:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Centro da Vila
12 Anos Online
Atividades Recentes
Principais Novidades
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[D] A Floricultura da Vila 100x100

Maetel
Maetel
Vilarejo Atual
[D] A Floricultura da Vila 100x100

[D] A Floricultura da Vila - Publicado Sab 7 Jan - 23:57

Tinha escolhido uma missão de rank D no quadro de missões, apenas com a intenção de começar sua "carreira" como shinobi. A verdade era que talvez a missão até se provasse interessante, já que teria como falar com uma kunoichi treinada em iryoninjutsu. Iryoninjutsu era justamente o tipo de habilidade pelo qual Susumu mais se interessava, mas, infelizmente. talvez só conseguiria falar com ela no início e no fim da missão, já que teria que cuidar da loja para ela.


Sem delongas, foi até a floricultura. Quando chegou lá, viu uma moça com o que parecia ser uma tremenda pressa de ir para algum lugar. Imaginou que aquela era a dona da loja, e que não teria como conversar com ela, do jeito que ela estava com pressa. Acenou com a mão direita, e então caminhou até ela. —Eu sou a ninja que aceitou sua missão. Prazer em conhecê-la, meu nome é--!!


Foi interrompida pela mulher. —Ah, você deve ser quem vai cuidar da loja, né? Toma aqui a chave da caixa onde eu guardo o dinheiro. — A mulher começou a correr, e enquanto corria, falava para Susumu, já a uma certa distância: —Se eu voltar e tiver sumido dinheiro, eu vou chamar as autoridades! — Susumu suspirou, e deu de ombros. Entrou na loja, e ficou surpresa com o que viu. O local estava repleto de flores, e a terra de baixo delas era uma terra fértil, diferente do solo onde pisava. Susumu não era uma garota que tinha interesse em flores, mas como elas conseguiam se manter tão bonitas num clima árido e seco daqueles definitivamente lhe intrigou. Antes mesmo de ir para trás do balcão, tratou de examinar cara-a-cara a planta. Observava a olho nu cada dobrinha das flores, até que o primeiro cliente chegou. Quando ele chegou, tratou de fingir que estava apenas cuidando da flor, e então logo o recebeu. —Seja bem-vindo.


Parou de mexer na planta, e foi para trás do balcão. —O que o senhor deseja? — Susumu mexeu nos próprios óculos, os ajeitando. Era um homem velho, baixinho e um tanto quanto estranho, mas que tinha um ar acolhedor ao redor dele. O senhor virou-se para o lado devagar, e levantou a mão esquerda, e então apontou para um buquê de violetas. Com uma voz rouca, ouviu ele dizer: —A-Aquela, minha jovem. Tem como você me dar a-aquela? Não importa o p-preço, eu vou levar. — O velhinho disse, e então a garota respondeu: —Mas é claro, meu bom senhor. — Ela riu baixinho enquanto estava indo buscar o buquê. Assim que pegou, pensou no melhor plano maligno de todos os tempos. Iria cobrar além do preço original para que pudesse conseguir um trocado extra da missão. Um buquê normalmente custava cinquenta ryo, mas ela iria cobrar o dobro. Cem ryo.


Voltou para trás do balcão, colocou o buquê encima do balcão, puxou o lugar onde a kunoichi guardava o dinheiro, e então disse: —Será cem ryo. — O velho quase teve um infarto, mas logo abriu a pequena bolsinha onde ele guardava o dinheiro. —A-Acho que e-esse é o p-preço por um b-buquê de f-flor tão lindo q-quanto esse... —Ele respondeu, e então colocou o dinheiro encima do balcão. Susumu pegou o dinheiro, e enquanto ele não estava olhando, guardou a metade no bolso. "É isso aí!" Pensou consigo mesma. Fechou a caixa onde guardava o dinheiro, e então  disse: —Volte sempre! — Fez-se um sorriso no rosto da Genin.


O velho foi embora, todo arqueado e com o buquê de flor em mãos. Se passaram mais algumas horas, mas aquele foi seu único cliente. A kunoichi voltou no final da tarde, e ela lhe perguntou: —E então, teve muitos clientes hoje? — Susumu respondeu: —Não, só um velho senhor. — A Genin se segurou para não rir da peça que tinha pregado, mas a kunoichi quase que leu a mente dela. Em um movimento despercebido por Susumu, a kunoichi colocou a mão no bolso de Susumu e tirou dali dinheiro. A kunoichi sabia muito bem daquele golpe, e o motivo de saber dele era porque: aplicava ele em estrangeiros ou viajantes. A kunoichi não fez nada além de dar um olhar feio para Susumu, mas Susumu nem tinha percebido que tinha sido "roubada" ainda.


Por fim, a kunoichi lhe dispensou sem mais nem menos. —Vá embora, sua missão está terminada. Depositarei a sua recompensa amanhã. Obrigada por teu serviço. — E assim, Susumu saiu do local. Colocou a mão no bolso, mas nada encontrou. Assustada, olhou para trás, e viu a kunoichi colocando cinquenta ryo de volta na caixa onde ficava o dinheiro. Se irritou, mas, bem, não havia o que pudesse fazer. 


A missão estava terminada.


Soundtrack dessa missão: (coloque em 1:15)


Última edição por Maetel em Sab 7 Jan - 23:59, editado 1 vez(es)

_______________________

[D] A Floricultura da Vila Giphy
clique para ir para a ficha
[D] A Floricultura da Vila 100x100

Dazai'
Dazai'
Vilarejo Atual
[D] A Floricultura da Vila 100x100

Re: [D] A Floricultura da Vila - Publicado Sab 7 Jan - 23:59

@

_______________________

Ficha