>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Sotirodd
Genin
Sotirodd
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[Fillers] Sotirodd - 13/1/2017, 20:27

[Fillers] Sotirodd Tumblr_lzt7gk6LU41qm6oc3o1_500
Um começo um tanto quanto..estranho

Fazia um belo dia em Sunagakure no Sato, com uma grande quantidade de nuves cobrindo a imensidão do céu, mesmo ainda de manhã e com o Sol começando a irradiar a Terra. - Hm, ainda deve ser primavera.. - disse um garoto de cabelos grisalhos, timidamente, enquanto olhava pela janela de seu quarto mantendo seus braços apoiados sobre a mesma. Esse mesmo rapaz, cujo nome era Sotirodd, deu um leve bocejo, ainda sonolento, enquanto vestia suas vestes casuais. Por fim, pegou uma bandana, que tinha um símbolo de uma ampulheta, em cima de uma escrivaninha ( aonde o garoto planejava o design de suas marionetes ) e a amarrou no pescoço, de forma que não o sufocasse. Aquele seria o primeiro dia de Sotirodd como um Gennin, o primeiro passo para que se tornasse um ninja. Ia saindo apressado de sua casa, quando notou que tinha esquecido de uma coisa: sua marionete preferida e a única que havia feito, Shaco. - Vo-Você ainda me assusta um pouco. Baka! - falou para a marionete, que continuou imóvel, ainda recostada em um canto da parede da sala de sua casa. Sotirodd levou seu palmo direito à frente e cinco fios azuis surgiram na ponta de seus cinco dedos, indo direto em direção à marionete. Como mágica, o "palhaço" começou a seguir o titeriteiro, que finalmente se dirigia até a saída de sua casa. - Até mais tarde, pai! Vou treinar um pouco com o Shaco! - disse, acenando com a cabeça em direção a Higoroji, sua figura paterna. Não esperava que seu pai soubesse quem ou o que era Shaco, mas o rapaz tampouco se importou.

- Está ventando um pouco.. O que acha disso, Shaco? - falou, ao chegar em um local de treinamento que poderia ser considerado como "deserto" ( não apenas no sentido literal da palavra ), se não fosse por um pequeno grupo de crianças brincando com shurikens de papel próximo ao local. Sem se importar com a presença das crianças, Sotirodd começou a treinar com sua marionete. Afinal, "Shaco" não era um brinquedo, e sim uma arma mortal. Se colocando em frente a uma árvore que estava praticamente seca, Sotirodd começou a usar algumas das artimanhas de sua marionete. Começou testando alguns "combos" que seria capaz de praticar. Com um movimento nas cordas de chakra que estava manuseando, Shaco abriu sua boca e lançou uma bola roxa que, ao tocar o chão próximo da árvore, criou uma bomba de fumaça de tom púrpuro que cobriu a árvore por completo. - Está com dor na barriga, Shaco? Então solte! - berrou o rapaz, enquanto fazia um movimento na articulação metacarpofalangiana de seu dedo indicador, e uma rajada de senbons começou a ser lançada em direção à bomba de fumaça, tendo como simples intuito conseguir acertar a árvore. Foram lançadas, ao total, 75 senbons e, depois que a fumaça da bomba se desfez, se juntando ao ar atmosférico, Sotirodd conseguiu observar a árvore a sua frente: tinha conseguido acertar a maior parte de seus projéteis. Cerca de 7 ou 8 tinham sido errôneos, atingindo o solo próximo a árvore ou se perdendo no meio da fumaça, tendo atingido árvores bem mais distantes. - Bom trabalho, bobo da corte-chan! - falou, com um sorriso abobado de uma criança de 11 anos no rosto. Sotirodd, com a mão direita, manuseou a mão do palhaço até uma boa altura e, com a mão esquerda, deu um tapa na mão da marionete, tentando ser cuidadoso para não disparar os mecanismos que o boneco tinha em mãos. " Quem diria que esse pedaço de madeira seria incrível?" pensou, feliz por seu primeiro contato com a marionete ter sido exemplar.

-É, estou mort... Hum? - falou para si mesmo, quando viu três crianças virem correndo em sua direção, com um olhar de admiração e afeto. - Isso foi incrível! Vimos tudo de longe! - disse uma das crianças, parecendo ser a mais velha das três e, portanto, o líder daquele grupinho. Sotirodd levou a mão esquerda até a cabeça, um pouco envergonhado. O rapaz não esperava receber elogios, pois ainda nem era extremamente forte a ponto de ficar se gabando. Se sentou em uma cadeira e começou a conversar com as crianças, e foi isso o que ficou fazendo por cerca de duas horas. Já era quase o horário de almoço e, Sotirodd tinha que ir para casa, se não seu pai iria ficar furioso. - Vejo vocês outro dia, crianças. - disse, enquanto se levantava e dava as costas para as crianças, indo em direção à sua casa. Não tinha dado nem dez passos quando ouviu um grito de terror e, ao virar o pescoço para ver o que era, um homem estava tentando agarrar uma das crianças e levá-la para longe. O homem aparentava não ser um ninja, pois nem bandana nem vestes de shinobi ele possuía. - Filho da...Esperou eu me afastar para agir! - disse, pigarreando. Com um movimento veloz, Sotirodd mandou sua marionete até a direção em que o homem corria, tentando parar os movimentos do mesmo. - Hm? Vai querer me enfrentar mesmo? Esse é seu fim. - disse o homem, que aparentava estar em seus 40 anos. O sorriso do homem seria amedrontador, caso Sotirodd não mantesse a calma e pensasse com astúcia na maior parte das situações. Não se preocupe.. Ele é burro.. Ele vai cair nessa.." pensou, confiante, e o plano de Sotirodd foi posto em prática. O rapaz dos cabelos grisalhos apontou para sua região peniana, com o simples intuito de enfurecer aquele homem. O olhar do sequestrador mostrava puro ódio, e o mesmo soltou a criança e veio correndo em direção ao Gennin, levando as mãos à frente do corpo. - Arrrgh! Vem cá! Vou te estrangular! gritou o homem, se aproximando. Aquela figura maligna certamente havia esquecido de Shaco, pois ao se virar para Sotirodd, tinha ficado de costas para o palhaço. Ainda controlando sua marionete, Sotirodd fez com que Shaco retirasse seu chapéu de bobo da corte, com aquelas mãos sem vida de madeira que o palhaço possuía. A marionete não tinha uma cabeça, e sim uma cavidade aberta, de onde fios duplos saíram e foram em direção ao homem. Os fios, ao se aproximarem, enrolaram o braço do sequestrador junto ao corpo do mesmo, que agora estava imóvel, mesmo que em pé. - Adeus! disse Sotirodd, enquanto ordenava para que sua marionete se aproximasse. Quando Shaco apontou a Kunai que tinha em mãos para o homem, o mesmo desmaiou, temeroso por sua vida. - É um covarde mesmo.. - disse, enquanto ia se afastando das crianças, dando um aceno com a mão esquerda. Shaco, agora, puxava o homem pela cidade, ainda amarrado.

- Hay! Esse cara tentou sequestrar uma criancinha no campo de Treinamento mais próximo daqui. - disse Sotirodd a um Jounin, enquanto apontava com o dedo em direção ao local em que se referira em sua fala. Shaco soltou o sequestrador, que se manteu parado no chão. Se ele sabia o que um Gennin tinha sido capaz de fazer, certamente temia a capacidade do Jounin em sua frente. O Ninja de Elite agradeceu, dizendo que iria "cuidar" daquele caso dali para frente. Após se curvar de forma cordial de forma respeitosa em direção ao Jounin, Sotirodd começou a se afastar, indo em direção à sua casa. - Pai.. Nem te conto o que aconteceu.. - disse, colocando Shaco em uma parede e indo conversar com seu pai sobre tudo o que ocorrera.


Status:
HP=200/200
CH=200/200

Jutsu Usado:

Chakura no Ito
Descrição: Chakura no Ito é uma técnica que normalmente é usada por manipuladores de marionetes que lhes permite controlar suas marionetes em batalha. Uma vez que estes fios são feitos de chakra muito concentrados, eles podem ser vistos por pessoas além do utilizador. Curiosamente, assim como puxar objetos em direção a ele com os fios, o usuário também pode "empurrar" objetos para longe dele, e até mesmo parar objetos em movimento como serras. O chakra também pode ser transferido através dos fios, para ativar algumas habilidades nas marionetes. Os fios de chakra também podem ser anexados a outros objetos, permitindo ao usuário controlar, ou pelo menos atrapalhar outras coisas. Em um exemplo, Kankurō usou os fios de chakra para fazer Naruto Uzumaki tropeçar quando eles se conheceram. Em outro, Chiyo usa os fios de chakra para controlar uma pessoa como se fosse uma marionete. Um usuário habilidoso pode suprimir o chakra ao ponto de que os fios se tornem invisíveis, como Chiyo fez com o Sōshūjin para esconder um fio para conectá-lo à cauda de ferro de Hiruko. Kankurō mostrou a habilidade de anexar seus fios de chakra para aqueles de outro usuário. Esta técnica é limitada a um fio principal por dedo para os seres humanos normais, mas o núcleo modificado de Sasori foi capaz de emitir fios suficientes para controlar mais de cem marionetes.
Marionete-Shaco:

[Fillers] Sotirodd Shaco
Nome:Shaco, the Clown
Tipo: Normal
Descrição: Essa marionete possui a figura de um palhaço, que mantém sempre um sorriso assustador, mostrando seus "dentes" de madeira. Suas vestes são semelhantes a de um bobo da corte, sendo metade de sua roupa vermelha e a outra metade preta. Tem a capacidade de carregar duas kunais em mãos. A marionete, apesar de bem trabalhada, tem um nível de fragilidade elevado, principalmente nas juntas dos braços e em seu dorso. A roupa de "Shaco" possui pequenos furos, que não podem ser vistos de longe a olho nu ( Visão Aguçada seria uma excessão).
Mecanismo 1: Sorriso Mortal- Os dentes da marionete somem, sendo puxados para dentro da mesma. Após algum tempo, de sua boca sai uma bomba de fumaça, que se desfaz após um turno.
Mecanismo 2: Puxe meu dedo- Todos os dedos da marionete podem se transformar em dispositivos controláveis próprios, tendo uma parte pontiaguda na região das falanges próprias ( semelhantes a uma senbon, porém um pouco mais grossas). Assim, Sotirodd pode controlar os dedos da marionete de forma isolada, enquanto mantém a marionete próxima de si.
Mecanismo 3: Dor de barriga- Uma rajada de até 75 senbons é atirada a partir dos furos nas vestes de Shaco.
Mecanismo 4:Cabeça Oca- Embaixo do "chapéu" de Shaco, há uma cavidade aberta que, ofensivamente, pode lançar fios duplos de até 20m que tentam imobilizar os braços do oponente.
Mecanismo 5:Piromaníaco- As pernas da marionete se soltam, e a parte de baixo de sua cintura pode soltar bolas de fogo de tamanho mediano que equivalem a um jutsu Rank B.
Sotirodd precisa gastar 35 de seu chakra ( um "meio termo" entre o gasto de jutsus Rank C e Rank B) quando for usar essa "técnica". Após usá-la, ela fica durante um turno inativa, como um tempo de recarga da técnica.

Considerações:
Não vou postar os equipamentos ( kunais, shurikens ). Deixei-os em casa de propósito.
1253 palavras de acordo com o Word

_______________________

[Fillers] Sotirodd Tumblr_narfvvKCf21sgozseo1_500
" Não bebo, não fumo, e nem falo besteiras. Puta que pariu..Esqueci meu cigarro na porta do bar

Ficha/Treinamento/Compra(Jutsus)/Banco/[T.J]
-
Asa
Genin
Asa
Vilarejo Atual
http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 14/1/2017, 00:18

Aprovado, 50 pontos em status

_______________________

Ficha
Banco
Mudanças
-
Sotirodd
Genin
Sotirodd
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 21/1/2017, 19:55

Algumas semanas haviam se passado desde que Sotirodd tinha tido um "problema" com um sequestrador de crianças, e agora o garoto já era um Genin com uma boa experiência. Já tinha completado algumas missões, e tanto o seu amadurecimento como ninja quanto como pessoa eram visíveis. O jovem Genin de cabelos grisalhos, também, agora estava se tornando um bom titeriteiro, e o seu sonho de fazer parte da Kugutsu no Butai ficava cada vez mais perto. - Mais um dia.. Mais um desafio.. - disse, quase se engasgando, enquanto terminava sua janta. Se levantou da cadeira de forma vagarosa, como se não tivesse nada para fazer em uma noite como aquela, mas isso era mentira. Todos sabiam que a vida de um shinobi era bem ativa, por mais que fosse cansativa, também.

O garoto retirou a roupa que usava quando estava em casa, e começou a colocar suas vestimentas ninjas: um casaco de couro marrom e uma calça preta, onde sua bandana de Sunagakure estava amarrada. - Vamos! - disse para suas marionetes que, diferente do usual, "descansavam" em uma parede ao invés de estarem seladas em Pergaminhos. Fios azuis de chakra começaram a sair dos dedos do garoto, indo em direção às marionetes. Os bonecos de madeira pareciam possuir vida, se movendo em direção a Sotirodd. - Adeus, pai! - berrou, indicando para seu parente que o garoto ia lá fora treinar. O Genin até ordenou que suas marionetes fizessem acenos com a mão e, após essa brincadeira, abriu a porta. - Ai ai.. Nada como um tre... - antes de finalizar sua frase, alguma coisa escura foi colocada na cabeça de Sotirodd, impedindo o mesmo de enxergar. Será que Suna estava mal iluminada? Não, isso era impossível.. Sotirodd tinha certeza de que tinha conseguido ver luzes acesas de outras casas, enquanto estava dentro da sua. - Tem certeza que é esse o pivete que fudeu com o Mitae? - perguntou uma voz de homem, bastante grossa. O coração de Sotirodd parou: ele nunca fizera mal para ninguém, a não ser para aquele homem que tentara sequestrar as crianças. O garoto tinha ficado sabendo que aquele agressor ( cujo nome era Mitae ) havia perecido na cadeia, e agora o bando dele desejava vingança. Mas quem será que eram aqueles homens? Sotirodd certamente iria descobrir.

O jovem sentiu-se sendo arrastado, com seus pés sendo levados pela areia de Suna. Também ouviu barulhos de madeira quebrando. " Esses filhos da puta estão quebrando Hanzo e Shaco.. " pensou, ficando cada vez mais irritado. Tentou conter uma risada ao ver que um idiota tinha pisado em uma shuriken que Hanzo escondia dentro da mão. Sotirodd tinha que manter a calma, pois as marionetes eram reconstrutíveis. Agora, se o garoto morresse, não teria como ele se "reconstruir", e sua história acabaria. Respirou fundo, sentindo um ar quente vindo em sua cara, por causa daquela máscara preta que estava quase o sufocando. - Bamos ber onde bisso bai dar.. - falou, com sua voz mudando um pouco de aspecto devido a máscara em sua face.

Depois de algumas horas sendo arrastado, ouviu um ranger de porta, que indicava que eles tinham chegado em algum lugar. Foi retirado a máscara do rosto de Sotirodd, e o garoto fez algo que iria se arrepender: - Olha.. Vocês até que são bonitinhos, mas me levem pra jantar primeiro, antes de usarem meu corpo. - falou, mandando um beijinho no ar logo em seguida. Cara, a ironia de Sotirodd era realmente um problema, e um dos homens não gostou daquilo, visto que desferiu um soco no lábio do garoto. O Genin deu um cuspe no chão, para tirar um pouco de sangue que escorreria por sua boca. Após isso, o garoto foi colocado em uma cadeira, e foi amarrado na mesma. Suas mãos estavam atadas e, apesar de conseguir se colocar em pé, o garoto não seria estúpido de tentar fazer isso com tantas pessoas em volta. - Mantenha a calma, tudo vai acabar bem..Tenho certeza.. - disse, apesar de no fundo saber que estava enrascado.  

Se Sotirodd era responsável pela morte de um bandido, era certo de que aqueles homens iriam querer vingança. Sotirodd não aceitava isso de bom grado, mas entendia a visão deles:olho por olho, dente por dente. Aqueles homens nem tentaram interrogar o Genin, pois começaram a espantar o garoto sem nem se preocuparem com as consequências ( mas eles mexeram com as pessoa errada, é claro que isso traria consequências). Se Sotirodd não tivesse a capacidade de manter a calma, provavelmente estaria pedindo para que os homens o matassem rapidamente, de forma indolor. "Tudo bem..Tudo bem.." pensou, ouvindo o barulho de seu nariz quebrando, quando um soco foi desferido no mesmo. Sotirodd sentia dor? É claro, ele era um humano como qualquer outro. Mas sua personalidade e mente forte eram capazes de suportar isso, e foi exatamente o que o garoto continuou fazendo: apanhou calado, certo de que na primeira chance, tentaria uma fuga.

Se as contas de Sotirodd estivessem corretas, já fazia cerca de 5hrs que ele estava ali. Felizmente, já fazia um tempo que os homens haviam terminado de o espancar, e agora todos estavam dormindo, pois duvidavam das capacidades ninjas de Sotirodd. - Idiotas.. Se soubessem o que aconteceu com o amigo deles.. Estariam apavorados.. - cochichou, tentando não acordar ninguém. O garoto de cabelos grisalhos se colocou de pé, e pensou em um jeito de desamarrar aquela cadeira de seu corpo. O rapaz correu na sua maior velocidade, e foi de encontros à uma parede, indo de costas em direção à mesma. - Caralho.. Que merda.. - resmungou, sentindo uma dor infernal nas suas costas. Tinha certeza que algumas farpas haviam entrado em suas costas, mas não podia se preocupar apenas com isso. Sotirodd tinha que fugir, só tinha que descobrir: Como? O garoto não sabia onde estava, não sabia o quanto estava ferido e não tinha plena certeza de quantos homens havia ali, dispostos a dar um fim no garoto. Certamente, aquele seria um desafio digno. " Vamos nessa! " pensou, tentando esconder o seu terror com pura determinação.

_______________________

[Fillers] Sotirodd Tumblr_narfvvKCf21sgozseo1_500
" Não bebo, não fumo, e nem falo besteiras. Puta que pariu..Esqueci meu cigarro na porta do bar

Ficha/Treinamento/Compra(Jutsus)/Banco/[T.J]
-
Doroy
Genin
Doroy
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd CjdvaXH

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73435-ficha-yoroy https://www.narutorpgakatsuki.net/t73442-gf-yoroy#564969

Re: [Fillers] Sotirodd - 21/1/2017, 21:50

50

_______________________

Ficha - Banco - G.F
-
Sotirodd
Genin
Sotirodd
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 22/1/2017, 14:07

Sotirodd certamente estava em uma situação de risco, pois as chances que o garoto tinha de sair vivo eram poucas. Não tinha conseguido contabilizar o total de inimigos que estavam ali, o que também não deixava de ser um problema. - Pense.. Pense.. Você não é burro! - disse, como uma forma de manter sua estima alta. O garoto ficou revirando seu corpo, procurando qualquer objeto a sua volta. Avistou uma cadeira, em que um dos sequestradores estava sentado, e Sotirodd a pegou, colocando-a no mesmo lugar em que estava sentado até se libertar. " Espero que eles sejam mais idiotas do que eu penso que são.. " pensou, olhando o material da cadeira. Era feita de madeira, também, mas provavelmente de uma árvore com troncos diferentes. Não que Sotirodd se importasse com esses detalhes mas, caso os homens descobrissem, o Genin certamente morreria. O jovem de cabelos grisalhos limpou a sujeira que havia feito: estacas de madeira e cordas por todo o chão. Logo após isso, se sentou na cadeira e pôs as mãos para trás, fingindo que estava amarrado. -Ei! Alguém! Preciso de ajuda! - começou a gritar, na esperança de que algum sequestrador viesse em seu "socorro".  

Não tardou até que um sequestrador viesse ao encontro de Sotirodd. Era de madrugada, e mesmo assim o homem levava um bastão em mãos, pronto para acertar Sotirodd. -Eu..Eu sei que vou morrer. Peguem a minha fortuna. Vocês, infelizmente, são merecedores, por conseguirem ter me deixado nessa situação. - falou o jovem de cabelos grisalhos, com um olhar que mesclava um jeito amigável com um cachorro abandonado. O sequestrador se aproximou, disposto a escutar as palavras de Sotirodd com atenção. " Nas duas! " pensou o garoto, finalmente se levantando. Em questão de segundos, foi capaz de chutar o saco escrotal dos homens, utilizando seu pé esquerdo, enquanto cobria a boca do homem com sua mão direita. - Não queremos que você grite, não é mesmo? - disse, com um sorriso irônico no rosto. Sotirodd não era nem um pouco talentoso em combate corpo a corpo, mas nenhum ser humano é capaz de resistir às dores de um chute dado direto nas bolas. Colocou a corda que amarrava seus braços na boca do homem, e nem se preocupou em amarrá-lo, pois antes de sair, deu outro chute no saco do homem enquanto ele agonizava de dor. - Caramba.. Ele desmaiou.. Henge no Jutsu! - falou Sotirodd, fazendo um selo de mão, e assumindo a mesma aparência e roupa do homem que estava caído naquela sala. Sabia que não iria ter problemas em imitar seu "jeito", pois aquele homem foi um dos que ficou espancando Sotirodd e, por causa disso, o garoto tee muito tempo para observá-lo.

Saiu da sala em que estava, tentando não levantar suspeitas. Foi entrando de porta em porta, espiando as pessoas que dormiam nos quartos. Pensou em matar todos, um por um, mas sabia que era arriscado. -Eu vou dar o fora daqui, e depois eu volto pra acabar com essa "raça".  - disse, imitando perfeitamente a voz do homem. Sotirodd conseguiu chegar até uma sala que parecia extremamente com um gabinete de trabalho, e começou a abrir gavetas, tentando descobrir sua localização exata. Achou um mapa extremamente surrado, que estava todo coberto de poeira. Após soprá-lo, o rapaz conseguiu entender as informações, devido a sua alta inteligência. -Ter um cérebro bom vale a pena, hein, Sotirodd? - falou para si mesmo, ainda mantendo a voz firme do homem. Após isso, o garoto, ainda com o Henge no Jutsu ativado, desceu por uma escadas, chegando aos portões do local em que estava sendo mantido.

A parte mais difícil Sotirodd já tinha feito: escapar sem levantar suspeitas. Agora, deveria chegar em Suna. O garoto deu um salto por cima do gigantesco portão e, pegando o mapa de seu bolso, começou a se localizar. -Hm.. Eu estou no Norte de Suna.. - falou, olhando ao redor. Oh, droga.. Estava totalmente escuro, e Sotirodd tinha acluofobia. Ficar no escuro por tanto tempo, na visão do garoto, era mais aterrorizante do que ser sequestrado por um bando de homens. O garoto deu uma respirada profunda e, se virando na direção Sul ( Sotirodd foi capaz de identificar pontos cardeais, e fez uma "simulação" de onde estava devido a sua alta capacidade mental), o garoto começou a andar em direção de seu vilarejo, mesmo com medo do escuro. Devido a seus ferimentos e o fervor de seu sangue, a escuridão completa não pareceu totalmente assustadora, mas sim com um velho amigo, que acolhia a fuga do garoto. - O que estou pensando? Eu odeio o escuro! - falou, por fim, com medo de já estar ficando louco.

A medida que se esgueirava por entre árvores e mata fechada, o garoto ouvia barulhos e sons de animais. " Que se foda.. Olhem para minha situação." pensou. Estava tão machucado que não se importaria se algum animal terminasse o serviço que os sequestradores iniciaram. Sotirodd fazia pequenas pausas para comer frutas, até que notou que a floresta sumia, e a extensão do deserto entrava em sua vista. Caminhou por algum tempo, algumas horas para ser mais exato, e notou que o Sol já estava quase aparecendo. O garoto foi andando vagarosamente, até chegar no Portão de Suna, quase morto. Como era por volta de 04:00 da manhã, alguns ninjas mais experientes já estavam acordando para começar sua rotina. -Me..ajude. - falou Sotirodd para um dos ninjas que se aproximava e, então, caiu no chão, desmaiando. Só tivera energias para chegar até ali, e agora estava totalmente desgastado. O Henge no Jutsu do garoto se dissipou, mostrando um garoto de cabelos grisalhos caído no chão. As esperanças de Sotirodd eram de que alguma boa alma o levasse para o hospital, ou que pelo menos não o deixassem morrer ali. Se sobrevivesse, teria certeza de que iria ao encontro daqueles sequestradores, que no momento já deveriam ficar sabendo da fuga do garoto. Uma "guerra" de patamares pequenos parecia ter início, e Sotirodd, infelizmente, estava envolvido.  

_______________________

[Fillers] Sotirodd Tumblr_narfvvKCf21sgozseo1_500
" Não bebo, não fumo, e nem falo besteiras. Puta que pariu..Esqueci meu cigarro na porta do bar

Ficha/Treinamento/Compra(Jutsus)/Banco/[T.J]
-
Leoni
Leoni
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 22/1/2017, 19:16

@ Aprovado.

Ganhos: 50 pontos de Status

_______________________



Leoni / The Rebel
⦓⦕⨷⦖⦔

-
Sotirodd
Genin
Sotirodd
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 13/5/2017, 14:57

Já estava caído no chão, que parecia mais gélido que de costume. Talvez meu corpo estivesse perdendo calor, como se minha morte fosse algo incapaz de ser evitada. " Belo lugarzinho de merda para morrer " pensei, pois já não possuía mais forças sequer para falar. Continuei deitado naquela floresta que parecia não ter fim, sem ser esperanças de ser salvo. Pensando bem, o povo de meu vilarejo não gostava tanto de mim. Tsc, por que eu fui depender logo desses idiotas, eu um momento tão crucial como aquele?  Meus olhos foram se fechando vagarosamente, se cerrando por vontade própria. Não havia motivos para temer a morte, mas ainda havia muito que eu queria fazer antes de falecer. - Parec.. que aca..bou.. - sussurrei para mim mesmo, com o rosto ainda "grudado" no solo. Após falar aquela pequena frase, desmaiei devido aos ferimentos.

Subitamente, comecei a abrir meus olhos, devido a uma forte claridade vindo de uma luz acima de minha cabeça. Droga, será que mesmo após a morte a gente não pode ter descanso? Pensando bem, eu não parecia ter morrido, diferentemente do que pensara. Minha visão não estava mais turva, o que me possibilitava olhar ao redor, para descobrir meu paradeiro: eu estava em uma cama, além de uma mesa ao lado de onde eu estava deitado. Tirando isto, eu não sabia o que estava acontecendo. - Onde estou? - indaguei, sem deixar de manter o mau humor costumeiro. Com um suspiro, tentei erguer meu corpo, mas fui suprimido por uma dor infernal que vinha de meus machucados. Coloquei a mão em um deles e, ao passar minha mão pelo ferimento, senti uma atadura. - Hm, pelo menos alguém me ajudou. - disse, tentando pegar uma foto que estava sobre a mesa. Na foto aparecia uma idosa e um homem, que parecia ser um Jounin de Kiri devido a seu colete. Provavelmente a "velha" teria cuidado de mim, mas isso não faria diferença, pois eu não estaria mais ali quando ela chega.. - Oh merda. - disse, soando como um grunhido, no momento em que a idosa entrara em sua casa, trazendo algumas bolsas de compras. Ela não parecia ter me notado até o momento que eu dei uma tossida, para que sua atenção se voltasse para mim. A velha deu um pulo, como se realmente tivesse esquecido de mim. - Então depois de três dias você acordou, meu filho? - disse a mulher para mim, com certa dificuldade em pronunciar as palavras em sequência.

Fiquei surpreso com as falas da mulher. Não sabia que tinha ficado três dias deitado naquela cama. " Os filhos da puta queriam garantir que eu não saísse vivo.. " pensei, cruzando os braços. - Mas então, como eu vim parar aqui? - perguntei à mulher,  mantendo um olhar fixo de peixe morto para ela. A idosa finalmente contou o que havia acontecido: o seu neto, que na verdade era um Chunnin, havia encontrado meu corpo próximo à vila. Num ato "altruísta", havia me salvado. - Tsc. Tudo bem, então.
Infelizmente, eu tenho que ir. -
falei, ignorando tanto a resposta da velha quanto as dores que meus ferimentos ainda me causavam. Eu não aguentava mais ficar naquele lugar, mas queria garantir que não estava devendo favores para a família da idosa. - Você vai atrás de vingança, não? - perguntou a velha para mim, no momento em que eu estava para abrir a porta. Fiz um giro com meus calcanhares e me dirigi até a velha. Apesar de eu ter apenas 9 anos, incrivelmente já era mais alto que a mulher, que já estava um pouco corcunda apesar da idade. Apesar disso, ela pareceu não estar amedrontada com meu jeito arrogante e frio. - O que você sabe? - perguntei, curioso com a resposta que estaria para receber da velha.

A senhora de idade se sentou na cama e, com um olhar de desapontada, começou a explicar tudo que havia acontecido desde que fui encontrado quase morto. Me recostei na parede enquanto atentamente ouvia a velha. A "explicação" durou cerca de trinta minutos e, basicamente, o neto dela havia sido sequestrado pelas mesmas pessoas que haviam me agredido, e só havia recebido notícias de seu familiar por um grupo de amigos dele que também estavam trabalhando no mesmo local. " Que merda.. " pensei, tentando não demonstrar nervosismo. Eu não seria capaz de deixar outra pessoa sofrer no meu lugar, visto que aquela "batalha" era unicamente minha. - Não se preocupe, "anciã". Eu vou trazer ele de volta -disse, tentando quebrar o clima de tensão que estava no local. Será que um Gennin era capaz de derrotar tantos inimigos? Só se descobre após tentar.

Saí da casa da velha e fui até o portão de Kiri, me movendo sem pressa. - Será que eu consigo voltar até lá? - falei para mim mesmo, dando um suspiro. Uma névoa estava no local, apesar de não ser forte o suficiente para me impossibilitar de me mover entre ela. Fui até o local em que eu havia caído. Não foi difícil encontrá-lo, pois segui os "meus" passos e o do neto da velha até o portão inversamente, onde meu corpo estava. - Já estou perto, só falta passar pela floresta.. - falei, seguindo a trilha que me levaria até o esconderijo dos bandidos. Estava tentando ser o mais cuidadoso possível, pois não tinha certeza se armadilhas haviam sido postas desde que eu escapei. Levava uma kunai na mão direita, para tentar me defender de qualquer ataque surpresa. Felizmente, não havia nenhum indício de ataque direcionado a mim, fazendo com que eu chegasse no local com facilidade.

- Então é aqui.. Saudades desse lugar.. - disse, ironizando a situação que quase levou a meu óbito. Me vi de frente a um portão de madeira, esconderijo dos bandidos no meio da floresta. Não seria capaz de "enrolar" por mais tempo, pois a vida de um inocente estava em risco. Tentaria encontrar uma maneira de entrar o mais rápido possível.  

_______________________

[Fillers] Sotirodd Tumblr_narfvvKCf21sgozseo1_500
" Não bebo, não fumo, e nem falo besteiras. Puta que pariu..Esqueci meu cigarro na porta do bar

Ficha/Treinamento/Compra(Jutsus)/Banco/[T.J]
-
shirotsuki
Jōnin
shirotsuki
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Sotirodd 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [Fillers] Sotirodd - 13/5/2017, 15:03

@

_______________________

ficha|M. De status|C. De técnicas|banco|mudança de Ficha|Corpos|Marionetes|Criação de jutsus
[Fillers] Sotirodd 317cb32747f38e9beb0da4cc29f8ceec91c06a7b_hq
"Você não tem que me perdoar. Não importa o que aconteça com você de agora em diante, eu sempre vou te amar."
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Fillers] Sotirodd -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.