Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
tópicos recentes
Primavera
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngellAngell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Sr.LSr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549
OblivionOblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
SalvatoreSalvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234

Página 2 de 2Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Ícone
Mokaccino
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67013-f-mokarzel
Relembrando a primeira mensagem :




NARRADOR
| Estação: Outono | Clima: 10º | Hora: 04h00 | Post: 1/? |
Local: Quarto de Olly.

Enredo: O sol não havia nascido quando um pássaro mensageiro foi enviado até a casa de Olly diretamente do escritório da Raikage. O pássaro transportava uma pequena carta contendo informações sobre uma importante missão que o escritório da Raikage acreditavam que poderia ser bem efetuada pelo ninja Olly.
O pássaro pousa na janela do jovem, percebe que ele ainda dormia e volta a voar, entrando no quarto do garoto e largando a carta exatamente sobre o rosto do ninja. O pássaro solta um pio e volta a sair pela janela.


Dentro da carta havia a seguinte fala:

Olly, você foi selecionado para realizar uma missão de Rank B.
Recebemos informações de que diversos bandidos do país estão se reunindo em um pequeno vilarejo pelos arredores de Kumogakure com o objetivo de traçar um plano para um atentado na vila. Há boatos de que talvez exista um Nukenin de Kumogakure encabeçado da operação.
Vá o quanto antes para o local demarcado no mapa abaixo, se infiltre na reunião dos bandidos que acontecera em uma taberna do vilarejo e colete informações. No momento não queremos confusões, por isso tente ser o mais discreto possível.
Grato, escritório da Raikage.

Considerações: Narre sua preparação, sua saída de Kumogakure e sua ida até o pequeno vilarejo. Pode parar a narração quando avistar o local.

Mokaccino
Mokaccino
Game Master
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo


Ícone
Asa
http://narutorpgakatsuki.net

- Tudo bem Olly, vou ficar em meu quarto- ela se levantava e deixava outra pilula verde na mesa central, próximo ao garoto e dizia com segurança - não adianta se afastar da tentação. É preciso que você diga não a si mesmo, justo quando a droge esta exposta na sua frente. Seja forte e os benefícios apareceram depois de um tempo.

Mi se retirava da sala e fechava a porta de seu quarto.


Obs: narre como conseguiu dormir mesmo com a droga próximo de você. 16/20

Off: eu to correndo que nem louco, só vamo.

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Asa
Asa
Genin
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Iris
http://narutorpgakatsuki.net


[RP] Olly - Página 2 Tumblr_mkoev9hoRz1repmu8o1_500
HP: 325 | 325 • CH: 800 | 800 • ST: 05 | 05 • VEL: 18m/s
holy shit

Ela tinha razão, era impossível que eu conseguisse me desprender do vício se eu não fosse exposto a ele de maneira agressiva. E encontrando-me em abstinência, certamente tentar dormir ao lado da minha droga era uma forma de exposição mais do que agressiva. Por que é que eu não pego? É só uma... Não vai acontecer nada demais se eu pegar... Eu não vou morrer ou matar ninguém por isso! Será? Dada as circunstâncias em que me encontrei quando não pude ter acesso a droga hoje mais cedo, será mesmo que eu não seria capaz de matar para tê-la? E se eu a tivesse, de tanto consumir, um dia eu não poderia morrer? Meus pais, Anna, Joba, Rukia... Eram muitas as pessoas a quem eu não havia contado absolutamente nada, e o que eu mais queria era continuar sem falar, mas em troca disso, superar a dor. Superar as minhas vontades, os meus desejos, o meu... Vício. Aquilo definitivamente havia se tornado um vício, e eu não podia deixar que me consumisse a ponto de me fazer ignorar a minha integridade, as minhas amizades, a minha família, a minha vida shinobi. – Eu vou te vencer, maldita... Eu vou te vencer... Foi ali, deitado de lado no sofá, com a droga exposta bem na minha frente, sob os meus olhos, que eu adormeci.

Considerações:
Aparência. Bolsa de armas atada a coxa direita. Taberu embainhada em mim.

Arma:
[RP] Olly - Página 2 441058-13_shura_with_sword
[RP] Olly - Página 2 Pkk7NK9
Taberu
(Devoradora)

Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Quando mais nada existia, mesmo antes de buracos negros surgirem, de as galáxias se formarem e de poeira cósmica se espalhar, Kūsō, A Personificação do Vazio, sentindo-se afoito pelo escuro da solidão, criou e, mais tarde, conspirou contra as vontades de Sōkū, O Deus de Tudo e Todas as Coisas, de fazer nascer a sua primeira dádiva: Jinsei, o universo como conhecemos hoje, proferindo que somente a existência de seu filho era o suficiente para lhe arrancar o seu título e proporcionar deleite. Insatisfeito, Sōkū e Kūsō formularam a primeira briga de toda a vida, e com ela trouxeram, a cada conflito de suas armas, a criação de centenas de realidades capazes de abrigar diferentes partes das suas personalidades, confrontando até que quase nenhuma delas sobrasse.

Alimentado pela vontade e pelo orgulho, Sōkū acabou vencedor e, como prêmio, recebeu o comando de todo O Primeiro Plano, a realidade em que vivemos, e seu pai, Kūsō, ficou com os cenários difusos, cheios de crises, confusão, escória e nada, absolutamente nada, assim como eram as coisas antes de o nascimento da sua cria. Revendo suas atitudes, arrependeu-se de não usufruir de toda a potência contra O Deus de Tudo e Todas as Coisas e, por isso, desobedeceu o trato que dizia não poder transpassar as barreiras do Segundo Plano, lançando mão da sua presença para conseguir se infiltrar em uma parte do Mundo de Cima e dar um fim a tudo, novamente. Mas as forças resistentes eram muito poderosas e, assim, ao invés de se transportar por inteiro e se vingar, precisou se resumir a uma mera espada violeta, com os seus nove olhos a adornando e vigiando o império de Sōkū, a pior ingratidão que lhe aconteceu.

Agora como uma arma, Kūsō carregava consigo a maior energia vital de todas, possibilitando de amplificar em tamanho e poderio o que viu ser apelidado, pelo humano que a empunhou, de Taberu, A Devoradora. Sorrateira e furtiva, a espada se tornou capaz de adaptar seu feitio a quaisquer que fossem as habilidades de quem a comandasse, justamente porque A Personificação do Vazio era O Pai de Tudo e Todas as Coisas. Esbanjando vigor, aliou-se de maneira ímpar ao seu dono e, finalmente, Kūsō pôde se considerar liberto da solidão que tanto temia e doía, proporcionando ao espadachim um presente divino: o diálogo com o dono da primeira expressão de som já existente, do primeiro eco rebobinado e da maior intensidade sonora conhecida, conduzindo seus adversários a uma temível destruição auditiva.

Hoje, distanciado de ódio e rancor, Kūsō permite ser empunhado com a intenção de destruir todas as partes da personalidade de seu filho, inclusive o próprio manipulador de Taberu, na tentativa de purificá-lo inteiramente do mal que lhe acometeu assim que A Maior das Guerras, o episódio em que Kūsō e SōKū batalham, aconteceu. Quando concluído esse objetivo, A Personificação do Vazio fará com que tudo retorne aos conformes e, por último, desapareça, impedindo todas as coisas de experimentar o que ele um dia experimentou: o escuro da solidão, crises, confusão, escória e nada. Absolutamente nada.

Kūsō, reconhecendo a necessidade de um juramento de fidelidade como garantia da sua servidão, somente se deixou compreender depois de aplicar sobre o peito de seu espadachim um selo escrito em romaji: オメン, ou Omen, que significa "Presságio". Tal marca garantiria a vida do manipulador ao manipulado, tornando-o o armazém de Taberu, A Devoradora, que apenas poderia ser retirada através do selo e do bel prazer daquele que jurou, com a recitação da frase "Transcenda o vazio, e mate o medo: Devore!". Enquanto resguardada no seu portador, a arma consegue ser destruída caso este morra e ela fique a mercê do dano inimigo.

A Devoradora possui um tamanho padrão de sessenta centímetros e uma lâmina absolutamente reta e de um único fio, com uma proteção quadrada e base longa para acomodar as mãos. Sua coloração semeia entre o violeta e o púrpura, e a superfície do corte tem nove íris de coloração verde musgo te observando. A ponta da arma é pouco curvada e, o que diz respeito a sua força, capaz de cortar tudo e todas as coisas. Suas habilidades variam desde manipulações de energias elementares até despertar de técnicas ilusórias afrontosas ou ninjutsus que moldam o chakra no formato de cobras. Como um talento secundário, existe a aptidão de ampliar em tamanho e, consequentemente, poder, podendo duplicar ou triplicar todo o dano e o alcance de suas técnicas. A bainha original da arma é o corpo de seu espadachim, mas há também uma outra, inteiramente preta fosca, para que este não precise se preocupar em devolvê-la para o seu corpo no meio de um combate. Caso o seu manipulador morra, a alma é devorada por Taberu, A Devoradora.

Bolsa de Armas:
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Kunais;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [06] Shurikens;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [11] Kibaku Fuuda;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [10m] Fio;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Ampolas (1 de veneno e 1 de medicamento).

_______________________

[RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx92IUtt1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx8xWfwc1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx93pLrl1s0xpld_250
IRIS  LYNDALL

_
Iris
Iris
Chūnin
Vilarejo Atual
[RP] Olly - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Asa
http://narutorpgakatsuki.net

O dia amanhecia, Mi preparava um ótimo café da manha para Olly dejejuar com estilo por ter conseguido passar a tão grandiosa primeira noite.

- Fico feliz que tenha passado a primeira noite Olly. Quero te dar um premio - Mi segurava em uma de suas mãos um colar com uma pequena pedra verde que lembrava aquela usada para tentar o menino a cair de volta no vicio - Quero que use esse colar Olly, sempre que olhar para ele quero que lembre-se da droga e tudo de mal que ele lhe trouxe.

Mi jogava o colar para Olly pegar e coloca-lo, a moça dava um belo sorriso e terminava dizendo:

- Como está o café da manhã?

Colar:
[RP] Olly - Página 2 Colar%2008-b-%20Verde-800x800
Obs: 17/20

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Asa
Asa
Genin
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Iris
http://narutorpgakatsuki.net


[RP] Olly - Página 2 Tumblr_mkoev9hoRz1repmu8o1_500
HP: 325 | 325 • CH: 800 | 800 • ST: 05 | 05 • VEL: 18m/s
holy shit

Naquela noite não houveram sonhos, e muito menos pesadelos. Tudo o que eu consegui enxergar enquanto dormia era o escuro, que deixou-se clarear assim que Mi abriu as janelas da sala, anunciando o Sol de meio dia. – Jesus - Resmunguei, colocando ambas as mãos na frente do meu rosto. – Fecha isso, Mi! Ignorado. Esse cheirinho... Gostoso! Era um puta café da manhã, daqueles parecidos com o de avó, de tanta coisa disposta em cima da mesa. – Mi, eu nem sei como te agradecer... E depois do que viria, saberia ainda menos. – Um colar? - Perguntei, tomando-o e analisando-o como se fosse muito mais precioso do que de fato era. – Muito... muito obrigado mesmo! - Agradeci, abraçando-a fortemente antes de me sentar para tomar o café.

– Incrível! Essas torradas com geleia são muito boas! E o omelete estava no ponto! Parabéns pela mão! Ninguém negaria o que eu estava dizendo caso provasse daquela mesma comida. Eu poderia frequentar a casa da sub-assistente todos os dias depois que descobri o quão bom era se alimentar ali. – Brincadeiras à parte, Mi... Eu queria mesmo te agradecer, mais uma vez, por tudo o que você me disse e, principalmente, por tudo o que me fez. Deixar com que eu dormisse aqui hoje e, depois, me dar toda essa comida e... E o colar... Muito obrigado, mesmo! Eu serei imensamente grato por isso, sempre! Com certeza vou me lembrar de cada momento, assim que a maconha tentar me puxar de novo...!

Considerações:
Aparência. Bolsa de armas atada a coxa direita. Taberu embainhada em mim.

Arma:
[RP] Olly - Página 2 441058-13_shura_with_sword
[RP] Olly - Página 2 Pkk7NK9
Taberu
(Devoradora)

Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Quando mais nada existia, mesmo antes de buracos negros surgirem, de as galáxias se formarem e de poeira cósmica se espalhar, Kūsō, A Personificação do Vazio, sentindo-se afoito pelo escuro da solidão, criou e, mais tarde, conspirou contra as vontades de Sōkū, O Deus de Tudo e Todas as Coisas, de fazer nascer a sua primeira dádiva: Jinsei, o universo como conhecemos hoje, proferindo que somente a existência de seu filho era o suficiente para lhe arrancar o seu título e proporcionar deleite. Insatisfeito, Sōkū e Kūsō formularam a primeira briga de toda a vida, e com ela trouxeram, a cada conflito de suas armas, a criação de centenas de realidades capazes de abrigar diferentes partes das suas personalidades, confrontando até que quase nenhuma delas sobrasse.

Alimentado pela vontade e pelo orgulho, Sōkū acabou vencedor e, como prêmio, recebeu o comando de todo O Primeiro Plano, a realidade em que vivemos, e seu pai, Kūsō, ficou com os cenários difusos, cheios de crises, confusão, escória e nada, absolutamente nada, assim como eram as coisas antes de o nascimento da sua cria. Revendo suas atitudes, arrependeu-se de não usufruir de toda a potência contra O Deus de Tudo e Todas as Coisas e, por isso, desobedeceu o trato que dizia não poder transpassar as barreiras do Segundo Plano, lançando mão da sua presença para conseguir se infiltrar em uma parte do Mundo de Cima e dar um fim a tudo, novamente. Mas as forças resistentes eram muito poderosas e, assim, ao invés de se transportar por inteiro e se vingar, precisou se resumir a uma mera espada violeta, com os seus nove olhos a adornando e vigiando o império de Sōkū, a pior ingratidão que lhe aconteceu.

Agora como uma arma, Kūsō carregava consigo a maior energia vital de todas, possibilitando de amplificar em tamanho e poderio o que viu ser apelidado, pelo humano que a empunhou, de Taberu, A Devoradora. Sorrateira e furtiva, a espada se tornou capaz de adaptar seu feitio a quaisquer que fossem as habilidades de quem a comandasse, justamente porque A Personificação do Vazio era O Pai de Tudo e Todas as Coisas. Esbanjando vigor, aliou-se de maneira ímpar ao seu dono e, finalmente, Kūsō pôde se considerar liberto da solidão que tanto temia e doía, proporcionando ao espadachim um presente divino: o diálogo com o dono da primeira expressão de som já existente, do primeiro eco rebobinado e da maior intensidade sonora conhecida, conduzindo seus adversários a uma temível destruição auditiva.

Hoje, distanciado de ódio e rancor, Kūsō permite ser empunhado com a intenção de destruir todas as partes da personalidade de seu filho, inclusive o próprio manipulador de Taberu, na tentativa de purificá-lo inteiramente do mal que lhe acometeu assim que A Maior das Guerras, o episódio em que Kūsō e SōKū batalham, aconteceu. Quando concluído esse objetivo, A Personificação do Vazio fará com que tudo retorne aos conformes e, por último, desapareça, impedindo todas as coisas de experimentar o que ele um dia experimentou: o escuro da solidão, crises, confusão, escória e nada. Absolutamente nada.

Kūsō, reconhecendo a necessidade de um juramento de fidelidade como garantia da sua servidão, somente se deixou compreender depois de aplicar sobre o peito de seu espadachim um selo escrito em romaji: オメン, ou Omen, que significa "Presságio". Tal marca garantiria a vida do manipulador ao manipulado, tornando-o o armazém de Taberu, A Devoradora, que apenas poderia ser retirada através do selo e do bel prazer daquele que jurou, com a recitação da frase "Transcenda o vazio, e mate o medo: Devore!". Enquanto resguardada no seu portador, a arma consegue ser destruída caso este morra e ela fique a mercê do dano inimigo.

A Devoradora possui um tamanho padrão de sessenta centímetros e uma lâmina absolutamente reta e de um único fio, com uma proteção quadrada e base longa para acomodar as mãos. Sua coloração semeia entre o violeta e o púrpura, e a superfície do corte tem nove íris de coloração verde musgo te observando. A ponta da arma é pouco curvada e, o que diz respeito a sua força, capaz de cortar tudo e todas as coisas. Suas habilidades variam desde manipulações de energias elementares até despertar de técnicas ilusórias afrontosas ou ninjutsus que moldam o chakra no formato de cobras. Como um talento secundário, existe a aptidão de ampliar em tamanho e, consequentemente, poder, podendo duplicar ou triplicar todo o dano e o alcance de suas técnicas. A bainha original da arma é o corpo de seu espadachim, mas há também uma outra, inteiramente preta fosca, para que este não precise se preocupar em devolvê-la para o seu corpo no meio de um combate. Caso o seu manipulador morra, a alma é devorada por Taberu, A Devoradora.

Bolsa de Armas:
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Kunais;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [06] Shurikens;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [11] Kibaku Fuuda;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [10m] Fio;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Ampolas (1 de veneno e 1 de medicamento).

_______________________

[RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx92IUtt1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx8xWfwc1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx93pLrl1s0xpld_250
IRIS  LYNDALL

_
Iris
Iris
Chūnin
Vilarejo Atual
[RP] Olly - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Asa
http://narutorpgakatsuki.net

- Ora, ora já esta até falando o nome da sua droga normamente- ela se levantava da mesa - bom, eu tenho que ir trabalhar, sempre que estiver com problemas em relação a isso venha me procurar espero que se torne um ninja ainda mias poderoso Olly.

Mi saia de casa com suas roupas mais comuns de sub-assistente e acenava sinalizando um tchau para o menino que parecia ainda se deleitar com o café da manhã.


Obs: 18/20. Pode sair da casa da Mi, defeito superado.
Off: falta bater o minimo de post, vamos curtir a vila um pouco, ou faça algo diferente que quiser.

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Asa
Asa
Genin
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Iris
http://narutorpgakatsuki.net


[RP] Olly - Página 2 Tumblr_mkoev9hoRz1repmu8o1_500
HP: 325 | 325 • CH: 800 | 800 • ST: 05 | 05 • VEL: 18m/s
holy shit

Vendo Mi abandonar a casa e se dirigir ao seu trabalho, recordei-me que também deveria fazer o mesmo, já que não comparecia ao gabinete há alguns dias por motivos de missões e outros afazeres capazes de justificar minhas faltas. – Mi, espera! Eu vou com você! Terminando de bebericar o café com leite de um dos copos em cima da mesa, e recolhendo a minha louça para dentro da pia da mulher, caminhei até a porta e fui para as ruas da Nuvem ao lado da minha colega de serviço e mais nova amiga. – A gente trabalha no mesmo lugar, afinal!

Considerações:
Aparência. Bolsa de armas atada a coxa direita. Taberu embainhada em mim. Pode terminar enrolando dentro do gabinete, comigo fazendo o meu serviço de assistente da Raikage, supervisionando papeladas e assinando contratos, termos e etc.

Arma:
[RP] Olly - Página 2 441058-13_shura_with_sword
[RP] Olly - Página 2 Pkk7NK9
Taberu
(Devoradora)

Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Quando mais nada existia, mesmo antes de buracos negros surgirem, de as galáxias se formarem e de poeira cósmica se espalhar, Kūsō, A Personificação do Vazio, sentindo-se afoito pelo escuro da solidão, criou e, mais tarde, conspirou contra as vontades de Sōkū, O Deus de Tudo e Todas as Coisas, de fazer nascer a sua primeira dádiva: Jinsei, o universo como conhecemos hoje, proferindo que somente a existência de seu filho era o suficiente para lhe arrancar o seu título e proporcionar deleite. Insatisfeito, Sōkū e Kūsō formularam a primeira briga de toda a vida, e com ela trouxeram, a cada conflito de suas armas, a criação de centenas de realidades capazes de abrigar diferentes partes das suas personalidades, confrontando até que quase nenhuma delas sobrasse.

Alimentado pela vontade e pelo orgulho, Sōkū acabou vencedor e, como prêmio, recebeu o comando de todo O Primeiro Plano, a realidade em que vivemos, e seu pai, Kūsō, ficou com os cenários difusos, cheios de crises, confusão, escória e nada, absolutamente nada, assim como eram as coisas antes de o nascimento da sua cria. Revendo suas atitudes, arrependeu-se de não usufruir de toda a potência contra O Deus de Tudo e Todas as Coisas e, por isso, desobedeceu o trato que dizia não poder transpassar as barreiras do Segundo Plano, lançando mão da sua presença para conseguir se infiltrar em uma parte do Mundo de Cima e dar um fim a tudo, novamente. Mas as forças resistentes eram muito poderosas e, assim, ao invés de se transportar por inteiro e se vingar, precisou se resumir a uma mera espada violeta, com os seus nove olhos a adornando e vigiando o império de Sōkū, a pior ingratidão que lhe aconteceu.

Agora como uma arma, Kūsō carregava consigo a maior energia vital de todas, possibilitando de amplificar em tamanho e poderio o que viu ser apelidado, pelo humano que a empunhou, de Taberu, A Devoradora. Sorrateira e furtiva, a espada se tornou capaz de adaptar seu feitio a quaisquer que fossem as habilidades de quem a comandasse, justamente porque A Personificação do Vazio era O Pai de Tudo e Todas as Coisas. Esbanjando vigor, aliou-se de maneira ímpar ao seu dono e, finalmente, Kūsō pôde se considerar liberto da solidão que tanto temia e doía, proporcionando ao espadachim um presente divino: o diálogo com o dono da primeira expressão de som já existente, do primeiro eco rebobinado e da maior intensidade sonora conhecida, conduzindo seus adversários a uma temível destruição auditiva.

Hoje, distanciado de ódio e rancor, Kūsō permite ser empunhado com a intenção de destruir todas as partes da personalidade de seu filho, inclusive o próprio manipulador de Taberu, na tentativa de purificá-lo inteiramente do mal que lhe acometeu assim que A Maior das Guerras, o episódio em que Kūsō e SōKū batalham, aconteceu. Quando concluído esse objetivo, A Personificação do Vazio fará com que tudo retorne aos conformes e, por último, desapareça, impedindo todas as coisas de experimentar o que ele um dia experimentou: o escuro da solidão, crises, confusão, escória e nada. Absolutamente nada.

Kūsō, reconhecendo a necessidade de um juramento de fidelidade como garantia da sua servidão, somente se deixou compreender depois de aplicar sobre o peito de seu espadachim um selo escrito em romaji: オメン, ou Omen, que significa "Presságio". Tal marca garantiria a vida do manipulador ao manipulado, tornando-o o armazém de Taberu, A Devoradora, que apenas poderia ser retirada através do selo e do bel prazer daquele que jurou, com a recitação da frase "Transcenda o vazio, e mate o medo: Devore!". Enquanto resguardada no seu portador, a arma consegue ser destruída caso este morra e ela fique a mercê do dano inimigo.

A Devoradora possui um tamanho padrão de sessenta centímetros e uma lâmina absolutamente reta e de um único fio, com uma proteção quadrada e base longa para acomodar as mãos. Sua coloração semeia entre o violeta e o púrpura, e a superfície do corte tem nove íris de coloração verde musgo te observando. A ponta da arma é pouco curvada e, o que diz respeito a sua força, capaz de cortar tudo e todas as coisas. Suas habilidades variam desde manipulações de energias elementares até despertar de técnicas ilusórias afrontosas ou ninjutsus que moldam o chakra no formato de cobras. Como um talento secundário, existe a aptidão de ampliar em tamanho e, consequentemente, poder, podendo duplicar ou triplicar todo o dano e o alcance de suas técnicas. A bainha original da arma é o corpo de seu espadachim, mas há também uma outra, inteiramente preta fosca, para que este não precise se preocupar em devolvê-la para o seu corpo no meio de um combate. Caso o seu manipulador morra, a alma é devorada por Taberu, A Devoradora.

Bolsa de Armas:
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Kunais;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [06] Shurikens;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [11] Kibaku Fuuda;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [10m] Fio;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Ampolas (1 de veneno e 1 de medicamento).

_______________________

[RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx92IUtt1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx8xWfwc1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx93pLrl1s0xpld_250
IRIS  LYNDALL

_
Iris
Iris
Chūnin
Vilarejo Atual
[RP] Olly - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Asa
http://narutorpgakatsuki.net

Olly e Mi seguiam juntos para o gabinete trabalhar e finalmente o garoto parecia se sentir mais livre com a vida em si após tirar o peso do vicio, era algo que nunca sairia dele mas ontem ele aprendeu a como lidar com isso. Pela primeira vez Mi realmente viu a força de vontade que Olly possuía, era algo de se invejar.

- Bom, vou para minha sala. Qualquer coisa apenas me chame. Tenha um bom dia Olly-san, não esqueça de usar o colar.

Mi se dirigia para sua sala após se despedir de Olly.


Obs: 19/20. Pode terminar na sua sala.

Off: Aceitando feedback em como melhorar minha narração em rps. É isso!

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Asa
Asa
Genin
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Iris
http://narutorpgakatsuki.net


[RP] Olly - Página 2 Tumblr_mkoev9hoRz1repmu8o1_500
HP: 325 | 325 • CH: 800 | 800 • ST: 05 | 05 • VEL: 18m/s
holy shit

O dia estava lindo, tão reluzente quanto eu. Não haviam nuvens que pudessem cobrir o Sol, e por esse motivo ele mostrava todo o seu esplendoroso poder. Mi e eu caminhávamos, enquanto conversávamos sobre qualquer coisa, até o famoso gabinete da Raikage, e assim que chegamos lá, nos despedimos e partimos, cada um, para as suas respectivas salas. Recordando-me de que ainda precisava concluir algumas coisas para com as papeladas na mesa de Rukia, tomei a liberdade de entrar na sua sala assim que bati e não obtive respostas.

Contornando a saleta e me situando atrás da mesa do Anjo de Kumo, pude observar a vista privilegiada que a líder tinha de toda a sua vila. Incrível, pensei, deslumbrado. Fechando os meus olhos por alguns instantes e recordando-me ligeiramente de tudo o que havia passado naqueles dois dias, lembrei-me que não havia mais contatado Anna a respeito de não ter conseguido falar com Rukia e, como consequência, não ter obtido uma ajuda para a sua missão. Antes que pudesse me preocupar em enviar um pombo com uma mensagem ditando sobre o ocorrido, agarrei o colar que Mi havia me dado e glorifiquei em voz alta. – Finalmente livre!

Considerações:
Aparência. Bolsa de armas atada a coxa direita. Taberu embainhada em mim.

Arma:
[RP] Olly - Página 2 441058-13_shura_with_sword
[RP] Olly - Página 2 Pkk7NK9
Taberu
(Devoradora)

Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Quando mais nada existia, mesmo antes de buracos negros surgirem, de as galáxias se formarem e de poeira cósmica se espalhar, Kūsō, A Personificação do Vazio, sentindo-se afoito pelo escuro da solidão, criou e, mais tarde, conspirou contra as vontades de Sōkū, O Deus de Tudo e Todas as Coisas, de fazer nascer a sua primeira dádiva: Jinsei, o universo como conhecemos hoje, proferindo que somente a existência de seu filho era o suficiente para lhe arrancar o seu título e proporcionar deleite. Insatisfeito, Sōkū e Kūsō formularam a primeira briga de toda a vida, e com ela trouxeram, a cada conflito de suas armas, a criação de centenas de realidades capazes de abrigar diferentes partes das suas personalidades, confrontando até que quase nenhuma delas sobrasse.

Alimentado pela vontade e pelo orgulho, Sōkū acabou vencedor e, como prêmio, recebeu o comando de todo O Primeiro Plano, a realidade em que vivemos, e seu pai, Kūsō, ficou com os cenários difusos, cheios de crises, confusão, escória e nada, absolutamente nada, assim como eram as coisas antes de o nascimento da sua cria. Revendo suas atitudes, arrependeu-se de não usufruir de toda a potência contra O Deus de Tudo e Todas as Coisas e, por isso, desobedeceu o trato que dizia não poder transpassar as barreiras do Segundo Plano, lançando mão da sua presença para conseguir se infiltrar em uma parte do Mundo de Cima e dar um fim a tudo, novamente. Mas as forças resistentes eram muito poderosas e, assim, ao invés de se transportar por inteiro e se vingar, precisou se resumir a uma mera espada violeta, com os seus nove olhos a adornando e vigiando o império de Sōkū, a pior ingratidão que lhe aconteceu.

Agora como uma arma, Kūsō carregava consigo a maior energia vital de todas, possibilitando de amplificar em tamanho e poderio o que viu ser apelidado, pelo humano que a empunhou, de Taberu, A Devoradora. Sorrateira e furtiva, a espada se tornou capaz de adaptar seu feitio a quaisquer que fossem as habilidades de quem a comandasse, justamente porque A Personificação do Vazio era O Pai de Tudo e Todas as Coisas. Esbanjando vigor, aliou-se de maneira ímpar ao seu dono e, finalmente, Kūsō pôde se considerar liberto da solidão que tanto temia e doía, proporcionando ao espadachim um presente divino: o diálogo com o dono da primeira expressão de som já existente, do primeiro eco rebobinado e da maior intensidade sonora conhecida, conduzindo seus adversários a uma temível destruição auditiva.

Hoje, distanciado de ódio e rancor, Kūsō permite ser empunhado com a intenção de destruir todas as partes da personalidade de seu filho, inclusive o próprio manipulador de Taberu, na tentativa de purificá-lo inteiramente do mal que lhe acometeu assim que A Maior das Guerras, o episódio em que Kūsō e SōKū batalham, aconteceu. Quando concluído esse objetivo, A Personificação do Vazio fará com que tudo retorne aos conformes e, por último, desapareça, impedindo todas as coisas de experimentar o que ele um dia experimentou: o escuro da solidão, crises, confusão, escória e nada. Absolutamente nada.

Kūsō, reconhecendo a necessidade de um juramento de fidelidade como garantia da sua servidão, somente se deixou compreender depois de aplicar sobre o peito de seu espadachim um selo escrito em romaji: オメン, ou Omen, que significa "Presságio". Tal marca garantiria a vida do manipulador ao manipulado, tornando-o o armazém de Taberu, A Devoradora, que apenas poderia ser retirada através do selo e do bel prazer daquele que jurou, com a recitação da frase "Transcenda o vazio, e mate o medo: Devore!". Enquanto resguardada no seu portador, a arma consegue ser destruída caso este morra e ela fique a mercê do dano inimigo.

A Devoradora possui um tamanho padrão de sessenta centímetros e uma lâmina absolutamente reta e de um único fio, com uma proteção quadrada e base longa para acomodar as mãos. Sua coloração semeia entre o violeta e o púrpura, e a superfície do corte tem nove íris de coloração verde musgo te observando. A ponta da arma é pouco curvada e, o que diz respeito a sua força, capaz de cortar tudo e todas as coisas. Suas habilidades variam desde manipulações de energias elementares até despertar de técnicas ilusórias afrontosas ou ninjutsus que moldam o chakra no formato de cobras. Como um talento secundário, existe a aptidão de ampliar em tamanho e, consequentemente, poder, podendo duplicar ou triplicar todo o dano e o alcance de suas técnicas. A bainha original da arma é o corpo de seu espadachim, mas há também uma outra, inteiramente preta fosca, para que este não precise se preocupar em devolvê-la para o seu corpo no meio de um combate. Caso o seu manipulador morra, a alma é devorada por Taberu, A Devoradora.

Bolsa de Armas:
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Kunais;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [06] Shurikens;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [11] Kibaku Fuuda;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [10m] Fio;
[RP] Olly - Página 2 2666.png?v=2.2 [02] Ampolas (1 de veneno e 1 de medicamento).


Última edição por Olly Sivan em 29/10/2017, 20:32, editado 1 vez(es)

_______________________

[RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx92IUtt1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx8xWfwc1s0xpld_250 [RP] Olly - Página 2 Tumblr_inline_p7fx93pLrl1s0xpld_250
IRIS  LYNDALL

_
Iris
Iris
Chūnin
Vilarejo Atual
[RP] Olly - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Asa
http://narutorpgakatsuki.net
RP FINALIZADO

Recompensas: Missão rank B , ganhou 185.000 ryos
Superou defeito vicio

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
Asa
Asa
Genin
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos