:: Mundo Ninja :: Área de Juízes
12 Anos Online
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

fora teme [J] - Publicado 6/6/2017, 18:46

Tipo de chamado:Zoobike não se defendeu dos nossos ataques (nem os meus, nem os do Raphs, mas principalmente os meus).

Vou começar com o trecho final de seu post, pois durante a primeira parte, ele estava oculto para nós, então não poderíamos ataca-lo.


"Todos os cidadãos, fujam daqui" gritei. "Eey, quem são vocês e o que querem nessa vila?" perguntei a ambos com um tom de confiança. Eu observava cada movimento a minha volta com muita atenção e cautela. Aquela distância eu poderia observa-los e analisar cada situação, estava a cerca de vinte e cinco metros de ambos. Eu espero e analiso cada movimento de ambos, me preparando a qualquer contra ataque.

Esta foi sua passagem final, se revelando para nós e falando conosco. Agora eis a nossa postagem.

Era uma área muito provavelmente sem muita vigilância, pois não pude ver se quer um guarda naquela região. Imaginei que a esta altura meu companheiro já tinha sacado minhas ações, e portanto, iniciei a investida contra os cidadões da pedra. O tubarão grunhiu, e dilacerou todos que entraram em seu caminho, causando pânico e desordem.

Me permiti me perder um pouco em pensamentos, mas quando recobrei a consciência, Aomine e sua espada tubarão avançavam como loucos contra os viventes da Pedra. A lâmina de Yukimura surgiu em um piscar de olhos e, com a arma em mãos, avancei como um relâmpago através das fileiras inimigas, dilacerando os que se consideravam inocentes e destruindo moradias com um único propósito: o que não cabe a mim dizer agora.

Raphs usou a Samehada para atacar todos em seu caminho, como poder ser visto na narração, mas eu fiz um pouco diferente. Meu personagem foi claramente pra cima de TODAS as pessoas ali presentes, as que estavam fugindo, as que estavam paradas, TODAS, sem exceções. Estar a 25 metros de nós torna o personagem de Zoobike uma dessas pessoas a quem eu estou atacando com a espada, mas em seu post ele não citou nenhuma defesa aos ataques. Apenas chegou e nos "cumprimentou", por assim dizer.

PS.: Se preparar para qualquer contra ataque não é se defender.
Erros do Adversário:
http://narutorpgakatsuki.com.br/t52753-magical-splash-flare#337566
Apresente-nos imagens da sua questão (se necessário):
fora teme [J] 125951_0

zoobike
Sennin
zoobike
Vilarejo Atual
fora teme [J] 125951_0

Re: fora teme [J] - Publicado 6/6/2017, 23:52

Que chamado mais tosco em cara...

Um quando você começou o seu ataque, eu nem estava no local. E você diz exatamente que começou a destruir moradias e quem era habitante, logo NPCs ali presentes na hora. Eu fui contra vocês e comecei a falar, como quem questiona alguém. Seu ataque também tem que ter um limite, algo para podermos começar a lutar. Você estava atacando no portão da vila, eu estava no gabinete, até eu chegar lá né.

Eu sai do meu gabinete e dei uma olhada antes para ver o que se passava, como diz a minha narração. Então quando eu entro no campo, eu iria aparecer na frente do seu ataque?? Que coisa sem sentido, você está querendo inventar motivo já. Eu apareci em uma local onde você ainda não tinha atacado, como dito eu estava longe de você e comecei a falar. O que no bom senso faria vocês pararem e analisarem a situação, onde começaria o combate agora. Não tem como haver uma luta, eu nem estava ali quando você atacou, você estava atacando loucamente NPCs, nenhum player estava no local.

Como você fala que eu cheguei e você já estava me atacando, se você nem sabia se eu iria aparecer. Você já estava atacando alguém que nem ali estava? Estranho isso, não tem sentido...

O ataque de ambos estão parecendo uma forma de chamar a atenção de alguém da vila, para aí então começar o combate. Não vem querer criar algum motivo, pega e luta. Se vocês ganharem, ok. Mas dessa forma não cara, vamos ser pelo menos honestos e homens em cada atitude, jaé? Vai ser melhor pra todo mundo, nada a ver fazer uma parada dessas.

Sem falar que nas ações do Zekken, ele disse que salta para um edifício e começa o ataque. Ainda considerei que ele desceu (algo que não foi narrado), como ele me atacaria lá de cima se fosse o caso, já que estou no chão? Além disso, Zekken narrou que não havia nenhum guarda no portão. Ou seja, ninguém iria contra vocês. As pessoas estavam correndo de vocês fugindo. Alguém mudando de postura e ajudando a multidão em pânico (como disse o Zekken que estava causando), iria mudar a postura de vocês.

Espero que o juiz seja imparcial também, já que sem nenhuma defesa minha já tinha me declarado morto e teve que apagar o post. Agradeço aí, e que se a luta seguir. Boa sorte aos envolvidos!

_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: fora teme [J] - Publicado 7/6/2017, 00:54

@zoobike escreveu:[post="/t52806-fora-teme-j#337631 moderador"]Que chamado mais tosco em cara...

Um quando você começou o seu ataque, eu nem estava no local. E você diz exatamente que começou a destruir moradias e quem era habitante, logo NPCs ali presentes na hora. Eu fui contra vocês e comecei a falar, como quem questiona alguém. Seu ataque também tem que ter um limite, algo para podermos começar a lutar. Você estava atacando no portão da vila, eu estava no gabinete, até eu chegar lá né.

Eu sai do meu gabinete e dei uma olhada antes para ver o que se passava, como diz a minha narração. Então quando eu entro no campo, eu iria aparecer na frente do seu ataque?? Que coisa sem sentido, você está querendo inventar motivo já. Eu apareci em uma local onde você ainda não tinha atacado, como dito eu estava longe de você e comecei a falar. O que no bom senso faria vocês pararem e analisarem a situação, onde começaria o combate agora. Não tem como haver uma luta, eu nem estava ali quando você atacou, você estava atacando loucamente NPCs, nenhum player estava no local.

Como você fala que eu cheguei e você já estava me atacando, se você nem sabia se eu iria aparecer. Você já estava atacando alguém que nem ali estava? Estranho isso, não tem sentido...

O ataque de ambos estão parecendo uma forma de chamar a atenção de alguém da vila, para aí então começar o combate. Não vem querer criar algum motivo, pega e luta. Se vocês ganharem, ok. Mas dessa forma não cara, vamos ser pelo menos honestos e homens em cada atitude, jaé? Vai ser melhor pra todo mundo, nada a ver fazer uma parada dessas.

Sem falar que nas ações do Zekken, ele disse que salta para um edifício e começa o ataque. Ainda considerei que ele desceu (algo que não foi narrado), como ele me atacaria lá de cima se fosse o caso, já que estou no chão? Além disso, Zekken narrou que não havia nenhum guarda no portão. Ou seja, ninguém iria contra vocês. As pessoas estavam correndo de vocês fugindo. Alguém mudando de postura e ajudando a multidão em pânico (como disse o Zekken que estava causando), iria mudar a postura de vocês.

Espero que o juiz seja imparcial também, já que sem nenhuma defesa minha já tinha me declarado morto e teve que apagar o post. Agradeço aí, e que se a luta seguir. Boa sorte aos envolvidos!

Falou, falou, tirou o pintinho das calças pra pagar de macho mas não se defendeu, que era a única coisa que você precisava fazer aqui. Se quer pagar de homem, guarda o pintinho e primeiro aprenda a agir como um e conversar igual adulto. Não é porque tu joga Naruto que pode agir como um pivete querendo atenção.

Em seu post você cita nos ver atacando todos que estavam perto, cita também ver as pessoas fugindo e tudo mais.

"Entre as casas de Iwa e moradores eu iria fazer meu movimentos, ainda a pelo menos quarenta metros de ambos. Eu poderia ver os cidadãos fugindo com muito medo, eu precisava agir, pelo menos faze-los parar com o ataque desnecessário aos inocentes. Passando por duas residencias, coloco de leva a mão em um beco para me apoiar um pouco."

No parágrafo seguinte é a sua frase, a 25 metros de distância. Considerando que durante a sua frase eu estava atacando, como assim você quer supor um limite para que meu ataque acabasse? Eu fui atrás de casas e pessoas próximas, ta bem claro na minha narração, não tem espaço para uma outra interpretação além dessa. Enquanto você estava escondido, a chance de eu te achar e atacar era difícil, então seria plausível para você dizer "Não pode contar com a sorte para me atacar", mas nesse caso, você ta próximo a mim e eu sei da sua localização. Eu ataquei TODOS, sem exceção, então porque você seria uma exceção?

Não, não é plausível para o meu personagem "parar e julgar" o que ta acontecendo. O Kaneki (meu personagem) alimenta um rancor profundo dessa vila em especial, por já ter sido enganado por ela no passado e ter sido considerado um Nukkenin mesmo sendo inocente. Ele não gosta do povo de Iwa, de NINGUÉM, e, quando eu narrei "os que se consideravam inocentes", era fazendo menção a essa história dele. Em resumo, eu to atacando todo mundo porque eu quero e, independente de alguém estar ajudando ou não, esse alguém é meu alvo. Você estando tão próximo a mim (meros 25 metros para um Ninja? Por favor né), deveria no mínimo se defender de alguns ataques, coisa que não o fez.

Interpretação é a alma do RPG. Sua defesa só seria válida se eu deixasse claro que atacaria até que aparecesse alguém, mas não foi o que eu fiz. Meu ataque é contínuo até que, de alguma forma, eu não pudesse atacar, como em uma defesa ou algo do tipo. Aconteceu algo assim em algum momento? Não.

"Entre as casas de Iwa e moradores eu iria fazer meu movimentos"

"Eu cheguei de um lugar que você não tava atacando" Você narra seus movimentos entre a multidão que eu estava atacando. Você é um dos alvos, amigão. NPC e Player, no ON, são seres humanos da mesma forma, não tem diferenciação.


Por fim, se quiser conversar direito, beleza, converso namoral, agora se quer agir igual moleque, posso descer o nível também e rebater as bobagens que você fala a altura. Agora o juiz decide ai o que vai fazer. Só se atente aos fatos, não a suposições fora de contexto.

fora teme [J] 100x100

Cartman
Chūnin
Cartman
Vilarejo Atual
fora teme [J] 100x100

Re: fora teme [J] - Publicado 7/6/2017, 01:18


Juiz;

Vou dar o meu parecer sobre tudo que eu li nos posts e no chamado, se não gostarem podem chamar outro juiz sem problema algum. Para inicio de conversa, o Zoobike narra movimentos "lerdos" por assim dizer, o que faz com que este demore um pouco para chegar ao ponto em que o Zekken e também o Kaneki já haviam mutilado dezenas de pessoas enquanto estas corriam, ou seja, eles já estavam com sangue nas mãos quando o Tsuchikage chegou para salvar o dia; dito isso, o pânico seria geral e mesmo um ninja não poderia controlar a multidão, vamos supor de 100 pessoas, talvez 200, estamos em horário comercial. Meio que o Zoobike está "camuflado" nas centenas de pessoas que estão correndo contra ele, ou seja, seu boneco, Kaneki, não vai simplesmente parar de atacar os que estão a sua volta e ir direto ao Zoobike [como o narrado], então vamos fazer o seguinte para todo mundo sair feliz:

Kaneki está próximo ao Zoobike preparando-se para dar o golpe nele e também com dezenas de pessoas a sua volta para serem assassinadas e, o Zekken está em algum ponto aleatório matando os civis, deixe que ele decida onde, porém não perto do Kaneki e do Zoobike, e decida suas ações por si só a partir daí. Kaneki está numa distância entre 2 metros e 50 cm de Zoobike [deixe que ele escolha a distância em seu post], lembrando que como eu citei: há muitas pessoas por perto e ele está indo atrás de todos um por um, e agora sim é a vez de tentar matar o Tsuchikage.

Desculpem o post cheio de enrolação, mas quero deixar o mais explicado possível o que me levou a esse veredicto. Podem continuar a luta.

_______________________

fora teme [J] Tumblr_o50ugqXkTn1u9dc6yo1_500
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: fora teme [J] - Publicado 7/6/2017, 14:58

Outra aval aqui plox. - Zati esqueceu de pedir;
fora teme [J] GQgddnh

Mako
Game Master
Mako
Vilarejo Atual
fora teme [J] GQgddnh

Re: fora teme [J] - Publicado 7/6/2017, 15:11

@Cartman escreveu:[post="/t52806-fora-teme-j#337635 moderador"]

Juiz;

Vou dar o meu parecer sobre tudo que eu li nos posts e no chamado, se não gostarem podem chamar outro juiz sem problema algum. Para inicio de conversa, o Zoobike narra movimentos "lerdos" por assim dizer, o que faz com que este demore um pouco para chegar ao ponto em que o Zekken e também o Kaneki já haviam mutilado dezenas de pessoas enquanto estas corriam, ou seja, eles já estavam com sangue nas mãos quando o Tsuchikage chegou para salvar o dia; dito isso, o pânico seria geral e mesmo um ninja não poderia controlar a multidão, vamos supor de 100 pessoas, talvez 200, estamos em horário comercial. Meio que o Zoobike está "camuflado" nas centenas de pessoas que estão correndo contra ele, ou seja, seu boneco, Kaneki, não vai simplesmente parar de atacar os que estão a sua volta e ir direto ao Zoobike [como o narrado], então vamos fazer o seguinte para todo mundo sair feliz:

Kaneki está próximo ao Zoobike preparando-se para dar o golpe nele e também com dezenas de pessoas a sua volta para serem assassinadas e, o Zekken está em algum ponto aleatório matando os civis, deixe que ele decida onde, porém não perto do Kaneki e do Zoobike, e decida suas ações por si só a partir daí. Kaneki está numa distância entre 2 metros e 50 cm de Zoobike [deixe que ele escolha a distância em seu post], lembrando que como eu citei: há muitas pessoas por perto e ele está indo atrás de todos um por um, e agora sim é a vez de tentar matar o Tsuchikage.

Desculpem o post cheio de enrolação, mas quero deixar o mais explicado possível o que me levou a esse veredicto. Podem continuar a luta.

Eu também tinha lido antes a luta, pois, antes do post equivocado do Cartman como juiz, eu seria o juiz da luta. Sendo assim, já tenho noção dos acontecimentos e estou parafraseando o Cartman apenas para explicar meus pontos contrários.

1. Os invasores citaram atacar, sem parar, os moradores da aldeia. Isto é, todos. Civis são lentos, não possuem defesas, julga-se então que, pela lógica, dois shinobis com velocidade extremas matariam muitos em segundos.
2. Não houve, em momento algum, citação de "parar ataques". A única maneira de interrompê-los, seria parando-os.
3. O defensor citou se misturar a mesma multidão alvo dos invasores.

De fato o invasor [Kaneki] não era simplesmente parar de atacar, mas ele não precisa disso para avançar no defensor; pois civis morrem fácil. Eles apenas correm enquanto são mortos. Não possuem habilidade alguma contra dois shinobis. Além do mais, o defensor foi de encontro com os homens (ao menos foi o que sua narrativa construiu ao leitor). Não, os invasores não iam adivinhar quem você é, mas isso não os impediria de continuar atacando como se fosse um morador qualquer; afinal, este era o objetivo inicial.

Um fator importante: não existe isso de permitir uma defesa futura por um erro. A menos que haja concordância entre os dois lados, claro. Não é o caso neste combate. Juiz não deve abrir mais chances caso haja erros na narrativa do usuário. Isso pareceu mais uma forma de se desculpar por ter dado um veredito antes do tempo em outro momento.

Veredito: Zoobike recebe os danos da espada de Kaneki, porém, como foi apenas dito ser "dilacerando os que se consideravam inocentes" não há como evitar uma morte; (Dilacerar: Rasgar, cortar em pedaços com violência; lacerar, retalhar, espedaçar ou despedaçar.) Despedaçar, cortar em pedaços com violência, aponta para esquartejamento; logo, morte.

_______________________

fora teme [J] Scre1755
fora teme [J] QF79TeWOlá, eu sou o Mako.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
fora teme [J] 125951_0

zoobike
Sennin
zoobike
Vilarejo Atual
fora teme [J] 125951_0

Re: fora teme [J] - Publicado 7/6/2017, 18:10

Você não vai querer mudar sua decisão, mas vamos lá...

Se eu estou a 25 metros dele e tem uma multidão como ele iria atacar diretamente a mim?? Ele teria que especificar o seu ataque, que iria começar agora a luta. Fazer isso é muita sacanagem. Sem falar no lance que ele não citou em momento algum a sua velocidade, nem mesmo nas considerações (fazer uma metáfora "partiu como um relâmpago" é dizer a velocidade? Sem falar que qual relâmpago? Ele tem RnY agora para parecer um relâmpago?). Considerar que ele iria com velocidade máxima sem nem mesmo uma menção do ato, ao meu ver é um AH.

Agora pelo bom senso da situação, voltando a multidão. Vamos me falar você, está correndo em direção a alguém que você quer atacar, e do nada aparece alguém que começa a interagir de forma direta a mim, você não para? Em qualquer luta isso acontece, tem que ser levado em consideração aqui também. O ataque dele não é eterno. Se eu narrar agora que vou sair atacando sem parar, loucamente os NPCs e alguém aparecer ele tem que morrer? Porque eu não apareci no ataque dele, logicamente isso é idiotice né.

Nenhum ataque dele foi direcionado, então a antecipação é obvia na situação. Voltando a distância. Ele disse que 25 metros para um ninja é pouca coisa, mas ele não diz a velocidade. E seguindo a lógica daqui (que tudo tem que narrar) em relação a velocidade, 5 = 22m/s, demoraria um pouco mais que 1 segundo no caso, sem falar que esse tempo poderia demorar um pouco mais por conta das pessoas na frente. Mas como não foi citado e se ele estivesse em 2m/s (velocidade mínima)? Demoraria muito mais para chegar até mim, sem levar em consideração a quantidade de gente na frente que faria demorar ainda mais.

_______________________

Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: fora teme [J] - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas