>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers - Nach 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Fillers - Nach - 8/10/2016, 21:16

Em um vasto silêncio mental. Sentado sobre uma das várias montanhas de Iwa. Tudo o que busco é silêncio. - O que é o pensamento? - Indaguei em um monólogo interno. Pensar era um ato, não um ser, logo era uma ação feita pelo Ser.
- Se eu penso... Estou fazendo uma ação. Logo, pensar não seria o mesmo que existir - Concluí. - O que vem antes do pensar é o Ser. Eu existo, logo eu penso.
Concluí, portanto, que pensar é uma atitude ligada a existência de um ser. Minha existência. Busquei ficar sentado prestando atenção no vento bagunçando meus cabelos. Não tinha qualquer interesse em reflexão neste momento. Busquei silenciar minha mente e deixar os pensamentos fluírem naturalmente. Em meio a ondas confusas de pensamento com frases, monólogos e palavras aleatórias sem qualquer interferência minha. Começou a surgir uma reflexão.
''Pensamentos surgem a partir de um ser consciente. Logo é uma ferramente da Consciência'' - pensei. Observei esse pensamento e vi o quanto fazia sentido. - Se eu tenho consciência, logo existo. Vi muito mais sentido nessa linha de raciocínio, do que no típico ''penso, logo existo'' defendido por um filósofo famoso. - Animais não pensam, ao que se sabe. Entretanto, existem. Eles sabem que existem a partir de sua consciência, não de seus pensamentos. - Concluí
Fui a biblioteca buscando obras budistas e tais diziam coisas similares. A mente era colocada como um vício humano e ferramenta da consciência. Tal em si também era larga e possuía diversas outras ferramentas além dos pensamentos. - O que seria? - No mesmo momento em que pergunto, também já me veio a resposta. - Intuição...
A capacidade de prever algo sem conhecimento prévio se chama intuição. De algum modo a consciência em seu nível elevado estava ligada à uma inteligência sobre humana. Não exatamente sobre-humana, afinal, trata-se de capacidades inatas a todos. Entretanto, poucos as desenvolvem.
Precisando aplicar seus conhecimentos de forma prática o jovem vai a base da montanha e busca subir tudo novamente. Dessa vez ele buscaria ficar em estado meditativo enquanto anda. Confiando completamente em sua consciência, nos mistérios que ela possui para oferecer.
Sendo completamente guiado pelo acaso. O rapaz começa a subir a montanha sem qualquer preocupação em mente. Quando começou a sentir fome conseguiu encontrar uma árvore com frutos. Ao sentir frio encontrou um casaco velho largado. O detalhe é que o mesmo não havia feito esforço algum para suprir suas necessidades. Ele apenas precisou e confiou na intuição, que lhe guiou até os locais específicos.
Subindo mais uma visão lhe chamou atenção. Um cachorro buscando se esfregar em uma rocha, provavelmente para aquecer-se.
- Entendo... Então por isso achei o casaco.  - Dizia cobrindo o cachorro. O acaso o levou até o animal, e o mesmo acaso o levou a ter um casaco que coube perfeitamente ao mesmo. De mesmo modo, os frutos outrora pegos, também serviram para matar a fome do canino.
A outra personalidade de Nach - apelidado como Ash -, entretanto, começou a dominar sua cabeça. - Eu preciso desse casaco para continuar subindo.  Concluiu pegando-o de volta e continuando a subir o monte. O rapaz possuía uma natural resistência ao cansaço. Logo, não era problema subir toda aquela montanha.
- Como voltar de forma mais proveitosa? - Indagou em tom vazio. Decidiu voltar de mesmo modo. Ao chegar no ponto onde havia deixado o cachorro, o avistou endurecido e imóvel no chão. - É a lei do mais forte, amiguinho - Ironizou.

O que posso aproveitar disso tudo? Uma nova perspectiva de mundo. Uma nova linha onde prossigo com minha filosofia. Tantos horizontes para explorar e os humanos tão presos em dogmas e frases famosas... - Concluí.
-
Hades.
Genin
Hades.
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers - Nach 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68984-ficha-de

Re: Fillers - Nach - 8/10/2016, 23:37

Originalidade: 8
Gramática: 8
Fluidez: 9
Interpretação: 10
Treinamento: 8
Total: 43 (arredondando) 45. 45 de bônus. = 90

_______________________

Fillers - Nach Black_and_white_by_bezeta
-
Marina
Chūnin
Marina
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers - Nach 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: Fillers - Nach - 23/10/2016, 19:22

- Qual meu atual nível de habilidade? - Questionei-me. Minha inteligência, certamente elevada, me dava uma noção básica quanto à meus pontos fortes e fracos. Há um certo tempo que venho lendo sobre medida de habilidades proposta pelo método databook. Eu precisaria de avaliadores para medir minhas habilidades com precisão.
''Ao que me consta. A graduação para genin é feita a partir de avaliadores.... Portanto, se eu for para academia buscando avaliar minhas habilidades. Então é provável que eles me dêem uma ideia de tais.'' - concluí.
...
Fui para a academia. Aquele cenário de corredores lotados de crianças trazia-me certa nostalgia. Ia a passos sem pressa alguma para a diretoria. Sendo atendido por um antigo professor.
- Oh... Nach! Como vai rapaz? Está gostando da vida de genin? - Dizia Kyuren. Um homem moreno de cabelos vermelhos e longos, com olhos dourados e sorriso caloroso.
- Estou Kyu-Sensei. - Respondi sem tanto sentimentalismo quanto o mesmo - Eu gostaria de medir minhas habilidades em um databook. Poderia me explicar sobre? - Questionei.
O homem coçava o queixo, como de costume. - Bom... eu, como avaliador, posso te ajudar. - Disse. - Creio que você já saiba o básico sobre tal. Os atributos avaliados.
- Sim senhor - Afirmei prontamente. Ele leva-me até a sala de avaliações e convoca mais dois avaliadores. O espaço era o suficiente, mesmo para uma sala fechada.
...
Avaliando primeiramente os estilos de combate. Ninjutsu, taijutsu e genjutsu. No primeiro questionaram-me quanto as diversas técnicas existentes e selos, as quais respondi com precisão. Já em genjutsu não tive a mesma capacidade, mostrando-me atualmente inapto quanto a utilização do mesmo, mas ao menos compreendia quando estava sob efeito de algum genjutsu, mesmo que não pudesse anula-lo. No taijutsu, por sua vez, não compreendo arte marcial alguma. Todos meus movimentos se baseavam em socos e chutes, ou seja, extremamente simples.  
Na avaliação de Qi, mostrei-me extremamente apto. Respondendo à todo um questionário complexo com perfeição. Mostrando-me também hábil em predizer ações e planejar armadilhas.
A força baseou-se no arremeso de armas com precisão e na força de destruição em alvos cada vez mais resistentes. Minhas armas básicas conseguiam atingir vinte e dois metros, também conseguia destruir alvos com resistência nível 4.
A velocidade e stamina eram todas treinadas ao mesmo tempo. Eles calculavam minha velocidade por segundo e definiram que eu possuo uma capacidade de percorrer até, no máximo, seis metros por segundo. Minha stamina seria avaliada de acordo com o tempo que eu conseguia percorrer até atingir meu limite. Entretanto, ele repararam em uma anormalidade quanto a tal. Minha stamina era de nível 1, ou seja, três turnos de auge. Sendo turnos uma medida de tempo relativa-- dependente das circunstâncias-- usada por ninjas que possui diversas utilidades, seja em avaliações ou combates. Entretanto, eu conseguia demonstrar uma capacidade de nível 2, ou seja, 4 turnos auges.
Definiu-se nível 1 em stamina pelos meus batimentos cardíacos e outros exames, mas reparou-se que possuo uma capacidade anormal quanto a tal atributo. Portanto, corrigiram anotando ''Stamina nível zero, mas possui grande durabilidade, logo nível 2'' - concluíram. Elucidaram de que tal era uma qualidade em meu databook. Algo que meu organismo possuia e que se sobressaía quanto aos demais. Uma outra qualidade visível foi a intuitiva, conseguindo prever ações com mais facilidade.
Por último foram avaliadas minha capacidade em fazer selos de mão por segundo, mas estas eu já conhecia. Portanto, foram exatos 10s/s.
Por fim, o resultado de meu databook:
Qualidade: Grande durabilidade e Instintos anormais.
Ninjutsu: 4.
Taijutsu: 00.
Genjutsu: 00.
Inteligência: 5
Força: 4
Velocidade: 01.
Stamina: 00 (+1).
Selos: 5
Kyuren me parabenizou pelo resultado e explicou algumas coisas quanto ao mesmo. - Um genin possui dentre 8 à 20 pontos possíveis. Você possui 19 pontos. O que lhe torna um genin de alto nível. Poderá ter apenas mais um ponto no mesmo. Não é possível há um genin ultrapassar os 20, salvo por qualidades inatas. Motivo? - Questionou antes mesmo de eu perguntar - Todos possuímos limitações em nossas capacidades. Um estudante, por exemplo, consegue ter até oito pontos no databook. - Explicou. - Portanto, o valor de databook é ligado à sua graduação. Pois tal não é apenas um título, mas também um mérito. Só se transforma em chunin quem possui mérito para tal. Ou seja, capacidade de ir além dos limites de um genin. - concluiu.  
...
Agradeci o auxílio dos avaliadores e fui embora para casa com meus resultados.Avaliei os mesmos e tracei metas ao meu futuro como shinobi. Transcrevendo ao papel os meus objetivos, fixando-os bem em minha mente e depois queimando para que ninguém lêsse. Minhas atuais capacidades me estavam bem esclarecidas. E agora eu conseguia traças minhas metas, ter definida minhas atuais capacidade, e a partir de então, conseguiria compreender por mim mesmo cada ponto ou qualidade conquistada.
HP:
450/450
CH:
200/200
-
Megumi
Chūnin
Megumi
Vilarejo Atual
Ícone : Fillers - Nach 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: Fillers - Nach - 23/10/2016, 19:27

Originalidade: 7
Gramática: 9
Fluidez: 9
Interpretação: 10
Treinamento: 5
Total: 40 (80)

_______________________


-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Fillers - Nach -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.