NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Outono
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Kurt Barlow
3º Lugar
Zireael
1º Lugar
Haytø
2º Lugar
Sevenbelo
3º Lugar
Yagami
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
458 Mensagens - 40%
Shion
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
143 Mensagens - 13%
Mako
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
111 Mensagens - 10%
Ranni
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
77 Mensagens - 7%
Nan
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
75 Mensagens - 7%
Kaguya
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
66 Mensagens - 6%
Mahito
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
56 Mensagens - 5%
Summer
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
54 Mensagens - 5%
Chazer
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
47 Mensagens - 4%
Sly
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
46 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
189 Mensagens - 40%
Shion
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
51 Mensagens - 11%
Mako
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
49 Mensagens - 10%
Ranni
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
35 Mensagens - 7%
Kaguya
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
29 Mensagens - 6%
Mahito
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
25 Mensagens - 5%
Hemumu
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
25 Mensagens - 5%
Chazer
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
25 Mensagens - 5%
Raves
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
24 Mensagens - 5%
Kira
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_lcap[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Voting_bar[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Vote_rcap 
19 Mensagens - 4%


Dumas
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy


[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_ny6lrlc56V1rd6sdio1_500
Solo – Zoldyck e o Kenjutsu



O inverno tinha chego à Vila Oculta da Pedra, o frio estava começando a se intensificar, contudo não estava nevando o que eu agradecia aos céus. Era um dia perfeito para curtir uma mega preguiça debaixo das cobertas lendo um livro e cheio de guloseimas ao meu redor. O planejamento daquele dia estava perfeito! Mas como nem tudo sai como planejado fui convocado pelo meu pai para ir até o campo de treinamento que tinha no subsolo de casa. “Que droga! Para ele me chamar no campo de treinamento, lá vem mais algum treino dos Zoldycks!” – Pensava enquanto me arrumava para um treino nível máximo do meu pai e levaria todos os meus equipamentos.

Chegando lá meu pai estava conversando com um jovem que deveria ter seus vinte anos, cabelos loiros e usava um óculos alaranjado, camisa branca, calça preta e um sobretudo vermelho e uma enorme espada dentada em suas costas. Um cara excêntrico a primeira vista. Quando me viu chegar olhou de relance e voltou a conversar com o meu pai, os dois falavam tão baixo que eu não conseguia ouvir da porta onde parei para observar os dois. Ainda estava um pouco mal humorado por terem estragado meus planos de curtir uma preguiça. Meu pai sentou num canto oposto de onde nós estávamos para observar todo o treino de perto e como eu iria me desenvolver.


- Olá meu nome é Kuraudo! Seu pai me chamou para te ensinar kenjutsu. – Falava o jovem todo animado se aproximando de mim. – Seu pai me contou que você ganhou algumas espadas durante sua evolução como ninja, mas que ainda não consegue manejá-las com perfeição. – Continuava falando enquanto eu pegava meu pergaminho que continha todas as minhas espadas, ainda em silêncio e sério. Com selos eu retirei todas as espadas do pergaminho e as cravava parcialmente no chão demonstrando as suas características. – São estas as espadas que ganhei e aquela na ponta a que comprei, apontava para a Token. – Respondia ao garoto seriamente. – Token, Kusanagi no Tsurugi, Samehada, Nuibari e Hiramekarei, são os seus nomes. – Completava na ordem que estavam.

- Ótimo! Vamos começar pela Token. – Falava o garoto pegando a Token e a lançando para mim, em seguida retirava a sua espada das costas. – Primeiro vou te ensinar o básico sobre as espadas e posições chaves para um bom manuseio das armas. – Faria então uma longa introdução sobre o kenjutsu e o método que ele usaria para me ensinar.

Em seguida começou toda a aula teórica sobre o assunto e posições e estratégias básicas utilizadas sem ter um estilo específico. Depois o treinamento físico começou a ser desenvolvido.


Informações:
 

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu 200px-Iwagakure_Pays_de_la_Terre.svg
   [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Preto

Noah Zoldyck:
HP: 2.725/2.725 CH: 3.375/3.375     ST: 0/8     10/22 m/s
Byakugou no In: 500/500  Samehada 500/500  


_______________________

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy


[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_ny6lrlc56V1rd6sdio1_500
Solo – Zoldyck e o Kenjutsu

Pegando a Token ele me fez sentir o equilíbrio da arma e como a melhor forma de empunhá-la, postura, respiração e sequencia de golpes para um iniciante. Algumas coisas que a gente aprende pelo instinto e pela necessidade. Outras são posições mais adequadas para ataque e defesas. Depois de aprender uma sequencia de técnicas o Kuraudo se posicionou ao meu lado. – Vamos fazer as sequencias até você gravar e depois avançamos no treinamento. – Falava com a sua espada em mãos e iniciando a sequencia de golpes acertando o ar. Eu me distraí um pouco perdendo um pouco tempo que ele estabeleceu. O segui com alguns segundos de diferença repetindo os golpes verticais, depois o avanço com a perna esquerda e uma investida com a minha perna direita. Recuo. Colocar a espada em posições que facilitem a defesa. Aos poucos as técnicas e novos conhecimentos que estava adquirindo renovava minha empolgação e acabava por esquecer que passaria o dia na preguiça. Pelo contrário, seria muito entediante. E quando percebi isso misturado com a curiosidade por técnicas mais avançadas fez com que eu me esforçasse muito para aprender e realizar os exercícios com extremo zelo.  

O treinamento seguiu pela tarde toda até o começo da noite. Meus braços e pernas estavam queimando com tamanho treinamento e só paramos para descansar quando fomos chamados para jantar. Tomei banho e encontrei com o pessoal na mesa. O jantar foi tranquilo enquanto o nosso visitante e sensei me dava alguns toques. E então a noite passou e no dia seguinte seguimos com o treinamento.

- Você pegou o jeito garoto! Agora vamos avançar para as demais espadas que percebo que são mais especiais. Conheço somente uma, Hiramekarei.
– Dizia apontando para ela. Depois foi até ela e mostrou como ela deveria ser empunhada e revelou todas as habilidades que ele conhecia sobre a arma. – Ela exige muito chakra para usar, mas os efeitos são muito bons por sinal. – Falava enquanto a arma assumia a forma de um martelo e depois de uma espada maior devido ao chakra.

Ele ficou em posição com a Hiramekarei em mãos pronto para o combate. Eu peguei a Kusanagi e parti para um combate mais lento, pois ainda tinha que pensar para executar os golpes e como melhor encaixá-los. A troca de golpes perdurou por uns dez minutos. Fui desarmado umas cinco. E teria morrido umas oito. Mas o sensei era paciente e depois de um descanso e beber e comer alguma coisa, nós seguimos o treinamento até altas horas. E o meu pai sempre observando os treinos.

Uma semana se passou desde o inicio do treinamento, muito suor, um pouco de sangue quando cometia alguns erros grotescos ocorreram, mas minhas habilidades com as espadas avançava num ritmo muito bom.
Informações:
 

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Preto[/center]
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu 200px-Iwagakure_Pays_de_la_Terre.svg    [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Preto

Noah Zoldyck:
HP: 2.725/2.725 CH: 3.375/3.375     ST: 0/8     10/22 m/s
Byakugou no In: 500/500  Samehada 500/500  


_______________________

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy

 
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_ny6lrlc56V1rd6sdio1_500

Solo – Zoldyck e o Kenjutsu

 
Estava impressionado com a habilidade de manejar a espada como aquele loiro tinha e como ele conseguia usar a Hiramekarei e a sua própria espada dentada. Já estávamos na terceira semana e eu ainda não tinha nem chego perto de desarmar ou criar uma investida forte o suficiente para conseguir derrotar o meu sensei. Tinha a impressão que tínhamos a mesma velocidade em máxima, mas sua esquiva era impressionante não conseguia alcançá-lo quando lutávamos mais a sério. O treinamento seguia desde correr pela Vila para um aquecimento até longos combates de espadas. Na primeira semana eu tinha morrido oito vezes a cada combate, na terceira eu cheguei à metade disso. E começava a criar alguns problemas quando o Kuraudo tentava investir com golpes agora simples para mim. Já comecei a gravar as sequencias e as melhores formas para atacar e defender, tanto que já estavam virando instinto. A leitura do combate com espadas estava melhorando e já conseguia desvendar algumas artimanhas ministradas pelo jovem de cabelos loiros.
 
Percebendo meu avanço o jovem sensei começou a me passar mais lições teóricas sobre o Kenjutsu. – Para ser competente no Kenjutsu precisa lutar contra uma estratégia imprevista. – Explicaria então um dos conceitos daquela arte. Então voltamos aos golpes e contra golpes, ataque, recuo e defesa, quando estávamos em um ritmo intenso faíscas saíam de nossas armas e o sensei me forçava a sempre aumentar o ritmo até que alcançávamos o nosso máximo. Se não conseguisse acompanhar nossa velocidade como era o caso da minha irmã mais nova, só teria noção quando nossas espadas se tocassem causando faíscas.  Já estávamos usando todo o campo de treinamento. Na primeira semana não usava nem um quarto dela, foi onde percebi o grande avanço no meu aprendizado. Já tinha me adaptado melhor a todas as espadas e conseguia me manter mais tempo em combate. Já fazia até o Kuraudo suar e se cansar.
 
Contudo ele começou a aplicar o conceito ensinado. Seguia um ritmo que eu já conhecia e quando menos esperava ele atacava de uma forma que eu ainda desconhecia, de surpresa, utilizando até mesmo o pomo ou o guarda mão. Desta forma aprendi um pouco sobre a improvisação em meio ao combate. Mesmo que ali eu tivesse sido morto umas dez vezes. Não poderia deixar ficar daquele jeito. Eu precisaria me esforçar ao máximo. Meu corpo já estava quase chegando ao limite de tantos treinos seguidos. Depois dos treinos eu ia até a biblioteca para aprender os mais diversos tipos de golpes, táticas para aplicar nos treinos seguintes, até dormir em cima dos livros. E acordar com eles meio babados.  
 
No final do treino daquele mês o Kuraudo ria sozinho e pude perceber que ele conseguiu ver através das todas as minhas técnicas neste dia porque eu estava seguindo a risca os métodos aprendidos nos livros. – Se continuar, assim eu verei todos os seus golpes já que os conheço. Está fácil defender. E onde está o imprevisível? – Ele verbalizou o que eu estava chegando à conclusão. Não tinha uma resposta para ele, só sabia que precisaria aprender a improvisar em questão daquela arte, não daria para me manter naquela estratégia de só aprender golpes prontas.
 
- Terá que moldar o seu próprio caminho, garoto! E quando vir o seu caminho em tudo o que fizer você se tornará o caminho. – O jovem loiro me desafiava a superar meus limites.
 
Informações:
 

 
 [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu 200px-Iwagakure_Pays_de_la_Terre.svg    [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Preto

 
Noah Zoldyck:

HP: 2.725/2.725 CH: 3.375/3.375    ST: 0/8    10/22 m/s
Byakugou no In: 500/500  Samehada 500/500 
 

_______________________

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Dumas
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu E6fVkdy

 
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_ny6lrlc56V1rd6sdio1_500


Solo – Zoldyck e o Kenjutsu

 
Três meses se passaram desde que eu comecei o treinamento com o Kuraudo. As técnicas que ele me passou eu consegui aprender e me adaptei a elas. Até aí tudo bem, mas teve uma hora que o espadachim contratado para me ensinar me pediu uma coisa que estava fazendo totalmente errado, no mês e meio de treinamento. Estava somente seguindo a risca a receita dos golpes, contudo somente com aquilo não seria o suficiente. No mês e meio que seguiu o espadachim me forço até o limite, vivia com cortes pelo corpo e hematomas gigantes, tudo por causa do aprendizado, apesar de achar que ele até estava gostando de me derrotar e descer a pancadaria em mim quando eu não improvisava em combate.
 
“Terá que moldar o seu próprio caminho, garoto! E quando vir o seu caminho em tudo o que fizer você se tornará o caminho”. – Aquela frase não saía da minha cabeça e ao invés de ir atrás de livro eu comecei a mesclar técnicas, uma defensiva que do nada virava um contragolpe ligeiro, tentava lançar um golpe na horizontal, mas mudava a rota no meio do caminho. E até treinei alguns golpes como se fosse perfurar e o no fim tentaria dar um desarme ou mudava a posição da espada para tentar socar o espadachim. E cada vez mais que eu tentava encontrava formas de subjugá-lo. E fui descobrindo suas manias de combate e acabando por utilizá-las.  
 
No quarto mês após um treino intenso, mas rápido, eu já conseguia acompanhar os movimentos do ninja espadachim e ele os meus.  Ambos estavam se aproveitando das aberturas nas defesas umas foram descuidos outras armadilhas, neste treino os dois se machucaram um pouco, cortes no rosto, braços e pernas. Eu vacilei num golpe e ele acabou cortando as minhas costas de forma sutil, mas rasgou a pele. Mesmo assim eu continuei o embate. Estava gostando da sensação daquele combate, poderia dizer que seria uma forma de liberdade. Como os voos que eu alçava.  Riscos de luz  saía de nossas espadas, movimentos de pernas contínuos, ataques horizontais, verticais, nas diagonais, de cima para baixo, de baixo para cima, estocadas, socos com o pomo da arma ou com o guarda mão, evasões, nós dois estávamos nos divertindo com aquele treino, quase como iguais se não fosse a diferença de experiência entre nós. Até que avançamos para o golpe final em máxima velocidade.
 
 Minha família inteira estava assistindo a essa luta. E naquele momento o silêncio pairou. E ambos correram para seu último golpe. No segundo em que encostamos nossas armas criou-se uma longa e grande faísca para finalizar o movimento um de costas para o outro segurando as nossas espadas a frente do corpo. Mais um momento intenso naquele treino. Uma espada cai no chão e eu acabo por cair ao chão com um corte na barriga não muito profundo. O espadachim se ajoelha onde estava e se apoia em sua espada, também com um pequeno corte na perna.
 
Minha mãe foi ao meu encontro já que o caso era um pouco mais grave e começou a me curar com a sua técnica de Iryo-nin. Depois foi até o homem e o curou também. Ele se levantou e foi até onde eu estava deitado. Esticou a mão em minha direção e me ajudou a levantar. Parabenizou-me pela luta e disse que estava pronto, e que continuasse a procurar o meu caminho naquela arte.
 
Alguns dias depois ele voltou para a sua cidade e eu continuei os meus treinamentos no Kenjutsu buscando criar o meu próprio estilo de combate.
 
Informações:
 

 
 [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu 200px-Iwagakure_Pays_de_la_Terre.svg    [Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Preto

 
Noah Zoldyck:

HP: 2.725/2.725 CH: 3.375/3.375    ST: 0/8    10/22 m/s
Byakugou no In: 500/500  Samehada 500/500 
 

_______________________

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Pl65QS9
"We can all be kings and queens
If we can just learn to believe"
Dumas
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t63173-ficha-noah-zoldyck-3-0#450493
Rocky
Shugonin Jūnishi
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100
[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Tumblr_pse1kamKGv1w7ua6go1_100
@

_______________________

[Solo] Zoldyck e o Kenjutsu Original
Rocky
Ficha de Personagem : https://www.narutorpgakatsuki.net/t65854-ivar#480928
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido