:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL Vh077Ys

Tama
Tama
Vilarejo Atual
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL Vh077Ys

[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL - Publicado 6/11/2017, 18:31


[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL Tumblr_mq536ekE011rb345qo4_500
Bases nas Fronteiras

Algumas bases ao sudeste e ao sul do país tem sofrido ataques de ninjas renegados. A missão de Saiko é participar ativamente dos combates contra esses ninjas e impor o poder da vila da Pedra ajudando os ninjas que já estão instalados nas trincheiras.

Spoiler:
Pode realizar em one post, se preferir.
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL 100x100

adLL
avatar
Vilarejo Atual
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL 100x100

Re: [Rank C] Bases das Fronteiras - adLL - Publicado 7/11/2017, 03:37

A noite está chegando em Iwagakure, então deitado na minha cama escuto algumas batidas na porta de minha casa, desço as escadas e caminho em direção a mesma, ao abri-lá me deparo com um homem de aparentemente cinquenta anos de idade, que estava vestido com um casaco e uma calça, ambos de tecido grosso, então o convido para entrar e se sentar, para entender o motivo da visita. Após o homem entrar, fecho a porta e me sento junto com ele no sofá.

-Boa noite senhor, o que lhe traz aqui nesse frio? Sabia que não era algo aleatório e sem motivo, pois ninguém iria andar no frio que estava fazendo apenas para procurar diálogo ou fazer visitas, então noto que em suas mãos o homem traz um papel, com algumas coisas escritas.


-Saiko? Essa missão é para você, fui mandado aqui para te entregar isso. É uma missão de rank C. O moço estende a mão direita com o papel e oferece para mim, com um sorriso no rosto, então eu pego a missão e começo a ler o papel de cima a baixo.

-O senhor quer alguma coisa para beber, um chá quente ou algo do tipo? O frio está forte lá fora. Tento parecer um pouco receptivo e imitar o que as outras pessoas fazem quando recebem visitas em suas casas, porém o homem recusa e simplesmente sai pela porta da frente, acenando e me desejando boa sorte na missão.

Estou vestido com um casaco grosso, de cor preta e com uma calça de um tecido semelhante a moletom e de cor marrom, e o frio ainda incomoda um pouco. Ao ler o papel que continha os dados da missão que estou indo realizar, percebo que está é uma missão de combate e que para uma de rank C estava um pouco acima do nível, porém não ligo e apenas agradeço pela missão, pois seria a hora de entregar alguns sacrifícios para Jashin. 

Deixo o papel da missão sobre a mesa em frente ao sofá e sigo em direção ao meu quarto, subo as escadas e pego o colar com o símbolo de Jashin, colocando-o em volta de meu pescoço e por dentro do casaco, pego a bandana de Iwagakure sobre a cama e também a coloco em volta de meu pescoço, amarro minha pochete ninja em minha calça me sento ao chão, começando a rezar para meu Deus, Jashin, pedindo para que ele me permita uma boa missão e uma boa matança.

-Sei que não estou sendo um bom seguidor e estou deixando a desejar, porém hoje é o dia que voltarei a ser como antes, um seguidor correto de Jashin, seguirei todos os mandamentos e estarei te entregando alguns sacrifícios para tentar compensar os que deixei para trás. Permita-me que eu tenha uma boa matança e que minha missão corra tudo certo, saindo de lá com todos os sacrifícios realizado, para que eles conheçam a dor!

Após o termino da reza e da permissão concedida de Jashin, caminho em direção a mesa da sala e pego a carta, relendo a mesma algumas vezes, para entender com melhor clareza sobre a missão, fui enviado para duas bases ao sul e sudeste do país da Terra, era uma próxima da outra e eu deveria ajudar alguns ninjas a defendê-las de ataques de renegados, ao entender totalmente o local de execução e o que eu deveria fazer, começo a correr em direção ao sul do país, levando alguns mantimentos na mochila para não passar fome se esse for o caso. A viagem seria longa, teria que passar por várias áreas rochosas, mas o caminho parecia ser tranquilo, como era dentro do país da terra, ainda tinha um pouco de proteção dos outros ninjas, mas ainda tento manter atenção a todos os lados e a audição concentrada para que eu não seja surpreendido por um ataque inimigo.

Após algumas horas de viagem finalmente chego em uma das bases, localizada no sul da vila, então um dos ninjas que estava localizado no local a minha espera me acompanha até a entrada de uma trincheira e junto de outros três ninjas começa a me explicar sobre o que está acontecendo no local com mais precisão e todas as informações que sabem sobre os indivíduos, presto total atenção na conversa e tento entender as habilidades de meus inimigos.

-São três inimigos que estão tentando dominar esse posto, todos usam mascaras e roupas pretas, ainda não sabemos o que eles querem, mas sabemos algumas de suas habilidades. Um de nossos inimigos é bom com o uso de espadas, tem uma força alta porém não tem uma agilidade muito boa e a sua espada parece ser bem pesada, ele a domina com precisão.


-O segundo inimigo é um usuário de ninjutsu, estilo fogo. Não parece ser capaz de usar muitos ninjutsus, mas ele ainda pode ser perigoso. O terceiro ninja... Durante a explicação dos homens, ouvimos um estrondoso barulho na floresta, não sabendo o que era, todos param a explicação e começam a andar por dentro da trincheira, parecendo seguir um caminho em direção ao estrondo, provavelmente para uma outra saída e para tentar pegar os oponentes pelas costas, não sabendo o que era, tento seguir um caminho diferente dos outros ninjas, saindo pelo mesmo lado que entrei.

Ao sair da trincheira, começo a caminhar em direção a floresta, noto que meus companheiros já saíram da trincheira e estão por trás dos inimigos, o combate ainda não começou e tenho visão de três dos inimigos, que estão com total foco aos outros membros da equipe, salto para cima do galho de uma árvore e faço o saque de uma kunai. Ao sacar a kunai, salto para o chão e fico na retaguarda dos inimigos, mas logo chamo a atenção do trio para mim.

-Ei, quem ai não anda seguindo os mandamentos dos deuses? Quem vai ser o primeiro a pagar pelos pecados? Hahahaha! Percebo que um dos ninjas está empunhando uma katana em mãos e então começo a chamá-lo para uma luta, um contra um e deixando os outros dois para que o time de três resolva o problema. O inimigo me encara e então começa a caminhar em minha direção, empunho a kunai com a mão direita e então a posiciono na frente, em posição defensiva.

O inimigo vem em minha direção na tentativa de realizar um ataque com a espada, da direita para a esquerda e tentando acertar diretamente contra o meu peito, então usando da minha velocidade e força levanto a kunai em direção a espada, tentando rebater a espada, para medir quem tinha a maior força ou melhores habilidades no kenjutsu, acabo percebendo que a força de meu oponente é um pouco maior mas sua velocidade era consideravelmente menor.

Durante o combate no kenjutsu com meu oponente, percebo que a katana do mesmo começa a circular um chakra cortante em volta da mesma e então realizo um salto para trás, tentando notar o que tinha acontecido, um chakra começou a fluir em volta da espada era assemelhado a uma lâmina em volta da mesma e o alcance da lâmina também parecia ter aumentado, o inimigo corria em minha direção com a espada empunhada em mãos e com vontade de sangue em seus olhos, vejo a espada vindo em minha direção pela esquerda, então é o momento que decido agir usando da nossa grande diferença na velocidade para esquivar de seu ataque para o lado direito e realizar um profundo corte em seu braço, logo após saltando para trás.

O sangue de meu oponente estava em minha kunai, era praticamente tudo que eu precisava para começar o meu ritual, então retiro outra kunai da minha pochete ninja e a seguro na mão esquerda, logo realizando um corte no meio da mão esquerda, guardo a kunai e deixando com que o sangue caia no chão, enquanto observo meu oponente segurando o braço e ficando surpreso com o corte na mão, realizo um símbolo no chão, o mesmo que tem no meu colar, o símbolo de Jashin, começo a gritar em alto e bom tom.

-O ritual está pronto, chegou o seu fim. Você vai conhecer a verdadeira dor! A dor que vocês estão trazendo para esse vilarejo, vocês vão sentir o mesmo que estão fazendo esse povo sentir! A verdadeira dor, entregue sua vida a Jashin! Começo a dizer e rir na frente de meu oponente, enquanto noto a cara de espanto e medo em seu rosto, olhando para baixo percebo que o símbolo já está feito e o ritual está pronto, olhando para os lados noto que um dos outros dois oponentes está no chão e apenas resta o usuário de kenjutsu e o ninja desconhecido.

Levanto a mão direita, colocando a kunai com sangue de meu inimigo na lingua e então minha cor começa a se modificar ficando totalmente preta e com algumas listras grossas brancas, na horizontal. O renegado começa a correr em minha direção com a espada empunhada apenas na mão esquerda, mas ao chegar em aproximadamente dois metros de distância, enfio a kunai em meu estômago, fazendo com que o inimigo caia no chão de dor, após a queda do inimigo coloco a kunai em meu peito, encima do coração e pressiono a mesma, terminando com o combate e com o ritual, então continuo rindo e torno a atenção para a outra luta, percebendo que todos estão espantados com o ritual de sacrifício feito por mim, o outro inimigo começa a correr para dentro da floresta, mas os meus aliados usam um jutsu de movimentação para ir atrás do mesmo e fica apenas eu e o usuário de fogo no campo de batalha, porém o mesmo já estava imobilizado no chão, começo a caminhar na direção do mesmo, ainda com a kunai na mão direita.

-Vocês devem seguir os mandamentos de Jashin, agora nada mais vai restar de vocês. Falo isso enquanto coloco a kunai nas costas do renegado e realizo um pequeno corte, apenas para fazer com que o sangue do mesmo caia sobre a kunai, logo começo a andar em direção ao símbolo e coloco o sangue em minha boca, novamente minha aparência se transforma e fica com a cor preta e com listras pretas.

"Jashin vai ficar feliz com esses sacrifícios, estou me redimindo pela demora." Penso enquanto levanto a mão com a kunai e observo o inimigo implorando por perdão e para que o deixe vivo, mas apenas ignoro e enfio a kunai em meu peito, logo acima do coração para que seja um ataque fatal e de forma rápida.

Logo após a finalização do outro homem, os outros três homens de minha equipe chega no local com o último membro, então pego o corpo do homem do chão, pela blusa e o levanto, esperando pela minha equipe para levarmos os renegados para algum lugar.

-Ainda preciso ir checar como está o sudoeste, então, se puder serem um pouco mais rápido com esses corpos... eu ficaria agradecido. Os homens estavam calados desde os acontecidos das mortes, então dou uma apressada nos mesmos para colocarmos os corpos em algum local. Os meus aliados começam a ir em direção a uma barraca, então eu os sigo e deixamos os corpos e o último integrante, com vida, dentro da barraca, aos cuidados de alguns ninjas. Após a entrega do corpo recebo a noticia de que os renegados que estavam atacando a sudoeste também já foram capturado por outra equipe que foi mandada em missão para o local, percebo que minha missão está concluída e então espero dentro da cabana para receber as últimas ordens.

Ao receber as últimas ordens, ainda cansado da batalha disputada contra o usuário de kenjutsu começo a caminhar em direção a Iwagakure, meu corpo pedia descanso, mas eu não poderia parar por muito tempo para descansar, então continuo a minha trajetória, apenas descansando por alguns minutos.
Status:
HP: 00/00
CH: 60/300
ST: 2/5

Bolsa de Armas:
6 Senbons (3)
01 Hikaridama (1)
02 Kemuridama (2)
25 metros de fios (5)
07 Kunais (7)
01 Ampola (1)

Jutsus Usados:
Jujutsu: Shiji Hyōketsu
Descrição: Esta técnica é o principal método de Hidan para matar os seus adversários no caminho da religião Jashin. Primeiro, Hidan faz todos os esforços para extrair o sangue do seu oponente e ingeri-lo. Sua pele irá ficar preta com manchas brancas que o faz parecer um esqueleto, um símbolo da morte absoluta. Ele então no terreno faz o símbolo Jashin com sangue e fica no centro. Isto serve como elo de ligação entre ele e sua vítima. Uma vez que o seu ritual sacrificial ocorre, a vítima está relacionada com Hidan até que ele deia passos ou é forçado a sair do círculo. Qualquer tipo de ferimento que Hidan inflige a si (ou o dano infligido sobre ele) é correspondido em seu alvo, seja ele um arranhão a um mero perfurar no coração. Se Hidan é forçado a sair do círculo, o link está quebrado e a vítima é posta em liberdade, mas o que Hidan pode fazer é dar um passo e entrar no círculo para reativar a conexão. Basicamente, esta técnica faz de Hidan um boneco de voodo humano. Imortalidade de Hidan é devido à "experiência de sucesso da técnica secreta da religião Jashin", então ele pode fatalmente torturar seus oponentes de qualquer forma que ele deseja sem se matar, e ele gosta muito da dor também. No entanto, ele, de fato, reclama que dói como uma pessoa normalmente faz quando tem dor, depois que ele acabou com Asuma.

_______________________

Saiko Maru
Eu ofendi a Deus e à humanidade porque meu trabalho não atingiu a qualidade que deveria.
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL PEfId6M
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL Vh077Ys

Tama
Tama
Vilarejo Atual
[Rank C] Bases das Fronteiras - adLL Vh077Ys

Re: [Rank C] Bases das Fronteiras - adLL - Publicado 7/11/2017, 21:26

@
100.000 Ryous de premiação!
Sorry a demora :C
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Rank C] Bases das Fronteiras - adLL - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas