>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] Purgatório - 6/2/2018, 20:33


</div><br /><center><div style=
UM NOVO DESTINO!

Kumogakure, aquele nome que antes fervia meu sangue e movia minha espada, e banhava-me de determinação, hoje nada mais passava de um simples vilarejo triste e morto, caindo nas brechas escura de uma pacata vila normal, Kumogakure aos poucos mais se assemelhava a Iwagakure, mas algo prendia a jovem sábia naquele lugar, o que lhe prendia? Era fácil responder, no momento do seu próprio questionamento a imagem de Yoshiro, Chara, Denmo surgiram em sua cabeça — Denmo me seguiria, Chara também, mas Yoshiro, ele tem uma vida a viver, e mesmo assim, poderia eu mudar a vida de todos apenas por puro desprazer? O problema não era o vilarejo, o problema sou eu —.

Se for ela a descendente dos nobres Shihoin, por que não era ela que estaria a frente daquele vilarejo? Kuroko não lhe impedia, mas era a pedra atual em seu caminho — Creio que pense como eu, uma criança que domina a Kurama e assume a responsabilidade de um vilarejo, Yoruichi-san, isso é bastante errado — ressaltou Chomei, sua voz agoniava em bravura e raiva, as coisas ligavam aos poucos e reorganizavam-se na mente de Yoruichi, mesmo que fosse necessário ainda um tempo para refletir, poderia ali surgir uma nova ideia e esperança — Kumo precisa mesmo da minha saída? Ou da minha liderança? —  falou Yoruichi, apenas para si e Chomei.

Andou sem pudor até as redondezas de uma grandiosa montanha, o vento frio tocou a pele e anunciou a chegada do fantasma do passado, o frio lhe assombrava com uma antiga lembrança única dos tempos em que viveu embaixo da chuva, o cheiro do metal se fez presente do local, o corpo da ninja caiu em direção a neve moldando um pequeno formato na neve branca, a imagem de seus falsos pais veio em sua mente — Yoruichi, comporte-se, e não solte minha mão, você sabe que aqui é um lugar perigoso — repreendia a lembrança de sua mãe, engraçado a forma como sempre demostrou suspeita que se escondia, a forma de como prendeu a garota a si por diversos anos, mas a jovem mal chegou a desconfiar, naquele momento a lagrima escorreu entre sua bochecha e tocou a neve, congelando-se em seu rosto.

A pegada na neve, o desenhar do golpe, o corte no vento.

Um ataque surpresa que nem mesmo a ninja foi capaz de prever, o barulho da espada foi o que entregou o golpe, no momento a única reação foi fazer o corpo girar para que ganhasse equilíbrio, e assim retornar aos pés fixo no chão, vislumbrou a sombra coberta por um capuz com um sorriso intimidador, sua espada era fina e afiada, semelhante a Monohoshi, avançou com um sorriso que desejava apenas a minha morte, a espada tinha cores negras e podia visualizar claramente a corrente elétrica que corria nela, Yoruichi observou calmamente o avançou, e foi rápido no contra ataque. Tink, fez o barulho das espadas ao se chocarem, quem era aquele? O que queria? Qual o motivo do ataque? A resposta já desejava, mas a boca não perguntava.

O confronto foi intenso, tão rápido que Yoruichi não tinha tempo de ao menos algo fazer, a espada que não se podia ver lhe atribuía uma única impenetrável defesa momentânea — Tu não eres a primogênita e descendente dos Shihoin? Por que recuas? Avance, mostre-me suas habilidades, pois se não, será questões de segundos até você cair — recrutou. As espadas continuaram a se chocar, Yoruichi ignorava totalmente as falácias da inimiga — Já tem a honra de lutar comigo, ainda deseja que eu use todo meu potencial? Como você mesmo disse, sou a herdeira e primogênita dos Shihoin, nenhuma habilidade especial foi me atribuída ao meu sangue, pois eu sou minha própria habilidade, em nome de Yoruichi Shihoin, você cairá hoje — bravejou contra a inimiga, em um ataque rápido e único o primeiro dos golpes foi acertado, um corpo de forma limpa no pulso da inimiga.

A espada foi jogada para cima, e em um pulo para trás segurada com a outra mão — Maldita, como ousas me ferir? Não teme a própria morte? — a tempestade de neve chegou a campo de maneira surpreendente, a ninja coberta pelo capuz teve o rosto revelado, a estranha feição da mulher que nunca antes teria visto — Iwa te busca, e eu lhe levarei — os olhos vermelhos afiaram todo o campo de batalha, com apenas uma mão apenas a lutar, a espadachim avançou de forma única, Monohoshi foi colocada a posto para defesa, mas o golpe não era provido pela espada, um erro de Yoruichi, o chute lhe atingiu-a em cheio ao estomago, o sangue foi cuspido para manchar a toda neve, arremessada longe com tamanha força foi, o impacto provido pela pedra afundou a parede, Yoruichi caiu ao chão tossindo sangue longe, tudo estava acabado, o combate estava acabado, Yoruichi teria perdido?

— NEEEEE-SAN — gritou a voz, era abafada pela neve, mas fácil de perceber, Yoshiro gritou.

Os olhos abriram em resposta ao grito de seu irmão, a guerreira que já preparava para afogar a espada no peito de Yoruichi teve a atenção desfiada pelo grito, apontou a mão em direção ao grito e decretou com as palavras — Morra desgraçado — o raio carmesim saiu de suas mãos, partiria em direção ao menino com rapidez, a energia natural cercou ao corpo de Yoruichi imediatamente e lhe anunciou a postura de uma sábia, tão veloz se levantou e utilizou de impulso a própria parede, se colocou diante do irmão e se permitiu ser acertado com toda a ferocidade do ataque, o raio poderia ser sentido até nos ossos de Yoruichi, retornou a cuspir sangue e anunciar a postura ofegante, mas sem perder a determinação, a espada foi posta em sua frente notificando a posição de defesa — Meu irmão não, sua vadia — brincou com um sorriso irônico no rosto, dessa vez o sangue reunido entre a saliva era cuspido por próprias intenções da ninja, o rabo balançava deixando escapar os fragmentos de pensamentos da ninja, até que finalmente resolveu retrucar.

— Fixe os pés no chão, permita que ela venha, e libere tudo de uma forma impetuosa, faça isso Yoruichi — aconselhou Chomei, quase que da forma como foi ensinada pelo seu pai falso a ninja assim fez, os pés fixos esperaram o novo golpe, mas dessa vez era diferente, os olhos aguçados pelo reflexo do modo sennin era mais que o suficiente para perceber o exato momento em que o ataque era desferido, mesmo sem forças o momento foi mais do que perfeito, a espada foi revelada a aquela pobre mulher no seu ultimo segundo de vida, num movimento único cortou ao corpo da mulher em dois, a dividindo completamente — Te permitirei vislumbrar da espada que lhe mata, apenas por minha honra — falou Yoruichi, um único som de agonia foi dado como resposta, se conseguisse formular a palavra, seria apenas um aviso — Desgraçada —.
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.