Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [Ato] Rukia
Hoje à(s) 00:26 por Rukia

» Lista & Organização de Clãs
Hoje à(s) 00:00 por Mordred

» [Episódio] A Casa da Noite
Ontem à(s) 23:48 por Victor151

» [Mods.F] Amargo Caramelo
Ontem à(s) 23:44 por Shizui

» [ Kumo ] Gabinete da Hachidaime Raikage (八代目雷影,)
Ontem à(s) 23:42 por Shizui

» [CHANGES] Akame
Ontem à(s) 23:12 por Shizui

» [FP] Samael
Ontem à(s) 23:11 por Shizui

» 4) Troca de Narrador
Ontem à(s) 23:07 por Victor_calnat

» 2) Modificações de Ranks
Ontem à(s) 23:06 por Kaya

» [SOLO — Speed to Attack]
Ontem à(s) 23:01 por 'Arsenic


[Ato, Galatea]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ato, Galatea] - em 29/10/2018, 22:17

尊 Narração;
Caminhos do Chunnin O1/2O
Os dias corridos obrigaram o portão da vila ficar sem a guarda máxima, sendo um dos pontos mais importantes e o principal caminho para adentrar a vila oculta da terra, um pergaminho vou enviado e convocando a kunoichi para comparecer urgente no portal de entrada do vilarejo. No momento de sua chegada só estaria uma pessoa, a kunoichi chunnin, com um colete característico do rank. Com olhos gentis e cabelos vermelhos estava com as costas viradas para vila, olhando calmamente para a parte externa.

Sem se virar, assim que Galatea chegasse, escutaria a doce e nítida voz da mulher. — Que bom que chegou, com os tempos conturbados que nossa vila está passando, me deixaram sozinha para cuidar da entrada, e você será minha parceira hoje. — A gennin teria um pequeno e breve estágio de como ser um guarda de entrada em Kumo, cuidando dos afazeres referentes a função. Galatea não teria como saber, mas a mulher fez uma expressão estranha a notar a cegueira da menina, e um sorriso surgiu, o quão interessante seria essa ajudante?

Informações:
Considerações:
Descrição:
4 missões de rank c e tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 4/11/2018, 08:18

Despertou num movimento de solavanco. Empurrou as costas ao alto, sentando-se sobre a cama. Bocejou e coçou os olhos com as costas das falanges da mão. Segundos após, atirou-se num pulo ao chão, caindo sobre a posição de flexão. Empurrou-o com os braços por cem repetições, aquecendo-se para o restante do dia. Higienizou-se, nutriu-se e trajou-se ordinariamente, seguindo a rotina corriqueira do dia-a-dia. Àquela altura, o sol haveria de se apresentar entre as poucas nuvens existentes. Sem que aguardasse, a águia mensageira do vilarejo entrecortou os céus próximos de sua residência e lá emitiu um ruído alto. Galatea foi ágil em reagir, direcionando os passos à janela de seu quarto. Abriu-a e esticou o destro. A criatura aérea pousou sobre a porção anterior do antebraço, esfregou o bico contra as penas e aguardou que a kunoichi pegasse a mensagem que carreava em uma das patas. Ela tateou o bicho, encontrando, sem muito buscar, o pequeno pergaminho anexado na ave. Retirou-o e balançou o braço sobre o qual a criatura repousava, expulsando-a.

Como esperado, estava escrito na linguagem dos deficientes visuais: braile. O indicador correu sobre a fina camada de papel e ela compreendeu perfeitamente bem do que tratava a mensagem. Tão logo sabida de sua missão, correu. Deixou a casa o quão antes, locomovendo-se ao portão. Lá estando, deu-se de cara com a sua superior imediata. Cessou as passadas e permaneceu completamente ereta enquanto a nova companheira proferia palavras introdutórias. Seu tom era doce e nítido, confortando o aparelho auditivo da espadachim. — Entendido... Às ordens! — replicou com firmeza e seriedade, ao mesmo tempo que mantinha o máximo de discrição possível. Já era comum, à Genin, palavrear tão somente o necessário, evitando conversas demasiadamente longas. Disso, procurou manter-se ao lado da autoridade local, aguardando que novas instruções fossem repassadas.

Galatea; 475/475 475/475 00/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 6/11/2018, 08:14

尊 Narração;
Caminhos do Chunnin O2/2O
Miyumi não se importou com as poucas palavras da garota, mas ficou feliz em notar a educação dela. Seus passos a levaram para dentro da guarita, observando sua ajudante, que provavelmente a acompanhou até a área de guarda. Ficaram em silêncio, com a chunnin lendo uma publicação qualquer sobre as informações do mundo ninja. Gostava de ficar de guarda as vezes, isso diminuía o ritmo de sua vida e não a deixaria sem receber.

O tempo passou e a manhã estava quase acabando quando três pessoas chegaram até o portão. A aparência surradas denunciavam que estavam viajando por um longo tempo. Galatea poderia perceber ao sentir o cheiro forte que emanavam, estavam sujos e com odor forte, mas nada desprezível. — Estamos retornando de viagem, perdemos alguns membros, Time Recovery. Podemos entrar? — Realmente existia tal time, mas algo estava estranho, eram originalmente 6 pessoas, porém, apenas 3 retornaram com vida e com aparência tão suja que pareciam esconder algo com tanta sujeira.

Informações:
Considerações:
Bora recruta zero.
Descrição:
4 missões de rank c e tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 7/11/2018, 07:34

Aquela era a primeira vez, por toda a vida, que Galatea exerceria a função de guarda do portão do seu vilarejo. Estava contente em poder empenhar suas forças em proteger o vilarejo, de maneira que continuou se movendo à sombra dos movimentos executado pela chunin. No interior da guarita, posicionou-se de maneira ereta, com o rosto voltado à área externa do vilarejo. Embora cega, acreditava possuir radar sem igual para o trabalho, uma vez que detinha uma acuidade auditiva sem precedentes.

Guarneceu o vilarejo durante todo o matutino, permanecendo em vigília a tod instante. Dedicou-se, tão somente, à atribuição, ignorando pensamentos ou eventualidades que pudessem dividir sua atenção. As horas correram e trouxeram, com elas, novidades. A anterior calmaria abriu espaço ao som claro de passos que se encaminhavam na direção da atenta kunoichi. Não bastassem os sons, exalavam odor forte, possivelmente partindo do suor de, talvez, uma cansativa caminhada. Apresentaram-se como parte de um time. Desconhecia-o, afinal era a primeira missão que executava naquele posto. — O que devemos fazer, senhora? — questionou a sua superiora. Não era do seu feitio roubar o comando de uma missão, de maneira que deixou que a supervisora tomasse as rédeas da situação. Ademais, era ela a voz da experiência.


Galatea; 475/475 475/475 00/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 7/11/2018, 09:28

尊 Narração;
Caminhos do Chunnin O3/2O
A chunnin olhava com interesse para os homens sujos, como se tentasse reconhecê-los e não conseguisse. Ao escutar a indagação da mais nova, empurrou um arquivo por sobre a bancada para ela, tal pasta continha todas as informações do time, e também estava escrita em braile. A gennin não podia ver, mas o olhar mal encarado do trio por não terem sido liberados para entrar de imediato os deixaram bravos.

Miyumi ficou em uma posição que protegia a gennin caso algo de errado surgisse. — Cheque as informações deles com a do arquivo, precisamos saber exatamente o que aconteceu, o por quê e quais ações foram tomadas, antes de se relatarem para a raikage. — A fala servia tanto para os homens quanto para a gennin.

Informações:
Considerações:
Fique a vontade para descrever o que tem no arquivo, indagar os homens sobre a missão e o que aconteceu para estarem em tal estado.
Descrição:
4 missões de rank c e tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 7/11/2018, 13:32

A situação procedeu de uma maneira inesperada. Tendo questionado a sua superior, Galatea foi surpreendida com o arremessar de algumas folhas em sua direção. Mapeou a direção das folhas com os ouvidos, posicionando a destra na trajetória futura em que viajariam. Firmou a mão contra elas tão logo, sendo delicada enquanto as prendia. – Sim, senhora! – respondeu prontamente, assumindo uma posição respeitosa e ereta. Tateou-as e, em seguinte, encontrou o feixo donde poderia ler o restante do material. Buscou, com o indicador, quaisquer informações relevantes acerca do dito time. Tanta procura cessou quando finalmente encontrou a ficha de todos os integrantes e o que faziam do lado de fora do vilarejo.

Sabida daquele relatório, virou-se à superiora. – O time é composto de seis integrantes, no entanto só retornaram três. Pelo odor que exalam, certamente passaram por maus bocados, já que estavam em uma missão que partiu da Raikage. – explicou. – De qualquer modo, não posso certificar as indentidades deles. Por esse motivo deixo a decisão com a senhora, senpai. – disse ela, enquanto se dirigia para mais próximo das respirações dos três integrantes do grupo. – Os senhores estavam aonde? E realizando exatamente que tipo de missão? Informem, igualmente, os nomes de vossas afiliações… - demandou com potência vocal, demonstrando seriedade.


Galatea; 475/475 475/475 00/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 8/11/2018, 08:23

尊 Narração;
Horizontes novos, sem necessidade de se ver O4/2O
A garot pesquisou e descobriu todas as informações que a vila possuía daqueles homens, como também os indagou com tanta firmeza e pressionou o ponto certo, que a voz faltou ao trio. Eles se entreolharam por alguns segundos, chegando a um entendimento. Pelo jeito infiltrar-se em uma vila oculta não seria assim tão fácil, mas mesmo tinham que tentar, eram ordens.

A gennin não tinha capacidade ou autoridade para tomar a decisão final, passando para a chunnin e antes que ouvisse a sentença. — Mortes a todos vocês! — O homem mais afastado (5m) sacou uma kunai e avançou contra as mulheres, tentando golpear o pescoço delas enquanto uma bomba de fumaça explodiu e serviria de cobertura para a fuga dos outros dois homens.

Informações:
Considerações:
Vel 4 do homem que te atacou, força 2.
Descrição:
4 missões de rank c e tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 9/11/2018, 10:11

As informações detidas foram precisas em flagrar o erro. Os dizeres de Galatea denunciaram a procedência daqueles homens, que em muito diferia do time ao qual interpretavam integrar. No entanto, ela somente soube disso quando, da boca de um deles, disparou-se o esbravejar contra ambas as guardas do portão. Ao ouvi-lo, a espadachim foi ágil em sua reação. Respondeu prontamente ao ataque com as kunais, que por ela foi entendido a partir de sua audição que compreendeu, com perfeição, qual trajetória que tomaria a ofensiva. Deslizou o corpo lateralmente, perfilando-se contra o oponente afoito, indo de encontro a superior que seria igualmente alvejada pelo ataque. Durante seus passos, buscou esquivar-se aliada a uma técnica básica de movimentação, assim como agarrar o corpo da outra e retirá-la do alvo do assalto.

Naquele ambiente de sons, a falta de visibilidade não afetaria Galatea que, graças a sua potente audição, podia rastrear os demais meliantes que se distanciavam em fuga. — Devemos coordenar nossos ataques! — gritou a Genin perante a ação. Durante as palavras, não estaria imóvel. Logo após a esquiva, se com sucesso, conjuraria quatro clones criados a partir da água, onde cada dupla de cópias avançaria na direção dos outros dois que tentavam fugir, seguindo seus rastros deixados pelos sons proporcionados pelos passos. Dentro daquela conjectura, a estratégia era bem simples: abater todos aqueles criminosos, capturando-os.

Para tanto, realizou locomoção circular ao redor do atacante, durante o período em que se criavam os clones. Após circundá-lo, alcançando suas costas, atacaria à curta distância com um canino criado a partir da mão de origem elétrica. Ele seguiria o homem onde quer que fosse, afim de eletrocutá-lo e, desse modo, paralisá-lo. Noutro campo, a ação de duas cópias ocorreria de maneira em que elas se transformassem, ambas, quando devidamente próximas, em prisões aquáticas, transmutando-se logo após uma breve e ardilosa tentativa de soco, cujo único objetivo era preparar a armadilha. As restantes teriam a função de simplesmente prendê-los dentro do globo, afogando-os.    


Galatea; 475/475 125/475 01/05
Cópia 1; 125/475
Cópia 2; 125/475
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore. Velocidade máxima, graças ao Shunshin: 4. Força: 3. As cópias se movimentaram sem shunshin.
Usados:
Suirō no Jutsu (2x)
Rank: C
Descrição: Esta técnica é utilizada para capturar uma vítima dentro de uma esfera praticamente inevitável de água. A única desvantagem desta técnica é que o usuário deve manter pelo menos um braço dentro da esfera em todos os momentos para que a vítima permaneça presa. Esta técnica requer uma quantidade suficiente de água, que pode ser fornecida ao expeli-la a partir de sua boca. Uma vez preso o alvo é incapaz de se mover ou respirar enquanto dentro dela devido ao peso da água. Por causa da densidade da água, pode ser utilizada, de uma forma limitada, para fins defensivos, se executadas em si mesmo. Ela também pode ser armazenada em pergaminhos como armadilhas. Clones de água podem ser usados na preparação da técnica, bloqueando um ataque do adversário e prendendo o agressor na prisão usando o próprio clone de água. Neji Hyūga foi capaz de usar sua habilidade para liberar chakra de todos os seus tenketsu simultaneamente para interromper o fluxo de chakra e quebrar a prisão.

Mizu Bunshin no Jutsu
Rank: C
Descrição: A Técnica do Clone de Água é semelhante aos Clones da Sombra, exceto que cria clones de água que têm um décimo do poder da pessoa original. Tal como outras técnicas de clones sólidos, os clones podem ser usados ​​para executar as tarefas do usuário que estiver incapaz ou não quiser fazer por si mesmo. O alcance do clone é limitado no entanto, uma vez que não pode viajar muito longe do corpo original, sem perder o controle. Como outros Bunshinjutsu, se os clones de água são feridos o suficiente eles viram água normal.

Raiton: Raijū Tsuiga
Rank: C
Descrição: Ao manipular chakra relâmpago em sua mão, o usuário pode fazer o relâmpago expandir-se para criar a forma de um cão de caça. O cão permanece conectado à mão do utilizador, permitindo-lhe controlá-lo brevemente durante o seu ataque.

Shunshin no Jutsu
Rank: D
Descrição: O Shumshin no Jutsu é uma técnica de movimento de alta velocidade, permitindo que um ninja possa se mover de curta para longas distâncias a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tiver teletransportado. Uma bomba de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. É realizado o uso do chakra temporariamente para revitalizar o corpo para se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o utilizador e o destino pretendido. Tem havido alguma confusão em algumas traduções entre este e o Jikuukan Ninjutsu, mas estes são de fato diferentes técnicas, esta técnica não é teletransporte e sim apenas um movimento extremamente rápido.

Silent Killing
Descrição: A Matança Silenciosa, como o nome sugere, é simplesmente um método muito tranquilo de matar um oponente, geralmente por trás com uma lâmina. Além disso, uma vez que o usuário se desloca em silêncio, seus ataques não podem ser defendidos, já que não podem ser previstos. O usuário, muitas vezes, corta a garganta do oponente, impedindo qualquer grito que ele passa dar.

Os Sete Espadachins Ninja da Névoa são mostrados sendo mestres dessa técnica, e foram mesmo bons o suficiente para rastrear e matar os oponentes simplesmente através do som. Alguns shinobi também optam por usar uma capa, como névoa, geada, ou até mesmo o escuro para bloquear o campo de visão de seus oponentes e, em seguida, atacá-los.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 9/11/2018, 18:21

尊 Narração;
Horizontes novos, sem necessidade de se ver O5/2O
A bomba de fumaça era totalmente inofensiva para uma pessoa cega, que ao escutar o saque da kunai se adiantou para esquivar-se e também usar o corpo para auxiliar e tirar a chunnin de risco. O golpe do homem atingia o nada, mas enquanto a gennin levava um tempo precioso para criar suas cópias, sentiu uma forte pressão seguida de dor no arco intercostal direito que quase quebrou suas costelas e a arremessou para o lado esquerdo, fazendo-a colidir com a parede da guarita.

Miyumi não parecia estar afoita, o portão não era guardado somente pelas duas mulheres e 4 silhuetas surgiram em meio a bomba de fumaça e atacando coordenadamente com os clones da gennin, entraram em combate com os dois fugitivos. O combate durou pouco tempo com a vitória dos defensores, o homem que atacou as garotas seguiu na direção de Galatea, sendo impedido por Miyumi, com o corpo se transformando em uma cobra e envolvendo todo o corpo do atacante, restringindo-o e quebrando grande parte de seus ossos. — Você está bem garota? Como é sua habilidade de interrogatório, tem alguma? — Perguntou a gennin, enquanto todos os très estavam deitados em frente a guarita, devidamente presos.

Informações:
Considerações:
Sua ficha tá bugada, não consigo ver suas naturezas, qualidades. Sua velocidade e a dele são iguais, como parou para conjurar, não teria como aparecer atrás dele antes que ele avançasse contra ti.
Descrição:
4 missões de rank C; Tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 10/11/2018, 07:23

As expectativas foram obliteradas quando, ao tentar executar uma simples técnica, a espadachim fora alvejada com uma forte ofensiva em seu flanco direito. O impacto do golpe a arremessou na direção da parede, com a qual colidiu e a levou, por fim, ao solo, de joelhos. A dor proveniente daquela situação fora simplesmente ignorada por sua mente, que se manteve extremamente calma mesmo diante daquilo. Nos treinamentos do passado, passara por ocasiões infinitamente piores.

Antes que pudesse dar continuidade a perseguição e combate, fora surpreendida com a presença inusitada de outros membros do corpo de guarda do portão da vila. Agiram com brevidade, impedindo a fuga do trio de bandidos. Os capturaram, tomando, portanto, a frente da situação. Embora estivesse aliviada por ter cumprido sua função, deixou escapar algumas poucas pontas de descontentamento por culpa de sua desatenção. Era, sobretudo, alguém muito dada às lutas, de modo que uma falha daquela não seria perdoável.

Assistiu, com as orelhas, o frigir dos ossos adversários. Em seguida, a questão a ela proporcionada lhe surpreendeu. — Estou sim, senhora. — respondeu prontamente, erguendo o corpo com um pouco de dificuldade. Devidamente de pé, tendo desfeito todas as técnicas anteriormente utilizadas, andou na direção do grupo lentamente. — Eu não tenho qualquer habilidade em interrogação, no entanto não temerei em tentá-lo… — informou próxima deles, acometida pela curiosidade em aprender.


Galatea; 425/475 375/475 00/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore. Descansei nesse turno.
Usados:

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 11/11/2018, 08:36

尊 Narração;
Horizontes novos, sem necessidade de se ver O5/2O
Apesar do golpe recebido, Galatea não foi tirada de combate, se recuperando rápido, mas toda a situação foi contida e não mais precisaria entrar em luta. Ao ficar de pé e questionada por Miyumi, os três homens estavam presos e o que lhe acertara antes estava de joelhos e na frente das duas. Os guarda de constrição não emitiram nenhum som desde do momento que apareceram, e depois de prender os invasores, desapareceram e deixaram somente um para trás.

A chunnin gostou da resposta da gennin, e queria continuar avaliando ainda mais. — Fique a vontade para interrogar esse em sua frente, quero saber quem são, de onde vem e qual o principal objetivo deles. — Com isso dito, os outros dois invasores foram levantados sem dificuldades pelo guarda solitário e desapareceram em alta velocidade para dentro da vila. Somente aquele ficaria com as duas garotas enquanto seus companheiros seriam interrogados por outras pessoas.

Informações:
Considerações:
Fique livre para construir o diálogo do interrogatório.
Descrição:
4 missões de rank C; Tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 11/11/2018, 10:07

Aquele que interrogaria seria o homem capaz de lhe acertar um poderoso ataque lateral. Não alimentava qualquer sentimento negativo por ter sido, por ele, atingida. Por outro lado, ele sabia demais da equipe Recovery, o time que há não muito estava em missão externa. Postou à sua frente, com os braços e corpo eretos. Abriu bem os olhos que não possuíam íris, ou mesmo córneas, sendo portanto um grande espaço vazio. Buscava intimidá-lo, muito embora fosse jovem e seu corpo esguio. Passou o dedo indicador por sua cicatriz na face e riu sutilmente. Naquele momento, obedecia a orientação de interrogá-lo, aceitando o papel sem que deixasse isso expresso por meio de palavras. Pensava, enquanto andando vagarosamente, o que faria contra o homem para que pudesse descobrir o que ele sabia. Decidiu, enfim, tentar inicialmente com o diálogo. — Eu não quero machucá-lo... — disse calmamente, escondendo suas verdadeiras intenções. — Por isso, diga-me, o que você sabe sobre nós e o time Recovery? — questionou com o rosto próximo do dele, encarando-o com o máximo de profundidade possíveis, demonstrando, no olhar, as chamas de quando se tornou cega.

Ele sorriu, virou a face na direção contrária e então a ignorou. — Vocês, bandidos, sempre gostam de complicar as coisas… — comentou. Ela então se ergueu, passeou ao redor do invasor e o golpeou repentinamente com um chute na região do baço. — Não há com o que se preocupar, se denegrir seu físico não for suficiente, eu conseguirei o que quero de uma outra maneira… — contou se reaproximando. Esticou, então, a destra, erguendo a palma que revelava as marcas de seu sangue: o Meiton. Encostaria, lentamente, a mão contra o facial do outro — Diga de uma vez… Do contrário… — interrompeu a fala por alguns instantes, sugando a energia espiritual do homem com as marcas. — Certamente morrerá… — decretou. Era a primeira vez que fazia um interrogatório, porém demonstrava um certo grau de habituação com a ocasião. Não tendo qualquer problema de ordem emocional ao fazê-lo.

Galatea; 425/475 375/475 01/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore. Não sei até onde eu podia ir, mas basicamente fiz isso daí que tá no post. Não sei se isso vai me dar algum chakra, foi mais com fins interpretativos msm. Força três no golpe.
Usados:
Meiton: Kyūketsukō
Descrição: Hiruko usa esta técnica através de sua Quimera Técnica para extrair forçosamente a energia física e espiritual de outro ninja, mesmo a uma distância considerável. Ele pode absorver o chakra no quadrado superior da marca na mão esquerda ou na boca. Ao usar o último, o alcance da técnica é maior à medida que sua boca se torna como um vácuo gigante de sucção de chakra. Ele é capaz de remover completamente o chakra da vítima, potencialmente causando a morte.

Depois de usar essa habilidade, Hiruko é capaz de detectar sua afinidade elementar natural e depois manipular livremente o elemento de chakra da vítima e executar ninjutsu desse elemento. Isso permite que ele desconstrua e aprenda as habilidades de seus oponentes, e ele pode presumivelmente utilizar todas as formas de transformação da natureza como resultado.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 11/11/2018, 17:05

尊 Narração;
Horizontes novos, sem necessidade de se ver O7/2O
A garota não era frágil como sua aparência deixava a transparecer, com atitudes firmes e palavras sombrias tentou persuadir o cativo, que riu com desdém. Ele sabia que sua missão o levaria a morte, de uma forma ou de outra, e estava tudo bem com isso. Só queria contribuir para sua vila antes de encontrar o derradeiro fim. Ficou quieto enquanto Galatea o ameaçava, já tinha decidido ir para o mundo dos espíritos.

O olhar da garota poderia assustar, mas ele mesmo tinha causado ferimentos piores recentemente. Quando a mão tocou-lhe e começou a sugar sua energia, a fadiga foi a primeira coisa que sentiu, depois a desordem mental e só por último a dor tomou conta de seu corpo. — Vocês nunca vão recuperar os corpos, haha. Eram tão fracos e imploraram para não morrer, não chamo aquilo de ninjas. — Cuspiu as palavras com os dentes apertados. — Kumogakure no Sato, é isso que sei, um vilarejo que se esconde e é manipulado por outros, seus líderes são iguais ao time. — Um sorriso apareceu em seus lábios pálidos.

Informações:
Considerações:
Respostas encontradas, agora o que tu vai fazer? Minha narração vai se adequar a suas ações.
Descrição:
4 missões de rank C; Tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 13/11/2018, 09:17


A garota sem luz em seus olhos continuou a pressionar o homem com sua habilidade sanguínea. No entanto, o desejado parecia surtir um efeito totalmente contrário no atingido. Por mais pressionado que o fosse, o homem manteve-se leal às suas informações, conquistando, por conseguinte, parte do respeito da menina, muito embora se tratasse de um criminoso. Conforme sugou sua energia espiritual, pode presenciar palavras que em muito lhe afligiram. Quando mencionado os membros do time desaparecidos, os quais aparentemente haviam se tornado cadáveres. Ao ouvi-lo, transformou todo o mínimo respeito em um grandioso rancor. – Maldito! – gritou. A mão se despediu do rosto dele e ela se virou na direção da superiora.

Não perdoaria qualquer um que fizesse mal à vila, porém não era sei feitio agir de maneira imprudente. Tendo sido treinada sob os moldes do militarismo, pesou a consequência das suas ações e decidiu que não deveria fazer mais nada a partir dali. – E então, senhora, o que devo fazer? – questionou à Chunin. Fazendo aquilo, estava se resguardando de cometer um possível equívoco, confiando as suas atitudes à experiência da outra. Isso poderia ser explicado por sua natureza, sempre cumpridora de regras.

Restou-lhe aguardar a resposta aflita, desejando que, ao menos, pudesse cooperar com a vila

Galatea; 425/475 375/475 01/05
@Noirsoul
Considerações:
Aparência: Galatea - Claymore.
Usados:
Meiton: Kyūketsukō
Descrição: Hiruko usa esta técnica através de sua Quimera Técnica para extrair forçosamente a energia física e espiritual de outro ninja, mesmo a uma distância considerável. Ele pode absorver o chakra no quadrado superior da marca na mão esquerda ou na boca. Ao usar o último, o alcance da técnica é maior à medida que sua boca se torna como um vácuo gigante de sucção de chakra. Ele é capaz de remover completamente o chakra da vítima, potencialmente causando a morte.

Depois de usar essa habilidade, Hiruko é capaz de detectar sua afinidade elementar natural e depois manipular livremente o elemento de chakra da vítima e executar ninjutsu desse elemento. Isso permite que ele desconstrua e aprenda as habilidades de seus oponentes, e ele pode presumivelmente utilizar todas as formas de transformação da natureza como resultado.

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Ver perfil do usuário
Re: [Ato, Galatea] - em 14/11/2018, 08:48

尊 Narração;
Horizontes novos, sem necessidade de se ver O8/2O
A palidez tomou conta do rosto do homem ao ter sua energia sugada quase ao máximo, mas não pode deixar de sorrir depois da garota perder seu temperamento. Crianças são muito fáceis de manipular. Ele lutava pra manter a consciência, e nada o faria trair sua vila, porém, era fácil de deduzir os acontecimentos depois de algumas palavras e ações cometidas antes pelo trio. O time estava acabado e morto, mas seus corpos não poderiam ser profanados.

Miyumi olhava calmamente, com seus olhos alternando entre Galatea e o cativo. — Precisamos recuperar os corpos e fazer um funeral decente, mas não sabemos se tem outros lá fora esperando por isso. Não é incomum mandarem batedores, e emboscarem os times de recolhimento. — A chunnin era experiente o bastante para pensar na situação de vários ângulos. — Descubra se tem mais ninjas com ele e o local exato dos corpos. — Miyumi não se importava com os métodos, queria resultados.

Informações:
Considerações:
Livre para continuar interrogando e criar as respostas, vou narrar de acordo com suas descobertas.
Descrição:
4 missões de rank C; Tantos pontos de atributos quanto forem possíveis.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

avatar
Nukenin A
Nukenin A
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto RPG Akatsuki (c) 2010 — 2018
Layout por Dorian Havilliard e Akeido.