:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Treino. 100x100

Fenrir'
Fenrir'
Vilarejo Atual
Treino. 100x100

Treino. - Publicado Ter 27 Set - 16:15

Finalmente retornava para casa, focado unicamente em descansar. Chegando nela, logo ia para minha cama, encontrando minha outra metade lá, já dormindo; logo me fundia novamente a ela, me tornando novamente um. O dia passava e a noite também e logo o outro dia começava e, no início da tarde, então, eu acordava. Cara, eu havia dormido muito, então pude descansar bastante, assim mais um dia de treino começaria, ou noite.

Me movia até o centro de treinamento mais próximo. Se uma coisa havia aprendido durante a aquisição de minhas novas habilidades, era que precisava ser mais rápido. Primeiro, recebi uma caudada que nem consegui ver, depois lutei com um clone com metade do poder da original (que o deixava na mesma situação que eu) que ainda era mais rápido do que eu, caso não usasse de nenhuma ajuda. No fim, eu precisava adquirir velocidade, muita velocidade.

Chegando ao centro de treinamento existente em Iwa que era próprio para esse tipo de treino, comecei a usar uma das pistas que ali existiam, com a ajuda de uma pessoa para marcar meu tempo; como dito, era um campo de treinamento próprio para esse tipo de treino, que contava com a ajuda adequada.

O ajudante iniciou a contagem com um som alto, que também significava a minha partida naquele percurso. Assim, iniciava a corrida, usando de toda vinha velocidade e tentando ultrapassá-la. Duzentos metros eram corridos em uma velocidade surpreendente e, ao chegar no ponto inicial novamente, o ajudante marcava o tempo e me dizia o tempo feito, para que eu pudesse ter uma ideia da marca inicial para as seguintes.

Parei para recuperar meu ar e tomar um pouco de água e, passados cinco minutos, voltei para minha marca. O ajudante deu início, novamente, a minha corrida e, sem pensar muito, só reagi ao sinal, correndo o máximo que conseguia e tentando, por fim, ultrapassar aquela marca. Mais duzentos metros e, por fim, o ajudante marcava o tempo e anunciava a diferença entre os tempos. Era bem curto, na verdade, mas era uma evolução, no fim das contas – e não era como se eu esperasse ganhar esse aumento de velocidade em duas simples corridas.

Parava por cinco minutos novamente. Não podia ficar muito cansado se quisesse ultrapassar minhas marcas, seria um retrocesso caso me cansasse. Passados os cinco minutos, retornava a posição inicial, esperando pelo som que iniciava minha corrida e o marcador de tempo. Não pensava em nada, só agia por reflexo, ficando extremante focado em correr, correr e correr mais ainda. Dessa vez, os duzentos metros passavam mais rápidos que o anterior, como o ajudante pode constatar, mas ainda não era o que eu deseja em sua totalidade. Reiniciei o treino, sem parar para o descanso dessa vez. A ajudante o iniciou e eu comecei a correr, enquanto ele marcava o tempo. Como imaginado, a evolução ainda existia, mas era menor se comparada as demais. Não gostava daquilo. Nem um pouco.

Parava novamente, bebendo um pouco de água e recuperando o fôlego. Começava a chupar uma bala, também, pois estava sentindo falta do açúcar. Jashin-sama que me perdoe, mas era muito difícil ficar forte para o agradar com mais sacrifícios. Se bem que, o certo seria dizer ficar mais rápido. Após me perder em pensamentos inúteis de novo, voltava a corrida. Agora seria algo melhor, pois já havia descansado uns dez, onze minutos, seria mais que o suficiente para voltar quase cem por cento. Talvez noventa e nove.

O ajudante dava o sinal do marcador de tempo sendo iniciado e eu, imediatamente, iniciava a corrida. Era entediante, na verdade, mas era a única coisa que tinha para fazer, por enquanto. Usava tudo de mim para tentar ultrapassar minha última velocidade, não desistiria até chegar onde queria. A nova marca era boa, a evolução era maior que as anteriores, FINALMENTE havia conseguido começar a evoluir de verdade. Começado.

De novo, uma pausa era feita e, após um tempo descansando, voltava a minha posição inicial. O som soava alto e claro para mim, o marcador iniciava a contagem e, praticamente ao mesmo tempo, eu começava a correr em minha velocidade máxima. Precisava ir, novamente, além do meu limite e assim o faria. Corri, corri e corri mais ainda. Tsc, eu corria muito e muito rápido.

O novo tempo era bom mas, como eu já imaginava, minha evolução não foi maior que a anterior, mesmo que ainda existisse. Era fácil entender o que estava acontecendo, até onde meu corpo aguentaria, minha velocidade aumentaria e, após perder essa força, minha evolução - que foi muito maior no começo - começaria a diminuir. Não gostava disso, mas pude comprovar isso no meu próximo teste de velocidade, que seguiu a rotina dos outros, com a pausa de cinco minutos, inclusive.

Iniciei o novo teste. Meu corpo já estava cansado, mesmo com as pausas. Isso era esperado, então continuei a correr. Corri, corri e corri mais, ultrapassando meu limite, o máximo que podia fazer e além. Não era suficiente para ultrapassar algumas marcações anteriores, mas ainda era uma evolução positiva. Minha velocidade já havia subido bastante, mas não era suficiente.

O tempo passou, o treino continuou com a ajuda do homem que marcava e anotava meu tempo e, por fim, a hora de ir dormir chegou. Meu plano era simples, não faltava muito para completar parte do meu objetivo, mas, por hoje, o expediente do meu ajudante acabou e, graças a isso, meu treino também, já que estava exausto mesmo.



000 | 940


Cons.:
Vestimentas semelhantes a de Mu (mas sem a parte da cabeça enfaixada), com Skin por cima;
Treino de velocidade com 900 palavras.
O inicio tem a ver com minha movimentação no ON, onde eu estava dividido pelo Bunretsu e me juntei novamente. ^^

Kunai: 05/05;
Kibaku Fuuda: 20/05;
Kemuridama: 03/03;
Hikaridama: 07/07;

Saisho no Ken (最初の刀, 'Primeira Espada'): com o eu#1
Espécie: Comum
Rank: D
Descrição: A primeira espada feita por Fenrir em seu treinamento como ferreiro.
Habilidades/Mecanismos: -
Kunai Blade x2 - nas costas
Descrição: Esta arma é uma lâmina semelhante a uma kunai. Kotetsu Hagane tem dois em sua posse, que ele usa em cooperar ataques com seu parceiro Izumo Kamizuki. Sua aparência geral é a de uma kunai, mas a lâmina não é curvo, alongado e single-gumes, dando-lhe uma aparência similar e função a uma espada. A arma tem um pequeno buraco direita direita perto de seu comprimento, punho enfaixado, que em sua borda ostenta um versões maiores do anel padrão de todos os kunai ter. Enquanto não estiver em uso, Kotetsu mantém tanto suas lâminas enfaixada e amarrada às costas. Izumo e Kotetsu pode conectar suas lâminas com uma corrente presa a um peso, que eles podem usar para embrulhar um adversário.

Treino. Latest?cb=20150214175256&path-prefix=es
Soul Eater

Tipo: Rara
Rank: A - 280 RES.
Descrição: Soul Eater é um simples Shakujo feito de madeira altamente resistente (e metal, no caso dos anéis).
Habilidade: Sua habilidade gira em torno de seus anéis e cristais presos a eles, que possui um fuinjutsu especial. Usando o cristal principal e ativando o fuuin, Fenrir é capaz de selar aquilo que estiver em contato ou próximo a ele. Diferente do que acontece com técnicas de selamento comuns que permitem selar os mais diversos tipos de coisas e então liberar tudo de uma vez, o fuuin presente na arma é capaz de armazenar e liberar tanto totalmente quanto progressivamente.
O alvo do selamento é então preso em um de seus cristais, se limitando assim a 6 selamentos diferentes (um tipo para cada cristal).  

Notas:
O selamento pode acontecer em coisas a até dois metros do cristal, não podendo selar seres vivos que possuam resistência (isso é, que não estejam desmaiados/mortos). Existem duas forças para o selo, a primeira e mais ampla se refere aquilo que não possui chakra e é considerada rank B, por não haver oposição, já a segunda é considerada rank A, por poder selar chakra (seguindo a tabela de defesa). Há gasto da chakra referente ao rank considerado para selamento, já para liberação do selo, que é mais simples, um gasto de 5 de chakra para “abrir” o selo é o suficiente.
Quando um cristal é preenchido com um tipo de material (como chakra elementar, água, armas), não poderá ser preenchido com outro tipo – devendo-se atentar para o fato de, quando selado algo com chakra, somente outra coisa do mesmo tipo poderá ser selada naquele cristal (isso é, se uma técnica katon é selada em um cristal, uma técnica suiton não poderá ser selada nesse cristal até que a katon seja liberada, mas outra katon poderá).
Por ser necessária a ativação do fuuin, é necessário que seu portador saiba como utilizá-lo (isso é, tenha os pontos necessários para os ranks considerados para cada força do fuuin). Caso os cristais venham a quebrar por algum motivo, eles explodirão libertando tudo em seu interior (o raio da explosão depende unicamente daquilo que estiver selado).



Treino. Tumblr_nhtfgwJaoh1u2hu53o1_1280
Skin

Tipo: Lendária
Rank: S - 350 RES.
Descrição: Skin é um sobretudo negro de gola alta e de corpo todo (chegando até a canela), seu tecido é feito de fibras de carbono entrelaçadas com fios de metal de uma liga especial. Sua resistência é alta, permitindo que ela defenda sozinha diversos golpes (de acordo com o que a sua resistência permite). Possui a habilidade de, com a ajuda de chakra, se replicar; isso é, permite que ela crie mais de si mesma, aumentando seu tamanho ou espessura. Essa habilidade é útil quando usada com sua segunda habilidade, que permite “quebrar” e moldar as linhas do tecido aumentado para que tomem novas formas, além da forma padrão de roupa – de forma simples, isso quer dizer que ela é capaz de ser manipulada para se refazer como outras peças formadas do mesmo material, podendo ser tanto novas peças de roupas como objetos singulares (como se a parte aumentada fosse descosturada e costurada novamente em alguma nova forma), desde que possível. Para tornar as formas as mais inusitadas possível, a segunda habilidade se adapta ao chakra usado para sua remodelação, podendo ficar mais duro com Doton, quente com Katon, úmido com Suiton etc; isso também auxilia nas defesas elementares, aproveitando-se a roda dos elementos.

Notas:
Quando utilizado a primeira habilidade (com um gasto de 20 de chakra), Skin cria uma quantidade de tecido igual ao original, nunca alterando essa quantia.

Com a segunda habilidade, o tecido criado pela primeira é capaz de ser alterado (como citado, de forma semelhante a descostura e costura). A manipulação primaria (seguindo as regras de manipulação), as formas não tem muito poder, entretanto, formas únicas podem ser criadas através de jutsus.


_______________________

Ficha

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

Resposta Rápida

Área para respostas curtas