>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera
Últimos assuntos

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

[Background/Filler] - 'Schrödinger - em 4/10/2018, 17:52



Gennin no Kumo
Um olhar ao passado...
 
Dê-me uma faca e mostrarei o que posso fazer com ela.”. Palavras que já pareceram vazias, aos ouvidos de muitos. Talvez sendo sincero, Schro, um apelido que foi dado por seu mentor e ironicamente, sua ex-mãe adotiva, acreditava que essas palavras um dia ecoariam de forma continua, nos ouvidos de muitos. Schro, era um nome que não se definia por seu gênero, pois, houve um tempo em que ele era obrigado a se relacionar com o outro gênero. Isso, para alguns era muito anormal, um menino que conseguia se adaptar perfeitamente as circunstancias que a ele eram impostas. Seu mentor, muitas vezes, ficava chateado pela forma, como o tratavam e acabava dizendo a história de Schro, o que não importava para ele, mas ele não era fã de como as pessoas olhavam e tratavam ele, com pena, como se fosse um animal ferido, que não consegue fazer nada sozinho.

Estou aqui para dar a conhecer um pouco, da história de Schro, e como ele acabou se tornado um ninja de Kumo. Não se tem certeza de onde ele provêm, mas apenas se sabe que uma madame do submundo, chamada de “Grande Madame” se apaixonou pelos seus cabelos brancos do recém-nascido, entre fofocas, muitos dos que se associavam com Schro, diziam que estavam lá, quando ele foi arrancado dos braços de seus pais, que supostamente deviam muito a “Grande Madame”, em uma forma de perturbar Schro. Schro tinha uma aparência angélica, e que sua mãe adotiva, chegava a chamar de minha “anjinha”. Por anos, sua mãe adotiva, ignorou o facto dele ser menino, mas quando percebeu, que ele talvez pudesse se tornar feio, quando cresce, ela começou a tortura ele e submeter ele a diversas drogas. Claramente, aos poucos, ele parou de se debater e acabou aceitado, que sua mãe o trata-se como uma menina, afinal, ela se importava em manter aquela imagem ilusória de que ele continuava ser uma “anjinha”.

O circo da “Grande Madame”. A maior fonte de rendimento de uma das maiores madames do submundo, era algo extremamente sangrento, sem regras e sem limites. A única regra era: Matar seu adversário, da forma mais sangrenta possível. Para trabalhar para a “Grande Madame”, era necessário, pelo menos, sobreviver a duas lutas e depois sobreviver a uma droga desconhecida, que supostamente, ajudava a reprodução de regeneração, algo que obrigava o corpo a trabalhar além da sua capacidade. Schro, tinha seis anos, quando foi lançado ao Circo, apenas com uma faca afiada, um lugar que parecia ser feito para armazenar porcos, uma arena de lama e poças de água.

Seu adversário, era alguém grande e lento, e não parecia ter uma capacidade mental elevada. A madame, queria testar sua perfeita criação e se pelo menos servisse de algo para ela. A luta durou um bom tempo, mas não demorou muito, para Schro, entender e se adaptar ao “estilo de luta” de seu adversário, usando seu corpo pequeno e levemente rápido, em passos coordenados e lógicos, correu em direção ao adversário, escorregando pelo meio das pernas do seu adversário, e sem preocupar, pisou com sua perna esquerda em uma pedra, e depois pulou para as costas, e perfurou artéria carótida do mesmo, diversas vezes seguidas, assim pulou para trás caindo de pé no chão, vendo seu adversário se debater, tentado o alcançar, enquanto ele simplesmente recuava, assim, ele olhou para seu adversário, sendo que ele estava ensanguentado, ele olhou para faca e deu um leve sorriso para sua mãe, a medida que todos os “clientes” de sua mãe, gritavam, e pediam para que a madame vende-se Schro para eles, mas a madame, orgulhosa de seu anjo, não permitiu e viu o potencial inato em sua filha adotiva.

Seguramente, aquilo, foi algo que literalmente abateu definitivamente a personalidade de Schro, isso antes, dele desmaiar e sobreviver a droga da madame, que assegurou, que definitivamente ele era uma boa aposta, mesmo sem a segunda luta. Os dois posteriores anos, foram anos sangrentos, onde a personalidade de Schro, era cada vez, destruída e se tornado em alguém sem nenhum respeito pela vida humano e perdendo as habilidades sociais, já que ele só ficava perto de “Grande Madame”. No meio do ano, aconteceu algo, que jamais havia acontecido nos negócios da madame. Uma fuga. Para um império, como o dela, isso era algo crítico. Não demorou muito para o Circo ser invadido por cerca de nova ninjas (ANBU), com máscaras de diferentes animais, com o que parecia, terem uma espécie de coletes acinzentados. Vendo que sua mãe estava em perigo, impulsivo, Schro tentou atacar um deles, que um leve movimento, sem ao menos conseguir reagir ao movimento, acabou sendo nocauteado, com apenas um golpe em seu estomago. Assim sua mãe foi capturada e riscada do Bingo Book.

Ao acordar, ele estava sentado, em uma cadeira metálica, com uma luz forte, proveniente de cima, que por ter acabado de acordar, seus olhos embaçados, ele estava em uma sala de interrogatório. Depois de uma estadia longa e intensa “procura de informações”, Schro foi liberado e foi dada a missão, a um Jounnin, de o reintegrar a sociedade, isso após um superior, ficar sabendo pela tortura e tudo horrível, que Schro passou, algo que nenhuma criança de nove anos devia passar. Preocupado, que talvez a forma violenta de Schro, pudesse desestabilizar a vibe da academia, ele acabou passando o fim do ano, com seu mentor, que o educou e o tornou, mais “sociável”, fazendo que ele deixasse de se preocupar com a madame e começou a ver seu mentor como seu pai e se tornando a única a pessoa com quem a ele realmente se preocupou.

Não demorou muito para que Schro, se torna-se alguém fisicamente apto, para estar na academia, apesar de muitos se questionarem, a condição mental dele, era semi-não apta, para permanecer, mas as corpo desenvolvido e as habilidades físicas, eram, claramente algo que não podia ser negado e esquecido, e claro que isso foi de grande peso na decisão. Para evitar combates desnecessários, seu pai adotivo o ensinou, a não ser impulsivo e a se tornar verdadeiramente forte, antes de desafiar alguém, independentemente do seu tamanho ou o seu corpo. Claro que ele aplicou essas palavras com um extremo furor, após ter sido derrotado, por um golpe, que ele nem sequer viu ou reagiu, apenas sentiu, algo desligando seu corpo, através de seu estomago! Schro, apenas de raramente socializar com alguém, ele continuou treinado, porque dessa vez queria estar ao nível do patamar de orgulho, que seu pai e mentor, de acordo a Schro em sua mente, tinha dele. Seu mundo, ficou abalado uma vez, quando seu pai entrou em estado crítico, foi dito por um colega dele que foi por um Nukennin, quando voltou de uma missão, provando definitivamente, que ele ainda se importava com alguém e era apenas seu mentor. Após ser motivado por isso, ele decidiu se tornar um ninja que caçava, fugitivos do Bingo Book.

Considere:

- Filler da semana. Pensei que seria uma forma aceitável, de começar de novo o meu trajecto no rpg.
- Pensando voltar a ser narrador, então, por favor dê uma achega, se de acordo, a esse filler, eu posso ser.
- Palavras: 1150/1000

HP: 250/250 ✖️ CH: 250/250 ✖️ ST: 00/04 ✖️ POST: 001

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 6/10/2018, 20:20

@Filler aprovado.
Eu gostei da narração, e lhe aprovaria como narrador, mas isso é cabível somente a @DouglasCapiotti que irei avisa-lo já deixando essa breve recomendação (também foi narrador no meu tempo).
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 8/10/2018, 19:50



Gennin no Kumo
Um olhar ao passado...
 
Começava o dia para Schro e como sempre, ele gostava de dar uma breve olhada, no passado que lhe tornou a pessoa que ele é hoje. Ao acordar, ele fez suas necessidades básicas e obrigatórias, e assim tomou seu pequeno almoço, algo rápido e que já se encontrava em sua geladeira a um bom tempo. Ele trajou uma vestimenta, que lhe permitiria treinar o seu corpo, enquanto, ele procurava adquirir uma imagem mais ampla e abrangente de sua vila. Nisso após estar pronto, levou o que apenas necessário e que não lhe impedisse de se movimentar bem. Uma mão lava outra, foi assim que ele considerou o seu treino, se ficasse mais forte, claramente, iria poder chegar a um patamar, que lhe permitiria chamar atenção de seu superior e logo conquistar um lugar, que lhe permitisse caçar os fugitivos, sem nenhum problema e com poucas restrições. Colocou seu capucho e começou uma leve corrida, pelo arredores de sua vila, Kumogakure no Sato, apreciando as pessoas, mas no entanto não se associava a elas, afinal, para ele, não fazia quase nenhum sentido, se associar, a alguém que nada iria influenciar no seu futuro, então seus passos largos e não muito rápidos, praticamente dominavam o movimento muscular de seu corpo, que na realidade, já eram denominados, membros de sua memória muscular, já sua antiga vida, lhe obrigava a sempre estar em forma. Seu passado, nunca o prejudicou, pois afinal ele não se focava nisso, ele nem se focava em um dia se tornar um kage, ele simplesmente, queria caçar fugitivos.

Eu sei, eu sei…”, essas palavras sempre ecoam na cabeça de Schro, como uma melodia melancólica, que iludia o ser, que um dia foi maltratado e torturado, ainda assim, ele passou o seu dedo indicativo para seu lábio, parando seu corpo, no meio de uma rua semi-deserta, e olhou para baixo e depois para cima, puxando o canto entre seus lábios e formando um sorriso estranho e assim deixava suas mãos cair, e deslizava pelo seu corpo, até entrarem nos bolsos abertos de seu casaco. Fazer uma corrida matinal, lembra de como seu mentor, o “obrigou”, a adquirir a disciplina, através de corridas extensas, para cada erro em palavras ou em comportamento, mais sem metros na corrida, claro que isso acabou se tornando uma parte de Schro, mas ele não podia evitar um sorriso, quando pensava em seu pai e quanto o ajudou a chegar lá. Após alguns passos, ele acabou chegando a um campo e tirou seu casaco, e sua camisola, embrulhando e deixando por cima de uma pedra, com o topo liso. Assim, ele pegou começou a pegar as maiores pedras, e depois as menores, a movê-las, para o lado ao contrário que se encontravam. Claro, que se alguém visse Schro a fazer isso, seria como ver alguém dentro do rio, a limpar a cara com água engarrafada, mas para o caso dele, não era nada trivial o que estava a acontecer, claro que tinha os seus próprios motivos para fazer aquilo, Schro podia ser muitas coisas, mas definitivamente não era maluco.

Era uma forma que seu pai, descobriu de motivar a mente de seu filho, por colocar-lhe, numa tarefa que parecia bastante inútil, mas ajudava a motivar o corpo dele e colocar-lhe, fora de uma rotina sedentária, que só prejudicava ele e todo ninja, que precisava ficar em forma, para poder ser alguém focado em fazer o bem para sua vila, considerando que a força militar de uma vila, sempre proporcionou a mesma, um bem estar e maior segurança, afinal, existe aqueles que cresceram sem apanhar e claro, tinha que que quer prejudicar outros. Por alguns segundos ele parou, começando aos poucos, a sentir o clima a mudar e a maior estrela do universo, começar a refletir seus raios, sobre seu corpo. Assim ele sentou, passando a mão por cima de seus cabelos molhados de seu suor e respirou fundo, até que uma garrafa de água fresca, foi contra sua cabeça, assim que virou, viu que era seu sensei da academia e logo, o mesmo disse – Sempre sozinho em? Eu entendo, mas até treinar, é melhor quando estamos em equipa, principalmente contra aqueles, que nos motivam a ser melhores, do que realmente já somos. Mas quem sou, para falar tal coisa, a Schrodinger. Tenho mais que fazer, até outro dia, doidão! – Seu sensei, sempre foi alguém muito alegre e que parecia ser ingênuo, mas todos sabiam que não era assim, seu mentor um dia afirmou, que um dos ninjas mais perigosos e fortes da vila, era ele, a mesma pessoa que estava encarregue, de um monte de crianças inquietas e turbulentas. Mas mesmo assim, ele formou uma ótima turma, que mesmo não admitindo ao vivo, Schro sabia disso. Como ele já estava saciado de sua sede e o sol já estava vindo com sua força, ele decidiu colocar sua roupa e preparar para ir à biblioteca da vila.

Ao chegar cumprimentei a jovem bibliotecária, mãe de minha ex-colega na academia, e assim fui logo para secção de Genjustu. Peguei um livro que acabava de chegar com informações novinhas, ou uma atualização sobre tal estilo. Nesse explicava muito melhor o funcionamento do Genjustu, afirmando que o mesmo funcionava como o ninjustu, mas só que afetava o fluxo do chakra, de forma a manipular ele da forma que o usuário de Genjustu quisesse. Acabei ficando involuntariamente surpreso com isso. Existia ninjas que eram mestres nisso, e eu estava convencido que iria me tornar bom em Genjustu, algum dia claro. Nisso continuei a ler, falava sobre o lendário clã Uchiha e o seu doujustu, coisa linda, que poderia elevar um Genjustu a um nível superior, era um fato, eu não consegui parar de ler sobre isso. Assim tinha uma parte do livro que estava sublinhado à sobre preto, assim ignorei tal parte, nisso observei que o Genjustu era apenas a manipulação do chakra, e com um pouco de lábia para algumas pessoas. Mas todo Genjustu, era necessário aprender através de uma técnica, isso era interessante, afinal, isso provava que toda ilusão era realmente algo que não era real. Nisso continuava a ler sobre técnicas de diversos tipos, algumas que paralisavam, outra que iludiam que tinha membros cortados e outras que afirmavam que eles podiam até iludir uma pessoa a crer que estava a ser morto ou que já estava morto. Nisso peguei em minhas coisas, saindo da biblioteca, e me dirigindo para me encontrar com Shell.

Logo, hoje seria um excelente dia para um adquirir conhecimentos, um dia incomum em Kumogakure, Shell, um médico e cientista colega de seu pai, já tinha o convidado para visitar lhe e quem sabe ensinar-lhe algumas coisinhas. Em passos meio largos me dirigi para o hospital, algo comum para mim. Assim que cheguei ao hospital, Schro arrumou-se e organizou todos os seus equipamentos shinobi e logo entrou no hospital, em direção a biblioteca do hospital. Ao chegar lá foi a procura de a Shell que entendi sobre a anatomia humana e animal, que me provavelmente iria ajudar Schro, a adquirir conhecimento nesse quesito. Assim que Schro, se entrou se deparou logo com Shell e com um sorriso, o homem com cabelos grisalhos, e com uma roupa branca, disse a Schro, com um sorriso – Então já está pronto para saber sobre a profissão, melhor que a de seu pai? – Com um riso grande e estranho, fez o sinal para seguir lhe e logo, chegaram a uma sala, com dois corpos, de gênero diferentes e também lhe entregou um livro de anatomia avançada, ele saiu, e sem falar, foi para uma sala, onde podia observar livremente o jovem gennin.

Assim sentou-se por um momento, lendo rapidamente o livro, e até fazendo anotações mentais, já com na base de sua experiência, era fácil adquirir conhecimentos sobre o corpo humano, assim levantou-se e deixou o livro na cadeira, lavando suas mãos e colocando luvas, assim como uma bata. Assim moveu-se, claro, para o corpo masculino, observando a sua estrutura, dentes, coro cabeludo, ouvidos, braços, pernas, observando as veias coaguladas, assim como o peitoral e a sua constituição óssea, isso tudo, já apontando em um caderno. Após isso, moveu-se para o corpo feminino, fazendo as mesmas verificações, tanto que o couro cabelo de uma mulher era muito mais forte, porém a constituição óssea mais leve, em relação ao espécime masculino.

Claramente, sem deixar de ser profissional, não visando segundas intenções, mas sim visando a busca de conhecimentos, apontou sobre a constituição dos seios, assim como o órgão feminino. Assim como descrito no livro, possuía pontos vitais, que não podia ser interrompidos, ou abertos, que causava um sério problema, nisso coloquei meus dedos para examinar os pontos vitais da sujeita feminina, e logo os pontos vitais do sujeito masculino, usando o toque, pude provar, que os pontos de uma mulher, estava claramente mais fechados, que de um homem. Após feitas as anotações, voltei a me sentar e voltei a ler o livro, enquanto esperava por Shell.

Shell voltou e pegou nas anotações, e baloiçou a cabeça, dizendo na brincadeira – Quem diria, temos um aspirante a gênio em. Agora venha, que tenho que explicar-lhe, em cada detalhe, cada parte destes corpos, a que fizeste essas minuciosas anotações. – Com passos calmos, ele se dirigiu a um corpo, aberto e começou a explicar cada órgão, qual era a sua função e tudo que ademais, era importante. Schro, claramente tinha de memorizar sobre cada órgão de cada sistema: sistema esquelético, sistema muscular, sistema digestivo, sistema respiratório, sistema endócrino, sistema linfático, sistema circulatório ou cardiovascular, sistema nervoso, sistema urinário, sistema reprodutor feminino e masculino e o sistema excretor. Assim com um sorriso, pelas anotações, Shell ficou orgulhoso e disse a ele – Parabéns meu jovem, você aprende rápido. Espero que possa usar este conhecimento, para o benefício de nossa querida vila. – Visto que Schro estava muito cansado, mesmo sem ter proferido nenhuma palavra, ele decidiu ir direito para sua casa, e sem perceber o sol já tinha se posto, mas pelo menos, era um dia realizado e bem aproveitado.


Considere:

- Filler da semana.
- Estou buscando adquirir a qualidade treinável (De acordo a regra de Status):
Conhecimento Anatômico (1) - Tipo: Treinável. - Descrição: Alguns personagens estudam muito e com isso aprendem toda a noção anatômica de humanos e animais com perfeição, podendo atingir qualquer ponto vital ou não facilmente.
Bonificações: Compreensão de anatomia humana.
- Palavras: 1671/1000


HP: 250/250 ✖️ CH: 350/350 ✖️ ST: 00/04 ✖️ POST: 005

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 8/10/2018, 20:42

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 20/10/2018, 18:28



Gennin no Kumo
Um olhar ao passado...
 
Schro estava se preparando para sair novamente, para um leve treino, afinal ele precisava de se tornar mais forte e levar uma vida sedentária, era algo que ele já tinha em mente, que era extremamente prejudical para um shinobi, desde o momento que começou  a traçar sua vida ninja. Hoje, de alguma forma, seria um dia diferente, por alguma razão, ele ficou focado, a falta de luz, que Kumogakure no Sato, tinha. Era bem cedo, e as casas, ou lojas não estavam abertas, então as ruas ainda estavam silênciosas, e claramente, era o melhor mommento para se movimentar pela cidade, sem incomodos da humanidade que enchia aquela vila. Ele se encontrava, levemente aborrecido com a situação, afinal já não via seu mentor a meses,  e não havia se relacionado com ninguém. Mesmo assim, ele estava focado em conseguir se tornar melhor na escuridão, ao seja, na sombra da vila. Ninguém o conhecia, mas ele conhecia alguns, e tinha noção do que ele tinha de fazer, para no futuro, se tornar alguém bem mais forte. Ele se sentou na cama, e começou a refletir um pouco sobre sua vida, colocando seu cotovelos sobre suas pernas, e entrelaçado seus dedos, e assim colocava sua queixo sobre seus dedos entrelaçados, percebendo que não poderia continuar daquele jeito, sem ter um foco em nada. Para sua sorte, ele já estava se tornado cada vez mais forte e não iria faltar muito, para ele ficar mais forte e poder conquistar , um lugar merecido e de respeito, na força miliar da vila.
Dessa forma, ele pegou um livro sobre as árvores sakura, cerejeiras, que falava sobre como elas eram constituidas, assim como a sua coloração, sendo que existem mais de 600 variedades de sakura diferenciadas pelo número de pétalas, a cor das flores e as folhas jovens, ou o período de floração. Lá também descrevia que a cor das flores ia do branco ao vermelho escuro através de todos os tons de rosa pálido. Isso dava uma certa ideia, para manipulação de seu chakra e sua kekkei genkai e claramente, ele não iria deixar isso passar em branco, iria usar esse conhecimento para em breve formular novas técnicas. Ele se levantou e logo penso que hoje, seria um ótimo dia, para pensar em novas técnicas e como iriam ser formuladas. Perdendo-se no mar de seus pensamentos, ele acabou perdendo o tempo, e olhava para o chão a medida que sua sombra era formada no chão, ele virava, preocupado e percebendo que o sol, já estava nascendo. Assim em passos largos, ele se dirigiu para o banheiro, onde tomou um banho meio longo e frio, pois não era muito de banhos quentes, nessa base ele limpou seu corpo e vestiu uma roupa normal, para poder sair. Ele estava usando calções de estilo militar, e sapatilhas pretas, com um casaco de mangas curtas com capucho e camisola preta. Assim ele se dirigiu para cozinha, e aqueceu um ramen rápido, e comeu, com o capucho sobre sua cabeça, meio amargurado, por seu mentor não aparecer há muito tempo e logo se levantou, pegando as chaves, e em passos meio largo, retirou-se de sua casa e se dirigiu para a biblioteca. Em passos calmos, ele se dirigiu para biblioteca, com a cabeça quente, acreditando que sua cabeça iria esfriar com o tempo.
Ao se dirigir para a biblioteca, ele não hesitava em cumprimentar as pessoas pela qual ele passava, afinal, ele estava com sua bandana na bainha, e todo mundo o reconhecia, como fazendo parte das forças, que protegiam a vila. Apesar de não ter tido a oportunidade de demonstrar seu valor, ele estava trabalhando para, quando chegar a oportunidade, ele ter o poder suficiente para  superar a situanção que futuramente, ele iria se encontrar. Após chegar a portar da biblioteca, ele a abriu e cumprimentou a bibliotecária, se dirigindo imediatamente para os livros de manipulação de chakra mais profunda. Ele procurou entre livros e livros, afinal, ele deduziu que sua kekkei genkai, não era proveniente de Kumogakure, então ele teria de procurar livros, que foram deixados por ninjas, que vireram visitar a vila e deixaram minimas conexões, sobre a cultura dos shinobis, nas epócas passadas, na epóca dos primeiros kages.  
Schro encontrou um livro, então se sentou em uma cadeira longe de outros, sendo que a descrição dele, uma capa antiga, verde escuro, e poeirada, em que estava escrito: “As primeiras cinco gerações do velho mundo.” Era um livro que falava sobre as primeiras cinco gerações dos kages, e alguns dos seus maiores feitos. Como esperado, Konoha tinha o seu foco no livro, como a derrota de ninjas lendários, a luta contra uma das bijuus mais poderosas, e como foram abençoados com linhagens sanguíneas poderosas, que se marcava até, pelo facto, de a linhagem senju, ter, “reinado” no trono de hokage, para além de estarem no topo dos melhores clãs do mundo shinobi. Depois de revirar, diversas vezes as página, ele encontrou sobre Sunakagure no Sato e logo, que leu sobre um paragráfo sobre o terceiro Kazekage, descobriu que um poderoso ninja, como o terceiro kazekage, havia usado a mesma kekkei genkai, que ele hoje havia usando, ao seja o poder que se encontrava em suas veias. Não especificava muito bem, como esse poder havia sido desenvolvido, mas ele já tinha uma noção básica, afinal, apesar da kekkei genkai, correr em suas veias, essa habilidade poderosa e que já havia destruído, quantas legiões de ninjas derrotado outros quantos ninjas poderosos. Maravilhoso! Foi a palavra que exclamou em sua mente, apesar dele quer dar um riso sarcástico, ele se conteu e continuou lendo, ainda mais empolgado, finalmente tinha outra coisa que o motiva e gostava. Sendo que já a muito tempo isso não acontecia, então ele respirou fundo e deu um sorriso, que ia até a ponta de seu rosto, de certa forma, era um sorriso arrepiante, e estranho, mas Schro não ligava para nenhuma dessas variavéis. Vendo que estava se ficando tarde, ele se levantou da cadeira, devolveu sua o livro a parteleira, despediu a bibliotecária e se dirigiu para sua casa, ainda focado em seu caminho. Seria o fim para os contos das histórias de Schro?


Considere:

- Palavras: 1015/1000

HP: 250/250 ✖️ CH: 450/450 ✖️ ST: 00/04 ✖️ POST: 012

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 20/10/2018, 19:02

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 3/11/2018, 21:12



Gennin no Kumo
Um olhar ao passado...
 
Treinos. Os treinos de Schrödinger nunca foram fáceis, mais isso ele é que obrigava seu corpo a suportar, em vista de ser melhor.  Ele já havia praticado diversos tipos de treinos, mas nunca havia praticado seus selos, apesar de já ser um ótimo utilizador de selos. le estava deitado olhando para o teto, e inspirou fundo e logo expirou para fora, saindo da cama. No mesmo instante que ele saiu da cama, olhou para a mesma, e logo a arrumou, e fez as suas necessidades básicas, assim como comeu ramen instantâneo, e logo se vestiu, e saiu de sua casa, em passos meio largos, saindo daquela casa, se é que podia se chamar de casa, talvez um dia ele saísse daquela casa depressiva. Ele se dirigiu para biblioteca, como sempre, afinal, muitos dos ninjas, sempre iam para lá, era um lugar de alta sabedoria e alguns Justus, que já se demonstram, muito importantes, em algumas que decidiram o destino do mundo ninja. Em passos lentos e semi simétricos, ele chegou até a biblioteca, acenando para a bibliotecária, e logo começou a procurar livros sobre selos e começou a ler sobre os mesmos. Como influenciavam uma técnica, como deveriam ser executados e como ter em conta o movimento certo para combinação de chakra correto para que a técnica fluísse. Assim ele se dirigiu para uma área mais isolada da biblioteca.

Schrödinger começou assim, a treinar a velocidade em que seus dedos se moviam, e se concentrando para que fossem feitas as combinações, mas se ele aumentasse apenas um pouco de velocidade, os selos davam para torto, independentemente do que acontecesse. Nisso, um ninja, mudo, chegou e começou a escrever em um papel: “Para nós os mudos, os selos são como uma forma de comunicar, nós nos habituamos a se comunicar com as mãos porque perdemos a habilidade de nos comunicar pela voz, então quando estiver executado Justus, transfira a força das palavras em habilidosos formas de mover os seus dedos, com uma frase longa e bela.” Nisso ele se retirou deixando aquelas palavra tão sábias especadas diante dos meus olhos.  

Nesse contexto, ele começou a mover as suas mãos lentamente, formando os doze selos, era muito lento, nisso ele começou a acelerar aos poucos, conseguindo uma velocidade superior a anterior, conseguindo nessa velocidade executar metade dos selos, mas logo depois, se desajeitou, e não conseguiu completar o sétimo selo, não conseguia acompanhar a velocidade que ele estaria para de certa forma, “adquirir”. Assim voltou a tentar, conseguindo executar até ao nono e voltou a se desajeitar, mas tentou novamente, e conseguiu até o décimo e primeiro selo, assim deu um soco na mesa, fazendo um certo barulho, que fez com que ele fosse expulso da biblioteca, nisso, com calma e respirando fundo se dirigiu para sua casa, entrou e a trancou. Com calma, se colocou em posição de lótus, fechou seus olhos, começando a inspirar e um expirar, ele começou a fazer os doze selos, na nova velocidade, se adaptado, logo fez de olhos abertos, sim, ele havia adquirindo uma forma mais rápida de executar seus selos. Como ele não se sentia satisfeito, mas uma frase invadiu sua mente: “O mundo é injusto, do que realmente adianta reclamar, se realmente não vai surtir efeito, foi assim que eu cresci, vai ser assim que irei tratar o mundo. O mundo inútil que só vive pelo dinheiro e pelas mortes, afinal nada mais importa”.

Schrödinger, se dirigiu para um dos campos de Kumogakure no Sato, provavelmente o campo mais quente de todos, e como se não piorasse, o sol escaldante, não ajudaria em nada. Ele não era um génio como outros, apenas poderia acreditar em sua força e velocidade, afinal foi assim que sobreviveu até agora. Assim tirou sua camisola e sua capa, sentindo o sol quente de kumo sobre sua pele. Em um movimento rápido, moveu as suas pernas para o sentido oposto de cada, afastando cada uma trinta cm de cada, assim concentrou o seu chakra ao máximo, seria um desperdício de chakra mas fortaleceria o seu corpo inclusive, o seu controle sobre o mesmo. Após fazer isso, começou a correr na diagonal, forçando seus membros inferior, forçando sua musculatura e sua massa, a funcionar, assim começou a forçar cada vez mais, correndo do canto de uma divisão a outra, esforçando cada vez, em um erro, ele tropeça e cai no chão, mal conseguindo se levantar, talvez aquele treino não fosse a sua especialidade, mas ele precisava fortalecer suas habilidades fisiológicas mesmo, que não fosse de sua autoria fazer, mas mesmo assim zangado, deu um soco no chão, e se levantou pegando sua roupa coxeando até sua casa.

Apertou seu punho, estando com todo o seu torso enfaixado, e colocou uma camisa preta, em conjunto com  uma calça tradicional chinesa, amarrando seus fios, de todo o conjunto. Se levantou todo preparada, lavando seus dentes e a cara, penteado seu cabelo e colocando um punho para separar seu cabelo. Após isso, ainda estava enfaixado, mas não fazia mal, afinal demonstrava que tinha de se esforçar mais. Vestiu sua capa, rasgada no fim, que era passada de geração em geração. Em passos meio largos e rápidos me dirigia rapidamente, para lá, inevitavelmente, ele não percebia que não sentia dor, porque usará seu chakra para suportar seus movimentos. Assim após chegar lá, tirei minha camisa e continuei a correr de novo contra o vento, com meu chakra me suportando, devido ao Sol que Kumo tinha no momento, o esforço era super dobrado e mal se conseguia manter de pé, durante esse momento de pura emoção ele caiu de novo contra o chão, e deu um sorriso que demonstrava sua satisfação de conseguir passar seus limites. Esforçando seu chakra ao máximo, se levantou e continuou correndo, até começar as brisas do deserto doido a noite, com um sorriso, continuou sua corrida até sua casa, e quando chegou perto de sua cama, desmaiou de tanto cansado que estava, mesmo vestido e cheio de suor, isso não foi pretexto para ele não deixar se dominar pelo cansaço.



Considere:

- Palavras: 1010/1000

HP: 5'0/500 ✖️ CH: 550/550 ✖️ ST: 00/04 ✖️ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 4/11/2018, 13:29

@. Deu + de 1000 palavras, então, 200 de stts pelo Mês UP. Bom jogo.
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 22/6/2019, 17:14



Chunin no Kumo
Rotorno aos vivos.
 
– Um som ecoava por todo canto, tudo e nada, se encontrava ausente da presença da luz. Schrödinger não conseguia se mover, seu corpo estaria completamente paralisado, sua mente não era capaz de perceber o que estava acontecendo… Não demorou para o som tornar-se mais agudo e cada vez mais agudo, ao ponto de começar a magoar os seus ouvidos, quebrar as suas membranas tímpanas e começar a escorrer sangue, sua mente começava a gritar por agonia, mas o corpo não era capaz de expelir a dor, era como se os seus lábios estivessem completamente selados, costurados por um conjunto de linhas finas,  seus membros começavam a ser estendidos, como se fosse uma tortura exterma, apesar de não ter controlo de seu corpo, todo o seu sistema nervoso, estava ainda mais ativo que o normal. Sua visão abstrada começou a se abrir, e ele podia ver mãos negras, com contronos roxos a se alastrem e a se movem pelo corpo dele, e logo apertando com uma força absurda os seus membros, como se fossem a ser partidos a força, o seu corpo continuava com inacapacidade de reagir e a agonia continuava, estendo a sua dor por todo aquele loop.

– Ele não podia deixar de pensar, que aquilo fosse tudo culpa sua, por ter feito algo de errado, devido ao seu passado e tudo que ele fez de errado, aquilo parecia um loop infinito de tortura, e diversas memórias do passado preenchiam a sua mente, como se estivesse despejando ácido de informações para o seu cerébro, e fazendo com que o seu cérebro derretesse aos poucos. A sensação era demasiado verdadeira para ele conseguir perceber a realidade, da ficção. Não demorou muito, para que aos poucos a sua mente começasse a desistir, seu corpo não era mais capaz de suportar tanta agonia mental, e física, a única coisa que poderia fazer é desistir… “Não desista, não desista, não desista!”. Essas palavras ecorram na sua mente, e logo o espaço completamente negro se tornou em um espaço completamente branco e uma silhuenta grande, branca e com apenas o sorriso e a sua mão estendida por cima de um campo de rosa brancas, assim ele se levantou daquela maquete de tortura e forçou o seu corpo a se mover para a localização da silhuenta.

– A medida que ele andava pelo campo de rosas brancas, o sangue tornava o campo mais vermelho, mas também o seu corpo começava a ser reforçado, como se o campo de rosas brancas, estivesse forçando o corpo dele a se regenerar de forma naturar… Finalmente um para o loop infinito? Finalmente um fim para aquela vida maldita? Ao se aproximar da silhueta, ele abraçou a mesma, chorando, lembrando do tempo em que a única pessoa que lhe ajudou se encontrava lá. Ele logo abriu os olhos para aquele mau sonho e com corpo sobre uma cama com as mãos para cima, como se estivesse abraçando alguém, ele podia sentir as lágrimas escorrendo pelos seus olhos, logo palavras frias e melancólicas saíram de sua boca: “ Um mau sonho? Estou de volta, hein? Merda!”. Seus braços caíram em cima da cama, ficando ao lado de seu corpo fraco, e logo uma enfermeira viu ele, e ela começou a se emocionar.

– A enfermeira então começou a contar tudo que veio ao público durante os 3 anos que se passaram, e que ele esteve em um coma longo por esse tempo descrito, e ele percebeu isso pelos seus longos cabelos e pela sua condição física. Logo foi lhe cortado o cabelo, e começou uma fisioterapia intensa, utilizando acupultura em diversos membros, que se encontravam atrofiados que era basicamente todo seu corpo, para melhorar, e forçar o chakra se manisfestar mais rápidamente pelo corpo, fazendo passar por uma dor intensa, mas ele podia sentir sua força voltando. Os dias se passaram e sua aparência voltou a ser a mesma de antes, expecto que agora o corpo dele se encontrava mais desenvolvido e mais maduro que antes, devido a sua idade, os limites do seu corpo, também tinham se espandido e portanto sua vitalidade também.

– Ele havia adquirido uma nova maneira de ver a vida, após aquele coma ele percebeu que podia dar mais e viver de forma mais alegre, e que poderia se tornar melhor, para além dos alvos fúteis que ele antes tinha. Ele percebeu que tinha de se tornar mais forte e que deveria amadurecer para além do limite que por ele fora imposto, e depois do seu sonho, que era uma tortura constante, que demonstrava o quanto ele era imponente e fraco, perante muitos e que ele não poderia continuar dependendo dos outros para o protegerem e alcançarem as coisas por ele. Ele ficou refletindo que deveria de certa forma, “vestir uma nova personalidade”, uma personalidade que não precisasse de outros para poder vencer. Foi quando ele saiu do hospital, preparado para refletir nas suas ações, o que foi descrito nos seus pensamentos. Proteger o seu povo e a sua vila, com o seu próprio poder.




Considere:

- Palavras: 835/1000
- Filler de retorno. O personagem passou por grandes mudanças psicológicas.

HP: 500/500 ✖ CH: 550/550 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 23/6/2019, 12:47

@
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 23/6/2019, 19:49



Chunin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 
Segundo dia. Era a única coisa que podia descrever o que se passou. Estava em sua cama, quieto, sentido o cheiro de café forte logo pela manhã, passando pelo seu quarto e preenchendo o quarto por completo, realmente era uma sensação gostosa e boa de ser apreciada parecia que os grãos se encontravam na sua mais pura forma quando foram triturados, e sem nenhum artificío adicional, de melhor forma que um cáfe forte podia ser produzido. Era uma sensação que não era sentida a anos, então não tinha como não saborear cada detalhe daquele prazer único e imensurável, que enchia as suas narinas de jeito único, que nem palavras podiam descrever a situação que se passava. Sua mente, era estímulada pelo cheiro percorria todo o quarto, o que deixava sua condição ainda mais favorável e confortável, e depois de ter saído do hospital, ainda precisaria de buscar forças para seu corpo poder aceitar a situação por completo. Não lhe saiu da mente aquele cheiro, e seu sono, era intensificado pelo belo gosto e cheiro, que o aroma da bébida possuía, deixando ele num estado de repouso semi forçado pelo prazer existente. Era algo engraçado, uma coisa comum, algo que se passava no dia de básicamente no dia de qualquer pessoa que precisasse se acalmar, para enfrenter um dia, no seu quotidiano, que evidentemente, teria em conta, que ele seria problemático, o café era uma das forma existentes de se esquivar daquilo, do stress que a realidade fornecia diriamente a muitos da vila.

Felizmente o café natural, era a melhor uma das melhores coisas, que existiam desde dos tempos antigos, e mesmo com todos os eventos, esse broto natural havia perdurado por todo esse tempo trazendo a forma de relaxamente líquido por tantos anos. Era uma descrição durante aquele momento que se pendurava por tanto tempo, e deixava o seu sono mais suave que uma pela sobre uma enorme rocha. Seu corpo se recusava a acordar, e tendo em mente, que seu dia não iria ser perturbado, isso forçou mais o seu corpo a não aceitar a condição de ter de quebrar a sensação de prazer que sua pessoa naquele momento possuía. O cheiro não provinha da sua cozinha, então a única coisa naquele momento que se podia fazer era apreciar o cheiro. Seus olhos abriram-se lentamente, ainda pesados e desconfortáveis por não poderem continuar fechados, e os sintomas do coma ainda estavam bem marcados em sua pele, assim como os seus órgãos externos, como as suas palperas, que estava muito pesadas e não pareciam estar confortáveis, com a situação em questão, então era claro que o seu corpo ainda não estavam bem adaptado a situação de poder ser usado novamente, isso era claramente descrito pelas dores que suas articulações possuíam, devido atrofiamento durante o tempo em que estava em coma, então eles não possuía muito gosto em se levantar, particularmente naquela manhã. A descrição absurda sobre o café, demonstrava o quão, ele gostava de café, porém não possuía um vício por essa bebida, seu vício se perdurava em algo muito diferente, mas que fazia parte da criação da bebida ou bem dizer, preparação da bebida, o produto final e muito bom.  

Sua coluna fez com ele ficasse sentado, olhando para a prateleira de livros a sua frente, com seus cabelos bagunçados demonstrava o quão ele se encontrava não estava preparado para lidar com o dia, mas ele também não podia se deixar distrair e ir comprar as diversas coisas que faltavam na sua casa, principalmente quando o seu coma, fez com que muita coisa apodrecesse e a casa ficasse muito suja, e dormir na poeira novamente, devido ao cansaço de uma fisioterapia bem sucedida, não era uma ideia que se mantia fresca em sua mente. Ele moveu seus pés para o lado direito, colocando a palma de seus pés, sobre o chão fresco e forçando seu corpo a obedecer as suas ordens, colocando força em suas pernas e braços e se levantando. Ele movia lentamente suas articulações do dedo, era parte da fisioterapia intensa que ele havia passado, depois dava passos curtos até a janela, abrindo a mesmo e deixando o bom ar que fluía pela sua vila entra e acabando por eliminar o cheiro do café que emanava da casa de baixo, deixando um semblante triste na face dele, mas infelizmente aqui era necessário. Hoje seria um dia de reposição e limpeza, então ele começou a se preparar.

Em passos calmos e se apoiando no que poderia se apoiar, pois sua força não estava por completo reconstituída, assim em passos meio largos, ele se movia para casa de banho, fazendo água jorrar e tirar o que estava lá em encanado. Após isso usou a água para lavar a sua face, e passou água pelos seus cabelos, assim voltou para o quarto e vestiu a roupa que se encontrava mais limpa, e pegou o dinheiro que tinha guardado. O ambiente parecia ter mudado e muitas das pessoas que ele via diariamente, não se encontravam nos seus lugares. Afinal, em três anos muita coisa poderia ter mudado. Ele então se dirigiu a uma bancada que possuía diversos alimentos e depois de fazer a troca, dinheiro por itens, ele voltou para sua casa, com uma sacola cheia de comida, que pelo menos durasse pela semana. Não obstante, colocou a sacola por cima da mesa e começou a fazer a limpeza geral de seu pequeno apartamento, ainda ponderando no que lhe sido, na época que ele se encontrava no hospital. As mudanças que aconteceram a vila eram grandes, mas ele ainda podia manter o meu anonimato, pois os ninjas que se destacavam não tinham ainda um conhecimento profundo sobre a sua pessoa, então por agora, ele podia ficar calmo e terminar a faxina de sua casa, até tudo ficar limpo e brilhante, como ele sempre gostava que fosse. Após terminar a limpeza, ele comeu uma fruta, e ficou olhando para o vazio do seu apartamento, após perder a casa de seu pai, devido a ambos estarei em coma, e no entanto, apenas Schrödinger ter conseguido superar. Mas ele continuava batalhando, esperando um dia melhor e uma alegria maior.


Considere:

- Palavras: 1023/1000
- Filler para o Mês do UP.

HP: 500/500 ✖ CH: 550/550 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 24/6/2019, 12:36

@

_______________________

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 30/6/2019, 16:27



Chunin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 
Pequeno almoço. Provavelmente a refeição mais necessária um shinobi, já que os shinobis precisavam estar bem fortalecidos e não serem influenciados pela fadiga, principalmente se fosse por um motivo burro como não comido uma simples comida. É claro que isso dependia muito do cargo, situação e urgência, mas o que não faltava em qualquer vila, eram pessoas que vendiam diversos tipos de refeições, especiarias, e algumas focadas no negócio da família, que era conhecido que uma cadeia de restaurantes familiares e de boa comida, bom atendimento, era algo que não poderia se deixar de se denotar, e isso era um facto a não se discutir muito menos se debater. A primeira refeição do dia, era algo que Schrödinger no inicio de sua vida como criança, pouco tinha e como dizia sua dona, tudo que você precisa, você deve mostrar que você merece tal coisa, e nesse momento, quando ele sentia fome, foi quando ele prometeu a si mesmo que nunca mais iria quer passar pela aquela sensação de vazio, que só podia ser preenchida, por merecimento, e isso sim era forma, uma forma de motivar, ele a se dedicar mais em obedecer a madame. O simples facto de momentos, ficaram enjaulado e muitos dias sem comer, lhe deixaram mais focado, quando era chamado para combates, afim de entreter, os diversos seres que passavam pelo submundo ninja, e que a madame, definitivamente faturavam muito com esses combates. Sua mente, que pensava de foram lógica, logo percebeu que se ganhasse diversos combates e fizesse com que sua dona ganhasse mais, ele também receberia mais coisas e teria um melhor valor para ela.

A vida de Schrödinger por muito tempo foram batalhas, sangue, tortura e como não pudesse faltar, morte. Não tinha muitas vezes como deixar seu adversário vivo, se ele precisava jogar sujo, para conseguir derrotar a pessoa que se encontrava na sua frente, pois todos naquele circo de horrores, eram profundamente rancorosos, e já se sabia, que muitos acabavam mortos e ninguém iria gastar tempo, em um fraco que não conseguiu se proteger, sim, essa era ideologia da madame. Meter pessoas forçadas a lutarem uns contras os outros, e depois lhes trancar como se fossem animais selvagens, apesar de que muitos não aguentavam e sucumbiam aos seus instintos mais selvagens. Muitos acabavam soltos, e acabavam matando os adversários, e comendo eles. Essa era preservativa da vida de Schrödinger, que não nasceu no conforto de pais amorosos e carinhosos, mas nas mãos de uma kemono, chamada Big Madame. Era claro que esse não era o nome dela, mas da última vez, que alguém falou o nome verdadeiro, todos que estavam na presença de tal ser, foram desmembrados e exibidos, com o conjunto, escrevendo Big Madame, sobre uma poça de sangue e logo foi colocado em fogo, fazendo que cada pessoa que viesse ao circo, fosse obrigado a ver aquela cena, logo na entrada. Foi também a primeira vez, que a Big Madame, quase acabava presa. Situações aterradoras se passavam ali e Schrödinger começou a ver a morte como uma cena normal, criando a frase em sua mente “porquê chorar, se todos vão morrer? É a vida… Ela é injusta e não joga pelas regras de ninguém, a menos que forem impostas por alguém poderoso.”. Sim, de facto, uma criança de 7 anos ter esse pensamento, era algo muito aterrador.

Após um tempo, Big Madame, se tornou mais ousada e capturava criminosos mais conhecidos e ainda mais fortes, o que começou a realmente chamar a atenção dos Daimyou, já que começavam a causar destruição nas suas terras, e a prejudicar as comissões, que eles recebiam dos camponeses, continuava diminuído, já que muitos dos camponeses também acabavam sendo mortos ou capturados pela Big Madame. Os Daimyou, logo planearam e perceberam que área que provavelmente a Big Madame agindo e partindo, era muito próximo de Kumogakure no Sato, então a tarefa foi entregue a vila que já fora citada. Não demorou muito para vila, criar uma força tarefa, conseguir se preparar para invadir, e segurar o território, evitando com que ninguém escapasse dessa vez, naquela emboscada. A pessoa que ficou encarregada de capturar a Big Madame, é que mais tarde se tornaria, seu pai adotivo e não importância para ele ser citado agora. A invasão demonstraria-se um sucesso, pois seu tutor, fez tudo para que fosse. Aquela invasão demonstrou poder que Kumo possuía e como ninguém sairia impune. No meio dos escombros, encontrava-se Schrödinger, como um gato ferido, precisando de ajuda e talvez fosse o destino, quando seu tutor o salvo. Era claro que Schro, teve de passar por diversos exames médicos, físicos e os mais importantes, mentais. Sua estrutura física, estava desenvolvida para além do limite físico para sua idade e logo, foi cogitado, que ele entrasse para academia ninja, pois ele possuía aptidão elemental, e não era uma qualquer, era uma Kekkei Genkai elemental, que pertencia a outra país e pelos vistos, muito poderosa.

Sobre a tutela de seu tutor, Schrödinger, se tornou uma hábil manipulador da areia de ferro, assim como suas derivadas. Não demorou para ele demonstrar sua força superior aos seus colegas de sala e demonstrar o quão seu corpo, já estava mais avançado e desenvolvido que qualquer um ali. Apesar de ausência para habilidades de socialização, ele acabou se tornando o melhor daquela turma. Como sempre, Schrödinger não procurava exatamente reconhecimento, mas sim matar aqueles que se divertiam com a morte e o sofrimento de muitos. Seu ódio foi crescendo cada vez mais, até que se tornou uma real motivação. Sim, era estranho como uma chávena, poderia trazer tantas emoções atona, seu pequeno almoço agora era algo bem fortalecido e que não possuía bactérias, como as mistelas que se encontravam nas comidas dadas no circo. Talvez a razão de ter se ficando doente e enfraquecido, fosse o facto de seu passado, não ter sido o melhor de todos. Assim, Schrödinger se ajeitou e se preparou para sair de casa, afinal já estava de repouso a muito tempo e não podia continuar a dar esse luxo, ou nunca ficaria mais forte.

Considere:

- Palavras: 1012/1000
- Filler para o Mês do UP.

HP: 500/500 ✖ CH: 750/750 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Indra
Juuichidaime Hokage
Indra
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger Tumblr10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73475-fp-sarutobi-kaden https://www.narutorpgakatsuki.net/t73468-gestao-sarutobi-kaden

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 30/6/2019, 18:30

@

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 13/7/2019, 23:59



Chunin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 
Não sei de quem são estás memórias, mas uma coisa que tenho a certeza é que não me pertencem. Ela contam sobre uma passado, que eu não deveria ter em mente, mas aqui estamos, você lendo a história reescrita em minha mente, como se essa mesma pessoa possuisse o direito de ter feito isso. De acordo ao passado, os donos destas memórias eventualmente viriam buscá-las, mas não ligue para o meu erro de cálculo, essas memórias são tão antigas, quanto a criação do mundo ninja. Não sei se é verdade ou se é mentir, mas eu sei que issoo só depende da sua crença e interpretação naquilo que você vê. Eu acredito que exista um lugar, um mundo, sei lá o que fosse, que não existem shinobis e que as guerras são diferentes. Mas porquê não ser ingênuo demais e dizer sobre um mundo onde guerras, realmente não existam? Porquê o ser humano procura destruir o outro… Não me diga que nunca percebeu… não me diga que nunca entendeu… Não me diga que por nós nunca ninguém morreu! Que ninguém se sacrificou, que ninguém nos amou, que ninguém nos odiou, que ninguém nos maltratou. Talvez esse caminho que na qual somos todos obrigados a trilhar seja culpa do passado sangrento dos nossos antepassados, talvez essa vida amargurada, seja culpa de alguém que nem pensou que eu existiria, que ele existiria, que nós existiriamos. Culpe a minha frustração, culpe a minha falta de motivação, mas não culpe o sangue podre que corre nas minhas veias.

Nada foi culpa minha, foi culpa de um poder imerecido, que parece que vai cair em mãos erradas novamente, mas mesmo assim, você acredita que pode me magoar com palavras vãs, quando não tem nem ideia do quão a minha mente suportou, de quão a minha vontade matar é puramente pesada, com dilecerações que tenho marcadas em meu corpo, a tortura interna, a ideia de que todos devem morrer e que eu devo ser o único que não deve perceber… É, você não faz ideia. Do quanto minha mente quer gargalhar, do quanto a minha mente quer se suicidar, do quanto minha mente deseja matar, do quanto minha mente sabe enganar, do quanto minha vida não vai mudar, do quanto meu caminho ainda estou por trilhar… Acredite, você não sabe do quanto minha mente quer amar. Sim, eu tenho sangue podre, sangue que deixa todos a minha volta com nojo, mas eu não me preocupo, não com este poder que eu possuo, que ninguém pode me arrancar, esse poder que pode civilizações abater, que pode muralhas destruir sem nenhum problema. Estou confiante que não tem ninguém, que pode ir contra mim, as memórias escritas assim o definem, sei que me ajudaram a precorrer este caminho morrimbudo. Não precisa ler, não precisa nem acreditar em mim, apenas acredite no que for lógico para sim. Não possuo pernas, minhas bocas estão seladas, meu braço esquerdo está ausente de mim, e única coisa que tenho é o sangue como minha tinta, e o meu braço direito para escrever.

Diga comigo você é o escolhido… Vá em frente, eu sei que a vida de um homem é bem mais fácil que a vida de uma mulher, afinal não sei de onde sou, mas sempre pude observar tudo a minha volta, e talvez, eu tivesse uma boa posição, pois eu tenho enumeras memórias, mas para ser sincera, não sei se são verdadeiras, ou se são apenas um metódo de deixar minha mente em paz. Eu já vi mulheres sem maltratadas, no mesmo instante que homens eram exaltados como heróis por ter feito coisas maldosas, eu tinha nojo do meu próprio ser, e outra vez, se lembre, acredite apenas no que decidir acreditar, porquê é assim que o mundo funciona, mas talvez você tenha decido que não. Nem todas aceitam ser subjulgadas e acredito que existirá um futuro onde as mulheres terão direitos iguais aos dos homens, e que seria mentira, se eu realmente acreditasse num futuro, onde as mulheres, se tornaria políticamente iguais ou pelo menos equivalentes aos homens, porque com a supermacia hoje existente, não seria díficil de considerar tal situação. Minha mente provavelmente já está delirando e quando você ler o que está aqui escrito, serão apenas argumentos de uma homem moribunda, que está quase morrendo, não acredita nas suas próprias palavras, vive ao relento, sustentado por restos, que até um cão não aceitaria, mas ainda assim, vive perto de uma nascente, podre e sem água cristalina, que não reflete os meus olhos sagrentos, onde pessoas passam todos os dias, e as que relamente conseguem perceber minha dor, dão algo para eu continuar minha vida. Eu já perdi minha honra, meu respeito, perdi tudo isso em prol da minha pátria, mas nem mesmo ela mais, se importa comigo. Então acho que você pode perceber como esse tal “caminho ninja”, muitas vezes pode ser considerado inútil. Acho que se acabei aqui, é porquê em algum momento de minha história, eu acabei me tornando em uma personagem secundária de minha própria vida.

Acredite, faz sentido. Se você não se esforçar ou agarrar as oportunidades, tanto más, como boas, a probablidade de você ter sucesso na vida, é de básicamente menos de 10%. Eu nunca fui um pródigio, mas sempre me foquei em não ficar atrás de ninguém, principalmente de meus companheiros, acredite minhas palavra são sólidas como a rocha fria que hoje deitarei minha cabeça. Ouvimos diversos discursos que nos motivaram a ir para guerra vencer, afinal era só isso que tinhamos em mente… “Vencer”. A vitória tem um sabor tão doce, que se torna viciante, mas como qualquer coisa neste mundo e no posteirior, tudo merece ter um preço. Milhares de pessoas hoje estão vivas, devido aos milhões que protegeram elas… Será que uma guerra realmente tem significado? Ou será que foi o jeito da humanidade, de nunca sobrepopular o mundo? Sei que concorda comigo e acredita que é uma teoria doida, no entanto é uma teoria viavél, muito viavél. O ser humano, é um parasita, é um ser nojento que nem merece viver, vai de uma área para outra, absorver todos os nutrientes, tudo que é bom, e quando perceber que não há mais nada, ele simplesmente decide ir para uma outra área fazer o mesmo, mas advinhe quem também faz isso? Um vírus. Bem, eu passei nestes pequenos pápeis a ideia que eu possuia um poder para uma guerra, mas não queria usar. Eu passei a ideia, que uma guerra é inútil e não deveria lutar. Mas a realidade, é que desejo que você faça melhores escolhas que eu, e se devote, e grite comigo: EU SOU O ESCOLHIDO!


Considere:

- Palavras: 1111/1000
- Filler para o Mês do UP.

HP: 500/500 ✖ CH: 950/950 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 14/7/2019, 02:06

@

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 20/7/2019, 19:59



Chunin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 
Schrödinger, um nome desconhecido. As pessoas normalmente não conseguiam nem expressar as primeiras letras, quanto mais escrever, soletrar ou até mesmo falar. Se tinha algo que orgulhava bastante, era o facto, de que ninguém no mundo ninja, possuia um nome como o dele, dessa forma, ele poderia conntinuar simplesmente… Único. Pouco, ele mesmo sabia, mas ela possível, que ele não pertencesse a nenhum dos países conhecidos do mundo shinobi, ou que até mesmo, nas partes mais remotas do mundo. Algo que sempre se perguntou, foi o caso, do mapa que eles possuiam, será que o mundo era realmente só aquilo, não tinha mais nada para se ser superado? O facto era que ele já tinha um conhecimento básico, que não era possível que o limite do mundo, era o mapa que simplesmente definir os país grandes e os países pequenos, era realmente complicado, mas era normal, se acreditar que aquilo era real. Algo que sempre ele gostou de apreciar, era o facto, do universo ser considerado infinito e transmitir uma beleza imensurável. Ele podia estar falando sobre comida, bebidas, fama, sexo, e talvez fosse falar disso depois, mas nesse momento, ele só estava falando sobre algi que provavelmente também cativasse muitos, a imensidão universal. Não se possuia tecnologia para se ir mais acima, acima dos céus, mas já havia existido pessoas, bem dizer shinobi, que tinha um poder imensurável, que eram capazes de arrastar poderes de fora da própria atmósfera, como se fosse algo normal para elas, sim, era isso… Era isso, que Schrödinger admirava.

Poder, algo impressionante, todo mundo possuia, mesmo que fosse apenas um pouco, mas no entanto, não sabiam manipular, então sempre dava errado. Quando ninguém conseguia utilizar o poder que possuia para defender, sempre esperava que outras pessoas lhe defendessem, por mais incrível que fosse, o poder dado pelos antepassados, tinha toda a sua beleza, mas isso nunca importava, se não conseguisse manipular as suas “belezas”, normalmente era executava as regras da selva, “a sobrevivência do mais forte, e o leão sempre sobrevive, logo o leão era sempre era o mais forte”. Acredito que a regra neste mundo, era você se tornar mais forte que o leão, ou pelo menos se tornar tão forte, quanto o leão ou se tornar forte, ao ponto de fazer parte do lugar do leão, e ser respeitado por ele. Todos já estavam habituados com aquela regra, afinal, o mundo já existia a tanto tempo, que se tinha se tornado incrível. Schrödinger, estava continuando a se adaptar ao caminho, pois era apenas isso que lhe motiva a continuar. Mesmo com todos os problemas, fraquezas e derrotas, ele sabia que não podia desistir nunca, nem mesmo que lhe acontecesse algo. Sobre o que ele podia, ou não podia, ele já tinha a certeza do que era possível e impossível, e que muita coisa era indiferente. Deixe-me falar de coisas que não fazem absolutamente nenhum sentido, como o facto dele não ser um ser existente. Ele muitas vezes não acreditava, que ele realmente podia ser um ser vivo, algo que realmente, tivesse uma importância. E se não tinha uma importância, para quê que tinha lhe sido permitido vir a terra? Porquê que ele teve de passar por tantas coisas más, sendo que ele não havia feito nada? Será que os erros dos antepassados, tinham que pesar sobre as pessoas que de nada sabiam? Será que existia inocência, na culpa imaculada, que corria pelo seu sangue? Tantas perguntas, e sem ninguém para responder, era algo que podia cortar a mente de alguém em duas partes iguais, criar dois seres totalmente diferentes, que não se importavam com basicamente nada.

Um sonho recorrente de Schrödinger era sonho que ele sempre acabava perseguido por um urso branco, como a neve, como os seus cabelos um dia foram. Que mera brincadeira. Ele se tornava tão agressivo, tão veroz, que seguia a sempre Schrödinger, era como se ele fosse um ser, que rejeitava todo promenor que compunha o ser do Schrödinger. Sempre que Schrödinger parava, olhando direitamente para os olhos dele, o urso branco que corria pela neve branca como seu corpo, ele só se levantava, com todo seu corpo, se suportando com duas patas e continuava a olhar, direitamente para os olhos dele.

O que antes era uma batalha, uma caçada, agora era um concurso de olhares. Especialmente, quando Schrödinger ficatava simplesmente especando e olhando para ele, enquanto ele se colocava em posição de lótus, e fechava seus olhos, parecia que sua mente divagava, e a presença do urso branco desaparecia. O frio, que rodeava o seu corpo, a sensação que era colocada sobre o corpo dele, todas as condições daquele mundo, do medo, tudo desaparecia quando a sua mente acalma-se. Aos poucos, ele abria os seus olhos, e agora tudo era preto. Ausência de cores, e todas essas merdas juntas. Desculpe, nem sei se você lerá isto. Mas tenho de contar sobre o que minha mente tem. O vento, era o que se passava pela sua mente, era algo que lhe tornava mais humano. Mas tinha algo que admirava Schrödinger, sua qualidade, seu problema, que lhe permitia aprender qualquer coisa que ele necessitava como se fosse uma mera coisa que pudesse ser aprendida como se estivesse aprendido qualquer coisa. Mas afim disso tudo, uma coisa que não lhe preocupava no seu todo era facto de sua aprendizagem, lhe tornar tudo, menos correcto. Enfim, era sobre esse resumo do sonho que se tinha para falar. Hoje era mais um daqueles dias, que ele teria de treinar, era tão básico e mesquinho, que ele tinha dez bilhões de certeza que iria correr como estava planeado para ele. Claramente o que ele tinha que fazer primeiro era cuidar nas suas necessidades básicas e depois continuar com o seu dia.

Após, isso ele preparou tudo, usando sua manipulação de sua KG, começou a usar como se fossem mãos extras de seu corpo, pegando os ingredientes, fazendo seu pequeno almoço e por fim, sentava na sua mesa, enquanto usava suas mãos extras, para colocar tudo na loiça suja, e após isso, ele saiu para praticar com sua afinidade do doton. Ele queria ser perito ao usar todos os seus elementos, mas primeiramente, ele precisava se concentrar muito. Ele se colocou em posição de lótus, e concentrou chakra, para sua mente, sim, para sua mente. Reforçando sua mente, permitiu-lhe criar um mundo totalmente feito de pedra, onde a única coisa que mudava na paisagem, era o céu completamente azul, Schrödinger concentrou seu chakra, em sua palma e seu pé, no seu lado direito, e estendeu-os, usando sua perna esquerda como suporte, e logo estendeu esse mesmo chakra para solo, levantando uma pequena viga de suporte. Basicamente ser perito em dominar o elemento, era mesmo, ser perito em manipular o elemento. Não tinha se dúvidas, ele era um prodígio, e já era perito em dois dos seus elementos, então experiência e habilidade para dominar o elemento por completo, um elemento pela qual, ele tinha afinidade, não era coisa mais complicada. Nesse saber, ele usou o seu corpo como condutor, canalizando chakra para terra, que na qual ele usava para criar um plataforma terra, que usava para se elevar, após isso manipulava o mesmo chakra e camada de terra, para estender a camada como se fosse lama, e depois usava o chakra para solidificar a terra, e misturar a terra com a que já se encontrava. Ele estava o usar as definições e experiências com a afinidade que ele já possuía, afim de criar uma experiência mais associativa.

Nesse momento, ele se agachou, colocando suas palmas no chão, usando seu chakra e sua afinidade, para afogar o chakra nos mineiras que compunham a terra, dessa forma, tornando o solo mais frágil, mais suave e levadiço. Dessa forma, ele podia criar pequenas flutuações, entre as rachadoras, permitindo a terra, se tornar areia. Talvez ele tivesse canalizando um pouco de sua perícia em sua KG, demonstrando que ele estava se adaptando a manipular o chakra, principalmente o da terra. Nesse momento, ele forçou o seu chakra, e canalizou todo em seu punho cerrado, e deu um soco concentrado na terra, concentrando todo o seu chakra na terra, cortando a terra no meio, usando o máximo de chakra que conseguia para manipular a terra, devido em duas. Após, colocou as duas palmas sobre as duas partes da terra dividas, e estendeu o chakra, igualmente, para ambas as partes, manipulando as raízes de minerais entre elas, fechando ambas as partes, e conjurando o chakra em apenas uma. Assim, ele percebeu que estava pronto e simplesmente se estendeu no chão, após retirar todo o chakra acumulado em sua mente.



Considere:

- Palavras: 1400/1000
- Filler para o Mês do UP.
- Aprender a qualidade, Perícia em Doton, tenho a qualidade prodígio, que torna a qualidade de 2 em 1 ponto.

HP: 500/500 ✖ CH: 950/950 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 20/7/2019, 21:46

@

_______________________

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 28/7/2019, 17:58



Chunin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 

Exploração em busca de prazeres. Podia não se demonstrar, mas Schrödinger era alguém que queria experenciar a extensão dos seus limites humanos, e primeira para isso, ele precisaria conhecer algumas coisas e adquirir uns conhecimentos básicos. Se tinha algo que sempre fascinou ele era o caso da ciência, e muitas vezes, ele já tinha percebido, como era possível usar a ciência em prol do seu proveito e de outros. O principal objectivo de vida dele, era se tornar um excelente ninja médico e poder se consagrar como cientista de sua vila. Para isso, ele decidiu concentrar o dia, em apenas aprendizagem, tentando deixar sua preguiça de lado, o que demonstrava evidentemente inrealista, mas mesmo assim, ele iria de dedicar nesse assunto. Todos os dias, ele acordava, com suas narinas sendo invadidas, pelo cheiro único que era o pequeno almoço que sua vizinha produzia todos os dias. Fora dos livros, ele queria se sentir como um desenho animado, e simplesmente, voar e iniciar um musicial, sobre quanto ele queria comer aquele pequeno almoço e a própria vizinha. Ela era o centro das atenções, afinal todo bairro precisava de alguém assim, uma jovem bonita, que correspondia aos padrões visuais e básicos, que fariam qualquer um cair feliz em seus olhos, mas Schrödinger tinha sempre tinha algo como foco e definitivamente, o seu objetivo não era ter com sua vizinha, pelo menos não de princípio, pois ele mesmo já estava disposto a aprender cada vez mais, para alcançar os seus objetivos, e apesar de já ter uma meta de conhecimento adquirida, ele não queria deixar de se abster de conhecimento, de certa forma, ele poderia ser considerado um viciado em conhecimento, pois conhecimento era poder e poder lhe permitiria se tornar mais forte, o que era um vicio que ele gostava de ter e que ainda ia se perdurar por muito tempo nele.

Ele dessa forma abria seus olhos lentamente, ainda estando pesados, devido a noite passada, que ele passou, pensando no que deveria ser do seu futuro e realmente ter uma importância significativa para sua vila e que pudesse ajudar significativamente, e não ser mais um daqueles ninjas que tinham objetivos fúteis, que só procurava dinheiro fama, poder desenfreado e nunca visavam em criar algo sólido para eles. Uma coisa que definitivamente se demonstrava, era a falta de concôrdancia que muitas coisas que ele dizia e pensava, ele queria poder, mas principalmente, queria que isso fosse adquirido com bases sólidas, que realmente reforçassem os seus ideias. Dessa forma, ele colocou seus cabelos todos para trás, olhando para o teto, alcançado o vazio de sua mente, ficando extremamente relaxando, quase fechando seus olhos e retornando para seus sonhos sobre conhecimento, um pesadelo que era considerado nesse mesmo instante era o caso dele ser reconhecido mundialmente, pela alcunha de “O manício por conhecimento”, ou basicamente qualquer coisa que lhe trouxe uma má aparência, mesmo que ele tivesse uma fama positiva, ele simplesmente desconsiderava todo facto dele obter algo que se tornasse negativo para sua aparência e aqueles ao seu redor. A primeira coisa era evitar o mito, colocando sua perna direita fora para ter um bom dia e sua perna esquerda para ter um mau dia, o famoso ditado “acordou do lado errado da cama?”, era basicamente isso que ele tinha de evitar, então tirava o lençol, afastando de cima de seu corpo, e logo puxava sua perna direita para fora da cama, puxando depois a perna esquerda, e logo usava a força de ambas as pernas, para forçar seu troco a se levantar, dessa forma ficando sentando, com seu corpo inteiro, com seus braços caídos, parecendo um zombie, andando lentamente, procurando a presa.

Desse jeito o que ele tinha agora que fazer, era basicamente se preparar para sair, mesmo que sua cabeça não estivesse em suas melhores decisões. Espere… Condições. Na forma que ele se encontrava, bem indisposto, não estava convecido que queria realmente ir estudar, mas tinha uma voz na sua cabeça, que lhe motivava a perseguir, o objectivo, o que com isso ele percebeu que ninguém iria fazer isso por ele, dessa forma, ele se focou, ligou a torneira, e lançou água contra sua cara, batendo suas palmas contra suas bochechas, de forma a dor chamar sua atenção. “Mais outro dia cansativo”, ele pensava após fazer suas necessidades básicas, que incluiam basicamente tudo o que uma pessoa higenica, fazia quando ia para o quarto de banho logo que acordava, afinal, seria um péssimo médico, caso não tratasse nem da sua própria saúde. Ele tomou um banho bem longo, que usou meditar nos seus planos para o futuro, enquanto se encontrava naquela banheira fria, depois de tanta tortura dentro de banheiras cheias de gelos, ser tranquificado numa arca de gelo, ele tinha o corpo habituado a temperaturas baixas, e era um caso, isso refrescava muito suas ideias. Após o banho, limpou cada canto de seu corpo meticulosamente, colocando a toalha a volta de sua cintura, ele então se dirigiu para cozinha tendo como objectivo preparar o seu pequeno almoço, no que ele já estava habituado a manipular sua KG. Com isso em mente, ele preparou tudo, usando sua manipulação de sua KG, começou a usar como se fossem mãos extras de seu corpo, pegando os ingredientes, fazendo seu pequeno almoço e por fim, sentava na sua mesa, enquanto usava suas mãos extras, para colocar tudo na loiça suja, e após isso, comeu calmamente, para os alimentos serem ingeridos, e logo, fez sua areia retornar ao seu casaco e começou a lavar a loiça, considerando como seria, se ele pudesse manipular a água, se por alguma aventura, ele conseguisse adquirir esse elemento, só apareciam cada vez, mais ideias, sobre o que ele poderia ou não, conseguir realizar com a ciência, e ele já estava pronto para sacrificar muito, já que não tinha nada a perder e já tinha tirado todas as cordas, que lhe prendiam. Desse jeito, ele vestiu suas roupas habituais, e todos os acrescimos distantes, e se moveu em sua velocidade máxima, para a biblioteca.

A primeira coisa que ele pegou foi algo que explicasse teoricamente, o que eram ter conhecimentos científicios, basicamente a sua definição. Mas o que era conhecimento científico? Ele pegava um livro que era relativamente pequeno e não possuia formulas, de atemão, e logo ao abrir, depois de ler os primeiros temas, ele ia para definição do primeiro capítulo: “Conhecimento científico é a informação e o saber que parte do princípio das análises dos fatos reais e cientificamente comprovados. Para ser reconhecido como um conhecimento científico, este deve ser baseado em observações e experimentações, que servem para atestar a veracidade ou falsidade de determinada teoria. A razão deve estar atrelada a lógica da experimentação científica, caso contrário o pensamento se configura apenas como um conhecimento filosófico.” Uma coisa que ele tirou logo daí, era que ao contrário de muitas outras ciências, essa precisava ser testada diversas vezes, até se tornar algo realmente provado. Ele conhecia algumas teorias, como a teoria da gravidade, que até mesmo sendo vista, foi comprovada científicamente. Algo que atraia a atenção de Schrödinger era o facto de uma, das principais características do conhecimento científico é a sistematização, pois consiste num saber ordenado, ou seja, formado a partir de um conjunto de ideias que são formadoras de uma teoria. O que tornava tudo bem mais lógico, e o que chamava mais atenção de Schrödinger.

Após isso, ele estava atento ao que realmente já se tinha feito no mundo ninja, desta vez, ele foi pegou um livro que tinha como tema “Ao limite dos conhecimentos científicos”, claro que atraiu imediatamente a atenção, assim lia atentamente cada dizer: Venenos & Drogas (Os cientistas tem a capacidade de criar venenos e dorgas atráves da química ou biquímica, que se comparam até aos mais formidáveis, feitos por médicos ou perios em toxicologia). Seguindo para algo mais interresante, Pílulas (Os cientistas podem criar pílulas com efeitos diversos desde que cultivem os conhecimentos a cerca de um determinado alvo. Podem ser feitas pílulas para acelerar processos como do Juin, pílulas soníferas efetivas em Jinchurikis). Palavras eram citadas, que eram desconhecidas para Schrödinger, como Juin e Jinchurikis, assim, ele se levantou e foi pegar um livro sobre ambos os temas, tendo como alvo o resumo de ambos os temas, “Um resumo sobre os selos almadiçoados – Juin” e “O recipiente de um besta poderosa – Bijuu e os seus jinchurikis”.

      Dessa forma, como base de seus conhecimentos científicos, ele começava a ler atentamente sem ligar para tempo, sobre o Juin: A Transformação do Selo Amaldiçoado (呪印化, Juinka) é um estágio avançado de um selo amaldiçoado que, gradualmente, consome o corpo de seu usuário e lhe concede habilidades e sintomas únicos. Este selo, é colocado sobre alguma zona do corpo, e quando ativado, por alguma reserva psíquica de seu usuários, o mesmo recebe um aumento de chakra e capacidades físicas, que pode atingir o mesmo aumento, da forma mais básica de uma bijuu. Tal como já aprendido por ele, a taxa de sucesso de inserção do selo, era de 1 em 10, isso sem se esquecer dos erros que podiam vir dos “sucessos”.
Após aprender sobre o selo almadiçoado, ele partia para outro dos seus temas extras, “O recipente de uma besta poderosa – Bijuu e os seus Jinchurikis” e a leitura era simplesmente impressionante: As Bestas com Caudas (尾獣, Bijū), são as nove gigantes titânicas que se encontram vivas no mundo shinobi. Eles são diferenciados pelo número de caudas que eles têm, que variam de um a nove. Os Bestas com Caudas são formas de chakra vivas, por vezes referidos como "Monstros de Chakra" (チャクラのバケモノ, Chakura no Bakemono). Após ler a história, e todos os outros acréscimos, era incrível como ele poderia usar a ciência para restringir uma besta com tanto poder. Após isso, ele começava a ver as páginas que falavam sobre: Shukaku (守鶴, Shukaku), mais comumente conhecido como Uma-Cauda (一尾, Ichibi), Matatabi (又旅, Matatabi), mais comumente conhecido como Duas-Caudas (ニ尾, Nibi), Isobu (磯撫, Isobu), mais conhecida como Três-Caudas (三尾, Sanbi), Son Gokū (孫悟空, Son Gokū, mais comumente conhecido como Quatro-Caudas (四尾, Yonbi), Kokuō (穆王, Kokuō), mais comumente conhecido como Cinco-Caudas (五尾, Gobi), Saiken (犀犬, Saiken), mais comumente conhecido como Seis-Caudas (六尾, Rokubi), Chōmei (重明, Chōmei), mais comumente conhecido como o Sete-Caudas (七尾, Nanabi), Gyūki (牛鬼, Gyūki), mais comumente conhecido como Oito-Caudas (八尾, Hachibi) Kurama (九喇嘛, Kurama), mais comumente conhecido como o Nove-Caudas (九尾, Kyūbi) e por fim, O Dez-Caudas (十尾, Jūbi) é um demônio primordial ligado à lenda do Sábio dos Seis Caminhos, dividido por ele durante seus momentos finais para a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior e as nove Bestas com Cauda. O Dez-Caudas é considerado o criador do chakra e o arauto ao seu fim, se alguma vez for revivido.

Era claro que o conhecimento sobre as bestas com caudas, não se comparava ao selo amaldiçoado, mas agora como um homem da ciência, todo o conhecimento era importante, então ele retomava ao seu livro sobre os limites conhecidos da ciência: Cultivo de Células & DNA (Os cientistas podem cultivas células especiais (com Kekkei Genkais) e também cultivar DNA (material genético) a fim de criar experimentos humanos, ou seja, clones a partir daqueles materiais genéticos. Porém, como esperado, é extremamente difícil que os experimentos deem certo.), Manipular DNA (Os cientistas também podem manipular DNA alheio para injetar/transplantar em si mesmos ou em outras pessoas.), Reprodução de Chakra (Os cientistas podem reproduzir uma assinatura de chakra para utilizar uma técnica do corpo cujo DNA foi roubado e usado. Quando cultivado em seu corpo, o usuário poderá usar uma técnica com o mesmo funcionamento da técnica adquirida/roubada de outra pessoa.) & por fim, Modificações Corporais (Os cientistas podem fazer modificações corporais em quaisquer humanos, incluindo em si, porém, eles precisam de muito estudo e os instrumentos certos.). Após isso, Schrödinger tentava aprofundar os conhecimentos em cada área, e por fim, vendo que já se fazia cair o começo da madrugada, ele foi para sua casa, inerte sobre a condição temporal de seu vilarejo.




Considere:

- Palavras: 2050/1000
- Filler para o Mês do UP.
- Aprender a qualidade, Conhecimentos Científicos (1).
- Outros Conhecimentos Adquiridos: Bijuu e Jinchurikis, Juin. Bases de Conhecimentos de: Venenos, Drogas, Pílulas, Cultivo de Células & DNA, Manipulação de DNA, Reprodução de Chakra, e Modificações Corporais.

HP: 875/875 ✖ CH: 875/875 ✖ ST: 00/04 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 28/7/2019, 21:19

@
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 9/8/2019, 23:29



Tokubetsu Jonin no Kumo
Sobrevivendo, não vivendo.
 

A Calamidade. Irei fazer um breve resumo, sobre o que aconteceu com Schrödinger, durante o tempo, ou melhor ainda, o que aconteceu de bom na vida dele, durante sua carreira ninja, tendo em conta, que ele ficou um bom tempo parado, mas nós conhecemos Schrödinger, um rapaz criado, como um meio de diversão, para entreter um público extremamente violento e que não queria saber sobre cada uma das vidas, que eram constantemente perdidas naquele grande circo de horrores, que era inteligentemente, manipulado por Big Madame, uma das antigas, grandes senhoras do submundo, e como ela era grande.

Logo após ter voltado do Coma, e ter se recuperado, Schrödinger foi logo chamado para uma infiltração militar, devido a uma vila, que tinha sido capturada pelo clã Millefiore, um clã que tinha um inventor que fornecia e criava armas tecnológicas, para todos os mercenários sobre a tutela desse mesmo clã. Numa sequência de eventos, ele acabou sendo a pessoa, que foi escolhida, para capturar tal inventor, e depois de alguns inconvenientes, durante a missão, ele conseguiu escapar com o prisioneiro, apesar de se ter colocado em muito perigo. Logo ele foi encaminhado para outra missão, onde teria de procurar pelos mercenários em conjunto com seu superior, Rocko e outro companheiros. Depois de tanto procurarem, eles acabaram encontrando e conseguiram restringir, três mercenários desleixados, que ocupavam a casa de uma família, e até antes que pudessem falar algo, com as paredes ensanguentadas, ninguém se focava na mesma, até que um dos três mercenários dos Millefiores, gritava, e Rocko mandava todos fugirem, pois na parede encontrava-se folhas explosivas, e ao tentar sair dali, os mercenários pularam para cima de Rocko, e acabaram morrendo com ele, e a família naquela casa grande, que pegava fogo extremo.

Todos se encontravam desestabilizados, e sem a orientação de ninguém, seu superior e alguns de seus companheiros mortos, acabou com a liderança do grupo. Schrödinger, não se deixou abater pela ocasião e rapidamente, tomou o controle do fim da operação, que apesar de depois, dois de seus companheiros agirem emotiva-mente, eles conseguiram terminar aquela missão, mas foi aí que Schrödinger, também prometeu, nunca deixar outro companheiro sobre a sua vigília morrer. Dessa forma, passado outra semana, ele foi convocado para outra missão e desta fez seria destruir a carga e arsenal pesado dos Millefiore, e por fim, ele matava todos ali insensivelmente, incluindo o sobrinho do líder do clã, e destruía a casa, onde o arsenal tecnológico, se encontravam, enfraquecendo consideravelmente o clã. Ao fim disso, ele foi convocado para uma patrulha, já que devido a ocupação de Takigure, a vila se encontrava em lei marcial, imposta pela sua aldeia. Desta forma durante a patrulha, seu superior disse que todo mundo que se encontrava fora, era uma potencial ameaça e devia morrer, e Schrödinger cumpriu muito bem essa designação, quando empaleou uma criança que quase matava seus companheiros e sua mãe eufórica, que tentou uma tentava suicida, mas Schrödinger, simplesmente fez com que mesma, morresse sozinha e como era claro, seus companheiros, nem acreditavam na frieza dele.

Após o fim do turno, eles voltaram para o quartel general e provavelmente, já tinham espalhado rumores sobre o que ele tinha feito lá, mas isso influenciou positivamente para Schödinger, quando ele foi convocado para um esquadrão, que visava terminar com tudo que havia acontecido... ao seja, ele teria sua vingança pessoal, apesar de não ser seu principal interesse. O esquadrão tinha sido formado, pela "Invocadora da Morte", como era conhecida a ex-Anbu, Leona e desta forma, todos ali, percebiam que estavam capacitados, com suas auras assassinas, tais como a Schrödinger. Conhecendo as habilidades dele, Leona, ao se movimentarem para a casa do Millefiore, quando Schrödinger usava suas asas de ferro para sobrevoar a aréa e matar todos que estivessem no seu caminho, mas logo foi atingido e brevemente capturado, quando ouviu que o seu esquadrão não ia salvar-lhe, ele não se resentiu, em vez disso, decidiu acabar a operação sozinho, mas ainda assim, após ter feito um sinal de redenção foi salvo pelo seu esquadrão e em homenagem a eles, ele usou sua kekkei genkai, e seu poderio, de seu arsenal, para criar um massacre dos mercenários que estavam ali presentes, acima de cem, o que levou Schrödinger a ser chamado "Cefeiro de Ferro", por usar sua areia de ferro, para eliminar a vida de seus oponentes. Sua superiora, Leona, depois de uma batalha feroz com quem seria Byakuran, o líder do clã Millefiore, voltava com a cabeça dele e finalmente ao chegarem ao quartel general após tudo aquilo, Schrödinger, era graduado para Tokubetsu Jonin, cortesia da recomendação de Leona, na batalha contra os Milliefiore. Não demorou para ele voltar para sua vila, afinal depois de um mês afastado de sua vila, não existia nenhum lugar como a sua casa, sim.

Schrödinger, era uma pessoa extremamente calma, e ele só se exaltava, quando lhe subia um espírito assassino, coisa que ele nunca conseguiu perder, mas podia ter sido devido ao circo onde ele, um dia esteve, ao acordar, ele tentava se levantar, mas logo acabava se ajoelhando, quando uma quantidade excessiva de memórias, vinha atona em sua mente, como se estivesse pronta para explodir, nesse momento, Schrödinger percebeu que de nada adiantaria, fazer algum tipo de confusão ou até mesmo gritar, ele precisava controlar o fluxo de informações que passava por sua mente, como se seu corpo simplesmente quisesse aprender tudo naquele momento e facto era que ele, realmente tinha muitas informações em sua cabeça e ele estava sempre a usar até o limite sua inteligência e seu poder como prodígio, então isso era algo que estava sempre incomodando sua mente, como se simplesmente, ele não pudesse mais suportar aquilo, ele se limitava a respirar fundo e por fim, toda aquela dor se esvaziava de sua mente, como um balde que estava transbordado água demais para o seu fundo, mas ele sabia que isso tinha sido apenas uma dor de cabeça forte, depois de constantemente, estar estudando e esforçando seu corpo para conseguir se superar.





Considere:

- Palavras: 1000/1000

HP: 1425/1425 ✖ CH: 1525/1525 ✖ ST: 07/07 ✖ POST: XXX

@Lilah

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 10/8/2019, 14:43

@

_______________________

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Background/Filler] - 'Schrödinger 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 24/2/2020, 19:17










Erwin Schrödinger - The Scientist





Um homem chegava todo empoeirado, revestindo de trapos, que consistiam em uma única cor, areia que vidas engolia, a cor de ouro escurecida, que se alimentava na resistência do homem que andava pela fronteira do caminho do trovão, homens fortes com armas capazes de matar qualquer pessoa com apenas uma estacada, gritavam contra a fúria do vento, para que o homem com o corpo embraçado pelo antigo dos ambientes, parasse. Não seria um clichê, se ele realmente os matasse? O homem retirou a máscara feita de trapos, que cobria basicamente toda a face, expecto os olhos, que reluziam contra a luz que era refletida contras lâminas, dos que se proclamavam “guardas da Nuvem”. Quando viram a face que se encontrava abaixo daquelas roupas pobres, claramente não acreditaram em que estaria voltado, logo se prontificado, mantendo-se direitos perante a figura, que andava parecendo um moribundo, a procura do dinheiro, com um mendigo.

O homem, em passos meio largos, não se aproximava de ninguém, zangado pelo seu próprio falhanço, mas como ele podia se deixar absorver por trais emoções fúteis, principalmente considerando-se um cientista? Seus passos, seu corpo, sua respiração, eram pesadas, o suficiente para absorver o chão abaixo de si, deixando marcas que mão desapareciam facilmente com vento, ao meio ao seu andar, seu coração foi apertado pelo seu próprio consciente, obrigando-o a se ajoelhar e perceber a sua própria mortalidade... Mergulhado nas suas emoções, seu chakra invadiu o seu corpo, invadindo sua mente e libertando ele dessas amarras.

As pessoas afastavam-se da presença do homem, com o corpo todo sujo, com os olhos mortos, era inacreditável o que estava acontecendo, a quantidade de chakra que era exaltada pelo corpo do homem, não era a de um homem comum, a presença avassaladora, que deixava pessoas de boquiaberta, a medida que os trapos começaram a se ausentar do corpo do homem, demonstrando o vestuário habitual do que era conhecido como um dos ninjas mais fortes da vila, todo mundo provavelmente acreditava que ele estava morto, mas não poderia se exaltar perante esse pensamento, ele tinha ficado bastante tempo fora, e nem sabia dos eventos que teriam agora se passado, mas isso seria fácil de se adquirir, ele tinha a experiência para isso afinal.

Manipulando o seu chakra, cada grão de areia, por mais mínimo que fosse, foi totalmente desprovido do corpo do homem, podendo sentir mais uma o ar da nuvem enchendo os seus pulmões, novamente como uma conquista absurda, liberando um suspiro pesado, que era levado pelo clima único, que ele agora encontrava. Ele logo foi encaminhando para o laboratório, que mais tarde, seria conhecido como sua moradia, não era como se ele nunca a tivesse usado como moradia, apenas precisava oficializar ela como moradia, e tinha que começar a pagar pelo uso claro, afinal tinha muito dinheiro que não era usando e ele já era realmente considerando bem vivido, para um jovem que ainda nem estava nos seus trinta, ele já tinha passado por muito, assim como qualquer um. Usando a sua própria força, ele empurrou o enorme portão que compunha o laboratório e logo decidiu tomar um banho, não só para relaxar, mas para eliminar cada traço de sujidade no seu corpo.


HP: 2425/2425 | CH: 3425/3425 | ST: 00/08 | Samehada: 500/500 | Clone: Inativo | Clone 2: Inativo | Clone 3: Inativo | Clone 4: Inativo | Indíce Selvagem: Inativo


Considere:

- Qualquer Erro MP ou Discord.
- Filler de Retorno. +500 palavras
- Todos os movimentos afirmados, foram meras apenas tentativas. Velocidade e força de todo movimento, feita em um ponto baixo do seu ponto máximo.

Aparência e Adendos:
- No lado direito da sua bainha, está sua Token, no centro de sua bainha, na sua parte de trás, sua hip-punch, Aian Nakkuru dentro da mesma. Pergaminhos sobre as costas, entre hastes sobre os ombros de Schrödinger, onde cada um está sobre o outro.
- Aparência Regular (Posição do Anel também) - Sung Jin-Woo, Solo Leveling
- Aparência em ANBU (Casaco Preto) - ANBU - (Mascára, clique aqui)

Adicionais:

Recupero 242HP & 342CH, por turno.
Satetsu: Velocidade: 35 m/s & Força: 680 (Rank A)
Bingo Book: Kumogakure no Sato
Areia do Local: 500/500

Custos:
Rank E: 00 & 00;
Rank D: 9 & 30;
Rank C: 22 & 60;
Rank B: 43 & 120;
Rank A: 85 & 240;
Rank S: 170 & 480;
Mortais: Variável & 960;
Rank -: 64 & 90;

Qualidades:
- Rastreador (00)
- Perícia em Shurikenjutsu (01)
- Bom Controle de Chakra (02) - Redução de 15% em custos.
- Habilidade em Ninjutsu 02 (Treinável)
- Perícia: Jiton (00) & Raiton (02)
- Mestre Elemental - Jiton/Satetsu (02)

Kusanagi no Tsurugi:
• Ambas terão cortes supremos, equivalente ao nível do diamante, contudo a versão de Orochimaru poderá se esticar em até 200m.

Samehada
• O cabo da Samehada pode esticar, dobrar e retrair por cerca de três metros.
• São perdidos cem pontos de chakra a cada post em que se está em contato com a Samehada, já que ela suga constantemente o chakra do usuário. Todavia, o usuário poderá pagar uma quantia de chakra (500) uma vez apenas, e utilizar da arma em sua máxima capacidade.
• A Samehada pode cortar técnicas e sugar o chakra de alguém para impedir que ele realize os selos que precedem uma técnica. Uma técnica pode ser cortada por post e de rank até A. Em casos de Jinchuriki, a espada pode sugar seus mantos, como demonstrado no animangá.
• Ela pode sentir grandes chakras, isto é, desde que estes possuam células de biju, próprias bijus ou 1000 pontos de chakra, numa área de quinhentos metros. Porém, o possuidor de maior chakra no campo será o priorizado por Samehada.
• O chakra previamente armazenado na Samehada pode ser usado para curar o usuário. Por fim, deve ser algo pequeno, como curar apenas ferimentos superficiais onde pra cada 2 pontos de chakra usados recupera-se 1 de vida – aqueles que são iryo, porém, curam-se de exatamente como o Kisame fora curado no animangá, pagando uma quantia de 500 pontos de chakra.
• Os que possuírem a perícia híbrido anfíbio podem se fundir com a arma, adquirindo seus poderes, e dobrando-os.

Kibas
• Para usufruir de suas habilidades, é necessário Perícia em Raiton.
• Ainda é possível manipular raios naturais livremente, tendo esses força equivalente a rank A e não gastando chakra para tal (por se tratar de raios naturais). Entretanto, a velocidade destes é drasticamente reduzida para os pontos de Ninjutsu do usuário.
• Raitons do usuário se utilizados através da espada tem seu rank acrescido em 1 exceto para técnicas de Rank S, que tem sua força aumentada em 100 pontos. Raitons tem um decréscimo de 20% em seu custo de chakra.

Anel do Inverno - Rank: C
Descrição: Um acessório único e forjado nas montanhas de Yuki no Kuni por um antigo Clã de ferreiros. Os poderes desse anel são vitais no controle de chakra do usuário, aumentando sua capacidade de economizar chakra. O anel reduz os custos de chakra em 5%. Cada ninja só consegue carregar um anel por vez.

Jiton:
• Todas as técnicas de Satetsu possuem +150 pontos de defesa, quando usadas de maneira condensada (ou seja, endurecida). Quando não usada endurecida, mas sim flexível para movimentos, a areia possuí bonificação de velocidade sendo +3m/s para Satetsu.

Databook:
Ninjutsu (Qualidade Treinável): 06 Pontos - São ninjas que alcançaram possuindo qualidades diferentes dos demais shinobis.
Taijutsu: 03 Pontos: Personagens estudados em Taijutsu. São ninjas com grandes habilidades dedicadas ao estilo de artes marciais, desenvolvendo golpes mais complexos.
Genjutsu: 03 Pontos: Personagens estudados em Genjutsu. Possuem maior habilidade utilizando técnicas dos mais variados efeitos.  
Inteligência: 05 Pontos - Personagens gênios. São fantásticos no quesito estratégico; deduzem mais facilmente os detalhes percebidos, criam armadilhas e desvendam-nas com facilidade incrível e parecem capazes de perceber facilmente quando ilusões estão agindo. Conseguem tudo isso graças ao raciocínio elevado e processamento de informações.
Força: 03 Pontos - Personagens muito fortes. Conseguindo destruir rochas médias usando apenas seus punhos, pois conseguem causar maiores impactos e resistirem mais aos danos alheios. Suas armas viajam com maior precisão e velocidade e eles conseguem carregar mais coisas sem sofrer penalidades. Precisão/Alcance & Velocidade das Armas: 03: 16m & 16m/s. | Danos Adicionais (infligidos ao inimigo): 03: +20HP. | Danos Reduzidos (recebidos pelo usuário): 03: -20HP.
Velocidade: 05 Pontos - 22m/s.
Stamina (Qualidade Inata): 05 Pontos - 8 Posts.
Selos de Mão: 03 Pontos - 6s/s.

Recuperação: 10 Pontos | Recupera-se 10%CH a cada turno.
Ninshu: 10 Pontos | +200 Dano & 6m/s.
Shurikenjutsu: 03 Pontos | +12m
Cura: 10 Pontos | +75%HP.
Regeneração: 10 Pontos | Regenera-se 10%HP a cada turno.
Combate: 10 Pontos | +200 Dano.
Ilusão: 02 Pontos | 2 Turno máximo.

Bonificações Máximas:
+ 4 Velocidade = 38 m/s
+ 4 Força = Precisão/Alcance & Velocidade das Armas: 07: 45m & 34m/s. | Danos Adicionais (infligidos ao inimigo): 07: +90HP. | Danos Reduzidos (recebidos pelo usuário): 07: -90HP.
 
KG Item:

Satestu Jacket (2790/3000)
Rank: C
Descrição: O usuário tem um casaco branco, que contém diversas capsulas em formato retagular de caixa, onde cada um das capsulas contém 100un de areia de ferro, que totalizam um total de 30 capsulas.
Regras de Uso:
Satestu
• Terá limite de uso através do material: areia de ferro.

• As técnicas usando os materiais consomem, além do chakra, uma quantidade da ferramenta de acordo com a tabela de consumo.

• A velocidade dos materiais será de acordo com os pontos em Ninjutsu do usuário, no entanto seguirá uma limitação de acordo com a regra de velocidade em ninjutsu não podendo jamais ultrapassar a pontuação de velocidade de 2 pontos/ranks acima em comparação ao rank do ninjutsu ou manipulação usada. Por exemplo: uma técnica rank C poderá alcançar a velocidade de, no máximo, uma técnica rank A.

• Será possível utilizar a areia do ambiente para criação de jutsus & afins — evitando o gasto do próprio recipiente —, no entanto será limitado a no máximo 100Un de areia por turno retirada do local, e, nesses casos, a velocidade não receberá nenhum acréscimo adicional, mantendo-se de acordo com as limitações da regra de velocidade de ninjutsu. O limite máximo de areia que pode ser retirada do local é de 500Un, zerando caso troque de tópico. A regra não anula a lógica do ambiente, dessa forma não é possível retirar areia de um lugar onde não a tenha, como por exemplo: retirar areia da neve.

• O material poderá ser reposto na área de Criação de Itens, como se fosse pagar a reconstrução de um item, mas com valores diferenciados: 100 Ryous para cada 100Un.

Rank E & D: 10Un.
Rank C: 30Un.
Rank B: 50Un.
Rank A: 100Un.
Rank S: 200Un.
Justus Usados:

Perto para Uso:

Sabaku Fuyū - Suporte/34 m/s (Inativo)
Rank: D
Requerimentos: Jiton — Forma: "Satetsu".
Descrição: Este é um dos vários métodos ofensivos e auxiliares que Gaara tem pensado durante o combate. É um truque onde ele usa a areia reforçada com chakra para suportar seu próprio peso e flutuar no ar e usar como meio de transporte, se necessário. Ao aumentar o tamanho da plataforma Gaara pode transportar outros junto com ele ou até mesmo conceder a alguma outra pessoa a sua própria plataforma de areia para voar, como se vê no caso do outro Kage, onde essa habilidade tornou-se um aspecto fundamental para a evasão e transporte na Quarta Guerra Mundial Ninja. Também deve ser notado que esta habilidade parece ter pouco chakra, como Gaara afirmou que voando na areia iria ajudá-lo conservar chakra. Shinki, por sua vez, foi capaz de moldar a sua Areia de Ferro em forma de uma plataforma protetora, apoiando ele e seus aliados, e permitindo-lhe flutuar.
Fūnyū no Jutsu - Não Usado
Rank: D
Requerimentos:
Descrição: Usando essa técnica, uma grande variedade de objetos e até objetos vivos podem ser armazenados em pergaminhos e podem ser liberados quando a rolagem é aberta ou atende a uma condição específica. É possível selar o ninjutsu em um pergaminho, como demonstrado por Kisame Hoshigaki, que colocou tubarões em sua técnica de prisão de água que ele selou em um pergaminho, que ativaria e aprisionaria qualquer um que tentasse ler o pergaminho ao abri-lo. Para salvar o chakra, em vez de selar um elemento da natureza em um pergaminho que foi criado através do chakra, pode-se apenas usar elementos da natureza pré-existentes, como a água de um oceano, e selá-lo dentro do pergaminho. Embora um pergaminho seja o uso mais comum de selar algo, como demonstrado por Ajisai no anime, essa técnica pode ser usada para selar as coisas em uma pequena folha de papel também.
Hip-Pouch (90 Espaços):

[Background/Filler] - 'Schrödinger Touken
- Tōken (5): (刀剣, Tōken) é uma arma de longa lâmina utilizada para o combate. Enquanto a maioria das espadas em Naruto são as tradicionais katana, tantō ou ninjatō japonesa, as espadas usadas por personagens principais tendem a ter pouca semelhança com armas reais, como é o caso com as espadas dos Sete Espadachins da Névoa.
- Pergaminhos (50 - G): (巻物, Makimono) continuam a ser uma das peças mais importantes do equipamento no arsenal de um ninja. Devido ao seu tamanho, múltiplos pergaminhos podem ser trazidos para a batalha nas bolsas de frente de um Colete ou em uma bolsa comum. Além de seu uso como um meio de literatura, o pergaminho também pode ser usado por ninjas para invocar criaturas, pessoas e itens em seu auxílio. Isto irá poupar espaço e evitar que o sacrifício de um pedaço muito necessário do equipamento que pode ser necessário mais tarde. Algumas técnicas podem também ser armazenadas neles.

Selado dentro dos pergaminhos (Grande):

Condição Específica: Sangue com genoma lupino modificado.

" Primeiro Pergaminho": Samehada
"Segundo Pergaminho" Kusanagi no Tsurugi & Kibas
"Terceiro Pergaminho" Kibaku Fuda x40 | Hikaridama x5 | Kemuridama x5 |
"Quarto Pergaminho:" Makimono: P x10 | Makimono: M x3
"Quinto Pergaminho:" 500Un de Areia de Ferro
"Sexto Pergaminho e em diante:" Nada

Armas (4 Espaços):

[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20160310213653&path-prefix=pt-br
Kusanagi no Tsurugi (Orochimaru) - Selada
Rank: S
Descrição: A espada de Kusanagi é o Kusanagi da lenda japonesa. Orochimaru recupera seu Kusanagi abrindo a boca e estendendo uma cobra que então abre sua boca e produz a espada. Orochimaru foi visto produzindo o punho da espada primeiro para que ele pudesse usá-lo livremente, ou a lâmina primeiro para atacar o adversário instantaneamente. A espada pode rapidamente se estender e retrair sua lâmina para atacar de longas distâncias, ser controlada telequimicamente de acordo com o comando de Orochimaru e cortar quase qualquer coisa. Mesmo a Enma, que é capaz de se transformar em uma equipe de diamantes, observou que a lâmina Kusanagi o deixaria consideravelmente dolorido. Deve-se notar que o Kusanagi de Orochimaru não conseguiu perfurar a forma de quatro caudas de Naruto Uzumaki. A espada foi vista transformando-se em uma pequena cobra e retornando a Orochimaru.

[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20160308080038
Samehada - Selada
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫 肌, Literalmente significa: Pele de Tubarão) é uma espada senciente mística utilizada pelos Sete Espadachins Ninja da Névoa, e é considerada a mais terrível das espadas de todos os Sete Espadachins. Samehada é única por ser uma arma senciente que ganha nutrição do chakra dos outros e, como tal, a lâmina é mais feliz quando ingurgitada com um chakra que possui um sabor distinto e agradável. Aparentemente, ele gosta muito do chakra de Killer B, já que, de acordo com Kisame, ele tem gosto de polvo. No entanto, mostrou desprazer em relação ao chakra natural, afirmando que - de acordo com B - é muito quente. Sendo capaz de pensamento consciente, Samehada escolhe seu próprio usuário, um processo exclusivo que muitas vezes resultou em ser considerada notoriamente exigente. Se alguém desaprovar as tentativas de manuseá-lo, os espinhos se projetam do cabo para forçá-lo a soltar-se, ponto no qual Samehada se esforçará para retornar ao seu dono escolhido. Para exemplificar ainda mais como sendo um ser sensível, foi capaz de lamentar a morte de Kisame.

[Background/Filler] - 'Schrödinger 6989194747b84baac54e1a80b7f08cdd7c122fe2_00
Kibas - Selada
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; Literalmente significa "Presas") é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência.

[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20190626144428&path-prefix=pt-br
Aian Nakkuru
Rank: A
Descrição: As Lâminas de Chakra (チャクラ刀, Chakura Tō) são armas cortantes feitas de uma metal especial que pode ser infundido através do "fluxo de chakra" com uma transformação da natureza ou chakra Yin-Yang para produzir efeitos adicionais. De acordo com Shikamaru, as lâminas podem absorver as características do chakra do usuário e se tornam a base para uma técnica. O poder de corte e a eficácia das lâminas podem ser maximizadas se a pessoa tem um melhor controle de seu chakra, como visto quando Asuma estava treinando Sora e Naruto Uzumaki em focar seu chakra de Liberação de Vento na lâmina.

[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20190608064247[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20190820215629
ナイトキラー Knight Killer.
Espécie: Incomum.
Rank: C.
Descrição: A Knight Killer ou Destruidora de Cavaleiros é uma adaga de Conjunto construída por Bolt como uma das suas primeiras criações. É uma arma integrada em funcionamento com a Baruka's Dagger ou Lâmina de Baruka. Esta adaga possui uma coloração negra mesclada com vermelha, sendo misturadas, uma miscelânea. Sua lâmina de corte é curvada até chegar na ponta, sendo esta curva repleta de serras, é uma lâmina serrilhada além de perfurante. Em seu outro lado, ela já se torna mais irregular, começando como uma lâmina reta em seu início mas terminando em uma curva no seu meio e uma ponta espinhosa afiada que termina e uma curva na diagonal, montada á haste. Que possui apenas pontas para os lados, sendo retas. Seu cabo é como o cabo de um facão de cortar carne como a de um açougueiro, sendo reto e seguindo apartir do topo da haste, sendo circular e com um espinho na ponta que parece meio curvado e vermelho, afiado também. O cabo é enrolado em fitas cinzas que vão até seu topo, escondendo mais do metal negro. A borda de sua lâmina começa em um vermelho apagado e vai tomando força por toda a extensão, em sua serrilha, em sua ponta e em sua volta com um vermelho alaranjado e possui uma apoio na base, para dar mais resistência á ela, e sendo parafusado nessa região. Sua lâmina possui 31 cm, sua haste possui 2,5 cm e seu cabo possui 6,5 cm de altura e 3,2 cm de largura.  
Habilidades/Mecanismos: Após sofrer sua modificação para Incomum, foi adcionado um sistema de encaixe no cabo da arma. Agora, ela possui uma pequena entrada com um sistema de portinhola, onde se tornou possível encaixar um frasco especial capaz de amarzenar 150 mg de veneno neste. Tal encaixe, internamente leva o frasco a estar posicionado e encaixado em várias peças metálicas pequenas e fios, para que seja possível controlar o veneno que sai da base do frasco, de um furo em seu centro basal, onde possui uma tampa que impede o veneno ou  deixa sair por meio de um botão que está localizado no lado oposto ao encaixe, ativando este, poderá por meio de fios e mecanismos metálicos internos mover a tampa da basedo frasco e liberar o veneno. O venenoescorre por um estreito canal, onde sai por um furo acima da lâmina de corte da arma, se espaalhando por sua extensão e tornando a lamina banhada de veneno. Ao pressionar o botão novamente, poderá parar o derramamento de veneno e deixar guardado, mas para retirá-loserá possivel limpar a lâmina com um pano. Lembrando que a passagem de veneno pelo canal é intern, começando por seu cabo até acima do início da lâmina de corte.

[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20190327030546
バルカ短剣 Baruka's Dagger.
Espécie: Incomum.
Rank: C.
Descrição: A Baruka's Dagger ou Adaga de Baruka é uma adaga de Conjunto construída por Bolt como uma das suas primeiras criações. É uma arma integrada em funcionamento com a Knight Killer ou Destruidora de Cavaleiros. É uma arma que possui mais clara em contraste com sua gêmea, sendo uma arma brilhante, possuindo como uma mescla de cores entre o branco, o prata e o azul cinzento. Sua lâmina prateada e esbranquiçada tem um formato triangular ou piramidal, e uma pequena ponta curvada saindo no centro de seu início com a haste. É uma lâmina que começa grande em proporções com a haste mas começa a diminuir ao longo de si, chegando na base como uma ponta fina, e logo, lembrando muito um triangulo ou uma cauda alongada triangular. É uma adaga que possui como haste uma espécie de haste espiral, possuindo como forma uma espécie de ponta curva para cima e uma outra em oposição, para baixo e invertida, lembrando muito uma espécie de vento espiralísitico das montanhas gélidas tendo a coloração azul prateada claríssima. Acima disso, possui um cabo fino, de fácil manuseio, enrolado em uma fita prateada enbranquecida devido sua claridade por toda a sua extensão até a ponta, onde possui a ponta irregular como a cauda de escorpião, lembrando muito um cristal de gelo. Seus cumropimentos são 30 cm de lâmina, 1,5 cm de haste, tendo como as espirais em torno de 3 cm para cima, e o cabo é mais fino possuindo 2 cm de largura mas 5 cm de altura. Uma observação para sua haste, as espirais ajudam o dono a segurar sua arma sem medo de deixá-la cair, encaixando entre sua mão e acima de seus dedos quando a segura, ajustando a mobilidade prevenindo perdas.
Habilidades/Mecanismos: Após sofrer sua modificação para Incomum, foi adcionado um sistema de encaixe no cabo da arma. Agora, ela possui uma pequena entrada com um sistema de portinhola, onde se tornou possível encaixar um frasco especial capaz de amarzenar 150 mg de veneno neste. Tal encaixe, internamente leva o frasco a estar posicionado e encaixado em várias peças metálicas pequenas e fios, para que seja possível controlar o veneno que sai da base do frasco, de um furo em seu centro basal, onde possui uma tampa que impede o veneno ou  deixa sair por meio de um botão que está localizado no lado oposto ao encaixe, ativando este, poderá por meio de fios e mecanismos metálicos internos mover a tampa da basedo frasco e liberar o veneno. O venenoescorre por um estreito canal, onde sai por um furo acima da lâmina de corte da arma, se espaalhando por sua extensão e tornando a lamina banhada de veneno. Ao pressionar o botão novamente, poderá parar o derramamento de veneno e deixar guardado, mas para retirá-lo será possivel limpar a lâmina com um pano. Lembrando que a passagem de veneno pelo canal é intern, começando por seu cabo até acima do inicio da lâmina de corte.
EdL's:

[Background/Filler] - 'Schrödinger Giphy
Kuroi Kaminari - Sempre Ativo
Requerimentos: 4 Ninjutsu, 4 Inteligência, Ser de Kumogakure & Afinidade com Raiton (ou Perícia).
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.
Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.
[Background/Filler] - 'Schrödinger 3928e644ca94af312a4eeddb9135fd158ba072c0_00
Kongōken
Requerimentos: Iryoninjutsu, 3 Força & 3 Taijutsu.
Descrição: O usuário concentra chakra em suas mãos ou pés usando o controle chakra preciso e liberando-o de uma vez, aumentando sua força física centenas de vezes. Com isso, o usuário é capaz de realizar proezas como lançar seus alvos por muitos metros, com um simples peteleco ou criar fissuras com um movimento único com dedo no chão. Um adversário atingido ataques como esse pode sofrer danos que vão desde ossos quebrados, órgãos danificados, ou até mesmo a morte.
Regra: Terá três formas de uso:
  1. Consumindo 50CH para ativar, concederá +2 Força ao personagem tendo duração equivalente a Stamina.
  2. Consumindo 150CH para ativar, concederá +3 Força ao personagem, consumindo dois turnos de Stamina a cada turno.
[Background/Filler] - 'Schrödinger Tenor
Breath of Thunder Style (雷の呼吸 Kaminari no kokyū)
Requerimentos: 5 Inteligência, 5 Ninjutsu, Perícia em Raiton, Conhecimento Anatômico & Habilidade em Ninjutsu.
Descrição: Após ter adquirido o conhecimento sobre o corpo humano e com base na sua liberação dos raios do Kuroi Kaminari, Schrödinger, percebeu mais internamente como funcionava a absorção, exteriorização e administração de energias, que eram manipuladas pelo chakra e por fim liberadas, através dos canais meridianos ou canais de energia do corpo, os mesmos que liberam o chakra para fora do corpo. Tendo esse conhecimento, o estilo de luta, é uma habilidade única de usar o Raiton, e com base nesses conhecimentos, Schrödinger decidiu aplicar o método, de estimular cada um dos seus canais meridianos, usando uma liberação contínua e única de raios, sobre os mesmos, de forma que sua força, velocidade e capacidade raciocínio, possam estar ligados, através uma espécie de ligação simbiótica entre os três fatores. Devido a constante energia que é liberada pelo corpo, qualquer golpe dado, usando o estilo de luta, é paralisada a parte atingida, pois os canais meridianos do oponente ficam obstruídos.
Regras: O usuário tem a sua velocidade e força, aumentadas por 1 ponto, enquanto o estilo estiver ativo, após ser gasto 60CH para ativação do estilo. Toda área que sofrer um golpe do estilo, fica paralisada por um post, expecto se tiver algo a protegendo: Terra, armadura, etc. Duração de 3 Posts, ao gasto de 30CH.
Modificação Corporal:


[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20191025054401&format=original[Background/Filler] - 'Schrödinger Latest?cb=20191107080556&format=original
Nome Incarnates: (神 ・聖な・る獣  (インカーネート), Kami Seinaru Kemono (Inkānēto))
Requerimentos: 5 Inteligência, 3 Força, Inteligência Aguçada/Avançada
Descrição: Ao contrário de outros cientistas, Erwin se dedicou na arte de aumentar o já existente no ser humano. Mas como base os atributos dos lobos, mais especificamente canis lupus arctos, mais conhecido como lobo-polar e lobo-branco, sendo que de conhecimento nos médicos e especialmente os cientistas, existem certos genes no corpo humano, que encontram-se inativos no corpo humano e Erwin teve como pesquisa descobrir como ativar esses mesmos, considerando que as células humanas constituem apenas 43% da contagem total de células do corpo e o resto são micro-organismos, o trabalho efetivo de Erwin, foi descobrir como adaptar os micro-organismos do corpo de um lupus arctos, aos micro-organismos inativos, nos genomas do ser humano. Após muitos testes, sendo que na sua maioria, os micro-organismos ativos no lupus arctos absorviam totalmente os micro-organismos humanos, e as células, acabavam sendo totalmente absorvidas pelas pelo genoma lupino. Após uma longa linha de frustração, Erwin considerou o espaço que tinha que livre no sequenciamento do genoma ou DNA, considerando que existiam espaços que nunca era ocupados, e que o genoma humano, só era devorado, porquê não se adaptava, e ao aumentar o índice de autonomia de recuperação do genoma humano, Erwin foi capaz de adaptar o corpo humano, ao genoma lupino, ao custo da inteligência, sendo que ele chamou esse fenómeno de "índice selvagem", onde o portador do DNA lupino, adquire uma pelagem sobre seus membros, uma maior massa muscular, e garras negras nos mesmo membros, sendo que as íris se tornam douradas-claras e o cabelo branco, dentes caninos mais afiados, como um lobo-polar. Ao manipular o seu chakra, o usuário consegue ativar conscientemente, o que foi gravado no seu genoma, adquirindo aspectos semelhantes, a sua base lupina.
Efeitos:
- Em resumo, a velocidade e a força natural do utilizador, é aumentada por dois pontos, sempre que o índice selvagem, for ativo.
- Mesmo com a estabilidade mental que foi adquirida sobre o controle do genoma, o indíce, apenas dura quatro posts, e é necessário um post sem utilizar, para voltar ao uso.
- Há um gasto de 80CH, para o índice selvagem, ser ativo.
- O usuário desenvolve um instinto natural de um animal selvagem, assim como os lobos, que lhe permite avaliar as pessoas com apenas um olhar e determinar se há perigo ou não para ele.
- Ao ser ativo, o cabelo do usuário se torna branco, as íris se tornam douradas-claras, há um aumento de músculos nos braços e nas pernas, sendo que o usuário ganha garras e pelagem branca, sobre esses mesmo membros, como se fosse um lobo.


Shinobi de Kumogakure no Sato || Cientista || Rank Militar: Kinkaku Butai | ANBU
[/quote]

_______________________

[Background/Filler] - 'Schrödinger ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger - em 26/2/2020, 13:33

Ok.
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Background/Filler] - 'Schrödinger -

-


Edição de Natal por Loola e Senko.