>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] O nascimento da luz - Sex 22 Set 2017 - 21:43


O nascimento da luz
Poderia ser apenas mais um dia em Kumogakure, mas era um dia especial para dois shinobi, eles ainda não imaginavam a ironia que a vida iria aprontar com os dois naquele dia.

Megumi e Renji se ajeitavam para uma viagem que iriam fazer naquele dia, Megumi trajava um vestido longo roxo de cintura aberta para trazer conforto a sua barriga volumosa, Megumi carregava uma criança em seu ventre, já Renji vestia uma blusa preta com mangas curtas e uma calça azul meio largada. -Vamos logo, não quero me atrasar- Megumi levantava sua voz para se dirigir a Renji, estava apressada e estressada graça aos hormônios, e Renji ainda estava demorando muito para ficar pronto. Podia ter demorado, mas Renji recompensava Megumi com um beijo em sua bochecha e um na barriga -Rukia, estamos esperando você- Renji dizia enquanto encostava seus lábios na barriga de Megumi e ajudava a ela a se apoiar em seu ombro rumo a saída, quando tudo já estava pronto Renji apenas colocava um selamento em sua porta para impedir a entrada de desconhecido.

Uma carroça esperava o casal para seguirem rumo a Konoha, Megumi não tinha encontrado alguém de total confiança para realizar o nascimento de sua filha e por tais motivos preferia viajar para Konoha, uma famosa médica ninja morava na vila da folha e através de cartas já tinha aceitado realizar o parto. Renji estava apreensivo e nervoso, ainda era jovem, apenas com 21 anos e já teria sua primeira filha, mas o mesmo estava sendo demostrando algum tipo de apoio a Megumi e com um sorriso que preenchia qualquer sentimento de aflição que repousasse dentro de seu coração, Renji mexia suas mãos em movimentos circulares em volta do ventre de Megumi, demostrando um tipo de carinho e afeto enquanto Megumi repousava seu corpo sobre o de Renji colocando ambos um ao outro, com uma pequena inclinação por lado, os rosto de Renji e Megumi se encontraram, olho a olho e boca a boca, os lábios foram ao encontro um do outro, como se fossem imas se atraindo e o momento era selado com um rápido, mas intenso, beijo.

Uma viagem entre as cinco grandes nações, costumavam demorar dias ou até semanas, e assim aconteceu, já viajavam por dois dias e pela programação, ainda falta em média uns cincos dias, Renji se preocupava com o fato de que a criança quisesse sair antes da chegada do casal a Konohagakure. Renji era um ninja médico habilidoso, e tinha capacidade para executar o parto sem complicações, mas Megumi se negava a aceitar que seu esposo tivesse que fazer o procedimento e o convenceu o mesmo a aceitar e acatar a decisão de sua amada, infelizmente o tempo nunca curtiu receber ordens ou ser adiantado da maneira como os humanos queriam, e por isso as nuvens calmas que traziam a suave brisa das montanha iluminada pelos raios solares se transformaram em nuvens carregas e tenebrosas acompanhadas de fortes ventanias que cobriam qualquer tipo de iluminação, uma verdadeira cena de terror.

Rapidamente a iluminada esperança, se transformava em um medo obscuro que acercava o coração de Renji, seus movimentos logos demostraram o motivo de sua graduação como jounin, ao abraçar sua esposa e a segurando no braço pular para fora da carroça, os cavalos e o homem que guiava pareciam está acostumado com o inesperado e sem perceber o salto rápido do jounin seguiam adiante sem temor, infelizmente hoje realmente não seria o dia de sorte deles, poucos tinham avançado quando o tronco de uma arvore anunciava a morte dos animais que puxavam a carroça e consequentemente de seu dono, era tragado e a força do vento era tão constante que era capaz de puxar o tronco mesmo depois do atrito com a carroça, a superfície onde Renji e Megumi estavam era firme e os mesmo se seguravam em uma pedra, estavam se costa para o acontecimento e nada viram de início, mas quando o tronco passou ao lado de Megumi com a ponta afiada de um galho fazendo um leve corte em sua clara e redonda bochecha, mesmo que não representassem perigo algum ao casal, o pequeno corte fez Megumi soltar um rápido grito em defesa ao seu corpo, o tronco de arvore era visível agora ao casal, junto ao puxador da carroça que estava com seu corpo enfiado em um galho um pouco ao meio do tronco, uma pedra estava um pouco adiante do casal e foi a única coisa capaz de interromper a impetuosa investida do tronco, que se rompia com o poderoso impacto, o corpo do puxador estava destroçado e a pedra antes acinzentada, agora estava avermelhada e coberta de sangue.

As emoções pareciam ser demais para Megumi, virava rapidamente seu rosto o encostando no peito de Renji enquanto as lagrimas era disfarçada pela horripilante chuva que começava a derramar sobre o casal, Renji possuía grande experiencia em sobrevivência e sabia que pela forma como o clima se comportava, a ventania e a chuva iriam abaixar a temperatura em questões de segundos e o corpo de Megumi e Renji logo ficariam esgotados de suas energias naturais, até finalmente o coração não conseguir mais bombear sangue e cessar junto a vida de ambos. Seus instintos foram de carregar sua amada, mas isso só iria lhe deixar em seu limite, podendo complicar caso não encontrassem abrigo rápido, então apenas apoiando Megumi em seu ombro, a envolvendo com seus braços seguiam buscando caminho, Renji e Megumi utilizavam de jutsus básicos para andar sem escorregar ou ser carregada pelo vento, Renji era um ninja experiente e utilizava um clone para proteger suas costas de qualquer destroço trazido pela tempestade, a caminhada durou cerca de meia hora, mas uma caverna podia finalmente ser avistada.

As cargas de emoções, junto ao constante esforço físico da caminhada e resistência foram o suficiente para fazer Megumi ignorar as constantes contrações em seu útero, mas quando finalmente conseguiu repousar sobre o chão da caverna e encostar suas costas na firme parede de pedras as dores começaram a consumir o corpo de Megumi, seus intensos gritos ecoavam pela caverna anunciando que tinha finalmente chegado a hora da primogênita do casal nascer.

Renji tinha jurado a Megumi que não faria o trabalho de parto, mas a ocasião não poderia levar em consideração juramentos, Renji beijava sua esposa na testa e a permitia que a mesma amaçasse firmemente o braço dele numa tentativa quase inútil de diminuir as constante dores, Renji utilizava do mesmo clone criado antes para auxiliar ele no procedimento, sem os equipamentos necessários como luvas e toalhas, ou água quente, Renji improvisou utilizando de suas próprias veste para cobrir suas mãos e receber a criança, os gritos de Megumi começavam a soar mais intensos, suas lagrimas derramavam sobre sua suave pele enquanto Renji calmamente pedia a sua amada -Tenha força amor, você consegue- o nascimento finalmente tinha começado, Megumi forçava os limites de seu corpo numa tentativa de empurrar a criança a sair de seu glamoroso pêssego. Entre gritos, lagrimas e desespero, Rukia Kuchiki finalmente estava fora do ventre de sua mãe, Rukia não chorava ou berrava, e sim calmamente bebia do leite materno que saia dos seios de sua mãe, Renji limpava o sangue de sua amada mesmo que fosse minimamente.

Depois de amamentada, Renji pegava Rukia em seus braços novamente e levava a pequena criança para a chuva que já tinha se acalmado e agora apenas despejava seus últimos pingos sobre a terra molhada, o sangue escorria da pele de Rukia que acabava finalmente chorando com os pingos gelado da água, as nuvens se abriam diante da criança e iluminava a delicada pele branca da criança, Renji enquanto sorria e derramava as lagrimas de emoções por segurar a criança em seus braços, dizia -Os céus se abriram com seu nascimento, a chuva se acalmou perante você e os ventos se estremeceram. Rukia você está destinada a grandes feitos, para mim...- antes de suas últimas palavras a chuva escorria sobre seu rosto e se juntava a sua lagrima que respingava no nariz da criança que parava de chorar e encarava seu pai, como se admirasse as últimas palavras dele naquele curto momento -Para mim, você é aquela que iluminará o mundo, eu lhe amo Rukia- quando a última letra saia de sua boca, Megumi se juntava a sua família, abraçando Renji e apoiando sua cabeça em seu ombro enquanto encaravam o lindo rosto da criança. 

- Filler detalhando melhor o nascimento de Rukia(lore) & explicando sua alcunha.
-
Akemi Yuki
Chūnin
Akemi Yuki
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] O nascimento da luz 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Filler] O nascimento da luz - Sex 22 Set 2017 - 22:48

@ Aprovado, parabéns.

_______________________

| Ficha | Banco | Status | M. de Ficha | Criação de Jutsu | Compra de T. |
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.