>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Kaidou
Genin
Kaidou
Vilarejo Atual
Ícone : [F] Treino Árduo 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[F] Treino Árduo - Qui 21 Jun - 12:47

Acordara mais disposto do que o normal naquela manhã de verão. Bem, Kaidou sempre acordara com uma animação exemplar, mas mesmo para os seus padrões aquele dia era especial. Decidira no dia anterior que se esforçaria ao máximo em seus próximos treinos, e naquela manhã iniciaria os seus esforços. Logo que acordou decidiu alimentar-se bem, comeu tudo o que encontrou pela frente, tendo em vista o futuro gasto calórico. Sempre tivera um metabolismo muito rápido, comia como um búfalo e não engordava sequer meio grama.

Fazia calor, podia sentir mesmo dentro de casa, o verão mostrava todo o seu potencial. Tomou um banho rápido, uma roupa leve e as típicas faixas nos punhos e antebraços, protegendo essas áreas tão castigadas. – Tudo certo, hora de partir! – Disse para si mesmo, pondo em prática o costume de falar sozinho ao incentivar os próprios treinos. Assim que saiu de casa iniciou uma corrida leve até o campo de treinamento, não queria se cansar inicialmente, apenas deixar que o sangue aquecesse lentamente, mostrando ao seu organismo o que viria pela frente.

Não demorou para chegar até a área de treino costumeira, já havia efetuado vários treinos naquele campo, que remetia-lhe a várias lembranças preciosas e outras um tanto doloridas. Sendo um membro do clã Lee, começara o seu treinamento físico desde pequeno, basicamente não conseguia recordar-se de quando deu o seu primeiro soco, certamente já estava lutando antes de aprender a falar. Seus pais sempre foram rígidos, no entanto mantinham um grande carinho pelo filho, deixando claro que a rigidez era necessária para se alcançar a devida disciplina, pois apenas pelo caminho da disciplina é possível alcançar a verdadeira excelência como um ninja.

Kaidou sempre tivera muito orgulho de seu clã, admirando-os por sua determinação de ferro e punhos de aço, que não se curvavam perante qualquer adversidade. Antes de qualquer coisa, pegou alguns pesos que já se encontravam no local e colocou-os nos pés e nas mãos. Eram pesos leves, que serviriam para dificultar o treino, mas que não o tornariam impossível. Em seguida, já com os pesos acoplados, resolveu iniciar uma corrida um pouco mais intensa ao redor de toda a área, colocando maior pressão nos músculos inferiores, forçando a sua capacidade aeróbica e a sua resistência geral.

Mantinha uma respiração bem ordenada, que desenvolvera nos treinos ao longo da vida. Dessa forma conseguia manter um bom ritmo por um longo período de tempo. A respiração era de suma importância, tendo em vista que uma má respiração poderia inclusive levar a uma fragilização dos músculos. Aprendera muito quanto ao funcionamento básico do próprio corpo com os treinos e com os professores, e agora colocava todo o conhecimento em prática.

Após cerca de trinta minutos de corrida, já havia dado várias voltas ao redor do campo de treino. Diminuiu a velocidade bem devagar, até parar completamente. Seu corpo já estava bem aquecido e todos os músculos do seu corpo encontravam-se acordados e bem dispostos. Ainda com os pesos nos braços e pernas, caminhou até um tronco rígido que já havia sofrido muitos golpes com o passar dos anos, posicionando-se à sua frente com uma base marcial sólida. Começou a dar socos retos e firmes no tronco, não visando a velocidade, mas sim a técnica e a força bruta, aplicando cada soco com paciência e o máximo de tensão que seus braços podiam gerar.

Os pesos nos braços tornavam o processo um tanto mais difícil, mesmo sendo pesos leves a dificuldade aumentava mais e mais à medida que os movimentos se repetiam e seus músculos se cansavam. – 233, 234, 235... – Contava cada soco com um grito alto e claro. Seus punhos, mesmo enfaixados, já começavam a sangrar superficialmente, mas a dor quase não lhe afligia, o sangue quente e a alta determinação que sempre lhe fora característica mantinham-no socando cada vez com mais força.

Finalmente parou de socar, havia se perdido na contagem em algum ponto próximo do número 500, mas teria que se dar por satisfeito, seus braços ardiam e seus punhos estavam dormentes, mas logo começariam a doer bastante, sabia bem disso por experiências anteriores. Retirou os pesos dos braços para deixá-los descansar, agora treinaria os seus chutes. As pernas já estavam bem preparadas, a longa corrida as aquecera e despertara os músculos inferiores por completo. Começou a chutar o tronco lateralmente, primeiro com a perna direita, chutando forte e rápido, mantendo a mesma base sólida de antes, fazendo o movimento completo de virada de tronco ao aplicar o golpe, intensificando-o.

- 300, 301, 302... A tora era castigada com cada chute, o suor escorria incessante pelo rosto do gennin, encharcando suas mechas brancas e irritando seus olhos acinzentados e obstinados. Assim que sentiu-se satisfeito trocou de perna, fazendo o exato mesmo processo, aplicando golpes rápidos e fortes com a perna esquerda. As pernas eram naturalmente mais fortes que os braços, sendo necessariamente mais resistentes, o que permitia-lhe continuar com o treino por mais tempo.

Por fim, resolveu intercalar os chutes, trocando de perna a cada novo golpe, o que ajudaria na velocidade de troca de posição durante a luta, assim como em seu equilíbrio e solidez. Permaneceu executando o mesmo exercício por mais algum tempo, até que por fim parou, quase totalmente exaurido. Mas não se daria por vencido ainda, decidiu forçar ainda mais a resistência de seu corpo. Colocou-se em posição de realizar o exercício de flexão de braços, mas permaneceu parado, sustentando o corpo com os braços e as pernas, imóvel por completo.
Inicialmente não parece ser um exercício difícil, mas com o tempo torna-se quase impossível manter a mesma posição, ainda mais após treinar por tanto tempo e ainda por cima mantendo o peso nas pernas. O suor escorria-lhe pelo corpo e pingava no chão de terra, molhando o solo. Permaneceu o máximo de tempo que pôde agüentar, alguns minutos pareceram horas, estava exausto e logo permitiu que seu corpo caísse por completo. Não fazia ideia de quanto tempo levara naquele treinamento todo, mas pela posição do sol a tarde começava a aproximar-se do fim.

Sentou-se no chão e retirou os pesos, lentamente devido ao cansaço. Ao final, levantou-se e caminhou de volta para casa. Pretendia comer por horas e depois dormir por anos, mas sabia bem que no dia seguinte voltaria para aquele mesmo campo, e inegavelmente aquilo lhe alegrava.

Spoiler:
Vida: 300 (3 pontos em stamina, mas ficha ainda não atualizada); Chakra: 200; ST: 01/05
200 pontos de status [Promoção do mês]
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [F] Treino Árduo - Qui 21 Jun - 12:53

@100 de status adquirido (dobrado pelo mês do up, ficando 200)
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.