>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler - Same] Despertar Secreto - Dom 10 Jun - 2:18



[Filler - Same] Despertar Secreto 708b5c70f85fecfbebec491ccf02cdb532e3238f_hq

O dia em Amegakure era claro como nunca tinha sido antes. Mas mesmo assim, a chuva era intensa, e o brilho do sol deixava aqueles céus, do Vilarejo que é lar dos renegados, um dos mais lindos dos últimos tempos. Same estava em sua casa. Já tinha passado alguns meses desde que fugiu de Kumogakure e decidiu viver sua própria vida, sem regras, sem leis, em Ame. Cada dia que passava, mais missões, pedidos e tarefas criminosas eram solicitadas a Kyo, o “Tubarão” como muitos o chamavam. Ele fazia tudo em busca de dinheiro, reconhecimento e o principal, agradar seu deus.
Quando se dava conta, recebia algumas batidas em sua porta. Logo que via pelo olho mágico, se dava conta de que era algum contratante. Rapidamente abria a porta, e a figura entrava em sua casa. Same fechava a porta, e a trancava. Sentava em uma das cadeiras presentes na sala, e indagava a figura. – E aí, qual vai ser a de hoje? – O homem então, tirava seu capuz, e se apresentava. – Vá tirando seu cavalinho da chuva se acha que isso aqui é algum contrato pra você. Você realmente cresceu... Eu estive esperando esse tempo todo, você sair daquele Vilarejo idiota, aquela cela em formato de montanhas... Same, temos muitos assuntos a tratar. – Kyo criava um grande olhar de ódio em sua face, e sem hesitar, pegava sua espada, e fazia uma postura de ataque contra o homem. – QUEM É VOCÊ? COMO SABE A MERDA DO MEU NOME? E COMO ASSIM “VOCÊ CRESCEU”? – O homem então, começava a falar realmente o que estava fazendo ali. – Same, se não fosse por mim, você não estaria aqui respirando e falando comigo nesse exato momento. Eu nunca te falei meu nome real, mas eu me chamo Shoto. Por muito tempo, as pessoas não acreditavam em mim, e me achavam louco, quando eu dizia que você não era amaldiçoado. Eu sempre soube que você era abençoado, mas não sabia exatamente seu dom. Por isso, em uma certa época, decidi deixar você seguir seu próprio caminho. Temi que virasse um desses patriotas fodidos, que defendem a porcaria da Vila, que é liderada por um Kage que só pensa no próprio rabo. Tsuchikage, Raikage, Hokage... Tudo farinha do mesmo saco. Eu sabia que você não era desses. E hoje tive minha expectativa realizada. Você seguiu os passos como eu queria. Eu sou seu sensei Same-kun, e retornei, para lhe ensinar muito mais do que você aprendeu naquela época. Afinal, hoje você é praticamente um homem. – Same arregalava os olhos, de forma que a expressão de assustado em seu rosto, lhe causava um verdadeiro estado de choque. Ele não sabia o que interpretar, como interpretar, nem lidar com a situação. – Shoto... Você me salvou dos meus pais... Mas, porque retornou agora? – Dizia após recuperar seu estado normal. O homem, que estava sentado, se levanta, e retira por completo a blusa que acompanhava o capuz tirado anteriormente.
Então, respondia. – Sabe Kyo, seus pais foram muito imbecis de tentarem o matar. O único jeito que achei de você sobreviver, foi lhe oferecendo a Jashin. E agora, eu mal tenho relação com ele. Todos os servos Jashin estão sendo caçados, depois de algo terrível que aconteceu. Mesmo assassinos, mercenários como eu, como você se tornou, não entenderia tal crueldade no coração dessas pessoas, e muito menos seu poder. Eu vim até aqui, para terminar de te dar tudo o que te pertence. Sua verdadeira linhagem, seu verdadeiro poder, seu verdadeiro “eu”. Seus pais eram grandes assassinos, e seus feitos por Kirigakure foram realmente muito impactantes. Eles eram assassinos natos. Parecia que eles cometiam assassinatos desde quando eram míseras crianças. Mas sua mãe, tinha uma linhagem. Ela pertencia a um clã. Seu pai não tinha nenhum poder de linhagem sanguínea, nem algum Hijutsu como você tem a imortalidade. Mas ele treinou e se tornou forte. Sua mãe fazia parte de um clã, de nome Kurama. Esse clã, foi temido por décadas, e muitas histórias ficaram somente em boatos. Somente um membro, de tempo em tempo, nasce com as verdadeiras habilidades do clã. Essas habilidades estão ligadas a Genjutsu. O Genjutsu desse indivíduo nascido com o dom, são capazes de causar danos diretos ao cérebro do afetado pela ilusão, sendo completamente diferente dos Genjutsus comuns. Levando em conta que pouquíssimas pessoas são hábeis a utilizar ou sair de uma ilusão, essa técnica é praticamente imbatível. E como já deve ter entendido, você é essa criança. Sua mãe não quis te matar, porque você era “doente”. Ela queria, por ódio, porque todos do clã sabiam que você era a criança escolhida para isso. Mas, como já deve ter pensado, terá de abrir mão de sua imortalidade para isso. Eu vim até aqui, para lhe ajudar a despertar finalmente esse poder, e controlar. Mas, antes disso acontecer, precisamos resolver uma coisa. Estou devendo alguns Ryous para um cara, e recebi uma missão para matar esse mesmo cara. Achei que fosse uma boa você ir comigo. – Logo, Same não dizia uma palavra, e aceitava ir junto de Shoto. Eles saíam pela porta, com calma, sem nenhuma pressa ou ansiedade. Same começava os questionamentos em série. – Shoto-sensei, Porque isso me ficou oculto por tanto tempo? Já parou pra pensar em quanta coisa eu poderia ter feito se eu tivesse tanto poder assim. – Dizia o garoto. Ele continuava a dar passos firmes, seguindo Shoto sem fazer ideia pra onde estava indo. – Bom, o motivo é simples. Você precisaria de maturidade para entender tal poder. Genjutsu em si já é perigoso. Mas para crianças, ainda mais descendentes de Kurama... Bom, não precisa de tantas explicações. Vamos terminar logo essa missão. Agora anda, vamos nos separar. Tem um grupo de Jashinistas, e um dos homens que devo está lá. Ande, vá ao norte daqui. – Shoto seguia separado de Kyo agora.
Já havia passado alguns dias desde que o garoto Kyo chegava em Amegakure. O Vilarejo da Chuva era seu novo lar, e era um lugar onde ele se via bastante entusiasmado. Ele saía do caminho que estava com Shoto, pensando no seus primeiros dias em Ame. A caminhada era de alguns metros até um caminho feito de terra, que agora era puro barro devido a chuva, mas antes que pudesse chegar até o local que era indicado por Shoto, era parado por um homem.

- Carne fresquinha... Nunca o vi por aqui azulzinho. - Dizia o homem estranho. Kyo dava um leve sorriso de canto, e respondia o homem. - Faz pouco tempo que estou aqui. Já ouvi boatos sobre esse Vilarejo, então se for me roubar, eu to zerado cara... - O homem tirava seu capuz, e respondia a piada do garoto. - Não estou atrás de dinheiro. Essa Vila tem seus meios de sobrevivência, e não é qualquer um que entra aqui numa boa. Para ficar aqui, vai ter de fazer algo. Tome. Um grupo de ninjas renegados estão realizando seitas religiosas por ai, e isso está chamando a atenção de outros Vilarejos. Busque por informações e os elimine. Se assim for completa, poderá residir aqui, e lhe darei uma posse de um lar. – O homem desaparecia em meio a chuva que não parava de cair, antes que Kyo pudesse responder. Já partia em direção ao portão secreto do Vilarejo, e caçava indícios sobre. Andava por algumas estradas, e nada.

Mas, pra sua felicidade, escutava de longe alguns gritos. Seguia na direção do barulho, sem hesitar. Estava lá. Quatro encapuzados, rodeando uma mulher, esfaqueando a mesma inúmeras vezes em sua barriga. Rapidamente Kyo saca sua Samehada, em velocidade máxima, corre em direção ao grupo, executando três dos encapuzados. O único restante, foi ferido apenas em seu braço. O sangue do indivíduo ficava em sua espada, e ele indagava o rapaz. - Que merda é essa que estão fazendo? Somente Jashin é digno de receber sacrifícios. Além disso, essa gracinha ai está atraindo movimentação de Jounnins dos Vilarejos. A que religião pertencem? - O rapaz tenta correr, e Kyo, lambe sua espada, introduzindo o sangue do rapaz em seu corpo, e fazendo um círculo no chão, em formato de pentagrama. Seu corpo é tomado por uma coloração totalmente negra, e desenhos brancos formando uma caveira em sua face. Pegando uma kunai, ele enfia em seu coração, e dá um grande sorriso junto de grito. - JASHIN-SAMA, MAIS UM PAGÃO PARA O SENHOR !- O rapaz caía ao chão. Kyo resgatava o corpo de todos, inclusive o da mulher, e jogava em um rio.

Após isso, retornava para encontrar-se com Shoto. – Muito bem Same-kun. Agora, leve consigo este pergaminho. Você deverá treinar, estudar e aprender como liberar a técnica. É algo um pouco difícil. Ao ler o pergaminho, acho que sentirá medo ao ver os sintomas das técnicas. Mas eu te prometo filho, que isso vai ser uma arma muito poderosa em suas mãos. Você é um Kurama. Esqueça o que pertence a sua mãe, e seja você mesmo. Seus pais não o quiseram, mas eu, lhe transformarei no shinobi mais poderoso da história.


Considerações:
Filler simples, 1524 palavras para a troca de Clã/KG/HI. Jashin para Kurama.
-
Tenshin
Jonin | ANBU
Tenshin
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler - Same] Despertar Secreto 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t66477-fp-hakken https://www.narutorpgakatsuki.net/t66476p30-g-f-hakken

Re: [Filler - Same] Despertar Secreto - Dom 10 Jun - 9:26

@Aprovado

_______________________

[Filler - Same] Despertar Secreto Giphy
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.