>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos
» Lista e Organização de Clãs
Hoje à(s) 01:02Tenzou

» [Capítulo] Velho de Guerra
Hoje à(s) 00:44Indra

» [Capítulo] Ao Infinito
Hoje à(s) 00:39Rebelllion

» Lua
Hoje à(s) 00:10Shion

» Gabinete Juuyondaime Tsuchikage.
Hoje à(s) 00:04sabazin

» Recomeço
Hoje à(s) 00:00sabazin

» [Reavaliação] Akihiro Gakka
Ontem à(s) 23:51sabazin

» [RANK B] - Fade to Black
Ontem à(s) 23:41Yose

» [Reavaliação] Angell Hyuuga Hattori
Ontem à(s) 23:07Angell

» [Capítulo] Guerra ao Terror
Ontem à(s) 22:42Raves

» [GF] Ichiro
Ontem à(s) 22:35Skywalker

» [B] Ichiro
Ontem à(s) 22:34Skywalker


Ruusaku'
Genin
Ruusaku'
Vilarejo Atual
Ícone : [One Posts] Toyohiza 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[One Posts] Toyohiza - em 20/10/2018, 17:00


[One Posts] Toyohiza 314720

Shimazu Toyohisa

Missão Rank D para um Gennin Random

Tudo indicava que aquele seria mais um dia comum - ou, como Toyohisa prefere classificar, chato - em Konohagakure no Sato. Pássaros cantarolavam, batendo suas asas e rumando seus respectivos ninhos, crianças brincavam pelas ruas, cantarolando e rindo. - Mas que porre.. Lugares calmos não representam a realidade do mundo. Basta uma única mudança e tudo vai por água abaixo. - falou Toyohisa, caminhando pelo vilarejo, com as mãos escondidas nos bolsos. Sua expressão estava fechada, como se não estivesse satisfeito. Era um guerreiro, crescera em meio ao caos. Ver toda aquela falsa paz o deixava desconfortável, tal pelo fato de não estar habituado a isso. - Eu só queria um pouco de diversão. Quem dera se eu pudesse ter o que eu desejo simplesmente estalando os dedos. - Sorriu com pesar, removendo a mão direita do bolso. Estalou os dedos, apenas por "graça", visto que não esperava que algo acontecesse. - CARALHOOO?!?! QUE PORRA É ESSA?!?! - Bem.. Aconteceu.

O chão abaixo dos pés do garoto começou a tremer, e o mesmo cambaleou, devido à forte pressão que parecia vir do solo. " Será que o portão de inferno está se abrindo? Que legal! " Fitou com felicidade o chão, como se realmente acreditasse que se tratava daquilo, de fato. Instantes posteriores, o tremor parou, e toda a monotonia do vilarejo retornou. - Poxa.. Tava ficando interessante. - disse, prosseguindo. - Er.. Você é .. Shimazu Toyohisa? - Um rapaz franzino, que aparentava ser um pouco mais velho que Toyohisa, se aproximou, tremendo. - E quem quer saber, porra? - Não cessou o caminhar, contornando o homem. - S..Sim. É você, mesmo. - O homem mexeu nos pertences e de lá tirou um pergaminho. Tacou-o para Toyohisa, que deu um tapa no objeto, direcionando o pergaminho para o solo. - Tá achando que eu sou um cachorro pra pegar as coisas que tu taca pra mim? Eu vou enfiar essa porra no teu.. - - É..É uma missão. - - a - pegou o pergaminho, à medida que o homem se afastava.

Leu o conteúdo, e enfim ficou a par da situação. Nenhum portão do inferno havia sido aberto. Infelizmente, apenas um desabamento ocorrera em uma mina. O conteúdo da missão indicava que a mesma deveria ser realizada rapidamente e com cautela. Felizmente, cautela era o sobrenome de Toyohiza. - PORRAA! Minha primeira missão! Kk vamo resgatar esses troxa. - Foi correndo em direção à mina e, chegando lá, se deparou com várias pedras cobrindo a abertura da mesma. - Tem alguém aí? - Gritos de socorro começaram a ser expelidos. - Calma ae, garai! Vou tirar vocês daí! - Toyohisa se aproximou e, pegando as pedras por baixo, tentou levantá-las. Fez uma força infernal para tal. Seus músculos se contraíram bastante, mas nada acontecia. - Ah, você tá de sacanagem! - As pedras iam até a parte superior da abertura, o que impedia o movimento vertical das mesmas. Levantá-las não era uma opção plausível, mesmo se Toyohiza viesse a ser capaz de tal. - Só tem pedra bloqueando essa merda, né? - Gritos de afirmação ecoaram de dentro da caverna. - Pois bem, se afastem dessa merda que o bagulho vai ficar insano! - Toyohiza retrocedeu alguns metros e, gritando, correu em direção ao amontoado de pedras. Seus punhos das mãos estavam cerrados, ao lado do corpo. Quando se aproximou, em alta velocidade, começou a socar o amontoado de pedras. - QUEBRA QUEBRA QUEBRA! - As pedras iam cedendo, e a pele de Toyohiza também. Não sentia tanta dor nos dedos, mas estava ciente de que sangravam após terem ido tantas vezes de encontro às pedras. Depois de demasiados socos, uma abertura na parte superior da mina pôde ser vista. Abertura grande o suficiente para que homens adultos, passassem. O jovem escalou o amontoado de pedras restantes e, chegando na abertura, colocou a mão lá dentro. - Escalem essa porra que eu puxo vocês pra fora. - Algumas reclamações podiam ser ouvidas. O que era plausível, no fim das contas. Os métodos de Toyohiza não eram dos mais.. inteligentes.


Alguns minutos foram suficientes para remover todos os mineradores de seu local de trabalho. - Izi. - Tendo completado a missão, iria buscar o dinheiro da mesma e, após isso, retornaria para casa.

Toyohisa; 525/525 525/525 00/07

Considerações:
Aparência: Shimazu Toyohisa, exatamente como na ficha

Tudo autodescritivo.

Minas Subterrâneas - Resgate
Descrição: Você sente um tremor e de repente, uma das minas desabou! Você deverá procurar e resgatar os trabalhadores que não conseguiram sair! Haja rápido e com cautela!

By the way, gostaria de +1 em força(dobrados) por Desenvolvimento
Conorra tá sendo invadida, então essa missão deve fazer, no mínimo, algum sentido(tipo, algum ataque responsável por essa merda e talx), eu acho -q
Caralho eu NÃO ACREDITO que fiz 700 palavras numa Rank D.

_______________________

[One Posts] Toyohiza 67689e45ad9449a8bcdadd00b9ff0d4c
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [One Posts] Toyohiza - em 20/10/2018, 17:24

ok 30k + 2 de força

-
Ruusaku'
Genin
Ruusaku'
Vilarejo Atual
Ícone : [One Posts] Toyohiza 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [One Posts] Toyohiza - em 20/10/2018, 22:08


[One Posts] Toyohiza 314720

Shimazu Toyohisa

Missão Rank D para um Gennin Random

O dia de Toyohisa fora agitado, mas nada indicava que sua noite seria, também. Já se encontrava em casa, deitado na cama. Divagava sobre as suas responsabilidades como ninja, que entravam em contraste com a postura infantil e agressiva que o rapaz sempre apresentava. - Tudo que eu quero fazer é dormir e..cacete.. - Batidas em sequência foram realizadas na porta de madeira da casa do rapaz, que se levantou furioso de sua cama. - Bater em madeira pode até dar sorte, mas tu não precisa deitar minha porta na base da porrada, merda! - Abriu a porta com ódio e, do lado de fora da casa, jazia apenas  um pergaminho no tapete de entrada. " Hm. Vai ver o cagão ficou com medo de levar esporro e deu no pé. " disse, curvando a coluna para pegar o pergaminho. - Que seja uma carta.. Que seja uma carta. Merda! - Não era uma carta, e sim uma missão. E o pior: uma daquelas missões que até uma criança de nove anos de idade vestida com camiseta de fã-clube da Hokage podia realizar. - Eu mereço..

A missão designada a Toyohisa consistia em fazer uma limpeza na biblioteca do vilarejo. Um ninja burro indo limpar a biblioteca...Que conveniente. Não vendo necessidade de ir vestido com armadura, deixou-a em casa. O mesmo com os armamentos, que foram postos em uma bancada qualquer. Apenas portando vestes completamente cinzas, Shimazu dirigiu-se à Biblioteca do Vilarejo. Após andar - ou melhor, rastejar - por quase três minutos, chegou no estabelecimento. A grandeza e beleza daquele local, conhecido por ser uma fonte infinita de conhecimento, era capaz de causar "espanto" até mesmo em uma pessoa sem cultura, como Toyohisa. Sem proferir nada, apenas fitando a biblioteca com seus miúdos olhos cor de sangue, o rapaz adentrou no estabelecimento.

" Pera.. Essa merda existe mesmo?! " Toyohisa estava brincando quando mencionou "fã-clube da Hokage". Todavia, já dentro da biblioteca, a pessoa que se encontrava a sua frente havia confirmado a "brincadeira" que o rapaz havia feito. Uma criança, em seus oito ou nove anos, vestida com uma camisa de dizeres " Love Hipátia" e a imagem da Kage estampada no centro. - Ei, sua random.. Isso aí é sacanagem, né? - disse, com um olhar de dúvida direcionado à jovem. - Você não sabe NADA! Ela é mais forte e mais jovem que você e é por isso que.. - Antes que a criança terminasse de falar, Toyohisa deu as costas às mesmas e se dirigiu para a recepção. A criança praguejou, mas o Gennin apenas ignorou. " Não vou discutir com criança com probleminha.. " Chegava a ser irônico o rapaz pensar assim, visto que ele era um bom exemplo de pessoa que necessitava de assistência psicológica.  

- Yo. Eu vim limpar esse lugar. - disse, quando enfim notou que uma recepcionista ainda trabalhava durante as altas horas da noite. A mulher fitava o rapaz com indiferença, entregando-lhe um espanador e avental. - Você terrá ajuda hoje. Sinta-se lisonrreado. - O modo de falar da mulher estava deixando Toyohisa puto da vida, mas o rapaz não podia se dar ao luxo de reclamar: missão é missão, e dinheiro é dinheiro. - Jaé. Quem vai me ajudar? - perguntou à moça, enquanto coçava a cabeça. - Euu! - disse uma voz infantil, vindo das costas do rapaz. Shimazu suspirou fundo, cerrando os olhos. Não precisava se virar para saber que sua "ajuda" seria aquela criança pentelha "Hiplover".

- Beleza, pivete. Vamos começar o serviço. - disse o Gennin, passando o espanador na cabeça da criança, em provocação. Dirigiu-se à ala de livros, com a garota sempre falando. " Essa maritaca não fecha o bico. " A parte mais desagradável era o fato da criança falar sobre assuntos - tecnicamente - relevantes, como ciência básica, matemática, dentre outros assuntos que Toyohisa tenta manter distância. - Eu sou um ninja. Tô cagando pra fração! - disse, enquanto a garota tentava lhe empurrar um livro de matemática para iniciantes.

- Hm.. Talvez esse aqui combine mais com você! - A Hiplover entregou para Toyohisa um livro de tácticas de guerras shinobi, escrito à mão por algumas lendas ninjas do passado. - Pera aí! Eu não posso ler livros enquanto não concluir a missão. Hehe tô zoando. Yo soy la ley. - disse, abrindo o livro com a mão esquerda e espanando estantes e mesas com a direita. - Ih. Não é que ler é daora. - Talvez o fato de ser um livro que continha carnificina e sangue tornava-o atrativo para uma pessoa como Toyohisa. O garoto que, à primeira instância, lia o livro de vez em quando após limpar alguns lugares, havia passado a limpar alguns lugares APÓS ler algumas páginas do livro. A produtividade do rapaz havia diminuído consideravelmente. " Se continuar nesse ritmo, eu não vou terminar nunca.. "

- Aí, piá. Vai lendo que eu vou te escutando, por favor. - A criança deu pulinhos de felicidade quando ouviu o "por favor". Realmente, tal educação era estranha até mesmo para Shimazu. A garota lia o livro, e Toyohisa espanava a biblioteca como se fosse a última coisa que iria fazer na vida. No fim, tal quantidade de informação que seu cérebro havia recebido em tão pouco tempo o tornava menos burro, ou mais inteligente, como preferir. - Passo nessa merda de lugar mais vezes. Falou. - Tendo terminado o serviço, o rapaz entregaria os objetos utilizados, pegaria o dinheiro e retornaria para casa.

Toyohisa; 525/525 525/525 00/07

Considerações:
Aparência: Shimazu Toyohisa, exatamente como na ficha
Tudo autodescritivo.
Biblioteca da Vila
Descrição: A faxina se estende aqui também, só não vale ficar lendo os pergaminhos ao invés de limpar!
By the way, gostaria, se possível, de +1 em inteligência(dobrado) por Desenvolvimento, chegando ao meu limite semanal (se bem que a semana vira amanhã, so..)


_______________________

[One Posts] Toyohiza 67689e45ad9449a8bcdadd00b9ff0d4c
-
Oda
Jōnin
Oda
Vilarejo Atual
Ícone : [One Posts] Toyohiza 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68937-fp-ororo-n-yami#514650

Re: [One Posts] Toyohiza - em 20/10/2018, 22:21

@

_______________________

[One Posts] Toyohiza Tumblr_pytn9euwiU1y4te2do1_250
Ficha - M.S - Banco
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [One Posts] Toyohiza -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.