>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Yagura26
Tokubetsu Jonin
Yagura26
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Yagura 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[Fillers] Yagura - 14/7/2018, 14:54



Era um dia fresco em Iwagakure. O frio do outuno começava agora a poder ser sentido, gradualmente os dias passavam a ser menores do que as noites, as folhas começavam a ficar castanhas devido à mudança de estações e as nuvens e o sol intercalavam o céu em momentos nublados e em outros momentos melhores iluminados.

Yagura acordava para mais um dia, bem disposto e com um sorriso na cara. Tomar o pequeno-almoço e fazer todas as coisas habituais das suas manhâs. Depois de pronto, com os seus equipamentos e roupas de costume, parte então para uma nova aventura. Hoje, iria explorar umas grutas nos arredores de Iwagakure que tinha lido sobre num jornal da vila... Estas grutas eram conhecidas por ter uma diversidade de armadilhas antigas, instaladas lá à muitos muitos anos e em tempos de guerras antigas onde os terrenos se infestavam de armadilhas para deter os inimigos. Na notícia do jornal, estava explicito um aviso para que ninguém visitasse estas grutas com risco de morrer. Ainda assim, o rapaz não foi convencido por tais palavras, muito pelo contrário...

Como o caminho ainda era longe ao sair de casa e começar a andar para o portão da vila, já nesse caminho o Chuunin mascava alguma argila: quando saísse pelo portão, prontamente iria invocar um pássaro de argila de tamanho médio para o levar ao destino: as Grutas Perdidas do Teu Tanque À Mon.

No caminho, Yagura passeava e admirava as paisagens ao mesmo tempo que tomava total atenção a algum movimento inesperado. Sentia um certo empolgamento em ir visitar estas famosas grutas. Nesta viagem ele iria descobrir mais sobre o passado de uma das guerras que abalou o mundo ninja, iria descobrir mais sobre os ninjas do passado, a sua humanidade, ou falta dela, assim como os seus métodos de capturar inimigos.

O pássaro então pousou o Chuunin sobre uma posição na parte inferior de uma grande montanha. Nas intrincansias dessa mesma montanha, por entre rochas sem qualquer vegetação, era possível então de avistar uma diversidade de grutas. Certamente as grutas mencionadas no jornal que lera no dia anterior.

Rapidamente Yagura se colocou na porta de uma delas. Respirando fundo, entrou. Enquanto caminhava, esperava complexas armadilhas voassem imediatamente na sua direção na tentativa de o apanhar. Como forma de estar pronto para tudo o que acontecesse, ele rapidamente executa uns selos estando os mesmos prontos antes de ele finalizar o seu primeiro passo para o interior da gruta.

E foi assim que aconteceu, no próprio primeiro segundo depois de embater com a sola do seu sapato na primeira amostra de chão que delineava a gruta, uma complexidade múltipla de vários projeteis se dirigia então, para o Chuunin. O seu corpo rijo fazia a maioria destes projeteis ricochetear para o solo. Ainda assim o corpo de Yagura não aguentava com todos e lentamente se ia chegando para trás com toda a pressão dos projeteis exercida sobre o seu corpo. O fluxo dos projeteis continuou por diversos segundos e Yagura, de forma a defender-se contra eles, mantinha o seu selo da técnica Doton:Domu ativo ao mesmo tempo que com algumas manipulações de Doton vindas da sua boca criava mini-plataformas de terra verticais que paravam o embate também de alguns projéteis, fazendo assim diminuir o fardo da sua pele levar com todos aqueles projéteis. Depois de tudo aquilo ter parado, o Chuunin decidiu continuar o seu caminho para uma nova armadilha. Segui o caminho pelo corredor com atenção máxima, com precaução sobre pisar alguma armadilha ou algo do género.

Então, a meio desse caminho acaba por encontrar uma ligeira elevação sobre o solo numa das pedras que compunham a sua superfície. Aquilo parecia sim ser uma armadilha que se ativaria pela aplicação de pressão na superfície daquela pedra sobresaliente.

Sim, o Chuunin reparou na armadilha a tempo, seria isso razão para ele mesmo assim não propositadamente carregar naquele botão? Não... Yagura procurava desafios, procurava ascender as suas próprias capacidades e por isso, num ato de rebeldia, de coragem e confiança ele carrega no botão sem saber o que lhe esperava. Porém, em termos de mentalidade ele estava pronto para qualquer coisa, pronto para ter reflexos rápidos e pensamentos também de forma a safar-se da situação que aí vinha.

E foi então que a armadilha foi despoletada. O corredor em que o Chuunin se encontrava não tardava a tornar-se iluminado com chamas vermelhas dos dois lados da passagem. No momento em que o fogo começou a ser gerado nos cantos superiores foi quando o shinobi começou a elaborar a sua defesa. Realizando rapidamente alguns selos e abaixando-se à altura dos joelhos Yagura realiza uma manipulação de Doton para se proteger numa espécie de telhado de rocha que anulava as chamas de ambos os lados e absorvendo grande parte do calor das chamas.

O ninja esperava que o fluxo de labaredas parasse para ele continuar o seu caminho, nos momentos que se passavam as suas manipulações tornavam-se cada vez mais débeis com todo aquele calor e chamas a incidirem sobre elas tendo até o chuunin de formar uma nova camada de terra para suportar tudo aquilo. Manteve-se assim durante mais alguns segundos, mas mesmo assim, as chamas não paravam! Os suores de todo aquele calor não demoraram quase nada para se formar, quase em milésimos de segundo já todo o seu corpo escorria água, o calor era intenso. Esperar que as chamas parassem não tinha sido a melhor estratégia, agora ele teria que sair dali para segurança.

Não sabendo o que o restante do corredor lhe esperava, era altura de voltar para trás, talvez já tivesse chegado de armadilhas por hoje. Com a sua manipulação a desfazer-se Yagura realiza novamente a sua manipulação desta vez numa fina camada que protegeria do fogo apenas por poucos momentos, Tentando fazer a criação da plataforma com a sua corrida, dessa forma o Chuunin saíria daquela gruta, um pouco chamuscado e com possibilidade de apanhar uma constipação devido ao gradiente de temperaturas ao qual foi sujeito.

Depois desta mini-aventura, rumou de volta para a vila para realizar os seus afazeres do dia a dia.


Considerações:

1017 palavras

Bolsa de Armas:

Kunai: 4
Shuriken: 12;
Fuuma Shuriken: 0
Senbon: 3 ( 6 );
Kibaku Fuuda: 2 ( 8 );
Kemuridama:8;
Makibishi:(5);
Hikaridama: 4;
Fios: 4 (20m);
Ampola: 2
Argila : 2850
Mapa de Iwa e redondezas



_______________________

Alt. Ficha|| Status || Ficha || Banco || Compra Jutsus  
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Yagura - 14/7/2018, 14:58

@
-
Yagura26
Tokubetsu Jonin
Yagura26
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Yagura 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Yagura - 24/7/2018, 22:29



Mais um dia em Iwagakure. Yagura acordava . Hoje, tinha acordado bem tarde já quase à hora de almoço por isso, nada de missões, não ... Hoje, era sim dia de mais um treino no seu local de treino favorito: nas grutas e cavernas das redondezas de Iwagakure no Sato...

Depois de devidamente equipado com as vestimentas do costume, dirigiu-se então para o local remoto. No caminho teria duas opções: ou se desviava ligeiramente do vilarejo (sendo que ele não vive exatamente na vila mas sim num local próximo) e chegaria rapidamente ao seu destino ou então passava mesmo por dentro do vilarejo, fazendo um percurso mais lento e demorado. Nos breves momentos em que saía de casa, eram estas as suas opções, as possíveis destinações, as cogitações presentes na sua cabeça, tudo aquilo em que ele pensava naquele certo momento era: qual o caminho a seguir?

Num breve momento de reflexão, ele refletia. Foi como se um avalanche instantâneo e rápido de emoções e memórias em relação à vila lhe enchessem a alma de adoração àquele local, nem sequer dando chance à hipótese de ir pelo caminho mais rápido face ao bem-estar, face ao senso de comunidade, de entreajuda e de familiriadidade que aquele local lhe iriam conferir para o resto da sua viagem.

Iwagakure no Sato. A sua Vila. A sua Vida. A sua Virtude. O local que ele visualiza no seu sonho como ninja, a sua força para lhe guiar nos momentos difícies. A sua motivação para ser um ninja mais forte. A motivação para ele se tornar o protetor daquela Vila. O protetor de todas aquelas pessoas, a sua História e os seus locais históricos.

Yagura caminhava agora vagarosamente pelas ruas da vila. No caminho, cruzava-se com pessoas e muitas delas olhavam de volta. Olhavam para ele já com algum respeito, mesmo não o conhecendo sabiam que ele era um Chuunin da Vila. Um senso de segurança era sentido quando Yagura estava por perto, faziam o Chuunin sentir-se útil naquela comunidade mesmo que ele desviasse o olhar e começasse a tremer cada vez que alguém olhava para ele, sentir-se cada vez mais perto do seu sonho de ser reconhecido pelos seus feitos, não pela fama em si, mas pelo facto de ter feito algo digno de ser reconhecido! De ter sido uma ajuda para todos aqueles que ali também dedicavam a sua vida, não com a sua vida ou poderes como o shinobi, mas que de outras formas, faziam toda aquela zona prosperar como uma comunidade.

Acabou passando por um dos mercados da Vila com alguma enchente de pessoas. O passo era ainda mais lento mas ele não se importava, acabou até comprando umas maças para ir comendo no caminho. Talvez fosse por fome, mas ao passar no mercado babava-se com todos os produtos frescos que ali estavam. Tudo graças à SUA VILA! Tudo graças às pessoas que faziam tudo isso funcionar para que o resto dos aldeões pudessem usufruir. Frutos frescos, carne fresca, tudo fresco, era impressionante a organização de toda esta rede, de toda esta infrastrutura, tudo graças às pessoas daquela vila e possivelmente de outras, e também graças à Tsuchikages e a todos os Tsuchikages até aquele dia. Olhava para cima enquanto idealizava a imagem do gabinete na sua cabeça. A ideia de considerar ambicionar ser o Tsushikage da vila ainda lhe passou pela cabeça por breves momentos. No entanto, ele concluía que, para já, não era algo que ele ambicionasse. O seu sonhonão passava por ser Tsushikage mas ao mesmo tempo não era algo que ele renegasse por completo. A verdade é que o shinobi, desde que pudesse ser o protetor da sua vila e protegê-la de todos os males que viessem, isso seria o suficiente para ele. Afinal, títulos eram apenas títulos...

Depois de passar pelo mercado, finalizava o seu caminho pela vila por algumas ruas, destas vez sem pessoas. Desta vez, olhava para as estruturas, para toda a arquitetura de várias casas por onde passava. Algumas eram novas e modernas, bem construídas. Outras eram bem antigas, com uma arquitectura única unicamente vista no vilarejo de Iwagakure. Já não se faziam construções como aquelas no dias de hoje. Aquilo eram relíquias, remarcos históricos daquela vila que deveriam ser preservados. Continuou assim o caminho, apreciando cada canto, novo ou antigo, da vila.

Finalmente chegava ao portão da vila, seguindo então para o seu local predilecto. No entanto, hoje ele não iria para dentro das grutas e cavernas como de costume. Hoje, ele iria para o topo de todas estas grutas, uma espécie de montanha que tinha um penhasco e era nesse penhasco a entrada das grutas. Apetecia-lhe respirar o ar puro do local, absorver a luz solar ou pelo menos aquela que passava por entre o céu nublado daquele dia de Outuno. Já que estava agora mais afastado do seio da Vila, conseguia sentir a natureza, a essência daquele local. De um lado, tinha civilização e modernismo, mas aqui, ele tinha Natureza!
 
Yagura estava agora sobre uma planícia de Terra, com algumas pedras, pequenas e grandes, que se espalhavam no cenário. Depois de todo este percurso, onde tinha refletido como não era costume sobre a sua vila e sobre as motivações de ser um ninja, estava animado como nunca para treinar, para fazer uma demonstração de força, em honra de ser um ninja, em honra de se tornar mais forte para um dia se tornar o protetor de toda aquela Vila!

Optou por não fazer uma demonstração do seu Ninjutsu, não queria causar grande destruição no local. Em vez disso, optaria por treinar alguma da sua Força. Ele estava motivado! Ele estava com pujança! Os seus músculos, o seu corpo fervia com vontade, fervia com força, fervia atéee vaporizaar suor, quase.

Então, Yagura aproximaria-se para uma grande rocha e então num grito AHHHHHHH iria começar a dar uma vários murros na superfície de pedra, incansavelmente, até sangrar na realidade. Caso partisse uma pedra, seguiria para a próxima. Era uma demonstração do seu poder, uma demonstração de que daria tudo pela sua vila, um ritual satânico de oferenda de sangue a Jashin em troca da segurança da Vila.

E depois de muitas rochas partidas, das mãos magoadas e a sangrar e a necessitar de uma cura, Yagura iria para o hospital, onde seria bem atendido por todas as enfermeiras no local. No final em vez de dizer que tinha estado a esmorrar pedra disse que tinha apenas estado lutar com um urso gigante vermelho de 30 metros apenas para suavizar a situação e não se envergonhar.

Depois de algumas ligaduras colocadas, rumou então para casa, passando novamente pela vila, desta vez de noite, caminhando com o seu espírito tranquilo e inspirado.


Considerações:

1118 palavras

Bolsa de Armas:

Kunai: 4
Shuriken: 12;
Fuuma Shuriken: 0
Senbon: 3 ( 6 );
Kibaku Fuuda: 2 ( 8 );
Kemuridama:8;
Makibishi:(5);
Hikaridama: 4;
Fios: 4 (20m);
Ampola: 2
Argila : 2850
Mapa de Iwa e redondezas



_______________________

Alt. Ficha|| Status || Ficha || Banco || Compra Jutsus  
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Yagura - 24/7/2018, 22:49

-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Yagura -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.