>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

APOTHEOSIS
Genin
APOTHEOSIS
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Hatake Hana (APOTHEOSIS) 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[Fillers] Hatake Hana (APOTHEOSIS) - 28/5/2018, 05:24

[Fillers] Hatake Hana (APOTHEOSIS) FaithfulConventionalChimpanzee-size_restricted

Capítulo 1 - Graduação

Spoiler:
Iwagakure; Primavera; 5:30am; Casa de Hana.

Depois de algum tempo acordar-me neste horário tornou-se um hábito. Sempre seguindo a mesma rotina de acordar cedo, tomar um ducha e então meditar. Olhando para janela, eu vejo pela fresta que ainda não amanheceu mas o cheiro no ar deixa claro que, logo, amanhecerá.
Esfrego meu dedo indicador, da mão direta, no canto do olho direito e, logo em seguida, no canto do olho esquerdo, para remover as ramelas. Me destapo e então levanto, me espreguiço e vou tomar um ducha, como de costume. Sentir aquela água escorrendo por cada pedaço do meu corpo é uma das melhores sensações, fechando os olhos posso me sentir imersa no mar, dá forma mais bela e pura. Fecho o chuveiro e, primeiramente, enrolo uma toalha em meus longos cabelos prateados, logo, seco meu corpo e enrolo uma toalha, no mesmo. Vou caminhando em direção a cabeceira perto da cama e visto a roupa que havia, previamente, separado. Depois de arrumar tudo, penduro as toalhas e sigo para área da varanda. Sento me em posição de lótus, entrelaço meu dedos de ambas as mãos. Equilibro e aprofundo minha respiração em movimentos lentos de inspiração e expiração, mantenho sobre controle minha pulsação e meus batimentos cardíacos, me torno um com esse universo. Oque ele sente, eu sinto. Aquela crescente de energia passando por cada ponto do meu corpo, e a forte brisa interior, que mais se parece com uma calma tempestade. O ciclo se completa a cada respiração e o chakra se mantém fluindo por cada meridiano, na mais pura forma. Então os olhos se abrem e se dão de conta aquele caloroso amanhecer de um novo dia. A esperança se renova e os objetivos nos atraem.

Devo estar ficando louca... — Resmungo falando sozinha. — Está quase na hora de ir para academia fazer a prova. Nem parece que faz um ano desde vim morar sozinha em iwa. Realmente, sou madura para minha idade, me falaram que um garota não devia ficar sozinha.... Mas esse sentimento é o melhor — Depois de checar se tudo está em ordem, pego minha white chakra blade e a acoplo a minha cintura, do lado esquerdo, então saindo pela porta, depois de tranca-lá, vou para a academia, e em minha cabeça apenas pensamentos sobre prévios estudos sobre a prova, sabia que estaria pronta e apta para passar, seria fácil.


~ Entrada da Academia;

*Devo ir para minha classe, não quero perder tempo, mas não preciso ser apressada, também.* Caminhando para classe e observando as pessoas ao meu redor, algumas pareciam estar bastante nervosas, será que não se prepararam... Que azar. *Até que enfim cheguei* Abro a porta da classe e entro, alguns olhares são voltados a mim, nada de mais, sempre fui fechada e minha falta de habilidade social só piorava isso. Fui direto para meu acento e esperei até o inicio da prova enquanto divergia alguns pensamento; *Preciso incrementar meu treinamento, será que é uma boa hora para aquilo? Com certeza, esse método é muito bom e trás resultados efetivos, treinar minha mão esquerdar tanto nas tarefas diárias quanto no treinamento, ajuda a aumentar meu controle sobre ela, deixar as duas no mesmo nível me ajudará muito no futuro.* Então é isso, eu já havia treinado um pouco, mas, agora irei usar minha mão esquerda para escrever, inclusive para fazer a prova. Algum tempo se passa e o professor entra na sala; — Então é isso, pessoal. Hoje é a primeira parte do teste de graduação de vocês. Espero que tenham aprendido nas aulas e quero que todos passem. E saibam que independente do resultado, seu professor tem orgulho de vocês. — Ele dizia enquanto o assistente terminava de entregar as provas. — Boa prova, crianças!!! Podem começar, vocês tem uma hora e meia. Boa sorte — Então o silêncio tomava conta do local e todos começaram a se concentrar apenas nas provas.

Olhei para minha prova e as questões eram sobre as classificações dos jutsus básicos (Ninjutsu, Taijutsu e Genjutsu) e dar um breve explicação sobre utilização.
Um sentimento de felicidade tomava conta do meu corpo e em um momento de impulsividade, acabei gritando; — YEAAAAH! — O professor me olhou, os alunos me olharam, senti-me envergonhada, me desculpei e continuei a prova. Comecei com a explicação sobre ninjutsu e sua utilização, as formas do chakra puro e elementais. Como eu não tinha amigos, passava muito tempo na biblioteca; Passei bastante tempo lendo, sobre tudo que podia. Então com minha mão esquerda, lentamente, como não havia total controle ainda, comecei a dissertar sobre o ninjutsu. Minha escrita estava legível mas não estava perfeita, devo ter muito mais treinamento. Terminando a primeiro, começo a escrita sobre genjutsus. Ilusões e seus meio de utilização. Nunca gostei tanto desses tipos de jutsus, não são nada bonitos, além de serem covardes. Escrevi oque eu sabia, ainda com a minha mão esquerda, algumas vezes tremia, mas nada que deixasse a escrita incompreensível. Então chegou o meu favorito; Taijutsu. Nem de perto as outras duas chegariam a beleza de usar o próprio corpo para mostrar poder; A força, a forma e as técnicas. Taijutsu, de longe, era a mais bonita arte ninja. Escrevi com gosto e mais do que as outras últimas duas. Levei o dobro do tempo que levaria devia a estar escrevendo com o braço que não era meu dominante, mas que estava destinado a se tornar semelhante, e me dar o controle de ambos. Terminando a prova, demorei cerca de quarenta e cinco minutos, entreguei-a para meu professor que ao passar o olho, ficou tanto surpreso quanto oque eu havia escrevido de linhas. Retirei-me então, peguei minhas coisas e segui, da academia, para minha casa, para descansar que, no próximo dia, havia teste de pontaria.

5:00am; Casa de Hana.
Repete-se minha rotina; Banho, Vestir e Meditar. Só que hoje, em questão, havia acordado mais cedo para treinar sua pontaria com o braço esquerdo antes da prova final. Era seis hora da matina enquanto eu andava pela vila até o terreno baldio perto academia para treinar.
Um garota de doze anos, as seis horas da manhã, em um terreno baldio. Quão fodido pode ser perseguir seu sonho, né. Então lá estava eu, no terreno, de frente pra grande árvore que eu costumava treinar. Eu havia pendurado um circulo, feito de cordas grossas e entrelaçadas, para não machucar a árvore.

~ Distância inicial: três metros

Meus olhos estavam treinados, das escultas que eu havia feito com minha familia há um tempo atrás. Com meu braço dominante, o direito, saquei uma kunai, queria testar meu controle, então mirei bem no centro e atirei usando total potência. Certeiro! Nada com que me preocupar até ai. Fui na direção do alvo, retirei a kunai, afastei-me os três metros e troquei de mão para esquerda. Minha determinação de ser a primeira ninja da familia não era pouca coisa. Então determinei o ponto, no alvo, e com força e concentração total, arremessei. Acertou o alvo, mas não o ponto. Passou longe. Era considerada um prodígio, mas nunca levava status em consideração. Minha determinação e esforço que me concederam tal título. Fui até o alvo, retirei a kunai, voltei pro lugar e tentei novamente. Desta vez aceitei próximo ao centro, mas ainda faltava algo. Tentei mais um vez e consegui. Três tentativas e um sucesso. Eram apenas três metros. Era um aquecimento pro real exercício.

~ Distância Final: cinco metros

Os primeiros arremessos me deram o entendimento de que oque faltava além da dominação do braço esquerdo, era o balanço. Eu precisava atingir o mesmo nível de equilíbrio, arremessando com o braço esquerdo como que com o direito. Me posicionava a distância, então repetia movimentos de lançamento, mas sem lançar, á tentar achar a posição mais confortável e que melhor se adapta a mim. Em meio a isso, eu havia percebido a mudança que era exercida no pulso, então preparei-me, mirei no centro do alvo, e em um belíssimo movimento, arremessei a mesma que foi, de forma rápida e limpa, em direção ao alvo. Primeiro círculo, três centímetros do alvo. Talvez a deusa da sorte... Não esse tipo de coisa não existe, foi o esforço e o entendimento. Fiz mais algumas sessões de arremesso e não cheguei a acertar o centro ou onde eu havia mirado e nem cheguei mais tão próximo do centro, como nesse primeiro arremesso. Mas, nenhuma errou o alvo.

~ Começo da prova de pontaria; 8:00am

Sem perceber duas horas haviam se passado, havia chegado para treinar ás seis da manhã e acabei saindo as oito. Ainda a tempo para a prova, não estava me sentindo nada exausta, ao contrário parecia que havia tomado um choque de adrenalina.
Logo que cheguei a academia, fui a área de testes para encontrar o professor e o resto dos alunos; Ele chegou a perguntar o porque de eu estar suada, mas por causa de alguns acontecimentos minha habilidade social é bem fraca, então apenas acenei e fiz um gesto de desculpa pelo pequeno atraso e segui para meu lugar. Todos estavam posicionados em fila indiana, três filas com cinco pessoas cada, o teste era que cada uma tinha cinco kunais para serem lançadas e para passar era preciso que quatro acertassem. Eu era a terceira da fila. A primeira pessoa acertou, apenas, duas; a segunda acertou as quatro e passou. Era a minha vez, eu queria impressionar o professor, mas também queria arriscas minha habilidade em uma prova real, mas deveria me garantir antes, então com a minha mão dominante, a direita, arremessei uma kunai, quase no centro, então outra, próxima a primeira que joguei, então a terceira á oito centímetros das duas primeiras; Haviam sido três até que a quarta, eu mudei de mão. O professor logo reparou e ficou a me observar, logo como alguns alunos; É agora, que eu preciso provar, tanto pra mim mesma como para eles, que eu merece estar aqui. Então, seguindo meu treino, já havia reparado no balanço e estava treinando bastante minha mão esquerda com a escrita, então arremessei e passou raspando na extremidade do lado direito. Cinco kunais, quatro lançadas, três acertos; Essa é a última e, ou eu acerto ou eu fracasso, irei trocar de mão e assegurar a graduação, ou... *Assegurar? Eu sempre fui contra a acomodação, eu preciso quebrar essa barreira, o sabor desse objetivo completo!* Então fechei meus olhos, posicionei meu corpo, senti o ar circular, aprofundei minha respiração, senti até mesmo o peso completo da kunai em mistura com meu corpo, abri meu olhos e lancei em direção ao alvo, se mirar em nenhum ponto em particular; E lá estava, Eu sabia que tudo isso daria resultado, meu trabalho duro é meu maior dom. Depois de um dia cansativo, de uma calorosa graduação; tive que ir direto para casa descansar e, mais importante de tudo, traçar meus novos planos.


Falas;
(—) Falas da Hana.
(*) Pensamentos da Hana.
(—, colorido) Demais personagens; neste caso apenas o professor, falou.

Requerimentos;
Palavras necessárias: 1000 + 400 (extra para qualidade)
Palavras totais: 1828

Recompensa(s) Solicitada(s);
Pontos Status: +100
Ponto(s) Databook: +1
Qualidade: De 1 ponto (Ambidestria)
Ambidestria:
Ambidestria (1)
Tipo: Treinável.
Descrição: De modo a tornarem-se mais ágeis, diversos personagens treinam a capacidade de utilizar ambas as mãos igualmente capazes com coordenação motora perfeita.
Bonificações: Pode-se utilizar ambas as mãos com maestria usando armas diversas e outros fins.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Hatake Hana (APOTHEOSIS) - 28/5/2018, 07:43

@App as recompensas +100 status +a qualidade. Pontos em databook não são ganhas de filler, somente por treino, treino amigável ou por uma certa quantidade de missões feitas. Ponto de databook negado.
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.