>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

['One Post'] | O prelúdios de Katsuo - em Qui 2 Ago 2018 - 23:11

Konohagakure No Sato - O prelúdio de Katsuo

──────────────────────────────────────────────────

O clarear do dia despertara Katsuo, que imediatamente, após contemplar da ventana de seu quarto o amanhecer resplandecente, seu ânimo o fez levantar de sua cama. A cinesia da aconchegante ventania, o ameno e prazeroso canto das aves, as tênues pétalas das flores desabrochando, e mesmo assim, sua limitação tornara seu amanhecer um cárcere angustioso. Mesmo sua empolgação era deformada de uma belíssima flor, a carvão. O amanhecer continuara o mesmo, entretanto, a face de Katsuo era deprimente e angustiada. Passaram-se alguns minutos até sua família se reunir sobre a sala de jantar, afim de iniciar o café da manhã, contudo, seu pai acabara atinado o rosto álgido de seu filho, e desejou entender o motivo de tanta infelicidade. Todos tomaram o café da manhã, mais o pequeno garoto não desejou alimentar-se, e se retirou da mesa. Seu pai, sem poder deixar que a personalidade melancólica de seu filho perturba-se sua autoestima, decidiu acompanha-lo até seu quarto e tentou compreender a fundo o real motivo de seu péssimo humor. Ambos tiveram uma longa conversa, e para a surpresa do menino, o mesmo mal se comunicara e seu pai já conseguiu assimilar sua tristeza, e decidiu ensinar a seu próprio filho a viver com mais ânimo e interatividade, explicando a linguagem através de sinais de mão.  Foram dias de treino, algumas horas de descanso foram substituídas por leituras de livros explicativos, e cada ensinamento repercutia sobre sua cabeça . Cada um de seus palmos, agora, tem o dom de dizer o que ele pensava, e em poucos dias, o garoto foi aperfeiçoando suas capacidades de comunicação. É como se agora, cada uma das asas de uma borboleta tivessem mais cor e vida, cada onda do mar oscila com mais intensidade, cada folha se torna mais graciosa, e a brisa do verão se tornara mais cálida e o mundo ininteligível que ele acreditava ter, se tornou parte do mundo afora. Uma de suas primeiras experiências foi auxiliar uma senhora que necessitava de ajuda para carregar suas sacolas de compras, e mesmo sem parlar absolutamente nada, a senhora apreciou seu esforço e entregou ao mesmo, uma corda feita por ela mesmo, enquanto não tinha nada a fazer, e o garoto utilizou, mesmo sem algo para incrustar, a corda sobre seu pescoço. Sua dificuldade era como retirar as rodinhas de uma bicicleta, cada sofrimento, choro, e feridas, no futuro, se tornam uma habilidade que tomos vão admirar, e apenas o esforço pode gerar este resultado promissor.
HP: 200/200
CH: 200/200

─────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────
Detalhes adicionais:

O One Post se trata do passado de Katsuo Kyūkunen, e não de acontecimentos recentes em sua vida
Considerações:

❖ Quantidade de palavras necessárias: 300; 415 palavras escritas;
❖ Qualidade adquirida: Sinais de Mão (1);
-

Última edição por GUIZINHOcrycry em Sex 3 Ago 2018 - 9:16, editado 2 vez(es)
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: ['One Post'] | O prelúdios de Katsuo - em Qui 2 Ago 2018 - 23:17

['One Post'] | O prelúdios de Katsuo Tumblr_okis1d4wHR1rx1g44o1_400

Acredito que todos os requerimentos para se realizar um One Post e adquirir uma qualidade ('Treinável e de Nível 1') tenham sido feitas corretamente, porém, se existir algum erro ou qualquer tipo de deslize, favor comentar para que possa corrigir s2.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: ['One Post'] | O prelúdios de Katsuo - em Sex 3 Ago 2018 - 14:48

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: ['One Post'] | O prelúdios de Katsuo -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.