>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] - After The Exam - Seg 23 Out - 11:41


HP: 300/300• CH: 600/600 • ST: 00/02
Iniciando mais uma manhã no lar montanhoso de Kumogakure, Chara começava o seu dia sentada a mesa com uma chávena de chá na mão esquerda e uma caneta na mão direita anotando nas páginas do seu novo caderno alguns detalhes sobre técnicas que tinha visto outros shinobis efectuar, rumores que pareciam ter algum fundamente e acima de tudo uma pequena lista de objectivos na qual indicava tudo aquilo que pretendia ter ou no mínimo dominar ao longo da sua carreira como Kunoichi da aldeia oculta nos trovões. Chara era uma pessoa muito organizada e no espaço de uma semana não só se tinha habituado ao estilo de vida de um verdadeiro shinobi, efectuando missões de ranks acima da média, como também conhecia melhor as sua linhagem e os benefícios e características que vinham com o sangue que lhe passava nas veias, um dojutsu pouco conhecido porém temido entre as paredes da vila, técnicas capazes de destruir um continente em meros segundos e ainda sim a capacidade de desafiar as leis da física e da realidade, sim tudo isto seria sem sombra de dúvidas o que a jovem aspirava e fazia questão de anotar no seu humilde caderno.

Para sua surpresa, Chara começou a ouvir passos pesados a descer pelas escadas, algo estranho visto que com excepção da sua mãe quase ninguém acordava tão cedo, levantando a cara do seu caderno a kunoichi via o seu pai descendo as escadas de forma rápida porém bastante atrapalhada apesar da sua clara intenção de manter o silêncio e paz que predominava a sua casa. Chara apenas permaneceu em silêncio a observa-lo bebendo lentamente o chá que estava na sua chávena, com o casaco na boca e as calças desabotoadas tentando calçar as meias de forma desajeitada, foram necessários cerca de cinco minutos para que o homem repara-se que estava a ser observado, assim que conseguiu ter a atenção do seu progenitor Chara levantou a chávena em direção ao mesmo como forma de cumprimento como fazia com quase todas as pessoas da sua família.

– Bom dia Oto-san, é raro ver-te tão cedo fora da cama. Alguma ocasião especial para ver-te de pé? 

– Olá filha, o pai tem uma reunião fora da aldeia a cerca de dez quilometros de distância e estou muito atrasado. Falei ontem com a tua mãe, ela planeia jantar fora hoje mas não sabe bem onde. Depois fala com ela, até logo.

Assim que acabou de tomar o seu chá de jasmim, um dos seus preferidos e um gosto imbuindo nela pela sua avó materna, Chara que estava sentada a mesa de pernas cruzadas, fechou o seu caderninho e terminando a conversa com o seu pai, alguém que ela respeitava bastante devido a sua educação severa e árdua, pediu para se desculpar da mesa antes de se levantar, pegar nas suas coisas e voltar para o seu quarto. Chara recebia hoje o seu primeiro dia de descanso, uma espécie de folga após ter completo com sucesso algumas missões da sua carreira ninja. A intenção da Chinoike era apenas ficar por casa relaxando e aproveitando tudo o que o seu estilo de vida tinha para lhe oferecer, incluindo uma empregada, um quarto no segundo andar com uma vista inacreditável entre outras coisas que pareciam garantidas mas que nem todos tinham acesso, sentando-se na cadeira da sua secretária e aproximando-a da janela, Chara reflectia sobre a sua vida e de tudo o que tinha feito desde que saiu da academia como um gennin oficial da aldeia de Kumogakure no Sato até ao ponto de hoje, um sábado em casa.

Depois de várias semanas entediantes de preparação e treino, algo que todos os gennins era obrigados a fazer para se familiarizarem com o sistema shinobi, porém algo que Chara considerava totalmente ridiculo visto que maior parte destas actividades eram coisas que nem podiam ser consideradas de tarefas, a jovem já tinha três missões bem concluídas no seu curriculum sendo duas delas de rank C algo que durante conversas com os seus ex-colegas de academia, descobria que nenhum deles tinha feito. Outra coisa que lhe chamou a atenção foi o facto de que ninguém com excepção de ela sequer tinha sido convocada ou pelo menos mencionada que existia a possibilidade de subir na carreira assim tão cedo na jornada shinobi. Vários deles foram obrigados a começar missões rank D fazendo tarefas um pouco humilhantes como cuidar de animais, arrancar as ervas daninha entre outras coisas que pareciam mais castigos para crianças do que trabalho no qual pessoas tiravam o seu dinheiro para pagar e com alguma sorte, Chara nunca teve o caso onde lhe calhou uma missão desse tipo, este era um dia onde a mais recém graduada chunnin tinha apenas de relaxar. aproveitar a sua folga mas acima de tudo tirar o dia para se recordar do passado e tudo aquilo que viveu.

Agora que tinha se graduado ao rank de chunin, Chara tinha subido ligeiramente na vida e com esta melhoria na sua hierarquia social, o seu estatuto e auto-estima estavam superiores e de certa forma o seu ego também uma vez que isto apenas servia para subir a moral da jovem. Não só isso como também tinha consigo uma nova influência na sua vida, conseguindo supostamente a amizade e consideração da Raikage principalmente com a intenção de adquirir novos poderes e benefícios, parte de si estava literalmente surpresa pela genuína atitude altruísta pois ao contrário de si onde maior parte das suas emoções eram falsas ou fabricadas de modo a se integrar com o estatuto da sociedade, Rukia parecia ser uma pessoa genuinamente bondosa, algo estranho visto que a Chinoike tinha quase a certeza de que o poder corrompia as pessoas por mais menor que fosse. O importante agora que estava livre das missões ridículos e humilhantes de gennin, a jovem precisa de definir melhor os seus objectivos visto que precisa de uma forma mais eficaz de melhor as suas capacidades uma vez que não podia depender do seu dojutsu para resolver todas as dificuldades e problemas do mundo, talvez existiam outras coisas que pudesse adquirir para melhor o seu arsenal de habilidades.
   
~~
Jutsus usados/ativo:
N/a
Equipamentos(20):
•  Kunai: 5x    •  Shuriken: 5x    •  Senbon: 15x    •  Kibaku Fuuda: 4x    •  Kemuridama: 2x    •  Makibishi: 5x    •  Hikaridama: 1x    •  Fios: 5m
Armas:
Nenhuma
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] - After The Exam - Seg 23 Out - 11:52

@
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.