizado o suficiente com o início daquele longo treinamento. Não tardou para chegar a vez de suas pernas, estas estavam intactas e o movimento não lhe incomodaria tanto como o de seus braços. Entretanto, ao invés de desferir golpes contra a sua parceira de treino iria realizar uma série de agachamentos seguidos de salto.

A ideia era simples, para haver força em seus chutes deveria fortalecer a parte do corpo onde habitam os maiores músculos do corpo, suas pernas. Flexionava suas pernas, arqueando-as em um ângulo de noventa graus e pularia assim que alcançasse o ângulo certo. A velocidade do movimento aumentaria gradativamente a cada quinze agachamentos efetuados. Nos primeiros quinze, a velocidade seria baixa e isto lhe poderia prevenir futuras lesões. Na segunda série de agachamentos faria em velocidade e por fim, em alta velocidade e intensidade. Sentia os músculos de suas pernas queimarem, sinal que o treinamento estava surtindo efeito e os músculos de suas pernas seriam fortalecidos. Outro motivo para surtir tal efeito seria pelo fato de estar usando o peso do próprio corpo nos agachamentos.

Finalizando os movimentos anteriores, iniciaria seu treino de Taijutsu efetuando a sequência de jab, cruzado e gancho para em seguida agachar-se e saltar. Sua intenção era unir todos os movimentos que foram feitos desde o início do treino. A intensidade do treino tornava-se maior devido a dificuldade de realizar tudo aquilo ao mesmo tempo. O jab era um soco muito rápido e preciso, tratava de girar seu corpo e relaxar seus braços no cruzado e finalizaria a sequência de socos com um forte gancho. Arquearia suas pernas rapidamente e assim que estivesse no ângulo certo, saltaria. À medida que o movimento tornava-se fácil, trataria de implementar um novo movimento. O próximo parecia simples, faria a mesma coisa de antes mas acrescentaria um salto de um metro para trás no fim. No final desta nova sequência, caminharia novamente em direção à árvore e iniciaria o combo novamente.

O próximo movimento a ser acrescentado seria um arremesso de shuriken em direção da árvore durante o salto para trás. Socos desferidos, agachamento seguido de salto para trás, antes de cair no chão o garoto enfiaria a sua mão na bolsa de armas e arremessaria esta no troco na sua parceira de treino. Para não correr risco de machucar-se quando fosse dar início ao movimento novamente, tatearia a árvore de tal forma que pudesse encontrar a arma que fora jogada e largaria-a no chão, bem próximo para que pudesse catar tudo depois. Não usaria a mesma arma, pois não queria correr o risco de cegar a lâmina. Portanto, executaria este movimento até suas dez shurikens fossem lançadas.

Apanhando todas no final, colocando-as de volta em sua bolsa de armas, o jovem começava a pensar em um novo movimento para acrescentar em seu treinamento. - "Além de treinar eu também economizo, né?" - referia-se ao fato de não querer deixar suas armas jogadas naquela floresta. Acabou optando por não continuar acrescentando movimentos, decidiu iniciar uma nova sequência. Daria as costas à árvore e contaria passos o suficiente para chegar a uma distância de dois metros da mesma. Assim que chegasse a distância planejada, correria em direção da árvore para executar o Hien Shippu Kyaku. A joelhada que inicia o golpe não acertaria a árvore, por ela não deslocar-se facilmente. Mas o chute com a perna direita e esquerda sim. Os chutes eram dados com sua força máxima, era possível ouvir o barulho das folhas caindo a cada impacto. Como no fim da execução da técnica Chi Long Qua estaria muito próximo ao chão, rotacionaria seu corpo em 360 graus para combinar uma rasteira no fim. Repetiria tal movimento cerca de dez vezes, até para não destruir a árvore com sua brutalidade. Quando seu treino chegara ao fim, caminharia para tomar um pouco da água do lago e voltaria para sua casa para que pudesse comer alguma fruta e descansar.
 




375 HP
425 CH
ST: 01/04

Considerações:

- Treino de 1208 palavras, visando +1 em Força e +1 em Taijutsu.

Bolsa de armas:

Kunais: 9/10
Shuriken: 10/10
Kibaku Fuda: 5/5
Hikaridama: 4/10

Jutsus Utilizados:

Nome: Hien Shippu Kyaku
Rank: C
Alcance: 2m
Selos: --
Duração: --
Descrição: O usuário dá um grande salto suficiente para manter-se no ar por alguns instante na direção do inimigo, perdendo o contato das duas pernas com o chão. Arqueando sua perna direita, inicia o golpe atingindo o oponente com o joelho direito. Rotaciona a sua cintura para o lado esquerdo de forma que possa executar um chute com a perna esquerda ainda no ar, enquanto recolhe a sua perna direita. E por fim, o usuário rotaciona novamente a sua cintura de forma que possa executar um chute com a perna direita para finalizar a sequência.
ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
ChiLongQua
http://narutorpgakatsuki.net

 
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 1xPueCu

Ê Ô, Ê Ô

Treino elemental.

A memória de Chi Long Qua não era perfeita, possuía diversos buracos e costumava lhe trair. Entretanto, seu pai costumava contar histórias sobre quando sua vida como um ninja era ativa. Contara certa vez como descobriu quais elementos a vida lhes concedeu e obteve essa resposta de forma diferente, havia feito como todos fizeram outrora. Passavam o dia concentrando chakra em folhas de papel que reagem ao chakra, até que houvesse uma reação com a folha e surgisse a resposta. Isto, inclusive, era ensinado na academia ninja e fora lá onde o garoto descobriu que sua primeira natureza seria Doton. Demorou dois pacientes dias concentrando-se em uma mesma folha até que a mesma virou sujeira e esfarelou-se em sua mão.

Graduado, sabia que tinha que buscar meios de tornasse mais forte e aumentar o leque de possibilidade em seu arsenal. Chi Long Qua sabia que seu pai guardava souvenirs da sua juventude shinobi e lá haviam papéis especiais como estes, que possibilitariam uma provável descoberta de uma nova natureza de chakra. Pedindo permissão ao seu pai, fora até seu quarto e pegou dois destes papéis para que pudesse começar o seu treinamento ao longo do dia. Apesar de estar mais forte, o garoto não era um gênio. Sabia que teria que superar os obstáculos na base do esforço e perseverança, como tem feito desde os seus primeiros dias.

Sentado sob o chão de seu jardim na posição de lótus, colocaria um dos papéis dentro de seu kimono e seguraria o outro com sua mão dominante. Concentrando-se o máximo que podia, tentava esquecer o ambiente ao seu redor. Era só ele, sua energia e o papel. Nada mais, a concentração deveria ignorar momentaneamente os pássaros, as fofocas da rua e os barulhos de sua casa. Como sua audição era muito sensível, fora quase impossível concentrar-se de tal modo. Parecia que todos estavam dentro da sua cabeça conversando naquele momento, o que acabou lhe levando a uma perda de duas horas e desgastando o primeiro papel na tentativa.

Com o tempo, o ambiente externo fora se tornando mais calmo e com menos gente na rua. Puxou o papel que estava dentro de seu kimono e voltou a concentra-se da mesma forma anterior. Sua respiração era firme, seu corpo nem ao menos se mexia e a posição de lótus estava estável. Em quinze segundos de paz interior, Long Qua conseguiu fazer seu chakra reagir ao pedaço de papel que dividiu-se em dois e fugiu de sua mão. Aquilo indicava que a vida lhe havia concedido a natureza do vento, como segundo elemento. Feliz com seu resultado, entrou para sua casa e chamou seu pai para que pudesse ver o papel partido em dois no chão.
 

 




425 HP
475 CH
ST: 00/04

Considerações:

-O título faz referência ao refrão desta música.
- Treinamento para liberar o segundo elemento: Fuuton.
- Contém 458 palavras.

Bolsa de armas:

Kunais: 9/10
Shuriken: 10/10
Kibaku Fuda: 5/5
Hikaridama: 4/10

Jutsus Utilizados:


ChiLongQua
ChiLongQua
Chūnin
Vilarejo Atual
[TREINAMENTOS] - CHI LONG QUA 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos