>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Kento
Kento
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers Yamanaka Kento 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Fillers Yamanaka Kento - 23/12/2017, 16:06

O aprendizado da madeira

Rotinas normalmente são entediantes para a maioria das pessoas, mas o menino Kento jamais percebeu algo dessa natureza. O garoto foi criado pra ser disciplinado, aceitar ordens e o funcionamento do que está a seu redor. Assim é desde aprendeu suas primeiras palavras. A propósito, há algo de curioso em sua história: a primeira palavra que ele aprendeu foi “探す”, buscar. Essa é a história de um menino que desde sempre aprendeu a buscar coisas, informações, e tem feito isso em praticamente todos os dias de sua vida até então. No episódio de hoje, haverá um foco maior para um acontecimento em particular: a busca por métodos de busca.
 
Filho de uma família de ninjas rastreadores aposentados, Kento desde sempre conviveu com pais que adoravam falar sobre espionagem. Não por acaso, o garoto é extremamente interessado por essa arte, e não pode evitar estuda-la. A livraria de sua família tinha uma seção só desse assunto, e o garoto lia incansavelmente muitos livros dali. Porém, há algo importante para compreender o que vem a seguir: o menino, além de ler, era apaixonado por desenhar também. Ele projetava tudo: brinquedos, casas, livros, armas, paisagens. Em sua mente havia um grande espírito criativo que o impulsionava a querer obter substrato em conhecimentos de diversos autores para inspirar suas criações.  Certa vez, inclusive, o menino encontrou no estoque da livraria um caderno com o símbolo de Sunagakure no Sato, cujo título era “esboços  pessoais de bonecos auxiliares”, no qual havia uma série de desenhos de marionetes. O menino jamais havia visto uma, mas já tinha ouvido falar em ninjas do passado que se aproveitavam dessa arte. Folheando o caderno, viu um modelo de uma pequena marionete voltada para a espionagem. Rasgou aquela página em segredo, guardou-a em seu bolso e ficou com aquela ideia em sua mente. Antes de poder trabalhar com qualquer marionete, contudo, ele precisava saber manejar madeira.  Decidiu buscar ajuda.
 
Durante a janta, no mesmo dia que encontrou o caderno de Suna, perguntou ao seu pai se ele conhecia algum marceneiro por Konoha que pudesse ensiná-lo alguma coisa. O pai perguntou-lhe:
 
“Ora, filho, andou lendo sobre Mokuton, é?”
 
“Ahn, Mokuton? O que é isso, pai? Não, eu só quero aprender a fazer coisas com madeira mesmo”
 
O pai, rindo, respondeu: “Ah, sim, entendi... bem, tenho um conhecido no outro lado da vila que faz móveis, se você quiser posso leva-lo até lá para conhece-lo”
 
Assim ficou acordado. No dia seguinte, acordaram cedo e foram até o lugar dito pelo pai no dia anterior. Era um espaço amplo, com um pátio de terra no qual se distribuíam alguns galpões de metal. No interior de cada um deles, podiam ser vistos pedaços de madeira, troncos de árvores e pranchas de diversos tamanhos, empilhados. No centro, havia uma casa, da qual saía um barulho estarrecedor, agudo. Era a máquina que cortava madeira. Dentro da casa, estava o proprietário da loja, um senhor de 55 anos chamado Abe.
 
Kento foi apresentado a ele por seu pai, e Abe agradou-se bastante do garoto. Disse que a última vez que o tinha visto era quando ele era um bebê e seus pais estavam reformando as prateleiras da livraria. Depois de um breve diálogo melancólico, o pai de Kento anunciou o motivo da visita: Kento queria aprender a manipular madeira com Abe. O senhor ficou muito feliz. “Nunca recebi um pedido desses, vai ser incrível!”. Por uma semana, Kento trocaria sua rotina de treinos com seus pais para o treinamento com o senhor Abe.
 
No primeiro dia, então, ao chegar no lugar, foi-lhe anunciado:
 
“Bem, então você disse que quer aprender a manejar madeira, não é? Não é muito difícil de cortar e fazer coisas de madeira, mas fazê-las bem é. Não admito que um aprendiz meu aprenda as coisas pela metade, então quero  que você se dedique bastante durante essa semana, hein!”
 
“Sim, Abe-san!”
 
“Nosso objetivo hoje será montar um pequeno armário que me foi encomendado ontem, ok? Eu vou cortar a madeira e você vai encaixando e colando as peças conforme eu mande!”
 
“Hai!”
 
Assim foi feito. Obviamente, para um primeiro trabalho, não era muito difícil. O menino precisava então aprender sobre como projetar e encaixar a madeira de forma que não houvesse rebarbas ou problemas de tamanho nas peças a serem confeccionadas. Assim foi feito, e na primeira hora eles já tinham o armário inteiro pronto. Havia somente um problema: Kento usou cola demais em alguns lugares e pouca em outros. A reclamação de Abe não tardou:
 
“Garoto, aprenda uma coisa”, falou em tom impaciente. “A gente tem que pôr sempre a mesma quantidade de cola, senão fica torto! E não pode pôr muito, senão vai vazar e sujar as partes nas quais a cola não tem que ir!” O velho pegou então um pano, pôr uma pequena quantidade de chakra nele e limpou uma parte da cola que havia sobrado.
 
“Ooooah, o senhor também usa chakra?”
 
“Sim, garoto, sim. Eu aprendi com uns ninjas que vinham aqui, mas só sei fazer isso mesmo pra limpeza das peças”
 
A segunda peça era uma estante simples, e Abe deixou que Kento trabalhasse nela. Disse que o projeto era muito simples: bastavam duas tábuas de cada lado para formar as paredes e outras menores para formar cada nível para apoiar os objetos. Para ligar cada uma delas, ele precisaria de pregos e cola, nada muito complicado. O velho ensinou então o menino a manipular a máquina de corte, avisando que ele tivesse cuidado para não perder uma parte de seu corpo durante o processo e deixou que ele fizesse as peças, enquanto supervisionava. Kento completou a tarefa sem grandes dificuldades e rapidamente a estante estava pronta. Ao longo do dia, eles trabalharam em mais outras peças, até que interromperam o trabalho às 13h para o almoço. Finalizado esse intervalo, Abe avisou que era preciso entregar os materiais, em uma pequena carroça que ele tinha em sua loja. Normalmente Abe contratava garotos dos arredores para fazerem as entregas, mas aproveitaria a presença de Kento para tal tarefa.
 
Assim foram durante mais quatro dias, ao longo dos quais Kento aprendeu a cortar, colar e pregar madeira. Além de armários e estantes, ele pôde acompanhar também o processo de confecção de camas, estátuas, carroças e espadas de madeira, todas feitas por Abe e entregues pelo menino Yamanaka.  Ao término desse pequeno período de experiência, ele retornou para sua casa com a cabeça pipocando de ideias sobre como aplicar aqueles conhecimentos em sua própria vida. Ele tinha uma ideia:
 
“O caderno de Suna. Eu posso treinar fazendo aqueles desenhos virarem realidade!”

Spoiler:
1103 palavras ignorando o título. Pretendo obter 100 pontos de Status
-
Isa.BR
Jōnin
Isa.BR
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers Yamanaka Kento 100x1010

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68924-ficha-pandora-heinstein

Re: Fillers Yamanaka Kento - 23/12/2017, 16:41

Aprovado e 100 pontos de status obtidos.

_______________________


Gastos e Danos de Jutsus:
Rank E: 00(10un) & 00;
Rank D: 10(10un) & 25;
Rank C: 25(30un) & 45;
Rank B: 50(50un) & 70;
Rank A: 100(100un) & 140;
Rank S: 200(200un) & 280;
Mortais: Variável & 560
Rank -: 75 & 90.
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.