>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

[Capítulo, Bakuto'] - em 5/9/2018, 09:41



尊 Narração;
Roleplay O1/1O
--------O dia amanheceu chuvoso e frio, poucas pessoas tinham coragem para sair de casa em um clima tão ruim, diminuindo grandemente o movimento nas ruas e o comércio parecia um navio pirata, com nenhum cliente. Bakuto tinha algo importante para fazer, só não sabia ainda, o chunnin poderia ficar em casa e se deixar vencer pelo dia ou ganhar a rua e procurar algo para fazer e assim aproveitar, da forma que conseguir, o dia. [...] Em uma das vielas distante da casa do shinobi, uma garota corria por entre os becos, sons de passos ressoavam atrás delas, e água espirava por todos os lados quando os membros inferiores acertavam as poças d'água com força.




Informações:
Considerações:
Descrição:
NPC's:
Jutsus usados:


"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

@Bakuto'

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 5/9/2018, 20:39

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

O clima estava muito nublado. Era um daqueles dias de inverno em que tudo parecera então triste, morto e sem vida. Adentrando a casa grande e espaçosa que abrigava o garoto, pode-se chegar a um dos quartos, onde, se via um garoto jogado sob sua cama. Ele então abriu os olhos, observando o teto de seu quarto, era marrom, e madeireiro. — Há quanto tempo eu não faço algo... Isso é tão paraado... — Resmungou ele, se sentando então, pondo os pés sobre o solo madeireiro, deixando que a frieza percorresse sua pele, levantando seus pelos. ”Uh... Eu não consigo ficar parado aqui...” Pensou ele. — É isso! Eu vou variar por hoje! Nada de Ichiraku eu vou andar pela vila! — Berrou ele pro nada, erguendo uma das mãos em protestos.

Assim, ele então se levantando depois, tratou de tomar seu banho, ele vestiu-se de forma simples, no entanto, ele observou seu protetor de testa, assim, o pegando. Um sorriso se amoldou enquanto ele passava o dedo orgulhosamente pela placa metálica, cuja qual ele havia dado tanto esforço para conseguir. — Hehehe! — Riu ele logo depois. E assim, pegando o item com cuidado, o encostou sobre sua testa, deixando que jogasse uma franja para baixo e erguesse outras pontas, amarrando os laços e apertando o mesmo sobre sua cabeça, onde ele sorria de forma determinada. Assim, ele se virou, para se agachar um pouco, deslocar os dedos sobre a sandália negra, a apertando sobre a perna. Se ergueu novamente para ao menos verificar se todas as armas arsenais estavam em seus locais.

— Uh, certo, tudo aqui! Hehe! Aqui vou eu mundo, Bakuto Kaguya chegando! — E assim ele abriu a porta, trancando logo depois, batendo a mesma atrás de si. Observando o céu com a cabeça erguida logo após um segundo, comtemplou os céus esfumaçantes acima de si, e conclui, de maneira óbvia que estava frívolo tal ambiente. Assim, pondo as mãos sobre a nuca, entrelaçando os dedos sobre a mesma, ele então tratou de andar pela rua úmida, vaguear pelo vilarejo. Observando suas lojas e barracas, apesar de que tudo parecia tão... Morto. Tudo aparentava estar vazio, assim, como pessoas que não eram muito vistas em momentos como aqueles. — Certo... Então só é eu nisso... — Murmurou ele, olhando para os lados enquanto erguia as sobrancelhas. — Tudo bem! Eu dou um jeito de me divertir! Uhu! É! Eu me divertindo sozinho! Nem sinto falta mesmo! — Disse, para o vazio, fazendo um bico. Na verdade, ele realmente estava precisando se divertir com alguém, mas, até mesmo Junko... Ah Junko, onde é que ela morava? Bakuto havia se tocado que não sabia onde era a casa dela. — Ah droga! — Tombou a cabeça, demasiado triste, mas logo sorriu e fez bico, ainda andando por ali.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 455 palavras.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 5/9/2018, 23:18



尊 Narração;
Roleplay O2/1O
--------Bakuto é um garoto hiperativo, mesmo um dia chuvoso não era o bastante para deixa-lo preso dentro de sua casa, mas sem proteção contra a água que caía do céu, em breve estaria totalmente encharcado, as marquises das lojas de Konoha não o seria o suficiente para protegê-lo e se ficasse muito tempo parado em frente do comércio, seria enxotado pelos vendedores, que não estavam muito a fim de ter uma criança toda molhada perto de seus produtos. A mente do chunnin divagava sobre lembranças e queria encontrar um local específico, entretanto, sentiria um forte golpe nas costas e o som de algo rachando, ao se virar, notaria que uma senhora tinha quase quebrado sua vassoura nas costas do garoto. Você não me escutou? Não quero crianças perambulando por aqui, xô xô! A velha furiosa não permitira vadiagem perto de sua loja.

Os passos de Bakuto, indiretamente, o levaria até o sistema de becos e vielas da Folha, onde conseguiria notar uma menina de vestido branco correndo tão rápido e com uma expressão de pânico no rosto. Se concentrasse, o chunnin poderia escutar ao longe sons de mais passos na mesma área da menina.




Informações:
Considerações:
Posta como achar melhor, meu estilo de narração é livre e de adaptação, acho que constrói uma história mais dinâmica.
Descrição:
NPC's:
Jutsus usados:


"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

@Bakuto'

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 6/9/2018, 20:19

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

Bakuto andava meio descontraído em pensamentos, observando ao redor e deslocando-se com calma e tranquilidade ao redor da vila. As mãos estavam sobre sua nuca, enquanto os dedos se mantiam entrelaçados, exaltando os braços flexionados atrás da cabeça. A chuva então permitiria que Bakuto fosse ficar mais encharcado e molhado, sem proteção alguma, sem telhados para se abrigar, ele estava exposto, mas nada que não o impedisse de andar por aquelas bandas. Porém, não obstante, sentiu um forte impacto e um choque percorrer as suas costas, como um estalo elétrico que subiu a espinha. E Bakuto se virou para olhar, era apenas uma velhota. — Baah, sua velhota! Eu nem me encostei à droga dos seus produtos! Você já pode baixar a sua quenga! Bleeehh! — E o garoto de fios róseos não tardou em esticar a língua para a senhora, dando as costas para ela em seguida, fazendo bico e se afastando dali rapidamente.

O Kaguya então deixou seus passos o guiarem para onde quer que fossem permitindo então que o garoto se guiasse pelo seu corpo por aí. Quando se deu por si, já estava em um sistema de becos e vielas da vila. Olhou para os lados, passando os olhos verdes ao redor para observar algo, e apenas viu uma mocinha correndo como se buscasse salvar a própria pele. ”Huh?” Pensou ele inicialmente confuso por tal. Então, ele se concentrou e pôde perceber que havia passos a mais além dos da jovenzinha. Bakuto então, rapidamente correu, na direção da menina não para segurá-la, mas para acompanha-la ao lado enquanto ela se movimentava. — Heey, menina?! Sou um ninja, o que é que está acontecendo? Por que você está fugindo? Se tiver algum problema me diga, posso tentar resolver! — Ele disse, tentando ser gentil enquanto corria, tentaria acalmá-la e pará-la. Se tivesse de chutar, seria de que estava sendo perseguida a julgar por sons á mais, mas não podia afirmar nada.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• Vel: 04.
• 320 palavras.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 6/9/2018, 21:23



尊 Narração;
Roleplay O3/1O
--------O Kaguya não deixava se abater pelo clima e muito menos pelas ações hostis contra ele, ganhando a rua e mais água sobre o corpo, poderia até mesmo sentir que revigorava cada gotícula a mais em seu corpo, e os passos céleres da menina em fuga lhe chamou atenção e com os atributos do jovem, não seria difícil alcançar a fugitiva. Heey, menina?! Sou um ninja, o que é que está acontecendo? Por que você está fugindo? Se tiver algum problema me diga, posso tentar resolver! Ao ouvir a sentença do loiro, a garota abriu um leve sorriso de alívio, correndo para um outro beco a esquerda. Tô com um problemão, tem uns garotos me seguindo, querem pegar minhas coisas, mas... Olhou Bakuto de cima embaixo, como se algo não encaixasse. Não sei se você da conta. Ironizou a garotinha.


[Capítulo, Bakuto'] Large%2B(6)


Os passos perseguidores cessaram depois que a menina e Bakuto viraram no beco, demonstrando que o rastro tinha sido perdido, momentaneamente. Algumas vozes poderiam ser ouvidas e depois de um breve diálogo, os sons dispersaram em várias direções. A caçada recomeçou, enquanto o projeto de herói e a menina tinha um pouco de tempo para descansarem.



Informações:
Considerações:
Descrição:
NPC's:
Jutsus usados:


"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

@Bakuto'

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 7/9/2018, 16:26

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

Bakuto continuou correndo atrás da jovem, não que buscasse persegui-la, mas sim, que pudesse então acompanhá-la em segurança para que não pudesse a deixar ser atacada pelo que for que pudesse ser então para que pudesse atingi-la. Até mesmo ele pode perceber que a garota também havia pelo menos aliviado um pouco enquanto ela delineava um pequeno sorriso em seus lábios. Porém, o que veio em seguida não seria um tanto devastador, mas sim, destruidor. Ela o julgava que ele talvez não fosse o suficiente. Aquilo fez com que um sorriso irritado seguido de um olhar assassino surgisse nos olhos verdes do menino, onde ele dissesse expressamente “O quê foi que você disse?!” apesar de não emitir um pio naquele momento.

— Ok! Posso ver quem está te perseguindo menina! — Ele então voltaria a emitir sua atual expressão acolhedora, e carismática numa mescla de felicidade e bondade, apesar do comentário anterior, o jovem de fios rosas já havia esquecido de tal. Agora ele só ficou em posição para que pudesse então observar onde é que viriam. Poderia ouvir vozes e conversas e um dissipar então de tais. Aquilo indicava que realmente era um grupo como a menina havia falado. Agora, o que poderia fazer era ficar bastante alerta para que pudesse então ser o escudo da menina, tinha que salvá-la. — Então... É hora do pau. — Bakuto disse, sem se abalar, apesar de seu olhar determinado, ele também emitia seu típico sorriso, ardendo em chamas da Vontade do Fogo. Bakuto trataria então de levar o braço destro para baixo, enquanto os dedos se enfiariam por dentro da bolsa kunai e tiraria então, a tal faca ninja, a clássica kunai. Ergueu de fronte para si, rente ao pescoço de si próprio em posição para observar qualquer ataque poderia vir a ocorrer. Agora era a hora de Bakuto brilhar contra seus inimigos.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 320 palavras.
• 308 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
3 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 7/9/2018, 17:45



尊 Narração;
Roleplay O4/1O
Bakuto escolheu defender a menina seja lá de quem fosse, sendo seu protetor ferrenho e nem mesmo quis saber o que de fato esta acontecendo, colocando-se em posição de batalha enquanto a menina encostou sua costa na parede, não se importando com a chuva contínua, apesar de ensopada, o mais importante era recuperar-se e deixar o chunnin na frente de batalha, sentia que iria ter que correr muito em breve.

Por outro lado, os passos voltaram a serem ouvidos, como se viesse de todos os lugares e um par de olhos negros olhava calmamente para as costas do Kaguya, do alto de um telhado, um dos perseguidores apenas esperava a cena, como se fosse um espetáculo. — Quem é você e o que pretende segurando essa faca dentro dos muros de Konoha? — O jovem de cabelos curto e verdes olhava interrogativo para o chunnin, sacar uma kunai e querer usá-la contra o próprio povo poderia dizer várias coisas, principalmente que aquele garoto de cabelos róseos é um tolo.



Informações:
Considerações:
Descrição:
Mudanças de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 7/9/2018, 18:54

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

— Ahhh! — Foi a exclamação que Bakuto soltou após ouvir a voz, e ele erguer a cabeça para ver então, um individuo desconhecido do alto no telhado. Sua expressão tinha um misto de surpresa e seriedade, o que fez com que aprumasse mais os braços a frente de si, de forma defensiva. Não sabia de que era aquele cara, mas ainda assim, concluiu que talvez aquele mesmo cara estivesse atrás da menina e então, ele poderia então defendê-la de tal, quem sabe pudesse dar uma bela duma sova no perseguidor. Seu sorriso havia desparecido e ele não sentia a necessidade de ser o mesmo de sempre numa situação como aquela. Seu olhar se tornou sério enquanto os olhos exalavam o irradiar calorifico no qual Bakuto costumava ter todo o tempo como chamas. — Estou defendendo alguém. — Foi a resposta. Ele estava pronto para lutar, protegendo a menina se fosse necessário, afinal, ele queria proteger a todos e ajudar quem precisasse, não poderia se desviar disso, talvez, até mesmo inimigos poderiam virar amigos se fizesse do jeito certo.

— Eu pretendo apenas defender... Não pense que sou louco de atacar os inocentes. — Bakuto apertou mais ainda a arma em seu punho, não iria atirar a mesma, se caso precisasse se esquivar, pegaria a garota e saltaria para longe, mas se caso precisasse defender também de uma via alternativa, usaria a arma em punho para rebater outras armas, mas atacar os outros com a faca, não, não mesmo. Sua expressão continuava séria, poderia até dizer que o ambiente ao redor de Bakuto havia aumentado de temperatura significantemente, seu total calor de si próprio, a chama que irradiava do jovem agora poderia estar exposta além de seu olhar. Seu chakra é maciço e quente, irradiante como as brasas, tão quente mais tão quente que poderia queimar. O nível de seu brilho poderia ser comparado ao Sol, ao tal nível de conseguir equilibrar-se com o chakra de seu antigo amigo, Senju Naoki, cujo qual era o seu oposto, frívolo e obscuro. Bakuto continuava a fitar o outro com o mesmo semblante e parado. — Você o conhece? — Perguntou para a menina, enquanto erguia o braço, em defesa para que pudesse mostrar-se como um obstáculo ao outro, ainda sem lhe desviar os olhos.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 374 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
3 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 8/9/2018, 10:35



尊 Narração;
Roleplay O5/1O
O chunnin expressava sua enorme vontade de defender a menina, e mesmo com o surgimento de uma nova pessoa não mudou de ideia, encarando seu adverso intensamente, mas as palavras proferidas o fez pensar, e talvez recuar. Atacar um konohense é totalmente de atacar um estrangeiro, e o faz de conta do Kaguya parecia começar a ruir. — É claro que ela me conhece. — Interrompeu abruptamente o diálogo com a garota antes mesmo de começar. — Não sou o tipo de pessoa que sairia na chuva para brincar com estranhos ou pensar que sou uma espécie de herói que salva os indefesos. Você deveria sumir daqui antes de se envolver em algo que não entende. — Com um movimento de mão, como se estivesse espantando uma mosca, o jovem dispensava Bakuto.

O som de mais passos voltariam a serem ouvidos, como se mais alguém estivesse se aproximando, o que causou uma aflição maior na menina, que encarava suplicante o Kaguya. — Eu o conheço, mas seja melhor você não se envolver, alguém como tu só irá se machucar. — A garota não confiava em Bakuto, que se colocava em uma situação sem nem mesmo explorá-la por completo. Ser um herói necessita de mais coisas que só querer defender os outros, como também compreender toda a situação, mas o chunnin continua agindo como um tolo com uma fazenda de formigas nas mãos.



Informações:
Considerações:
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 8/9/2018, 12:35

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

Bakuto então continuava a ficar estático, com a kunai rente ao corpo enquanto mantinha o outro braço erguido para proteger a menina. Seu olhar se destinava a se fixar na garota e no desconhecido ao mesmo tempo. No fim, ele emitiu um sorriso, que parecia mais de quem estava acostumado com aquilo. Desde pequeno ele fora condenado ao ostracismo e ser tratado como um pária, e, isso o fazia continuar a seguir em frente, correndo e correndo para alcançar o topo. Agora, uma menina e o cara que não buscassem acreditar nele, ele nem se importavam. — Então... — Seu olhar ainda continuava a emitir os chamejar do fogo, tão inflamado como a própria Vontade do Fogo. — Alguém poderia me explicar. Vocês estão me subestimando. Apenas vi que você estava correndo, disse que tinha alguém te perseguindo. E que era um grupo. Talvez esteja dispersos por estas vielas. Ou talvez não. Um já apareceu. Mas então, alguns de vocês terão que me explicar isso.
Bakuto sorria, mas era um sorriso sério. Seu olhar também era sério, porém inflamado. E ele apenas não mostrava nenhum temor ou hesitação. — Talvez eu possa achar a solução com mais facilidade, de preferencia sem luta. — Ele girou a kunai no dedo e guardou a mesma na bolsa de trás, escondendo seu braço e depois os erguendo por cima da capa, como se buscasse uma solução pacifica.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 229 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
3 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 08:44



尊 Narração;
Roleplay O6/1O
O chunnin começou tardiamente a agir de forma mais lógica e deixou de ser impulso depois de receber tantos insultos e descrença. Como ele mesmo enumerou, não possuía muita informação sobre o que estava acontecendo e simplesmente se pôs como um escudo para a garota, pensou que isso é ser um herói, mas a principal característica de um herói não são suas ações, porque qualquer um podia intervir naquela situação e sim, ser justo. — Hahaha. Parece que você não é um tolo completo. — O jovem de cabelos verdes sorriu ao constatar isso, nunca esteve apreensivo e com uma sombra ganhando o horizonte, soube que seu reforço estava chegando. — Eu estou perseguindo essa garota e vou lhe aplicar uma punição depois que pegar de volta o que ela roubou. Ladrões devem ser punidos, estou errado? — Questionou o nosso protagonista.

A menina como forma de se proteger cruzou os braços em frente ao corpo e recuou dois passos. — Isso não é verdade, ele que me bateu e agora quer roubar as minhas coisas, você não pde deixar ele conseguir, por favor. — Bakuto estava dentro de uma trama estranha, apesar de querer resolver com violência em uma primeira instância, talvez o diálogo pudesse auxiliá-lo agora, entretanto, não parecia que as informações batiam e o nosso projeto de herói tinha que decidir em quem acreditar. Uma garota inocente e um jovem arrogante e que queria justiça. O desenrolar lento fazia a cabeça do jovem fritar, pois agora teria intuição ou capacidades investigativa suficiente para descobrir a verdade? É claro, sempre poderia recorrer a violência, porém, precisaria escolher um lado antes.



Informações:
Considerações:
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 12:32

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

— Também nunca disse que eu era um, você quem está dizendo. — Bakuto respondeu, ainda que estivesse agora de olho no jovem de fios verdes e na menina. Porém, o Kaguya ergueu as sobrancelhas ao ouvir a tese do jovem, que indicava um ato punível em prol da violência contra o roubo que ele alegava ter sido feito pela pequena jovem. Porém, no instante seguinte a jovem buscou argumentar que havia então sido agredida e que o jovem queria lhe tomar as coisas dela. Aquilo realmente muito contraste. Um alegando algo oposto e incongruente. Bakuto então colocou o indicador abaixo do nariz como se buscasse pensar naquilo, analisando as possiblidades e os atos. — Hum... — Fez se ele. Um jovem agindo com violência e a menina alegando ser agredida. Ele precisaria reunir mais fatos para chegar-se a uma solução. Ainda não era o suficiente para que pudesse então o garoto aplicar uma sentença. A justiça deveria ser para ambos, este é o sentido de justo, quando um efeito é aplicado á dois de lados divergentes.

— Então... — Ele começou depois de algum tempo, ergueu uma das mãos para a garota. — Me mostra aonde ele te feriu. — Disse, sem tirar os olhos do menino, enquanto mantinha-se estático. — E você... O que foi que ela tomou de você? E ela tomou só você ou o grupo todo? — Questionou o Chunin. — Se você quer agir com violência, que seja proporcional. Afinal, dependendo do caso, nem todos eles se aplicam com violência! Tudo o que se deve ser dado é a paz, e o amor, e o ódio deve ser extinto desse mundo! — Ele disse, enquanto se virava para a menina, para que pudesse examiná-la. Precisava recolher mais informações, no entanto, também de provas verídicas, que se condissesse com a verdade nua e crua. Bakuto só queria a pacificação naquele momento, e teria que resolver aquela lide para ambos. Sendo justo.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 314 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 15:01



尊 Narração;
Roleplay O7/1O
Aos poucos as cores iam sendo preenchidas naquela trama, mas Bakuto ainda cometia um ato grave, o de confiar no lado mais fraco, heróis tendem a cuidar de garotas, normal, porém, ao questionar a menina e manter sua guarda alta somente em relação ao púbere de madeixas esverdeadas ouviria o vento se deslocando e um borrão seguido de um dor intensa na região do genital, o famoso chute no saco. — Obrigado por atrasa-lo enquanto me recuperava, ad... — Antes que pudesse fugir uma mão pesada desceu e golpeou violentamente o rosto da menina, jogando-a contra o chão, quase inconsciente.  — Imbecil. — Um garoto alto, com quase dois metros, e bem forte ergueu o corpo da menina e começou a revistá-lo, procurando alguma coisa sem se preocupar com o estado de sua vítima.

O chunnin de Konoha ficaria, momentaneamente, incapacitado de se mover por causa da forte dor em seu órgão genital, o mancebo que conversara pouco tempo antes com ele surgiria ao seu lado, assumindo uma postura defensiva e de guarda em relação a Bakuto até que a revista terminasse. Se olhasse para a jovem, notar-se-ia que lágrimas escorria de seus olhos e seus lábios pediam ajuda continuamente.



Informações:
Considerações:
Não vou colocar status de força da menina, mas o chute foi forte e indefensável por ter sido de surpresa, então tu vai ficar meio turno sem se mexer e dois turnos sentindo bastante dor, ainda mais quando  se mover, narre isso. Até agora tu tava sendo tolo -arquétipo- transformação começou mesmo no turno passado.
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 15:28

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

— Aaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhh! — Bakuto sentiu uma dor muito intensa no meio das suas pernas enquanto ele berrava. Seu corpo se paralisou e ele caiu sobre o chão, enquanto se remoía de dor. Seus olhos lagrimavam sem parar de tal forma que parecia mais uma cachoeira. Agora, só serviria de lição para ele. Bakuto não confiariam mais em ninguém. O famoso confiar desconfiando, depois daquilo ele passaria a ser mais atencioso a tudo e todos, nunca mais iria se deixar cometer aquilo erro maldito. Suas bolas haviam sido violadas de uma forma insignificante, e agora ,estava sofrendo uma dor tão incompreensível e inexata que ele supôs ate mesmo que só o divino poderia curar suas bolotas de ouro novamente. Pelo menos, ele havia perguntado tudo para que se pudesse agir de uma maneira mais lógica no fim. Ele concluiu que, tudo o que poderia fazer partir dali em diante é se tornar ser mais analítico, e lógico.

Para sua desgraça ele apenas elevou as mãos ara o meio das regiões solares enquanto abaixava a cabeça sobre o chão. Observava de soslaio o garoto esverdeado surgir ao seu lado e ele então, defendê-lo. Aquilo era um tanto destruidor, seu coração murchou ao tal ponto que ele se julgou um inútil e um merda. Nunca mais iria então agir dessa maneira, o garoto cujo ar arrogante era o qual que ansiara para que pudesse então até mesmo lhe defender, com quem fora hostil e um tanto frívolo. E a garota chorava enquanto era apreendida, mas ele não se importava mais com o que ela poderia vir a dizer ou fazer, ele estava com muita dor, e seu aspecto como ninja havia sido destroçado até o ultimo fiapo de sua alma ao ser subjugado daquela forma. Apenas suspirou fundo enquanto deixava a dor atingir-lhe com força, ele não iria se irritar com aquilo, era comum. — Acalme-se... Bakuto... Apenas fique calmo... Você apenas estava tentando fazer o que é justo, não é culpa sua se... Você não sabia da situação completa... — Ele murmurava para si, baixinho.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 339 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 16:25



尊 Narração;
Roleplay O8/1O
O homem bruto recolheu uma pequena caixa de dentro das vestes encharcadas da garota e guardou em sua posse, olhou para o garoto rendido no chão e um olhar de pena passou momentaneamente em seus olhos. Já tinha visto muitas vezes os jovens agirem por impulso e cometerem erros bobos, mas esse é o mundo ninja, e não importa se é dentro ou fora dos muros da Folha, sempre existirão pessoas que querem o mal das outras para benefícios próprios. — Arauto da justiça, não é? — O mancebo de vestes esverdeadas caminhou lentamente para próximo de seu companheiro, deixando Bakuto sozinho, ele já não mais apresentava mais uma ameaça. — Escute Kong, agir precipitadamente e baixar a guarda por subestimar as pessoas por causa da aparência pode causar consequências irreversíveis. E isso serve para você também, garoto. Muitos pensam que heroísmo é se jogar na frente do perigo para proteger quem precisa, mas isso é estupidez. Sempre, em qualquer situação, analise. — O jovem de fios verdes, Kong, amarrou as mãos da garota nas costas e a levaria presa para ser registrada. A dupla começou a ir embora, quando o homem musculoso interrompeu seus passos.

Preste atenção garoto, existe várias formas de ser um herói. — A pequena caixa que havia sido confiscada voou até as mãos de Bakuto, com o homem retomando sua caminhada. — Do outro lado da cidade, na área norte, tem um senhor que foi lesado. Seja o herói dele e devolva sua herança. — O trio sumiu em meio as gotas grossas e geladas, talvez nunca mais visse aquelas pessoas, mas o ensinamento poderia ficar.



Informações:
Considerações:
Reta final. Narre de acordo com o enredo, e não se esqueça das dicas dadas durante a narração. -Livre pra narrar como vai encontrar o senhor, características dele e onde exatamente ele tá, em casa, na rua, dormindo na praça...
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 16:50

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

— Ugh... Droga! — Bakuto deu um belo de um soco no chão, enquanto ainda se mantivesse naquela posição horrível. Seu olhar ainda airava sobre a dupla de homens. Logo depois de algum tempo, e apenas pode observar toda a ação. O garoto de fios verdes se afastou da menina para que pudesse amarrar a menina enquanto o outro mais musculoso tratava de aconselhar o tal que se chamava Kong. No fim, ele ainda pode perceber que realmente aquilo se aplicava a ele também antes mesmo do maior lhe direcionar a palavra, se ele tivesse sido mais analítico talvez pudesse ter percebido que ela poderia ser uma ladra furtiva. Mas não, ele a protegeu e quando pediu a total revista, ele então se descuidou por um segundo, somente se focando do ser de fios estranhos.  Agora Bakuto poderia ser chamado o Nº 1 de Cabeça Oca. Ou Ninja Megahiperativo.  Quando deu por si, ele então já tinha recuperado o mover das pernas, e assim se movimentou devagar, se apoiando nos braços e nos joelhos para que enfim ficasse em pé. Mas tudo isso, custou sua resistência, ele estava morrendo de dor, ele trincava os dentes para que pudesse então aguentar.

Bakuto então observou a pequena silhueta ser direcionada a si, e ele ergueu uma das mãos para que pudesse agarrar o pequeno objeto. Observou ser uma caixa, e no fim, ergueu o olhar, assim como as sobrancelhas para escutar o grandão. O que ouviu em seguida ali foi muito gratificante, e ele sorriu, como seu sorriso costumeiro voltando a ativa, de orelha a orelha e destacando seus dentes. — Certo! Até logo! — Bakuto sorriu, e olhou para cima. Ainda estava molhado e todo encharcado. A água parecia cair de maneira melancólica dos céus, pingando e se explodido ao contato de sua pele.  Existiam várias formas de ser herói. E ser herói também não era só se por na frente e se sacrificar pelos outros, mas também, analisar a situação e se jogar ao risco, dando a cada possibilidade que viesse uma solução, e assim, o risco só seriam algo de suplemento. Bakuto deveria fazer aquilo então, ele deveria mudar. E teria que amadurecer também, pois, muitas das vezes ele poderia ser visto como juvenil. Bem, ele era assim desde pequeno afinal de contas.

Após algum tempo ele apenas se virou, quando a dupla já havia desaparecido de vista com a garota. Observou o item nas mãos e tratou de protegê-lo debaixo da capa. E assim, colocou as mãos atrás da nuca entrelaçando os dedos, assim, recomeçando sua caminhada. Ele saiu então das vielas da vila, do labirinto emuralhado e se deslocou pela rua novamente. Observou as marquises e os vendedores e seguiu seu caminho, rumo ao norte, para que pudesse então entregar a caixinha que foi violada do pequeno senhor. Havia entendido como ser um herói, existia várias formas, existiam vários métodos, existiam várias diretrizes, e ele só precisava então saber analisar cada uma que seguisse. Embora, ele ainda estivesse com os meios das pernas doloridos, e ele estava se esforçando para parecer que estava normal ao invés de que mancasse.



Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 518 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 19:17



尊 Narração;
Roleplay O9/1O
A chuva amenizou conforme o chunnin atravessava toda a extensão da Folha, mesmo se esforçando, seria difícil andar normal e isso chamaria a atenção das pouquíssimas pessoas que se arriscaram em sair de casa. A busca não seria tão fácil, e perderia algumas horas em sua investigação, e isso também poderia ser entendido como um novo conhecimento, sem ter uma equipe de inteligência que coleta e processa tudo e apenas entrega de mão beijada para o herói mostrar quem é o manda-chuva, então Bakuto precisaria identificar o senhor roubado. Não existia mais informações, além que um velho havia sido roubado na área norte, e caberia ao chunnin desvendar todas as peças restantes do quebra-cabeça.



Informações:
Considerações:
Livre pra narrar como vai encontrar o senhor, características dele e onde exatamente ele tá, em casa, na rua, dormindo na praça...
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 20:32

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

A chuva havia de certa forma amenizando então, o que tornava as coisas um pouco mais suportáveis, já qur o Chūnin havia passado por uma aprovação horrorosa com um chute nas bolas, o que é um tanto desgraçante para o seu espírito ninja. E, ao chegar no norte de Konoha, ele se encontrou sozinho mais uma vez. O grandão encontrado anteriormente havia dado apenas uma mísera informação, afirmando que o velhote poderia estar no morte da Vila da Folha. Mas, onde ele estava em um local mais específico o cara não havia o feito, isso o deixaria em uma situação mais complicada ainda, considerando que ele estava mancando, e a dor latejava por toda a região das pernas, maldita hora em que for a abordar aquela menina no intuito de ajudar. Mas tudo certo, aquilo havia servido de lição para um ninja desatento, que em vez de ficar a atenção para ambos, havia focado só em um e advinha? Havia se ferrado por isso. Nunca mais iria sequer vacilar com sua atenção por ai, prevenir chutes no saco era essencial para um ninja homem. Bakuto provavelmente já deveria estar a horas se deslocando para lá e para cá no intuito de encontrar o velho lesado, e ainda não o havia visto. Tudo bem, Bakuto iria achar de qualquer forma, não iria desistir, ele nunca voltava atrás de suas palavras, esse era o seu jeito ninja.

Quando suas pernas estavam doendo, ele então parou atrás de um muro e apoiou uma das mãos sobre o muro, e então, ele arfou, como se buscasse clarear seus pensamentos, e então abaixou a cabeça para que diminuísse o cansaço que sentia, for a a maldita dor nas regiões solares. Com isso, já estava por seus conhecimentos no final da região norte da vila. Até mesmo poderia ver o monumento dos Hokage ao longe, como uma variedade de faces dos ninjas que um dia governaram sobre aquela vila. Bakuto ergueu novamente a cabeça para olhar e se perguntou o que é que eles fizeram para se tornarem grandes heróis? Por que, um governante segundo suas histórias havia então feito algo como parar uma guerra, ou algo muito maior que isso, promovendo a paz e assim por diante. Era algo louco como aqueles ninjas poderiam serem reconhecidos por toda a sua vila natal, ao ponto de terem suas faces esculpidas, o que deveriam ser muito heróico. Bakuto queria ser como eles. Ele não queria se tornar um Hokage, mas sim superá-lo, ae tornar alguém sábio que tivesse então atingido o máximo da sofia, sendo considerado superior a Kage. Aquilo acendeu mais ainda a chama dentro do jovem, que sorriu e continuou andando.

Quando ele dobrou a pequena viela ali, ele pode observar ao longe, um pequeno velhinho solitário, que de alguma forma buscava consolar sua esposa, também velha, ele parecia dizer algo para ela, enquanto a mesma apertava lhe os braços, com a face chorosa entre o pescoço de seu amado, enquanto este, também triste, buscava lhe consolar por gestos e palavras. Bakuto parou pata contemplar aquela cena há alguns metros dali. Pelo menos eles não estavam molhados, estavam amparados pela varanda sa casa deles que os impediam de serem afetados pelo clima ruim. Bakuto então respirou fundo, percebeu que estivera sorrindo para eles, mesmo que o jovem estivesse muito longe. Então, ele começou a andar na direção deles, mandando, mas se esforçando para que não ficasse evidente. Havia se esforçado muito para aquilo, talvez ele pudesse agora sentir finalmente o gosto de ter feito algum bom para alguém. Conforme se aproximava, ele poderia notar as características do velhinho. Ele possuía fios lvermelhos, muito rubros, que pareciam fogo vivido. Olhos azuis caríssimos, e uma pele alva, poucas rugas eram vistas, o que dava à impressão de grande vitalidade. A mulher, no entanto, possuía fios louros como o sol, olhos castanhos cor de mel, e uma pele um pouco mais corada, um pouco mais escura que de seu marido. Ambos estavam ali, e vestiam roupas simples de civis. Nem pareciam ser ninjas. — Não se preocupe querida, alguém fará alguma coisa … — Kaito! Aquela era sua herança! Alguém precisa fazer algo, eu já não agüento mais ver meu marido sofrendo silenciosamente! — Yo. — Bakuto os interrompeu, se aproximando deles com um sorriso. Enfiou a mão nas vestes, abaixo do manto, tirando a caixinha e estendendo para eles com a destra. — Foi recuperado o que perdeu. — Bakuto falou.

Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os
rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 738 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 21:55



尊 Narração;
Roleplay 10/1O
As provações pelas quais passou poderiam modificar a forma com a qual vê o mundo, nem todos são bons, e mesmo que fossem, isso é algo tão intrínseco que não pode ser descoberto simplesmente com um olha superficial. Bakuto teve perdas, porém, nada que realmente influenciaria ao ponto de criar um demônio interno, aquela experiência trouxe-lhe mais benefícios do que qualquer outra coisa. Sentido dores e desanimado, o olhar vago atingiu as estátuas dos antigos Hokages, e muito deles não foram sempre heróicos, entretanto, em algum momento tiveram que se adaptar e mudar para enfrentar as adversidades e construir um futuro para a Folha. Isso os tornou em heróis e exemplos a serem seguidos.

O chunnin estava quase desistindo da busca quando se deparou com um casal de idosos, o pesar no olhar do senhor ruivo revelou para Baluto, além de ouvir a frase da esposa, que aquele era o dono do aetigo roubado. Quando o kovem se aproximou e devolveu a caixa, tanto o velho quanto a velha pularam de alegria e se abraçaram no ar. A alegria era tamanha que poderia contagiar o contundido chunnin, que pela primeira vez em seu dia, poderia se sentir um herói, aquele que renovou as esperanças perdidas nos corações do casal idoso. A senhora convidou, já puxando Bakuto para dentro da casa, preparia um chá quente e peças de roupas secas para que o menino não ficasse doente. Era a forma com que poderiam retribuir a devolução da caixinha.



Informações:
Considerações:
 
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 9/9/2018, 22:19

Bakuto becomes a Hero.

Health Points: 675 | 675 Chakra Points: 675 | 675 Stamina: 0 | 6

Bakuto então pode ver a felicidade que havia se acomodado daquele ambiente no moment em que ela fora irradiada dos velhinhos, que pularam de alegria no momento em que viu a caixinha. O Kaguya não sabia o que poderia ser de tão importante, mas mesmo assim, fez com que seu sorriso se alargasse também. Pelo menos dera certo, ele havia encontrado casal que necessitava daquela caixa. Ele riu-se quando pegaram a caixa, mas também lhe trouxeram algo mais: convidaram-lhe para casa e lhe puxaram para dentro de casa. O Chunin poderia agora desfrutar de um belo chá , já que estavam sugerindo isso de cara e talvez algumas novas mudas de roupa. Tudo o que fez no final, com um sorriso, apenas pisou sobre o solo da casa, dando um passo para dentro da casa dos idosos, se sentindo um herói, pela primeira vez.
Um herói precisaria ser lógico. Ele não poderia simplesmente se jogar só por jogar atoa, ignorando toda a situação. Importante era para um herói, buscar o conhecimento causal e buscar a melhor solução para tal. Tal solução que fosse justa, traria de por o fim a lide e afetar de forma igualitária todas as partes envolvidas. O risco era algo suplementar para algo de auxilio para o Herói. Bakuto não tardaria em absorver esse espirito por completo naquele dia, o espirito heroico.

Considerações:
Aparência:
Visual. Sem os
rasgos nas roupas e o corte na plaqueta do protetor.
• Mera tentativa.
• 226 words.

Bolsa de Armas:
3 Shurikens.
4 Kunais.
2 Fuuma Shuriken.
00 Sebons.
05 Kemuridama.
05 Hikaridama.
Makibishi 00.
10 m de Fio.
Ampola (médicamentos, venenos, etc): 02.
Jutsus usados:
(C) Ross
-
Rocky
Shugonin Jūnishi
Rocky
Vilarejo Atual
Ícone : [Capítulo, Bakuto'] Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928

Re: [Capítulo, Bakuto'] - em 10/9/2018, 08:36



尊 Narração;
Finalizado.
O jovem sentiu em primeira instância como é ser um herói, existe várias formas de salvar o dia e se tornar o mantenedor da paz, esperança e ordem, e no final de um dia frio e chuvoso havia uma casa aconchegante e quente, com um casal que o trataria como um filho e lhe fornecer todos os luxos dos quais poderiam dispor. Aquela breve e intensa aventura mudaria por completo e para sempre o jovem chunnin, que teria uma nova visão daqui pra frente.

Informações:
Considerações:
 Troca de arquétipo concluída, tolo para herói.
Descrição:
Mudança de arquétipo.
NPC's:
Jutsus usados:
"Que solidão é mais solitária que a desconfiança?"
Noirsoul,,

_______________________

[Capítulo, Bakuto'] Original
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Capítulo, Bakuto'] -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.