:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Treino de Atributo - Deca 100x100

Deca
Deca
Vilarejo Atual
Treino de Atributo - Deca 100x100

Treino de Atributo - Deca - Publicado 16/8/2016, 03:35


1027 palavras = +2 de Velocidade.
Um treino começaria agora, precisava começar a melhorar minha velocidade e disso não abria mão. O treino seria bem simples, só precisava melhorar meu tempo correndo e, consequentemente, melhorar minha velocidade.
Preparei um campo de treinamento adequado para correr e, então, peguei um marcador de tempo e iniciei o treino. Cliquei no marcador que estava sobre uma pedra e, então, comecei a correr em minha velocidade máxima, dando uma volta circular naquele local, com cerca de cem metros. Ao chegar novamente no local do marcador de tempo, o parei. O tempo não fora tão ruim, mas também não fora o que eu desejava, precisava melhorar. Corria de novo, aquilo cansava, mas mantinha minha velocidade máxima, tentando aumentá-la. Dava tudo o que tinha e, quando via o resultado, não era muito melhor que o primeiro. Marcava o tempo, junto com o primeiro. Sem tempo para descansar, prosseguia na corrida. Novamente, o tempo aumentava um pouco, mas não o suficiente. Era obvio que aquilo demoraria, então parei para descansar um pouco e comer algo.

Fui até um restaurante próximo e pedi algo para comer. Karaage, para ser mais específico, que eu adorava. Comendo aquela delicia crocante, fiquei pensando em qual seria minha velocidade no fim do dia de acordo com aquela minha evolução inicial. Se continuasse assim, dependendo do cansaço, poderia terminar tudo em dois ou três dias, talvez mais, talvez menos. Após comer aquele Karaage, fui comer uma fatia de bolo de sobremesa, já que tinha dinheiro suficiente para isso e podia. O bolo estava delicioso, a massa era de chocolate e o recheio de coco, como em um beijinho, além disso ainda possuía morangos frescos junto a cobertura… incrivelmente delicioso.

Após a refeição, pagava a conta e saia do restaurante. Voltava a área de treinos e descansava mais um pouco. Após  tempo de descanso correto, voltava a correr. Marcando o primeiro tempo, mantinha-me praticamente igual ao sair, agora precisaria superar aquilo. Correndo novamente, dei meu máximo, tentando me superar ainda mais e, por fim, alcancei um novo recorde pessoal. Parei para descansar, bebendo um pouco de agua no processo – o objetivo não era me cansar e sim me superar, então iria manter o máximo possível de paciência e calma, para não me atrapalhar todo. Iniciava novamente o corre-corre, buscando aumentar meu limite. Aumentava, novamente, pouco. O progresso era lento, porém existente, já não via a hora de alcançar minha meta.

Agora já era tarde da noite, a lua brilhava firmemente e iluminava aquele campo com sua luz fria. Estava comendo, de novo, enquanto pensava novamente naquele treino. De acordo com as anotações feitas, o progresso era lento, mas se eu olhasse os dois extremos da anotação, podia perceber um grande avanço e, se meus cálculos estivessem corretos (o que eu já tinha quase certeza que estava), já havia aumentado minha velocidade de forma única, chegando a quase triplicar a velocidade inicial. Após aquele último descanso, pude retornar ao treino antes de voltar para casa. Assim o fiz, primeiro me posicionei corretamente e, logo em seguida, ativei o marcador de tempo e corri o máximo que podia, dando mais uma volta naquele local e, por fim, parando o tempo que corria no marcador e o anotando devidamente. Mais uma vez houve um pequeno avanço e, com isso, reiniciei a corrida, indo até o marcador e a iniciando após estar devidamente posicionado. Corri, corri o máximo que pude, sem deixar o cansaço me abater, cheguei até o ponto de partida e chegada e logo finalizei o marcador de tempo – e, novamente, havia aumentado minha velocidade um pouco. Me sentei e comecei a beber um pouco de água, enquanto anotava o novo tempo e começava uma análise de todas ali. Hum, pelo tempo corrido entre a primeira e a última marcação, após alguns cálculos, ficava claro que havia melhorado bastante, algo em torno de triplicar minha velocidade inicial – um excelente resultado, diga-se de passagem. Após toda aquela trabalheira, voltava para casa para poder descansar de verdade.

Chegando em casa, tomei um banho e logo cai na cama, pronto para dormir – estava exausto. Imaginei que, depois de tanto tempo ser ver Akuma, ele iria aparecer logo – que foi o que aconteceu no dia seguinte, ao acordar.

Já acordado, bocejava enquanto apreciava o nascer de um novo dia – e a vontade de matar o sol, o odiava da forma que podia. Bola de fogo irritante. Focando no meu treinamento, iniciava minha higiene matinal e tomava um bom banho, como se tomar um banho agora fosse acabar com o fedor de suor que teria no final do dia. Preparando meu café da manhã, percebi que mina geladeira estava praticamente vazia – precisava fazer compras, ou Zero a faria. O café estava bom, como sempre, mas o que importava era meu treino, então logo voltei ao local do dia anterior.

O treinamento de hoje era uma continuação do de ontem e, como tal, não fora modificado. Me alonguei, peguei o marcador de tempo e o coloquei na mesma pedra, me posicionei e o iniciei, correndo o máximo que podia. A primeira volta já se mostrara muito melhor que a do dia anterior – isso, claro, se visasse as outras fontes de comparação. Com um longo dia a frente, bebi um pouco de água, disponível no local, e logo parti para mais uma volta – se tudo desse certo, logo, logo estaria muito mais veloz do que antes.

Já na terceira volta do dia, percebi uma evolução melhor que a do dia anterior, se comparasse os tempos anteriores uns com os outros. Estava conseguindo evoluir, talvez, duas vezes mais rápido que no dia anterior e, com isso, percebi que meu treino logo terminaria e, também, que o meu corpo estava se acostumando com aquele tipo de evolução monstruosa. Novamente, iniciei uma corrida – primeiro, o clique no marcador de tempo, a corrida logo após isso, correndo todos aqueles metros da pista circular em instantes e, por fim, chegando ao ponto de chegada e partida, clicava novamente no marcador de tempo, parando-o. Ufa, finalmente uma boa evolução.

Continuei com a rotina dos ultimos dois dias por mais algum tempo e, finalmente, consegui alcançar o que desejava: aumentar incrivelmente minha velocidade.


Deca: Treino de Atributo - Deca LS23svTHP: 000 Treino de Atributo - Deca XQKY0CH: 595

Notas:
Minhas armas estavam comigo, mas durante o treino eu as deixei de lado, as pegando no final.
Estou treinando 2 pontos em velocidade em uma tacada só, mais de 1000 palavras. ^^

Kanchi no Jutsu
Descrição: A técnica de detecção permite que o sensor tipo shinobi para detectar e rastrear alvos através de suas assinaturas de chakra. A gama de esta técnica varia entre os sensores.

Treino de Atributo - Deca Star_ocean__the_last_hope_art_26
Thanatos - nas costas.

Espécie: Incomum.
Rank: S
Descrição: Thanatos é uma arma singular feita exclusivamente para Zero e suas habilidades incomuns. Assemelha-se a um bastão, porém com uma peça usada em suas pontas. A peça possui cinco “pontas” semelhantes a pequenas lâminas, estando quatro ligadas a si e a última na outra ponta do bastão, todas essas pontas conduzindo chakra de forma única, assim como o próprio bastão.
O manejador de Thanatos é capaz de alterar o posicionamento das pontas, dependendo apenas de uma pequena parcela de chakra (5), além de poder fazer uma mudança manual. Dependendo do posicionamento dessas pontas e o chakra investido, a arma ganha novas "formas".
Quando o chakra chega à alguma ponta, ela se envole em chakra, ganhando uma espécie de "lâmina de chakra" três vezes maior que o tamanho original da ponta (cerca de 20 centímetros).

Gasto: gasta-se 10 de chakra para alcançar cada ponta ou 60 para todo o bastão, sendo que existe um gasto contínuo referente a metade do inicial.
Formas: formas únicas e que alterem a capacidade inicial (como aumentando o tamanho das lâminas) podem ser criadas, mas apenas através de jutsus.
Nota: a imagem serve de base, mas a arma em si possui cores e formas um pouco diferentes, sendo adaptado para o descrito acima (a arma é predominantemente preta, possuindo alguns detalhes em vermelho e branco; a cor do chakra também não se altera).
[/justify]

Kusarigama - presa na cintura.
Descrição: Um kusarigama é uma arma japonesa tradicional que consiste de uma foice ligados a uma cadeia. Ele pode ser usado para atacar oponentes, ou neutralizá-los com a cadeia. Alguns usuários Kusarigama qualificados podem até mesmo roubar armas de seus oponentes. Tenten usou-o como um projétil em sua técnica gêmeas aumentação Dragons, enquanto Jigga magnetizado com sua Magnet Ninja Arte de roubar armas dos adversários. Hanzo é anotado para ser um usuário muito hábil do kusarigama, que ele encharcado de veneno para aumentar ainda mais sua letalidade. Excepcionalmente, tendia a entregar batidas por balançando a foice com a cadeia, em vez de simplesmente empregar o fim ponderada, que é geralmente considerada a maneira mais eficaz.

Hidden Kunai Mechanism - braço direito.
Descrição: Este item permite que o usuário para estender instantaneamente e retrair kunai de sua manga uso de um fio de mola.

_______________________

Treino de Atributo - Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

Treino de Atributo - Deca 100x100

Deca
Deca
Vilarejo Atual
Treino de Atributo - Deca 100x100

Re: Treino de Atributo - Deca - Publicado 17/9/2016, 22:11


Akuma Moment.
Mais um dia para melhorar, mais um dia para me aperfeiçoar. Assim que acordava, fazia minha higiene pessoal, me arrumava, equipava minhas armas em seus devidos lugares e partia dali – já não aguentava mais aquela casa.
Passei um pouco pela vila, até voltar ao campo de treinamento que havia estado a poucos dias. O teste seria simples: correria, correria e correria uma mesma distância, tentando bater sempre cada marca anterior, para, gradativamente, aumentar minha velocidade. Pensei em iniciar os preparativos, quando percebi que não tinha pego o marcador de tempo…
— Droga, com tanta coisa para esquecer, fui esquecer logo isso. - reclamei. Sério, podia ter esquecido até Thanatos, mas esqueci logo isso… merda.
Para de reclamar e vai buscar ele logo, não temos o dia todo. respondia Zero, no subconsciente, me dando bronca. Claro, era só o que faltava.
Voltei para casa, morrendo de raiva de ter que fazer aquilo, por isso fui correndo em velocidade máxima, para já ir treinando. Chegando lá, andei pela casa toda, cada cômodo, até finalmente achar o marcador de tempo em baixo da cama. Voltei, então, para o treino, correndo em velocidade máxima até o campo de treinamento, recebendo alguns xingamentos no caminho por alguns esbarrões involuntários.

Chegando ao campo de treinamento já conhecido, posicionei o marcador de tempo em uma pedra que havia ali, me posicionei, o iniciei e, então, comecei a correr. O campo era extenso, mas a marcação que já existia ali me proporcionaria uma volta de cem metros, que corria em minha máxima velocidade, tentando cada vez mais ultrapassá-la.
Após completar a primeira volta, parei o marcador de tempo, marcando o tempo feito. Estava muito maior do que o de ninjas normais, mas não desejava ser melhor que o normal, desejava ser melhor até mesmo que os anormais. Iniciei o ciclo novamente, me posicionando, iniciando o marcador de tempo, correndo os cem metros até além do meu limite e, por fim, parando o marcador de tempo ao concluir os cem metros. Uma melhora surgia, nada surpreendente, mas, ainda assim, uma melhora – como antes, cada corrida deveria melhorar um pouco minha  velocidade e, se comparada com a marcação anterior, a diferença seria pequena, mas se comparada com a marcação inicial, a diferença seria boa em algum momento, assim alcançando meu objetivo.
A segunda marcação de tempo era anotada e logo tratava de iniciar um novo ciclo. Continuei assim, até a hora do almoço, onde dei uma pausa para o almoço. Me dirigi, novamente, para o restaurante onde encontraria Karaage, pois era viciado naquilo. Após uma ótima refeição, descansava um pouco e logo voltava ao treino, prosseguindo com o ciclo até o fim da tarde, quando voltava para casa para dormir.


Zero Moment.
Um novo dia surgia, realizava minha higiene pessoal e logo retornava para o campo de treinamento, para continuar o treino que eu e Akuma fizemos no dia anterior, sem deixar nada para trás, nem mesmo o marcador de tempo. Só o retardado do Akuma para esquecer algo assim.
Retardado é a mãe, fdp. Comentava Akuma, no subconsciente. Nem me dava ao trabalho de responder, porque ela era retardada mesmo.

Chegando ao campo, arrumei tudo novamente como no dia anterior. Deixei meu armamento de lado, me posicionei, acionei o marcador de tempo e comecei a correr, em velocidade máxima, tentando cada vez mais ultrapassá-la. Chegando ao ponto inicial, parei o marcador e anotei o tempo feito, me atentando para o tempo inicial: havia melhorado muito, mas ainda não era o suficiente para o que desejava, só metade do caminho – ou quase isso.
Voltando ao ciclo de treino, iniciei a corrida novamente após iniciar o marcador de tempo. Finalizando a corrida, parava o marcador e, por fim, anotava o tempo feito. Parava por alguns minutos, bebia água, tomava um ar e retornava ao treino, repetindo o ciclo.
Aquilo poderia demorar, mas eu continuaria correndo, correndo e correndo. Aos poucos, aquele treino ia dando seus resultados, minha velocidade ia aumentando. Na hora do almoço, parava e ia em um restaurante mais “popular”, indo comer um ramen.
Após o breve e rápido almoço, ia em busca de alguma sobremesa decente, parando em uma confeitaria e comprando uma fatia de bolo de chocolate, meu preferido – ok, as vezes eu parecia mais criança do que o necessário, mesmo sendo uma.
Voltava ao campo de treinamento e parava um pouco para descansar. Com a barriga cheia, aproveitava para arrumar as coisas, estudar as anotações e os tempos. Assim seguia até já estar devidamente descansado para iniciar, novamente, o treinamento.
Posicionei novamente o marcador, já zerado e o iniciei, começando imediatamente a correr em minha máxima velocidade, tentando superá-la, novamente – aquela rotina estava começando a me irritar. De verdade. E pensar que eu não acabaria hoje ainda não me ajudava muito.
Cada passo começava a me cansar cada vez mais e, em contrapartida, cada passo era alcançado mais rapidamente que o anterior e eu ficava cada vez mais rápido. Nem uma maratona custaria tanto ao meu corpo, mas os resultados eram, com certeza, visíveis. A rotina se mostrava mais que tediosa, mas continuei nela, pois tinha um objetivo e não abriria mão dele. Muitas anotações eram adicionadas as anotações do dia anterior e, antes mesmo de eu perceber, a noite já caía.
Voltei a minha casa, sem pensar muito no dia que viria. Se Jashin-sama quisesse me agradar, deixaria Akuma o dia todo amanha, mas hoje eu havia tomado conta do corpo e pagava recebendo todo aquele cansaço. Agir fisicamente era mais  forte de Akuma, mesmo que, tecnicamente, o corpo fosse o mesmo, a mente não era.
Como reclama por só correr, correr e correr. Comentava Akuma, percebendo meu estado de espírito.
— Quero ver se vai dizer isso amanhã. - dizia, já esperando que o dia de amanhã fosse dele, porque me impediria de aparecer.
Chegando em casa, fui comer algo e tomar um banho, para relaxar um pouco – imortal ou não, meu corpo ainda doía, eu não era feito de ferro. Após o banho, cai na cama e apaguei.


Akuma Moment.
Se tudo desse certo, hoje alcançaríamos nosso objetivo. Não faltava muito, na verdade, mas, ainda assim, precisaria dar tudo de mim, mesmo que Zero vivesse reclamando, aquilo era necessário.
Iniciei a rotina, chegando ao campo e preparando tudo – sem esquecer o marcador de tempo dessa vez. A corrida começou e logo terminou, com o tempo sendo marcado. Aquilo já estava tão comum que eu podia fazer tudo quase que instintivamente. Prossegui com a corrida, vendo meu ótimo progresso.
Não demorou muito para o tempo passar, mesmo que eu não o percebesse muito bem e, na hora do almoço, já havíamos alcançado o objetivo planejado – e até o passado. Assim, o finalizei, recolhi nossas armas e equipamentos, bebi um pouco d'água e parti para casa, pois almoçaria lá.




Deca: Treino de Atributo - Deca LS23svTHP: 000 Treino de Atributo - Deca XQKY0CH: 595

Notas:
Minhas armas estavam comigo, mas durante o treino eu as deixei de lado, as pegando no final.
Estou treinando 2 pontos em velocidade em uma tacada só, mais de 1000 palavras. ^^

Kanchi no Jutsu
Descrição: A técnica de detecção permite que o sensor tipo shinobi para detectar e rastrear alvos através de suas assinaturas de chakra. A gama de esta técnica varia entre os sensores.

Treino de Atributo - Deca Star_ocean__the_last_hope_art_26
Thanatos - nas costas.

Espécie: Incomum.
Rank: S
Descrição: Thanatos é uma arma singular feita exclusivamente para Zero e suas habilidades incomuns. Assemelha-se a um bastão, porém com uma peça usada em suas pontas. A peça possui cinco “pontas” semelhantes a pequenas lâminas, estando quatro ligadas a si e a última na outra ponta do bastão, todas essas pontas conduzindo chakra de forma única, assim como o próprio bastão.
O manejador de Thanatos é capaz de alterar o posicionamento das pontas, dependendo apenas de uma pequena parcela de chakra (5), além de poder fazer uma mudança manual. Dependendo do posicionamento dessas pontas e o chakra investido, a arma ganha novas "formas".
Quando o chakra chega à alguma ponta, ela se envole em chakra, ganhando uma espécie de "lâmina de chakra" três vezes maior que o tamanho original da ponta (cerca de 20 centímetros).

Gasto: gasta-se 10 de chakra para alcançar cada ponta ou 60 para todo o bastão, sendo que existe um gasto contínuo referente a metade do inicial.
Formas: formas únicas e que alterem a capacidade inicial (como aumentando o tamanho das lâminas) podem ser criadas, mas apenas através de jutsus.
Nota: a imagem serve de base, mas a arma em si possui cores e formas um pouco diferentes, sendo adaptado para o descrito acima (a arma é predominantemente preta, possuindo alguns detalhes em vermelho e branco; a cor do chakra também não se altera).
[/justify]

Kusarigama - presa na cintura.
Descrição: Um kusarigama é uma arma japonesa tradicional que consiste de uma foice ligados a uma cadeia. Ele pode ser usado para atacar oponentes, ou neutralizá-los com a cadeia. Alguns usuários Kusarigama qualificados podem até mesmo roubar armas de seus oponentes. Tenten usou-o como um projétil em sua técnica gêmeas aumentação Dragons, enquanto Jigga magnetizado com sua Magnet Ninja Arte de roubar armas dos adversários. Hanzo é anotado para ser um usuário muito hábil do kusarigama, que ele encharcado de veneno para aumentar ainda mais sua letalidade. Excepcionalmente, tendia a entregar batidas por balançando a foice com a cadeia, em vez de simplesmente empregar o fim ponderada, que é geralmente considerada a maneira mais eficaz.

Hidden Kunai Mechanism - braço direito.
Descrição: Este item permite que o usuário para estender instantaneamente e retrair kunai de sua manga uso de um fio de mola.

_______________________

Treino de Atributo - Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Treino de Atributo - Deca - Publicado 18/9/2016, 00:15

Aprovo.
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Treino de Atributo - Deca - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas