Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
AkkeyJogador de RPGs narrativos desde 2012, Akkey (mais conhecido entre os players como Akihito) conheceu o Akatsuki em maio de 2020, encantando-se, acima de tudo, pela comunidade afetuosa e acolhedora formada pelos jogadores do fórum. Atualmente, é responsável por auxiliar no desenvolvimento e adequação das regras e sistemas do RPG, manutenção do tema e design do fórum e gestão da área de avaliação de criações. Fora do universo do Akatsuki, Akihito é graduando em Engenharia da Computação e atua profissionalmente como Desenvolvedor de Software.
wyalves#7702

Ícone
Convidado

Pela manhã havia feito uma simples missão de limpeza, ganhou uma boa recompensa a pesar do que fez. Mas o dia ainda estava longe de terminar. A vontade de se fortalecer o forçava a trabalhar arduamente, não só executando missões como também treinando seu corpo e mente. Um verdadeiro ninja é aquele que nunca descansa até alcançar os seus objetivos, e os dele ainda estava longe demais para parar por um só segundo. Chegou então em meio ao seu campo de treinamento. Um local plano, de solo batido e um pouco afastado da vila. Ficar longe de todo o barulho lhe fazia muito bem por sinal.

Deixou suas coisas sob a sombra da árvore mais próxima, desde sua bolsa de armas até parte de sua vestimenta. Manteve-se vestido apenas com sua calça e a faixa avermelhada enrolada em sua testa. Seu físico não era dos melhores, a sua resistência era fraca, o que lhe traria prejuízo em meio a um combate. Um ninja que não possui vigor o bastante para perdurar em uma batalha certamente cairá sob a arma do inimigo. Este era o pensamento do jovem. Puxou uma quantidade boa de ar e começou a relaxar, consequentemente focando no seu treinamento.

Deitou-se sobre o solo fresco esticando totalmente o seu corpo, o mantendo de barriga para cima. Colocou ambas as mãos sob sua cabeça e a apoiou. Puxou novamente uma grande quantidade de ar até os seus pulmões, relaxando cada músculo do seu corpo. Em seguida ergueu seu tórax do chão usando suas mãos apoiadas na cabeça como auxílio, iniciando sequências de abdominais. Não estava acostumado, nunca tinha feito isso antes, então ergueu-se devagar. Não queria fazer esforço desnecessário, sabendo que podia se machucar no processo. "Um, dois, três, quatro, cinco, ... " Contava em pensamentos, pois respirava calmamente enquanto fazia suas abdominais. Chegou a décima abdominal e parou, teve que descansar durante um minuto, para só assim retomar o seu exercício.

Passou-se um minuto e deu prosseguimento ao seu treinamento. Colocou sua perna direita curvada e apoiou-a sobre o seu joelho esquerdo, retirou sua mão direita de baixo da cabeça e deixou somente a esquerda a apoiando. A abdominal agora seria diferente. Ergueu seu tórax na direção da perna erguida, usando sua mão esquerda como apoio para a cabeça. Começou a contar mentalmente enquanto respirava calmamente durante o processo. " Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito,..." Finalizou mais uma vez na décima abdominal. Ficou deitado por mais um minuto, descansando o seu corpo. Fazia seu exercício de forma vagarosa, na intensão de não se lesionar. Respirava lentamente, se recuperando do pequeno esforço que fazia.

Aquele um minuto se passou, podia prosseguir com seu treinamento. Fez a mesma coisa que antes, mas do lado oposto. Curvou sua perna e a colocou apoiada sobre o seu joelho direito. Retirou sua mão esquerda de baixo da cabeça e deixou somente a direita, a apoiando. Puxou um pouco de ar até os pulmões e iniciou mais uma vez a sua abdominal. "Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, ..." A cada contagem o jovem soltava o ar dos pulmões e o puxava novamente para dentro deles, aliviando a tensão do corpo e diminuindo sua frequência cardíaca, de modo a não se desgastar sem necessidade. Deitou - se sobre o chão após a décima abdominal e mais uma vez descansou. Aquele tempo se passou e ao invés de prosseguir com o treinamento resolveu se hidratar. Pegou uma garrafa grande de água e a bebeu devagar. O suor escorria em seu rosto e a água descia garganta abaixo refrescando todo o seu interior.


HP: 200/200 CH: 200/200 ST: 0/2


Considerações:
Palavras: 602
+ 1 Stamina Up = 2
Jutsus Usados:
Armas Levadas:
Kunais - 10
Kibaku Fuuda - 20 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Tama
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67003-f-yuki-shiroi#493173
@
Tama
Tama
Administrador
Vilarejo Atual
[Treinos] Kuroku Vh077Ys

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado



Come On Die Young

A pequena garota já estaria chegando perto da loja de armas quando passou em frente a cafeteria a qual outrora esteve com seu falecido companheiro. Seu dia estava ocorrendo bem, inclusive pensou estar superando sua falta, no entanto aquele vislumbre lhe afligiu de uma forma desproporcional. Ela não acreditava ser louca, mas talvez um psiquiatra diria o contrário. Em poucos metros da loja, a dor em seu âmago parecia espalhar-se por todo o seu corpo, e um frio em seu estômago passou a ser tão insuportável que ela somente desejou gritar; então segurou a ânsia de vômito e correu numa direção antagônica e longe dali.

Teria finalmente caído a ficha? Esteve segurando seu pranto desde que visualizou o corpo do querido dilacerado, e agora de uma vez ele vinha como uma tsunami inundando toda a cidadela nos arredores de uma área praieira. A pequena sombra da folha corria e saltava pelos telhados das casas de modo a se afastar cada vez mais da zona urbana. Ela precisava ficar sozinha. Quanto mais se afastava de toda a região onde poderia ser vista, melhor. E num piscar de olhos via-se diante um campo esverdeado gramíneo, farejando a umidade oriunda dos vegetais e gracejou pela sorte de encontrar aquele lugar vazio; um lugar de muitas memórias em que esteve treinando incansavelmente, para tornar-se a ninja mais poderosa que o mundo ninja já conheceu.

Passeou alguns metros com os olhos transbordando lágrimas severamente entristecidas, quando avistou que não estava efetivamente sozinha: havia alguém deitado no gramado. Seu estado psicológico não contribuía para lidar com aquela situação de modo razoável. Tudo que ela precisava era conjurar uma técnica que faria com que a alma do falecido retornasse à vida, como uma magia negra obscurecida. Sua sede de poder não era o que lhe motivava, mas sim o seu amor pelo garoto que tinha morrido tão cedo que impossibilitou que vivenciassem outros momentos felizes. A moralidade já não era mais uma barreira impenetrável, e ela sabia que bastava conjurar a técnica que estaria feito - toda aquela dor e angústia que sofria vaporizaria-se num instante -. Encarou o garoto, e sem hesitar praguejou uma paralisia em área que visava unicamente congela-lo de modo que cordas parecessem amarrá-lo por todo o corpo, sem ter a permissão de mover um músculo sequer. Se tivesse êxito em prendê-lo, imediatamente faria os selos necessários para que a técnica da reencarnação impura desse origem a escrituras no chão, seguindo até o local onde o garoto estaria paralisado e recobrindo-o com uma camada de coloração marrom que seria responsável por retirá-lo o direito de viver, concebendo o mesmo para o que outrora havia morrido e habitava o coração da pequena garota.  

HP: 1525/1525 CH: 2490/2700 ST: 01/09


Considerações:
→ Visual; Aisusōdo na cintura e Kubikiribōchō diagonalmente nas costas.
→ Vim efetivamente daqui, onde ela estava indo para uma loja de armas. Retrocedendo um pouco na história, para entender a invasão é preciso antes entender os acontecimentos que Hipátia vivenciou. Ela é uma garota solitária e carente, e tornou-se assim devido a morte de seus pais. Agarrou-se no objetivo de tornar-se a ninja mais forte para suprimir esse sentimento de falta, e com o tempo tornou-se Hokage. Neste tópico ocorreu a morte do mais próximo de seus amigos, o qual ela tinha um afeto em especial por ser de sua equipe e ter depositado nele toda a sua angustia e carência. Com sua morte, ela só pensou em reencarná-lo com o seu Edo Tensei, como visto neste tópico. A falta do seu companheiro de equipe foi sentida ainda em outros posts no gabinete, aqui, e aqui. Neste último eu dei a entender que ela estava superando a perda (como ocorre muitas vezes quando alguém está de luto) mas então com uma recaída (como destacado no trecho "Shizuke-kun... por que você teve que morrer?... ── E Notar isso significava que agora pensava, e uma tristeza elevou-se alterando o semblante de ânimo"). Além disso ela é individualista, então faria de tudo para conseguir reviver o seu amado. Matar uma pessoa para ela é algo que pode ser extremamente simples, exceto por uma questão moral de ser Hokage e atacar um ninja do próprio vilarejo o qual normalmente protegeria. Com a recaída que ela teve nessa questão do luto (ao ver a cafeteria que tomaram café neste RP), ela correu para um lugar afastado da vila na intenção de ficar sozinha quando encontrou Kuroku, sendo esse a última gota d'agua para que ela suprimisse esse valor moral e decidisse tomar a ação de ceifar alguém do próprio vilarejo (tudo isso vai de acordo com o arquétipo individualista, "...O Arquétipo do Individualista é constituído pelo desejos pessoais acima dos valores éticos e morais..." leia mais aqui).

Kuroku escreveu: "Deitou - se sobre o chão após a décima abdominal e mais uma vez descansou. Aquele tempo se passou e ao invés de prosseguir com o treinamento resolveu se hidratar. Pegou uma garrafa grande de água e a bebeu devagar. O suor escorria em seu rosto e a água descia garganta abaixo refrescando todo o seu interior." → pelo que entendi, ele estando deitado bebeu a água, então estou considerando que ele estava deitado no momento em que Hipátia chegou. Mas caso eu estiver interpretando errado, pode considerar que ele estava em pé ou algo do tipo, isso não interfere nas ações propriamente ditas. Todas as ações - embora às vezes narradas no pretérito perfeito - são tentativas. Segundo minhas intenções, Hipátia deve estar em vinte metros de Kuroku quando o avistou e efetuou o Kanashibari no jutsu. O Edo Tensei está sendo colocado como um jutsu coringa, pois ele só será feito se Kuroku ficar imóvel com a técnica de paralisia. O reencarnado é (evidentemente) Shizuke (Flare), cujo corpo consta no meu bingo book (sendo que só é necessário o seu DNA par a técnica ser efetivada). Sobre o Kanashibari: "Anula-se esta técnica, portanto, com pontos em Força ou Stamina iguais ou superiores ao Ninjutsu do aplicador da técnica". Hipátia tem Habilidade em Ninjutsu, então a faria sem o uso de selos de mão, e é necessário 5 pontos para sair da técnica. Velocidade máxima nas ações (05 atualmente) e resumindo: sem intervalos, ela chegou, avistou e conjurou o Kanashibari, seguido do jutsu Edo Tensei para torna Kuroku de sacrifício para reencarnar Shizuke.

Notas sobre o Edo Tensei: Vide a regra de bingo-book, "Os corpos e DNA’s podem ficar guardado em qualquer lugar, não precisando citar tal lugar pois sua guarda é apenas registro em OFF" Exatamente isso foi feito (nesse topico aqui e estou considerando na narração que o corpo do Shizuke ressurgiu no local proveniente de um selamento (apenas por fins de roleplay, dando sentido em on). De modo semelhante ao que é feito no anime.

Itens:

[Treinos] Kuroku 21471-anime-anime_girls-sword-748x468
Nome do Item Aisusōdo アイスソード
Espécie: Lendário
Rank: S
Descrição: Considerada uma espada longa, possui 70cm de lâmina com 10cm de largura, e 1cm de espessura. Seu cabo é parecido com o de uma katana, preto, e sua lâmina possui a cor de metal polido, com um corte devidamente afiado. Ela é leve, e tem origem nas antiguidades do clã Yuki. Por muito tempo ficou escondida em uma casa que pertencia aos primeiros gerações de membros do clã, em uma região obscura do país da neve.
Habilidades/Mecanismos: Primeiro mecanismo: A espada possui uma peculiaridade que só pode ser ativada por usuários de 氷遁, Hyōton; A soma de seu chakra elemental com essa espada tem o poder de congelar instantaneamente o que ela tocar, transformando-o num verdadeiro cristal de gelo, tão resistente quanto os jutsus comuns do elemento. Quando sua lâmina é tocada em algum objeto ou pessoa, a partir da região em que tocou começa-se a congelar as partículas de água da umidade do ar que mantem-se rente ao objeto, e uma crosta é formada em velocidade de jutsus rank S, caso o usuário emita o chakra suficiente para tal, sendo possível também diminuir o rank/velocidade de acordo com a quantidade de chakra empregada. Obs¹: 1 congelamento por turno; Obs²: Objetos indeterminadamente e corpos vivos somente o membro que tocar; Obs³: 100 Ch por congelamento.
Segundo mecanismo: A lâmina da espada pode ser prolongada com uma segunda lâmina feita de gelo, fina, e extremamente afiada. Sendo também possível criar esta segunda lâmina no meio da espada (perpendicular à lamina principal) em qualquer ponto da espada, e lançá-las como uma senbon (em velocidade de manipulação rank C) ou rank A gastando 100 de ch.
[Treinos] Kuroku QMXH2ZP
Nome do Item Kubikiribōchō
Espécie: Lendário
Rank: S
Regra: Regenera 25% da espada a cada corte.
Descrição: A Kubikiribōchō (首斬り包丁; Lâmina do Executor) é uma espada enorme em forma de uma faca gigante de açougueiro, ganhando o título de "Espada de Cortar" (断刀, dantō). Como as outras armas que pertencem aos Sete Espadachins Ninja da Névoa, a espada é passada de geração em geração entre os membros do grupo. A lâmina em si tem dois recortes, um círculo próximo ao topo e um semi-circulo mais perto da alça, que se ajusta apropriadamente ao propósito da espada em decapitar, como demonstrado através do uso de Suigetsu Hōzuki. O último entalhe permite que uma alça possa ser enrolada em torno da arma, tornando-se mais fácil para o usuário poder carregá-la. Sua alça extremamente longa também pode ser usada para dar um auxílio adicional e depois ser recolocada sempre que necessário para o combate. No entanto, apesar de ser bem treinado, Suigetsu nota que o peso da lâmina pode ainda o cansar facilmente; um problema que Zabuza Momochi não tem.
Bolsa de Armas:

Bolsa 1:
02/02 – Dasshi Ollo - Esmalte de unha venenoso
02/02 (10m) – fio
08/08 – kibaku fuuda
08/08 - senbon
05/05 - shuriken
05/05 - kunai


Bolsa 2:
05/05 - Kemuridama
02/02- Zōketsugan
02/02- Hyōrōgan
10/10 - Makibishi
04/04 - Hikaridama
08/08 - Shuriken
Jutsus usados:
[Treinos] Kuroku 320?cb=20180103040348
Kanashibari no Jutsu
Rank: D
Descrição: Uma técnica que restringe fisicamente um oponente, como se o oponente tivesse sido amarrado em cabos de aço invisíveis. Debilita a vítima por um curto período de tempo, o que permite que o usuário possa golpear novamente, ou tomar o alvo em custódia. Este é um ninjutsu D-rank onde a intensidade vai variar muito de acordo com o nível do usuário e sua habilidade. A técnica também pode ser convertida em todos os alvos de uma vez, dependendo da habilidade do usuário, e não deixará mal um shinobi durante as suas missões.

[Treinos] Kuroku 3ZocRrx
Kuchiyose: Edo Tensei
Rank: S
Descrição: A Invocação: Reencarnação do Mundo Impuro é uma técnica proibida em que, utilizando-se uma pessoa viva como um recipiente, a alma de uma pessoa falecida podem ser invocada de volta ao mundo dos vivos e ligada a este. O recipiente, então, toma a forma que a pessoa teve em vida, reencarnando-o para cumprir as ordens de seu invocador.
Criada por Tobirama Senju, esta técnica foi destinada para os mortos serem reencarnados em soldados capazes de limpar um campo de batalha com devastadores ataques e sob quaisquer outras circunstancias de ataques suicidas. Algum tempo após a sua criação, no entanto, Tobirama rotulou como kinjutsu e selou-o. O Sannin Orochimaru, mais tarde, adquiriu o conhecimento de como usar esta técnica para alcançar seus próprios objetivos. O assessor de Orochimaru, Kabuto Yakushi, afirma que esta técnica é a maior técnica no universo shinobi devido a ela não representar risco para o usuário, e por sua própria admissão, ele próprio viria a dominá-lo a um grau ainda maior do que os usuários anteriores.
A técnica requer primeiramente uma amostra de DNA da pessoa a ser reencarnada. Kabuto nota que isso basicamente equivale a roubo de sepulturas, apesar de manchas de sangue ou órgãos recuperados após a morte do alvo também funcionam. A alma da pessoa deve residir no "mundo puro" (浄土, jōdo); portanto, aqueles cujas almas foram consumidas pelo Deus da Morte, por exemplo, não podem ser revividos. No entanto, se é o caso onde as almas são libertadas do interior do Shinigami, um usuário dessa técnica é livre para reencarnar-los mais uma vez.
Em seguida, um sacrifício vivo é preciso para servir de recipiente para a alma do morto. Com todos os pré-quesitos para o ritual, a amostra DNA da pessoa é colocado num pergaminho especial que, ao ser ativado, espalha os restos do morto na forma de um selo especial, com o sacrifício em seu centro. E então cinzas e poeira cercam e cobrem o sacrifício, dando a ele a mesma aparência que o reencarnado possuía antes da morte. O processo á aparentemente doloroso, assim como foi visto quando Fū foi usado para reencarnar Torune. A pessoa então é reencarnada e é geralmente armazenada em um caixão até ser invocada pelo usuário. Teoricamente é possível reencarnar um número ilimitado de pessoas, enquanto o usuário tiver chakra, DNA e sacrifícios suficientes para executar a técnica. Apesar disso, esta técnica também tem limitações, tais como os indivíduos tendo as limitações que eles inibiram na vida, tais como a falta de mobilidade de Nagato e, dependendo do domínio da técnica do invocador, os indivíduos reencarnados não podem ser trazidos de volta com a força completa que tinham na vida. No entanto, um indivíduo reencarnando com poder total fornece um risco potencial para o usuário, como o reencarnado pode resistir às propriedades de contenção antes que eles possam ter um talismã implantados em seus cérebros. Embora, isso só aconteceu duas vezes.
É possível para um shinobi reencarnado ser revivido em um corpo vivo de verdade novamente. Madara, no entanto, foi ressuscitado sem os olhos originais, tendo morrido sem eles.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

Seu corpo, deitado sobre o gramado úmido dava sinais de melhoria, o bastante para se retirar do local e seguir para mais alguma missão antes de voltar para casa. Se levantou, limpando suas vestes cotidianas. Se voltou de costas para a árvore que lhe fazia sombra, guardando a garrafa de água em sua bag. Naquele momento, avistou uma silhueta vindo no horizonte, desconhecida e em velocidade. Sua pausa abrupta lhe chamou a atenção, lhe obrigando a caminhar em sua direção, mas algo estava errado.

Pelo que podia perceber seu corpo por inteiro estava paralisado, tudo após a chegada daquela desconhecida. Não sabia o que de fato estava acontecendo, mas aquilo certamente era algum tipo de ataque. Sem mais, procurou atacar, antes que mais algum tipo de ofensiva viesse contra seu próprio corpo. Usando de sua pericia elemental procurou cristalizar um objeto afiado em forma de agulha abaixo do queixo daquele ser, de forma a dispara-la de baixo para cima visando o queixo e por fim sua cabeça por inteira.

Antes mesmo de terminar tal movimento procurou gerar mais cristais sob os pés do ser ali presente, afim de perfura-la por completo. Mesmo que ela conseguisse escapar o jovem continuaria gerando mais espinhos, saídos um do outro de forma continua contra o suposto inimigo. Observando seus movimentos geraria ao redor do oponente o máximo de shurikens possíveis afim de atingi-lo de forma brutal.

Ainda de olho em seu ofensor procurava gerar um pilar pontiagudo sob o local em que ele caísse tentando pega-lo de surpresa e assim terminar com aquilo de alguma forma antes que sua própria vida fosse ceifada, caso essa fosse a intenção do desconhecido.


HP: 275/275 CH: 275-13-13-13-13=223/275 ST: 0/4


Considerações:
Vamos lá, acho isso uma pequena sacanagem, acabei de criar minha ficha ontem e estou prestes a perde-la e a ficar 7 dias sem poder cria-la novamente. Enfim.
1° - Conforme os passos de Hipatia foram ocorrendo eu fui fazendo os meus, então no movimento dela de vir até meu campo de treinamento eu simplesmente me levantei, me virei de costas para a árvore em que eu estava deitado sob a sombra, direcionando-me para a saída do local.
2° - Assim que a avistai parar, estranhando sua presença e sua parada repentina, procurei andar em sua direção, mas nesse momento percebi que estava paralisado e deduzi que ela era quem estava fazendo aquilo. Levei como um movimento ofensivo, e então parti para o ataque antes que algo acontecesse comigo. Então, tentei criar uma agulha abaixo do queixo dela, em seu ponto cego, afim de atingi-la em cheio.
3° - Logo em seguida procurei gerar espinhos cristalizados sob os pés dela, gerando mais e mais um saindo do outro afim de dificultar sua esquivas.
4° - Enquanto ela estivesse se esquivando eu simplesmente geraria uma quantidade máxima de shurikens a volta dela na intenção de atingi-la. Após tal movimento eu simplesmente olharia aonde ela cairia já buscando criar um pilarem seu tamanho máximo sob os pés dela.
Jutsus Usados:
[Treinos] Kuroku UdHo6G5
Kesshō: Rokkaku Shuriken
Rank: C
Descrição: Guren cria várias shuriken de cristal e lança-as no oponente. As shuriken são de seis lados com picos nos lados de cada lâmina, semelhante a flocos de neve. Como observado, Guren tem a capacidade de criar dezenas de uma vez, dando vantagem em seu combate direto, tornando seus ataques mais letais quando em contato com o corpo do inimigo.

[Treinos] Kuroku C7G8oPG
Crystal Release: Crescent Crystal Thorns
Rank: C
Descrição: Guren cria cristais crescentes como espinhos que ela pode manipular para crescer continuamente na direção de seu alvo.

Shōton (晶遁) 2x
Descrição: A Liberação de Cristal (晶遁, Shōton; TV Brasileira "Estilo Cristal") é uma área única e completamente potente de Ninjutsu Elemental, sendo capaz de formar Cristal, controlar cristais que contêm no campo de batalha, além de manipular matéria cristalina.
Armas Levadas:
Kunais - 10
Kibaku Fuuda - 20 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

Antes que pudesse juntar ambas as mãos para concretizar o sua técnica de selamento, o silêncio do ambiente seria rompido pelo som de algo que parecia formar-se próximo de si. Um som cristalino totalmente diferente do que qualquer peça daquele cenário poderia emitir; estranho e inusitado, como se um diamante estivesse colidindo com uma esmeralda - mas não era o caso. Trouxe de imediato a pupila de seus olhos para baixo e inclinou ligeiramente o rosto para tê-lo em seu campo de visão, e avistando a formação diáfana do cristal rosado, moveu seu rosto para fora da rota de colisão e deu um súbito pulo para sua diagonal esquerda em um desvio expressamente mais veloz do que aquele objeto poderia atingir, visando fazer com que a agulha passasse bem longe de seu corpo.

O Genin resiste. Concluiu, característica essa que pouco lhe admirava. Era natural que os seres viventes buscassem sobreviver acima de tudo. O individualismo era, no entanto, uma questão primitiva e freado unicamente pela moral. Por mais jovem que fosse, tais filosofemas faziam parte de sua concepção do mundo e universo. Mas não pensava nisso agora; seu foco total era em terminar aquela luta de modo que gerasse o menor numero de sequelas possíveis, revivendo aquele que desejava ter por perto. Presumindo que as ofensivas não cessariam ali - era uma ninja com grandes experiencias em batalhas - ergueu a partir de si uma cúpula de gelo que faria o papel de escudo ante os cristais que lhe perseguiam de quaisquer direções, enquanto conjurava por debaixo do oponente paralisado um pilar de gelo, que visaria congelar todo o seu corpo deixando somente o seu crânio livre, para mantê-lo respirando até que o selamento fosse concluído. Cercada por uma esfera gélida estaria segura ante outras possíveis ofensivas - ainda que não baixaria sua guarda para outras tão sutis quanto a primeira. Por conseguinte, cairia sobre o chão e esmagaria os cristais róseos recém formados com intenção de perfurá-la, impondo o poder do gelo ante o poder dos cristais.

Condicionalmente a obtenção de sucesso com a sua ofensiva, novamente traria ambas as mãos de modo a juntá-las e conjurar a reencarnação do mundo impuro - ainda dentro da cúpula - avançando com as escrituras pelo chão de modo a cercar o alvo e cobri-lo com a camada de coloração castanha; ceifando-lhe a vida e concebendo outra no lugar.

HP: 1525/1525 CH: 2415/2700 ST: 02/09


Considerações:
→ Visual; Aisusōdo na cintura e Kubikiribōchō diagonalmente nas costas.
→ Relevei alguns de seus movimentos que acredito que poderiam não ter sido feitos (por estar paralisado e eles exigirem movimentos). Como não especificado a distância do queixo considerei sua extremidade pontiaguda há um metro abaixo, e que a agulha tem dimensões de trinta centímetros de comprimento e 1cm de diâmetro (logo é fácil de ser vista). Como narrado, ela ouviria o som do cristal se formando (como visto nesse video) todas as técnicas dela fazem som, e não só por isso, mas estava silêncio no ambiente então seria relativamente fácil escutar - o menor ruído que fosse atiçaria o seu reflexo de olhar para baixo e perceber o objeto vindo - possibilitando então tirar a cabeça da rota de colisão (bastaria mover poucos centímetros para sair, daria pra ser feito em 0,01 segundo na sua velocidade) seguido de um salto para longe dali. O contra-ataque fez com que ela tivesse que cancelar o jutsu de reencarnação nesse momento para desviar. Lembrando que como ela tem 5 de velocidade, pra ela é como se a agulha viesse em uma velocidade facilmente identificável visto que manipulações são rank C. Feito o pulo, ela se distanciaria da segunda ofensiva dos cristais nos pés (ainda levando em consideração a sua velocidade devidamente maior) e então imediatamente o Hyōton: Hyōgan Dōmu foi criado ao redor de Hipátia - que ainda estaria no ar (em uns 7m do chão) devido o salto - protegendo 360º (inclusive a parte de baixo) e o pilar de gelo (Hyōrō no Jutsu) para cobrir Kuroku simultaneamente na medida do possível. Ela pousaria no chão com o domo de gelo em volta do seu corpo, e como narrado, acredito que esmagaria os cristais que fizeram o pilar porque o rank/força do jutsu é bem maior. Tudo em velocidade máxima [5], jutsus de hyoton não precisam de selos e a distancia final é de 20m, agora posicionada ao lado do garoto (que supostamente está paralisado pelo kanashibari olhando para frente, se for o caso, acredito estar fora do seu campo de visão). Caso Kuroku seja preso pelo Hyoro, novamente o Edo Tensei será tentado (repus inclusive o chakra não gasto do Edo no post passado).

Notas sobre o Edo Tensei: Vide a regra de bingo-book, "Os corpos e DNA’s podem ficar guardado em qualquer lugar, não precisando citar tal lugar pois sua guarda é apenas registro em OFF" Exatamente isso foi feito (nesse topico aqui e estou considerando na narração que o corpo do Shizuke ressurgiu no local proveniente de um selamento (apenas por fins de roleplay, dando sentido em on). De modo semelhante ao que é feito no anime.

Itens:

[Treinos] Kuroku 21471-anime-anime_girls-sword-748x468
Nome do Item Aisusōdo アイスソード
Espécie: Lendário
Rank: S
Descrição: Considerada uma espada longa, possui 70cm de lâmina com 10cm de largura, e 1cm de espessura. Seu cabo é parecido com o de uma katana, preto, e sua lâmina possui a cor de metal polido, com um corte devidamente afiado. Ela é leve, e tem origem nas antiguidades do clã Yuki. Por muito tempo ficou escondida em uma casa que pertencia aos primeiros gerações de membros do clã, em uma região obscura do país da neve.
Habilidades/Mecanismos: Primeiro mecanismo: A espada possui uma peculiaridade que só pode ser ativada por usuários de 氷遁, Hyōton; A soma de seu chakra elemental com essa espada tem o poder de congelar instantaneamente o que ela tocar, transformando-o num verdadeiro cristal de gelo, tão resistente quanto os jutsus comuns do elemento. Quando sua lâmina é tocada em algum objeto ou pessoa, a partir da região em que tocou começa-se a congelar as partículas de água da umidade do ar que mantem-se rente ao objeto, e uma crosta é formada em velocidade de jutsus rank S, caso o usuário emita o chakra suficiente para tal, sendo possível também diminuir o rank/velocidade de acordo com a quantidade de chakra empregada. Obs¹: 1 congelamento por turno; Obs²: Objetos indeterminadamente e corpos vivos somente o membro que tocar; Obs³: 100 Ch por congelamento.
Segundo mecanismo: A lâmina da espada pode ser prolongada com uma segunda lâmina feita de gelo, fina, e extremamente afiada. Sendo também possível criar esta segunda lâmina no meio da espada (perpendicular à lamina principal) em qualquer ponto da espada, e lançá-las como uma senbon (em velocidade de manipulação rank C) ou rank A gastando 100 de ch.
[Treinos] Kuroku QMXH2ZP
Nome do Item Kubikiribōchō
Espécie: Lendário
Rank: S
Regra: Regenera 25% da espada a cada corte.
Descrição: A Kubikiribōchō (首斬り包丁; Lâmina do Executor) é uma espada enorme em forma de uma faca gigante de açougueiro, ganhando o título de "Espada de Cortar" (断刀, dantō). Como as outras armas que pertencem aos Sete Espadachins Ninja da Névoa, a espada é passada de geração em geração entre os membros do grupo. A lâmina em si tem dois recortes, um círculo próximo ao topo e um semi-circulo mais perto da alça, que se ajusta apropriadamente ao propósito da espada em decapitar, como demonstrado através do uso de Suigetsu Hōzuki. O último entalhe permite que uma alça possa ser enrolada em torno da arma, tornando-se mais fácil para o usuário poder carregá-la. Sua alça extremamente longa também pode ser usada para dar um auxílio adicional e depois ser recolocada sempre que necessário para o combate. No entanto, apesar de ser bem treinado, Suigetsu nota que o peso da lâmina pode ainda o cansar facilmente; um problema que Zabuza Momochi não tem.
Bolsa de Armas:

Bolsa 1:
02/02 – Dasshi Ollo - Esmalte de unha venenoso
02/02 (10m) – fio
08/08 – kibaku fuuda
08/08 - senbon
05/05 - shuriken
05/05 - kunai


Bolsa 2:
05/05 - Kemuridama
02/02- Zōketsugan
02/02- Hyōrōgan
10/10 - Makibishi
04/04 - Hikaridama
08/08 - Shuriken
Jutsus usados:
[Treinos] Kuroku 320?cb=20180103040348
Kanashibari no Jutsu (ativo, 2º turno)
Rank: D
Descrição: Uma técnica que restringe fisicamente um oponente, como se o oponente tivesse sido amarrado em cabos de aço invisíveis. Debilita a vítima por um curto período de tempo, o que permite que o usuário possa golpear novamente, ou tomar o alvo em custódia. Este é um ninjutsu D-rank onde a intensidade vai variar muito de acordo com o nível do usuário e sua habilidade. A técnica também pode ser convertida em todos os alvos de uma vez, dependendo da habilidade do usuário, e não deixará mal um shinobi durante as suas missões.

[Treinos] Kuroku 783ccfc2d93cea645c1ccdfb7c65b228972a60fd_00
Hyōton: Hyōgan Dōmu (defensivo, força de rank A devido mestre elemental)
Rank: B
Descrição: Haku pode criar rapidamente uma cúpula de gelo em torno de seus aliados e de si mesmo para agir como uma defesa. É forte o suficiente para suportar o ataque de vários selos explosivos ao mesmo tempo, mantendo-se praticamente intacta.

[Treinos] Kuroku TanEminentCottonmouth-size_restricted
Hyōrō no Jutsu (ataque, força de rank S)
Rank: A
Descrição: Esta técnica permite ao usuário infundir seu chakra com gelo no chão e trazê-lo para a superfície. O usuário pode então prender seu oponente dentro do gelo, controlando seus movimentos e envolvendo-os completamente no gelo. É forte o suficiente para suportar as técnicas básicas de Liberação de Fogo, porque o gelo já foi infundido com o chakra do usuário. O usuário também pode se cercar da prisão de gelo para agir como um escudo.

[Treinos] Kuroku 3ZocRrx
Kuchiyose: Edo Tensei (coringa)
Rank: S
Descrição: A Invocação: Reencarnação do Mundo Impuro é uma técnica proibida em que, utilizando-se uma pessoa viva como um recipiente, a alma de uma pessoa falecida podem ser invocada de volta ao mundo dos vivos e ligada a este. O recipiente, então, toma a forma que a pessoa teve em vida, reencarnando-o para cumprir as ordens de seu invocador.
Criada por Tobirama Senju, esta técnica foi destinada para os mortos serem reencarnados em soldados capazes de limpar um campo de batalha com devastadores ataques e sob quaisquer outras circunstancias de ataques suicidas. Algum tempo após a sua criação, no entanto, Tobirama rotulou como kinjutsu e selou-o. O Sannin Orochimaru, mais tarde, adquiriu o conhecimento de como usar esta técnica para alcançar seus próprios objetivos. O assessor de Orochimaru, Kabuto Yakushi, afirma que esta técnica é a maior técnica no universo shinobi devido a ela não representar risco para o usuário, e por sua própria admissão, ele próprio viria a dominá-lo a um grau ainda maior do que os usuários anteriores.
A técnica requer primeiramente uma amostra de DNA da pessoa a ser reencarnada. Kabuto nota que isso basicamente equivale a roubo de sepulturas, apesar de manchas de sangue ou órgãos recuperados após a morte do alvo também funcionam. A alma da pessoa deve residir no "mundo puro" (浄土, jōdo); portanto, aqueles cujas almas foram consumidas pelo Deus da Morte, por exemplo, não podem ser revividos. No entanto, se é o caso onde as almas são libertadas do interior do Shinigami, um usuário dessa técnica é livre para reencarnar-los mais uma vez.
Em seguida, um sacrifício vivo é preciso para servir de recipiente para a alma do morto. Com todos os pré-quesitos para o ritual, a amostra DNA da pessoa é colocado num pergaminho especial que, ao ser ativado, espalha os restos do morto na forma de um selo especial, com o sacrifício em seu centro. E então cinzas e poeira cercam e cobrem o sacrifício, dando a ele a mesma aparência que o reencarnado possuía antes da morte. O processo á aparentemente doloroso, assim como foi visto quando Fū foi usado para reencarnar Torune. A pessoa então é reencarnada e é geralmente armazenada em um caixão até ser invocada pelo usuário. Teoricamente é possível reencarnar um número ilimitado de pessoas, enquanto o usuário tiver chakra, DNA e sacrifícios suficientes para executar a técnica. Apesar disso, esta técnica também tem limitações, tais como os indivíduos tendo as limitações que eles inibiram na vida, tais como a falta de mobilidade de Nagato e, dependendo do domínio da técnica do invocador, os indivíduos reencarnados não podem ser trazidos de volta com a força completa que tinham na vida. No entanto, um indivíduo reencarnando com poder total fornece um risco potencial para o usuário, como o reencarnado pode resistir às propriedades de contenção antes que eles possam ter um talismã implantados em seus cérebros. Embora, isso só aconteceu duas vezes.
É possível para um shinobi reencarnado ser revivido em um corpo vivo de verdade novamente. Madara, no entanto, foi ressuscitado sem os olhos originais, tendo morrido sem eles.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

De fato era bastante difícil para um gennin alcançar todo aquele poder que acabara de presenciar. Os movimentos rápidos que o impediam de perceber os passos do inimigo o impressionaram. Conseguia se desvencilhar dos ataques de forma incrível e fácil, dando ao jovem o decreto de sua morte. Não bastava a paralisia, seu corpo quase de imediato congelava, mantendo apenas sua cabeça para fora. Tudo foi muito rápido, não tinha mais o que fazer. Sentiu naquele instante o sugar de sua alma, e por um momento clamou por seus pais, que ficariam sem saber o que de fato aconteceu com seu filho querido. "Desculpe minha mãe, meu pai, mas eu não fui forte o bastante, amo vocês." Em um último suspiro, fechou seus olhos deixando de vez o mundo que habitava.


HP: 275/275 CH: 223/275 ST: 0/4


Considerações:
Jutsus Usados:
Armas Levadas:
Kunais - 10
Kibaku Fuuda - 20 (espaço 5)
Hikaridamas - 5 (Espaço 5)
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado

Ao passo que o corpo era consumido pelo selamento, Hipátia mantinha a aspereza em sua expressão facial e desmontava os ataques congelantes outrora conjurados; já não seriam mais necessários. Quando o jutsu foi concluído, desmontou também o gelo que lhe prendia. Resquícios de folículos esbranquiçados pareciam flutuar ao redor do reencarnado, e ela via seu amigo mais uma vez, respirando e olhando pra si com a mesma expressão indiferente de sempre, aparentemente incompreendendo aquela situação toda.

── Shizuke-kun? Funcionou? ── Seu rosto era uma interrogação; uma sincera interrogação. Ele revelava cada traço infantil de seu rosto estreito. Não aguardou que ele respondesse: correu, e abraçou-o bem forte, coisa que nunca tinha feito antes. Deu um passo para trás e ficou totalmente sem jeito ── É... me desculpe, Shizuke-kun. Você foi reencarnado com uma técnica minha, entende? ── Mas ela parecia conversar com uma estátua. A figura não lhe respondia e mantinha seu olhar reto na direção o qual foi invocado. ── É... ei? ── Esboçaria o selo do tigre com a mão direita, tentando controlar a técnica para atribuir-lhe as características referentes a sua personalidade, e depois de alguns minutos tentando finalmente pareceu conseguir. ── Hipátia-sama. Eu realmente morri? ── Perguntou Shizuke, suspirando profundamente. Ele procurava entender a situação toda, mas ela não se esforçou muito para explicar ── Veja só o que eu guardei ── Disse, retirando da sua bolsa o maço de cigarros que a ele pertencia, e levantando-o em sua destra ── Agora me segue, vamos voltar juntos pra vila... ── Expressou-se animadamente. Ela sentia-se muito melhor do que antes, e galgou na direção do vilarejo em retorno.

HP: 1525/1525 CH: 2415/2700 ST: 03/09


Considerações:
→ Visual; Aisusōdo na cintura e Kubikiribōchō diagonalmente nas costas.
→ Foi feito o Edo Tensei, reencarnando Shizuke. DNA retirado do meu bingo book (aqui). A narração feita foi levando em consideração que o jutsu deu certo. Caso falhe por algum motivo considere que ela apenas manteve Kuroku no gelo, situação inicial do post.

Itens:

[Treinos] Kuroku 21471-anime-anime_girls-sword-748x468
Nome do Item Aisusōdo アイスソード
Espécie: Lendário
Rank: S
Descrição: Considerada uma espada longa, possui 70cm de lâmina com 10cm de largura, e 1cm de espessura. Seu cabo é parecido com o de uma katana, preto, e sua lâmina possui a cor de metal polido, com um corte devidamente afiado. Ela é leve, e tem origem nas antiguidades do clã Yuki. Por muito tempo ficou escondida em uma casa que pertencia aos primeiros gerações de membros do clã, em uma região obscura do país da neve.
Habilidades/Mecanismos: Primeiro mecanismo: A espada possui uma peculiaridade que só pode ser ativada por usuários de 氷遁, Hyōton; A soma de seu chakra elemental com essa espada tem o poder de congelar instantaneamente o que ela tocar, transformando-o num verdadeiro cristal de gelo, tão resistente quanto os jutsus comuns do elemento. Quando sua lâmina é tocada em algum objeto ou pessoa, a partir da região em que tocou começa-se a congelar as partículas de água da umidade do ar que mantem-se rente ao objeto, e uma crosta é formada em velocidade de jutsus rank S, caso o usuário emita o chakra suficiente para tal, sendo possível também diminuir o rank/velocidade de acordo com a quantidade de chakra empregada. Obs¹: 1 congelamento por turno; Obs²: Objetos indeterminadamente e corpos vivos somente o membro que tocar; Obs³: 100 Ch por congelamento.
Segundo mecanismo: A lâmina da espada pode ser prolongada com uma segunda lâmina feita de gelo, fina, e extremamente afiada. Sendo também possível criar esta segunda lâmina no meio da espada (perpendicular à lamina principal) em qualquer ponto da espada, e lançá-las como uma senbon (em velocidade de manipulação rank C) ou rank A gastando 100 de ch.
[Treinos] Kuroku QMXH2ZP
Nome do Item Kubikiribōchō
Espécie: Lendário
Rank: S
Regra: Regenera 25% da espada a cada corte.
Descrição: A Kubikiribōchō (首斬り包丁; Lâmina do Executor) é uma espada enorme em forma de uma faca gigante de açougueiro, ganhando o título de "Espada de Cortar" (断刀, dantō). Como as outras armas que pertencem aos Sete Espadachins Ninja da Névoa, a espada é passada de geração em geração entre os membros do grupo. A lâmina em si tem dois recortes, um círculo próximo ao topo e um semi-circulo mais perto da alça, que se ajusta apropriadamente ao propósito da espada em decapitar, como demonstrado através do uso de Suigetsu Hōzuki. O último entalhe permite que uma alça possa ser enrolada em torno da arma, tornando-se mais fácil para o usuário poder carregá-la. Sua alça extremamente longa também pode ser usada para dar um auxílio adicional e depois ser recolocada sempre que necessário para o combate. No entanto, apesar de ser bem treinado, Suigetsu nota que o peso da lâmina pode ainda o cansar facilmente; um problema que Zabuza Momochi não tem.
Bolsa de Armas:

Bolsa 1:
02/02 – Dasshi Ollo - Esmalte de unha venenoso
02/02 (10m) – fio
08/08 – kibaku fuuda
08/08 - senbon
05/05 - shuriken
05/05 - kunai


Bolsa 2:
05/05 - Kemuridama
02/02- Zōketsugan
02/02- Hyōrōgan
10/10 - Makibishi
04/04 - Hikaridama
08/08 - Shuriken
Jutsus usados:

[Treinos] Kuroku 3ZocRrx
Kuchiyose: Edo Tensei
Rank: S
Descrição: A Invocação: Reencarnação do Mundo Impuro é uma técnica proibida em que, utilizando-se uma pessoa viva como um recipiente, a alma de uma pessoa falecida podem ser invocada de volta ao mundo dos vivos e ligada a este. O recipiente, então, toma a forma que a pessoa teve em vida, reencarnando-o para cumprir as ordens de seu invocador.
Criada por Tobirama Senju, esta técnica foi destinada para os mortos serem reencarnados em soldados capazes de limpar um campo de batalha com devastadores ataques e sob quaisquer outras circunstancias de ataques suicidas. Algum tempo após a sua criação, no entanto, Tobirama rotulou como kinjutsu e selou-o. O Sannin Orochimaru, mais tarde, adquiriu o conhecimento de como usar esta técnica para alcançar seus próprios objetivos. O assessor de Orochimaru, Kabuto Yakushi, afirma que esta técnica é a maior técnica no universo shinobi devido a ela não representar risco para o usuário, e por sua própria admissão, ele próprio viria a dominá-lo a um grau ainda maior do que os usuários anteriores.
A técnica requer primeiramente uma amostra de DNA da pessoa a ser reencarnada. Kabuto nota que isso basicamente equivale a roubo de sepulturas, apesar de manchas de sangue ou órgãos recuperados após a morte do alvo também funcionam. A alma da pessoa deve residir no "mundo puro" (浄土, jōdo); portanto, aqueles cujas almas foram consumidas pelo Deus da Morte, por exemplo, não podem ser revividos. No entanto, se é o caso onde as almas são libertadas do interior do Shinigami, um usuário dessa técnica é livre para reencarnar-los mais uma vez.
Em seguida, um sacrifício vivo é preciso para servir de recipiente para a alma do morto. Com todos os pré-quesitos para o ritual, a amostra DNA da pessoa é colocado num pergaminho especial que, ao ser ativado, espalha os restos do morto na forma de um selo especial, com o sacrifício em seu centro. E então cinzas e poeira cercam e cobrem o sacrifício, dando a ele a mesma aparência que o reencarnado possuía antes da morte. O processo á aparentemente doloroso, assim como foi visto quando Fū foi usado para reencarnar Torune. A pessoa então é reencarnada e é geralmente armazenada em um caixão até ser invocada pelo usuário. Teoricamente é possível reencarnar um número ilimitado de pessoas, enquanto o usuário tiver chakra, DNA e sacrifícios suficientes para executar a técnica. Apesar disso, esta técnica também tem limitações, tais como os indivíduos tendo as limitações que eles inibiram na vida, tais como a falta de mobilidade de Nagato e, dependendo do domínio da técnica do invocador, os indivíduos reencarnados não podem ser trazidos de volta com a força completa que tinham na vida. No entanto, um indivíduo reencarnando com poder total fornece um risco potencial para o usuário, como o reencarnado pode resistir às propriedades de contenção antes que eles possam ter um talismã implantados em seus cérebros. Embora, isso só aconteceu duas vezes.
É possível para um shinobi reencarnado ser revivido em um corpo vivo de verdade novamente. Madara, no entanto, foi ressuscitado sem os olhos originais, tendo morrido sem eles.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Tama
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67003-f-yuki-shiroi#493173
@
Tama
Tama
Administrador
Vilarejo Atual
[Treinos] Kuroku Vh077Ys

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos