:: Mundo Ninja :: Área de Juízes
12 Anos Online
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Outono
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! 100x100

Tenshin
Jonin | ANBU
Tenshin
Vilarejo Atual
[Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! 100x100

[Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! - Publicado Sex 22 Jun - 14:26

O chamado em questão é relacionado a uma luta contra um NPC, no Episódio. Eu enviei uma Mensagem Privada ao Kaginimaru, Narrador, e ele me instruiu a abrir o chamado por não poder modificar suas decisões. Então vamos lá.

Breve resumo dos acontecimentos: Tenshin e Takeshi (NPC) encontram uma mulher morta na floresta, um rastro de sangue guiou-os para uma clareira que continha um templo. Takeshi abriu as portas, foi pego pelo Sakki. Tenshin estendeu suas sombras do Kagemane e prendeu dois desconhecidos dentro do templo. Da floresta, surge Morrigan, uma jashinista que ataca Takeshi, ainda preso no Sakki. Tenshin tenta prendê-la também, mas falha. Então chegamos aqui. Tenshin desfez seus jutsus, libertando quem estava preso no templo, e focou na inimiga. Estavam a 20 metros um do outro, sem obstáculos entre eles. O cenário é uma espécie de clareira na floresta, um templo desconhecido está atrás do meu personagem, uns 10m de distância, junto ao NPC Takeshi. O chamado em questão não diz respeito a qualquer um desses elementos, então focarei apenas em Tenshin e no inimigo, uma jashinista, que usa foice, etc.

Meu post: http://narutorpgakatsuki.com.br/t59514-episodio-finalmente-konoha#409521
Post do Kaginimaru: http://narutorpgakatsuki.com.br/t59514-episodio-finalmente-konoha#410436

O que aconteceu?

A jashinista atacou com o jutsu Rank B: Ranjishigami no Jutsu (o que faz o cabelo crescer, Jiraya usa etc). Meu personagem tentou desviar do ataque da adversária e contra-atacou. Ela utilizou, a 20m de distância, um Ninjutsu Rank B, que estende seus cabelos em minha direção, em 15m/s. Em meu turno, eu busquei contornar o ataque da adversária, utilizando velocidade 4 (18m/s).

Anzai Tenshin escreveu:Quando mais uma vez os cabelos da inimiga se estenderam, vindo contra o garoto Nara, ele não hesitou. Aproveitando a possível falta de visibilidade da adversária, tornou a correr pela esquerda, tentando contornar a mulher num semicírculo para ficar a cerca de dez metros da mesma, já desfazendo todas suas técnicas sombrias no início da corrida.

Porém, no post do Kaginimaru, se deu o seguinte:

@Kaginimaru escreveu:A tentativa de desviar do ataque direto era um total fracasso, os fios de cabelo atingiam-o diretamente na região do seu fígado, inclusive, perfurava-o.

Ele explicou tal acontecimento nas considerações:

@Kaginimaru escreveu:
Regras de Databook escreveu:
00 Pontos: Personagens inpatos a usarem Taijutsus. São ninjas que dominam apenas o básico como socos e chutes simples incapaz de reproduzir movimentos muito elaborados como esquivas rápidas e manobras.

Partindo do fato de que ambos estavam a 20 metros um do outro e o jutsu avançou em velocidade rank B(lê-se 15m/s), com 00 pontos em taijutsu você jamais se atentaria a desviar de algo em menos de dois segundos, mesmo com velocidade 05.

Porém, ao meu ver, não se aplica a regra do Taijutsu nesse caso, pois se você considera que Taijutsu é meramente a esquiva, eu compenso muito mais em Velocidade e Inteligencia. Usando a mesma regra do Databook:

Regra do Databook escreveu:Inteligência
03 Pontos: Personagens inteligentes. Demonstram grau de arrogância (não é generalizado), mas são ótimos estrategistas, podendo predizer ações futuras com algum grau de dificuldade (não confundir com prever ações adversárias perfeitas) e ainda conseguem criar o mesmo número de armadilhas no mesmo período de tempo que os espertos, mas com o diferencial de poder também descobrir este mesmo limite de armadilhas adversárias; além disto, compreende quase com perfeição quando uma ilusão está agindo.

Se com meros 3 pontos de Inteligencia é possível prever, com dificuldade, ações futuras do inimigo, com 6 acredito que posso fazer isso tranquilamente. Não somente isso, eu estava com toda minha atenção no inimigo, vide todos os jutsus desfeitos. Eu estava olhando para ela, a 20 metros de distância. Era claro que ela faria um ataque. Não obstante, a regra ainda no databook em Velocidade descreve:

Regra do Databook escreveu:Velocidade representa a velocidade e reflexos de um personagem, assim como suas capacidades em observar determinados movimentos. Os personagens podem acompanhar movimentos com até um ponto de diferença normalmente, acima disso é impossível acompanhar os movimentos. Mais pontos, maiores as velocidades alcançadas pelo personagem.

Meu personagem naturalmente tem 5 pontos de Velocidade. Ou seja, posso observar os movimentos do inimigo em até 6 pontos. A velocidade de um jutsu B é 15m/s. 6 de Velocidade equivale a 26m/s. Ou seja, eu consigo observar esse jutsu sendo executado com facilidade. Além disso, velocidade determina também meus reflexos. Em 1s o ataque estava a 15m de mim, me dando 1 segundo e pouco de reação para ver o ataque e correr, o qual acredito ter sido suficiente, dada a condição de: era claro que ela atacaria, eu já tinha visto o jutsu anteriormente na própria RP e em outros eventos, e eu estava com distância o suficiente para correr.

A questão da regra de Taijutsu se dá, ao meu ver, à lutas corpo-a-corpo próximas (vide que antes de falar sobre a esquiva, ele lida com socos e chutes).

Agora, vamos a segunda parte. Utilizei um jutsu de terra para dificultar um desvio da inimiga, e ele foi efetivo no post do Kaginimaru, então não há dúvidas quanto a isso. Enfim, arremessei uma kunai com explosivo, kibaku fuda, porém, mesmo atingindo a inimiga, a explosão não ocorreu.

Anzai Tenshin escreveu:- Doton: Doryū Taiga! - Assim que encerrasse seus selos, arrebataria uma kunai e uma kibaku fuda de sua bolsa, colando uma na outra e já as arremessando contra a mulher, sem sequer esperar os efeitos de seu jutsu de terra. Suas capacidades com as armas ninjas eram notáveis, e tentaria fazer o seu melhor para atingi-la.

@Kaginimaru escreveu:Uma kunai atingia seu torso, notara o papel bomba assim que avistou-a. Em um movimento automático, fruto do perigo apresentado, Morrigan pegou a kunai em questão de milésimos e arremessou de volta ao Anzai.

Nas considerações:

@Kaginimaru escreveu:Não houve citação da explosão do kibaku fuda, logo, ele não explodiu até o fim de sua narração que basicamente é nas reticencias.

Em nenhum momento meu no fórum eu tive que narrar a explosão de uma kibaku fuda. Nunca, mesmo. Porque a intensão é óbvia. Se eu lancei uma tarja explosiva, eu quero que ela exploda. Se eu quisesse que ela explodisse antes, teria narrado essa intensão. Se fosse parte de algum plano, alguma estratégia, seria explícito em meu post e nas considerações. Mas não era. E outra, ao meu ver eu narrar a explosão na minha narração seria até um tipo de G.M, onde eu estaria dizendo o efeito de algo sem nem esperar a narração do Narrador. Imagine se o personagem manipulasse Suiton ou, de alguma forma, absorvesse a kibaku fuda antes da explosão. Minha narração seria anulada. Dessa forma, peço também a reconsideração disso. Se joguei uma tarja explosiva, a intensão era explodir. Fora que acertou a inimiga no torso, ela teria explodido em frangalhos ali mesmo (minha visão das coisas).

Por fim, um erro bobo, que já foi conversado com o Narrador, mas só pra deixar citado:

@Kaginimaru escreveu:Ninguém saiu do templo, tenshin ainda continua incapacitado(Afinal, ele está sendo afetado por duas pessoas diferentes).

Quem está incapacitado é, na verdade, o NPC Takeshi, preso no Sakki de dois inimigos diferentes (a jashinista e alguém dentr do templo).

Bem, acredito que tenha seguido todas as regras de chamado, está tudo em quote, deixei as regras explícitas e é isso.

Obrigado desde já.

_______________________

[Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! Giphy
Inútil...

Kaginimaru
Jōnin
Kaginimaru
Vilarejo Atual
Inútil...

Re: [Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! - Publicado Sex 22 Jun - 16:25

A primeira parte eu não tenho defesa, apenas reforço que o player tentou fazer uma esquiva rápida com 0 em taijutsu, não sei se os outros pontos anularia isso mas aguardo a resposta do juiz.

Anzai Tenshin escreveu:Em nenhum momento meu no fórum eu tive que narrar a explosão de uma kibaku fuda. Nunca, mesmo. Porque a intensão é óbvia. Se eu lancei uma tarja explosiva, eu quero que ela exploda.
Agora sobre a segunda parte: Um kibaku fuuda pode muito bem ser colocado em algum ponto estratégico e ficar lá até o player querer explodir/citar, não foi citado nenhum momento de explosão, não é o óbvio que conta, é o narrado. Eu mesmo passei por uma experiência semelhante durante o Chuunin Shiken de Iwa; Usei um kibaku fuuda e não citei o momento da explosão, logo, ela não ocorreu.

"Quando um selo explosivo é detonado remotamente, os ninjas tendem a usar o selo de mão "Cobra"." (http://pt-br.naruto.wikia.com/wiki/Papel_Explosivo) Sei que não é obrigatório o selo mas a frase já da a entender que trata-se de uma ação do usuário, não sendo algo automático.

Anzai Tenshin escreveu:E outra, ao meu ver eu narrar a explosão na minha narração seria até um tipo de G.M, onde eu estaria dizendo o efeito de algo sem nem esperar a narração do Narrador. Imagine se o personagem manipulasse Suiton ou, de alguma forma, absorvesse a kibaku fuda antes da explosão. Minha narração seria anulada. Dessa forma, peço também a reconsideração disso. Se joguei uma tarja explosiva, a intensão era explodir. Fora que acertou a inimiga no torso, ela teria explodido em frangalhos ali mesmo (minha visão das coisas).
"O kibaku fuuda vai explodir no momento em que a kunai atingir o alvo" Por exemplo, não vejo G.M. Vai explodir do mesmo jeito, mesmo que algo absorva. Isso se chama defesa.

O ultimo ponto já foi conversado, erro meu, confundi os nomes.

_______________________


"."
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! - Publicado Sex 22 Jun - 17:53

Aval

1. Vamos sempre deixar claro que os narradores possuem direitos de agir através de GM, sendo limitados apenas a não agirem de maneira absurda e ultrapassando todos os limites dos personagens enfrentados.

2. Para a segunda consideração, a do explosivo, ambos os lados possuem argumentos plausíveis, no entanto, como citado no (1.) o narrador possui um poder de agir dessa maneira, principalmente no ataque, logo consideramos que: a kunai voltou para Anzai e ele terá que se defender.

3. E para a primeira consideração, a do desvio, temos um impasse visto que recentemente tivemos um aval parecido sobre a mesma regra. No entanto, após uma conversa com o adm @Karma, confirmei que sim, isso se aplica a qualquer que seja esquiva rápida no jogo, logo caracterizando sim numa defesa invalida.

Algo mais?
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Chamado] Episódio: Finalmente Konoha! - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas