>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Demon
Demon
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Iwa no Demon 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[FILLERS] Iwa no Demon - 30/12/2016, 09:25

Dia de cão!

Local e tempo:
1º Local: Casa
2º Local: Pedras da cachoeira
Tempo: Seco, 14ºC

Casa:

[FILLERS] Iwa no Demon Slide23894

*O inverno avançava e, em seu ápice, a termômetro registrava aquela que tinha sido a menor temperatura do ano na vila da Pedra, conhecida por seu clima recorrentemente seco e quente. A explicação científica para aquilo talvez passasse pela umidade exagerada naquela época do ano, que combinada com o ar frio pela altitude da vila, fazia a temperatura despencar. De toda forma, por não gostar muito de frio, Hayato permaneceu na cama, mesmo com o nascer do sol e com os compromissos de treino e missões que poderia ter. Bem agasalhado e coberto por uma grossa camada de edredons de lã, pode perceber alguém bater em sua porta. Em um primeiro momento, nenhum pouco disposto a sair de onde estava, confortável, ignorou completamente as batidas. Talvez, a pessoa que perturbara logo no início do dia fosse embora por acreditar não ter ninguém em casa. Todavia, não foi o que aconteceu. Muito pelo contrário, fosse quem fosse, passaram a bater com mais insistência, beirando a aflição. O garoto então suspirou pesadamente e se levantou de uma vez, irritado, respondendo ao chamado da porta logo que deixou o quarto. O tom de voz dele foi ríspido, mas logo se retraiu novamente em razão de sua timidez exacerbada*

- Já estou indo!!!

*Caminhava até a porta e buscava ar, respirando fundo, para se acalmar. Aquilo parecia funcionar muito bem com o ninja, que abriu a porta e observou a figura da velha senhora que morava na casa próxima da dele. A Sra. Urusai, conhecida por ele como a velha vizinha irritantemente chata e responsável por fazer grandes pratos para vender às pessoas da vila, parecia mesmo aflita, quase desesperada, e começou a falar porque bateu na porta daquela forma tão incessante*

Sra. Urusai: Meu filho, bom dia! Preciso muito de sua ajuda. Meu gatinho Hotaru saiu ontem a noite e até agora não voltou para casa. Será que você poderia localizá-lo e trazê-lo de volta para mim? Eu lhe pagarei com uma semana de refeições grátis. Ele gosta de ficar no próximo ao lago das cachoeiras nesses dias frios de inverno, mas eu não posso ir, porque não consigo escalar as montanhas pela idade avançada e mais ninguém aqui perto para me ajudar... Por favor! Essa é a foto dele e ele é um doce de gatinho... Ele deve estar lá fora perdido, confuso, com frio, aiii... tadinho...

"Não é que não estão... É só que eles não atenderam a porta quando bateu"

*Ele pensava enquanto a velha continuava a falar sem parar um instante sequer, assentiu com a cabeça e pegou a foto do animal desaparecido. Ajudaria, pois conhecendo a Sra. Urusai, e infelizmente a conhecia, sabia que ela não o deixaria ter paz naquela manhã fria. Além disso, era apenas um gato e o gennin conhecia bem o local para onde o felino ia. Já haviam se encontrado antes e seria fácil. Depois de se despedir, foi se vestir e pegou a bolsa de armas ninjas. Assim, caso ocorresse alguma emergência, já estaria pronto para combate, sem precisar retornar a sua casa. Tomou café da manhã energético que sempre procurava tomar e se dirigiu até campo das cachoeiras na parte distante da Vila da Pedra. Ao contrário do que a velha e a maior parte dos cidadãos comuns de Iwa pensavam, havia outro caminho para se chegar a cachoeira, sem a necessidade de transpor as imensas rochas íngremes e traiçoeiras. o caminho era por dentro das pedras gigantes, cujo inteiro era alagado por completo. O inconveniente era ter de andar cerca de 2km sobre a área alegada para se chegar à base da queda d´água. Certamente era um caminho impossível a qualquer civil sem controle preciso de chakra, especialmente na subida das quedas menores de mais de um metro de altura, no interior do rochedo. Ao chegar lá, fechava os olhos para sentir a brisa, mais fria, do lugar e inspirava uma grande quantidade de ar, respirando fundo o bastante para elevar o diafragma sob os pulmões. Segurava o ar um pouco e o soltava lentamente para apenas depois de todo esse processo, abrir os olhos e correr pela região a procurar o felino desaparecido. Nem demorou nada e avistou o gato deitado à sombra de uma pedra, próximo às águas, com as patas dianteiras a frente e com a cauda balançando tranquila e lentamente*

- Perdido, confuso, com frio uma ova!

Pedras na Cachoeira:

[FILLERS] Iwa no Demon Cachoeira-do-Buracao-FOTO-Jornal-da-Chapada-2

*Dizia ele, já caminhando sobre a água e mantendo o controle sobre o chakra concentrado nas solas dos pés, indo na direção do bichano para capturá-lo ainda enquanto estivesse tranquilo e sonolento, deitado à beira do lago. Chegou próximo e pegou o gato no colo. O felino parecia conformado com a captura e sequer ofereceu resistência ao ser pego. Suspirou satisfeito com a busca e sorriu. Entretanto, nesse momento, o gato se contorceu para trás, caindo de pé sobre a água para sair correndo na direção oposta, pondo-se em fuga. Hayato não pode acreditar no que o animal tinha feito e olhava incrédulo. O gato correndo sobre a água só podia significar que estava lidando com um animal com habilidades ninjas e que isso poderia dar mais trabalho do que o esperado*

- Mas que filho da...

"Eu devia ter desconfiado. Não é um local de fácil acesso para um animal comum. Ele só podia mesmo ser um gato ninja... Então como eu vou pegá-lo. Está começando a ficar tarde"

*Sem demorar muito, começou a correr atrás do gato, que se pôs a fugir correndo rápido para se manter a frente do ninja que o perseguia*

- Hotaru! Sua mãe me mandou vir te buscar. Ela está preocupada com você! Até preparou uma comida especial hoje

Hotaru: Aquela velha irritante não é minha mãe, seu bípede idiota! Além disso, quero brincar de pique-pega!

*A resposta absolutamente inesperada do felino deixou Hayato totalmente perplexo. Ele parou para observar o que o animal que havia parado adiante estava fazendo. Hotaru permanecia parado, olhando para o jovem e agitava a cauda de um lado para o outro, aparentemente pronto para correr. O garoto aumentou a intensidade de chakra nos pés para ir mais depressa na direção do gato (como se patinasse), tentando ao máximo romper o seu limite de velocidade máxima. Assim fez, já o felino esperou até o último momento para saltar sobre o pegador, fazendo questão de acertar com a cauda no rosto de Hayato em clara provocação. Este, por sua vez, voltou a tentar a manobra, indo o mais rápido que fosse possível (6m/s), e nada. Não conseguia êxito, pois o felino conseguia escapar por ser pequeno e ágil como os professores da academia. Mais de quarenta minutos depois desse jogo de perseguição e o gennin finalmente conseguiu capturar o felino, talvez pelo fato de o animal ter começado a demonstrar sinais de cansaço depois de correrem tanto de um lado para o outro sobre a água. A medida que percorria o caminho de volta, com o gato no colo, pode perceber que ele vinha dormindo para recuperar as forças para a próxima escapada*

- Agora você dorme não é?

*O gato sequer esboçou reação e permaneceu dormindo calmamente. Após percorrer todo o caminho de volta, levou o gato até a casa da Sra. Urusai, que o agradeceu e repetiu a oferta de comida grátis, que não foi prontamente aceita pelo shinobi, que também não a recusou. Afinal, foi para a casa e se deitou em sua cama, observando o teto até adormecer enquanto pensava no que tinha acontecido, que, ao menos, serviu para ele treinar estratégia de busca e sua velocidade*

"Acho que tenho que melhorar a minha velocidade e estudar lições de perseguição e captura de alvos"

Considerações:
1. Total de palavras: 1280.

Suimen Hokō no Gyō
Rank: E
Descrição: Este método de treinamento é usado para obter um melhor controle de chakra. Para fazer isso, o utilizador tem de ser emitindo um fluxo constante de chakra a partir do fundo dos seus pés e usando a força repelente de atravessar a superfície da água. Esta técnica é muito mais difícil de dominar que a prática Ki Nobori no Shugyō, porque a quantidade de chakra que necessita de ser emitida muda constantemente.
Também foi mostrado que um pode usar seu chakra para "deslizar" em toda a superfície da água, como uma patinadora no gelo, em vez de apenas caminhar ou correr.

Bolsa de armas:
BOLSA DE ARMAS (20)
Kunais – 3 (3 espaços)
Shurikens – 5 (5 espaços)
Kibaku Fuuda – 8 (2 espaços)
Senbons – 6 (3 espaços)
Makibishis – 10 (2 espaços)
Fios – 25m (5 espaços)

Status:
HP: 200/200
Ch: 225/225

_______________________

Ficha de Personagem
Conta Corrente
-
Narrador A
Genin
Narrador A
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Iwa no Demon 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Iwa no Demon - 1/1/2017, 06:43

Aprovado.

_______________________


-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.