>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Julian Kyor
Tokubetsu Jonin
Julian Kyor
Vilarejo Atual
Ícone : [ FILLER ]  JULIAN KYOR Images10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70385-f-miyamoto-musashi-ii-15y https://www.narutorpgakatsuki.net/t70497-gf-musashi-ii

[ FILLER ] JULIAN KYOR - em 8/6/2018, 00:25

O túnel do tempo se revigora mais uma vez em minha mente, carregando-me para mais uma das fortes lembranças de convívio e histórias que pude compartilhar com meu amado e forte avô, jounin famoso de Konoha, e grande apreciador do poder e dos princípios como base. Era um ídolo que me acompanha nas mais diversas situações me dando lições e me provando a fraqueza das minhas atitudes e forças, o que refina por demasia seu querido neto e o torna mais pra frente um dos mais renomados e poderosos ninjas pisar nesse mundo (Porém não continuemos com spoiler ou apostas talvez equivocadas). A brisa leve da maravilhosa Konoha, faz parte mais uma vez dessa memória engrandecedora, a natureza considerada uma das mais lindas, vastas e equilibrada de todos, é paisagem para grandes memórias e para grandes e admirados ninjas que nela já pisaram. Meu cabelo bagunçado e dourado balança esvoaçante, e o kimono, por não ser babylook, segue o mesmo movimento, a pele morena acostumada com a sol as vezes forte demais, as vezes forte de menos, carrega um amontoado de calejados pelos treinos intensivos de até agora, ironicamente, esses calejados nem chegam aos pés dos presentes no corpo moreno do meu vô, o cabra é fia da pé, com uma disciplina de outro mundo, o cara não deixa de treinar um dia sequer, mesmo com toda força acumulada até aqui, reflete e escreve sobre as grandes lutas que já passou, formulando junto a mim formas de ter tido uma luta melhorar, quais erros ele cometeu e como poderiam ser consertados, ataques que poderiam ter resultado em algo melhor, mas por vacilos acabaram por complicar a situação da luta.

Hoje era mais um dia de treinar uma luta x1, contra meu vô, por isso, queria treinar alguns novos movimentos, combos e armadilhas resultados das minhas reflexões matinais, pois acabei por perceber brechas comumente reveladas durante meus movimentos, e isso não posso permitir, se quiser ser um grande ninja. A bolsa ninja, estava preparada, as técnicas básicas todas haviam sido aprendidas, nada que me fosse haver dificuldade, pois por treinar desde pequenino adquiri uma intimidade ímpar com meu chakra, sabia controla-lo como controlo minhas mãos, e talvez tenha sido graças ao meu velho, ô homi pra me ajudar e me fazer evoluir, não sei o que seria sem ele, mas nem penso nisso, pois sei que estaria perdendo tempo, invés de estar treinando ou refletindo sobre ideias de batalha, chakra, jutsus. Careca como era, ele estralava alguns membros e por último me encara mortalmente, dando total importância àquele momento, isto é, sua seriedade era como se fosse lutar contra um inimigo, não fazia corpo mole, ou pelo menos não indicava isso, ele era um baita homem. Imagine um mover a câmera lenta, no qual com a mão destra a conduzia para sacar uma kunai enquanto esperávamos um lenta folha no seu movimento parabólico encostar no chão.
O cálculo é feito com êxito, e logo que a folha cai, a mão chega para sacar a arma, que retirada ganha um tarja explosiva posta pela outra mão, enquanto as pernas ligeiras voam baixo na direção do meu adversário de palco. Ele não se mantem parado, e corre também, porém sem usar sua técnica característica para impulsionar essa velocidade, enegrece seu punho talvez percebendo a kunai explosiva que vem em sua direção. A explosão acontece, afinal ele não esquiva, mas logo que a defende soca o chão desestabilizando-o e erguendo grandes rochas, enquanto num piscar de olhos surge no ar vindo com um poderoso soco em queda livre, entretanto, a fumaça da explosão me dá um tempo precioso para criar dois jutsus, uma clonagem imaterial e alguns henges malandrinhos, eram 5 clones que observam-o vindo com seu soco de cima, eles com suas kunais se prontificavam para talvez atacar mas em alguns milésimos, o soco entra entre os bunshins, acertando apenas um e carregando uma força sobrehumana, que afunda e racha o solo, elevando a cabeça de muitas rochas, e criando uma energia que de tão potente feriria quem estivesse próximo e assim os clones foram afetados. Era o esperado, assim eu o atrai para justamente para o centro dentre os clones, que foi rodeado por 5 kibaku fudas, cada uma escondida debaixo dos bunshins, coladas no chão, e com o impacto elas se revelam, próximas e cercando o ninja, e com mais um pitada de estratégia, ergo todas ao redor dele rapidamente, deixando-as muito próximas dele, a partir de linhas de aço que escondidas pela transparência conectavam as kibaku fudas a uma kunai em minha mão, e quando arremesso a kunai pra cima, as tarjas descolam do chão e sobre se concentrando no centro, no exato lugar que meu velho estava, e para evitar ao máximo sua defesa, explodem em conjunto aumentando em 5 x o dano do que se fosse uma só.

Toda esse engenhosidade, gera uma grande fumaça, que é cortada por um simples ataque do meu adversário, revelando sua armadura rachada em alguns pontos, principalmente nas partes superiores do corpo. Ele logo olha pra seu campo de visão procurando a mim, só que esperando o momento exato entre o fim da fumaça e seu olhar atento, me posiciono acima dele com um shunshin para o alto e com um outro movimento, desço com uma mãos para perfurar um dos pontos em que a armadura foi rachada, com a kunai que antes havia sido jogado para o alto. Era uma sequência para evitar que ele raciocinasse muito e pudesse me dar uma brecha. Os movimentos rápidos me leva a conseguir pegá-lo no seu ponto cego onde havia uma rachadura, e achando que iria perfurar, percebo que ele fingiu sua baixa guarda, e num taijutsu de apoio aparece nas minhas costas, desferindo um chute potente, a jogar longe meu corpo, semelhante a uma bola quicando no chão e arrastando até parar. Notável era minha fraca resistência e a necessidade de ter algo para me precaver disso, igual a ele com a armadura. Concluo dois defeitos meus, a velocidade e a resistência, embora a estratégia quase funcionou. Cuspo sangue pelo ataque sofrido, me rejeitando a ficar no chão, ergo-me forçosamente encarando meu adversário que levou bem a sério aquela luta, porém um dos joelhos cai e sinto uma fraqueza no corpo, e, surpreendendo-me por completo, sinto um pano molhado sobre o ombro, e uma pomada que era passada nas costas raladas, me viro de olhos arregalados e encontro um lindo rosto de cabelos longos de cor negra, que timidamente dava um sorriso de lado. O coração estranhamente salta enlouquecido, e uma sensação de paz e alegria toma conta da minha alma...(Próximos episódios)

CONSIDERAÇÕES:
1109 palavras
Material ninja intacto
HP 350/ CH 350
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [ FILLER ] JULIAN KYOR - em 8/6/2018, 00:36

@
-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.