:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

Deku
Genin
Deku
Vilarejo Atual
[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

[Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado 20/8/2018, 19:03

Código:
[i]Atributo; +x[/i].

<center><div style="width: 600px; text-align: justify; font-family: Arial; color: #000000">[justify]─[/justify]
[center][b][size=24]-[/size][/b][/center]
Midoriya; intacto.
[size=10](xxx palavras).[/size]</div></center>

_______________________

[Treinamentos] ─ Midoriya Lzwi1hP
[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

Deku
Genin
Deku
Vilarejo Atual
[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

Re: [Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado 24/8/2018, 17:00

Inteligência; +1.

Estava completamente realizado pelo dia; havia concluído com comendações de meus superiores as duas primeiras missões que tinha feito, dando início a minha carreira como ninja. Finalmente sentia que estava fazendo uma diferença, mesmo que ínfima, em relação ao vilarejo que amorosamente me acolheu, e também ao All Might, alguém de tanto destaque no local em que habitávamos e que mesmo assim resolveu adotar um menino sem nenhuma habilidade sob suas asas. Sentia, através destas reflexões, que muitas pessoas colocavam suas esperanças em mim e, mais estranhamente ainda, tinha uma atípica confiança de que eu seria capaz de responder aos gestos de fé das pessoas próximas a mim e de meus superiores. Eu era, indubitavelmente, um sonhador; limpei uma floricultura e ajudei alguns trabalhadores em umas reformas e já estava sonhando em ser um herói. Mas não iria negar quem eu era agora, afinal de contas a pessoa que eu era agradava os olhos de meu pai adotivo.

Encontrava-me, portanto, agora que anoiteceu, em meu quarto. Para que não existisse favorecimento, All Might não poderia acolher-me em sua residência e, para ser sincero, eu também não desejava atrapalhá-lo tanto assim; ao invés disto, ele financia um pequeno casebre nas extremidades da vila para mim. E, para ser sincero, eu amo como é aqui: as pessoas ajudam umas ás outras. Mesmo que todos coletivamente não tenham tanto, juntam seus bens de acordo com as necessidades do próximo. Eu também ajudava com o que tinha, mas me sentia verdadeiramente abençoado por simplesmente testemunhar os gestos que constantemente trocavam entre si. Tanto apreciava observar a vizinhança que rearranjei o meu quarto, de forma que a mesa de estudos ficasse posicionada logo de frente para a janela. E lá, exatamente, era onde eu me encontrava no momento; ainda não havia começado a me engajar nas atividades que deveria ter no momento – algumas leituras que All Might encaminhava para mim, como relatórios de missões e afins, para me preparar para futuras designações -, e estava refletindo, como o costumava fazer, conforme olhava pela janela.

Havia esgotado minha quantia de missões pelo dia, então, mesmo que quisesse, os atendentes da central de distribuição de missões não tinham autorização de me encaminhar mais delas. A alternativa que me restava, portanto, como explicado por meu tutor e pai adotivo, era realizar treinos por conta própria: ações que eu desincumbiria sozinho para afiar algum atributo individual meu como ninja; existiam vários destes, mas eu só pecava em alguns. É claro que se tinha ninjutsu e genjutsu, artes estas que eu era incapaz de aprender e melhor desenvolver devido á minha falha de chakra, portanto estavam fora de cogitação. Pensando bem, meu estilo de luta seria refinado se eu melhor desenvolvesse minha mente. Com planos mais avançados de combate poderia ser mais incisivo e encurtar parte de meus combates. Esticando meu braço direito para interagir com uma estante de livros, analisaria com cuidado o conteúdo de um deles, “a arte do combate”, para que pudesse aprimorar minha linha de raciocínio em situações reais de enfrentamento.
-
Midoriya; 225/225 ─ 225/225 ─ 03/03.
(505 palavras).

_______________________

[Treinamentos] ─ Midoriya Lzwi1hP
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado 24/8/2018, 17:04

done
[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

Deku
Genin
Deku
Vilarejo Atual
[Treinamentos] ─ Midoriya 100x100

Re: [Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado 24/8/2018, 17:21

Estamina; +1.

Meu primeiro dia como ninja havia sido extremamente produtivo! Pude não só realizar algumas missões que desembolsariam fundos que poderiam ser melhor aplicados para o vilarejo que me acolhia, mas também sentia que parte da produtividade que sentia ter exibido no dia se dava pelas horas de estudo que pude desempenhar agora há pouco, durante o período da noite. O fim da noite estava se aproximando também, entretanto, portanto acreditava que não poderia fazer muito mais coisas. Mas sentia, em minha consciência, que tive êxito durante este dia; algo que me facilitava a ter esta certeza era pensar como o All Might se sentiria se visse o que fiz hoje. Provavelmente ele diria algo motivador e congratulante, como “Muito bem, jovem Midoriya! Continue seu progresso!”, e piscaria um de seus olhos, me fazendo um sinal de beleza e permitindo que seus dentes extremamente brancos brilhassem naturalmente. Neste ponto da noite, já havia fechado meus livros e os guardado devidamente na prateleira, e, sentado na mesa, bebericava uma das latinhas de refrigerante que estoquei assim que recebi o primeiro de meu salário. Pensava, no momento, nas ações de deveria desempenhar no dia que se aproximava.

Entre meus pensamentos e reflexões, nada de inesperado surgiu: na verdade, pretendia fazer exatamente as mesmas coisas que fiz hoje. Missões, treinamento, estudos. Talvez as coisas pudessem se tornar repetitivas com o tempo, mas seriam em situações assim que meu otimismo deveria se manifestar; deveria pensar que nenhuma situação é permanente, e que as coisas logo iriam mudar se o meu progresso fosse visto. Com este cenário em mente, certamente deveria me empenhar ao máximo para desempenhar as tarefas que me eram dadas no momento; independente do quão subalternas pudessem parecer, talvez pudesse ser nada mais do que um teste de perseverança, razoabilidade e resistência para ninjas recém iniciados. E, acima de tudo, para ser sincero, eu não via problema nenhum em começar com tarefas do tipo. Com lutas ou não, com ação ou não, com coisas diferentes e novas ou não, a cada missão que realizávamos estávamos ajudando algum habitante da vila que, por precisar de ajuda, recorreu à quem confiava.

Caramba, acabei divagando em meus murmúrios novamente; estava ficando tarde. Aprontei minha cama, concluí os devidos preparativos para que pudesse descansar em breve. Assim que minha cama estava arrumada, meus dentes escovados e meus pijamas emprestados do All Might que ficavam extremamente largos em mim estavam vestidos, lembrei-me mais uma vez daquela figura de quase três metros. “Nunca deixe que seu corpo amoleça! TREINE!”. E eu não havia feito muito exercício físico naquele dia. Antes de dormir, resolvi ser uma boa ideia, portanto, fazer uma sessão de flexões. Utilizaria a estratégia do All Might, de só começar a conta-las quando a primeira gota de meu suor tivesse atingido o chão. Assim planejei, e assim o fiz também. Precisei tomar um banho antes de dormir, mas ao menos senti que não amoleceria meus músculos pelas próximas horas de descanso.
-
Midoriya; 225/225 ─ 225/225 ─ 03/03.
(494 palavras).

_______________________

[Treinamentos] ─ Midoriya Lzwi1hP
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado 24/8/2018, 17:24

[Treinamentos] ─ Midoriya Giphy

APROVADO MIDORYA SHOUNEN
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Treinamentos] ─ Midoriya - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas