:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[ Treino ] Epizo Evans, o herói vaidoso 100x100

Nosferatu
Genin
Nosferatu
Vilarejo Atual
[ Treino ] Epizo Evans, o herói vaidoso 100x100

[ Treino ] Epizo Evans, o herói vaidoso - Publicado 22/7/2018, 14:57

Não havia muitas árvores que ocupassem o território nos arredores do vilarejo da Pedra. — Este sim é o cenário de um verdadeiro herói! — aclamava o jovem de cabelos bem penteados para trás, trajado com aquilo que a moda definia como o novo para o mundo ninja. — É isso aí! — monologou enquanto consertando, com um pente, a única ponta que buscava fugir do restante de seus cabelos. Estava no campo de treinamento com um único motivo: praticar. Conhecendo suas habilidades como as maiores de todo o mundo ninja, o desumilde rapaz sabia que uma única falha em suas capacidades poderia destroná-lo de uma posição a qual só existia em sua cabeça. — Sim! Eu não posso perder para quem quer que seja. Vou mostrar a todos que Epizo Evans é o maior herói que já pisou neste mundo! Oh yeah! — afirmou com postura cerrada confrontando o horizonte.

— Antes de tudo, preciso me dedicar à velocidade. Esse peso a mais não vai me atrapalhar de forma alguma. Se bem que ele não é bem um peso. — riu. — É sim a prova de toda a minha beldade. — convenceu-se de braços cruzados. Das suas palavras, endireitou-se à pista de corrida do vilarejo. Durante a viagem, enxergou uma pequena poça d'água onde não resistiu utilizá-la como uma forma de espelho. Observou-se por alguns segundos. "Eu sou tão bonito..." pensou. Deveria inexistir, na terra, alguém que tivesse tanto amor próprio quanto o garoto. Seguiu viagem tão logo, completando o percurso em míseros minutos. — É isso aí! Hora de um novo treino! — gritou. Exerceu atividade afim de aquecer os músculos, esticando as pernas em isonomia, balançando os braços e dando algumas poucas corridas de curta duração.

Não sabia ao certo o que ou como faria para acrescer sua agilidade, no entanto isso não o impediu de iniciar com corridas de aceleração, imaginando que, talvez, fosse a melhor opção. O tecido adiposo balançava ao sol, fazendo com que seu corpo suasse bastante. Um tiro após o outro, sentiu formar poças por debaixo de suas axilas e outras na região do tórax. — Maldição. Isso é tão cansativo. — resmungou. Sentiu-se exausto, entretanto não desistiria ainda. — Eu sou o grande Epizo Evans, o herói mestiço, esse mero cansaço não vai me impedir de continuar crescendo. — reafirmou sua condição enquanto retirando a blusa, demonstrando alguns poucos músculos e uma concentração abissal de gordura. Amarrou as mangas dela na altura da cintura, perseguindo o objetivo de aumentar, progressivamente, as suas reações às situações diversas.

...

Um jovem preparado, Evans estava sempre munido de porções extraordinária de doces, suprindo a necessidade quase constante de consumi-las. Abriu alguns papeis e levou as guloseimas à boca em um só arremesso. Sentou-se ao centro de treinamento, permanecendo ali mesmo após a estafante semana. — Ainda não foi o suficiente. — declarou contra uma brisa de curtíssima duração. — Eu preciso me manter inteiro durante os combates, se não serei pego de surpresa e posso, até mesmo, perder... — supôs enquanto pensando consigo próprio. — Aliás, um herói como eu jamais perderia qualquer que fosse o entrave... — rebateu-se com um sorriso. Se ergueu depois de alguns minutos gastos em tão somente refletir. Desta vez tomaria uma abordagem diferente no seu treinamento. Executaria a escalada dos campeões, um exercício reconhecidamente útil àqueles que buscam por uma inigualável resistência aeróbica. O motivo estava estampado durante os anos de academia: quanto maior o lugar, maior a quantidade de ar rarefeito, maior a dificuldade em respirar e, por consequência, melhor treinaria a estamina.

Posicionou-se ao lado da maior montanha que existia nos arredores após percorrido o caminho até ela em uma considerável caminhada. Os pés e mãos se embebiam da potente energia do rapaz. — Isso vai ser fácil, afinal sou o maior herói que pôs os pés sob esta terra. Oh yeah! — atestou. Vagarosamente, encostou com a mão direita na parte superior, acima da sua cabeça, enquanto a esquerda ia para um pouco mais abaixo na ala contrária. A perna esquerda alcançava próximo à cintura, enquanto a destra permanecia pouco além noutra lateral. Subiu àquela maneira. Um passo de cada vez. O chakra realizava a interação entre os membros e a rocha, semelhante a um inseto enquanto escalando com suas patas qualquer superfície. A sua força não era das maiores, no entanto era suficiente afim de subir a formação.

Quando devidamente aos céus, sentiu a pressão de estar numa altitude tão elevada. Estava excessivamente acima da altura do nível do mar. A respiração estava pesada em função da atividade física. Não bastasse isso, a concentração de oxigênio aparentava ser insuficiente no propósito de sanar as necessidades fisiológico e energético das células que compunham as fibras dos seus músculos. O coração trabalhava com pouquíssima ou quase nula força. Sentou e descansou numa pequena plataforma formada pela ação erosiva da chuva e do vento. — Sou um mesmo um grande herói. Olhe onde cheguei. — falou enquanto arfava, vangloriando-se do seu sucesso. O espaço era curto, ainda sim pensou que serviria ao seu propósito. Depois de descansado, muito embora não conseguisse manter a sua forma integralmente em função do ar rarefeito.

Carregava consigo um suprimento suficiente de doces e comidas suficientes por uma semana. Depois daquilo, continuou com o treinamento. Desta vez praticaria lutando contra uma sombra, atacando com uma série de socos e chutes. Permaneceu assim durante outros sete dias, até não mais conseguir erguer os braços novamente, ou mesmo andar com a mesma potência. — Nhaaaawn! Agora eu me tornei um herói ainda melhor. Impressionante! Eu sou mesmo o maior herói de todos os tempos! Gyahahaha! — relatou contra o vento.

Evans; 225/225 225/225 00/03

Considerações:
Aparência: Epizo Evans, roupas como descritas na seção de aparência da ficha. 1 ponto em velocidade e 1 ponto em stamina.
Usados:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ Treino ] Epizo Evans, o herói vaidoso - Publicado 22/7/2018, 14:58

@

Resposta Rápida

Área para respostas curtas