>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

fillers, de. - Sab 04 Mar 2017, 07:04

fillers, de. Urahar10
The look of the desperate.

Ele manteve-se atento às instruções de seu mestre. Apesar do homem estar envolto num odor alcoólico, os olhos parecerem perturbados e suas feições demonstrarem uma extrema insônia, suas palavras ainda continuavam sábias e perspicazes. Mesmo nesse estado, era dito que, Yukimaru, seria capaz de arrancar pelo menos três cabeças de seus inimigos antes de cair aos pés deles. O boato que circulava pelo clã dizia que ele havia perdido sua sanidade, que a tinha jogado no lixo quando matara sua própria irmã. Mas Hanzō sabia à verdade escondida por trás de todas aquelas besteiras que o homem estava fazendo. Ele sentia falta dela, sua única família; agora morta, e por suas próprias mãos. Isso fazia o garoto pensar que nascer cego não era uma desgraça tão grande quanto à de seu instrutor.

Ei, garoto, você está me escutando? — questionou Yukimaru enquanto acertava um tapa em seu discípulo indisciplinado, o que trouxe Hanzō de volta para o presente naquela cabana velha e mal iluminada. Gotas de água da chuva caíam pelos buracos que existiam entre as tábuas de madeira e os feixes de feno, fazendo pequenos ruídos e às vezes acertando os dois que estavam ali. O garoto levou uma de suas mãos ao local em que tinha recebido o golpe e deu um pequeno rangido de dor. Não tinha como ele ter escapado disso, afinal seus olhos sem vida não alcançavam nada nesse mundo. Indignado, tentou devolver o soco com o seu punho direito mas acabou achando apenas o espaço vazio.

Idiota. —  Os risos saltaram da boca do homem descontroladamente e ele não conseguia parar de achar engraçado o rosto que seu aluno fazia nesse momento. Era claro que ele não conseguiria atingi-lo com um golpe como aquele, não por ele ser um menino cego e não conseguir enxergar um palmo à sua frente, mas pela sua atitude sem propósito e pela falta do treinamento que ainda estaria por vir. Afinal, esse era o motivo de Yukimaru estar ajudando alguém sem futuro como Hanzō. Os dois eram considerados à praga do clã Shirai, embora outrora o velho homem já fora chamado de 'general' pelos demais membros. Agora, entretanto, lixo é a palavra que usam para descreve-lo.

Yukimaru entendia o motivo de todos o odiarem, mesmo que eles não entendessem os reais motivos que o fizeram causar aquela atrocidade contra seu próprio sangue. No entanto, ele não conseguia compreender quais motivos os membros do clã possuíam para odiar Hanzō; ele havia nascido cego, e daí? Isso era o suficiente para que ele fosse chamado de lixo, escória e aberração? Cretinos, isso é o que se tornaram para ele. O clã que uma vez ele protegeu, o clã pelo qual ele matou sua própria irmã havia virado as costas para uma criança inocente. Isso foi o estopim de sua paciência, de sua bondade. Desde então, Yukimaru nunca mais entrou numa batalha que envolvesse ajuda-los, sua única motivação agora era cuidar daquele garoto.

Hanzō, preste atenção no que irei dizer. — O homem deu um longo suspiro, como se estivesse para falar algo importante, um ar de seriedade o rodeava. — Os seus olhos nunca enxergarão, mas isso não é uma fraqueza. Isso é o que lhe tornará forte. — Ele deu uma breve risada enquanto encarava a expressão de 'quem não intende nada' do garoto, então com uma suas mãos acariciou os cabelos louros do pequeno. O que estaria por vir não seria fácil, treinar alguém para se tornar forte não era algo simples, isso demandava muito mais esforço para uma pessoa que não tinha sua capacidade de visão para lhe ajudar. Mas não seria impossível se o menino demonstrasse um espirito de luta inquebrável e uma grande força de vontade. Era esperado que, no final, ele conseguisse entender os seus pontos fortes.

O som da chuva tornou-se mais alto, uma tempestade parecia estar à caminho da pequena e frágil moradia em que estavam. Os ouvidos apurados do velho homem conseguiram notar a diferença nos assovios que o vento estava fazendo, ele sabia que logo acabariam ensopados e talvez desabrigados. Mas ao invés de usar essa oportunidade para tentar encontrar algum refúgio ou abrigo, Yukimaru notou que seria uma boa chance para ensinar uma lição para Hanzō. Ele chamou à atenção do garoto com algumas palminhas e lhe fez uma pergunta.

Está ouvindo? Ela se aproxima. — Olhou para o garoto e esperou pela sua reação, obviamente de estranheza. O jovem não entendeu o que seu mestre queria dizer, ele não conseguiu discernir quem seria 'ela'. Desde quando estavam esperando alguém? Era o que ele pensava, ainda mais num tempo de chuva desses...então houve um estalido em sua mente. Concentrando-se, o menino atentou-se e forçou os músculos de seus ouvidos a aumentarem sua audição inconscientemente, fazendo com que eles fossem capazes de ouvir os arrepios que o ar estava fazendo. Agora, ele era capaz de saber que o tempo havia mudado.

Uma tempestade. — respondeu ele para Yukimaru, enquanto este sorria com o rápido raciocínio e alta habilidade que o menino demonstrava. Ele tinha conseguido aumentar as frequências vibracionais de seus ouvidos e aumentado sua audição para notar o que estava acontecendo, mas isso era apenas o começo. Depois de terminado o treinamento, Hanzo seria capaz de notar qualquer coisa numa distância de quarenta metros. Os seus ouvidos seriam suas maiores armas e seus olhos não seriam necessários para seu estilo de luta. Ele conseguiria lutar em igualdade com qualquer outro ninja e não ficaria em desvantagem pela falta de sua visão. Os inimigos poderiam cair no enlace da falsa sensação de vantagem ao notarem sua cegueira, no entanto, isso apenas beneficiaria o menino e o daria um trunfo. Uma armadilha poderia ser criada apenas ao mostrar seu rosto.

O caminho árduo seria recompensado com uma enorme força, agora ele teria que aguentar uma provação atrás da outra para conseguir treinar seu corpo e mente afim de prepará-los para o futuro. O clã Shirai acabou perdendo dois lixos, um antigo general aclamado pelas suas vitórias, e destruído pelo assassinato de sua família; e um garoto cego, embora com um poder muito além do que poderiam prever.
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : fillers, de. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: fillers, de. - Sab 04 Mar 2017, 12:49

50

_______________________

fillers, de. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.