>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

Senko
Godaime Mizukage
Senko
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler]A Tempestade Xoj9u7k

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72492-fp-senko-matsuda https://www.narutorpgakatsuki.net/t72516-gf-senko-matsuda

[Filler]A Tempestade - em Sex 27 Out 2017 - 12:53


HP: 200 | 200 • CH: 300 | 300

Filler – Tempestade


Vamos, vamos... — o seu despertador humano balançava as minhas cobertas — Acorda, Senko, já dormiu demais por hoje. — A maneira que a mãe o acordava não era tão gentil, mas sem dúvida era a mais eficiente. Era sempre assim, e sempre dava certo.

Senko tinha ido dormir tarde na noite passada, o sono não bateu. Supostamente, seria mais fácil dormir no inverno: tudo fica mais aconchegante, e as cobertas que o envolviam, cobriam a cabeça serviam de suporte para os braços. Mas seus olhos permaneciam abertos, sem traços de cansaço. Imóvel, o menino pensava na vida.
Até então, Senko não teve nenhum problema em ser da família secundária, sempre encarando isso com um privilégio: ser útil para algo maior. Mas algo aconteceu naquele mesmo dia que mudou a perspectiva do garoto.

— Acho que vou levar desse daqui, senhora. — Apontava para um picolé de morango. A mulher que o atendia era nova no estabelecimento, Senko nunca a viu antes. Ele tinha o costume de comprar pequenos agrados para seu pai e sua mãe, sempre passava nessa loja, que ficava perto de sua casa. Já era noite e o vento frio assoprava pela vila, e ele estava atrasado para o jantar, então o presente serviria para aliviar um pouco a barra de Senko. — Aqui o dinheiro. — Deixou as moedas no balcão.

— É só, menino? — disse a atendente.

— Sim, é só, obrigado! — ergueu o picolé, acenando com ele. Com pressa, ele ia deixando a loja, quando resolveu voltar. — Voltei! Afinal, onde está Miyamoto-sama? — indagou o garoto.

A atendente coçou a cabeça e respirou fundo, inclinando seu corpo para falar mais perto do garoto. — Senko, Miyamoto-sama está bem fraco, então ele decidiu tirar alguns dias para descansar com sua família, mas logo mais ele estará de volta. — Suspirou, apoiando-se no balcão.

Senko ficou imóvel por alguns segundos tentando entender a informação. O eufemismo da mulher não surtiu o efeito desejado e piorou a situação, ele sabia que tinha algo errado, o dono da loja nunca faltava um dia de serviço.
Além disso, Miyamoto tinha um laço especial com a família do garoto, visto que sempre passavam por ali para comprar as coisas mais básicas da casa e, com essa convivência, ele já fazia parte da rotina da família. Quando Senko, ainda muito novo, ia com seu pai comprar algo que a sua mãe pedia, o senil lhe tratava com todo o carinho, dando um doce ou um brinquedo sempre que podia. O tempo passou, e Senko continuava a adorar passar por aquele estabelecimento.

O garoto desviou o olhar da atendente, mostrando seu descontentamento. — Obrigado, até logo. — Deu as costas e se despediu, em um tom monótono.

“Não devo me preocupar à toa, afinal, pode estar tudo bem...” pensou, enquanto dava passos largos e rápidos, a fim de chegar rápido em casa. — Com esse frio que está fazendo, esse picolé não vai derreter até lá! — riu, disfarçando o frio que estava em Konoha naquela noite. Apesar de estar de noite, Senko podia ver quer as nuvens estavam carregadas. “Melhor chegar logo em casa”.

Ele já conseguia ver a rua de sua casa, não era tão longe de onde estava. Diminui o passo, respirou fundo, e foi caminhando até lá. Tirou a embalagem do picolé de seu pai, deixando-o pronto para consumir.

Conforme chegava perto, via adultos acompanhados de suas crianças do lado de fora de suas casas, algo estranho para o horário. Eles pareciam assustados, algumas crianças choravam, agarrando nas roupas de seus pais, e todos iam em direção a sua casa. Senko apertou o passo novamente. Uma multidão de pessoas estava em volta de onde ele morava e o garoto não conseguia ver muito bem o que estava acontecendo, ele ainda era pequeno.

Entre empurrões e pedidos de desculpa, Senko conseguiu entrar em sua casa.

— Ora! Aí está ele! VÊ?! VOCÊ ENXERGA O PROBLEMA? VOCÊS NÃO CONSEGUEM FAZER NADA SEM CAUSAR PROBLEMAS! — gritou Hideo, apontando para Senko, que estava paralisado, esbanjando a raiva.

Hideo era membro e líder da família principal, pai de Mitsuo. Como herdeiro da família principal, no terceiro aniversário de Mitsuo, foi marcado em Senko um Juinjutsu, o qual dava poder aos membros da família principal sobre o membro da família secundária. Senko devia dar sua vida para proteger Mitsuo e outros membros da família principal.

— Hideo... — protestou Tadao, pai de Senko, serrando os olhos e balançando a cabeça em tom de desaprovação — não confunda as coisas, não foi culpa do meu fi...

— Como não? Diga-me, quem é o responsável por ele enquanto eu não estiver presente?! — interrompeu Hideo, avançando em direção a Tadao.

O garoto olhou para os lados a fim de entender a situação e, logo atrás de Hideo estava a resposta: Mitsuo estava machucado, deitado no chão da sala. Um grupo de ladrões roubou os pertences do herdeiro da família principal e, depois disso, espancaram-no por pura diversão. Mitsuo só teve forças para chegar até a rua onde a família de Senko morava, onde foi levado para a sala. Começou a chover intensamente e, posteriormente, a trovejar.

— E você? Vai ficar parado?! Olha o que aconteceu! Isso é fruto da sua irresponsabilidade, onde você estava quando Mitsuo precisou de você?! – indagou Hideo ao garoto, cerrando os punhos e indo para cima dele. A raiva de Hideo sentia-se de longe, era capaz de matar o menino ali mesmo.

Tadao percebeu isso com rapidez e ativou o Byakugan. Segurou o braço de Hideo, puxando-o para trás com brutalidade e colocando seu pé atrás dele para que caísse. — Não se atreva a colocar as mãos no meu filho! — em um tom firme avisou Tadao. Ele não queria confusão nenhuma, não concordava com esse julgamento tão agressivo que Hideo estava fazendo. Mas Hideo estava cego de raiva.

Ainda no chão, Hideo ativou o selo do Juinjutsu, causando imensa dor a Tadao, colocando-se de pé e invertendo a situação. O pai de Senko urrava, atirando-se aos pés de Hideo. — E você não se atreva a dirigir-se a mim desta forma! — gritou. Foi quando a mãe de Mitsuo entrou na sala.

— Vocês dois, já chega! — protestou ela, tomando o filho nos braços e olhando fixamente para Hideo. — Vamos para casa, agora!

Dando as costas, o líder da família principal parou de causar dor a Tadao, acompanhando sua esposa sem dizer nada. A multidão se dispersou.

Senko permaneceu paralisado o tempo todo, só tendo algum tipo de reação quando Hideo saiu do local. Em sua mão, apenas o palito do picolé, pois havia derretido. — Isso foi injusto! Pai... você está bem? — disse o garoto, ajudando seu pai a se levantar.

— Estou, filho... Vamos dormir. — Ele subia as escadas com uma imensa dor e com a mão sobre a cabeça, fugindo do assunto.

Senko subiu para seu quarto. E nem o som dos trovões conseguiam abafavam o barulho que estava em sua cabeça.


1135 Palavras.




~~
Considerações:
— Filler: explicando como surgiu a Astrofobia e bonificação de 200 pontos no Status (+100 + Mês do UP)


_______________________

FICHA  •  BANCO  •  GESTÃO DA FICHA  •  MOD AG

五代目水影
-

Última edição por Senko em Seg 16 Nov 2020 - 21:52, editado 1 vez(es)
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler]A Tempestade - em Sex 27 Out 2017 - 19:21

Parabéns, mais 100 de status adquiridos, com o evento: 200
-


Edição de Natal por Loola e Senko.