>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Ayura
Ayura
Vilarejo Atual
Ícone : Toreining in the Woods 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Toreining in the Woods - em 8/1/2017, 16:13



SUITON NO JUTSU (300 palavras mínimo; 394 feitas)

Com o sol raiando e o sino batendo, lá estava eu, enojado daquela música religiosa. Como era possível haver igrejas se pessoas morrem de fome, a violência continua, e as mesmas coisas de sempre existiram, existem, e existirão? Uma tristeza. Pois bem, pelas 7 ou 8 da manhã, acordei disposto, certo de que o leite estaria devidamente gelado, no freezer. Calçei as sandalhas da hello kit, e fui até o recinto desejado. Comi alguma coisa no caminho das montanhas, e me deparei com um velho conhecido. Conversamos trivialidades, e ele me deixou um manuscrito que dava luz sobre o domínio do Suiton no Jutsu. Não perdi muito mais tempo, já que levou-se 2 horas só pra chegar no local específico de Konohagakure no Sato, com calmaria e um belo rio verdejante, estando perto das 11 da manhã.

Li atentamente as intruções do pergaminho, e decidi começar. Concentrei rapidamente meu chakra, soltando-o em na água efluente, tentando a modificar ou movê-la. Errado, como de costume. Decidi repetir o processo mais rápido, cujo resultado não variou. Novamente, só que dessa vez, mais lento. Não obtive muito sucesso. Apesar de ser um bom perito em ninjutsu, sair do fuuton, em que eu era tão bom, para o suiton não seria assim tão simples. Retomei nas mãos o pergaminho, e re-li. Deixei escapar uma linha que tratava exatamente do que eu estava errando. Bem no final do processo. Sobre manipular o seu chakra e visualizar o objeto de desejo. Era um processo diferente no fuuton. Fiz de acordo com o que dizia, mais calmo e mais concentrado. Consegui mover um pouco o curso da água do rio. De fato, era um pequeno avanço que me deixava animado.

Tanto esforço já passado em busca de um novo elemento podem ser recompensados com resultados. Seguidas tentativas foram se passando, e já estava por volta das 4 da tarde. Peguei uma maçã, comi ela e tirei um cochilo. Não demorou muito até que eu fizesse correto a situação, pois o início eu já havia dominado, consegui concentrar a quantia exata, e a maestria do elemento se seguiria com o tempo, sendo bem mais facilitada pela minha perícia em ninjutsu e controle inato do chakra. Com a prática e o exercício correto, não houve muitos problemas futuros. O mais importante era que havia conseguido uma nova gama de habilidades úteis em batalhas.



KIRIGAKURE (sem palavras mínimas)

Mais um dia de trabalho, mais um dia de labuta nessa vila da Folha. O tempo passava e eu achei que já era hora de aprender um uso prático para o suiton. Em posse de um pergaminho sobre um jutsu bastante simples do elemento, lia as inscrições e dedicava-me para o primeiro jutsu, que consistia em uma grande névoa. Apontava uma mão para cima, concentrava chakra suiton e dizia, baixinho: ''Kirigakure !'' Com isso, e já muito bem esperado, a névoa surge, mas é fraca e muito visível, a coisa desmorona em pouco tempo. Lia atentamente outra vez, novamente concentrando chakra do elemento água e tentando criar uma espessa névoa que me ajudaria muito em furtos e ataques surpresas. Fora melhor que da última, mas ainda estava imperfeita. Não desanimara, tentara denovo, falhando. Após várias tentativas, dos mesmos passos, concentrando e jorrando chakra para a técnica, consegui, sem precisar de tanto esforço, a técnica em si era simples, mas o controle de chakra teria que ser bom. Formara com sucesso o jutsu desejado, criando uma névoa espessa e dura, útil, enfim.


SUIJINHEKI (170 palavras mínimas; 205 feitas)

Efetivamente, nos últimos dias, tinha aprendido alguns jutsus legais, de um de meus elementos de controle. Agora, tempos depois, estava pronto para captar mais alguma informação daquela natureza, saquei um outro pergaminho de uma loja qualquer. Estava nos arredores de Konoha, onde só havia árvores e mais árvores. Lia, lia, e re-lia o manuscrito principal. Era uma coisa útil, que logo logo estaria completo e pronto para ser colocado no meu arsenal. O primeiro dos jutsus dos tempos que viriam. Seria o mais fácil sem contar o rank D de poucos dias atrás. Rank B em classificação. Preparava-me e começando, fazia o selo da cobra enquanto mesclava grande quantia de chakra Suiton, tentando expelir pela boca a fim de produzir água. Primeira tentativa, falha. Saíra pouca água. Aquele dia não começara muito bem, de fato. No entanto, não desanimaria e continuaria até onde desse, repetindo o ciclo algumas vezes, e com meu chakra se correondo aos poucos, conseguiria por fim, expelir, com fúria, uma quantidade gigantesca de água. Gigantesca para mim, pelo menos. Aquela paisagem era outra, agora. Descansava um pouco, retomando os treinos. O jutsu em si não era difícil de ser aprendido, meus requisitos eram muito maiores. Refrescante o conhecimento de algo novo.



  • Treinamento para aprender os jutsus Suiton no Jutsu, Kirigakure no Jutsu e Suijinheki..
  • Link: http://narutorpgakatsuki.com.br/t47387-ct-ayura#312176



JUTSUS:
Toreining in the Woods Latest?cb=20130704203603&path-prefix=pt-br
Kirigakure no Jutsu
Rank: D
Descrição: Essa técnica de deslocamento é uma especialidade dos ninjas de Kirigakure, onde se cria uma névoa levantando um pouco de água a partir de qualquer fonte existente ou jogando pela boca, eles entram e saem do campo de visão à vontade. A espessura da névoa é controlada pela quantidade de chakra acumulada dentro dela. Ele não pode enganar o Byakugan, mas, devido ao nevoeiro que está sendo criado com o chakra do usuário, qualquer usuário do Sharingan e do Rinnegan verá a cor do chakra do oponente espalhada na névoa, o que possibilita o usuário da técnica se esconder dos usuários de dōjutsu.

Toreining in the Woods Latest?cb=20150816223033&path-prefix=pt-br
Suiton: Suijinheki
Rank: B
Descrição: Esta técnica defensiva cria uma parede de água ao redor do usuário. Ataques inimigos são completamente interceptados por uma cerca de água soprada para fora da boca, e é disparado para baixo com tremenda força. A água é soprada para fora na forma de um círculo em torno do usuário, e faz uma defesa, sem aberturas. É também possível para o utilizador controlar a quantidade de água e duração à vontade. A força da parede e mudança de resistência seguindo a quantidade de chakra derramado para dentro da água, assim um shinobi habilidoso será capaz de construir uma resistente. Além disso, já que o campo de visão é mantido mesmo enquanto a defesa ​​pode facilmente ir para o próximo passo, é uma grande vantagem. A parede também pode ser formada a partir de uma fonte de água pré-existente. Tobirama Senju foi capaz de produzir uma sem uma fonte de água pré-existente, que era uma prova de sua habilidade e uma das razões pelas quais ele foi escolhido como Hokage. No mangá, a sequência de selos de mão para esta técnica termina no mesmo selo que ativa o Byakugan, embora Tobirama só precisa de um para usar esta técnica. Além disso, o anime cria um conjunto completamente original e muito mais elaborado de selos da mão quando Tobirama usa-a de forma a colocar a mão direita sobre a mão esquerda com um polegar para cima.


Ragnar HP 690/690 CK 900/1040

_______________________


Toreining in the Woods Ps1dM0N
Ficha//M.F.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Toreining in the Woods - em 10/1/2017, 01:02

Ap.
-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.