:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

[Nach] Perícia elemental - Publicado 25/10/2016, 23:11

Perito Elemental (2) - Dokuton
Tipo: Treinável.
Descrição: Normalmente os personagens focados na utilização de ninjutsus elementais acabam desenvolvendo perícia em uma determinada natureza de seu chakra, não sendo necessariamente sua afinidade elemental, como demonstrado por Sasuke Uchiha.
Bonificações: Reduz os custos do elemento em questão em 50%.
Elemento Dokuton (Liberação de veneno) - Permite a utilização de venenos criados a partir do chakra que podem adotar uma forma gasosa, líquida ou sólida. Os venenos possuem suas fórmulas criadas pelo usuário e tal exige conhecimento toxicológico e também que o veneno usado em técnicas e afins sejam previamente conhecidos, logo devem ser criados de forma comum e então assimilados pelo chakra . Não se sabe as naturezas que compõem tal capacidade.

O jovem buscava o velho Viper (apelido). Ele era um senhor de seu clã que compreendia bastante a natureza Dokuton. A ponto de conseguir manipula-la com perfeição. Esperava consegui dele as instruções necessárias. Era um genin extremamente habilidoso, então esperava conquistar a confiança do velho para que tal o ensine.
Peço ao narrador que narre o Senhor Viper. É IMPOSSÍVEL qualquer outra pessoa me ensinar isto. Ainda mais de fora do clã Naga. Portanto, já tem um personagem criado para tal.
HP: 612/612
CH: 200/200
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 25/10/2016, 23:24


O rapazote cujo Clã era tradicional no ramo do veneno se deslocou até o conhecido laboratório do outro membro do mesmo clã: este era mais velho e tinha ainda mais experiência no ramo. O velhote estava mexendo com uma de suas novas criações. Era um tipo de veneno encapsulado cujo objetivo era de criar explosões, como uma bomba de fumaça e assassinar os inimigos da vila em curto período de tempo.

Ele escutou os passos do rapaz que se aproximou pela direita entre o balcão e um tipo de mesa móvel para transportar cadáveres e/ou animais em estado grave. A próxima ação do jovem ainda era um mistério.




_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 25/10/2016, 23:41

Personalidade Nach
- Viper-san - Diz o rapaz em tom educado. - Sou Nach, do clã Naga, como vós. Estou em busca da maestria do Dokuton, e apenas você pode ensinar-me isto. - Prossegue sentando-se a frente de Viper. - Sou forte o suficiente e certamente não desonrarei o nome dos deuses que criaram nosso clã. - Disse afim de convencê-lo. O garoto com seus intensos olhos de cor ametista analisa o homem afim de preparar-se para qualquer resposta. Sua mente bombardeia informações, buscando a maior eloquência e persuasão possível em suas palavras.
O rapaz então fita os olhos na atual criação do homem. - Compostos gasosos. A coloração sugere elementos pesados, portanto, curto alcance. Entretanto, parecer ter efeito instantâneo e destruição rápida. Um veneno necrotóxico, destroem os tecidos levando à necrose. Acertei? - Questionei. Eu já possuía conhecimentos toxicológicos. E minha inteligência (5), me permitia compreender tais em um nível extraordinário. Tendo em vista que tal conhecimento é necessário ao nosso clã, todo aquele que o domina, já é um membro honrável.
HP: 612/612
CH: 200/200
Clã Naga possui devoção ao individualismo, ou seja, a si mesmo. Portanto, não há nenhum laço de sentimentalismo entre seus membros. Qualquer coisa podes ler sobre o clã, está na assinatura.  
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 00:01


Viper observou o rapaz de canto de olho enquanto ele dizia-se forte e regrado o bastante para honrar o clã, assim como ele havia feito um dia. O jovem parecia ainda surpreender o velho que ficou calado e pensativo até o momento que o garoto utilizou de seus conhecimentos para facilmente deduzir a composição do veneno. — Impressionante. Sua mente é muito eficaz, porém, numa luta, não basta mente, mas também músculos e... Venenos. Diga-me o que você já criou? — O homem parou de mexer em sua criação enquanto avançou até um ponto do balcão. Pegou um tipo de bandeja onde Nach poderia por algum de seus venenos para ele inspecionar.

— Se eu gostar do que vir eu lhe darei algumas aulas. — Ele bradou ao menino enquanto aproximou-se dele.




_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 00:15

- Bom... Começarei pela minha primeira criação.   - Disse colocando uma ampola de veneno líquido semi-transparente acinzentado. - Necessita entrar em contato com a corrente sanguínea para surtir efeito. Ele age corroendo diversos nutrientes presentes na circulação sanguínea, portanto, enfraquecendo a saúde do adversário. Pessoas gordas são menos vulneráveis. Pessoas fracas, por sua vez, acabam levando maiores danos.

Nome One-Poi
Tipo: Líquido tênue (peçonhento/hemolítico)
Efeitos: -15 HP por turno
Duração: 3 turnos (corpo normal), 2 turnos (defeito gordo), 4 turnos (defeito fraqueza muscular)
Descrição: Um líquido tênue de coloração semi-transparente acinzentada. Veneno de peçonha, ou seja, necessita entrar em contato com a corrente sanguínea para surtir efeito. Ele age corroendo diversos nutrientes presentes na circulação sanguínea, portanto, enfraquecendo a saúde do adversário. Ele é composto apenas de proteínas nocivas que são combatidas pelos anticorpos do corpo humano quando presentes, portanto, seus efeitos são temporários. Por este motivo pessoas gordas são menos vulneráveis. Pessoas magras, por sua vez, acabam levando maiores danos.

Era um veneno simples. Feito apenas para treinamentos contra companheiros de treino. E então ele apresentava um segundo veneno de cor amarelada - A ação no organismo humano não é imediata. A partir do momento em que o veneno entra em contato com a corrente sanguínea (1º turno) ele começa a se espalhar pelo corpo todo e só após determinado período(após 5º turno) ele começa a sentir seu corpo completamente paralisado. Considera-se, portanto, um veneno que deixa a vítima em estado tetraplégico, mas que demora a fazer seu efeito.
Nome Two-Poi
Tipo: Líquido denso (peçonhento/neurotóxico)
Efeitos: Paralisia (a partir do 6º turno)
Duração: 5 turnos para fazer efeito.
Descrição: Um líquido denso de coloração amarelada. Veneno de peçonha, ou seja, necessita entrar em contato com a corrente sanguínea para surtir efeito. Ele age com enzimas que bloqueiam a ação do sistema nervoso. Ele é composto apenas de enzimas nocivas geradas a partir da criação de micro-organismos alimentados a base de metano e  flúor. A ação no organismo humano não é imediata. A partir do momento em que o veneno entra em contato com a corrente sanguínea (1º turno) ele começa a se espalhar pelo corpo todo e só após determinado período(após 5º turno) ele começa a sentir seu corpo completamente paralisado. Esta paralisia é resultado do bloqueio de função do sistema nervoso. Então fica impossível - salvo sob efeito de antídoto ou alguma situação especial - desfaze-la.  A partir do 6º turno o oponente terá seu corpo paralisado e tal efeito é permanente no seu organismo. Considera-se, portanto, um veneno que deixa a vítima em estado tetraplégico, mas que demora a fazer seu efeito.
A terceira ampola tinha coloração acinzentada. - Ele é um gás tóxico, ou seja, faz efeito ao entrar em contato com a pele da vítima. Causa hemorragias internas e externas, levando ao sangramento de gengivas e narinas. Difícil ser identificado antes do dos efeitos de sangramento. A partir do momento em que se encontra envenenada, a vítima será mais sensível a golpes físicos.
Nome Three-Poi
Tipo: Gasoso (tóxico/Hemorrágico)
Efeitos: -5 HP por post / +5 para danos recebidos com golpes físicos
Alcance: Em uso básico (ampola), alcança até 10m de diâmetro.
Descrição: Um gás acinzentado. Feito de enxofre, carbono, dentre outros elementos. Esse gás é extremamente fétido, mas não é esse o seu ponto forte. Ele é um gás tóxico, ou seja, faz efeito ao entrar em contato com a pele da vítima. Absorvido para o organismo a partir da pele. Uma vez no organismo ele afeta as veias e artérias, tornando-as permeáveis ao sangue. Causa hemorragias internas e externas, levando ao sangramento de gengivas e narinas.
O efeito é imediato e não cessará sem que a vítima consiga arranjar um modo de curar-se. Os danos são baixos, mas é exatamente isso que os torna sorrateiros, fazendo-os ser significativos em batalhas longas.
No terceiro turno a vítima começará a sentir o gosto de sangue na boca, resultante do sangramento da gengiva. No quinto turno começará a escorrer sangue pelo nariz. Antes disto é difícil que a vítima perceba estar envenenada. Afinal, os efeitos externos ainda são pouco visíveis. Mas os internos estão em ocorrência por todo o tempo. Sendo que, a partir do momento em que se encontra envenenada, a vítima será mais sensível a golpes físicos.

Tem um já projetado, mas ainda não criado. O jovem explica apenas oralmente sobre tal veneno ao homem. -  Veneno miotóxico afeta diretamente os músculos, causando o efeito comum aos venenos neurotóxicos. Mas, agregado a tal, a paralisia dos músculos leva à paralisia do sistema respiratório em determinado tempo. Causando sufocamento.
Nome For-Poi
Tipo: Sólido (peçonha/Miotóxicos)
Efeitos: Paralisia / Sufocamento a partir do 4º turno.
Descrição: Consistindo em grãos de elementos arenosos e sintéticos, nocivos aos organismo biológicos. Veneno miotóxico afeta diretamente os músculos, causando o efeito comum aos venenos neurotóxicos. Mas, agregado a tal, a paralisia dos músculos leva à paralisia do sistema respiratório em determinado tempo. Causando sufocamento.
A paralisia é imediata, mas o sufocamento se dá quando o sistema respiratório entra em estado estagnado (4º turno). A cor do veneno é amarelo-roxeada.  Miotóxicos causam danos aos músculos, especialmente aos relacionados à respiração. Todo veneno de peçonha precisa entrar em contato com a corrente sanguínea para fazer efeito. Por ser sólido, então usualmente, afeta a partir de ferimentos.

- Ao todo são quatro venenos criados desde que me tornei cientista na área. O primeiro é básico e tem duração limitada, o segundo leva à tetraplegia, o terceiro causa hemorragias leves e o quarto leva ao sufocamento. Está bom? - Questionou
HP: 612/612
CH: 200/200
Não possuo venenos em ampolas, mas considerei que sim para fins narrativos. Já que você pediu, portanto, autorizou.
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 00:25


Analisou o homem todos os venenos um por um. E ouviu ainda a explicação do garoto. — Seus venenos tem efeitos retardados em grande maioria, o que pode ser bom para uma tortura, mas não creio que seja o melhor tipo para um assassinato rápido e ao mesmo tempo doloroso. — Ele falou solene enquanto colocou sua bandeja sobre o balcão. — Veja. — falou enquanto apalpou um de seus venenos numa ampola que estava num tipo de cinto especial. — Este veneno tem propriedades altamente corrosivas dentro do corpo humano e é capaz de matar em poucos minutos — ele colocou num tipo de cobaia que estava ali perto. O corpo dele passou a derreter e, o cheiro podre subiu ao ar. — Esse é o resultado de anos de pesquisa e, não aceito menos que isso de um aprendiz. Está mesmo afim de continuar? — Ele deu um ultimato ao garoto enquanto se livrou dos restos do animal.




_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 00:34

- Um veneno como For-Poi é fatal. Ele paralisa a partir do primeiro momento. E seu sufocamento trás morte em pouco tempo. - Falou - Boa parte dos venenos são mais retardantes, pois estrategicamente necessito que meus primeiros oponentes não se percebam envenenados de imediato. Isso dá a chance para um genin como eu criar uma vantagem em cima da ignorância de minhas vítimas. - Falou - Tenho certeza que quero progredir. E sim, projetarei venenos fatais de curto período. Mas ser fatal não me é conveniente agora, tendo em vista que meus atuais oponentes são apenas pessoas comuns da vila.
Dentro do rapaz a sua outra personalidade estava começando a tornar aspecto mais sólido.Em breve Ash apareceria. Ele não é muito diferente, entretanto, é bem mais individualista.

HP: 612/612
CH: 200/200
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 00:52


Ele parecia disposto; sua grande insistência fez com que seu novo instrutor apresentasse uma nova situação ao mesmo. — Tenho em meu laboratório algumas pessoas infectadas com um tipo de veneno cuja mente se torna altamente suscetível à sugestões. — Ele passou a caminhar até um andar superior ao qual esperava que o jovem aprendiz o seguisse. — Eles estão num estado em que somente a ordem de seu "dono" pode lhe controlar. Quero que descubra os componentes e monte um desses venenos. É o básico para um ninja do nosso ramo. — Ele apontou com o dedo uma mesa com diversos componentes.

— Eu te darei apenas um dia para que esses dois estejam sobre seu controle. — Eram dois rapazes de vila desconhecida, porém, inimiga, eles estavam amarrados num tipo de mesa enquanto seus corpos estáticos pareciam estar sendo alimentados por um soro comum, era a maneira de mantê-los vivos e, mesmo que "inconscientes" serviam de teste. — Devo lembrá-lo que não apenas a união dos elementos, mas também uma quantidade correta de chakra é necessário na mistura do veneno. — Falou o homem enquanto saia do local e voltou a trabalhar em sua criação, o jovem agora estava por sua conta própria.




_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 01:53

Para o jovem aquela tarefa soou-lhe simples. Um veneno que certamente afeta a estrutura neural. O ato de deixar vítimas mais sugestionáveis era, geralmente, muito atribuída à condições cerebrais. Portanto, partindo desta premissa, ele busca anotar diversos componentes que afetam o cérebro humano.
A reação de luta ou fuga, ou seja, medo. É gerada a partir de um estímulo no hipotálamo. Combinando componentes alucinógenos vindos de fundos naturais com substâncias psicoativas no hipotálamo. Geramos, em princípio, um alucinógeno do medo extremo. A vítima sofre de alucinações ligadas aos seus maiores medos, e então, temos o início do processo de lavagem cerebral.
Somos programados para reagir imediatamente a estímulos intensos: quando um ladrão pula na sua frente ou um carro vai em sua direção, o cérebro não perde tempo com análises. O caso nem passa pelo córtex pré-frontal, responsável pelo raciocínio complexo; vai direto para áreas cerebrais menos evoluídas, que decidem rapidamente o que fazer. Ou seja, quem quiser provocar novas crenças e comportamentos em alguém precisa criar situações que exijam reações automáticas, pois nelas o processo consciente é desativado.
Nesta combinação de substância, temos a parte consciente do cérebro da vítima desativada. Portanto, a área do cortex pré-frontal fica inativa.
...
Com alguns venenos neurotóxicos, induzindo à dores extremas e venenos psicoativos ligados a super sensibilização dos sentidos. Temos uma cobaia completamente dominada em pouquíssimo tempo. A super sensibilização dos sentidos, ou seja, sentir odores, gostos, toques e afins de forma mais acentuada, faz com que a vítima fique mais sugestiva em pouco tempo.
Analisando a composição química do veneno de Viper, também é presumível a presença de ocitocina. Embora seja um hormônio ligado ao amor, ele também é ligado ao amor paterno e materno. Portanto, o venenos do mesmo em si, tratava-se de primeiro colocar a vítima sob uma experiência impactante e depois, produzir na mesma, um sentimento de apego. Um apego de filho para com seus pais, só que no indivíduo à sua frente, ou seja, o cientista.
...
- Bom.... Temos ocitocina, alucinógenos, neurotóxicos e psicoativos com efeitos no hipotálamo e sentidos. - Concluí. - Como combinar substâncias tão diferentes em uma só? - Questionei.
A resposta então me veio a mente em referência às palavras do homem ''mas também uma quantidade correta de chakra é necessário na mistura do veneno. ''. - A mistura... Chakra não é usado na composição, mas sim para que haja a combinação. - Concluí.
Toda aquela pesquisa e reflexão até encontrar, no mínimo, um projeto. Durou cerca de poucas horas. Com agilidade, busquei transcrevê-los e, ligando as informações, o método pelo qual o veneno seria processado.
...
Com fungos eu produzi alucinógenos através de um purificador. Deste modo, substâncias inconvenientes não estariam presentes. Hormônio ocitocina foi fácil de ser obtido. Venenos neurotóxicos são presentes em algumas espécies de serpentes, e tais eram o que não faltava em um laboratório de toxicologia. Extrai e purifiquei, de modo que só tivesse substâncias necessárias. Qualquer substância além das programadas, poderia colocar todo o veneno na inutilidade.
Psicoativos foram mais complicados. Tive de produzi-los de forma sintética através de elementos químicos. Tomando cuidado com elementos ácidos, pois o PH deveria ser sempre baixo. Afinal, não conseguia estimular o hipotálamo destruindo ele.
Busquei algumas substâncias além das já programadas, já que também seria conveniente paralisar as funções, ao menos parcialmente, do cortex pré-frontal.
...
Tendo todos os componentes desejados, era hora da função principal. Com o auxílio do microscópio fui observando a reação que as moléculas possuíam entre si. Reparei três antagonismos diferentes. Só daria certo tal união se as substâncias se dissolvessem uma na outra, ao invés de combater uma à outra. Ou seja, dissolver sem neutralizar efeitos. Sem antagonismo.
Com base nas reações eu busquei refletir acerca dos efeitos de chakra no veneno - Ele não pode estar falando sobre qualquer chakra. E sim o de nosso clã... - Pensei.  - Se eu buscar metais condutores de chakra, à níveis microscópicos, e então induzir as substâncias deste modo? - Questionei - Eu poderia então fornecer às moléculas dos diversos componentes uma forma de adaptarem-se uma às outras. E então... Se formaria uma amostra de um novo veneno - concluí.
Busquei metal condutor de chakra, muito usado em armas. Mas tais em níveis miscroscópicos. Coloquei-os no recipiente e lhes forneci chakra. Logo, coloquei primeiramente os componentes que se davam bem e então observo no microscópio sua união. E então, em seguida, injetei os antagônicos. Vi, através do aparelho, tais sendo conduzindos em ligações químicas com o metal.  Com o passar de duas horas, ideal para a formação do veneno, estava pronta minha primeira amostra de ampola. Com o veneno formado, eu busquei
...
- Um veneno peçonhento - Concluí. Injetando nas minhas cobaias através de ambos os métodos. Eu esperei, então, que desse certo.  
Nome Five-Poi
Tipo: Líquido denso (peçonhento/neurotóxico)
Efeitos: Alucinação grave / Lavagem cerebral
Duração: 1º turno (Alucinações) / 2º turno (lavagem cerebral)
Descrição: Produzido com hormônio, alucinógenos, psicoativos e neurotóxicos. Ligado quimicamente através de metais pesados, geralmente usados em armas para conduzir chakra. Este denso veneno necessita entrar em contato com a corrente sanguínea para fazer efeito. Ele ativa alucinações e reações bioquímicas ligadas ao medo extremo no cérebro, afim de traumatizar a vítima. Buscando paralisar as ações do cortex frontal, ligada ao raciocínio lógico. A vítima também sentirá todos seus sentidos e nervos sensibilizados ao máximo. Logo, tendo este trauma no 1º turno, o veneno estimulará a produção de ocitona. Sendo tal responsável por uma lavagem cerebral completa. A vítima verá o seu inimigo - aquele que lhe injetou o veneno - como uma espécie de pai ou mãe. A partir do 2º turno a mesma acaba por acatar todas as suas ordens. Apenas aquele visto como dono poderá comandar a vítima. Ela seguirá inteiramente suas ordens, devido ao grande apego afetivo e falta de raciocínio lógico.  
[Nach] Perícia elemental  Fear-8
HP: 612/612
CH: 200/200
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 12:53


DEPOIS DE ALGUM TEMPO o velhote subiu as escadas em busca de saber como o garoto estava indo; o tempo corria rápido e quando havia chego o soro já havia sido aplicado nas cobaias. — Vejo que é rápido em análises e tudo mais... — ele se aproximou enquanto os corpos entraram em um choque anafilático que em poucos minutos resultou em cadáveres. — Esse soro não pode ser usado duas vezes numa mesma pessoa, pois seus efeitos são nocivos. Mas agora que já vi sua capacidade de criação vamos para algo mais... Violento. — ele desceu e esperou pelo rapaz.

Na parte baixa do laboratório tem um tipo de dojo; o tamanho era aceitável. Esperou pelo garoto se posicionar de acordo com sua índole de batalha. — Para se tornar um mestre em Dokujutsu você deve aprender a controlar um gás venenoso através do chakra. Veja! — Ele teceu o selo do bode fazendo com que o chakra expandisse numa nuvem roxa, mas controlou-a para que se tornasse apenas uma pequena "esfera". — Quando aprender a fazer isso seu treinamento terá acabado. — Ele disse enquanto avançou com um ataque mortífero ao jovem através do controle daquela esfera.


_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 14:10

O jovem observava atentamente as instruções do senhor. Ele era de fato bem mais experiente, portanto, demonstrava-se sua primeira forma com esfera de veneno. ''Esferas possuem uma geometria simples. Não é difícil começar por elas'' - pensei.
Para tal usei-me de meu veneno tóxico em estado gasoso. Digo, ao menos pensei nele. Não possuía um grande controle de chakra, então não era tão simples senti-lo pelo meu corpo. Conseguindo isso com certo tempo de concentração. O garoto então busca uma imagem mental de seu gás, mas isto não era suficiente para cria-lo a partir do chakra. Buscou, portanto, apenas mentalizar o seu nome. Sentiu leves formigamentos e oscilações de chakra, mas não resultou em nada além de um gás que saiu em tão pouca quantidade que dispersou-se no ar rapidamente.
''É mais difícil do que imaginei''- pensei.

Personalidade Ash
''Ora, tanta dificuldade assim?'' - interrompeu. ''O veneno. O sangue é a vida e o veneno é a morte. Ambos os fluídos mais sagrados do universo'' - Pensou o rapaz, começando uma filosofia em torno disto.
- O sangue é a vida e o veneno é a morte. - Tom frio - Os Nagas, deuses serpentes, encarnam em cada um de nós. Mas apenas aqueles realmente capazes, manifestam a essência divina.
O jovem começava a buscar exatamente o contrário de uma imagem mental. Começando a simplesmente meditar. Por muitas vezes o raciocínio lógico é o maior obstáculo do homem. Que confia tudo à tal inteligência. Existe, em toda a psiquê, diversos gêneros de inteligencia.
Dentre estas, uma inteligência sobre-humana. Onisciente, onipresente e onipotente. - Om Mani Padme Hum - mantra. Sua mente, assim como as ondas do mar, se acalmou. O que lhe tornou sensível para sentir as próprias batidas de seu coração, e então, começar a sentir o próprio fluxo de chakra.
Sem imagens desnecessárias em mente, ele se concentrava apenas no grande arsenal que seu chakra possuía. Recorrendo a memórias físicas de quando absorveu o chakra gasoso. E então, reproduzindo aquela sensação, mas dessa vez. Invertendo o fluxo. Um estranho gás começou a se formar ao redor do jovem.
- Consegui reproduzi-lo através da alteração da natureza do chakra. - Afirmei - Agora devo trabalhar na forma.
Seus movimentos de mão rapidamente tomavam o selo da cobra, e todo o gás ao seu redor começou a reunir-se timidamente até conseguir ficar unido em formato esférico, mas imperfeito.
Afim de aperfeiçoa-lo, o jovem então busca desfazer o selo da serpente e simplesmente apontar para a esfera. ''Devo fazer isso com cada vez mais facilidade ''- desafiou-se.

Deixarei ao narrador pra dizer se consegui fazer a esfera de forma perfeita.
HP: 612/612
CH: 200/200
[Nach] Perícia elemental  100x100

Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 26/10/2016, 16:41


O mestre podia vê-lo realizar a técnica, porém, com algumas poucas imperfeições. — Você tem conhecimento e tato, mas lhe falta experiência. — Ele explicou ao jovem e, em sequência pegou um tipo de recipiente de vidro cujo tamanho era regular. — Não tenho muito à lhe ensinar, pois você está no caminho certo... — Ele entregou ao rapaz e falou: — Preencha com veneno gasoso e depois controle o bastante para que fique no mesmo molde quando tirar o vidro. Quando conseguir seu treinamento está terminado. — Viper saiu do local de volta ao laboratório enquanto deixou Nach terminar seu treinamento.


_______________________


[Nach] Perícia elemental  100x100

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
[Nach] Perícia elemental  100x100

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado 27/10/2016, 00:10

O rapaz -personalidade Ash- fica por sua própria conta. - Enfim, sós... - ironizou. Não lhe era agradável demais companhias. Foi lhe dada uma ampola vazia e então o mesmo deveria preenche-la.
O rapaz começava sua etapa de concentração, visando no objetivo ao invés de imagens mentais. Objetivando, para dificultar, liberar o gás através do dedo indicador. A princípio não parecia algo complicado de se fazer. Aos poucos o gás foi preenchendo o recipiente, entretanto, ele também se esvaia rapidamente para fora desta.
''Qual a base do controle?'' - pensei. ''A manipulação é basicamente controlar sem técnicas e economizar mais chakra. ''. Partindo desta premissa, eu já estava com boa parte do caminho andado.
- O chakra é transformado na natureza, no caso, dokuton. Então esta natureza é manipulada. Esta natureza se origina do chakra, e o chakra se origina de minhas forças físicas e mentais. - E então eu concluí. - Usar sem selos significa usar sem chaves, e se eu não preciso de chaves para abrir a porta, significa que eu sou a porta. Eu mesmo sou o selo... - Concluí. Dentre todos os animais do zodíaco chinês, os doze selos, qual seria minha natureza?
'' A serpente....'' - Pensei - Astuta, venenosa, mortífera, fria, solitária..... - E então concluo - Os deuses nagas. Grandes serpentes. - O rapaz dia essas palavras enquanto admira suas próprias mãos. - Se possuo eu o espírito de uma serpente. Então sou capaz de ser esta porta - Concluí.
...
Comecei a grande tarefa. Confiante, apontei o dedo indicador para a ampola. Meus pelos se eriçavam e minha mente ficava completamente vazia. Sentia meus dois polos opostos da personalidade se complementando. Nach e Ash. Ambos se aquietavam. Minha mente se aquietava. ''Não precisamos nos concentrar tanto assim. Você não pensa, ou acha, ou crê em quem é. Você simplesmente o é. '' - pensei.
''Não crê no selo, não pense no selo, não ache o selo.... Seja'' - concluí. Um formigamento excêntrico rondava meu dedo quando começou a sair gás direto para a ampola. Desta vez, sem esvair-se para outros lugares.
Cuidadosamente, o rapaz movia a ampola, buscando manter o gás no mesmo formato. Neste mesmo momento, sua mente estava vazia, e uma única imagem mental surge à sua mente. Uma estátua de serpente, um totem.
''O totem da serpente, o selo, o clã....'' - Pensei ''Nach e Ash... Nachash.... Serpente em hebraico...''
Sua mente faz o mesmo contemplar a forma de uma serpente erguendo-se a partir da escuridão da psiquê. Entre um sibilo e outro os seus olhos refletem, em um conjunto de emoções, toda a natureza de Nach.
O jovem, preenchendo-se com poder. Começa a inalar o gás ao seu redor e molda-lo na forma de uma grande serpente que gira ao redor do mesmo balançando suas vestes e seu cabelo - Dominado.. - Concluí.
Todo aquele show acabou, com o gás esvaindo-se. E então... O mesmo foi embora.
HP: 612/612
CH: 200/200
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Nach] Perícia elemental - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas