>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Akemi Yuki
Chūnin
Akemi Yuki
Vilarejo Atual
Ícone : [Missão C] Árvores, cinzas 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[Missão C] Árvores, cinzas - em 16/10/2017, 19:04



❝ This is for long-forgotten
Light at the end of the world
Horizon crying
The tears he left behind long ago ❞
CH: 800/800 HP: 600/600 ST: 00/04

Conforme seu corpo andava por entre as ruas de Konoha, a jovem Akemi tinha total certeza que sua tarefa indo aos arredores do vilarejo, rumo a floresta destruída, poderia guardar muitos perigos a menor. Sendo assim, ela aproveitava bem para dar uma ultima olhada em tudo que seus olhos podiam captar, afinal quem poderia dizer com certeza se ela voltaria viva? Embora sua promessa de se manter viva fosse um juramento muito forte que não tinha intenção de quebrar, suas habilidades poderiam ser postas em cheque caso um oponente forte como seu inimigo declarado, Stain aparecesse. Em todo caso, finalmente chegou ao portão e pode notar que uma pequena quantia de pessoas se reuniam ali, dentre elas, todas com o protetor de testa da vila. Um olhar fixo no grupo trouxe a Akemi a sensação que de alguma forma aquilo poderia ser um sinal ruim e de fato estava certa, pode confirmar isso ao ver um dos rapazes, um homem mais velho e mais alto que a ninja de cabelos azuis, dar um sinal com as mãos para que ela se aproximasse.

Ah! Ainda bem que você seguiu por este caminho, Akemi. — O homem parecia entusiasmado com a presença da moça. — Bem, creio que não foi devidamente atualizada sobre sua missão, mas neste caso você será capitã em uma dupla. Este é Yahiko, é um Gennin e vai seguir com você. — Apresentou um jovem.

Olá, Akemi-san, bom te ver de novo, sou aquele Gennin de mais cedo, o que foi te entregar a missão. — Mostrava-se bem empolgado com o fato de poder trabalhar com a menina à frente. Yahiko não era mais velho que Akemi, talvez tivesse 12 anos, mas sua altura já era superior a dela.

É, você não me disse que viria na missão, pelo jeito já suspeitava, não? Em todo caso, devemos partir. — Estava bem incomodada pelo fato daqueles outros homens a encarassem com curiosidade. Seria a primeira vez que a Iryonin seria líder em alguma atividade, podia-se dizer que sua pressão era natural.

Não demorou muito para que a marcha para o lado exterior aos portões iniciasse através dos passos de sua líder. Yahiko e Akemi pareciam andar juntos sem conversar muito, pois a jovem tinha uma enorme dificuldade em se relacionar com pessoas desconhecidas. Enquanto caminhavam podia-se notar que a estrada que ligava o centro da cidade com os arredores estava deserto naquele início de noite, o que era bom e mau ao mesmo tempo, pois trazia uma paz a caminhada, mas ao mesmo tempo uma sensação de que algo poderia pular sobre eles a qualquer momento. Depois de andarem por mais ou menos uma hora, a garota cessou a caminhada, apontando para uma trilha que se vinculada a estrada principal, a partir dali eles estariam saindo daquela rota e rumando para o local correspondente a área queimada em Konoha.

Vamos, acho que falta pouco, segundo as coordenadas na nossa missão, Yahiko-kun. — Ela apontou para a trilha, iniciando um breve diálogo.

Certo, Akemi-san, vamos lá! — O Gennin parecia mais empolgado do que sua líder.

Durante a viagem, a conversa entre ambos serviu para deixar claro a menina que seu parceiro nada mais é do que um jovem Gennin recém formado, o que trouxe preocupação a mesma, pois sabia que geralmente quando se inicia a vida Shinobi, muitos recém formados costumam sair da academia cheios de vontade e sonhos absurdamente grandes, o que poderia gerar no rapaz uma euforia preocupante no decorrer da missão. Então, além de instruir ele a respeito da tarefa que iriam fazer, ela se preocupava em conter os ânimos do mesmo, para que não viesse a se expor a riscos desnecessários. Quando chegaram próximos a área em questão, ambos puderam sentir o aroma característico de madeira queimada. Haviam finalmente chegado a zona, logo poderiam começar a trabalhar.

Embora seja uma boa ideia nos separarmos, não posso deixar de ficar de olho em você, então... Kage Bunshin no Jutsu! — Dizia a ele unindo suas mãos em uma posição peculiar, do gesto uma cortina pequena de fumaça surgiu, um clone idêntico a menina surgiu. — Bem, você vai ficar comigo, meu clone vai para outra direção na área e vamos poder cobrir uma área maior em menor tempo — Disse com um sorriso simpático no rosto. Ainda estava meio sem jeito em ter que dar ordens, mas felizmente a conversa com o rapaz era uma coisa que parecia ser fácil.

Sim, Senpai. — Ficou ao lado dela.

Enquanto o tempo passava e os dois pareciam procurar por alguma evidência a respeito do que poderia motivar a floresta se queimar daquele jeito em uma área tão grande, pode sentir uma brisa muito forte naquela área, pois estavam próximos a uma planície logo a frente. Naturalmente, a ninja deduziu que ali seria uma região mais suscetível a ventania o que por si só já seria um excelente agente para propagar um incêndio, mas o que ocasionaria isso? Foi quando surpreendentemente a menina cessou o caminhar, o Gennin que estava logo mais a alguns metros dela a fitou com atenção. Um sorriso no rosto da menina surgiu com um semblante doce e tomado por alívio. "Então foi assim que aconteceu." Afirmou para si mesma, levando o olhar para uma região mais ao centro da catástrofe.

Vamos. Já sei o que aconteceu. — Alertava para que o aliado seguisse com ela.

Dentro de alguns minutos de caminhada ambos chegaram a uma área mais escura, onde principalmente existiam madeira queimada em abundância e um grande buraco mais no centro. Aquilo certamente era resultado de um forte raio que atingiu as árvores naquele ponto, provocando o incêndio e se alastrou graças a quantidade de vento em abundância. Todos foram agentes confirmados, pois naquela estação raramente chovia, mas quando acontecia, geralmente vinha como uma tempestade chuvosa deveras interessante. Dando a devida atenção ao garoto, a Yuki finalmente reunia provas graças ao clone que havia lhe passado informações do local assim que explodiu em fumaça branca.

Como você sabia disso? — Ele se surpreendia com a facilidade da garota.

Quando fiz meu clone, eu tinha bolado a seguinte ideia, de quando ele encontrasse algo, se desfizesse e me trouxesse as informações aprendidas por ele. Como vinculamos um mesmo corpo original, quando isso acontece eu acabo absorvendo os aprendizados por ele feito enquanto estávamos separados. Em todo caso, essa coloração diferenciada indica que aqui o fogo queimou por mais tempo antes de se alastrar, sendo assim com certeza o foco dessa área foi aqui. Outro detalhe é que as árvores neste ponto estão completamente castigadas, mesmo em cinzas podemos ver que foi uma laceração no tronco quando ela ainda estava em pé... Não tem padrões de uma técnica Katon. Foi só a natureza agindo. — Analisou friamente a situação. — Vamos embora. Está tudo certo por aqui. — Concluiu girando em seus calcanhares, tomando o rumo da vila. Era noite e o caminho era longo.

Incrível, Akemi-san. Vamos. — Estava empolgado por aprender algo novo.

Dali ambos foram para casa, seguindo o mesmo caminho que usaram para chegar a zona destruída outrora. A missão havia sido bem sucedida e tudo ocorria bem, conforme esperado. Akemi deixou o jovem juntamente ao quartel da vila, onde fizeram um relatório. De quebra, a menor adquiriu um pouco de experiência em aprender a comandar em missões mais simples.


Considerações:
Roupas: Aqui
Bolsa de Equipamentos presos à cintura, atrás e do lado direito.

Nota: Missão Onepost.
Equipamentos:
Fios: vinte metros;
Shuriken: cinco unidades;
Kunai; quatro unidades;
Kibaku Fuuda: seis unidades;
Hikaridama: uma unidade;
Kemuridama: duas unidades;
Ampola: uma unidade.
Missão:
Árvores, cinzas
Descrição: Há uma grande área florestal ao redor de sua vila que fora violentamente devastada em um período muito curto de tempo, suspeita-se de um jutsu do elemento fogo, utilizado por um membro de alguma vila inimiga. Sua missão é coletar o máximo de informações possíveis no terreno queimado, para definir ao certo, o atentado. Cuidado! O membro da vila inimiga pode estar próximo.

_______________________

| Ficha | Banco | Status | M. de Ficha | Criação de Jutsu | Compra de T. |
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Missão C] Árvores, cinzas - em 17/10/2017, 19:15

@
-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.